29 de outubro de 2014

Cuidado com os falsos conservadores! Neocons e suas crueldades esquerdistas contra os cristãos


Cuidado com os falsos conservadores! Neocons e suas crueldades esquerdistas contra os cristãos

Julio Severo
Recebi um relatório ontem de Peter LaBarbera, uma das maiores vozes cristãs contra a agenda gay nos EUA, de que ele fora detido pela polícia de imigração quando entrou no Canadá. Fizeram uma busca intensa em seu telefone, notebook e pertences.
Não, não. LaBarbera não é um terrorista islâmico. De acordo com a Gaystapo e as turbas politicamente corretas, ele é pior: ele é “homofóbico” — um termo vago que pode ser livremente interpretado para se referir a criminosos ou meramente cristãos que citam versículos da Bíblia que condenam pecados homossexuais.
Os agentes canadenses confiscaram de LaBarbera uma cópia de DVD de um novo documentário russo chamado “Sodoma” como potencial “propaganda de ódio” em violação da lei canadense que proíbe materiais ou pessoas que podem potencialmente “incitar ódio” com base na “orientação sexual.”
“Sodoma,” que apresenta uma entrevista com o líder pró-família americano Scott Lively, do ministério Defend the Family International (Defenda a Família Internacional), apenas mostra a postura cristã tradicional de que a homossexualidade é uma perversão sexual.
LaBarbera estava entrando no Canadá para estar em seu próprio julgamento num tribunal porque sua manifestação pacífica em 12 de abril contra o aborto e a sodomia numa universidade pública canadense foi considerada “ódio.”
Ironicamente, o governo canadense que maltratou LaBarbera é o governo conservador de Stephen Harper, no poder há muitos anos. Os cristãos canadenses haviam votado nele para evitar maus-tratos da Esquerda contra os cristãos que se opõem ao aborto e à sodomia, e agora eles sofrem maus-tratos esquerdistas nas mãos de um governo conservador.
O Canadá “conservador” está se tornando um lugar perigoso para cristãos pró-vida e pró-família. Você pode com toda a liberdade protestar contra a sodomia e o aborto na Rússia, mas não no Canadá.

O amigo de LaBarbera

Passei meu dia ontem com um amigo americano de LaBarbera. Ele era o diretor de uma organização pró-família cristã num estado americano.
Vendo o avanço implacável da agenda homossexual e seus promotores, ele estava determinado a combatê-la sem concessões.
Mas algumas vozes “conservadoras” bem financiadas em seu estado achavam que concessões eram vitalmente importantes: “já que as organizações pró-família não poderiam permitir o ‘casamento’ homossexual, pelo menos deveriam deixar os ativistas homossexuais terem uniões civis.” Meu amigo de forma correta entendia que essas uniões civis eram um importante trampolim para pretensões mais elevadas, inclusive o “casamento” homossexual. Assim, ele resistiu a essas vozes, que vinham principalmente de grupos ligados aos neocons.
Então veio a batalha entre Barack Obama e Mitt Romney na última eleição presidencial dos EUA. As mesmas vozes diziam: “Romney é a única opção conservadora para derrotar Obama!” Conservadora? Meu amigo e outros conservadores reais sabiam que o primeiro estado a legalizar o “casamento” homossexual nos EUA foi Massachusetts, sob o governador Mitt Romney, que se tornou o primeiro governador americano a sancionar uma lei que transforma a sodomia em casamento oficial.

Satanás e Belzebu

Alan Keyes, um católico conservador, denunciou, num excelente artigo do WND, que a escolha entre Obama e Romney era realmente “Uma escolha entre Satã e Belzebu.” Esse artigo foi adaptado para a realidade brasileira em meu texto: “Uma escolha entre Satã e Belzebu na eleição presidencial do Brasil.”
Mas os neocons venceram. Eles disseram que era absurdo não apoiar Romney. A prioridade, diziam eles, era derrotar Obama.
Meu amigo foi removido da direção da organização pró-família porque cristãos conservadores foram enganados e levados a escolher Belzebu para derrotar Satanás… E enquanto ele estava mencionando para mim o relatório de LaBarbera sobre sua detenção por “homofobia,” ele me contou como os neocons são poderosos entre os conservadores dos EUA.
Os neocons têm muito mais poder político e dinheiro do que a maioria dos cristãos que se engajam em batalhas pró-família apenas para defender suas famílias. Mas os neocons têm interesses “mais elevados,” principalmente interesses ultranacionalistas às expensas de valores morais e cristãos.
O que acontece quando cristãos conservadores votam nos candidatos dos neocons? Só olhe para o governo “conservador” do Canadá e seus maus-tratos esquerdistas contra Peter LaBarbera.

