1 de abril de 2015

Lei contra intolerância homossexual provoca onda de protestos e boicotes nos EUA


Lei contra intolerância homossexual provoca onda de protestos e boicotes nos EUA

Julio Severo
A aprovação de uma lei no Estado americano de Indiana para proteger estabelecimentos de investidas homossexuais está sendo maliciosamente acusada de “abrir espaço para discriminação de homossexuais.” A lei foi inspirada em casos em que padeiros cristãos tiveram de fechar seus estabelecimentos depois que duplas homossexuais queriam um bolo de “casamento” com símbolos do homossexualismo. Quando os padeiros cristãos recusaram, as duplas gays acionaram as autoridades.
Ativistas gays protestam contra lei de Indiana que protege cristãos contra intolerância homossexual
Apesar do caráter estritamente protetor da lei, grupos homossexuais estão provocando uma onda de boicotes e protestos nos Estados Unidos, invertendo o debate, que deveria ser sobre proteger os direitos civis dos cristãos, para proteger um suposto direito de ativistas gays exigirem serviços dos cristãos.
A lei, denominada Religious Freedom Restoration Act (Lei de Restauração da Liberdade Religiosa, ou RFRA na sigla em inglês), foi assinada na semana passada pelo governador republicano Mike Pence.
Apesar de a lei só entrar em vigor em julho, sua aprovação provocou reação imediata de líderes empresariais, atletas e celebridades. E o governador que a assinou já sinaliza suavizar a lei.
Em artigo no jornal The Washington Post, o presidente da Apple, Tim Cook, um dos principais executivos abertamente gays, disse que “há algo muito perigoso ocorrendo em Estados pelo país,” referindo-se à lei de Indiana.
“Em nome da Apple, eu me oponho a essa nova onda de leis, onde quer que emerjam. Escrevo na esperança de que muitos outros se unam a esse movimento,” disse Cook.
Embora a Arábia Saudita seja internacionalmente notória por executar homossexuais, a Apple nunca esboçou a mais leve oposição a essas execuções e nunca falou em boicote. Pelo contrário, tanto a Apple quanto Cook continuam, de boca fechada, fazendo negócios multimilionários com a Arábia Saudita.
Autoridades governamentais e celebridades imorais dos EUA sentem ousadia de expressar publicamente sobre a lei protetiva de Indiana o que jamais expressariam contra as leis draconianas sauditas. O tratamento que a lei de Indiana vem sofrendo é similar ao fogo de artilharia pesada da grande mídia ocidental, com a total colaboração do governo americano sob Obama, contra a lei da Rússia que proíbe a propaganda homossexual para crianças e adolescentes, como se proteger crianças desse tipo de propaganda nociva fosse a maior ameaça do universo.  
Segundo o Rev. Scott Lively, que é hoje a mais importante autoridade mundial em questões da agenda homossexual, a crise na Ucrânia e os subsequentes boicotes do governo dos EUA à Rússia têm como causa principal a lei russa contra o homossexualismo.
Agora, os boicotes se voltam contra Indiana.
O Estado de Connecticut e a cidade de Seattle anunciaram que irão barrar viagens de negócios de funcionários públicos financiadas pelo governo a Indiana.
No Twitter, celebridades como Miley Cyrus e o ator Ashton Kutcher entraram na campanha pelo boicote a Indiana.
Acuado com os boicotes e protestos, o governador Mike Pence está considerando suavizar a lei.
De nada adiantou Pence explicar que o objetivo da lei é proteger igrejas, indivíduos e empresas cristãos e evitar que sejam “punidos por suas crenças bíblicas.”
Parece que Indiana e seu governador republicano estão sofrendo na pele o que a Rússia começou a sofrer desde a aprovação de sua lei de proteção às crianças.
O governo e a mídia politicamente correta dos EUA têm se oposto à resistência pró-família não só nos EUA, mas também no mundo inteiro. Recentemente, o governo de Barack Obama nomeou o primeiro embaixador mundial para promover a agenda homossexual.
Com informações da BBC de Londres.
Leitura recomendada:

28 comentários :

Thiago disse...

U.niao dos E.stados S.oviéticos U.nidos

O Marxismo Sodomizou a America Ideologicamente.

Patrulhamento Ideológico Patológico!

Este século promete muitas ditaduras Gramiscianas e muita perseguição aos cristãos. Nossa geração voltará para as arenas, para ser devorada por leões (?). Isso, é claro, se o Senhor Jesus não voltar antes.

