30 de setembro de 2014

Dilma, Marina e Aécio se unem na condenação à opinião “homofóbica” de candidato católico


Dilma, Marina e Aécio se unem na condenação à opinião “homofóbica” de candidato católico

Comentário de Julio Severo: A revista Veja disse que Dilma, Marina e Aécio repudiaram o comentário “homofóbico” do candidato Levy Fidelix. O que foi que Levy disse que desagradou aos três? Do que ele disse, o que a imprensa mais destacou foi:
“Aparelho excretor não reproduz (...) Como é que pode um pai de família, um avô ficar aqui escorado porque tem medo de perder voto? Prefiro não ter esses votos, mas ser um pai, um avô que tem vergonha na cara, que instrua seu filho, que instrua seu neto. Vamos acabar com essa historinha. Eu vi agora o santo padre, o papa, expurgar, fez muito bem, do Vaticano, um pedófilo. Está certo! Nós tratamos a vida toda com a religiosidade para que nossos filhos possam encontrar realmente um bom caminho familiar.”
Ora, o Brasil é o maior país católico do mundo. O que há de mal no senhor Levy, que é pai e avô e merece um mínimo respeito dos três candidatos, se expressar como católico? Mesmo desconsiderando a religião dele, a opinião dele é diferente do que pensa a vasta maioria do povo brasileiro? Não. De acordo com pesquisa realizada por um instituto ligado ao PT, 99% do povo brasileiro é “homofóbico,” isto é, tem opiniões contrárias ao comportamento homossexual. Confira as matérias aqui:
Uma atriz, nos bastidores, chegou a dizer que “Gays são nojentos. A maioria deles tem AIDS.”
A opinião de Levy então expressa os sentimentos de uns 99% dos brasileiros. O que é pior então, a opinião de um pai e avô ou a atitude de homossexuais que enfiam o braço no ânus do parceiro ou lhe lambem o ânus? Desculpe-me o linguajar grosseiro, mas essas palavras, ainda que grossas, são limitadas para descrever a sujeira das relações homossexuais.
Até entendo Dilma e Aécio respeitarem mais essa sujeira do que a um pai e avô. Mas e Marina, que se diz evangélica? Qual foi a intenção dela ao se unir a Dilma e Aécio? Se ela quis mostrar que é igual a eles, conseguiu. Se ela quer estar na moda de agradar aos adeptos do sexo fecal, conseguiu. Se ela quer surfar só nas ondas politicamente corretas, conseguiu. Já é surfista PC.
Posso não concordar com 99% dos brasileiros que são, à sua própria maneira, contrários a um comportamento comprovadamente sujo e prejudicial à saúde. Mas respeito a opinião deles, muitos dos quais são pais, mães e avós. Por que a evangélica Marina não consegue respeitar as opiniões desses pais, mães e avós, mas consegue respeitar as elites globalistas que são hipersensíveis às questões homossexualistas?
Por que, no momento de escutar e entender um pai e avô, ela prefere se unir a Dilma e Aécio, que são guiados pelo príncipe deste mundo? Aliás, por que ela prefere surfar na onda desse príncipe das trevas?
É natural a escuridão de Dilma e Aécio, mas onde está a luz do Evangelho de Marina?
Todos unidos, prontos para fazer um linchamento midiático, social, legal e político de um avô católico, e tudo o que dona Marina consegue fazer é se unir aos opressores e perseguidores?
Por que Marina é igual aos outros, que desrespeitam um avô católico que fala sobre o homossexualismo exatamente do jeito que é?
Não conheço o histórico de Levy, mas a opinião dele, por mais desarticulada que seja, não é mais suja do que os comportamentos criticados por ele.
Leia agora a matéria da revista Veja:

Presidenciáveis reagem contra fala homofóbica de Fidelix 

Dilma Rousseff, Marina Silva e Aécio Neves repudiaram a declaração do nanico; PV pediu que Ministério Público abra inquérito para apurar crime

