15 de novembro de 2014

Esquerda Americana Odeia Julio Severo!


Esquerda Americana Odeia Julio Severo!

O Observatório da Direita (Right Wing Watch), um grupo socialista americano importante, disse hoje:
“Finalmente, BarbWire continua a servir como o principal canal para colunistas virulentamente antigays como Julio Severo: ‘Se Sodoma deu ao mundo uma militância homossexual sem treinamento e sofisticação, os Estados Unidos podem se orgulhar de terem sobrepujado Sodoma, dando ao mundo uma militância homossexual agressiva, treinada e sofisticada.’”
Uau! Falar sobre como os EUA sobrepujaram Sodoma é agora ser “virulentamente antigay”! Hoje nos EUA, se você não é “virulentamente pró-gay,” você é rotulado o contrário.
Como disse um leitor do Free Republic, “’Virulentamente’ é uma palavra interessante para se lançar nesse contexto, considerando que é o lado homossexual que é, literalmente, carregado de vírus.”
A propósito, BarbWire é um grande site conservador cristão nos EUA e não é a primeira vez que a poderosa Esquerda americana me ataca por eu ser colunista ali. Se eu fosse colunista num site não conservador americano, esses socialistas radicais já teriam providenciado minha expulsão muito tempo atrás.
Meu artigo no BarbWire que está sendo odiado pela Esquerda americana tem sua versão em português neste link aqui: http://bit.ly/1znqegj
Pelo jeito, BarbWire publicou hoje outro artigo escrito por mim, desta vez sobre Putin e como a Esquerda pró-sodomia dos EUA o odeia. A versão em português está neste link aqui: http://bit.ly/1EyLgvn
Versão em inglês deste artigo: American Left Hates Julio Severo!
Leitura recomendada:

8 comentários :

Anônimo disse...

Thiago

As trevas não se dão com a luz.

Anônimo disse...

Thiago


Eu avisei aos conservadores e militaristas pra não se meterem nessa manifestação do Masp no dia 15. Esse pessoal da direita liberal (Veja) e dos social democratas (PSDB) detestam crente "homofóbico" e milico. Vejam no último artigo do Azevedo e o desprezo por ele destilado.

Fizessem a manifestação de vocês em outro endereço.

Esse pessoal chama a gente de "escória" e de "lepra política". Nunca mais se deixem levar por essa "nova direita". Só é direita quando dói no bolso, à procuração do grande capital, interessado em baixar a carga tributaria e combater a corrupção. De resto, comungam da mentalidade politica esquerdista, no que diz respeito à polícia, religião e cultura.

Povo de Deus e nossos valorosos soldados e policiais, não sejam massa de manobra deles. Anciãos saudosistas do tempo em que havia prosperidade e segurança, não se ofendam com as agressões desse povo.

O material divulgado por eles já deixava claro que eles não aceitariam vocês no movimento. Uma pena vocês não terem se organizado em outro local. Isso só é motivo para mais contenda. As duas manifestações poderiam ter ocorrido sem que uma prejudicasse a outra, e sem que os dois grupos se ofendessem nas redes sociais.

Fiz bem eu em ficar em casa. Se a manifestação pela intervenção militar fosse marcada em outro endereço eu teria ido. Mas senti de longe que isso ia dar confusão, o que acabou acontecendo, como li pela Folha, o movimento se dividiu, a DIREITA para o Ibirapuera e os socialistas politicamente corretos para a Sé.

Atenção

Bancada Evangélica, Ruralistas e Bancada da Seguranca: se organizam por si mesmos, tirem o PSDB e a Veja da mentalidade de vocês.

Anônimo disse...

Thiago


Eu avisei aos conservadores e militaristas pra não se meterem nessa manifestação do Masp no dia 15. Esse pessoal da direita liberal (Veja) e dos social democratas (PSDB) detestam crente "homofóbico" e milico. Vejam no último artigo do Azevedo e o desprezo por ele destilado.

Fizessem a manifestação de vocês em outro endereço.

Esse pessoal chama a gente de "escória" e de "lepra política". Nunca mais se deixem levar por essa "nova direita". Só é direita quando dói no bolso, à procuração do grande capital, interessado em baixar a carga tributaria e combater a corrupção. De resto, comungam da mentalidade politica esquerdista, no que diz respeito à polícia, religião e cultura.

Povo de Deus e nossos valorosos soldados e policiais, não sejam massa de manobra deles. Anciãos saudosistas do tempo em que havia prosperidade e segurança, não se ofendam com as agressões desse povo.

O material divulgado por eles já deixava claro que eles não aceitariam vocês no movimento. Uma pena vocês não terem se organizado em outro local. Isso só é motivo para mais contenda. As duas manifestações poderiam ter ocorrido sem que uma prejudicasse a outra, e sem que os dois grupos se ofendessem nas redes sociais.

Fiz bem eu em ficar em casa. Se a manifestação pela intervenção militar fosse marcada em outro endereço eu teria ido. Mas senti de longe que isso ia dar confusão, o que acabou acontecendo, como li pela Folha, o movimento se dividiu, a DIREITA para o Ibirapuera e os socialistas politicamente corretos para a Sé.

Atenção

Bancada Evangélica, Ruralistas e Bancada da Seguranca: se organizam por si mesmos, tirem o PSDB e a Veja da mentalidade de vocês.

