7 de novembro de 2014

Benedita da Silva: interlocutora entre governo do PT e população evangélica?


Benedita da Silva: interlocutora entre governo do PT e população evangélica?

Julio Severo
De acordo com a coluna Radar, do jornalista Lauro Jardim, da revista Veja, no que depender de Silas Malafaia, Benedita da Silva será a nova interlocutora entre o governo do PT e a população evangélica
Benedita da Silva
Em sua coluna, Lauro diz: “Silas Malafaia estendeu a mão ao governo. Na quarta-feira, o deputado federal eleito Sóstenes Cavalcante, candidato lançado por Malafaia, fez uma visita a Gilberto Carvalho. Sugeriu que Benedita da Silva seja a interlocutora entre o governo e o mundo evangélico.”
Que tipo de interlocução Benedita faria, já que sua especialidade é bajular cúmplices do PT? Exatamente um ano atrás, ao referir-se a José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino, Benedita tratou os três como “heróis” e “guerreiros,” injustiçados e vítimas da direita e da grande imprensa.
Talvez o maior papel de Benedita na interlocução entre PT e evangélicos seja sua alegada participação no infame Dossiê Cayman. Segundo algumas informações, na década de 1990 ela e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informaram ao ex-reverendo Caio Fábio D’Araújo Filho, que na época era o maior líder da Igreja Presbiteriana do Brasil e era tratado como um papa no mundo evangélico, acerca do dossiê, incentivando-o tentar negociar uma cópia do documento forjado para tentar vencer as eleições de 1998, prejudicando o PSDB, e principalmente seu candidato à presidência, Fernando Henrique Cardoso.
O esquema não deu certo, nem para o PT, nem para Benedita e nem para o ex-pastor presbiteriano.
Esse talvez tivesse sido o maior trabalho de interlocução entre Benedita e o homem que era o maior líder evangélico da época. Mas o que ambos fizeram nada tinha a ver com uma demonstração de verdadeiro caráter evangélico.
Muito antes desse escândalo, tive oportunidade de conhecer a falta de testemunho evangélico de Benedita.
Em 1992, numa comissão da Câmara dos Deputados sobre aborto, acompanhei o então presidente da CNBB. Ele foi tratado de forma muito desrespeitosa. Ele estava defendendo a vida e os outros, inclusive a comunista Jandira Feghali, defendiam o aborto aos gritos, palavrões e vulgaridades.
A então deputada evangélica Benedita da Silva estava lá, do lado dos abortistas. E eu, um evangélico, estava com o presidente da CNBB e um líder pró-vida católico. Estávamos em total minoria. Depois da reunião, cobrei da Benedita. Eu disse a ela pessoalmente: “Como você tem coragem de se aliar a indivíduos sem o Espírito Santo que apoiam o aborto?”
Ela me respondeu: “Não diga uma coisa dessas. Todos têm o Espírito Santo.”
O presidente da CNBB que eu estava acompanhando era esquerdista, mas pelo menos não estava defendendo o aborto. Benedita já era esquerdista, porém estava bem abaixo do líder católico.
Antes de ela se tornar membro da Igreja Presbiteriana do Brasil, ela era membro da Assembleia de Deus presidida pelo Bispo Manoel Ferreira. Com meu incentivo, um amigo católico de Brasília na época entregou documentação ao bispo assembleiano sobre as alianças abortistas de Benedita, que rapidamente se mudou para a IPB.
Que tipo de interlocução agora Sóstenes Cavalcante ou Silas Malafaia quer que Benedita faça? Não há ninguém melhor no mundo evangélico para fazer esse trabalho?
O tipo de interlocução necessário é de alguém que traga até Dilma e seu governo líderes evangélicos que possam ser canais de transformação espiritual. Militantes como Benedita nem de longe estão à altura dessa responsabilidade.
Leitura recomendada:

22 comentários :

Anônimo disse...

Thiago

Seu Silas está batendo bem dos pinos?

