19 de março de 2015

Os protestos anti-Dilma foram uma contrarrevolução antimarxista?


Os protestos anti-Dilma foram uma contrarrevolução antimarxista?

Julio Severo
A presidente socialista Dilma Rousseff enfrentou, de acordo com a FoxNews, manifestações em massa protestando contra a corrupção e pedindo o impeachment dela no domingo passado (15 de março).
Diferente da FoxNews, que é uma imensa empresa noticiosa conservadora, Cliff Kincaid anunciou em sua pequena mídia que as manifestações brasileiras foram uma “contrarrevolução antimarxista.”
Kincaid disse: “Tal manifestação seria um grande golpe para a Esquerda antiamericana na América Latina, que vem operando desde a década de 1990 sob a rubrica do Foro de São Paulo, um movimento pró-comunista iniciado por Fidel Castro e Luiz Inácio Lula de Silva, o antecessor de Dilma.”
Os protestos não foram sobre marxismo. Qualquer expressão antimarxista foi um evento isolado. Os protestos foram, de acordo com a Reuters, sobre “uma economia lenta, aumento de preços e corrupção.”
Quando os brasileiros estão descontentes, eles protestam. Os mesmos manifestantes protestariam contra Barack Obama se estivessem descontentes com ele.
Muitos brasileiros que vivem nos EUA estão descontentes com Dilma, mas não com Obama.
No ano passado, Obama anunciou uma grande política de anistia, que beneficiará milhões de imigrantes. Muitos dos beneficiados são brasileiros, que estão fugindo do inferno esquerdista do Brasil, mas ao serem ajudados por Obama, estão também ajudando a criar um inferno esquerdista nos EUA.
Um amigo brasileiro ajudou a espalhar o artigo de Kincaid sobre uma suposta “contrarrevolução antimarxista” no Brasil. Frequentemente, ele ataca Dilma, porque ela é marxista. Mas ele louvou a política de anistia de Obama. Eu disse a ele que os americanos conservadores não gostaram da anistia de Obama porque é uma bolsa-esmola. Ele respondeu que a coisa importante é que os imigrantes brasileiros precisam dela e por isso ele louvou tal maravilhosa política para os imigrantes.
Em termos gerais, esse é o perfil de um brasileiro “antimarxista” no artigo de Kincaid.
Uma verdadeira contrarrevolução antimarxista seria caracterizada especialmente por uma luta moral contra duas bandeiras fundamentais da Esquerda americana e brasileira: o aborto e a agenda homossexual.
Entretanto, uma luta contra o aborto e a agenda homossexual tirânica não teve nenhum espaço no que Kincaid chamou de “contrarrevolução antimarxista” no Brasil.
Aliás, na segunda-feira (16 de março), apenas um dia após as manifestações em massa, o católico Levy Fidelix, um ex-candidato à presidência do Brasil, foi condenado a pagar uma multa de 1 milhão de reais numa ação civil pública movida pelo movimento LGBT. Não houve nenhuma manifestação, grande ou mesmo pequena, em apoio dele.
Ele foi condenado porque na última eleição presidencial ele fez declarações pró-família. Os outros principais concorrentes — Dilma Rousseff, Aécio Neves e Marina Silva — também o condenaram por sua opinião pró-família.
A evangélica Marina era a candidata do Partido Socialista Brasileiro, e estava muito envolvida nos protestos anti-Dilma. Socialista lutando contra socialista equivale a uma “contrarrevolução antimarxista”?
Um pastor com algumas igrejas evangélicos nos EUA, sabendo que eu era brasileiro, elogiou Marina, dizendo que ela era uma política evangélica conservadora que combate categoricamente o aborto e a agenda homossexual. Eu perguntei onde ele havia lido isso, porque no histórico de Marina, ela nunca fez tal combate. Frisei que ela sempre foi esquerdista. Ele disse que havia lido sobre o forte “conservadorismo” evangélico de Marina na mídia americana.
Aécio, admirado pela maioria dos manifestantes, teve sua candidatura construída pelo estrategista marxista David Axelrod, principal assessor de longa data de Obama. Socialista ajudando socialista equivale a uma “contrarrevolução antimarxista”?
Mesmo assim, Kincaid disse: “Dilma Rousseff, camarada marxista do presidente Barack Obama.”
É correto dizer que Obama e Dilma são marxistas. Mas eles não são amigos. Dilma e seu governo têm tido um relacionamento muito difícil com Obama e seu governo por causa da NSA e sua espionagem econômica contra o Brasil.
Existe uma diferença grande entre marxistas pró-EUA e marxistas anti-EUA. Aécio está na categoria de marxista pró-EUA. Dilma está na categoria de marxista anti-EUA. Contudo, Dilma não é totalmente antiamericana. O governo dela tem apoiado fielmente toda medida pró-sodomia dos EUA na ONU.
Fidel Castro e Aécio Neves
Há uma foto de Aécio com Fidel Castro. Mesmo assim, ele e Marina Silva, uma ambientalista radical, foram retratados na grande mídia americana como “conservadores.” Eles foram as principais personalidades políticas nas manifestações em massa.
Nesta altura, você poderia achar então que os protestos em massa foram marxistas pró-EUA e pró-Obama protestando contra marxistas anti-EUA. Mal parece uma “contrarrevolução antimarxista”!
Basicamente, os brasileiros que estavam protestando contra Dilma por causa do aumento de preços também protestariam contra Obama se ele voltasse atrás em sua política de anistia beneficiando milhões de imigrantes, inclusive brasileiros. Enquanto Obama não voltar atrás em sua bolsa-esmola, os imigrantes brasileiros nos EUA continuarão atacando só Dilma.
E se o socialista Aécio Neves e a ambientalista Marina Silva concordassem em denunciar o Foro de São Paulo para destruir o partido socialista de Dilma, o Partido dos Trabalhadores? O marxismo seria destruído politicamente no Brasil? Não. Há uma ameaça maior: a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).
O Professor Hermes Rodrigues Nery, um proeminente líder pró-vida católico, disse recentemente que a CNBB é “uma extensão do Foro de São Paulo.” Foi uma acusação generosa.
Na verdade, a CNBB marxista é creditada, por muitos líderes conservadores e pró-vida católicos, como a criadora original do Partido do Trabalhadores. E como uma mãe alimenta seu bebê, a CNBB alimentou seu monstro vermelho.
Acima de tudo, muito antes do nascimento do Foro de São Paulo, havia uma CNBB guiando o Brasil, a maior nação católica do mundo, no socialismo.
Ignorando a realidade brasileira, Cliff Kincaid disse: “Os protestos no Brasil estão dando esperança para os que veem uma oportunidade de derrotar o marxismo no hemisfério ocidental.”
Se o Brasil é o melhor exemplo de uma “contrarrevolução antimarxista” que Kincaid consegue ver, então não é de admirar que Obama esteja na Casa Branca.
Logo após a reeleição de Dilma, seus oponentes fizeram uma petição na Casa Branca pedindo socorro para Obama. Em parte alguma a petição mencionou a ameaça das políticas de aborto e a agenda homossexual. Mas mencionou “Foro de São Paulo” e disse: “Pedimos que a Casa Branca assuma uma postura com relação à expansão comunista na América Latina.”
Oh, meu Deus! Pessoas pedindo socorro para um socialista produz uma “contrarrevolução antimarxista”?
O marxista mais importante do mundo hoje está na Casa Branca. O filósofo Olavo de Carvalho, citado muitas vezes por Kincaid, disse recentemente: “Como sou apenas um residente legal e não um cidadão americano, não posso participar ativamente da luta anti-Obama, mas creio que é a ÚNICA coisa que importa hoje em dia.”
A luta mais importante — contra Obama e suas políticas malignas — tem sido um dos principais focos do meu ministério, pois o governo de Obama está impactando o mundo todo. Eu não evitaria esse chamado ainda que ameaçado de perder uma chance de obter uma cidadania americana.
É claro que a outra ameaça imensa é o islamismo, a maior máquina assassina da história. Suas vítimas principais têm sido os cristãos.
Mas Kincaid (e Obama!) está focando seus ataques e provocações na Rússia. O radicalismo de Kincaid não poupa nem mesmo eventos pró-família na Rússia. No ano passado um congresso pró-família conservador internacional foi realizado no Kremlin, com a presença até de um membro do Instituto Inter-Americano (IIA). Mas Kincaid preferiu se juntar ao coro de militantes homossexuais e marxistas radicais dos EUA que atacaram o evento e as leis russas que proíbem a propaganda homossexual para crianças.
Outro membro do IIA recomendou o livro “The War Against Putin: What the Government-Media Complex Isn’t Telling You About Russia” (A Guerra Contra Putin: O que o Complexo Governo-Mídia [dos EUA] Não Está Lhe Dizendo sobre a Rússia) para mim e deixou claro que ele discordava das críticas radicais de alguns americanos contra o presidente russo.
Enquanto Kincaid e outros americanos ultranacionalistas estão muito ocupados atacando a Rússia, Obama e os neocons estão tentando destruir culturas pró-família avançando sua revolução marxista e impondo no mundo inteiro suas políticas pró-sodomia, pró-marxismo, pró-aborto e pró-islamismo.
Denunciar, desmascarar e lutar contra a revolução marxista pró-aborto, pró-sodomia e pró-islamismo de Obama — essa é a ÚNICA coisa que importa hoje.
Leitura recomendada:

67 comentários :

Thiago disse...

JULIO SEVERO

Eu acredito que o modelo do partido Democrata, de Obama, seja o Socialismo Fabiano (chamado de "liberal" - que de liberal não tem nada - na America do Norte). Socialismo este também hegemônico na União Europeia.

Já na America Latina, os integrantes do Firo re São Paulo adotaram um "marxismo mais radical", gramsciniano.

Os dois são anti-conservadorismo, pro-aborto e pro-LGBT. Do ponto de vista de um direitista, Aecio ou Marina não nos representa, pois também são socialistas.

Contudo, é importante a retirada do PT do poder, devido ao alto grau de domínio desta entidade criminosa nas entidades da "sociedade civil", incluindo o braço paramilitar do MST. Ou será desta forma, ou ele acabará de uma vez com o que resta da democracia, da República e dos poucos canais institucionais isentos que ainda restam.

ELISEU disse...

Thiago,

Esquerdista defendendo esquerdista não é nenhuma novidade. Não difere em nada do chamado corporativismo político (onde corrupto defende corrupto).

E nem poderia ser diferente: eles nunca seriam capazes de dizer ou fazer algo contra si próprios (ou contra seus seguidores)! Se são eles mesmos que criam as leis para benefício próprio (e sempre defendem seus "cumpanhêrus" a todo e qualquer custo), por que iriam mudar de atitude justo agora?

Querer que um esquerdista condene outro esquerdista é o mesmo que querer que o diabo se converta a Jesus!

Precisa dizer mais alguma coisa?

Thiago disse...

Oi Eliseu, como vai amigo?

Você tem razão, veja como FHC não quis saber de falar em impeachment. No fundo, lá no fundo, o pessoal do PSDB prefere o PT no poder a um Partido de Direita Conservador, isso, é claro, se existisse um.

Por muito menos, deram um pé na bunda do Collor.

Mais pode ter certeza amigo, com o PT fora do Poder, a República ganha sobrevida. Com a sua eternizacao, seremos uma Braszuela.

