30 de novembro de 2014

Papa diz que igualar islamismo com violência é errado


Papa diz que igualar islamismo com violência é errado

Julio Severo
De acordo com o serviço noticioso Reuters, o Papa Francisco disse no domingo que igualar o islamismo com violência é errado.
Papa e chefe islâmico turco
Francisco, que lidera 1,2 bilhão de católicos, disse aos jornalistas a bordo de seu avião que estava voltando de uma visita a Turquia que é errado alguém reagir ao terrorismo se irando contra o islamismo.
O antecessor de Francisco, Bento 16, causou, de acordo com a Reuters, violentas manifestações de protesto em todo o mundo islâmico em 2006, quando ele fez um discurso que sugeria que o islamismo adota a violência.
Bento disse que ele havia sido mal interpretado e pediu desculpas.
O papa argentino vem tentando fomentar cooperação com o islamismo ‘moderado’ a fim de trabalhar pela paz. Ele disse que acabar com a pobreza é crucial, porque ele acha que a pobreza provoca “o recrutamento de terroristas.”
Em sua visita a Turquia, Francisco disse ao mufti, chefe islâmico, que os cristãos e os muçulmanos precisam ‘adorar’ a Deus.
Enquanto ele estava reprendendo os que igualam o islamismo com violência e estava promovendo cooperação com o islamismo ‘moderado,’ parece que ele não conhece uma famosa declaração do presidente turco Tayyip Erdogan: “O termo ‘islamismo moderado’ é feio e ofensivo. Não existe ‘islamismo moderado.’ Islamismo é islamismo.“
Parece também que ele não sabe que recentemente Erdogan e seu governo realizaram uma cúpula islâmica para a América Latina, região em grande parte católica agora sob o radar islâmico da Turquia.
Com informações da Reuters, Associated Press and Jihad Watch.
Versão em inglês deste artigo: Pope says equating Islam with violence is wrong
Leitura recomendada:
Postar um comentário