O mesmo clima de ódio se registrou contra os Judeus, do final do século XIX até 1945. E deu no que deu.

Elias disse...

Essa é a hora em que se separam os homens dos meninos.
Júlio e demais comentaristas que acompanham a política americana, fiquem atentos e vejam quantos políticos do Partido Republicano irão se ombrear com o governador de Indiana e defender a lei proposta e aprovada em toda a sua inteireza.
Sem medo de errar, posso já me adiantar e afirmar que muito poucos dos figurões do Partido Republicano irão defender a lei de liberdade religiosa promovida pelo governador de Indiana.
O Partido Republicano virou uma pocilga, um bando de esquerdistas enrustidos, como o louco psicopata John McCain (que já declarou ser favorável às teses de uniões gays como se casamento fosse).

O cerco aos cristãos está cada vez mais evidente, e é no coração desse império de trevas, esse império romano redivivo, que os cristãos sentirão toda a fúria persecutória, sem ter a quem recorrer, com os perseguidores anti-cristãos se declarando emissários da civilização e do progresso, assim como ocorria em Roma.
Júlio, não duvide se as mesmas elites políticas do Partido Republicano que difamaram a Rússia por causa das leis russas contra a propaganda homossexual para crianças, decidirem abandonar o governador de Indiana e até mesmo engrossar o coro contra essa lei "preconceituosa".
Não me esqueço até hoje de muitos políticos republicanos que declararam que as endiabradas Pussy Riot (que espalharam urina, promoveram atos de vandalismo e dirigiram um amontoado de xingamentos contra Jesus e os cristãos dentro de igrejas ortodoxas na Rússia) eram coitadinhas "perseguidas políticas pelo monstro Vladimir Putin".
Muitos cristãos, não só americanos, mas também brasileiros, tanto católicos quanto de denominações protestantes, preferiram seguir o caminho fácil e confiar mais em Washington do que em Cristo Jesus, se unindo ao coro de malhadores da Rússia.

E agora, senhores santarrões, que vivem falando mal da Rússia se fiando em uma suposta superioridade moral dos EUA, como se os EUA estivessem destinados a ser uma nova Israel, irão finalmente acordar?
Irão perceber que estavam confiando em homens, numa obediência cega aos malabarismos políticos de Washington, abandonando a confiança que deveriam ter apenas em Deus?
Pimenta no dos outros é refresco, não é?
Desculpe o desabafo, Júlio, mas é que já não dá mais para aguentar esses santarrões que vivem malhando a Rússia, acusando Putin de ser mentiroso e estar enganando os cristãos, ao mesmo tempo em que esses santarrões suavizam e amenizam as leis e iniciativas verdadeiramente anti-cristãs promovidas pelo Socialismo Fabiano que domina hoje os governos dos EUA e da União Européia.
É bem capaz de alguns desses santarrões dizer que "é a Rússia que controla os grupos de pressão gayz na América para destruir os EUA", mesmo que tal afirmativa seja a coisa mais idiota do mundo, preferindo ver russos embaixo da cama do que reconhecer as diabolices vindas de seu próprio meio, em Capitol Hill.
Logo, o governador de Indiana verá que está isolado, pois as elites políticas do Partido Republicano já se venderam à agenda gayzista.

Adriana disse...

Elias: Muito bem observado. As mesmíssimas forças de ataque e boicote que se levantaram contra a Rússia no ano passado agora miram Indiana. Quem será o próximo na fila?

Anônimo disse...

Mexeu com a "Grande Prostituta".

A cada dia mais os inimigos da Cruz mostram as suas garras contra o Evangelho.

Parabéns pela coragem do governador de Indiana (EUA). Temos que ser assim também.

Thel.

Nil disse...

Vejo uma coisa muito boa nisto tudo.
È nos momentos de luta,aflição,combate,guerra é que se conhece os verdadeiros homens de honra,carácter,fé e coragem.

Tudo que está acontecendo é muito bom,neste mundo teremos sempre conflitos,tempestades,escândalos e principalmente luta feroz com os ímpios,que a todo custo buscam impor suas vontades,opiniões,desejos e perversidades.
Descasaremos lá no céu, lá sim é um lugar onde pesares,guerras,lutas,sofrimentos,ódios e conflitos não existem.

Não faz muito tempo um pastor (não me lembro o nome) filho de um famoso evangelista,disse : " Nos EUA os cristãos ainda serão perseguidos"
Vi no site Gospelmais, acharam até no meio cristão um desatino e exagero há afirmação deste pastor.

