13 de junho de 2015

Comemorar o quê? Lei de Inclusão inclui tudo, inclusive “direitos sexuais e reprodutivos”


Comemorar o quê? Lei de Inclusão inclui tudo, inclusive “direitos sexuais e reprodutivos”

Julio Severo
Romário, que antes era jogador de futebol e hoje é senador, comemorou nesta semana a aprovação no Senado da Lei de Inclusão, que beneficia os deficientes físicos. A aprovação envolveu grande esforço dele como senador.
Magno Malta e Romário
A Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família e Apoio à Vida, presidida pelo senador Magno Malta, também comemorou. Afinal, é justo e correto comemorar ajuda aos deficientes.
Eu também comemoro os aspectos positivos da lei. Mas ao examiná-la hoje, no próprio site do Romário, constatei que por baixo de um verniz aparentemente bom e “pró-vida,” a lei inclui aspectos pró-aborto, inclusive o seguinte parágrafo:
Art. 6º A deficiência não afeta a plena capacidade civil da pessoa, inclusive para:
II – exercer direitos sexuais e reprodutivos.
Para o grande público, essa linguagem ideológica profissional tem pouco significado. Mas “direitos sexuais e reprodutivos” é um antigo jargão do movimento pró-aborto que significa que as pessoas têm, legalmente, direitos ao homossexualismo e ao aborto.
E se o direito ao homossexualismo e ao aborto não for reconhecido por instituições e pessoas da sociedade, haverá punição, conforme a Lei de Inclusão, que diz:
Art. 7º É dever de todos comunicar à autoridade competente qualquer forma de ameaça ou violação aos direitos da pessoa com deficiência.
Parágrafo único. Se, no exercício de suas funções, os juízes e tribunais tiverem conhecimento de fatos que caracterizem as violações previstas nesta lei, devem remeter peças ao Ministério Público para as providências cabíveis.
Mais adiante, a lei sacraliza, usando a deficiência como cavalo-de-Troia, os termo de propaganda ideológica “identidade de gênero e orientação sexual,” que significa homossexualismo, homossexualismo e mais homossexualismo. A lei diz:
§ 4º As ações e os serviços de saúde pública destinados à pessoa com deficiência devem assegurar:
VI – respeito à especificidade e à identidade de gênero e orientação sexual da pessoa com deficiência.
E finaliza, nessa questão, repetindo a ênfase encoberta do aborto:
VII – atenção sexual e reprodutiva, incluindo o direito à fertilização assistida.
No jargão de controle populacional, questões reprodutivas sempre incluem aborto. A fertilização assistida também é uma questão amplamente rejeitada pelos movimentos pró-vida, por atentar contra a vida.
Não é de hoje que o movimento pró-aborto introduz sua agenda em leis sobre deficientes. Em 2012, publiquei o artigo “Especialistas dos EUA Testificam sobre Perigos de Tratado de Deficiências,” que trata exatamente desse perigo, que se concretizou na Lei de Inclusão.
A pergunta que faço, como ativista pró-vida, é como uma lei supostamente para beneficiar deficientes físicos também beneficia a agenda de homossexualismo, aborto e reprodução assistida e é louvada por uma frente supostamente pró-vida e pró-família?
A Lei de Inclusão é criatura do PT e seu autor é o senador petista Paulo Paim. Foi lançada originalmente em 2003. Mais tarde, foi modificada por um senador do PSDB. Mesmo assim, o veneno pró-aborto e pró-homossexualismo permaneceu.
O petista Paim é o ativista que estava determinado a aprovar o PLC 122, mas fracassou. Aparentemente, ele espera compensar o fracasso embutindo questões de aborto e homossexualismo em leis de deficientes.
Romário, que já declarou que é a favor do “casamento” homossexual, é do PSB, Partido Socialista Brasileiro. Evidentemente, ele é livre para defender esse tipo de casamento fajuto. Ele também é livre para promover ideias socialistas.
Contudo, o que ele está fazendo na vice-presidência da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família e Apoio à Vida? Por seu engajamento num partido socialista, sua presença estaria mais apropriada numa Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos Sexuais e Reprodutivos.
Não fica bem Romário numa frente pró-vida assim como não fica bem uma frente pró-vida louvá-lo.
Magno Malta precisa rever seu entendimento de luta pró-vida, ou mudar o nome de sua frente para algo que não comprometa a luta e os valores pró-vida.
Leitura recomendada:

12 comentários :

Esther disse...

"...Em defesa da família..."
Realmente dá para esperar algo sem mistura de alguém que é divorciado e recasado e que portanto não é genuinamente pró-família?
Me refiro ao Magno Malta, mesmo.

Anônimo disse...

Parece que não existem ceitérios para alguém se tornar membro desta Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família e Apoio à Vida.

Sebastião

Marcelo disse...

Aos poucos, os leitores deste blog estao acordando para a triste realidade de que seus lideres religiosos sao IMPIOS DESCARADOS e sanguessugas.

Eu disse isso em outro comentario, e quase fui apredrejado...mas, contra fatos, nao hà argumentos, vide comentario anterior da Ester, a qual està repleta de razao (a meu ver).

Com isso, a voz dos evangelicos verdadeiros vai sendo cada vez mais desacreditada e calada...mas è licito que venham os escandalos e que uns preguem o Evangelho por interesses pessoais. O importante è que a verdade seja anunciada, mesmo atraves de testemunhos falaciosos de pessoas que se dizem crentes, mas que nao passam de lobos devoradores.