O candidato do PRTB à Presidência da República, Levy Fidelix, durante o intervalo do debate promovido pela Rede Record neste domingo (28), em São Paulo
A fala homofóbica de Levy Fidelix (PRTB) durante o debate na TV Record, neste domingo, provocou reações dos principais candidatos à Presidência da República. Nesta segunda, Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Marina Silva (PSB) criticaram a fala do folclórico candidato do Aerotrem, que associou homossexualidade a pedofilia.
Durante agenda em São Bernardo do Campo (SP), Aécio Neves classificou a fala como lamentável. "Nosso repúdio absoluto àquelas declarações. E como já disse mais de uma vez, na minha avaliação, todo tipo de discriminação é crime. Homofobia também."
Em entrevista coletiva em São Paulo, Dilma usou o episódio para se posicionar a favor da criminalização da homofobia. "Eu já disse que sou contra a homofobia e acho que o Brasil atingiu um patamar de civilidade que não podemos conviver com processos de descriminalização que levem à violência. Eu acho que a homofobia tem de ser criminalizada", afirmou.
A candidata do PSB, Marina Silva, considerou "homofóbicas e inaceitáveis em quaisquer circunstâncias" as declarações de Levy Fidelix e disse que sua Rede Sustentabilidade avalia entrar com ação na Justiça contra o candidato. "Não aceitamos em hipótese alguma atitude que incita ao preconceito, desrespeito, violência contra comunidade LGBT ou qualquer que seja", disse.
O Partido Verde protocolou nesta segunda-feira uma representação contra Levy Fidelix. A representação, feita a pedido de Eduardo Jorge, candidato do partido à Presidência da sigla, pede que o MP abra um inquérito contra Fidelix para apurar desrespeito à dignidade humana.
Fonte: Revista Veja
Divulgação: www.juliosevero.com.
Leitura recomendada:
Sobre Marina Silva:

38 comentários :

Antonio Alfredo S de Macedo disse...

Sei que ele não vai ganhar, mas só pela coragem dele expor o meu pensamento terá meu voto de cristão.

Anônimo disse...

O mais curioso nesta situação é que candidato Levy Fidelix não disse nenhuma mentira, ele afirmou: "Tenho 62 anos e, pelo que vi na vida, dois iguais não fazem filho. E digo mais: me desculpe, mas aparelho excretor não reproduz."
Parece que os demais candidatos e a OAB pretendem calar a voz da verdade e prol de suas predileções pessoais que são notoriamente contrárias ao que pensa a maior parte da população (conforme pesquisa do IBGE). Se isto é uma democracia, vai ser preciso redefinir o conceito desta palavra aqui no Brasil.

Anônimo disse...

1º - Dilma está pegando o trem andando nessa daí para fazer media e ganhar votos - os comunistas têm a ética-moral no oportunismo - pois sendo a pior de todas, além de ser defensora do homossexualismo e de toda a agenda anticristã da ONU, além disso, DETESTA, ODEIA A NÓS CRISTÃOS PUBLICAMENTE nas pessoas dos que são assassinados, mulheres castradas á força e crianças partidas ao meio por apoiar ostensivamente os terroristas satanistas do Estado Islâmico!
Não sejamos seus idiotas-uteis; por ela, que explodamos!
Além do mais, não me convence pois teria duas caras: a candidata, muito seria, detesta corrupção, punirá e será implacável com os trapaceiros; a presidente, que nada sabe, viu ou ouviu falar, não estava lá na hora...
Marina? Desde sua origens no PCRB comunista, depois se juntou aos "católicos" da TL-PT-CNBB e agora é "evangélica", da equipe dos "progressistas", os vermelhos "muy evangélicos".
Aécio, outros complicado, católico, mas não sei de qual comportamento como tal, sendo a vantagem de não ser radical como Dilma e Marina que são stalinistas.
Aliás, a debilitada Marina, além de alergíssima - certos odores levam a crises emergenciais - vive em contínuos tratamentos pelos graves problemas hepáticos provenientes de 4 malárias, 3 hepatites e 1 leishmaniose devido a muita ingestão de mercurio, além de ser fragílima, sobe escadas amparada, pesaria 37 Kg e seria a outra lãmina da tesoura de Lênin, aliada secreta do PT onde militou apoiando o partido por 27 anos, inclusive o aborto; sem condições mínimas de ser presidente.
Parece que estamos meio no mato sem cachorro, mas votar nas 2 stalinistas é dose, anular o voto vai para nossa inimiga Dilma, na Marina seria a reserva do PT; abster ou justificar?
A turma do curral bolsa-familia votará em Dilma...
Anon Henoc

Dilcimar Araújo disse...

