3 de fevereiro de 2015

WorldNetDaily: a melhor fonte de livros conservadores em inglês


WorldNetDaily: a melhor fonte de livros conservadores em inglês

Julio Severo
WorldNetDaily, cujo site ajudo a divulgar há pelo menos 15 anos no Brasil, publica livros, inclusive e-books. Para conhecer o site, siga este link: www.wnd.com
Esse site conservador americano publica também excelentes Bíblias de estudo.
Para comprar os livros em inglês do WorldNetDaily, clique aqui.
A especialidade do WorldNetDaily é desmascarar as falácias da esquerda.
No Brasil, temos muita necessidade de livros de alerta contra todas as esquerdas, inclusive a esquerda cristã.
Por que estou recomendando livros em inglês do WorldNetDaily? A pedido de muitos leitores, que querem conhecer os autores que leio.
Portanto, regularmente vou recomendar livros conservadores americanos em inglês.
Por que conservadores americanos? Por que na minha opinião, em matéria de literatura, o conservadorismo cristão dos EUA é o melhor do mundo. Embora eles mesmos não estejam mais conseguindo barrar a poderosa esquerda nos EUA (a eleição e reeleição do socialista Obama é evidência disso), os ensinos deles se aplicam muito bem aos outros países. A Rússia é um exemplo.
Dos países grandes, o maior país opositor das políticas de aborto e homossexualidade na ONU hoje é a Rússia. Esse resultado veio também através dos esforços de evangélicos conservadores americanos, que há anos viajam à Rússia, inundando-a com seu conservadorismo. Um deles é o meu amigo Rev. Scott Lively, cujo trabalho e empenho contra a agenda gay tiveram um impacto tremendo entre os russos.
Outra grande influência é o Congresso Mundial de Famílias, que tem sido acusado pela esquerda de ser responsável pelas posturas russas contra a agenda gay.
Essa esquerda radical e endinheirada não poupa o Congresso Mundial de Famílias nem a mim, que já fomos atacados pelo Observatório da Direita.
Embora o Rev. Scott, como conservador, veja a tirania homossexual nos EUA como irreversível, ele está fazendo sua parte nesse terreno difícil. Na última eleição americana, ele se candidatou a governador de Massachusetts, que foi o primeiro estado americano a legalizar o “casamento” homossexual. O governador que sancionou essa lei não foi do Partido Democrático, do socialista Obama. Foi Mitt Romney, do Partido Republicano, visto erroneamente por alguns como “conservador” — mas só em termos políticos, geralmente sacrificando o conservadorismo cristão em prol de ambições políticas.
Por isso, minha prioridade absoluta não é o conservadorismo político, que é muitas vezes canibalesco, mas o conservadorismo cristão.
Para quem não recorda, Romney foi o oponente político de Obama na última eleição presidencial americana. O embate eleitoral entre Romney e Obama foi essencialmente: “conservador” pró-“casamento” homossexual versus socialista pró-“casamento” homossexual.
Nos padrões do Brasil, seria como uma disputa entre PSDB e PT.
Alan Keyes acertadamente disse que a disputa entre Romney e Obama foi disputa entre Belzebu e Satã. Assim anda o conservadorismo político nos EUA.
Na primeira eleição de Obama, seu opositor foi o republicano John McCain. Supostamente, também foi uma disputa entre um “conservador” político e um socialista (Obama). Mas McCain foi acusado por verdadeiros conservadores americanos de se aliar a neonazistas e, de forma igualmente horrenda, foi louvado por terroristas islâmicos — estupradores, torturadores e assassinos de cristãos — de ajudá-los. Assim anda o conservadorismo político nos EUA.
Os verdadeiros conservadores cristãos dos EUA já estão vendo que as políticas do governo dos EUA, apoiadas por esquerdistas como Obama e “conservadores” políticos como McCain e Romney, têm sido facilitadoras da perseguição muçulmana aos cristãos no mundo inteiro.
Precisamos pois evitar o péssimo exemplo dos supostos conservadores políticos americanos e entender que nesse quadro, só os verdadeiros cristãos conservadores americanos é que têm bom exemplo para passar ao mundo.
Minha esperança é que a excelente influência conservadora cristã americana que vem impactando a Rússia há anos também impacte outros países, especialmente o Brasil, através do nosso empenho. Como cristão abençoado pelo conservadorismo cristão americano, faço a minha parte para compartilhar essa bênção.
Por isso, regularmente vou fazer recomendações de livros conservadores americanos. E o WorldNetDaily tem um verdadeiro arsenal de livros conservadores. Se você puder, compre todos os livros e e-books do WorldNetDaily. Se puder mais, compre e dê de presente para parentes e amigos.
Somente em inglês porque não há nada comparável em português.
Se eu tivesse uma editora, eu ajudaria a disponibilizar a versão traduzida de todos os livros que recomendo. Como não tenho uma editora, aconselho você a aprender inglês para acessar o fantástico mundo da literatura conservadora cristã americana.
Leitura recomendada:

Um comentário :

Anônimo disse...

Julio Severo,

Será que esses ativistas gays e outros esquerdistas não estão fazendo toda essa baderna anticristã com total conhecimento de causa, ao invés de pura ignorância dos preceitos divinos? Digo isso porque os satanistas americanos são muito bem organizados e creio que eles estejam por trás de tudo isso.

Thel.