1 de agosto de 2014

Um papa que não entende nada de política?


Um papa que não entende nada de política?

Exclusivo: Joseph Farah avisa: “Não há nada de cristão em apaziguar o mal”

Joseph Farah
Sei que esta coluna ofenderá alguns católicos.
Mas o Papa Francisco, mais uma vez, provou que não é politicamente infalível. Ele está do lado errado da história e da verdade, pelo menos no que se refere ao bem-estar de Israel.
Papa Francisco 1
Em Belém com Mahmoud Abbas, o homem que assinou o cheque para pagar os assassinos terroristas das Olímpiadas de Munique, ele disse: “Nosso encontro recente no Vaticano e minha presença hoje na Palestina confirmam as boas relações que existem entre a Santa Sé e o Estado da Palestina.”
“Estado da Palestina?” Não existe Estado da Palestina. E, se o Oriente Médio tiver de conhecer a paz antes da volta de Jesus, não haverá nenhum.
A Autoridade Palestina, como é conhecida, é uma organização totalmente corrupta, moralmente repugnante sem nenhuma legitimidade. Por que o papa está tentando lhe dar credibilidade sugere uma de duas coisas: Ele é ignorante sobre as políticas do Oriente Médio ou tem uma agenda anti-Israel e antijudaica.
Por que digo isso?
Há muitas razões, mas permita-me focar em apenas uma, por amor do argumento.
A autoridade Palestina não só adota uma posição de que o Estado palestino é inevitável num lugar que nunca na história do mundo viu um Estado palestino, mas insiste em que nenhum judeu pode viver ali.
Agora quero que você imagine algum outro movimento no mundo que busca posição de estado em que tal declaração por condição de nação selecione um grupo étnico ou religioso como não bem-vindo. O papa apoia esse tipo de causa em algum outro lugar do mundo? Por que, então, no Oriente Médio? Qual é a justificativa moral que ele teria para fazer isso?
Mesmo mais ao ponto, no caso do papa, que afirma ser o “vigário de Cristo,” o que Jesus, que era judeu, teria a dizer sobre mutilar o Estado de Israel para criar uma nação-estado que estritamente proíbe residentes judeus?
É impensável. Sinto-me envergonhado pelo Papa Francisco, que conduz uma igreja que tem uma história trágica de antissemitismo que ainda está apagando.
Minhas palavras sem dúvida serão interpretadas por alguns como “anticatolicismo.” Permita-me garantir-lhe que não. Embora eu não seja católico, cresci na Igreja Católica. A maioria dos meus parentes são católicos. Tenho um católico vivendo em minha casa. Tenho funcionários católicos. Amo os católicos. Aliás, como diz o velho ditado, alguns dos meus melhores amigos são católicos.
Mas os católicos que, conscientemente ou não, apoiam assassinos, terroristas e antissemitas não são meus amigos.
Qualquer um que apoie o tipo de limpeza étnica que a Autoridade Palestina promove está totalmente errado.
A última coisa que este mundo precisa é de outro estado terrorista e oficialmente antissemita no Oriente Médio. Seria muito melhor se o Papa Francisco aparecesse defendendo os cristãos que estão sendo perseguidos e massacrados em todos os países terroristas e oficialmente antissemitas do Oriente Médio. Como é que a posição dele avança a liberdade, o evangelho e a paz?
Por favor, diga-me. Eu realmente quero entender esse tipo de pensamento.
A Autoridade Palestina teve muito tempo para considerar sua posição antissemita. Teve muito tempo para considerar sua promoção do terrorismo. Teve muito tempo para considerar a realidade do Estado de Israel. Contudo, suas posições oficiais permanecem as mesmas.
A Autoridade Palestina continua a doutrinar suas crianças a ter ódio de Israel em suas escolas.
Continua a promover o terrorismo contra os israelenses.
Continua a tratar os cristãos como, na melhor das hipóteses, cidadãos de segunda classe e dhimmis.
Continua, como sua posição oficial sobre estado, a insistir que nenhum judeu é permitido.
Isso deveria ser totalmente imoral e inaceitável para qualquer um que se chama de cristão — quanto mais o papa.
Não há nada de cristão no apaziguamento do mal. E é isso o que é e sempre será o apoio a um Estado palestino comprometido com a limpeza étnica, violência e intolerância.
Traduzido por Julio Severo do artigo do WND: The politically tone-deaf pope
Leitura recomendada:

13 comentários :

Du disse...