Será que vai dar uma de covarde, como o PSDB que aceitou o "diálogo" com a PTralhada quadrilheira em prol da governabilidade corruptora que destrói o país? Tanto seu Silas, quanto Aécio e o seu PSDB tem é que dar uma banana pra esse governo. Eles não deveriam se curvar ao diálogo, mas sim fazer uma oposição combativa, valorosa e guardiã dos princípios morais e éticos dos brasileiros conservadores. É vergonhoso ver as atitudes desses que deveriam zelar pelo País! Cadê as Forças Armadas? O cheiro de PIZZA tomou conta do ar após as eleições.

Do jeito que o barco vai, o PT se encastelara mais ainda no poder, de forma definitiva e perpétua, e essa "oposição" fracote se curvara servilmente à canetada e ao poder de chantagista governista. Não me assustarei se ver o PSDB na base governista no futuro. Imagina só a manchete: PT domina 98% do Congresso! Kkk... Ou então: A fome da base aliada não para de crescer... Afirmam que o Mensalão 1 e o Petrolao já não está dando conta... Precisamos de um Mensola 3 já! A base aliada terá nome próprio: Buraco sem fundo... Kkk

E pra essa Benedita aí vai o recado: como você ousa afirmar que todos possuem o Espirito Santo? Na sua infeliz concepção, até quem se mobiliza para matar bebês no útero materno? Você só pode estar de brincadeira! Hipócrita e Demagoga! Vai lavar a sua boca com sabão! Deus é tão Santo, mais tão Santo, que os cristão devem reverencia-lo em tudo, e jamais devem agir como a senhora, que usou o nome de Deus para justificar negociatas politiqueiras e ainda por cima claramente diabólicas.

Anônimo disse...

Bom Dia, Julio, Thiago, senhores:

1. Agora é a nossa vez de dizer: Você não não nos representa, senhora deputada, enquanto cristãos ortodoxos!

2. Contra essa PoTestade temos as promessas do Salmo 91. E quem dá cumprimento a elas é o Vigário de Cristo na Terra: a Pessoa do Espírito Santo!!!

3. Enquanto pudermos escolher nossos representantes nosso candidato deve ser aquele que não só ama o Deus da palavra, mas a Palavra de Deus.

4. JESUS & Sua Palavra são um só: não se pode amar a Pessoa e rejeitar Seus ensinos. É por ser capaz(?) dessa façanha que esse pessoal é tão útil para as esquerdas no mundo todo.

5. Adotar o ensino de Jesus exige renúncia pessoal e, nesse caso, a renúncia ideológico-partidária!

6. Parece que os "religiosos esquerdistas" estão sendo reunidos no mesmo lugar. Isso vai facilitar muito o trabalho da foice e do martelo, se a história se repetir. Acorda povo de Deus!!!

5. "O que adianta ganhar o mundo todo e perder a sua alma" Lembrem-se dessa sentença.
Paulo

Red Implacavel disse...

Conseguiram politizar até a fé. Impressionante isso.

Thiago disse...

Oi Paulo,

Pois é...

Essa oposição tá dando vergonha de se ver.

Se fosse o PT dos anos 90, já teria "ido pra cima" dos governistas. Lembre-se que o PT daquela época não tinha motivos reais para uma guerra política (não tiveram amor à Pátria, pois foi contra tudo de bom que o PSDB fez: Plano Real, Lei de Responsabilidade Fiscal, Privatizações, acabou com a safadeza no funcionalismo público, exigindo o concursos...). A oposição PTralha não agiu em favor do Brasil, mas se mobilizou para a destruição dos adversários perante a opinião pública. Já a nossa oposição aos governos Lula e Dilma, age com "luva de pelica" e sempre que pode recorre ao diálogo para negociar com quadrilheiros. Ficam com "dózinha" e até ajudam quando o governo se encontra em dificuldades. É a oposição "mãe Joana de Calcutá"... kkk

Nosso sistema político não tem mais razão de ser. É público e notório, nos dois mensalões descobertos, que o Legislativo não teve (e não tem) base legal para qualquer decisão dentro dos últimos 12 anos. O Congresso está comprado minha gente! Essas eleições são um circo pra gente imbecil acreditar! Um Congresso envolvido no maior roubo da história na humanidade não pode ser considerado legítimo. Para que o regime democrático e a Constituições valham "algum vintém", deve haver separação de poderes. Isso é norma básica: Executivo, Legislativo e Judiciário.