Mas ! Os últimos acontecimentos dão razão a ele.

Nil disse...

Julio ! Òtimo Artigo de Fabio Blanco que tem tudo haver com o que acontece no Estado de Indiana,EUA.

"""A impossibilidade da moderação do religioso
Um religioso é um apaixonado, é alguém que não apenas acredita em algo, mas o vive em toda sua dimensão, inclusive a eterna. Como querer que ele não fale e não lute por isso?

Vivemos em uma sociedade laica, que se pretende à parte de qualquer tipo de manifestação religiosa, lançando esta para o âmbito da privacidade, onde não incomode quem dela não faz parte, nem com ela comunga. "

Vejam o resto aqui:http://www.fabioblanco.com.br/a-impossibilidade-da-moderacao-do-religioso/

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
Creio que como Fábio Blanco afirma esquerdistas,liberais,secularístas,ateus,etc querem a "moderação " dos religiosos que significa ficarem calados,submeterem aos invalores laicos,se tornem pessoas de terceira classe,sem voz,opinião,influencia na sociedade.
O que acontece na Indiana é muito mais do que conflito com grupos LGBT e seus simpatizantes.

Jabesmar disse...

Repondi o seguinte no Twitter do Tim Cook: "@tim_cook Saudi Arabia kills gay and Apple continues to do business millionaires with her. Because Apple does not boycotting the Arabia too?"

Anônimo disse...

Precisamos saber quais são estas empresas e estes atletas e etc., para encontrarmos um modo de boicotá-los. A Apple já deveria estar na nossa lista de boicotes, não vamos nos deixar levar pela sua tecnologia. Se alguém puder conseguir a lista de empresas e pessoas que estão boicotando o estado de Indiana, divulgue-a para que possamos ter conhecimento e discutir como agir. Não vamos nos desanimar e deixar de fazer alguma coisa por imaginarmos que nem seremos percebidos. Qualquer coisa que começarmos a fazer, no início sempre vai ser imperceptível. Quando alguém vir oferecer a nós um produto da Apple, por exemplo, a nossa resposta vai ser que não compramos produto desta empresa, quando perguntarem o porque, é a nossa chance de dizer que ela investe contra nossos valores. Da mesma forma com as demais empresas ou pessoas.
Lembrando que nós não começamos esta luta, estamos apenas nos defendendo.

Sebastião

Anônimo disse...

se os gayzistas sairam as ruas esbravejando na onde estavam os cristaos de Indiana ? eles se impoem nos ficamos calados se somos 2 bilhoes de cristaos na onde estamos falhando ?nos ainda vamos ser obrigados a realizar casamento gay nas nossas igrejas e so esperar,ainda teremos de nos esconder para sobrevivermos e isso nao ta longe. A tres dias [28/03/15]o pastor Silas malafaia publicou no you tube que a comissao de direitos humanos querem que escolas tanto particular como publicas os homossexuais possam usar o mesmo banheiro dos nossos filhos se for lesbica usar o banheiro dos meninos se for gay o das meninas ,pense na cena sua filha no banheiro e entra um homem e tira seu orgao genital na frente dela o mesmo vale pro seu filho ter que se expor na frente de uma menina e isso sem autorizaçao dos pais.liguem para os deputados 0800619619-senado 0800612211 eu ja liguei.Silvia

Anônimo disse...

De fato precisamos ter atitudes práticas. Parabéns Jabesmar
Pretendo averiguar estas empresas ou pessoas que boicotam nossos irmãos para tomar atitudes semelhantes.

Sebastião

Everaldo disse...

Respondendo a todos que puseram seus comentários aqui,

O apóstolo Paulo disse que todos aqueles que quiserem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos (2 Timóteo 3:12). Nas épocas do Império Romano e da Inquisição, ser cristão era assinar a própria sentença de morte. Milhões de cristãos foram queimados vivos nas fogueiras, atirados às feras na arena do Coliseu, decapitados, e mortos de muitas outras formas.

Muita gente talvez ainda não esteja percebendo, mas estamos, a cada dia que passa, voltando novamente a esses mesmos tempos. Tem gente que não quer admitir nem aceitar isso, mas, infelizmente, já é uma realidade visível diante dos nossos olhos. Para que maior prova disso do que o que estão fazendo com os cristãos que se recusam a obedecer ao "politicamente correto" do governo e dos homossexuais? Isso sem contar as perseguições e mortes de muitos cristãos em países islâmicos e muçulmanos (e em outros onde a Bíblia é proibida)!