“Conservadores” no Reino Unido

No Reino Unido, os cristãos também votam em conservadores para se protegerem desses maus-tratos esquerdistas. Mas o que é que eles conseguiram?
O governo britânico sob David Cameron, do Partido Conservador, aprovou uma lei que transforma a sodomia em casamento oficial.
Primeiro, a conversa “conservadora” política era: “vamos lutar contra o ‘casamento’ homossexual, mas pelo menos deixar os ativistas homossexuais obterem uniões civis.” Em seguida: “Agora, deixem que eles obtenham o ‘casamento’ homossexual!” Isso não é conservador. Isso é neocon, ou falso conservador.
Agora, de acordo com o WND, homossexuais britânicos estão processando para forçar as igrejas a casá-los! Tudo começou com um governo “conservador” fazendo concessões, concessões e mais concessões.
A próxima conversa será: “o ‘casamento’ homossexual não é importante. Os conservadores deveriam focar em assuntos mais importantes.” Importantes para os neocons, é claro.
Tanto o Canadá quanto o Reino Unido são referências relevantes para nossa compreensão de que votar em conservadores (ou falsos conservadores) não é uma solução. Pode se tornar outro grave problema.

Neocons e a perseguição aos cristãos

O governo “conservador” britânico segue os interesses dos neocons, não os interesses dos conservadores. De acordo com Murad Makhmudov e Lee Jay Walker, a perseguição aos cristãos vem no rastro das ambições dos neocons, que têm inflamado tortura e assassinato de cristãos no Kosovo, Líbia, Iraque, Síria e outras nações. Eles apontam que os EUA e o Reino Unido são as principais ferramentas dos neocons para facilitar a perseguição aos cristãos.
Então os neocons têm a capacidade de enganar os cristãos conservadores e levá-los a escolher seus candidatos “conservadores.” Em seguida, eles têm capacidade igual de impor maus-tratos esquerdistas aos cristãos em seus países enquanto ao mesmo tempo estimulam tortura e morte de cristãos em outros países.
Mesmo assim, os neocons sequestram os sentimentos conservadores em todos os lugares, enganando suas vítimas que os candidatos deles são melhores que seus inimigos.
Na recente eleição presidencial do Brasil, neocons americanos estavam ativamente envolvidos, conforme denunciado no artigo “Estrategista de Obama na campanha presidencial do Brasil.” O candidato deles era pró-agenda gay, mas os conservadores foram enganados para pensar: “A agenda homossexual não deveria ser importante agora.” A coisa importante era derrotar os inimigos dos neocons.
Nesse caso, como muitos brasileiros me contaram, se Obama estava com os neocons, ele é um herói!
Eu não compreendo por que os neocons são chamados de neo-conservadores, pois eles estão dispostos a apoiar qualquer causa, conservadora ou esquerdista, que avance a supremacia dos EUA.
Alan Keyes está certo. Candidatos esquerdistas não merecem nosso apoio. E definitivamente os candidatos dos neocons também não merecem.