Se a esquerda estivesse do outro lado da cerca, haveria protestos no Brasil toda semana. As pautas não seriam votadas no Congresso, inclusive o Orçamento da União. Seria o Caos. A imprensa martelaria todos os dias na cabeça dos brasileiros os escândalos de corrupção. E não estou me referindo aos jornais, que só uma pequena parcela instruída lê. Me refiro a TV aberta e ao Rádio.

Em relação ao senhor Silas... só me resta o espanto. Vamos aguardar alguma declaração do pastor para entendermos o que está acontecendo. Antes de entender de política, sempre admirei o Silas, como Pastor e como Conservador. Mesmo que ele esteja acuado diante da PTralhada quadrilheira, a melhor coisa a se fazer é não se relacionar com esse GOVERNO ILEGÍTIMO. Eu sei que ele é fraco diante da máquina estatal. Mas ele não precisa se aproximar desse governo, e muito menos bajular a quadrilhada. Basta ele se abster de tema políticos. Não adianta ele lutar sozinho se o PSDB está amarelando. Todo e qualquer cristão, por mais acuado que esteja, não deve abrir mão de seus princípios, nem debaixo de perseguição. Se realmente se concretizar essa "aproximação", e ainda por cima, tendo Silas como articulador, então notamos que a politicagem e interesses diversos estão falando mais alto do que os princípios morais para Silas Malafaia.

OBS: O governo desmembrará todos os grandes grupos de comunicação que estão afagando o PT, com medinho... kkk... Vai proibir a produção a produção e importação de papel impresso para os jornalecos que apóiam (moderadamente) a cachorrada que estão fazendo com o Brasil - papel só para a Revista Piauí e para a Carta Capital! (só panfleto)... kkk... Vai lá Dilma! Acaba com a Rede Globo! Com o Grupo Bandeirantes!... kkk...Quem manda essa cambada ser frouxa!... kkk... Os evangélicos vão para a cadeia por homofobia, mas lutaram bravamente. Eu só quero ver quando os frouxos da social-democracia estiverem na mira bolivariana! O governo vê com bons olhos o treinamento do MST pelo exército Cubano-Venezuelano... o bolivarianismo é uma coisa que colocaram na sua cabeça... kkk... é "que nem" corno... sempre o último a saber... kkk

Carlos de Cristo disse...

Parece que o novato deputado Sóstenes Cavalcante, começou mau seu mandato de parlamentar, ao indicar, uma PTista esquerdista evangélica para ser interlocutora, é um tipo de mediador entre um representante do governo e a bancada dos evangélicos. Como se os evangélicos precisassem de interlocutores. Já não bastou os descasos de Gilberto Carvalho e a bancada evangélica?!
Será que o pastor e dep federal Sóstenes não viu as falas, pregações de seu líder o pr.Silas Malafaia contra este governo PT? Eu mesmo exortei eles, via internet em tempos que eles Silas Malafaia e Sóstenes estavam se unindo ao PTista Lindiberg Farias sobre o perigo que estavam correndo, contei-lhes o caso que ouvi da boca dos pais de um irmão da minha antiga igreja, que a empresa dele foi usada para lavar 4 milhões da campanha do tal PTista, e que este irmão atualmente está muito arrependido do que fez com sua empresa de divulgação na campanha de outra eleição. E Sóstenes me respondeu enviando um link processual alegando que seu parceiro Lindiberg não teria sido condenado por nenhum processo deste tipo.
Parece que o dep Sóstenes não confiou na campanha anti-PTralhas que maciçamente a maioria dos cristãos e cidadão, da família tradicional fizeram. Ou será que o dep Sóstenes está sendo mau assessorado? Se precisar de conselhos eu dou sem cobrar nada por isso.
Esta postura do "politacmente correto" não funciona. Este papo de separar politica e religião também não! O que funciona é colocar Cristo e seu Reino como primazia, buscar o que é justo, e verdadeiro, e governar para o povo, e não para o governo. Muitas das vezes a vós do povo é a vós de Deus e nem a vós do governo é a vós de Deus.

Anônimo disse...