Já pensou a presidANTA governando por decreto, mandando o exército e grupos paramilitares para cima dos protestos e da oposição? Imagina só a mulher mandando fechar as igrejas que não apliquem a Teologia da Libertação ou da Missão Integral! Imaginou?

Tipo, aborto ou paredon!

Leandro disse...

As vezes os fatos muito rápidos estimulam as pessoas a inventar ilusões e até a acreditarem nelas.

Em toda democracia, há um setor minoritário à esquerda, outra minoria à direita, e entre elas uma imensa maioria que pende para um outro lado.
(observação: quando me refiro a "tende a direita" não quero dizer conservadorismo, nem sequer na gestão da economia)

Até há algum tempo, era muito hegemônico o discurso "à esquerda", mas foi quebrada essa exclusividade com o fim do ciclo de prosperidade econômica.
Todos sabiam que esse fim chegaria, e isso iria complicar o PT.

Não é a corrupção. É a economia, e a combinação de estagnação com alta de preços torna o governo impopular, e torna mais visível o declínio de seu apoio.
(claro que o PSDB fica distante: ele quer uma transição segura em 2018; um impeachment faria surgir uma 3a força com o PMDB, e isso criaria uma disputa muito séria)

Mas não é ainda um anti-esquerdismo. Veja a cobertura contrária em toda a mídia.

Marcos disse...

De uma certa forma, sim, foi uma manifestação anti-marxista.

Esta visão das coisas não está longe da verdade.

O povo gritava " a nossa bandeira jamais será vermelha ", e havia cartazes em que se lia " Fora Foro de São Paulo ".

Olavo de Carvalho comentou que isso demonstra que a manifestação foi também contra o comunismo.

Anônimo disse...

Os principais candidatos da eleição de 2014 estavam ligados ao marxismo. O Aécio tirou essa foto com o Fidel, a Dilma e a Marina pertenceram ao Foro de São Paulo. NÃO TINHA ESCAPATÓRIA!

Anônimo disse...

O Brasil está sendo governado por um regime comunista trapaceiro e golpista, o PT, e que está é acuado, isolado, classe alguma quer esse partido composto de estelionatários e psicopatas, desde os mais pobres, pois esses descobriram que estão sendo usados como MASSA-DE-MANOBRA PELO PT para atingir seus projetos de poder, não de governo, pois os comunistas amam apenas o poder, nada mais!
SALVE O PODER, TUDO O MAIS É ILUSÃO! - Lênin.
Enfrentar de cara mais de 2 000 000 de pessoas, todos enraivecidos com o quadrilheiro PT, foi a grande surpresa que assustou o partido, que agora vem com a farsa de "diálogo", mas é para ganhar tempo e esfriar a situação!
Acaso comunista dialoga com alguém, sendo das mesmas ideologias básicas dos nazistas e fascistas e aliados dos muçulmanos e de seus terroristas degoladores de cristãos do ISIS?
Aliás, já foi o tempo que o povo, a começar dos mais simples permanecia inerte; dessa vez acordou!
JAMAIS os golpistas do PT imaginariam que compareceriam às ruas, menos ainda no Brasil todo, mais de 2 000 000 de pessoas, honestas, trabalhadoras, em dia de feriado, não durante a semana pagas a troco de pão com mortadela + grana!
Bem que Lula disse que depois do PT o Brasil seria outro; e acertou: mudou-se em covil de ladrões levando dinheiro para ditadores sanguinarios, como Cuba!
Lamentável as esquerdistas CNBB e Teologia da Libertação-TL e algumas denominações "muy evangélicas", como a IURD compartilhando com os mafiosos do PT.
Aliás, a CNBB foi malhada nas manifestações como aliada do PT-Foro de S Paulo, berço do PT desde D Hélder até hoje apoiando e sustentando os vermelhos nos projetos de poder e de ódio ao povo!
Sabendo que o comunismo é o satanismo encarnado, ódio contra Deus e os cristãos, se v é cristão, embora não aparente, O PT O ODEIA!
"PRECISAMOS ODIAR.
O ODIO É A BASE DO COMUNISMO.
AS CRIANÇAS DEVEM SER ENSINADAS A ODIAREM SEUS PAIS SE NÃO FOREM COMUNISTAS"! - Lênin.
Henoc

.

Anônimo disse...

Na minha opinião, não importa se era anti-marxista ou não.
O que importa é que o PT precisa sair do poder o quanto antes.
Pois ainda que não existam partidos conservadores de fato, nunca antes na história desse país (parafraseando o cachaceiro) se viu tamanho desvio de dinheiro público.

Fora Dilma e leve o PT com você!!!

Nil disse...

Caro Júlio ! A coisa mais normal do mundo é o povo se revoltar contra um governo perverso,corrupto,imoral,incompetente.
A anormalidade é o povo apoiar e ser simpático a um governo deste tipo. Mas ! Temos exemplos na História que por um tempo o povo foi simpático,apoiador de governos perversos,imorais. Mas ! Este apoio,simpatia nunca se eterniza. Exemplo. Nero,Hitler e outros.
Agora sobre os protestos contra Dilma ,o povo, eu diria muito tardiamente está dando conta de que tem um governo que não vale nada e esta se lascando por causa disto. Veja a grande desgraça que a corrupção está fazendo na vida de muitos brasileiros.
http://odia.ig.com.br/noticia/economia/2015-03-12/50-mil-trabalhadores-perderam-emprego-no-rio-com-o-escandalo-da-petrobras.html

Agora uma coisa é certa e você Julio tem toda razão. Se o povo não despreza,rejeita todo os esquerdistas. Seja Marina,Aécio,Obama,PMDB,PSTU,etc,etc.
Dilma e o PT não vão embora do governo tão cedo. Sem atacar e combater o Socialismo,o Marxismo,todos esquerdistas.
Bandeiras com a frase "FORA DILMA. E leve o PT junto" para pouca coisa serve.
Pois o povo vai se matar e morrer de raiva de tanto protestar. Mas a Dilma e o PT não vai sair nem que a vaca tussa.
Aí ! Vale para eles(Dilma.lula.PT) aquela marchinha de carnaval. DAQUI NÃO SAIO ,DAQUI NINGUÉM ME TIRA.

Como disse o colunista do site http://averdadequeamidianaomostra.blogspot.com.br/

SEM LUTAR PRA VALER NADA VAI MUDAR NESSA MERDA DE PAÍS!

Concordo plenamente com ele.
Não se iludam a rapaziada dos protestos é ilusão pensar que as coisas se resolvem facilmente.
No final morremos de raiva e a Dilma e o PT continuam lá. Reparem que essa senhora está bem sorridente nestes últimos dias ,será por que ? Procurem vídeos,reportagens e fotografias dela nos últimos dias.

Nil disse...

VÍDEO DE FILHO DE PREFEITO PETISTA ZOMBANDO DE MANIFESTANTES CONTRA DILMA REVOLTA INTERNAUTAS ; VEJAM

http://www.folhapolitica.org/2015/03/video-de-filho-de-prefeito-petista.html

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
Essa é a verdade os petistas estão é debochando,desprezando,zombando dos manisfestantes. Será por que ?
Resposta : A coisa está mundo boa para o lado deles, tem apoiou oculto de toda esquerdalha.
O Júlio tem toda razão é preciso de uma revolução anti-marxista. Por o povo na rua cotra aborto,homossexualismo,pela Família e bons costumes. Precisamos de Conservadorismo.
Senão figuras asquerosas como está do vídeo vão continuar a zombar e a desprezar os manifestantes e brasileiros patriotas e honestos.
Se nada for feito. A única coisa que vai mudar, é essa figura asquerosa deste petista zombar dos manifestantes bem escondidinho e dissimulado.

Nil disse...

TUCANO, GOVERNADOR DE GOIÁS FAZ DISCURSO EXALTADO EM DEFESA DE DILMA.
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/03/1605401-tucano-governador-de-goias-faz-discurso-exaltado-em-defesa-de-dilma.shtml
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Vejam esse vídeo.
""PM de Goiás impede manifestação contra Dilma em praça pública e toma panela de criança"""
https://www.youtube.com/watch?v=-ySj0rPr-og

Veja policial empurra mulher e toma panela de menina.



Os manifestantes contra Dilma são tratados com desprezo pela policia do Estado de Goiás, a mando do governador tucano Perilo.
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Frase do blog; homemculto,com
QUAL A PARTE VOCÊ AINDA NÃO ENTENDEU,QUE OS COMUNISTAS SÓ SAEM DO PODER NA MARRA?

Por isto digo : Júlio ! Se os manifestantes não abrirem os olhos para realidade, só o que podem esperar é serem tratados com desprezo,brutalidade,chacotas e zombaria pelos esquerdistas.

O site homemculto.com tem um meme excepcional sobre a perseguição a Levy Fidelix. Vejam

Nil disse...

Sobre o vídeo que mostra um policial de Goiás tratando de maneira vulgar uma mulher e tomando a panela de uma criança.

https://www.youtube.com/watch?v=-ySj0rPr-og
""PM de Goiás impede manifestação contra Dilma em praça pública e toma panela de criança"

Achei muito sábias as palavras do usuário do youtube/ Erico Gonçalves Diz ele : "Um estado corrupto gera um polícia corrupta. A polícia representa o poder coercitivo do estado em sua forma mais bruta. Se o povo está contra o Estado, então a polícia está contra o povo. Simples assim. Bastas lembrar, não faz nem 1 mês, uma criança de 14 anos foi covardemente assassinada na Venezuela por militares à mando do ditador Maduro e do fantasma de Chávez.""

Devemos alertar os bons policiais a não defender um Governo perverso,corrupto,imoral.

Veja neste vídeo um exemplo de policial honesto,trabalhador e patriota. Um policial de imenso valor.

http://www.folhapolitica.org/2015/03/coronel-chama-dilma-de-chefe-de.html

"" Coronel chama Dilma de "chefe de quadrilha" e diz que está disposto a dar a vida em luta contra guerrilheiros do PT."

Anônimo disse...

a maioria dos antiipetistas são liberais sociais..pq iriam protestar contra aborto e gayzismo?
ANTIPETISTAS = ANTICOMUNISTAS
Ninguém odeia o PT por promover o marxismo cultural..

Anônimo disse...

.. vc acha mesmo que votam a mais de 2 décadas no PSDB por não existir candidatos conservadores?

Anônimo disse...

se convocarem um protesto contra casamento gay não teria nem 1% do publico de 15/03 ..

Anônimo disse...

Notícia fresquinha para vocês: O Conclave para a Democracia será um evento no National Press Club em Washington DC 21 de março de 2015. O objetivo do evento é reunir os líderes da oposição e ativistas políticos da América Latina para denunciar o Foro de São Paulo... “CONCLAVE DE WASHINGTON PARA A DEMOCRACIA” DENUNCIARÁ NESTE SÁBADO O AVANÇO COMUNISTA NA AMÉRICA LATINA E FRAUDE ELEITORAL NA ÚLTIMA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL NO BRASIL. Bibliografia: http://www.press.org/events/washington-conclave-democracy https://fundrazr.com/campaigns/cv1Qb http://www.libertar.in/2015/03/pega-ladrao-conclave-de-washington-para.html

Claudio Vaz disse...

É claro que Dilma e o PT devem ser retirados.

Mas a estrutura da República não vai mudar.

A fase da chamada "NOVA REPÚBLICA" (1985), na qual vivemos, antecede, creio eu, a da "REPÚBLICA BOLIVARIANA", em que seremos um estado-membro da "PÁTRIA BOLIVARIANA", sonho maior dos comunistas sul-americanos.