Vou ser sincero. Não voto no PT de forma alguma e até ver esse debate meu voto era da Marina. Mas o Levi também ganhou meu voto pois também sou cristão de verdade. Se procurar na Bíblia ou no dicionário, FAMÍLIA é pai, mãe e filhos

Anônimo disse...

Meu comentário em favor do voto de minha família ao candidato Levy Fidelix foi censurado na postagem do blog.
acreditava que o gestor do blog defendesse piamente os valores da vida, da família e do Evangelho.

Julio Severo disse...

Todos os comentários foram publicados até o momento. Seu comentário, anônimo, nunca chegou aqui. Sua internet ou computador pode ter dado problemas.

Anônimo disse...

Meu voto será para o Levy Fidelix. Precisamos de canditos como ele que não se intimida com essa mídia vendida e suja. Enquanto tivermos força e disposição moral devemos lutar para que alguma coisa seja feita nesse país. Sabemos que Deus é Soberano e que nada acontece fora de sua vontade. Lúcifer pode até incitar o ódio e a mentira através dessa Elite Globalista destruidora de famílias, porém o resultado final virá de Deus, os planos do Senhor são muito maiores.

Confie em Deus a todo instante, Jesus Cristo sempre estará conosco!

João Emiliano Neto disse...

Eu penso que homofobia mesmo seria se o candidato conservador Levy Fidelix ou outro candidato pregasse o espancamento e a morte de gays, como aliás postulam os muçulmanos radicais apoiados pela esquerda. Levy Fidelix expôs apenas fatos, pois gente do mesmo sexo não gera uma outra vida, aparelho excretor não é para sexo e não gera a vida e, por fim, será que um tratamento psicológico ou até psiquiátrico não seria necessário para essas pessoas, os gays e eu mesmo sou gay?

Não seria necessário, pois um homem que gosta de outro homem não está com a mente muito virada do avesso, não estamos vendo o mundo muito ao contrário e como que ao sabor de nossas vontades torpes? Que raio de mente é essa nossa, a mente homossexual? A ciência poderia arbitrar a respeito.

Alexandre do Espírito Santo Rocha disse...

Dois católicos e uma evangélica de araque. Nenhum dos três terá meu voto. Peço aos amigos que registrem e guardem esse episódio para o futuro, pois á uma possibilidade de legalização da pedofilia no futuro e esse episódio está sendo usado como associação do homossexualismo à pedofilia (o que de fato ocorre na maioria dos casos de pedofilia).

Claudio Vaz disse...

SE Marina é realmente o cavalo premiado do mega capital global e a "hora" do Brasil chegou em ser tomado pelo governo mundial então terá que acontecer "um fato" novo para Marina ganhar no segundo turno.

A queda do cessna já teve o seu impacto

Anônimo disse...

Fico abismado com algumas coisas, não vi na declararão do candidato nem um ato Homofóbico o que ele disse é apenas verdade.. Dois iguais não gera uma nova vida, e o furico não ficou pra procriar, sendo assim , por mais que um Homossexual queira, e deseje outro do mesmo sexo, precisa admitir que por mais vontade que tenha é algo que vai contra o principio da natureza, ele tem direito de escolher, mas obrigado que compartilhemos da mesma visão e aceitação, jamais será uma democracia. Já imaginou a raça humana sendo gay? já estarmos extintos..

Flávio disse...

Depois dessa eu queria votar no Levy, agora to em dúvida, Levy ou Everaldo? rs

yuna007 disse...

ainda tem imbecil que defendo o drogado mineiro kk

Will Filho disse...

Júlio meu caro, faz alguns dias que fiquei de te fazer essa pergunta, mas devido ao tempo esqueci. Aproveito a oportunidade para emendar nessa postagem. Pergunto: considerando apenas os candidatos que possuem chance real de ganhar a eleição para Presidente, ou seja, Dilma, Marina e Aécio, e levando em consideração que voto nulo ou em branco significa abstenção, qual seria a sua orientação de VOTO para os cristãos, de modo menos danoso para a administração pública e princípios morais? Levo em consideração a ideia de que não há neutralidade na cidadania, mesmo os que dizem não votar em ninguém estão, de forma indireta, sendo cúmplices do resultado final. A alternativa seria votar em um candidato "nanico" sabendo que ele não irá ganhar? E no caso de um segundo turno?