Júlio me desculpe, mas não estou acreditando que o pastor Silas fez isto, pois seria uma demonstração de falta de discernimento tão grande que sua credibilidade, que já deve ser baixa, iria ficar negativa (portanto, menor que zero). Esta senhora não tem noção das escrituras pois se tivesse, jamais diria que todos têm o Espírito Santo, e o que é ainda mais absurdo, é o Silas não ficar chocado com o testemunho dela (não digo este, que talvez ele não saiba, mas pelo repertório). As autoridades devem ser respeitadas, mas quando o nome “evangélicos” está em jogo, existe uma autoridade bem maior que não permite associações espúrias (luz e trevas).

Sebastião

Thiago disse...

Irmão Carlos,

Você está certo ao afirmar que hoje em dia não se deve separar política de religião.

Sabe porquê? A mesma ideologia política diabólica que afirma a separação entre política e religião, é a mesma que politizou todos os aspectos da vida da vida humana com essa nojeira de Engenharia Social e Marxismo Cultural. Eles dizem: "vocês cristãos não podem eleger representantes de sua fé, pois isso fere a separação entre Igreja e Estado". Mas foram eles da esquerda que politizaram todos os aspectos culturais e comportamentais. Tudo na vida cotidiana hoje, até a mais pessoal reflexão pessoal, é alvo de debate e de comissões nos três poderes (incluindo o asqueroso ativismo judicial), nos "movimentos bolivariais" e na "soviete civil". Eles tiram a gente da jogada e começam a cuspir regras na nossa cara. Nós temos que ficar amordaçados e eles lá, "obrando" regras. Assim é bom né!? Só um lado pode regular o cotidiano com a força do Poder Estatal, o outro que se lasque e que vá para a ilegalidade.

MIL VEZES NÃO!

Um exemplo: na Inglaterra, que tem uma igreja esvaziada, fria, quase morta, e que não tem uma bancada evangélica forte como a nossa, o casamento gay está sendo forçosamente imposto às igrejas. As escolas cristãs não podem mais ensinar o criacionismo, sob pena de fechamento. As pregações estão na mira do Parlamento para serem monitoradas, caso seja aprovada, se alguma parte, segundo eles, “politicamente incorreta” do evangelho for pregada, o Estado pretende punir a congregação.

E você sabe qual a conseqüência da morte do cristianismo na Inglaterra? Resposta: caminho aberto para a expansão islâmica! A Inglaterra tem horror ao fundamentalismo bíblico, prefere o extremismo islâmico. Eita castigo! Bem feito!

E ainda nos mandam ficar calados!

Tem várias determinações das Nações Unidas que são acatadas pelas sociedades ocidentais como se tivessem força de lei. Como se não houvesse interesses e manipulações em jogo lá em Nova York. Como se lá só houvesse "Madres Tecnocratas de Calcutá", como se tudo que fosse técnico. Como se em Humanidades, não houvesse algum viés político.

OBS: eu aconselharia o irmão a ficar só no debate político-ideológico, e a deixar esses detalhes, esses rolos do meio da politicagem, para as autoridades competentes. Se fosse eu, não me envolveria nesse enxame de vespas. Cruz credo!

Esther disse...

Todos têm o Espírito Santo?
Que cristianismo é este, Benedita?
João 4:17
"O Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco e estará em vós."

Posicione-se claramente. Decida de que lado está. Fria ou quente, trevas ou luz.

Anônimo disse...

Boa noite, Julio, Thiago, rapaziada:
1. É isso, Thiago! Graças a Deus “ainda restam uns 7.000 que” estão atentos aos fatos. E esse número só aumenta. Um dia a gente aprende a votar. O Brasil é nosso!

2. A Política é sim, um assunto espiritual. A coisa toda é feita bem diante de nossos olhos. O que precisa: um anjo do céu para mostrá-la?!

3. O que essa oposição acha que vai conseguir “bajulando o leão”? Se comida por última?! Não é isso que evidencia a história... Dá vontade de rir mesmo.

4. Tudo que está nas Escrituras acontecerá, mas não precisa ser na nossa geração e de nossos filhos e netos. Democraticamente falando, e sob a luz da Justiça e do Direito: pra cima deles!!!
Paulo.

Anônimo disse...