Anônimo disse...

Ontem eu ouvi em uma palestra na igreja a seguinte frase [´prefiro cair varias vezes ,mas estar no caminho certo do que correr leguas no caminho do mal]ao que parece as leguas no caminho do mal sao as preferidas dos ditos cristaos [evangelico ou catolico]o dinheiro,poder engole a todos ,seremos poucos a lutar .Silvia

Ivan Simões disse...

É um lixo estes supostos representantes da família.

Thiago disse...

Apedrejar? Que exagero!

Quero mesmo é puxar a orelha de quem detona a bancada e quer mais é que ninguém vote políticos evangélicos.

Os Canadenses não têm bancada evangélica, assim como muitos querem pro Brasil. Vejam só o resultado:

"Como o pseudo-casamento homoerótico mudou o Canadá"

http://ohomossexualismo.blogspot.com.br/2015/06/como-o-pseudo-casamento-homoerotico.html?m=1

Até quando eu verei "irmãos" cristãos conservadores criticando a a outros irmãos cristãos conservadores? Até quando seremos nossos maiores inimigos? Prejudicaremos a nós mesmos, os da mesma família?

Marcelo disse...

Caro Thiago,
Entendo a sua postura, segundo a qual é melhor meia duzia de gato pingado marca barbante do que nada, todavia, falamos para uma plateia de pessoas que estao buscando a salvaçao e nao devem por a sua confiança em homem algum (essa foi a minha intençao).

A Palavra diz que nos ultimos tempos, os inimigos dos homens de Deus seriam os da sua propria casa...e parece que isso està se cumprindo, ou seja, nem todos, de fato, sao "irmaos", como voce diz.

Mas...que noticia estarrecedora essa do Canadà. E muitos chamam o governo militar brasileiro de "ditadura terrivel", o mesmo que livrou o pais de ser uma imensa e miseravel Cuba. Esses mentirosos que dizem isso e os que fazem eco a essa ideia absurda irao ver o que significa realmente uma DITADURA.

Thiago disse...

Marcelo,

O Flavio um dia nos disse que eramos mais discordantes do que concordantes. E é a mais pura verdade. O meio evangélico e protestante se auto destrói, se auto critica além da conta e anula sua força diante da sociedade. Anorexia e asfixiamento das medidas propositivas, construtivas.

Não vai descer anjo do céu para liderar o movimento conservador na sociedade. E nem as lideranças das igrejas estão livres de pecado.

Já pensou se todo Israelita se levantasse contra seu rei?

"Ah... esse David pecou muito, é assassino; não temos rei"

E se todo cristão se rebelasse contra o Apóstolo convertido pela aparição de Nosso próprio Senhor Jesus Cristo?

"Ah... Esse Paulo é assassino, falso profeta da incircuncisão"

"Ah... isso ou aquilo"...

Entenda que o espírito crítico, ácido, é um resíduo tóxico do meio acadêmico ateu "iluminista". Não há princípio de autoridade para tais. Não há princípio de sacralidade. E desde a infância fomos adestrados pelo Estado a não agir de outra forma, a menos que queiramos ser mal-sucedidos na vida.

David respeitou Saul "apesar de"...

meu amigo Marcelito. Não tenho nada contra ti. Gosto de você... essa é só uma impressão do meio evangélico em geral.


Deus levanta quem quer, usa quem quiser mesmo que esta pessoa não seja perfeita e não satisfaça os pré-requisitos da sociedade.

Alguns exemplos: Raabe, Ciro...

"Uma liderança muito louca"... isso me faz lembrar do filme "Mudança de Hábito"... o papel de Whoopi... em como as freiras resistiram e na maneira que tudo acabou somando. Como diz o "velho deitado": Deus escreve certo por linhas tortas;

https://m.youtube.com/watch?v=ghHE_kVWXxM


Anônimo disse...

Gostaria que os outros sites revelassem esse engodo da bancada mista "pro-familía".

Marcelo disse...

Caro Thiago,
"Quem està em pé, olhe para que nao caia!".
Boas as suas palavras, oremos para que Deus nos guarde dessa enxurrada satanica.
Deus te abençoe!!!

Thiago disse...

Marcelo...

O Estado. Este ser espiritual que ao mesmo tempo apresenta-se como entidade física (podemos dizer em termos de estrutura e super estrutura) organizadora da sociedade, quem têm por principado o demônio e as potestades do ar, que no seu formato civilizatorio ocidental é conhecido (profeticamente) como Besta (Daniel e Apocalipse) , vai à perdição. E uma de suas desculpas fiadas para sua insana tentativa de ocupar o lugar de Deus no coração do homem (engenharia social) será a "causa homossexual" (cavalo de Tróia)... veja:

http://omarxismocultural.blogspot.com.br/2015/06/agenda-homossexual-e-arma-de-engenharia.html?m=1

Thiago disse...

Denúncia:

Colunista Esquerdista sem vergonha descarado do Gospel Prime publica artigo em defesa do "protesto" na parada gay. O que um VERME como este está fazendo num Portal Evangélico?

http://artigos.gospelprime.com.br/estao-crucificando-o-evangelho/

...agiu pior do que os que escarneceram do sacrifício vicário de Nosso Senhor.

DETESTAVEL!

REPUGNANTE!

Esse é digno de uma cuspada na fuça.