Quem desejar ser um verdadeiro cristão tem que estar preparado para enfrentar o pior a qualquer momento. A vida cristã é uma vida de lutas, de provações, de dificuldades, de problemas a resolver. Assim como o ouro precisa ser provado no fogo para remover as impurezas, assim também o cristão precisa ser provado para enfrentar a maldade do mundo (Tiago 1:12).

Como diz o ditado popular, "na hora da tempestade é que se conhece o marinheiro". Adaptando este ditado para a vida cristã, poderíamos dizer que é na hora da provação que se vê quem é cristão de verdade. É como disse o profeta Malaquias:

"Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre aquele que serve a Deus, e aquele que não O serve" (Malaquias 3:18)

Precisa dizer mais alguma coisa?

Anônimo disse...

Olha ai o Malafaia na contramão.

http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/televisao/evangelicos-vao-segurar-a-onda-nos-ataques-a-novela-babilonia/


Sebastião

Thiago disse...

Everaldo,

Preciso dizer mais alguma coisa sim:

Deus! Me tira da provação! Tenha Misericórdia!

Às vezes parece que Deus não ouve orações.

Tô com a fé por um fio... novamente.

Se alguém puder, ore por mim. Preciso de oração.

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Sei que este comentário que eu vou colocar aqui é repetido (muitos até já leram ou já conhecem). Mas considerando o teor deste artigo, me vejo obrigado a bater novamente na mesma tecla.

Do jeito que o pecado já contaminou o mundo inteiro, muitas pessoas procuram uma igreja ou religião que satisfaça somente as suas próprias conveniências pessoais (ou que não diga nem faça nada contra o pecado). Em outras palavras: muitas pessoas só querem acreditar no que elas desejam (e não no que elas realmente precisam). Não é de se espantar que vivemos hoje numa total inversão de valores: o errado é certo, o certo é errado, o mal virou bem, o bem virou mal, enfim, os preceitos morais da nossa sociedade estão completamente ao contrário. É como disse o profeta Isaías:

"Ai daqueles que chamam o mal de bem, e o bem de mal; que fazem das trevas a luz, e da luz as trevas; e fazem do amargo o doce, e do doce o amargo! Ai daqueles que são sábios aos seus próprios olhos, e prudentes diante de si mesmos!" (Isaías 5:20–21)

Não será surpresa se, qualquer hora dessas, criarem uma lei nos obrigando a adorar ao diabo (e nos proibindo de crer em Deus). Aliás, do jeito que existe tanta podridão e tanta imoralidade reinando tanto aqui no Brasil como também em todo o mundo, eu nem me espantaria se uma lei dessas fosse aprovada. Em virtude isso, não é sem razão que a Bíblia diz que "o mundo jaz no maligno" (1 João 5:19)

Eu diria mais: quem quiser ser um verdadeiro cristão tem que ter uma postura firme e forte para combater o pecado (e, ao mesmo tempo, estar pronto para ser odiado pelos homens). Mas quantos, hoje, teriam esta disposição?

Jesus, na Sua primeira vinda à Terra, não veio para agradar aos homens. E por agir assim, Ele foi odiado por muitos (principalmente pelos poderosos da época). Por que Jesus foi odiado? Porque Ele sempre falava a verdade. Ele desmascarava os hipócritas (e Ele também revelava os pecados ocultos de muitos). Quem fala a verdade sempre é odiado. Se com Jesus foi assim, quanto mais com os Seus servos!

O nosso amado irmão Júlio Severo é um bom exemplo isso. Por ter falado a verdade sobre o ativismo homossexual, ele passou a ser odiado (e também perseguido) pelos homossexuais e pelo governo (já quiseram até saber o endereço dele, se é que já não o ameaçaram de morte). Por causa disso, ele teve que ir, com a família, para um exílio forçado no exterior.

Este é o doloroso preço que o verdadeiro cristão tem que pagar pela sua fidelidade a Jesus (e pela sua luta contra o pecado). Quantos, hoje, fariam como os fiéis da igreja de Esmirna (que, por amor a Jesus e à verdade da Sua Palavra, aceitaram a morte sem nenhum medo)? Quem, nos dias de hoje, teria a mesma postura firme de um Elias, um Jeremias, ou um João Batista para denunciar e combater o pecado (e também para falar certas verdades que muitos estão precisando ouvir)?

Os mártires da fé cristã não hesitaram quando foram obrigados a escolher entre o pecado e a morte. O lema deles era: "Antes morrer do que pecar". Eles permaneceram fiéis às suas convicções até o fim, e acreditavam que esta corajosa decisão que tomavam agora certamente será lembrada no tribunal divino.