Thiago


Infelizmente, Paulo, tenho uma péssima noticia pra te dar: o Relógio geracional já esta "rodando" desde 1948... Ano de fundação do Estado de Israel. Dá uma olhada na parábola da figueira... Com a destruição do Templo no ano 70 foi a mesma coisa... Aquela geração não passou sem que tudo aquilo fosse derribado.


O Senhor Jesus está voltando. Se santifiquem para que possam ser arrebatados.

Anônimo disse...

Valeu, Thiago!

1) Essa vida não teria o menor sentido se nossa esperança não fosse o Reino Vindouro de Cristo.

2) Obrigado. Permita-me encerrar, oferecendo a você, ao querido Julio e aos internautas as reflexões do Salmo 73:

"Com efeito, Deus é bom para com Israel, para com os de coração limpo.
2 Quanto a mim, porém, quase me resvalaram os pés; pouco faltou para que se desviassem os meus passos.
3 Pois eu invejava os arrogantes, ao ver a prosperidade dos perversos.
4 Para eles não há preocupações, o seu corpo é sadio e nédio.
5 Não partilham das canseiras dos mortais, nem são afligidos como os outros homens.
6 Daí, a soberba que os cinge como um colar, e a violência que os envolve como manto.
7 Os olhos saltam-lhes da gordura; do coração brotam-lhes fantasias.
8 Motejam e falam maliciosamente; da opressão falam com altivez.
9 Contra os céus desandam a boca, e a sua língua percorre a terra.
10 Por isso, o seu povo se volta para eles e os tem por fonte de que bebe a largos sorvos.
11 E diz: Como sabe Deus? Acaso, há conhecimento no Altíssimo?
12 Eis que são estes os ímpios; e, sempre tranqüilos, aumentam suas riquezas.
13 Com efeito, inutilmente conservei puro o coração e lavei as mãos na inocência.
14 Pois de contínuo sou afligido e cada manhã, castigado.
15 Se eu pensara em falar tais palavras, já aí teria traído a geração de teus filhos.
16 Em só refletir para compreender isso, achei mui pesada tarefa para mim;
17 até que entrei no santuário de Deus e atinei com o fim deles.
18 Tu certamente os pões em lugares escorregadios e os fazes cair na destruição.
19 Como ficam de súbito assolados, totalmente aniquilados de terror!
20 Como ao sonho, quando se acorda, assim, ó Senhor, ao despertares, desprezarás a imagem deles.
21 Quando o coração se me amargou e as entranhas se me comoveram,
22 eu estava embrutecido e ignorante; era como um irracional à tua presença.
23 Todavia, estou sempre contigo, tu me seguras pela minha mão direita.
24 Tu me guias com o teu conselho e depois me recebes na glória.
25 Quem mais tenho eu no céu? Não há outro em quem eu me compraza na terra.
26 Ainda que a minha carne e o meu coração desfaleçam, Deus é a fortaleza do meu coração e a minha herança para sempre.
27 Os que se afastam de ti, eis que perecem; tu destróis todos os que são infiéis para contigo.
28 Quanto a mim, bom é estar junto a Deus; no SENHOR Deus ponho o meu refúgio, para proclamar todos os seus feitos."

3) Maranata!
Paulo.

O investigador disse...

Acho boa a escolha.
Nada melhor que uma pessoa muda para falar com um governo surdo.

Anderson Pereira disse...

Rapaz, agora eu fiquei confuso! O tal do Malafaia fez uma baita campanha anti-PT. Pregou que a reeleição da Dilma seria uma tragédia para os cristãos, para a família e até para o próprio Deus. Falou para quem quisesse ouvir que o PT era o mal a ser combatido... agora ele quer dialogar??? O Malafaia vai querer participar desse governo pra quê? Quais são seus interesses?

ÉLQUISSON disse...

Respondendo ao Thiago, ao Paulo, e à Esther,

Vocês estão de parabéns pelos excelentes comentários que puseram aqui. Tudo o que vocês disseram foi perfeito (eu assino embaixo).

Aproveito para comentar as colocações de todos. O primeiro a se manifestar foi o Thiago, que disse textualmente isto:

"... como você ousa afirmar que todos possuem o Espírito Santo? Na sua infeliz concepção, até quem se mobiliza para matar bebês no útero materno? ..."

