30 de novembro de 2014

Papa diz que igualar islamismo com violência é errado


Papa diz que igualar islamismo com violência é errado

Julio Severo
De acordo com o serviço noticioso Reuters, o Papa Francisco disse no domingo que igualar o islamismo com violência é errado.
Papa e chefe islâmico turco
Francisco, que lidera 1,2 bilhão de católicos, disse aos jornalistas a bordo de seu avião que estava voltando de uma visita a Turquia que é errado alguém reagir ao terrorismo se irando contra o islamismo.
O antecessor de Francisco, Bento 16, causou, de acordo com a Reuters, violentas manifestações de protesto em todo o mundo islâmico em 2006, quando ele fez um discurso que sugeria que o islamismo adota a violência.
Bento disse que ele havia sido mal interpretado e pediu desculpas.
O papa argentino vem tentando fomentar cooperação com o islamismo ‘moderado’ a fim de trabalhar pela paz. Ele disse que acabar com a pobreza é crucial, porque ele acha que a pobreza provoca “o recrutamento de terroristas.”
Em sua visita a Turquia, Francisco disse ao mufti, chefe islâmico, que os cristãos e os muçulmanos precisam ‘adorar’ a Deus.
Enquanto ele estava reprendendo os que igualam o islamismo com violência e estava promovendo cooperação com o islamismo ‘moderado,’ parece que ele não conhece uma famosa declaração do presidente turco Tayyip Erdogan: “O termo ‘islamismo moderado’ é feio e ofensivo. Não existe ‘islamismo moderado.’ Islamismo é islamismo.“
Parece também que ele não sabe que recentemente Erdogan e seu governo realizaram uma cúpula islâmica para a América Latina, região em grande parte católica agora sob o radar islâmico da Turquia.
Com informações da Reuters, Associated Press and Jihad Watch.
Versão em inglês deste artigo: Pope says equating Islam with violence is wrong
Leitura recomendada:

17 comentários :

Thiago disse...

Se eu fosse católico seria sedevacantista.

Se esse Papa participasse do filme "de volta para futuro" ele seria queimado na fogueira como herege.

Eu não consigo acreditar em uma vírgula do que ele fala.

Do Concílio Vaticano II (que esmagou a Tradição da Igreja, que tem mais de 1500 anos) pra cá eu não acataria a autoridade de nenhum;

Outros acontecimentos que enfraqueceram o poder Papal diante da Maçonaria Ocidental:

Tratado de Latrão 1929 (de lá pra cá, já estamos NO OITAVO REI DE ROMA);

1870 (quando surge a questão vaticana, pois a Maçonaria Italiana dá o golpe mortal e toma Roma da Igreja e faz do Papa "prisioneiro";

1796, Revolução Maçônico-Francesa, o Papa Papa Pio VI e a queda dos Estados Pontifícios (eu identifico como os Pequeno Chifre da profecia de Daniel).

A Maçonaria levou a "Besta que subiu do mar" das Águas (a Europa fracionada, antigo Império Romano, 4º animal da profecia de Daniel) a se revoltar contra a autoridade da Igreja (Ap. 17). Desde a Revolução Francesa vemos a constante descristianização do Ocidente e o constante cisma entre os governos ocidentais e os valores cristãos (sutilmente misturados com a tradição pagã) encabeçados pela maior Igreja de todas que é a Igreja Católica.

"Depois disto eu continuei olhando nas visões da noite, e eis aqui o quarto animal, terrível e espantoso, e muito forte, o qual tinha dentes grandes de ferro; ele devorava e fazia em pedaços, e pisava aos pés o que sobejava; era diferente de todos os animais que apareceram antes dele, e tinha dez chifres.
Estando eu a considerar os chifres, eis que, entre eles subiu outro chifre pequeno, diante do qual três dos primeiros chifres foram arrancados; e eis que neste chifre havia olhos, como os de homem, e uma boca que falava grandes coisas."