Essa transformação se dará paulatinamente, e da mesma forma que presenciamos a inversão de valores do dia-a-dia: através de mudanças sutis na legislação e/ou decisões do STF.

A degradação institucional (e moral) da Nação se dá desde 1889, com o Golpe Militar Republicano.

Repito:
É claro que Dilma e o PT devem ser retirados.
Mas a estrutura da República não vai mudar.

Thiago disse...

Saudações ao Vaz, Leandro, Marcos, Nil, Eliseu e Anônimo.

jose san martin camina neto disse...

Tanto palavrório sobre marxismo, socialismo e tantos outros "ismos" para tentar explicar o que foram as manifestações contra Dilma e seu desgoverno. Uma gestão bichada pela corrupção desde a era Lula, o verdadeiro engendrador de toda a bandalheira... Simplesmente a reação de um povo cansado de governantes corruptos fossem eles quem fossem: marxistas, direitistas, moderados, etc., etc... Análises e mais análises sobre como funcionam as coisas um mundo podre e decadente, sem conserto, sem esperança de mudança. É ora de olhar para cima, porque a Redenção está perto. É hora de renovar as esperanças e sentir sede se Justiça que só será saciada a partir do governo milenial de Cristo, quando principiara o banimento dos impios pecadores, como profetizou Davi no ultimo verso do lindo Salmo 104:
"Que desapareçam da terra aqueles
que não querem saber de Deus,
e que os maus deixem de existir!

Que todo o meu ser te louve,
ó Senhor Deus!
Aleluia!"

Maranata! Vem logo Senhor Jesus!

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Talvez este comentário que eu vou postar aqui (embora seja repetido) explique melhor por que o povo sempre coloca esquerdistas no poder em quase toda eleição (me corrijam se eu estiver errado):

Diz um ditado popular que "o povo tem o governo que merece". Nunca, aqui no Brasil, isso ficou tão evidente, ou melhor, nunca esse mesmo ditado se confirmou de maneira tão clara como nestes últimos anos.

Basta fazermos uma análise dos governos de Lula (anterior) e de Dilma (atual). Mudam somente os "atores" (os presidentes), mas o "script" (o programa de governo) é rigorosamente o mesmo. Para que não haja mais nenhuma dúvida quanto a isso (principalmente para aqueles que não acreditam que isso seja verdade), vejamos alguns dos pontos que ambos os governos têm em comum:

– Promoção de políticas de apoio aos "direitos humanos" (leia-se privilégio para os homossexuais, os criminosos, os menores delinqüentes, e também a perseguição aos cristãos);

– Discriminalização do aborto, já que o aborto é somente um "caso de saúde pública" (ou seja, o aborto, para o governo, não é um crime contra uma vida inocente e indefesa);

– Censura à liberdade de expressão (e ainda dizem, com a maior cara–de–pau, que vivemos num país democrático!);

– Tolerância às religiões afro–descendentes, sob o argumento de que elas fazem parte da nossa cultura, e, como tal, não podem ser discriminadas (como o diabo dessas mesmas religiões se disfarça em anjo de luz, só falta dizer que todas elas são de Deus);

– Distribuição de "kits educativos" nas escolas, com a alegação de combater a homofobia (uma forma disfarçada de fazer com que as nossas crianças sejam sutilmente induzidas ao homossexualismo, promovido pelo ex–ministro Fernando Haddad e por toda a corja do governo e dos homossexuais);

– Homenagem às "vítimas" do regime militar (ninguém jamais procurou saber o verdadeiro passado de Dilma, Lula, e outros esquerdistas).

Enfim, estas são apenas algumas das muitas semelhanças entre os governos de Lula e o de Dilma (na verdade, o governo de Dilma nada mais é do que a continuação do governo de Lula).

E por que o povo, mesmo sabendo disso tudo, ainda assim vota neles? Por uma razão muito simples: recebendo a "ajuda" (Bolsa–Família) do governo, quem é que não quer ser sempre beneficiado pelo mesmo governo de alguma forma? Tem gente que ainda tem a ousadia de dizer: "Se o governo é bom (já que ajuda o povo com o Bolsa–Família e outros benefícios), por que votar contra o mesmo governo?" Isso lembra aquela máxima do antigo Império Romano: "Dai pão e circo ao povo, que o Império sobrevive".

Não tenho nenhum medo de dizer: a nossa política está tão podre, tão suja, e tão corrompida, que nem mesmo certos políticos da bancada evangélica não são dignos da nossa confiança (e, muito menos, merecedores do nosso voto). Em suma: não dá pra confiar em nenhum político (seja de que partido for).

Se o povo tivesse vergonha na cara (e, principalmente, se este mesmo povo fosse politicamente conscientizado), não colocaria corruptos no poder em troca do Bolsa–Família (ou em troca de qualquer tipo de ajuda ou assistencialismo). Só que o povo, durante as eleições, vota mais com a emoção do que com a razão (isto é, mais com a barriga do que com a cabeça). E isso, infelizmente, já criou um ciclo vicioso muito difícil de ser quebrado.

Portanto, diante de tudo que foi dito aqui, só dá pra chegar a uma única conclusão: enquanto prevalecer este quadro, ou melhor, enquanto o povo, em toda eleição, ainda continuar adotando esta mentalidade clientelista (isto é, de só votar em troca de algum tipo de ajuda ou assistencialismo), o nosso país vai estar sempre sendo governado por corruptos.

Que estas palavras sirvam de alerta para que todos, a partir de agora, sejam mais cuidadosos na hora de votar (e não se deixem enganar pelas promessas mentirosas dos muitos lobos em pele de cordeiro que sempre aparecem em todas as eleições)!

P.S: Se alguém daqui quiser se manifestar, esteja à vontade.

Marconi disse...

Presb Valdomiro:
Gostaria de lhe dizer que a mente humana está tão pervertida e apostasiada ao cristianismo que, se o governo comunista Dilma ou de Satã, tanto faz, estivesse dando tudo à vontade de bens materiais ao povo, salvas as exceções, pouco importariam a questão de ser ideologizado no marxismo, aborto, pedofilia etc., e passeatas contra o PT por perverter a sociedade com sua doutrina material-ateísta, satanismo, seria quase impossível, mas como mexeram no bolso do povo: a briga está comprada!
Nunca vi cartazes questionando perversão e subversão comunistas alienando as almas e diabolizando a sociedade!

Thiago disse...

Presbitero e José:

Concordo com vocês.

Oi amigo Presbítero, como vai? Só disco de uma coisa que você apontou...
pra mim, é preciso se respeitar as religiões de matriz africana, mesmo que não concordemos em nada com eles e nem aprovemos o ecumenismo com tal religião. Se quisermos ser respeitados diante do mundo laico, precisamos respeitar outras confissões de fé, tá na lei.

Julio

A melhor versão da Bíblia é a João Ferreira de Almeida. Esse negócio de "A Mensagem" tá pegando mal amigo. Minha Bíblia acaba de completar 20 anos, eu a tenho desde o começo do ensino fundamental. "A Mensagem" é coisa de liberal que compara Cristo a Che Guevara... pega mal...

Julio Severo disse...

Thiago: “A Mensagem” não é coisa de liberal não. É mais um recurso para alcançar a maioria das pessoas. Para estudo particular, a melhor versão é a King James Atualizada. Para uma versão que fala a linguagem do povo, vai A Mensagem. Anos atrás, uma importante autoridade conservadora dos EUA teve a bondade de me mandar de presente “The Message” (A Mensagem) em áudio, em inglês. Tenho-a até hoje, ouvindo-a juntamente com minhas muitas outras versões da Bíblia em áudio.

Eliel disse...

O Marconi disse textualmente isto:

"... se o governo comunista Dilma ou de Satã, tanto faz, estivesse dando tudo à vontade de bens materiais ao povo, salvas as exceções, pouco importariam a questão de ser ideologizado no marxismo, aborto, pedofilia etc..."

Marconi, muitos pessoas (principalmente as que não são politicamente conscientizadas) pensam (e dizem) exatamente assim:

"DANDO TUDO QUE NÓS (POVO) PRECISAMOS, ATÉ O DIABO PODE SER O NOSSO PRESIDENTE!"

Não é exatamente este o pensamento daqueles que recebem o Bolsa–Família (e outros assistencialismos eleitoreiros) do governo do PT? Não lembra as mesmas propostas que o diabo fez a Jesus durante a tentação no deserto?

Os políticos esquerdistas usam de todos os meios (certos ou errados) para ganhar o coração (e também o voto) do povo. Como eles mesmos fazem questão de dizer com todas as letras, "os fins justificam os meios". Na nossa frente, estes mesmos políticos aparecem com os mais belos sorrisos. Por trás, porém, estão querendo nos destruir na primeira oportunidade!

A mesma coisa é o diabo. Ele nunca vai confessar abertamente: "Eu sou Satanás, e vim para enganar, roubar, matar, e destruir a todos! Eis aqui a minha verdadeira face!". O diabo pode ser qualquer coisa, mas burro, com certeza, ele não é. Muito pelo contrário: ele é muito astuto na arte de enganar (principalmente aqueles que não têm discernimento espiritual). A respeito disso, Jesus afirmou com autoridade:

"Vós tendes por vosso pai o diabo, e quereis satisfazer os seus desejos. Ele foi um homicida desde o princípio, e não permaneceu na verdade, porque nele não existe verdade. Quando ele mente, fala só do que lhe é próprio; pois é um mentiroso e o pai da mentira" (João 8:44)

A mesma coisa é dita pelo apóstolo Paulo:

"E não vos admireis disto, já que o próprio Satanás insiste em se transformar em anjo de luz. Não é muito, portanto, que os seus ministros (como os políticos esquerdistas) apareçam como ministros da justiça; e o fim deles será segundo as suas obras" (2 Coríntios 11:14–15, o parêntese é meu)

Judas não se vendeu por míseras 30 moedas de prata para trair Jesus? E quantos hoje não estão agindo igual a Judas ao vender o voto (e até a própria alma ao diabo) em troca de qualquer assistencialismo eleitoreiro (como o Bolsa–Família), ou até mesmo em troca de um prato de comida?

Diz um ditado popular que "o peixe morre pela boca". No caso, o povo morre pela boca ao votar mais com a emoção do que com a razão (mais com a barriga do que com a cabeça, como disse bem o presbítero Valdomiro) durante as eleições. E mesmo assim, esse mesmo povo quer ser masoquista (masoquista é aquele que gosta de sofrer). Sabe que vai eleger um representante do diabo (ou até mesmo o próprio diabo), mas não quer perder a sua "ajuda". Pior para quem?

Enquanto o povo não for conscientizado politicamente (e enquanto muitos continuarem sendo enganados pelas mentiras do diabo), nunca cortaremos este mal (dos assistencialismos eleitoreiros) pela raiz, e, principalmente, nunca acabaremos com a corrupção da nossa política!

Nil disse...

O circo está pegando fogo.

Lava Jato investiga Sabesp, Metrô e trensalão tucano
Segundo a Polícia Federal, obras foram mediadas pelo doleiro Alberto Youssef

http://www.epochtimes.com.br/lava-jato-investiga-sabesp-metro-trensalao-tucano/#.VQ2BRfzF9WI

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Julio Severo tem razão, PSDB é tão marxista,perverso e CORRUPTO quando o PT.
Marina não fica atrás.
Só uma contra-revolução anti-marxista e uma mobilização pela Família e Princípios Morais e Cristãos salva o Brasil.