Thiago, eu diria que Benedita da Silva tem que tomar muito cuidado com o que ela diz. Caso ela não esteja lembrada, estas palavras dela já estão registradas lá no Céu (e vão servir de prova contra ela no dia do juízo final)! O próprio Jesus garantiu:

"Mas Eu vos digo que de toda palavra inútil que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo. Porque por tuas palavras serás justificado, e por tuas palavras serás condenado" (Mateus 12:36–37)

Se eu fosse a Benedita da Silva, eu mediria minhas palavras antes de dizer qualquer coisa (ainda mais sobre o Espírito Santo)! Tanto que Jesus adverte:

"Qualquer um, porém, que blasfemar contra o Espírito Santo nunca obterá perdão, mas será réu de juízo eterno" (Marcos 3:29)

O Paulo também disse algo interessante. O primeiro ponto que eu faço questão de destacar é este aqui:

" ... nosso candidato deve ser aquele que não só ama o Deus da Palavra, mas a Palavra de Deus ..."

Paulo, você disse tudo. De que adianta alguém dizer que ama a Deus, mas não obedece à Sua Palavra? É como disse o apóstolo João:

"Filhinhos, não ameis de palavra e nem de língua, mas por obra e em verdade" (1 João 3:18)

A mesma coisa é dita pelo apóstolo Tiago:

"E sede cumpridores da Palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos" (Tiago 1:22)

Outro ponto que eu destaco do comentário do Paulo é este aqui:

"... Jesus e Sua Palavra são um só: não se pode amar a Pessoa e rejeitar Seus ensinos ..."

Paulo, você está certíssimo. A respeito disso, Jesus foi bem claro:

"Este povo Me honra com os lábios, mas o seu coração está distante de Mim. Em vão Me adoram, pois ensinam doutrinas que são preceitos de homens" (Mateus 15:8–9)

"Por que vós Me chamais de Senhor, e não fazeis o que Eu digo?" (Lucas 6:46)

A Esther também disse algo interessante:

"... Posicione-se claramente. Decida de que lado está. Fria ou quente, trevas ou luz"

Amiga Esther, Jesus foi bem direto nesse sentido. Ele próprio disse com todas as letras:

"Seja, porém, a vossa palavra: Sim, sim; Não, não; porque o que passar disto é de procedência maligna" (Mateus 5:37)

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou amará a um e odiará o outro, ou há de se dedicar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom" (Mateus 6:24)

"Eu conheço as tuas obras: não és frio e nem quente; quem Me dera se fosses frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, estou para te vomitar da Minha boca" (Apocalipse 3:15–16)

A mesma coisa é dita pelo apóstolo Paulo:

"Não podeis beber do cálice do Senhor e do cálice dos demônios; não podeis participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios" (1 Coríntios 10:21)

"Não vos coloqueis num jugo desigual com os incrédulos. Pois, que sociedade a justiça tem com a injustiça? E que união pode haver da luz com as trevas? E que aliança há entre Cristo e o maligno? E que parte tem o fiel com o infiel? E que concordância existe do templo de Deus com os ídolos?" (2 Coríntios 6:14–16)

Eu perguntaria à Benedita da Silva: será que ela já viu, em alguma página da Bíblia, Jesus e Satanás sendo amigos (ou Jesus fazendo acordo com Satanás)?

Finalizo minha mensagem dizendo em alto e bom som: BENEDITA DA SILVA, VOCÊ NÃO ME REPRESENTA (E NEM TAMPOUCO OS VERDADEIROS EVANGÉLICOS)!

Duílio disse...

Élquisson,

Seu comentário foi perfeito (você disse tudo)! Parabéns!

Da mesma forma que você perguntou, eu também pergunto: será que Benedita da Silva já viu, em alguma página da Bíblia, Jesus e Satanás sendo amigos (ou Jesus fazendo acordo com Satanás)?

Faço das suas palavras as minhas: Benedita da Silva não me representa (e nem tampouco os verdadeiros evangélicos)!

Anônimo disse...

Thiago

Élquisson e Duílio

É isso aí galera. Vamos marcar posição!

Everaldo disse...