Daniel 7:7-8

OBS: para se entender Daniel e Apocalipse é necessário se entender, de forma linear, toda a história mundial, desde a ascensão de Nabucodonosor na Babilônia (rei de reis), passando pela Medo-Pérsia, Pela Grécia de Alexandre (dividida em 4 posteriormente) e pelo Império Romano (4º animal).

O Pequeno Chifre é o Poder Temporal da Igreja, estabelecido através dos Estados Pontifícios. Com esse poder a Igreja reinou por mais de Mil anos.

"Então estive olhando, por causa da voz das grandes palavras que o chifre proferia; estive olhando até que o animal foi morto, e o seu corpo desfeito, e entregue para ser queimado pelo fogo;"

Daniel 7:11


...CONTINUA...

Thiago disse...

...CONTINUAÇÃO...

No final da História, a Besta se voltará contra a mulher de ap. 17, e desde a Revolução Francesa, não é isto que vemos no Ocidente? Cada vez mais os Estados-Nação minando o poder do cristianismo, mais especificamente o Poder da mais poderosa Igreja que já existiu?

"E os dez chifres que viste na besta são os que odiarão a prostituta, e a colocarão desolada e nua, e comerão a sua carne, e a queimarão no fogo.
Porque Deus tem posto em seus corações, que cumpram o seu intento, e tenham uma mesma idéia, e que dêem à besta o seu reino, até que se cumpram as palavras de Deus."

Apocalipse 17:16-17

"E levou-me em espírito a um deserto, e vi uma mulher assentada sobre uma besta de cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmia, e tinha sete cabeças e dez chifres.
E a mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada com ouro, e pedras preciosas e pérolas; e tinha na sua mão um cálice de ouro cheio das abominações e da imundícia da sua fornicação;
E na sua testa estava escrito o nome: Mistério, a grande babilônia, a mãe das prostituições e abominações da terra.
E vi que a mulher estava embriagada do sangue dos santos, e do sangue das testemunhas de Jesus. E, vendo-a eu, maravilhei-me com grande admiração."

Apocalipse 17:3-6

O que vemos durante o século XIX XX não é a unificação dos países Europeus entorno da UE? Há até o projeto de unificação Mundial através dos Globalistas (ONU), que aliás são inimigos declarados dos valores cristãos. São dois séculos de oposição à Igreja Católica e 50 anos de guerra cultural contra os valores cristãos em geral.

"E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas.
Porque já os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela.
Tornai-lhe a dar como ela vos tem dado, e retribuí-lhe em dobro conforme as suas obras; no cálice em que vos deu de beber, dai-lhe a ela em dobro.
Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, foi-lhe outro tanto de tormento e pranto; porque diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e não verei o pranto.
Portanto, num dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será queimada no fogo; porque é forte o Senhor Deus que a julga."

Apocalipse 18:4-8

Amigos, se o mal reina hoje é por permissão de Deus, pois estamos nos últimos tempos e Jesus está às portas. Vigiem para não serem pegos de surpresa.

Dado Rundstedt disse...

Parabens tiago penso dessa maneira. Apoc 17 diz q a igreja pecadora teria suas filhas. As igrejas evangelicas q tem o dia d domingo como dia d Deus Criador podem ter sido criadas pela maçonaria...

Leony disse...

Só falta mesmo este papa negar a Jesus. Já declarou que a evolução não contradiz Gênesis.

Sincretista religioso. Julio, penso que católicos acessam o seu Blog. E digo a eles: olhem para a Bíblia o quanto antes. Em breve a ICAR irá ordenar sacerdotes gays até estimulando tal conduta como sendo uma dádiva de Deus.

Tá na hora, povo católico que diz que serve a Jesus abrir os olhos quanto a esta realidade, antes que se enrole e não consiga sair do engodo que está sendo formado.

Anônimo disse...

Thiago


Dado,

Você percebeu que seu líder se prostou diante da autoridade profética de Maomé? Que afirmou que as duas religiões seu em o mesmo deus? Resposta: NÃO, elas não seguem o mesmo deus.