Apóstolo Ezequiel disse...

Respondendo Cláudio Vez, ao Marconi, e ao Thiago,

O principal argumento da esquerda (e de seus simpatizantes) é realizar uma suposta "justiça social", e (teoricamente) tornar a sociedade igualitária (como eles mesmos fazem questão de dizer com todas as letras, "sem oprimidos nem opressores"). Só que a esquerda, para agir efetivamente nesse sentido, precisa do poder absoluto nas mãos.

Por que é necessário ter este mesmo poder? Porque para tirar de quem tem mais para dar a quem tem menos, é necessário contar com um sistema de governo que dê sustentação a esta ideologia. Do contrário, o objetivo proposto (a tal "justiça social") se torna algo impossível de ser realizado apenas por mera teoria. Logo, o único regime mais adequado para tais pretensões é o totalitarismo.

No totalitarismo, os interesses do Estado se sobrepõem aos dos cidadãos. É como dizia uma filosofia dos tempos de Hitler e Mussolini: "Nada acima do Estado, nada fora do Estado, e nada contra o Estado!" Por isso é que a esquerda defende o poder total (totalitarismo) nas mãos dos representantes do Estado.

O verdadeiro objetivo da esquerda é somente a tomada do poder. Após isso, vem a escravidão e o empobrecimento da sociedade. Isso tudo é feito sob o comando de um governo ditatorial (e contando com um aparato policial a serviço deste mesmo governo). Pra que melhor exemplo atual disso do que os governos de Cuba e da Venezuela?

O humanismo (filosofia que inspirou o marxismo e as demais correntes ideológicas esquerdistas) apregoa que "o ser humano é bom, mas o meio social é quem o corrompe". Em contraste, a Palavra de Deus diz que "não há um justo, nem um sequer" (Romanos 3:10). O ser humano já nasce com a natureza pecaminosa (e esta mesma natureza, por si só, é má em sua essência). Em virtude disso, muitos ainda são ingênuos a ponto de acreditar que as boas intenções são válidas em todo o mundo.

Em outras palavras: muitos ainda acreditam que podemos confiar em determinadas pessoas (principalmente os representantes do Estado) que afirmam estar se preocupando com o bem de todos (ainda que as atitudes dessas mesmas pessoas provem ou mostrem exatamente o contrário). A simples demonstração (ou propagação) de boas intenções não garante que elas serão necessariamente postas em prática. São apenas uma forma de dissimular o mal. Ou será que muitos estão esquecidos de que "o diabo insiste em se transformar em anjo de luz" (2 Coríntios 11:14)?

A verdade nua e crua é que o mal nunca teve, não tem, e nunca terá nenhum compromisso com o bem. O mal só tem compromisso única e exclusivamente consigo mesmo. Assim como a Palavra de Deus diz que "não pode vir nenhuma mentira da verdade" (1 João 2:21), a recíproca também é verdadeira (ou seja, nenhuma verdade jamais poderá surgir da mentira). Afinal, o diabo é o pai da mentira (João 8:44). Por que os seguidores do diabo (no caso, os esquerdistas) agiriam diferente?

Gostaria que os simpatizantes da esquerda respondessem a esta pergunta!

Thiago disse...

Julio,

Acho fundamental a leitura diária da Bíblia conjuntamente com oração. Lendo duas páginas por dia, já li dias vezes a João Ferreira e uma vez "A Mensagem", e desta última só gostei do trecho referente ao Pentateuco, por detalhar coisas como os pormenores da Lei ou instruções para construção do Tabernáculo, por exemplo. Mas também achei que em alguns trechos a linguagem alteram o significado original do texto e isso é muito preocupante.

Como está difícil para o Crente permanecer de pé irmão! Te digo que, se não fosse esta disciplina de busca diária, acho que já teria apostatado novamente. É muita afronta, muita acusação, muito ódio ao evangelho, muita contestação, muita perseguição. Eu não reconheço mais meu país. Cada vez mais me sinto um estranho no ninho. Até gente " do mundo", das gerações mais antigas não conseguem crer no que este país se tornou.

Olha, há muito tempo que não vejo novela, mas li que agora é apologia homossexualista com duas atrizes octogenárias na Rede Globo. O poder de engenharia social dessa emissora é reconhecido pela ONU, há estudos sociológicos que apontam as produções desta empresa e o aumento de divórcio e diminuição do tamanho da família nos anos 70 e 80. Tirem vossas famílias da frente da televisão com urgência, caso contrário, chorareis lágrimas de sangue.

Thiago disse...

Brilhante irmão Ezequiel!

Poder supremo para a obtenção da quimérica "igualdade".

Igualdade perante a lei sim, agora...

igualdade em todos os outros aspectos: biológicos, hierárquicos, financeiros...

Não!

O sonho da igualdade absoluta é apenas uma névoa para ocultar um poder totalitário sob a capa "democrática". As diferenças são importantes. Você já viu um corpo constituído só de olhos, só de pernas? As diferenças são o fiel da balança, o equilíbrio que sistema político deve manter para conservar a liberdade para todos em todas as gerações.

Igualdade absoluta e liberdade não são criaturas da mesma espécie.

A primeira, nem na URSS ou Cuba se alcançou, pois se estabeleceu uma elite "caviar", burocrática, opressora das vozes divergentes.

Inibidora do princípio: cada um deve colher aquilo que planta, inibidora das boas atitudes e ações; promotora do que há de mais satânico na natureza humana.

Everaldo disse...

Thiago,

Em relação à Rede Globo, nem precisa dizer muita coisa. Todos nós sabemos que ela é uma emissora de televisão totalmente a serviço do diabo e de seus escravos. A programação dela, vinda diretamente do inferno, só tem destruído os lares de quem assiste à podridão moral que ela transmite. Só não entende, não aceita, e não enxerga isso quem não quer!

Apesar da Globo ser a emissora "oficial" deste governo corrupto do PT, de toda a esquerda, e também dos homossexuais (e seus cúmplices), ninguém pense que as demais (Record, SBT, Band, e outras) são algum modelo de santidade. Quer ver um exemplo? A Record. E quem é o homem forte da Record? Ninguém mais ninguém menos do que Edir Macedo, o poderoso chefão pró–aborto da Igreja Universal (aqui pra nós: até hoje, a compra da Record pela Universal é uma história que, a meu ver, ainda está muito mal contada). A programação da Record é a mesmíssima da Globo (não muda rigorosamente nada)!

Graças a Deus que este blog do nosso amado irmão Júlio Severo tem sido um canal abençoado para nos manter sempre informados de tudo o que acontece no Brasil e no mundo (e também para nos mostrar tudo o que a mídia corrupta nunca mostra)!

Elisabete disse...

Apostolo Ezequiel, PARABÉNS, concordo plenamente em, gênero, número e grau!!! Creio que no ponto em que se encontra a situação, somente podemos pedir é UMA INTERVENÇÃO DIVINA!!!!!!!!!

Thiago disse...

Oi irmão Everaldo, tudo bom?

É lamentável a atitude de Edir Macedo, e sua embriagues por poder econômico e político. Que ele volte ao primeiro amor. Que a IURD adote posturas mais ortodoxas, e que não seja mais motivo de escândalo para o Evangelho, pois faz um trabalho espetacular de resgate e pregação. Fica a dica!

Em relação à mídia, os profissionais desta "bebem veneno" em sua formação profissional e são instrumentalizados pela esquerda para a destruição da família e do cristianismo. Há ideólogos que aplicam essas ideias, pois dizem que estes são dois pilares que sustentam a burguesia.

Téo disse...

O presbítero Valdomiro disse uma coisa que me chamou a atenção (e que eu faço questão de transcrever aqui):

"... enquanto prevalecer este quadro, ou melhor, enquanto o povo, em toda eleição, ainda continuar adotando esta mentalidade clientelista (isto é, de só votar em troca de algum tipo de ajuda ou assistencialismo), o nosso país vai estar sempre sendo governado por corruptos ..."

Uma vez, eu assisti a um filme onde um homem vendia a alma ao diabo em troca de fama, riqueza, e poder.

E o que o comentário do presbítero Valdomiro tem a ver com isso?

Tudo a ver!

Vamos aos fatos:

O governo oferece o Bolsa–Família para o povo pobre. Como muitos desse mesmo povo, na sua maioria, não têm conscientização política, todos aceitam isso na maior naturalidade (como se fosse algo normal ou correto). Ninguém nunca vai imaginar que, agindo assim, está vendendo a sua própria alma, e, deste modo, se tornando escravo daquele que lhe oferece tal coisa. É como bem disse o apóstolo Pedro:

"Prometendo-lhes liberdade, sendo eles mesmos escravos da corrupção; porque de quem o homem é vencido, do tal também se torna escravo" (2 Pedro 2:19)

Isso gera um ciclo vicioso: o povo, por não achar outras alternativas (ou por não querer abandonar o seu próprio comodismo ao ser beneficiado), acaba aceitando qualquer coisa que alguém lhe dá, e, com isso, só vota sempre em quem oferece a mesma ajuda (para não perdê-la). Resumindo: aceitar o Bolsa–Família é como vender a alma ao diabo. Enquanto o povo não se conscientizar e não quebrar esse maldito pacto que fez com o diabo (que é votar em troca do Bolsa–Família ou de qualquer outro assistencialismo eleitoreiro), nunca acabaremos com a corrupção da nossa política!

Lino disse...

Em 1913, Lênin (ditador marxista–comunista–socialista–esquerdista) escreveu o "Decálogo". Trata-se de um documento contendo 10 ações táticas da esquerda para a tomada do poder (qualquer semelhança com a agenda política do PT e de outros partidos esquerdistas nos dias de hoje não é mera coincidência! É pura realidade)!

Vejamos, na íntegra, o que diz o tal "Decálogo":

1 – Corrompa a juventude, e dê a ela total liberdade sexual;

2 – Procure se infiltrar nos meios de comunicação de massa, e depois controle todos eles;

3 – Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a promover discussões sobre assuntos sociais e de interesse comum;

4 – Destrua a confiança do povo em seus líderes. Faça com que eles fiquem com a imagem denegrida perante a opinião pública;

5 – Fale sempre sobre democracia e em Estado de Direito; mas assim que puder (e tão logo haja a primeira oportunidade), assuma o poder sem nenhum escrúpulo;

6 – Colabore para o esbanjamento do dinheiro público; coloque em descrédito a imagem do País (principalmente no exterior), e provoque o pânico e o caos na população por meio da inflação;

7 – Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País;

8 – Provoque distúrbios sociais, e contribua para que as autoridades constituídas não os proíbam;

9 – Contribua para a destruição dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes. Nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos devem acusar os não–comunistas, obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for de interesse da causa socialista;

10 – Procure catalogar todos aqueles que possuem armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando, deste modo, que seja impossível oferecer qualquer resistência à nossa causa.