Abraço e paz.

Obs. Quanto ao Fidelix, sabemos que é um absurdo, mas pelo que ele disse, um bom advogado saberá defendê-lo com base na constituição.

yuna007 disse...

pra mim não existe mal menor entre dilma, aecio e marina

Vânia Luz disse...

Eu estou pensando muito, muito em votar no Fidelix.

yuna007 disse...

http://www1.folha.uol.com.br/multimidia/videocasts/2014/09/1520504-coordenador-de-aecio-defende-aborto-e-casamento-gay-veja-entrevista.shtml
ta aí o candidato conservador kkkkkk

Julio Severo disse...

Oi, Will! Desculpe, mas você está esquivocado ao igualar o que você considera “neutralidade na cidadania” com uma suposta obrigação de votar em candidatos. Quem foi que lhe vendeu essa mentira? Se há candidatos bons, eu diria que sim, seria errado não votar. Mas lembre-se de que a democracia legítima não obriga ninguém a votar. Se não há candidatos bons, numa democracia você tem a liberdade de não votar. No Brasil, onde não há democracia, você não tem a liberdade de deixar de votar, mas você pode pelo menos anular seu voto. Dizer que quem anula é culpado pelos erros dos que escolhem votar em maus candidatos é a mesma coisa que dizer que Deus é culpado, por omissão, de todos os crimes que ocorrem neste mundo. Se não há candidato bom, não tenha dó: VOTE NULO. Já basta termos de aguentar a lei antidemocrática que obriga todos a votar. Não se deixe levar, Will e outros, por um falso discurso de cidadania para proteger um sistema antidemocrático e candidatos anticristãso. Na ausência de bons candidatos, Will, não tenha dúvida: VOTE NULO!

Claudio Vaz disse...

O texto acima do Júlio é irretocável.
Concordo plenamente.

Anônimo disse...

Sr levy esta completamente correto no seu comentario.
Valeu

Marcelo disse...

Seremos, muito em breve, um país mil vezes pior do que Cuba, pois cada nação tem o governo que merece.
Que pena que o Tiririca não se candidatou à presidência, pois o meu voto seria dele...o homem certo no lugar certo, pois ele foi o único profissional da palhaçada que fez parte do CIRCO que é o Congresso.
Deixemos os mortos enterrar os seus mortos. Sem Tiririca, meu voto é do Fidelix

Marcelo disse...

Vejam a opinião de Jorge Serrão, sobre esse tema:

Enquanto a economia brasileira dá sinais concretos de desintegração na véspera da eleição..., só muita netadaputice, combinada com burrice, poderia levar os candidatos à Presidência a perderem tempo com a polêmica inútil sobre a questionável “homofobia” do nanico-candidato Levy Fidelix no debate televisivo de domingo passado, na Rede Record. O desvio de um assunto seríssimo para um tema secundário, que nada acrescenta ao debate sobre o mundo real, é mais uma confirmação do subdesenvolvimento político brasileiro.

Só os imbecis e os canalhas conseguem ignorar a conjuntura econômica – que violenta e estupra o brasileiro que trabalha e produz honestamente. A carestia compromete a renda das famílias – cada vez mais endividadas e com problemas para honrar compromissos. A cada vez mais elevada carga tributária, para sustentar a gastança perdulária da máquina pública, inviabiliza a vida de todos. Além de causar a deterioração da indústria brasileira, alimenta a inflação e diminui o poder de compra. As consequências diretas são o desemprego e a queda no consumo. Tudo ainda mais complicado pelos juros absurdos, que dificultam o crédito, mas dão lucros recordes aos bancos – que faturam alto rolando a trilionária dívida pública no País do Pibinho...
A impostura é tão surreal que o Brasil tem uma máquina arrecadatória autoperdulária: torra 70 centavos para cada R$ 1 real que consegue arrecadar. O brasileiro sofre um assalto a mão armada no contracheque. A Super Receita confisca, na fonte, os salários de quem já paga dezenas de impostos absurdos. Estudos sérios já listaram pelo menos 56 tipos de impostos, taxas e contribuições que roubam dinheiro da atividade produtiva no Brasil. A rigidez das regras trabalhistas, a formação educacional sem qualidade e a visão ilusória de lucro no curto prazo, junto com a especulativa “inflação”, tornam o “Custo Brasil” inviável para competir com o resto do mundo que se desenvolve e cresce de verdade – e não apenas na propaganda governamental mentirosa.