Se estivermos realmente decididos a ser verdadeiros cristãos (ainda que tenhamos que ser odiados pelo mundo), temos que obedecer ao que Jesus diz em Sua Palavra:

"Se alguém quiser vir após Mim, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz, e Me siga. Pois quem desejar salvar sua vida vai perdê-la, mas aquele que perder a sua vida por amor a Mim vai achá-la. Porque de que adiantará ao homem conquistar o mundo inteiro, e perder a sua alma? Que dará o homem em troca de sua alma?" (Mateus 16:24–26).

"Entrai pela porta estreita; porque grande é a entrada e largo e espaçoso é o atalho que leva à perdição, e muitos são os que vão por ele; ao passo que estreita é a porta e apertado é o caminho que conduz à vida, e poucos são os que encontram" (Mateus 7:13–14)

Eu pergunto: quem teria coragem para agir assim nos dias de hoje?

Alfredo S disse...

Deveriamos marcar nossas casa e estabelicimentos com a cruz, e criar uma lei onde determinasse a protessão religiosa cristã, se ele querem usar um serviço já estaram siente de que ali talvez seja recusado.
Isso faria com que na recusa, não gerasse processos e outros problemas, também caracterizaria provocação e intolerancia e até constragimento contra cristão por parte de certos grupos.

Anônimo disse...

Thiago, Paulo tinha um espinho na carne. Eu, que não sou nada e ninguém, tenho uma provação. Não sei qual a sua, mas tenha a certeza de que Deus te deu essa provação, porque Ele quer que perseveres até o fim. Quem perseverar até o fim, será salvo. Tenho um amigo que apostatou após a provação. Hoje é ateu.

Anônimo disse...

Acabei de ler no UOL que vão "estudar melhor a lei" para que não haja discriminação.
A Casa branca concluiu que essa lei é discriminatória.
Fala sério. Volta logo Jesus, porque está cada vez mais difícil, e só vai piorar.

Anônimo disse...

Thiago nao sei a sua idade mas voce me parece uma pessoa tao centrada ,ja passei por isso tente encontrar aquilo que te traz paz a minha forma de reagir foi começar a ler a biblia e como sou catolica rezar o terço todos os dias se nao a gente se desespera mesmo,pensarei em voce nas minhas oracoes lembre de mim tambem nas suas .Silvia

Thiago disse...

Obrigado por responder senhor anônimo, seja você quem for.

Não é a minha fé em Deus que está fraquejando... mas sim a força para buscá-Lo, para prosseguir orando, meditando e congregando.

Eu já tive experiencias com Deus, e mesmo se quisesse, não poderia deixar de Crer pois já vivi , e também presenciei o testemunho de muitos que viveram também o sobrenatural de Deus.

Mas sempre há o tempo do deserto, da provação, da falta, onde sobra problemas e a indiferença dos outros domina.

Gostaria que o Senhor Jesus me desse força para prosseguir na caminhada. Mesmo que eu não alcance meus objetivos terrenos; quero continuar firme em Cristo até o fim.

O meu maior medo é a fraqueza espiritual. Eu já apostatei no passado e acabei me tornando ateu. E sei que, antes da apostasia o Diabo se utiliza do desânimo, da incredulidade, dos problemas, das dores d'alma e da falta de disciplina no Buscar e no Consagrar-se

Obrigado amigo por responder este meu pedido de socorro. Perseveremos!

Thiago disse...

Nessas horas, só um louvor:
Clark Sisters - Jesus Forevermore
www.youtube.com/watch?v=ygFQ12UeG_k

Thiago disse...

Silvia,

Brigadão pela força.
O Senhor Jesus é bom, jamais nos desamparará. Também me lembrarei de você, valeu!

Orei e estou me sentindo melhor.

Renan Alves da Cruz disse...

Julio, posso divulgar aqui na área de comentários um texto também sobre os absurdos do gayzysmo. Se autorizar a publicaçao, agradeço, se não fizer parte de sua política, peço desculpas pela intromissão.
Fique na paz do Senhor.

http://www.voltemosadireita.com.br/viva-o-aparelho-excretor-reprodutor/

Thiago disse...

Renan:

Parabéns pelo site, muito bom. Vou até anotar. Sigo muitos sites de direita e fico contente quando vejo o pessoal se esforçando pra enfrentar a blogosfera Estatal PTralha.

...
O Julio é mó gente boa.

Flavio Jm disse...