Além disso, ainda tem mais um outro documento intitulado "Os 10 princípios da esquerda" (na verdade, uma continuação do "Decálogo"). Vejamos quais são estes princípios:

1 – Os esquerdistas crêem que não existe moral. Na verdade, os esquerdistas crêem apenas na moral que for favorável a eles mesmos, isto é, "não roubar" vale somente para os outros (mas os esquerdistas podem roubar à vontade para si próprios, e também para aqueles que os ajudam);

2 – Os esquerdistas promovem o anti–convencional, violentam os costumes, e preferem a descontinuidade. Não gostam de seguir regras diferentes das que eles mesmos criam;

3 – Os esquerdistas derrubam tudo que seja pré–estabelecido. São, por natureza, contra todo e qualquer sistema padronizado (que contém princípios já determinados há muito tempo);

4 – Os esquerdistas agem com imprudência e irresponsabilidade, não importando quais prejuízos venham a causar aos que estão sob seu comando;

5 – Os esquerdistas desejam a uniformidade universal: todo mundo igual (exceto eles, quando estão no poder usufruindo de tudo que é privilégio);

6 – Os esquerdistas não se impõem limites e acreditam que podem melhorar, aperfeiçoar, e acabar com as imperfeições de tudo e todos (inclusive do ser humano). Para fazer uma omelete, é preciso quebrar os ovos (mas eles partem para quebrar todos os ovos, mesmo que não consigam fazer omelete alguma);

7 – Os esquerdistas são contra a liberdade e a propriedade privada. Preferem a escravidão, embora a chamem, de maneira sutil, por outros nomes: igualdade, responsabilidade social, justiça social, senso de coletividade, etc;

8 – Os esquerdistas impõem coletivismo forçado. Tudo deve ser de todos (mas desde que seja sob controle total do Estado);

9 – Os esquerdistas desejam o poder desmedido e a liberação de todas as paixões humanas (marxismo clássico e marxismo cultural);

10 – Os esquerdistas não querem estabilidade: pregam a revolução perpétua. Dizem promover a paz, mas são os maiores incentivadores de todas as arruaças, protestos, badernas, guerras, e lutas armadas.

Diante do que foi mostrado aqui, eu pergunto: alguém ainda tem mais alguma dúvida das reais intenções do PT (e de outros partidos esquerdistas)?

Anônimo disse...

Na Biblia estah dito que os cristaos serao vencidos. No video do link abaixo, pode se ver uma das mais imundas criaturas produzidas por este solo, em extase, a anunciar a criacao de um dos reinos finais que serao desgovernados pelo anticristo, conforme anunciado em Daniel e Apocalipse:

https://www.youtube.com/watch?v=5K_1kyKg1K0

Antonio

Pastor Raimundo (Igreja do Evangelho Quadrangular) disse...

Respondendo ao Antônio,

Antônio,

Já que você mencionou o anticristo no seu comentário, eu diria o seguinte: sabemos que não vai demorar muito para que o anticristo seja revelado ao mundo, já que isto está previsto na Palavra de Deus e, portanto, será inevitável. É como disse o abençoado apóstolo Paulo:

"Pois o ministério da injustiça já opera; há somente um que ainda resiste, até que do meio seja tirado; E então será revelado o iníquo, o qual o Senhor desfará com o assopro de Sua boca, e aniquilará pelo resplendor de Sua vinda; A esse cuja vinda é conforme a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais e prodígios de mentira; E com todo engano da injustiça para aqueles que perecem, pois não receberam o amor da verdade para que se salvassem. E é por isso que Deus lhes mandará a operação do erro, para que acreditem na mentira; Para que sejam julgados todos aqueles que não creram na verdade, antes sentiram prazer na iniqüidade" (2 Tessalonicenses 2:7–12)

A tendência natural das coisas é que o mal reine de forma absoluta até a volta de Jesus, até porque, como a própria Bíblia diz, "o mundo jaz no maligno" (1 João 5:19). Logo, a nossa obrigação, como cristãos, é resistir ao pecado e continuar a pregar as verdades da Palavra de Deus enquanto ainda podemos (ou enquanto ainda dispomos de uma relativa liberdade para protestarmos contra as obras das trevas e suas leis). Porém, quando elas, através da NOM (Nova Ordem Mundial), assumirem o controle total de tudo e todos, será suicídio tentar enfrentá-las de igual para igual. Em outras palavras: quando a NOM for imposta, aquele que tentar se manifestar contra ela será perseguido e morto!

E mais: dizer não ao governo mundial que será imposto num futuro não muito distante é assinar a própria sentença de morte. Sabemos que este mesmo governo perseguirá e matará todos os cristãos que encontrar pela frente. Por que isso? Porque a perseguição aos cristãos (e a conseqüente morte deles) já está prevista na Palavra de Deus, e, portanto, será inevitável. A Palavra de Deus tem que se cumprir. Deus não é homem para que minta, e nem tampouco filho do homem para que Se arrependa. O que Deus determinou na Sua Palavra nunca voltará atrás. O próprio Deus disse com todas as letras:

"Assim será a palavra que sair da Minha boca: ela não voltará vazia para Mim; antes fará o que Me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei" (Isaías 55:11)

Nas épocas do Império Romano e da Inquisição, milhões de cristãos foram perseguidos e mortos de todas as formas possíveis. E hoje não é diferente: a perseguição aos cristãos ainda continua (e de forma até mais cruel). Para que maior prova disso do que a perseguição aos cristãos que se recusam a obedecer ao "politicamente correto" do governo e dos homossexuais? Isso sem contar as perseguições e mortes de muitos cristãos em países islâmicos e muçulmanos (e em outros onde a Bíblia é proibida)!

Diante disso, não haverá alternativa: ou assumimos de vez um compromisso sério com a obediência total e irrestrita à Palavra de Deus (mesmo colocando a nossa própria vida em risco), ou seremos obrigados a aceitar a submissão ao anticristo para sobreviver.

Portanto, ainda que tenhamos que morrer por amor a Jesus e à verdade da Sua Palavra, temos que deixar bem claro a tudo e a todos que pertencemos somente a Jesus (e que nada nem ninguém jamais vai nos separar Dele). Novamente o apóstolo Paulo se manifesta:

"Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, a angústia, a perseguição, a fome, a nudez, o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor a Ti, somos entregues à morte todos os dias; Fomos considerados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores por Aquele que nos amou" (Romanos 8:35–37)

Que estas palavras façam com que todos permaneçam fiéis ao Senhor Jesus (e à Sua Palavra) até a morte (ou até a volta Dele).

Henrique disse...

Thiago,

Veja este relato que me passaram por e–mail (e que desmascara as mentiras do socialismo):

Um professor de economia em uma universidade americana disse que, em toda a sua vida, nunca havia reprovado um único aluno. Mas, certa vez, teve que reprovar uma classe inteira.

Quando perguntaram a ele a razão disso, ele contou que esta mesma classe havia insistido que o socialismo realmente funcionava: com um governo assistencialista intermediando a riqueza, não haveria mais ninguém pobre e nem ninguém rico (ou seja, todos seriam iguais).

O professor, então, disse: "Muito bem. Já que vocês fazem tanta questão de defender essa tese, vamos fazer uma experiência socialista com a turma: ao invés de dinheiro, usaremos as notas das provas". De acordo com a mesma experiência, todas as notas seriam concedidas com base na média da classe, e, portanto, seriam "justas". Assim, todos os alunos receberiam as mesmas notas, o que, teoricamente, significaria que não haveria ninguém reprovado (assim como também não teria ninguém recebendo nota "A").

Após ter sido calculada a média da primeira prova, todos receberam "B". Quem estudou com dedicação ficou indignado, mas os alunos que não se esforçaram ficaram muito felizes com o resultado (afinal, conseguiram "passar").

Quando a segunda prova foi aplicada, os preguiçosos estudaram ainda menos (eles esperavam tirar notas boas de qualquer forma). Já aqueles que tinham estudado bastante no início achavam que eles também se aproveitariam do trem da alegria das notas. Como resultado, a segunda média das provas foi "D". É evidente que toda a turma não gostou nem um pouco.

Depois da terceira prova, a média geral da turma foi um "F". As notas não voltaram a patamares mais altos, mas as desavenças entre os alunos, buscas por culpados, e palavrões passaram a fazer parte da atmosfera das aulas daquela classe. A busca por "justiça" dos alunos tinha sido a principal causa das reclamações. Inimizades passaram a fazer parte daquela turma. No final das contas, não havia mais ninguém querendo estudar para beneficiar o resto da sala. Com isso, todos os alunos repetiram aquela mesma matéria (para surpresa de todos)...

Quando a turma inteira quis saber por que todos foram reprovados, o professor explicou: "A experiência socialista falhou por uma razão muito óbvia: quando a recompensa é grande, o esforço pelo sucesso individual é grande. Mas quando o governo elimina todas as recompensas ao tirar recursos dos outros para dar aos que não batalharam por elas, então não vai mais ter ninguém tentando se esforçar (e nem tampouco a fim de dar o melhor de si). Simples assim".

Concluindo, o que o professor deixou claro em relação ao socialismo foi o seguinte:

– Você não pode levar o mais pobre à prosperidade apenas tirando a prosperidade do mais rico;

– Para cada pessoa que recebe sem trabalhar, há uma pessoa trabalhando sem receber;

– O governo não vai conseguir dar nada a ninguém, a não ser que tenha tomado de outra pessoa que se esforçou para adquirir o que tem;

– Ao contrário do conhecimento, é impossível multiplicar a riqueza tentando dividi-la;

– Quando metade da população assimilar a idéia de que não precisa trabalhar (já que existe a outra metade da população para sustentá-la), e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então teremos chegado ao começo do fim de uma nação.

E aí, será que, depois dessa, alguém ainda vai se iludir com o socialismo?

Deixo esta pergunta no ar para os marxistas–comunistas–socialistas–esquerdistas responderem na primeira oportunidade!

Thiago disse...

Pastor Raimundo,

É verdade, cada dia que passa fica mais evidente que as profecias estão se cumprindo. É hora de permanecermos em Deus, custe o que custar.

Henrique,

O exemplo das notas dos alunos foi didático. Socialismo é desestimulante, quanto mais nivelador, mais apatia é promovida. Meritocracia às avenças. É um remédio para combater a insatisfação popular, mas se aplicado em "doses cavalares", pode matar o paciente.

Wellington disse...

Thiago,

O comentário do Henrique foi mais do que oportuno, já que ele mostrou como o socialismo realmente funciona. O exemplo apresentado (das notas dos alunos de uma escola) foi bastante esclarecedor.

Na verdade, o socialismo é totalmente injusto: diz ser igualitário, mas, na verdade, promove uma desigualdade. Além disso, premia a quem não merece, cria um parasitismo perpétuo para alguns, e não recompensa quem realmente se esforçou.

É justo eu me sacrificar durante 30 dias no mês para receber o meu salário, enquanto uma outra pessoa que não fez absolutamente nada durante esse período de tempo também tenha o mesmo direito de receber de mão beijada o que eu ganho? E onde fica a valorização do meu trabalho?

A verdade tem que ser dita: o socialismo estimula o comodismo, o parasitismo, a preguiça, e a vagabundagem! Quem quiser comer, tem que trabalhar! É como diz a Bíblia:

"Comerás o teu pão com o suor do teu rosto" (Gênesis 3:19)

"Se alguém não quiser trabalhar, não coma também" (2 Tessalonicenses 3:10)

Que esta mensagem desperte muitos que ainda estão cegos pelas mentiras do socialismo.

Thiago disse...

Wellington,

Eu sou um tiquinho socialista, pelo menos no que diz respeito a gastos com saúde e educação. Se eu entendi direito, você quis dizer comunismo, né? Como eu sou um ex comunista ateu; só o fato d'eu reconhecer os erros do socialismo "mais profundo" e do comunismo já é um verdadeiro milagre.