O grande drama (ou tragicomédia) da véspera eleitoral é a falta de compromisso efetivo dos candidatos com as mudanças efetivas e possíveis. Todos prometem, genericamente, reformas: tributária, trabalhista, educacional e por aí vai... Nenhum deles consegue comprovar, na prática, como vão cumprir o prometido. Ninguém fala em mudar o modelo econômico brasileiro – totalmente dependente da mera exportação de commodities. A balança comercial brasileira já foi, visivelmente, para o saco. A indústria brasileira, praticamente, já era. Nosso mercado interno depende de caríssimos incentivos de crédito (sempre a juros altamente absurdos). A moeda brasileira nada vale em relação ao capital do resto do mundo. Qualquer coisa no Brasil custa mais cara que em outro lugar do planeta. O País é uma ilusão quase perdida...
Aqui no Brasil, os especuladores sabem se aproveitar bem das situações para ganhar muito dinheiro...
Domingo todos seremos obrigados à dedada obrigatória na inconfiável urna eletrônica – que vai processar o voto sabe lá Deus como...
O cidadão supertributado compulsoriamente vai fazer sua aposta no Cassino do Al Capone. Vai dar mais quatro anos de emprego para os políticos – a maioria absoluta sem o menor compromisso com a efetiva mudança do triste estado das coisas no Brasil...
O Governo do Crime Organizado é econômica e politicamente homofóbico... Pena que esta “homofobia” política e econômica não entra na ordem do dia.
Assim, “o nosso” continua na reta... Os políticos ficam com o prazer... O eleitorado com a dor do estupro coletivo... Vamos continuar tomando na urna até quando?

Julio Severo disse...

O Serrão acha que valores morais são menos importante do que a economia. Eu discordo. Sem valores, um povo escolhe Dilmas, Marinas e Aécios e arruína a economia. Sem valores morais, os eleitos fazem o que querem. Para mim, valores morais são mais importantes do que a economia.

Anônimo disse...

Marcelo onde tu quer chegar com esse discursinho dinheirista/economicista
lugar de libertário não é aqui!

Anônimo disse...

Decidi meu voto hoje. Fidelix na cabeça. Chega de hipocrisia. Os outros venderiam a alma ao diabo para ganhar as eleições.

Claudio Vaz disse...

MARCELO vc viu o que o SEU QUERIDO Tiririca disse no Twitter sobre o episódio do Levy Fidelix?

alvaro disse...

Meu voto depois do debate da record vai sem duvida para o candidato levi fidelyx, pela coragem de falar o que todo mundo pensa, só que fica em cima do muro para não desagradar a classe a ou b, eles não tem medo de falar e até de demonstrar em publico pelas ruas da cidade, se eles não se escondem e não tem medo então eu pergunto quem é o gay eles ou nós porque eles parecem muito mais machões do

Anônimo disse...

Hoje saíram os resultados de duas pesquisas feitas pelo Datafolha e pelo Ibope. A do Ibope ouviu pessoas entre sábado e ontem, o Datafolha ouviu eleitores ontem e hoje. Não sei se tais pesquisas são confiáveis, mas o que se percebeu de ontem para hoje foi um grande número de pessoas declarando voto ao Levy, no entanto, em ambas as pequisas ele não pontuou. Será que as pessoas que declararam seu voto a ele o fizeram com seriedade?, ou será que as pesquisas já estão tão viciadas em ele não pontuar que acabam sendo feitas com o viés de pouco considerá-lo?. Pode até ser, também, que as pessoas tenham vergonha de dizer que vão votar em um candidato nanico. De qualquer forma o resultado vai ser conhecido após o dia da votação. Para mim faz muito mais bem à minha consciência votar no Levy do que nos três primeiros colocados, ainda que esteja consciente de que ele não teria a menor condição de governar o Brasil. Na situação atual, devemos votar de maneira a passar algum recado e votar nulo não é a melhor maneira de fazer isto. Se o Levy, por sua coragem, desse uma boa pontuada no resultado final das eleições, creio que estaríamos passando um recado muito claro aos tais candidatos “politicamento corretos”, que jogam para a plateia LGBT.