Há alguma outra religião na terra que encarne tanto o anticristo(nismo) quanto o Islã? Existe outro personagem que pareça mais com as características de um falso profeta, se analisarmos através da Bíblia?

O seu líder deu uma declaração gravíssima. Ele está em completo desacordo com a historia da Igreja.

Mesmo com todos os erros a Igreja Católica, ela é um zilhao de vezes superior ao Islã. Este último não aceita a Cristo como filho de Deus, portanto é o Anticristo(ismo) por excelência em termos de arquétipo.

Como um líder cristão ousa defender uma religião que martiriza cristãos há mais de um milênio?

Anônimo disse...


Thiago

Corrigindo...

Dado, (analisando melhor, percebi que você não é católico, deve ser adventista, acertei? Se for, saiba que a tua igreja nasceu de outras igrejas americanas no seculo XIX. Qualquer pessoa com um mínimo de senso histórico não apontatia uma igreja que nasceu a apenas um século e meio como a igreja verdadeira. Não há placa de igreja que tenha exclusividade da comunhão. A igreja de Cristo se constitui de pessoas cristãs sinceras espalhadas por várias igrejas. Todas elas possuem desvios e falhas, uns mais graves, outros mais amenos, mas o pecado e a Maçonaria se infiltraram, infelizmente, em todas as placas.)

Corrigindo o texto anterior:

Você percebeu que seu líder se prostou diante da autoridade profética de Maomé? Que afirmou que as duas religiões seguem o mesmo deus? Resposta: NÃO, elas não seguem o mesmo deus.

Há alguma outra religião na terra que encarne tanto o anticristo(nismo) quanto o Islã? Existe outro personagem que pareça mais com as características de um falso profeta, se analisarmos através da Bíblia?

O seu líder deu uma declaração gravíssima. Ele está em completo desacordo com a historia da Igreja.

Mesmo com todos os erros da Igreja Católica, ela é um zilhao de vezes superior ao Islã. Este último não aceita a Cristo como filho de Deus, portanto é o Anticristo(ismo) por excelência em termos de arquétipo.

Como um líder cristão ousa defender uma religião que martiriza cristãos há mais de um milênio?

Anônimo disse...

Thiago

Gostaria de recomendar para vocês, meus amigos cristãos Leony, Dado, Julio e também aos demais, os seguintes links:

http://perigoislamico.blogspot.com.br/2011/02/os-versiculos-satanicos.html?m=1

http://perigoislamico.blogspot.com.br/2014/11/10-argumentos-falsos-usados-pelos.html?m=0


http://perigoislamico.blogspot.pt/2014/02/a-natureza-sombria-das-revelacoes-de.html?m=1

http://perigoislamico.blogspot.pt/2014/02/foi-maome-possesso-por-demonios.html?m=1

http://www.answering-islam.org/portugues/mohamed/suicidio.html

Gui disse...

Além dos sites acima, também tem estes:

http://infielatento.blogspot.com.br/

http://rafik-rafikresponde.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Thiago

Muito bom GUI, ótimas fontes de informação.

Anônimo disse...

Prezado, Júlio.

Muito boa sua observação.

De fato, não existe islamismo moderado. O que existe é o muçulmano não praticante, ou seja, não fiel aos preceitos de Maomé. Ainda.

Lembro que os defensores do islamismo costumavam dizer, para defender o pacifismo da religião islâmica, que os xiitas seriam a face negra dessa orientação religiosa (seita), os radicais; enquanto os sunitas representavam os verdadeiros praticantes dos ensinamentos de Muhammad, sempre voltados para o diálogo.

Engano.

Esse discurso ficou um pouco apagado, quase que inutilizado, pelos ativistas islâmicos ao longo do tempo. Isso porque os fatos foram contrariando paulatinamente esse argumento. Principalmente agora, com a atuação do grupo sunita denominado ... Estado Islâmico.

A violência é mandamento de Maomé que está escrito no alcorão. Os que não a praticam é porque ainda não tiveram coragem para assumir a própria crença. Uns "amadurecem" mais cedo, outros, mais tarde, porém todos terão o seu momento. Inclusive, os sunitas. Aliás, estes também comemoravam a derrubada das Torres Gêmeas pelo grupo de Bin Laden.