Convivemos em sociedade, para conseguir trabalhar, a sociedade proporcionou algumas condições para você poder trabalhar, nada mais justo do que você retribuir em forma de impostos. A sociedade estava organizada de tal forma que proporcionou a você "colher o que plantou". Então você se beneficiou através de terceiros e do Estado.

Existem situações que são "fora da tabela", situações de extrema vulnerabilidade e pobreza onde o Estado deve intervir, pelo menos é assim que eu vejo. Eu acredito que o problema está na dependência em relação ao serviço (circulo não-virtuoso) e na gestão pouco eficiente da burocracia insulada ( poderia ser terceirizado em sua execução).

Digamos que eu sou um misto de "PSDBista light" em termos de direitos sociais conjuntamente, um conservador em questão de costumes e moralidade. E justamente por não ver compromisso deste partido com os cristãos conservadores e nem uma postura forte como opositor do PT; me encontro órfão, sem um partido ideal.

Anônimo disse...

Só burro vota na esquerda!

Thiago disse...

O anônimo disse:

"Só burro vota na esquerda!"

Não é bem assim! Para que o sistema republicano e democrático possa preservar a liberdade da sociedade é preciso que exista estas duas correntes ideológicas. Vivemos sob a hegemonia da esquerda, e isso é ruim. Mas... a direita hegemônica também leva ao totalitarismo, é só lembrarmos do Partido Nacional-Socialista Alemão, que ao alcançar a hegemonia no Parlamento, instituiu uma das piores ditaduras da história.

A representação dos diferentes e o equilíbrio de forças antagônicas promove a preservação das regras do jogo e são o fiel da balança. O que protege a nós e às futuras gerações de abusos do poder constituído.

Se a esquerda errou ao sonhar com a hegemonia, não podemos cair no mesmo erro, e sim denunciar tudo que conspirar contra a liberdade dos indivíduos da nossa sociedade.

A palavra chave é LIBERDADE,


...LIVRE ARBÍTRIO!

Direitista consciente disse...

Thiago,

Se você me permite, eu vou fazer algumas ressalvas em relação a alguns pontos da resposta que você deu ao Wellington (postarei mais de uma mensagem, se for necessário).

Primeiramente, você disse isto:

"Eu sou um tiquinho socialista, pelo menos no que diz respeito a gastos com saúde e educação..."

Em outras palavras: você, nesta sua frase, está admitindo implicitamente que o Estado é quem deve administrar a saúde e a educação. Me desculpe se eu for muito grosseiro, mas eu, particularmente, não vejo o Estado mostrar nenhuma eficiência ao cuidar destas áreas.

Comecemos analisando a saúde. Como estão os hospitais públicos hoje? Totalmente sucateados. Quem for procurar atendimento pelo SUS morre nas longas filas de espera desses mesmos hospitais. Além do péssimo atendimento, ainda têm os médicos mal pagos, desvios de verba, corrupção, hospitais sem o mínimo necessário para uma situação de emergência, enfim, a saúde pública do nosso país está, literalmente, na UTI. Logo, o Estado, como administrador da saúde pública, está reprovado.

E quanto à educação? Não difere em nada da situação crítica da saúde (vai de mal a pior): professores mal pagos, escolas sucateadas, qualidade do ensino horrorosa, grade curricular defasada, professores sem reciclagem (requalificação), enfim, a educação está falida! Isso faz do Estado um bom gestor da educação? Não!

Quem teria que cuidar da saúde e da educação seria a iniciativa privada. Como seria isso? Assim:

– Saúde – Criaria uma concorrência bem forte entre hospitais privados a fim de melhorar a qualidade dos serviços e os preços e, finalmente, acabaria com esses verdadeiros campos de concentração (os hospitais públicos que atendem pelo SUS) que assassinam diariamente pessoas que poderiam estar bem se o Estado não tentasse ser um super protetor;

– Educação – Passaria a financiar alunos em vez de colégios públicos. O financiamento individual é uma forma de tirar do Estado a incumbência de administrar o colégio, e dar aos pais do aluno a chance de escolher um colégio particular de sua preferência para colocá-lo. Esse sistema de financiamento individual também diminui o risco de corrupção e obriga o aluno a ser esforçado, pois a permanência do financiamento dependerá disso. Se o aluno for reprovado, perderá esse benefício!

Não seria melhor agir assim do que deixar tudo a cargo somente do Estado (que, até agora, tem sido um péssimo administrador)?

(continua na próxima mensagem)...

Claudio Vaz disse...

O que se chama hoje de "conservadorismo" e/ou "direita" é tão somente a evolução natural, desde o início da humanidade, da 'Cultura Superior', incluindo aí, necessariamente, os valores, os princípios dados pelo ETERNO.

A ideologia materialista (ESQUERDA), e toda sua criação (feminismo, gayzismo, etc) é antinatural, antibíblica, porque nega na essência, e ODEIA os valores e princípios do SENHOR.

NÃO HÁ NADA que se aproveite dessa ideologia, nenhum tom ou nuance do 'Veneno Vermelho' é saudável. Não é apenas "fermento" ou "fogo estranho", trata-se de MENTIRA, que é própria e criação do 'pai da mentira', a saber, o primeiro revolucionário.

Cada um escolha, HOJE, o Deus há que se quer servir.

Sou contra a esquerda disse...

Respondendo ao Cláudio Vaz,

Cláudio,

Se eu não estiver enganado, ser conservador (ou ser de direita, como dizem alguns) significa defender estes pontos:

– Direito de ir e vir;

– Direito à liberdade de expressão (garantido pela Constituição);

– Direito ao livre culto religioso (no caso, à crença na fé cristã);

– Direito à propriedade privada;

– Direito à inviolabilidade do lar;

– Direito à proteção da família;

– Defesa da vida (e também do direito à vida);

– Conservadorismo (manutenção e defesa de determinados princípios);

– Liberalismo econômico (livre mercado);

– Livre iniciativa (ou livre empreendedorismo);

– Estado mínimo (interferência mínima do Estado em algumas questões).

Só que a esquerda é totalmente contrária a tudo isto. Se, por exemplo, eu prosperar mais do que outras pessoas (mesmo que seja pelos meus próprios esforços), eu estou contribuindo para aumentar as desigualdades sociais (como se eu fosse culpado de ter uma vida melhor em relação a quem é desfavorecido)! Dá pra entender?

Se um sujeito nasceu numa favela, mal conseguiu estudar, não tem um bom emprego (ou, quando tem, ganha muito pouco), e faz filho a torto e a direito para receber os assistencialismos do governo (principalmente o Bolsa–Família), eu sou culpado por ele agir assim? De forma nenhuma (não tenho nada a ver com isso)!

Aí o governo esquerdista, por ver que eu tenho mais do que esse favelado, me tributa violentamente (ou me obriga a dividir o que eu tenho), em nome de uma suposta "justiça social".

Quantos, atualmente, sabem disso? Ou será que ninguém nunca soube que o PT e os demais partidos de esquerda agem exatamente assim?

Claudio Vaz disse...


Sou contra a esquerda,

Os melhores valores e princípios para sua vida e para minha estão em Cristo Jesus.

O Senhor disse:

"Tomai sobre vós o meu jugo, E APRENDEI DE MIM, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas".

[Mateus 11:29]

Você pode dizer amém?

Anônimo disse...

sou igual a maioria dos brasileiro ; esquerdista na economia e direita na cultura ...

Direitista consciente disse...

(continuação da mensagem anterior)...

Thiago,

Você disse textualmente isto:

" ...a sociedade proporcionou algumas condições para você poder trabalhar, nada mais justo do que você retribuir em forma de impostos..."

O problema é que nós (eu, você, e todos os brasileiros) pagamos muitos impostos. E nem sempre esses mesmos impostos são, necessariamente, revertidos em nosso benefício. Um bom exemplo disso é a CPMF (chamado de “imposto do cheque”). O dinheiro da CPMF, originalmente, seria para investir na saúde. Dos milhões que foram arrecadados com a CPMF, quanto efetivamente se investiu na saúde? E mesmo com todo esse dinheiro, por que a saúde pública ainda assim continua péssima?

Eu pago um plano particular de saúde (e sempre tenho um atendimento de primeira qualidade), porque eu sei o que é depender de SUS. Se eu fosse atendido pelo SUS, provavelmente eu poderia estar morto num corredor de um hospital público! Ou seja, eu tenho que pagar, do meu próprio bolso, uma obrigação que o Estado teria que pagar por mim! Então, por que o Estado nunca está presente justamente na hora em que eu mais preciso dele? Por que um hospital público do SUS (pago com o meu dinheiro, através dos impostos que eu pago) nunca me atende numa emergência? Falta de dinheiro não é desculpa!

E você ainda disse:

"... Existem situações que são 'fora da tabela', situações de extrema vulnerabilidade e pobreza onde o Estado deve intervir, ..."

Só que o Estado (leia-se governo) quer eliminar a pobreza apenas com medidas paliativas (que não cortam o mal pela raiz). Eu digo isso pelo Bolsa–Família. O governo alegou que, com o Bolsa–Família, iria acabar com a pobreza. Só que acabou acontecendo exatamente o contrário: aumentou ainda mais o número de pobres. E também fez muita mulher engravidar a torto e a direito pra receber dinheiro do governo (e fez muito homem ficar preguiçoso, querendo receber sem trabalhar)! Esse dinheiro para manter o Bolsa–Família é tirado dos nossos bolsos através de pesados impostos! Tem mais é que dar um basta nesse abuso! Quem quiser comer, que trabalhe duro! É como diz a Bíblia:

"Comerás o teu pão com o suor do teu rosto" (Gênesis 3:19)

"Se alguém não quiser trabalhar, que também não coma" (2 Tessalonicenses 3:10)

A mesma coisa é dita por Confúcio (filósofo chinês): "Se queres saciar a fome de um homem, dê a ele um peixe; mas se queres que este mesmo homem sobreviva, ensine-o a pescar". Ora, se o governo dá somente o peixe (mas não ensina ninguém a pescar), que estímulo (ou incentivo) os beneficiados pelo Bolsa–Família terão para trabalhar (já que recebem tudo de mão beijada)? Nenhum!

Nesse ponto, eu seria radical: pobre que não tem condição de ter (e criar) filhos deve ser obrigatoriamente esterilizado! Isso evitaria um crescimento populacional descontrolado, e amenizaria a miséria de muitas famílias numerosas que vivem em condições desfavoráveis (principalmente nas grandes cidades)!

Aí alguém poderia contra–argumentar: "Mas você está impedindo as pessoas de construírem família! A própria Bíblia diz: 'Crescei e multiplicai' (Gênesis 1:28)". Sim, a Bíblia realmente diz isso. Só que tem um detalhe: CRESCEI E MULTIPLICAI, MAS COM CONDIÇÕES! Se eu não posso sustentar um só filho, pra que eu vou colocar 10 filhos no mundo? Não é uma incoerência?

Só que as vagabundas que recebem o Bolsa–Família não pensam assim: querem fazer filho a torto e a direito pra ganharem mais dinheiro do governo (dinheiro esse que é financiado pelos impostos que pagamos). Afinal, é justo eu sustentar filhos de outras pessoas com os impostos que eu pago? Ou melhor, é justo eu sustentar quem quer viver somente na vagabundagem? É óbvio que não! Ou eu estou errado? Portanto, este ciclo vicioso tem que ser quebrado! Vasectomia (esterilização para homens) e laqueadura (esterilização para mulheres) já!