Respondendo ao Thiago e ao Anderson Pereira,

Em relação ao pastor Silas Malafaia, eu diria que é lamentável que ele (que se diz cristão) esteja agindo dessa forma (dando apoio a ímpios a serviço do diabo). É uma atitude que só faz manchar a credibilidade dele perante a opinião pública.

O que o pastor Silas Malafaia precisa entender de uma vez por todas é que as alianças que ele faz com determinados políticos (ou o apoio que ele dá a esses mesmos políticos) são prejudiciais não só para ele mesmo, como também para os demais cristãos. Não sei se seria exagero da minha parte dizer isso, mas acho que ele só vai realmente despertar quando ele sofrer uma retaliação mais séria da parte de alguns dos políticos a quem ele dá apoio (ou quando ele descobrir que foi usado somente como massa de manobra para ajudar a eleger esses mesmos políticos). Enquanto isso não acontecer, Silas Malafaia vai continuar "dormindo" (disso eu tenho plena e absoluta certeza).

E mais: se Lula se recandidatar para disputar a presidência em 2018 (como já se especula que irá se recandidatar), não duvido nada que Silas Malafaia não só vai dar apoio, como também vai fazer campanha para que todos os evangélicos votem em Lula (a exemplo do "Manifesto dos evangélicos" em 2002, onde ele foi um dos signatários deste mesmo documento).

E este mesmo apoio virá não somente de Silas Malafaia, como também de parte da bancada evangélica. Aliás, se depender dessa mesma bancada, o PT e os demais partidos esquerdistas sempre estarão no poder.

Alguém daqui ainda tem alguma dúvida quanto a isso?

Thiago disse...

Irmão Everaldo,


O Sila fez uma oposição contundente nesta eleição. Eu acompanhei os vídeos do portal "Verdade Gospel" e posso te dizer que o pastor fez uma valorosa oposição ao PT.

Eu também, como você, não entendi essa reaproximação. Vou aguardar algum pronunciamento do Silas ou a confirmação ou não dos fatos. Muita calma nessa hora.

Anônimo disse...

Incrível como ainda tem gente que leva o Malafaia a sério.

Wilton disse...

Thiago,

Teve uma vez em que o próprio Silas Malafaia disse, no programa dele, que não se deve dar apoio a nenhum candidato que promova (ou defenda) aborto, homossexualismo, pedofilia, casamento gay, e outras coisas contra a Palavra de Deus.

Discurso bonito na teoria, não é mesmo?

Vamos agora relembrar alguns casos de como este mesmo discurso funciona na prática:

– Em 2005, Malafaia apoiou a candidatura do então senador Sérgio Cabral para o governo do Rio de Janeiro. Para quem não se lembra, Sérgio Cabral foi o autor de uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) sobre casamento gay!

– Recentemente, num culto ministrado por Malafaia, ele permitiu que o senador Lindbergh Farias (do PT) estivesse presente (e ainda pediu que todos orassem pelo mesmo senador)!

– Por último, Malafaia agora pede (e também dá) apoio à Benedita da Silva, ou melhor, ele faz campanha para que Benedita da Silva seja a porta–voz dos evangélicos no diálogo com o governo!

E agora?

Quer dizer, então, que o discurso muda conforme a época (ou conforme os privilégios obtidos, ou as retaliações sofridas)?

Bem disse o profeta Jeremias:

"Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" (Jeremias 17:9)

A mesma coisa é dita pelo apóstolo Paulo:

"Seja Deus verdadeiro e todo homem mentiroso" (Romanos 3:4)

Alguém ainda se arrisca a por a mão no fogo pelo pastor Silas Malafaia? Eu é que não ponho!

Thiago disse...

Wilton:

Nem sei o que te dizer...

O Silas é um ícone conservador na política e no evangelho. Um ponto de referência. Não gostaria de vê-lo agindo assim.

Téo disse...

Eu não confio em nenhum deles (nem em Silas Malafaia, e muito menos em Benedita da Silva).Prefiro confiar somente em Deus.

Não foi sem razão que o profeta Jeremias disse:

"Maldito o homem que confia no homem, que faz da carne o seu braço, e que aparta o seu coração do Senhor" (Jeremias 17:5)

Precisa dizer mais alguma coisa?