Sebastião

Marcelo disse...

Nós, seres humanos, somos uma piada de mau gosto, todos nós sem exceção.
Se não fosse a providência divina de ter enviado Jesus Cristo ao mundo, nosso destino merecido seria o lago de fogo, pois a hipocrisia, o egoismo, a mentira, a inveja, a parcialidade e outras características próprias do diabo são marcas registradas da raça humana caída.
Resguardadas as devidas proporções, o Tiririca é a cara do povo brasileiro que ri da própria desgraça e adora pão e circo...continuo votando nele para o que ele se candidatar, não só porque tenho liberdade de fazê-lo, mas, principalmente, porque, a meu ver, ele é menos pior, por exemplo, do que o Sarnei e toda a corja de ladrões que tomaram o poder desta pobre nação.
Não conheço a vida pessoal do querido palhaço/deputado Tiririca, mas sei, por exemplo, que ele foi um dos deputados que. em 2013, não faltou nas sessões do grande CIRCO, também conhecido como Congresso Nacional. Além disso, diferentemente dos demais deputados, o deputado Tiririca assume abertamente sua completa ignorância no que se refere à administração pública (o que os outros não tem coragem de fazê-lo).
Sem ele, meu voto vai para o Fidelix.
Quanto ao Jorge Serrão, deixemos os mortos enterrar os seus mortos e vejamos o que irá ocorrer com a economia brasileira.nos próximos anos.

Osvaldo Aires Bade disse...

RESTAURAÇÃO DA NAÇÃO DE ISRAEL
http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2014/09/restauracao-da-nacao-de-israel.html

Anônimo disse...

Pastor Everaldo perde uma chance de ficar calado.

http://atarde.uol.com.br/politica/noticias/1626948-pastor-everaldo-condena-desrespeito-de-fidelix

Sebastião

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

De acordo com o pensamento politicamente correto do governo (e dos homossexuais), ser homofóbico é:

– obedecer somente à Palavra de Deus (e dizer que o homossexualismo é pecado);

– não aceitar a doutrinação gay para as nossas crianças (e nem o kit gay nas escolas);

– ser contra o casamento gay (e ser contra as paradas gays);

– ser contra o homossexualismo (e ser contra toda e qualquer lei a favor dos homossexuais).

Se ser homofóbico significa ser tudo isto, então eu posso dizer com todas as letras (e com muito orgulho): eu sou homofóbico (com "H" maiúsculo).

Podem fazer qualquer lei ímpia que obrigue a todos (até mesmo com ameaças de morte) a aceitarem o homossexualismo, mas, ainda assim, eu JAMAIS IREI ME CURVAR AOS DESEJOS DO DIABO E DOS HOMOSSEXUAIS. Eu, como cristão, sempre prego (e sempre continuarei a pregar) contra o pecado. Nunca vou deixar de dizer que o homossexualismo é pecado (não estou nem aí para o que os homossexuais vão pensar de mim). Faço como disse o apóstolo Pedro:

"Importa antes obedecer a Deus do que aos homens" (Atos 5:29)

A lei de Deus é soberana, eterna e imutável (nunca poderá ser mudada por nada, e nem por ninguém). Para Deus, pecado (seja qual for, inclusive o homossexualismo) é pecado sempre (e ponto final). A lei de Deus nunca irá se sujeitar (ou "se adaptar") aos tempos modernos ou ao "politicamente correto" do governo, dos homossexuais, dos abortistas, dos falsos profetas, dos pastores progressistas, dos esquerdistas, comunistas, marxistas, socialistas, e dos falsos evangelhos. A lei de Deus não foi feita para agradar aos homens (e nunca irá se sujeitar a homem nenhum). A respeito da lei de Deus, Jesus foi taxativo:

"Não penseis que vim revogar a lei ou os profetas; não vim para revogar, mas para cumprir. Pois em verdade Eu vos digo que, até que passem os Céus e a Terra, nenhum i ou til jamais passará da lei, sem que tudo se cumpra" (Mateus 5:17–18)