E então, Thiago, o que você diz disso tudo que eu coloquei aqui?

Aguardo seus comentários.

Thiago disse...

Calma galerinha!

Em primeiro lugar gostaria saudá-los com a Paz do Senhor Jesus Cristo.

boa noite senhor Vaz e Direitista.

Existe uma concepção da "moda", que pensa a direita como ultra-liberal, onde o Estado não garante nem reconhece os direitos sociais e também não intervêm no âmbito econômico (anti keynesianismo). Um exemplo desse tipo de Estado seria o Brasil, antes da quebra da Bolsa de Nova York em 1929 ou a Inglaterra Vitoriana.

Há virtudes neste modelo? Sim, há.

Também sou contra um Estado interacionista, desenvolvimentista... intervenção do estatal somente em momentos de crise econômica para estimular a demanda. Em uma situação habitual, sou à favor do livre mercado.

Mas há um porém...

Os Direitos Sociais!

Numa democracia, quem é o Rei? De onde procede a soberania que legitima o poder de um Presidente ou de um Governo? Não será do apoio popular?Como conquistar uma população negando direitos já consolidados? Não seria um suicídio político?

Não há viabilidade de projeto de poder político pra quem é tão anti-Estado, tão anti-Política.

Mesmo que quiséssemos sustentar este ponto de vista, entraríamos em choque com a Constituição Cidadã de 1988, que consolidou e "petrificou" vários direitos sociais.

Por isso, sou à favor de um Estado não-intervencionista do âmbito econômico, porém um eficiente prestador e garantidor dos direitos sociais fixados na Constituinte.

releiam o que disse:

..."Eu acredito que o problema está na dependência em relação ao serviço (circulo não-virtuoso) e na gestão pouco eficiente da burocracia insulada ( poderia ser terceirizado em sua execução)"...

disse que o Estado deveria terceirizar o serviço, repassá-lo para a Iniciativa Privada e ao mesmo tempo, estimular um círculo virtuoso, onde o indivíduo se liberte da dependência do setor público; ao torná-lo capacitado o bastante para atingir um nível de renda razoável, a ponto de "bancar" um serviço de qualidade superior na Iniciativa Privada.

Liberalismo Econômico.

Social-Democracia, com as Reforma de eficiência promovidas no período Margaret Thatcher, com o Paradigma da "Reforma do Estado".

Conservadorismo relativo à costumes e à moral - majoritariamente cristão.

É o receituário Liberal-Conservador, dentro da limitação imposta pela legislação brasileira

Thiago disse...

o Direitista disse em seu comentário:

"Nesse ponto, eu seria radical: pobre que não tem condição de ter (e criar) filhos deve ser obrigatoriamente esterilizado! Isso evitaria um crescimento populacional descontrolado, e amenizaria a miséria de muitas famílias numerosas que vivem em condições desfavoráveis (principalmente nas grandes cidades)!"

Isso é um absurdo!
Discordo!

Eugenia e Esterilização forçada só foram realizados por regimes totalitários e são considerados Crime contra a Humanidade. Eu lembro de dois regimes que praticaram este absurdo: Alemanha Nazista e a China de Mao.


Gostaria de pedir para o amigo que repensasse essa tua opinião. \Porém eu a respeito, pois sou um militante da liberdade de expressão, mas rejeito tal ideia veementemente.

Se você for cristão, está desobedecendo o mandamento: Ame o Próximo como a Ti Mesmo.

Claudio Vaz disse...

Mas é claro que deverá ocorrer um choque com a Constituição de 1988 porque ela é uma porcaria.

E é uma porcaria, justamente, entre outras coisas, por “tornar constitucionais” os tais “direitos sociais” (os direitos sociais são os direitos humanos de segunda geração ou dimensão).

A doutrina sobre Direitos Humanos é PURO BESTEIROL SOCIALISTA. É doutrina que encanta as pessoas em todo mundo, pois é o canto da sereia da Nova Ordem Mundial.

Apenas para ilustrar, os chamados Direitos Humanos de primeira dimensão são os seguintes: direito à vida, à liberdade, à propriedade, à liberdade de expressão, à liberdade de religião, à participação política, etc.

Mas é interessante notar o seguinte: os “doutrinadores” consideram o surgimento de tais direitos (humanos de primeira geração) oriundos DOS CONFLITOS DO FIM DO SÉC XVIII, sendo frutos das revoluções liberais francesa e norte-americana. (Ou seja, aqueles direitos surgiram após a Revolução Maçônica - também chamada, pelos desavisados, de “Francesa” – que executou verdadeiro banho de sangue de cristãos católicos).

Sacaram?

Todos aqueles direitos acima descritos foram oriundos DAS LUTAS DE HOMENS pelos DIRETOS DOS HOMENS (daí, Direitos ‘HUMANOS’).

PERCEBA: DEUS AQUI É ISOLADO COMO SE NÃO EXISTISSE.

Vida e Liberdade (Propriedade, Expressão, Religião, Política) me foram concedidas pelo MEU DEUS.

Thiago disse...

Amigo Vaz,

Obrigado por responder.

Pensar sobre a situação que você apresentou é uma forma de exercitarmos nossa imaginação num cenário hipotético. Dentro das variáveis políticas contemporâneas, é um quadro implausível.

Acho importante a reflexão do irmão.

Se você puder indicar alguns autores conservadores em termos políticos, ficaria agradecido.

Estou lendo um livro sobre a Revolução Gloriosa, mas o autor tem um evidente viés Marxista.

Um a abraço pra ti e pro Julio,

Fique na Paz do Senhor Jesus!

Robson disse...

Engraçado. Se fala tanto em direitos humanos, mas nunca ninguém disse nada sobre deveres humanos. Parece que muitos se esqueceram de que, para cada direito a ser adquirido, se exige um dever a ser cumprido.

Só para ilustrar: eu tenho o direito de ganhar dinheiro, mas eu tenho o dever de trabalhar para receber. Será que o dinheiro vai cair do Céu se eu não fizer a minha parte? É óbvio que não!

Aproveito a oportunidade para fazer algumas críticas a alguns dos artigos da tão falada "Declaração universal dos direitos humanos". Vejamos:

Art. 3º – Todo indivíduo tem direito à vida, à liberdade, e à segurança pessoal.

Na teoria, todo e qualquer cidadão tem este direito. Mas, na prática, isso, infelizmente, não acontece. Que direito nós temos à vida, à liberdade, e à segurança pessoal se quem deveria cumprir este dever (no caso, a polícia) não cumpre de modo eficiente ou satisfatório? Por que ela nunca aparece quando mais se precisa dela?

Art. 17 – Toda a pessoa, individual ou coletiva, tem direito à propriedade. Ninguém pode ser arbitrariamente privado da sua propriedade.

Se isso é verdade, por que o governo incita o MST a invadir propriedades alheias (com a desculpa de fazer reforma agrária ou justiça social)? Onde fica o respeito ao direito à propriedade?

Eu perguntaria melhor: por que o governo quer tomar de quem tem mais para dar a quem tem menos? Que direito ele tem de fazer isso?

Art. 25 – A maternidade e a infância têm direito a ajuda e a assistência especiais. Todas as crianças, nascidas dentro ou fora do matrimônio, gozam da mesma proteção social.

Sim, todo mundo tem direito a ter filhos. Porém, deveriam, antes disso, ter o dever de proporcionar condições para criar esses mesmos filhos.

Aí eu pego carona no que o "Direita consciente" disse no comentário dele: se eu não posso criar um só filho, pra que eu vou colocar 10 filhos no mundo? Eu tenho ou não tenho o dever de oferecer condições para criar os filhos que eu tiver?

Resumindo: quantos pensam assim (que a aquisição de um direito requer o cumprimento de um dever)? Só pode existir direito? E os deveres, onde ficam?

Quem puder, responda a esta pergunta!

Anônimo disse...

o que falta no brasil é qualidade humana ...quem tem condições econômicas de ter mais filhos não os tem(abortam)..

Élder disse...

Uma certa vez, me perguntaram o que eu acho do Bolsa–Família. Eu fui taxativo: sou totalmente contra. E eu cito aqui as minhas razões (10 ao todo) por que sou contra:

1 – Em primeiro lugar, é uma simples esmola que o governo dá para enganar o povo. As famílias (ou as pessoas) que dependem do Bolsa–Família não produzem absolutamente nada de útil para a coletividade. Além do mais, já foi comprovado que nenhuma nação nunca se desenvolveu dando graciosamente esmolas para o seu povo. Muito pelo contrário: os países desenvolvidos são aqueles em que todos progridem pelos seus próprios esforços;

2 – É um mero paliativo, pois não resolve o problema crônico da pobreza. É como um médico que se preocupa apenas com os sintomas da doença, ao invés de atacar a causa da mesma doença. Ainda que muitos argumentem que o Bolsa–Família é necessário, não passa de um artifício emergencial (ou provisório) para mascarar os graves problemas conjunturais e estruturais do Brasil;

3 – É um estímulo à gravidez precoce (e à conseqüente natalidade desenfreada). Como o Bolsa–Família beneficia mais quem tem mais filhos, muitos pobres acabam tendo mais filhos pura e simplesmente para receberem mais dinheiro do governo. Com isso, nascem mais pessoas carentes (e a pobreza é perpetuada);

4 – É uma ajuda que o governo dá com finalidade única e exclusivamente assistencialista e eleitoreira. Muitos acham que o Bolsa–Família é um presente divino dos governantes. Isso praticamente obriga a população a dar o seu voto somente para os mesmos políticos que oferecem o mesmo assistencialismo a cada eleição;

5 – É um incentivo à ociosidade e à vagabundagem. Muitos ficam viciados nesse mesmo assistencialismo, e, com isso, preferem ficar em casa ao invés de trabalhar;

6 – É um benefício que nem sempre é utilizado em favor da própria família. Há casos de pessoas que gastam o dinheiro do Bolsa–Família com bebidas, drogas, prostituição, e outros vícios. Ao invés de ser um bem, é algo que passa a ser um mal;

7 – É errado, já que não obriga ninguém a aprender uma profissão (ou mesmo a procurar um emprego). Como não há uma fiscalização rigorosa de como o dinheiro do Bolsa–Família é utilizado por quem o recebe, muitos simplesmente se acomodam com o que lhe é oferecido (e ficam reféns por conta própria desse mesmo assistencialismo);

8 – É um verdadeiro desperdício, já que só faz aumentar os gastos do governo. Com o aumento desses mesmos gastos, o governo terá que aumentar o valor dos já exorbitantes impostos que pagamos (ou criar outros impostos). Com mais impostos (e a conseqüente carga tributária mais alta), muitos empresários não se sentirão incentivados a abrirem empresas para gerar empregos. Com menos empregos, haverá menos comércio e mais pobreza. Com mais pobreza, mais pessoas passarão a ser dependentes do Bolsa–Família. Com mais pessoas dependendo do Bolsa–Família, mais votos terão os políticos assistencialistas. E com esses mesmos políticos assistencialistas eleitos, haverá mais despesas com o Bolsa–Família (e assim sucessivamente). Em suma: isso cria um ciclo vicioso muito difícil de ser quebrado;

9 – É uma grande ilusão, já que o governo alega que acabará de uma vez por todas com a pobreza. Como isso vai acontecer se o número de pobres só faz aumentar (e também aumentam os dependentes desse mesmo assistencialismo)? Na verdade, é uma farsa montada somente "para inglês ver" (ou seja, para dar a impressão a todos de que o governo tem uma política voltada para resolver os problemas sociais);

10 – É, enfim, uma verdadeira escravidão: o que o governo realmente deseja é um povo totalmente submisso ao seu assistencialismo para permanecer eternamente no poder (até porque não há nenhum interesse do próprio governo em querer mudar este mesmo quadro). Isso lembra muito bem a filosofia adotada pelo antigo Império Romano: "Daí pão e circo ao povo, que o Império sobrevive".