R. Vilhena disse...

Bom trabalho - NESTE SENTIDO, DE COMBATER O TOTALITARISMO OCIDENTAL GAY - Severo. Bravo.

Anônimo disse...

Thiago

Júlio,

A turma que pediu hoje intervenção militar não quer a volta da ditadura. Na verdade, ela está "cabreira", desconfiada das instituicoes " PTcraticas", sim, pois já foram cooptadas. Se houvesse intervenção, seria para jogar o PT na clandestinidade, desmontar a influência do Foro no Brasil e fazer novas eleições com partidos legais e com voto no papel, sem esse sistema da
Smatmatic cubano-venezuelana.


Do jeito que o PT aparelhou a PF e o Supremo (fora a compra do Congresso), não haverá punição. Lembra de 2006 e do mensalão 1? Pois é, o tempo vai passar e a hegemonia na cultural e nos movimentos sociais, que o "Partido Principe" exerce, VAI anestesiar a nação MAIS UMA VEZ, eles já provaram que estão muito bem preparados para essa nova epopéia. Sem uma intervenção é PT na cabeça em 2018, com Lula ou sem Lula.

Anônimo disse...

Thiago


A esquerda construiu ideologicamente gerações consecutivas desde 1960. Não vai ser uma manifestação de 10 mil pessoas que irá desencorajar dezenas de milhões de brasileiros que se educaram dentro dos padrões da esquerda. Somente a quantidade de professores universitários petistas superam e muito o número de manifestantes. Eles realmente acreditam que o Collor saiu pela força da democracia... Kkk... Mas estão redendamente enganados. Ele saiu por causa da forca política que a esquerda detém na cultura, e que já tinha naquela época, entre as camadas formadoras de opinião, a hegemonia total. A esquerda além de formar a elite politica e cultural, a mantém sob o cabresto nas universidades públicas e em suas bolsas, assim como o meio cultural através de incentivos gordos.

Essa nova direita não entende que a elite formadora de opinião se alegra ao saber de escândalos de corrupção. Eles não entendem que a imagem que é formada na mentalidade desses indivíduos é a seguinte: o PT é Robin Wood, que promove os desvios para comprar a "direita politica" e assim prosseguir com a distribuição mais eqüitativa da renda, mesmo que a geração de riqueza diminua, por um lado, por outro,há um aumento exponencial do controle da população com baixa escolaridade pelo partido.

Na mentalidade deles, esse é o primeiro estágio, posteriormente é destruir essa direita política através das propostas "democratizantes" onde esta ainda exista: polícia, parte da mídia e igrejas evangélicas. Estamos no segundo estágio, não se enganem.

Anônimo disse...

Thiago

A maior conquista é a conquista do coração, da mente, dos desejos e aspirações. Essa construção leva tempo e é alicerçada na infância e na adolescência. O processo esquerdista é tao forte quando se trata do domínio cultural, que devemos situar o Brasil no contexto Ocidental, pois a revolução cultural esquerdista não possui fronteiras, principalmente entre os paises Ocidentais, pela forca de Hollywood e das grandes Universidades Internacionais de referência. Pra mim, como cristão, interpreto como um domínio diabólico espiritual subversivo, literalmente monstruoso e que desconstrói todas as instituições sociais, inclusive as mais importantes: A FAMILIA e a IGREJA (as).

Deus não criou esta instituição por acaso. O perfil psicológico dos opostos gera harmonia e serve como uma rede emocional, financeira, moral. A familia é como um relógio suíço, sua rede de apoio fortalece e ampara por si só os membros. Não é à toa que o evangelho nos ordena lembrarmos das viúvas e dos órfãos. É como se essa estrutura se constituisse num novo ser, com função de ser como uma rede de proteção social. Sem a moral tradicional e a Luz Santa das Escrituras, esse relógio suíço se desmonta e os indivíduos isolados e atomizados passam a depender do Estado para sobreviver ou para intervir nos conflitos gerados pelo próprio desmoronamento do edifício moral e familiar.

Com sua estrutura desmontada, surge então o Estado como regulador e "ajudador", usa esses pedacinhos de relógios suíço para a construção de um corpo maior, um povo dependente do Estado, onde o centro é deslocado do individuo para o coletivo.

A mentalidade da direita liberal é baseada no individuo, mas o seu discurso não sensibiliza um povo que teve seu "centro de gravitação" alterado, do individual para o coletivo. A direita liberal é suicida, pois até colabora para a destruição das instituições que lhe dão suporte.

Sugestão de Louvor
Fernada Brum - Vaso de Alabrasto
www.youtube.com/watch?v=1bvLEnD5ygI

Anônimo disse...

Thiago

Apesar de já ter dito que preferiria uma intervenção militar, tenho que dar o braco a torcer e elogiar o pessoal que organizou a manifestação anti-PT que se direcionou para a Sé. Se a oposição se apoderar desse movimento e direciona-lo a um combate persistente e o permanente, tenho certeza que boa parte da população verá sua esperança renascida.

Mesmo discordando ideologicamente desse pessoal, tenho que ser honesto e reconhecer os méritos deles.

Pedir Intervenção Militar é legitimo, para um povo roubado, vilipendiado e explorado pela esquerda. Mas se infiltrar e prejudicar a manifestação dos outros é sacanagem.

Discordo sim, mas reconheco o bom serviço prestado a nação por dois colunistas a direita liberal: Luciano Ayan e Reinaldo de Azevedo.