De uma coisa eu tenho plena e absoluta certeza: Jesus voltará um dia para julgar a todos (inclusive os homossexuais e seus cúmplices). O próprio Jesus garantiu na Sua Palavra:

"Não seles as palavras da profecia deste livro, pois o tempo está próximo. Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, que se suje ainda mais; e quem for justo, procure se manter justo; e quem é santo, continue a se santificar. Eis que Eu venho sem demora, e tenho Comigo o Meu galardão, para dar a cada um segundo a sua obra. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro. Bem–aventurados aqueles que lavam as suas vestes no sangue do Cordeiro, para que possam ter direito à árvore da vida e para que entrem na cidade pelas portas. Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os idólatras, os homicidas, os que se prostituem, e todo aquele que ama e pratica a mentira. Eu, Jesus, enviei o Meu anjo para vos testificar estas coisas nas igrejas; Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã" (Apocalipse 22:10–16)

Já preguei o evangelho para muitos homossexuais. Mas, como quase sempre acontece na maioria das vezes, eles não me deram ouvidos. Muitos me xingaram de fundamentalista, homofóbico, preconceituoso (e de outros nomes feios que eu nem vou publicar aqui, por uma questão de educação), enfim, me insultaram de tudo quanto é jeito.

Só sei de uma coisa: eu já fiz a minha parte (que é pregar contra o pecado). Estou com a minha consciência tranqüila (até porque eu já cumpri o meu dever de cristão). Se, mesmo assim, esses homossexuais não quiserem se converter, é problema única e exclusivamente deles. No dia do juízo final, será cada um por si diante de Deus na hora de prestar contas. É como alertou o apóstolo Paulo:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Se os homossexuais e seus cúmplices quiserem ver para crer, depois não vai ter desculpa de falta de aviso!

Marcelo disse...

Está chegando a hora de ver quem realmente crê na Palavra de Deus, hora de grandes surpresas, pois não será fácil enfrentar o LEÃO face-a-face.

Todavia, ficar no ar uma questão:
1 - O anticristo trará um revés na atual imundice que vivemos, atraindo após si os falsos cristãos (como a Marina), simplesmente por que ele defenderá (falsamente) a moral-judaico-cristã? ou
2 - Ele será um líder sodomita que convencerá a todos a respeito da normalidade dessa conduta abominável?

Por isso é bom estarmos atentos, pois é possível que essa figura diabólica venha disfarçada de cordeiro, conquistando, assim, a confiança daqueles que acham que são cristãos, mas que negam a Deus pelas suas más obras (como faz Marina por exemplo).

Posso estar errado, mas me parece que muitos que opinam neste blog certamente não pensariam duas vezes para votar e apoiar qualquer filho do diabo que aparecesse no cenário político mundial dizendo meia dúzia de palavras agradáveis aos seus ouvidos.

Qual é a sua perspectiva a essa respeito, caro Júlio Severo?

Emanuel Nunes Silva disse...

● Formação de Quadrilha... Facção. É o que mais essa gente entende. Em que ponto chegou a tua degradada Classe Política Brasileira, na véspera de uma das eleições mais importante da nossa história, ao invés dos candidatos estarem se empenhando ao que interessa à vida do povo brasileiro, apresentando seus planos de governo (se é que existe algum de fato), priorizam a formação de uma verdadeira quadrilha eleitoreira salvadora das minorias, para crucificarem apenas unzinho que teve a coragem de expressar sua opinião sobre um determinado assunto, diga-se de passagem aplaudido por milhões... Seja ele bom ou ruim para os teus parâmetros intelectuais & morais... Mas isso não vem ao caso, e sim o circo montado em função do episódio, com o propósito de desviar à atenção dos assuntos mais relevantes no atual Momento Político. Realmente todos estes teus Ridículos Candidatos com estas suas lamentáveis posturas, demonstram que estão muito aquém das mínimas aptidões para exercerem a Presidência dessa Fracassada República.

