4 de outubro de 2014

A fé duvidosa do Bispo Manoel Ferreira: descrença em Marina Silva e fé em Dilma e no PT


A fé duvidosa do Bispo Manoel Ferreira: descrença em Marina Silva e fé em Dilma e no PT

Julio Severo
“Eu parto do pressuposto de que eu tenho muita dúvida se a Marina é ou não é evangélica (pausa)… Pelo menos eu nunca vi ela declarar publicamente ou manifestar. E se é, o programa de governo dela contraria tremendamente,” disse o Bispo Manoel Ferreira, presidente da denominação Assembleia de Deus, Ministério de Madureira, em reportagem do portal Padom.
Bispo Manoel Ferreira
Ferreira, que nunca escondeu o seu apoio a Dilma Rousseff e ao PT, coloca em dúvida se a candidata Marina Silva é de fato evangélica.
Esse é um péssimo momento para Ferreira fazer esse questionamento. Diferente de quatro anos atrás, quando Dilma gozava o apoio de muitos líderes evangélicos de expressão, nesta eleição é quase que só Ferreira. Como manda o costume, os ratos abandonaram o navio afundando.
Quatro anos atrás, Ferreira tinha um trono inquestionável entre os evangélicos pró-Dilma. Mesmo assim, seu apoio a Dilma foi amplamente questionado no meu blog.
Aliás, muito antes de ele apoiar Dilma, ele já era confrontado sobre suas conexões com o Rev. Moon, o falso messias. Meu blog fez a primeira grande denúncia sobre essas conexões em 2008. Depois, vieram os muitos vídeos do Pr. Enoque Lima.
Os caminhos do bispo assembleiano com confusões e traições socialistas não começaram com o PT. Em 1985, quando era presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), o nome de Manoel Ferreira se destacou de forma proeminente, durante a eleição para prefeito de São Paulo, no apoio ao candidato Fernando Henrique Cardoso (FHC), que na época já era conhecido por seu ateísmo e defesa da maconha e da agenda esquerdista. Nada disso intimidou o então Pr. Manoel, que usou seu poder denominacional para levar outros pastores a apoiar FHC, que se tornaria mais tarde a grande estrela do PSDB.
Na época, quase trinta anos atrás, eu não tinha um blog, pois internet nem existia. Mas enviei carta a líderes asssembleianos pedindo providências por Ferreira ter apoiado o socialista FHC.
Quem é pois Manoel Ferreira para questionar Marina Silva? Em que ele acha que Marina é pior do que Dilma? As duas não são socialistas? Se ele pode apoiar uma, por que discriminação contra a outra? Se ele ataca uma, por que não ataca a outra, se ambas são igualmente socialistas e fazem parte de partidos que almejam impor a tirania gay no Brasil?
Se ele questiona a fé de Marina, por que também não questiona a si e outros grandes líderes evangélicos que apoiaram Dilma na eleição de 2010?
Depois de anos questionando a estranha fé de Ferreira em Lula, Dilma e Rev. Moon, eis que se levantam outros, além do Pr. Enoque, para fazer os mesmos questionamentos. Em vídeo do Youtube, primeiramente veiculado pelo portal Padom, o jovem Samuel Aragão, da denominação assembleiana do Bispo Manoel Ferreira, denuncia os mandos e desmandos da família Ferreira na igreja.
Confira aqui a denúncia completa neste vídeo do próprio Samuel: http://youtu.be/hZOHuklloSo

Portanto, se Dilma e Marina podem ser questionadas, por que não o líder assembleiano e suas incoerências, oportunismos e apostasias?
Tomara que o clamor de justiça do jovem Samuel Aragão seja atendido sem demora.
Leitura recomendada:
Sobre Manoel Ferreira:
Sobre Marina Silva:

9 comentários :

Vicente disse...

Não se ofenda Julio, não é nada pessoal.

Mas por que os evangélicos têm que votar seguindo cabeça de certos 'bispos' ou 'pastores' - como esta criatura chamada Manoel Ferreira - que votam no PT?

João Pedro disse...

Aqui para os leitores do Julio, assistam:

http://www.youtube.com/watch?v=cJU_nE4h9-g

Anônimo disse...

Olá Sou José Arruda. Queridos, o que o irmão falou está mais do que certo. Moro numa cidade do interior e o pastor vive uma vida de luxo enquanto os membros vivem passando necessidades. Eu me pergunto que evangelho é esse onde o lider tem que viver uma surreal e os membros passam até fome. Eu não posso julgar, mas fatos são fatos. Almas não importam, o que importa é dinheiro.

Nil disse...