Não é exatamente isto o que está acontecendo sob o governo do PT?

Aguardo as opiniões de todos.

Anônimo disse...

O q os srs me dizem da taxa de natalidade medíocre da nossa elite? se só esse grupo social habitasse o Brasil teríamos já eutanásia liberada faz tempo..

Anônimo disse...

nunca se virá ricos lutando contra kit gay, pois nem filhos os desgraçados tem mais..

JUSTICEIRO SOLITÁRIO disse...

Talvez o Júlio nem publique este meu comentário, mas eu vou dizer exatamente o que eu penso:

HÁ POUCO MAIS DE 40 ANOS ATRÁS (MAIS PRECISAMENTE EM 1974), UMA PROFECIA FOI DITA A RESPEITO DO QUE ACONTECERIA COM O NOSSO PAÍS NESTES ÚLTIMOS TEMPOS. NAQUELA ÉPOCA, O ENTÃO PRESIDENTE DO BRASIL (GENERAL ERNESTO GEISEL) DISSE TEXTUALMENTE ESTAS PALAVRAS:

"SE É A VONTADE DO POVO BRASILEIRO, EU VOU PROMOVER A ABERTURA POLÍTICA NO BRASIL. MAS VAI CHEGAR UM TEMPO EM QUE O POVO SENTIRÁ SAUDADES DO GOVERNO MILITAR. POIS MUITOS DESSES QUE PEDEM O FIM DO GOVERNO MILITAR NÃO ESTÃO VISANDO O BEM DO POVO, MAS SOMENTE OS SEUS PRÓPRIOS INTERESSES"

O PRESIDENTE GEISEL JÁ SABIA O QUE FATALMENTE IRIA ACONTECER QUANDO OS MILITARES CONCEDESSEM A TAL "ANISTIA" AOS "PERSEGUIDOS" (NA VERDADE, ESQUERDISTAS): A ESQUERDA TOMARIA O PODER. SÓ QUE O POVO, QUE TANTO DESEJAVA O FIM DO GOVERNO MILITAR, ACHAVA QUE ISSO (A ESQUERDA TOMAR O PODER) NUNCA IRIA ACONTECER, QUE ISSO ERA UMA PREVISÃO EXAGERADA (HOJE SERIA CHAMADA DE "TEORIA DA CONSPIRAÇÃO"), ENFIM, MUITOS NÃO DERAM CRÉDITO ÀS PALAVRAS DO GENERAL GEISEL.

HOJE, MUITOS QUE, NAQUELA ÉPOCA, IGNORARAM ESTA PREVISÃO AGORA ESTÃO CHORANDO DE ARREPENDIMENTO! SE ESTÃO SE FERRANDO HOJE, NÃO FOI POR FALTA DE AVISO! NÃO DERAM OUVIDOS AO ALERTA QUE FOI DADO PORQUE NÃO QUISERAM! AGORA, NÃO ADIANTA LAMENTAR! TEM MAIS É QUE ACEITAR O ESTRAGO QUE JÁ FOI FEITO!

É POR ISSO QUE EU DIGO COM TODAS AS LETRAS: GENTE BURRA, DESONESTA, E ALIENADA TEM MAIS É QUE SE FERRAR MESMO! QUEM VOTA EM CORRUPTO É TÃO OU MAIS CORRUPTO QUANTO O PRÓPRIO CORRUPTO QUE FOI ELEITO. A GENTE FALA, AVISA, PROCURA ESCLARECER, MOSTRA FOTOS, EVIDÊNCIAS, PROVAS, ARTIGOS, REPORTAGENS, ENFIM, A GENTE ALERTA O POVO DE TUDO QUE É JEITO, E, AINDA ASSIM, O POVO INSISTE EM ERRAR? ENTÃO, NÃO TEM QUE HAVER NENHUMA MISERICÓRDIA COM QUEM DECIDE ERRAR POR VONTADE PRÓPRIA! NÃO É SEM RAZÃO QUE O DITADO POPULAR DIZ QUE "CADA UM COLHE O QUE PLANTA".

POVO BURRO! VOTA NOS REPRESENTANTES DO DIABO, E AGORA QUEREM QUE ESSES MESMOS REPRESENTANTES FAÇAM O BEM? TEM MAIS É QUE SE LASCAR MESMO! QUEM MANDA NÃO OUVIR A VOZ DA EXPERIÊNCIA?

DESCULPEM O TOM DE REVOLTA NESTE MEU DESABAFO, MAS COM GENTE BURRA, DESONESTA, E ALIENADA SÓ DÁ PRA FALAR ASSIM (PRA VER SE APRENDE OU ASSIMILA ALGUMA COISA)!

FAÇO QUESTÃO DE QUE ESTA MINHA MENSAGEM SEJA PROPAGADA EM TODOS OS CANTOS DO PAÍS!

ASS: JUSTICEIRO SOLITÁRIO

Anônimo disse...

Ótimo artigo!

Na verdade, a indignação do brasileiro é contra a inflação o desemprego e... as discretas medidas fiscais que o Governo tem tomado para combater... a inflação e o desemprego!

Ninguém está indignado com as bandeiras esquerdistas. Pelo contrário, estão indignados porque (como é inevitável em um capitalismo de Estado) agora está doendo no bolso.

Mais que isso, se o Brasil fosse constituído por maioria de cristãos (católicos e protestantes), Levi teria sido eleito e o PT jamais teria ocupado a presidência!

Julio Severo disse...

Antipetismo não é necessariamente antiesquerdismo. A maioria dos militantes do PSDB é anti-PT, mas não é antiesquerdismo nem contra o “casamento” homossexual ou a adoção de crianças por duplas gays. Reinaldo Azevedo, que tem sido um grande mobilizador contra o PT e um grande militante do PSDB, é a favor do “casamento” homossexual e a adoção de crianças por duplas gays.

Téo disse...

Respondendo ao irmão Júlio Severo,

Júlio,

Você disse tudo. Infelizmente, ainda tem muita gente que pensa que ser anti–petista significa votar no PSDB (como se o PSDB fosse um partido conservador ou de direita). Eu digo sem nenhum medo: O PSDB NUNCA FOI DE DIREITA! O PSDB É UM PARTIDO TÃO (OU MAIS) ESQUERDISTA QUANTO O PT!

Eu sou anti–petista (e também sou anti–esquerda). Apesar disso, EU NUNCA VOTARIA NO PSDB SOMENTE COM O INTUITO DE TIRAR O PT DO PODER! E como o Eliel destacou (e muito bem) no comentário dele, PT e PSDB podem até ser diferentes em termos de política econômica e de militância partidária, mas o objetivo final de ambos é o mesmo: implantar o socialismo–comunismo no Brasil.

Querer que um partido esquerdista seja, pense, ou aja diferente de outro partido esquerdista é o mesmo que querer que o diabo se converta a Jesus!

Precisa dizer mais alguma coisa?

Anônimo disse...

"A maioria dos militantes do PSDB é anti-PT, mas não é antiesquerdismo nem contra o “casamento” homossexual ou a adoção de crianças por duplas gays"
Digo eu : A maioria dos antipetistas são liberais sociais

Anônimo disse...

Já digo e repito : reinaldo azevedo não é conservador e sim militonto tucano

Euclydes disse...

SOBRE TRADUÇÕES DAS ESCRITURAS

Sugiro um programa muito interessante chamado XIPHOS, para Windows, Linux e Mac. Podemos baixar várias versões em Português, Inglês e em outras línguas além de comentários e estudos, inclusive livros apócrifos. Recomento a Versão Almeida e a dos Capuchinhos, que achei uma boa tradução e com frases diretas. Boa parte dos comentários está em inglês e pouca coisa há em português além das Escrituras. O programa é bom, fácil de usar e permite pesquisas, leitura paralela ao lado de comentários. É grátis e não contém propaganda.

Abs, Júlio!

julio cesar disse...

comunismo=fascismo
comunismo=fascismo=nazismo=racismo

julio cesar disse...

comunismo=fascismo

Julio Severo disse...

Protestos e a ausência do profético. Muitos líderes evangélicos, que antes acompanhavam a CNBB no apoio a Dilma, se voltaram contra a apoiada e seu poderoso chefão, Lula, não porque entenderam o profético de Deus, mas porque quando o barco começou a afundar, todos começaram a cair fora. Quando um barco começa a afundar, ninguém precisa de dom de profecia para ver o óbvio. Até os ratos pulam fora. Por que nenhum desses líderes viu o profético de Deus quando o barco estava bem? Cadê a visão? Cadê a abertura para ouvir do Espírito de Deus, em 2002, que o PT seria ruína para o Brasil? Em 2002, tentei dissuadir grandes líderes evangélicos a não apoiarem Lula. Esforço totalmente inútil. Todos, inclusive Malafaia, apoiando o PT na TV e nas igrejas. Só para recordar: a CNBB, cujos bispos foram vitais na fundação do PT, continua apoiando sua cria. Pelo visto, nem todos os ratos saem do barco que está afundando…

Julio Severo disse...

Olavo de Carvalho chama evangélicos de “evanjegues,” debochando deles como jegues (que também significa burros, asnos, jumentos, etc.). Ele disse:

“A credulidade com que tantos evanjegues ouvem pastores semi-analfabetos, drogados, ladrões e putanheiros é a oitava maravilha do mundo.”

Ele com certeza deve estar se referindo ao Pr. Marco Feliciano, a quem dias atrás ele insinuou que levou uma mocinha a um motel. Confira a insinuação neste link: http://bit.ly/2bfEZjO

E os alunos evangélicos dele são também evanjegues por pagarem uma taxa mensal no COF (Curso Online de Filosofia)?

Para deixar de ser “evanjegues” o evangélico tem de se matricular no COF, deixar a Bíblia de lado e tratar as palavras (inclusive palavrões) do Olavo acima da Palavra de Deus?

Mais da metade dos membros do instituto do Olavo nos EUA são evangélicos. Eles também são evanjegues? Eles já sabem que o Olavo trata os evangélicos brasileiros como evanjegues? Ou a barreira da língua os impede de ler as asneiras que o Olavo escreve em português?

Nesse ponto, fazendo um trocadilho com as palavras do próprio Olavo, digo:

“A credulidade com que tantos evanjegues se abaixam para ser pisoteados, xingados e humilhados por um filósofo esotérico é a oitava maravilha do mundo.”

Um desses “evanjegues,” o próprio Feliciano, chamou Olavo de “verdadeiro profeta” no Congresso Nacional. Mais evanjegues que isso, impossível. Confira neste link: http://bit.ly/1XHSaHr

Como diz a Bíblia, dizendo-se “sábios,” tornaram-se loucos.

Fonte: Facebook Blog Julio Severo