Jesus e os governantes maus

Para um cristão conservador de verdade, há outra questão. Quando só os maus governam, os cristãos deveriam focar sua atenção apenas em prioridades espirituais: a pregação do Evangelho e a salvação dos pecadores.
Quando o Império Romano dominava Israel, Jesus nunca instigou seus discípulos sobre questões políticas. É claro que se há um candidato que não é anti-família, somos livres para apoiá-lo. Mas ambições políticas nunca foram a prioridade ou preocupação de Jesus. Ele nunca ficou obcecado sobre apoiar um governante mau contra outro governante mau. Aliás, ele nunca instigou seus discípulos nessas obsessões.
Quando estrategistas políticos manipulam os conservadores, penso em LaBarbera sendo detido por um governo conservador por sua postura cristã contra o aborto e a homossexualidade. Penso em meu amigo americano sendo removido da direção de uma organização pró-família porque neocons bem financiados acham que a supremacia das políticas americanas deveria também ter prioridade sobre questões pró-família. Penso nas igrejas britânicas sendo processadas para casar homossexuais. E penso nos cristãos na Síria e Iraque sendo degolados por causa do financiamento dos neocons dos EUA e Reino Unido aos degoladores islâmicos.
Nesta altura, deveríamos ter aprendido algo com o exemplo de Jesus e os ardis dos neocons.
Leitura recomendada:

15 comentários :

yuna007 disse...

SE AECIO VENCESSE A ELEIÇÃO E DEPOIS PROMOVESSE ABORTO E GAYZISMO ALGUÉM IRIA RECLAMAR ?? CLARO Q NÃO!! ALGUÉM RECLAMOU QANDO ALCKMIN APROVOU LEI PRÓ GAY EM SP ?

yuna007 disse...

NÃO SEI PQ ESTÃO CHORANDO COM A DERROTA DO AECIO.. DÓI MENOS O ABORTO SER LIBERADO PELO PSDB?

Marília disse...

O Aécio não é conservador. Nunca foi. Ele tem sido apoiado por direitistas burros, mas ele nunca foi conservador.

Eliel disse...

Respondendo à Yuna 007 e à Marília,

Pode ser que vocês não concordem 100% com o que eu vou dizer aqui, mas eu vou repetir, mais uma vez, o que eu já comentei em um artigo semelhante a este: o ideal seria que o povo, antes de votar, orasse a Deus e pedisse discernimento na hora de escolher algum candidato (para não se decepcionar depois). Só que nem sempre o povo age assim.

Devido à falta de bons partidos (e também de candidatos) de direita (que é o que tem acontecido nestas últimas eleições), ficamos sem boas opções de voto. E aí, infelizmente, estamos novamente entre a cruz e a espada (ou melhor, seremos obrigados, mais uma vez, a escolher entre um mal maior e um mal menor).

Eu vejo assim: combater um mal maior com um mal menor (ou "menos pior") é o mesmo que querer consertar um erro com outro erro. No caso, o PSDB é o "mal menor" diante do PT (que é o "mal maior"). Só que tem um detalhe crucial que muitos parecem não ver (ou não entender): o mal, independente de ser maior ou menor (ou de qualquer outra designação que inventem), é mal sempre (e precisa ser firmemente combatido). Quem tolera o mal tem parte com o diabo.

E mais: um verdadeiro cristão JAMAIS vai apoiar qualquer tipo de mal (seja maior ou menor). O compromisso do cristão é única e exclusivamente com a obediência total e irrestrita à Palavra de Deus, que combate o mal de todas as formas. Ainda que um mal menor se apresente de forma aparentemente inocente ou "inofensiva", não poderá jamais ser tolerado (ou aceito) com a desculpa de se evitar um mal maior. Em outras palavras: mesmo que um mal menor seja, momentaneamente, a única (ou a última) opção válida (ou disponível) para se evitar um mal maior, ainda assim é um mal. Como se diz no popular, é "trocar seis por meia dúzia" (não vai fazer nenhuma diferença ao final).

P.S.: Se vocês quiserem se manifestar, estejam à vontade.

yuna007 disse...

MUITO CUIDADO COM E SR. REINALDO AZEVEDO...

Daniela disse...

Exato, yuna007 ! Reinaldo Azevedo eh pro-casamento gay e pro-adocao de criancas por casais gays. Se os candidatos dele ganharem, seremos tratados do mesmo jeito que o americano citado nesta materia, o Pr. Peter. Porem o senhor Reinaldo esta enganando muitos conservadores. Ele eh um neocon.

daivid disse...

Vai votar em quem então? Kd que vcs votaram no pastor everaldo. Pelo menos ele me parece ser um evangélico de verdade.