● Além do mais suas burrices é tamanha, que não enxergam que com essas atitudes pequenas, contribuem para que a Dona Dilma seja reeleita. Os Senhor pode até votar em um deles... O problema é teu. Todos têm demonstrado a cada instante apenas almejar o poder pelo poder. Nego-me a escolher qualquer candidato nesse monte de estrume que se transformou a Decadente Política Brasileira. Nego-me prostituir votando nessa gente sem escrúpulos que não honram suas palavras, suas promessas de campanha, seus Planos de Governo, e, que repetidamente não importando qual partido pertençam, priorizam mais suas Alianças, Coalizões, Facções, Conchavos... O Poder simplesmente pelo Poder em detrimento de toda a nação. Nego-me ser conivente com essa gente, que vêm sistematicamente desgraçando com a vida de milhões de brasileiros... Nego-me ser conivente com o massacre de 100.000 brasileiros todos os anos, produzido pelas suas incompetências & delinquências. Nego-me ser conivente com a morte de milhares de criancinhas todos os anos... Mais uma vez esse esgoto moral vai conduzir a nação a lugar algum.

● Nesse Predador Ambiente das Coalizões das Facções Políticas do Crime Organizado Institucionalizado do Estado Esquerdo Republicano, que deveria ser de Direito... Paraíso das Alianças Narco-Partidárias Copartícipe dos Regimes-Síndico-Comuna-Socialistas Republicanos... Inocência a tua nesse Flagelado Regime Marginal Presidencialista, ainda se iludir imaginando que depois de 125 anos de fracassos, com inúmeras inúteis tentativas nesta já 6ª República, finalmente desta vez, repetindo os mesmos erros, fazendo as mesmas coisas, vais obter resultados diferentes neste degradado ambiente político sem ética, onde o mau-caratismo dos exemplos alicia crianças e jovens, corrompe a reserva humana da nação, coloca em risco a Soberania Nacional, além de nada acrescentar de útil, virtuoso e verdadeiro à Nação Brasileira. Nessa Democracia de Mentira, onde quem vence eleições são os melhores Marqueteiros, com suas milionárias aliciatórias propagandas enganosas, muitas vezes pagas com o dinheiro do contribuinte... Não existe saída pelo voto.

Carlos de Cristo disse...

Depois q vi o debate na tvRecord gostei do CANDITADO A PRS. Levy Fidelix principalmente quanto ao posicionamento contra a causa gay. E mais ainda me convenço ao ler este artigo do Julio com o posicionamento dos outros candidatos q parecem serem oportunistas e contrários a opinião de Levy da verdade de Deus da bíblia da ética da família por isso Mudei meu voto agora é para Levi Fidelix "E por se multiplicar o pecado"...disse Jesus em relação ao fim dos tempos...o mundo inteiro está coberto de violência, de imoralidade, como jamais víamos a 30 anos atrás por exemplo. Sei que sempre existiu tudo isso, mas está proliferado, institucionalizado e normalizado. O pecado, a imoralidade estão fortificados, a santidade e a moralidade estão fragilizadas sistematicamente no sistema. Jesus está voltando. O JUÍZO FINAL.

Claudio Vaz disse...

PRTB de Levy Fidelix era um dos 22 partidos da base aliada de Dilma.

Assim como PHS, PSL e PSC.

Os 22 partidos da base aliada: PT, PMDB, PC do B, PRB, PSB, PR, PTB, PV, PDT, PP PDB, PT do B, PRTB, PRP, PMN, PHS, PTN, PSC, PTC, PSD, PSDC e PSL.

fabiana lima disse...

Bom Dia.A Paz.Quero tornar público o meu apoio ao candidato levy fidelix,antes mesmo desta declaração,eu já o tinha visto fazendo corpo a corpo com eleitores pela tv,e a primeira impressão que tive dele é de uma pesssoa centrada,certa das suas convicões,honesta e verdadeira.Depois desta tal declaração,tive mais certeza de tais adjetivos,não que ele errou em nada,apenas expressou a sua opinião,desde quando expresssar opinião é crime?Acredito que ele está coberto de razão,este mundo irá de mal a pior,porque ninguém pode falar mais nada,que é preso,isto é,se você ir contra os ideais contrários á imoralidade,homossexualidade e pedofilia,e, tantas outras coisas mais que o diabo gosta.JESUS ESTÁ VOLTANDO!!!!

Matheus Sathler disse...

Coerência virou homofobia!