Julio. Talvez você não conheça ou saiba. Mas ! Tem um candidato a deputado(busca a reeleição) humorista,palhaço,chamado Tiririca.Foi eleito com uma votação enorme e caiu no gosto do brasileiro. Veja o comentário que postei no Facebook. """Muito engraçado o Tiririca. Só que a graça termina por aqui. Porque o Tiririca tem um lado que não é nada engraçado pelo contrário é muitíssimo triste,deprimente,infeliz. Sobretudo o povo evangélico não vai achar graça nenhuma. Vejam essa noticia :Quem é o burro? Tiririca ataca Levy Fidelix e defende as LGBT http://spressosp.com.br/.../quem-e-o-burro-tiririca.../
Tiririca vai completamente contra o que diz a Bíblia e aprova e consente com a sodomia. As ideias sobre moral de Tiririca não tem graça nenhuma. Qual será a opinião dele sobre aborto,legalização de drogas,Família e moral Cristã,o evangelho,etc. Temo a coisa ficar muito sem graça nesta hora.
No Brasil uma pessoa sem moral e carácter consegue facilmente a "graças" do brasileiro simplesmente se fazendo de palhaço,defensor dos pobres e oprimidos,minorias injustiçadas,atacando os ricos,a elite,empresários. Acho que os brasileiros votariam no DIABO se ele conseguisse ser engraçado e defendesse os pobres.

O Sousa da Ponte - João Melo de Sousa disse...

Um bom exemplo e uma forma de fazer crescer o Brasil:

Porque não os donos das igrejas investirem metade do dinheiro no Brasil?

Fazerem um acordo e investirem metade dos lucros no Brasil e apenas transferirem para fora o resto?

Penso que seria um bom exemplo de investimento e confiança no pais.

Eu entendo perfeitamente que invistam aqui na Suíça e nos estados unidos. É mais seguro e não é investigado pelas autoridades brasileiras.

Se calhar era um bom exemplo investirem metade dos lucros no próprio país.

Eu sei que o governo brasileiro, como todos os socialistas e democratas no geral, são capazes de tentar apropriar-se do fruto do trabalho alheio.

Agora que era um exemplo brutal era.

Nós não levamos todo o dinheiro para a Suíça ou EUA.



Fica cá metade!.




Jair disse...

Quem é esse duende verde da foto?

Evangélico não precisa ser gado para votar em quem 'pastor' ou 'bispo' mandem.

Votem em quem obedeça e defenda o Evangelho de N. S. Jesus Cristo.

Anônimo disse...

Lamento torrar a paciência dos leitores por fazer um comentário que nada tem a ver com o post. Mas é revoltante o que estão fazendo com o candidato Levy Fidelix, pois hoje promoveram um beijaço entre homens na frente da casa dele e algumas feministas ficaram parcialmente nuas em frente à Igreja da Candelária. Pois é católicos, alguém que pensa como vocês começou a ser linchado e vocês parece que vão deixar ele sozinho nesta. Não estou nem pedindo que façam protestos nas ruas contra estes provocadores (não baixem o nível). Mas vocês podem apoiá-lo votando em massa nele amanhã. Caso ele seja bem votado esse pessoal vai dar uma freada em todas estas provocações e, possivelmente, todos aqueles processos que estão movendo contra ele perderão força. Vários evangélicos estão declarando voto a ele e, se Deus o permitir, amanhã estarei votando nele também. Lembrem-se, estes militantes LGBT quando perseguem alguém é para acabar com a pessoa. Não vamos esperar pela imprensa que ela sempre mostra as coisas distorcidas favoráveis a estes grupos. Não abandonem o Levy!

Sebastião

Anônimo disse...

é trágico de se observar um povo sem sentimento de nação tal qual o brasileiro.
o povo evangélico deixou de ser ovelha de Jesus Cristo para se tornar " curral eleitoral" de pastor comprometido com os lucros da política.
Se o próprio Deus não se afirma como Deus da maioria por que então não é estimulado a se votar em candidato que defende sua opinião própria sem receio se isso lhe retirará votos ou não ?
o que eu como cristão não posso ser conivente é com uma candidata dizendo ser evangélica querer arruinar ainda mais o frágil desempenho econômico do país criando um quarto poder constituinte : dando autonomia ao banco central do Brasil.
significando na prática dar total liberdade aos banqueiros para " vigiar" os cofres públicos.
Não sou de direita tampouco de esquerda; prezo pelo bom senso político mas também não sou gado de pastor que já usa dinheiro do meu dízimo e da minha oferta pra bancar viagens de filhos dele pra Disney .

Será que meu comentário será censurado ?

Anônimo disse...

Nenhuma das 2, Dilma ou Marina são cristãs - mas marxistas - pois essa veio da marxista TL de origem católica e depois se enfiou entre os vermelhos "evangélicos": farinhas do mesmo saco, sem diferença alguma, questão apenas de rótulo exterior.
Aécio também seria "católico", mas talvez mais cristão ou não, apesar que seria divorciado com a ex ainda viva; atrapalhou tudo.
Acho melhor escolhermos um menos mau político sem olhar muito a questão de fé pois os outrora "santinhos" carismáticos "católicos" e os das bancadas Evangélicas no Senado e Cãmara todos atiraram a bíblia janela abaixo quando viram os cofres abertos à frente noutro mensalão, lembram-se?
Sabemos que o diabo tem uma afeição toda especial aos políticos pois ele os manipula de modo geral e criam o caos na sociedade, desestimulando o cidadãos a serem honestos - APESAR DE QUE, POR OUTRO LADO, O EXISTENTE LÁ EM CIMA É O REFLEXO CÁ DE BAIXO...
Henoc