Daniela disse...

Everaldo? Ele devia ter vergonha de ostentar o titulo de pastor. Divorciado tres vezes e tem registro na policia de agressao fisica contra uma das mulheres.

marcelo disse...


Srs,
Para quem quer interromper a doutrinação ideológica nas Escolas, segue uma brilhante iniciativa que deve ser apoiada:

“As eleições acabaram. O governo anterior, profundamente corrupto, permanece no poder. Qual será a nossa postura diante do resultado? Continuar lutando!

Uma das marcas do governo do PT e de seus militantes foi (e continua sendo) o uso da estrutura educacional para doutrinar os jovens, seja nas escolas ou nas universidades.

Para responder a essa política perversa, CitizenGO estabeleceu uma parceria com a iniciativa Escola sem Partido a fim de apoiar a aprovação de um projeto de lei que proíbe a doutrinação ideológica nas escolas. Esse projeto será apresentado em diversas Câmaras Municipais e Assembléias Legislativas do Brasil. O primeiro passo será dado na cidade de Vitória da Conquista, na Bahia. Assine a petição para pedir aos vereadores locais que aprovem o PL 019/2014, que tem como objetivo assegurar o respeito ao direito do estudante de não ser doutrinado por seus professores:

http://citizengo.org/pt-pt/12803-aprovacao-do-pl-0192014-autoria-do-vereador-gilzete-moreira

Vitória da Conquista pode ser a primeira de muitas cidades a aprovar esse projeto e, portanto, servirá de combustível para que o projeto ganhe força. A idéia é que esse projeto seja apresentado em até 1.000 casas legislativas nos próximos anos! CitizenGO apoiará a aprovação de cada um (ou de boa parte deles) individualmente. Isso significa, ubirajara, que você receberá outros e-mails semelhantes a este para que apóie a iniciativa em outras cidades.

Por favor, se você não concorda com o uso indevido que milhares de professores fazem de sua posição para doutrinar jovens em sala de aula, não deixe de assinar a petição e compartilhá-la nas redes sociais, com seus amigos e familiares:

http://citizengo.org/pt-pt/12803-aprovacao-do-pl-0192014-autoria-do-vereador-gilzete-moreira

De onde surgem os jovens radicais que se tornam militantes de partidos de índole totalitária como o PT, o PSOL e o PC do B? Da sala de aula de escolas municipais e estaduais de todo o Brasil! Quando entram na universidade, muitos desses jovens apenas reforçam aquilo que aprenderam durante 10 anos!

Trata-se, portanto, de uma iniciativa importantíssima para frearmos esse abuso de autoridade que ocorre diariamente em muitas escolas do país.

Contamos com o seu apoio, ubirajara, e desde já gradecemos sua atenção!

Um forte abraço.

Equipe de CitizenGO”

yuna007 disse...

REINALDO AZEVEDO NÃO É CONSERVADOR É MILITANTE TUCANO

marcelo disse...

Tem gente que ainda acha que a instalação do COMUNISMO no Brasil é Teoria da Conspiração...
Vejam esta notícia sobre a ajuda que a Venezuela dará o MST:
https://br.noticias.yahoo.com/blogs/claudio-tognolli/grupo-enviado-por-maduro-ao-brasil-da-aulas-de-163149226.html

Anônimo disse...

DESESPERO FAZEM OS ANTIPETISTAS ROTULAREM TIPOS COMO SERRA, AECIO COMO SE FOSSEM CONSERVADORES KKK

Anônimo disse...

conservadores hipócritas em 2018 vão de alckimin .... conservador nem pensar...

Anônimo disse...

pelo que percebo a mídia liberal social/antipetista uol, terra, jovem pan, estadão, globo, folha, band conseguiu moldar a cabeça do brasileiro antipetista..
isso quer dizer que os temas econômicos se tornaram prioridade, enquanto temas morais/conservadores são rebaixadas a quase total insignificância....
jornalistas como reinaldo azevedo "tukanizaram" a cabeça do brasileiro

Anônimo disse...

Se david cameron fosse contra casamento gay nunca conseguiria se eleger...