A verdade, no meu ponto de vista, é que o Papa Francisco está tentando frear com simpatia e diálogo a crescente violência que seus bispos e padres estão sofrendo nas mãos do EI.

Quem assume o cristianismo sabe, ou deveria saber, que corre o risco iminente de sofrer agressões físicas ou morais, até mesmo ter sua vida ceifada, em qualquer parte do mundo, por conta de sua crença.

E antes de serem mortos, os sacerdotes católicos designados para atuar na Síria ou Iraque sabiam desses riscos e o assumiram. Estes foram para esses países acreditando que a verdade é mais importante que suas vidas.

Portanto, ao tentar interpretar as leis islâmicas segundo o método ocidental, de forma a apaziguar a barbárie com diálogo e confraternização, negando os próprios textos do alcorão, o Papa Francisco está traindo os ideais da igreja católica e desprezando as vidas perdidas de seus pares, sacrificadas nas mãos de muçulmanos.

Deus te abençoe.

Marlos.

Anônimo disse...

Querem conhecer mais um pouco da verdadeira cara do Islamismo? Leiam "The Secrets of Quran". Autor: Dom Richardson.

Anônimo disse...

Islamismo é uma ideologia fortemente política, envernizada de religião, de origem pagã, de um idem ente humano guerreiro chamado Maomé fundada em 622 DC, em nada ele se distingue de Stálin, Pol Pot, Mao Tsé, Fidel Castro, etc., pois esses também seguem a mesma religião da intolerancia e morte aos opositores, tais quais os muçulmanos.
O Islã adora um deus que de fato é a deusa da lua, Al Ilah ou Alah que era a “protetora” da tribo de Maomé, e foi escolhida entre quase 360 deuses da Caaba. depois de uma “purificação” procedida por Maomé, sendo que tal qual a seita comunista do fuzil, outrora era a de Maomé com as 2 espadas na bandeira: morte aos cristãos e judeus que não se curvassem à deusa Alah!
A recordação da deusa Alah está no alto do topo das mesquitas sob a forma de quarto crescente e nas bandeiras, ambulâncias, o crescente vermelho.
Alah é do mesmo naipe de Moloc Baal etc., e o Corão antes de mais nada é um livro de ódio aos opositores, inculcadas suas ideologias assassinas desde as crianças!
Jonas


Tobias disse...

Só tenho a dizer uma única coisa: no dia em que alguns islâmicos radicais fizerem um atentado terrorista no Vaticano, num instante o Papa vai mudar de idéia!

Se, depois desse mesmo atentado, o Papa ainda tiver a ousadia de dizer que é errado igualar ambas as coisas (islamismo e violência), ele vai confessar explicitamente que é a favor do Anticristo!

Eu perguntaria ao Papa: será que ele já viu, em alguma página da Bíblia, Jesus e Satanás sendo amigos (ou Jesus fazendo acordo com Satanás)?

Gostaria que saber como o Papa responderia a esta pergunta!

Flávio disse...

Os muçulmanos agem de acordo com sua fé, não há concessões ou tolerância com infiéis, coisa que há muito tempo a cristandade não faz. Moralmente em termos de consciência e sinceridade não estariam eles bem mais a frente do Ocidente "cristão"?

khispano atlántico disse...

O DEMENTE PACO1 JESUITAS sigue con o seu trebalho da DEMOLIÇAO DE ROMA, payasete dos interesos oscuros do N.O.M.

THE END .

Anônimo disse...

Thiago

Hispano, gostaria de dar os parabéns pelo belo blog que você tem. Leio constantemente. Assim como o Julio, você tem se esforçado para alertar nossos irmãos cristãos católicos sobre esses tempos finais e sobre a infiltração esquerdista na Igreja. Parabéns.

Eletrônica Future disse...

Possivelmente o Francisco seja o grande falso profeta que dará apoio ao último anticristo.