Thiago, as vezes me sinto assim também, geralmente por coisas repetitivas que acontecem na minha vida. Mas pelo Amor de Deus, sempre me levanto e ando!

Se estiver desanimado por algo não respondido por Deus ou por uma falta continua, veja este site:
http://www.suaescolha.com/

Te recomendo assistir na TV Canção Nova as 21 horas das segundas feiras as palestras do Padre Léo. Coisa maravilhosa de um homem que mesmo tomado pela doença (cancer) não apostatou e nem reclamou de Deus. Moro perto da obra que ele deixou de cuidado de andarilhos e mendigos drogados e aidéticos, aqui em Santa Catarina, restaurando inúmeras vidas, e estes milagres nos tocam tão fundo que sua fé se renova na hora!!!

Como diz Santo Agostinho, quando oramos, estamos em comunhão com toda a igreja, seja a igreja ainda militante ou aquela vitoriosa já no seio de nosso Deus, nas moradas prometida por Jesus no Reino dos céus. Sendo assim, o pedido de um pode ser o pedido de muitos. Então ore. Estou rezando por ti agora amado! Não estás só.

Flavio Jm disse...

Cara, se eu sou dono de uma loja que organiza casamentos, e um casal gay pedisse para mim organizar, eu diria com respeito mas sinceramente, que eu como cristão ficaria numa situação dificil, e que mesmo que quisesse não tinha gabarito para fazer um casamento não tradicional. Não saberia fazer. Até recomendaria outra loja.

Mas se insistisse os gays, mesmo com essa recusa minha, de que eu não sei fazer casamento para dois homens, eu faria. Mas faria uma porcaria tão mal feita, que eles me demitiriam e nunca mais incomodariam. Eu levaria na gozação. AHAHAHA.

Não se bate de frente com esse povo. É isso que todo marxista faz, se sair de coitado e usar discursos de pseudo amor e tolerância e democracia. Joguemos o jogo deles, sem abrir mão da verdade, que desconcerta os que vivem na mentira e os deixam com ódio.

Eu vejo o Malafaia se exaltar todo na TV, ficando vermelho e esbravejando quando fala do casamento gay, acaba fazendo papel de palhaço para mídia. Vi o Levy Fidelix se empolgar no fatídico debate e falar mais do que devia quando já tinha falado o que precisava(quando disse que tinha que combater essa minoria....sic) e dar munição para os defensores do PL 122. Façamos mais como Jesus, que quando falava aos impios, deixava os tolos boiando no ar. Uma coisa é falar no pulpito, outra é quando estamos no terreno do inimigo, que é tinhoso e liso. Tenhamos prudência e jogo de cintura. Afinal, queremos os converter? ou não, só queremos ter a razão?

Flavio Jm disse...

Antes de dizer qualquer coisa do que escrevi, do jeito de falar com essa turma, leiam o artigo:

http://www.voltemosadireita.com.br/viva-o-aparelho-excretor-reprodutor/

É esse o jeito de falar com esse povo. Ridicularizando o ridiculo e deixando eles boiando. Tratando o gay com o respeito que ele deve nos tratar. Mas deboxando do gayzista, como ele nos deboxa....rsss

Thiago disse...

Flávio,

Muito obrigado por sua consideração. As pessoas não gostam de demonstrar fraqueza, eu não sou assim. Não sou SuperHomem, não sou aquele cristão inabalável, também peco e erro pra chuchu.

Não é questão de Igreja ou de doutrina não, meu irmão. É o deserto. São os problemas. Tenho trauma, não quero enfraquecer.

Brigadão maninho, um abraço e muitíssimo obrigado pela força. Ore por mim, também me lembrarei de você. Temos de estar vigilante, quando menos esperamos o inimigo de nossas almas dá o bote.

Deus é maravilhoso, há de firmar nossos passos!

Flavio Jm disse...

Deus eh tão maravilhoso e real que Ele veio na pessoa de Jesus e carregou antecipadamente meus pecados para a cruz! Basta cumprir o que Ele ordenou: Ter fé Nele, que significa entregar a minha vida a Ele. E fazer o bem em nossas obras para com os outros, como queremos ser tratados. De resto, todos meus tombos, pecados, falhas......eu entrego ma cruz santa. Acordo todo dia zerado, liberto, pelo Amor dele e seu Sagrado Coração.
Não estás só. Não o conheço pessoalmente irmão Thiago, mas não abandone Jesus, porque te quero no Paraíso junto comigo, se Deus permitir. Oro por você.