Sou católico e vejo com muita preocupação algumas posições tomadas pelo Papa Francisco, até porque até onde se sabe ele é extremamente politizado e consciente de cada gesto, desde andar de transporte publico em Buenos Aires até algumas declarações sobre união homossexual .

Thiago disse...

Irmãos em Cristo,

Assim como os protestantes hoje, estão divididos em:

evangélicos heréticos e "burros" (tipo eu), moralistas, conservadores e que acreditam no agir do Espírito Santo;

versus

protestantes históricos comuno-progressistas (intelectualóides finíssimos e apóstatas).

A Igreja Católica também enfrenta essa divisão desde o século XIX, principalmente após o Consílio Vaticano II, na segunda metade do século XX. Esse Papa Francisco é um representante dessa linha de pensamento comuno-progressita dentro da ICAR, é a vitória do movimento esquerdista dentro da Santa Sé. Galera, peço que leiam esse artigo do "Portal Conservador" para que vocês entendam o que está acontecendo por dentro da ICAR:

http://portalconservador.com/a-cruzada-do-seculo-xxi/

Uma divisão semelhante a dos Evangélicos x Protestantes Históricos está ocorrendo na ICAR:


Católicos "burros", "antiquados", tradicionalistas/moaralistas, mas que ainda creem nas Escrituras, creem na Tradição da Igreja e que realmente ainda creem em Jesus;

versus

Católicos comuno-progressistas, (pensadores chiquérrimos, finíssimos, do tipo "Leonardo Boff", mas que não creem realmente nas Escrituras e, portanto, querem esvaziar todo o significado do cristianismo dentro da ICAR e substituí-lo por Marx);

OU SEJA, os da linha comuno-progressista da ICAR querem utilizar a Igreja como ferramenta pra alcançar o "Paraíso na Terra", tipo aquele que o Santíssimo e Adorado Santo, tão querido pelos comuno-progressistas, chamado Fidel Castro proporciona naquela Ilha que é o verdadeiro pináculo sagrado, um verdadeiro Paraíso de bem-estar no Globo terrestre.

Eu, como sou UM BURRO IDIOTA RETARDADO CONSERVADOR, QUE REALMENTE CRÊ NO PODER DAS ESCRITURAS, e por isso, não consigo apreciar a beleza que tem um cartão de racionamento de comida, ou de um Gulag, um verdadeiro Oásis para passar férias, e esquecer dos problemas da vida. A minha burrice e ignorância de cristão conservador não me deixa apreciar a beleza que tem um pelotão de fuzilamento do Partido Comunista Chinês. O meu desprezo aos valores humanistas/atéístas/esquerdistas fazem com que essa minha crença medieval não me deixe apreciar o gesto de amor fraternal do "jihadismo" muçulmano do Hamas, não consigo apreciar a sutileza de um sentimento tão sublime, que leva um grupo a colocar civis como escudo humano em nome da resistência anti-imperialista. Assim como minha ignorância e burrice por ser um evangélico cabeça oca não me permite admirar a beleza que tem um homem bomba, que se explode, conjuntamente com mulheres, crianças e idosos em nome da resistência legitima, ante um estado maléfico e opressor como Israel, Estado esse que defende a maléfica, opressora e intolerável liberdade.

Sugestão de Louvor
Nelson Ned - Sonda-me
https://www.youtube.com/watch?v=e-8m_LiflwY

Anônimo disse...

O meu receio é que as coisas degrigolem e fujam de qualquer controle. A visita do papa ao oriente médio e depois a oração nos jardins dos vaticano só serviu para acirrar rancores de todos os lados. O chato é que não existe liderança no mundo , só gente medíocre. Uma guerra futura não vai ter ganhadores. Só perdedores. postado por adilson cg

Marcelo disse...

O mundo jaz no maligno, mesmo os judeus, os quais viraram as costas para o Senhor Deus, ao não receberem o Seu Filho AMADO.

Todavia, não podemos deixar de considerar que as Escrituras Sagradas, em Romanos 11:28, dizem que os judeus são inimigos de Deus, por causa de nós, mas continuam sendo amados por causa dos pais (dos patriarcas).

Certamente os PAPAS não refletem o pensamento de TODOS os fiéis da sua igreja, até porque nem todos ocupam posições políticas, como ele...aliás, triste daquele que tomar esse pobre mortal, ou qualquer outro homem, como um deus, ou um suposto substituto d´Ele. Quem assim o fizer, corre o risco de se surpreender com palavras insanas e comportamentos meramente políticos, daqueles que tinham como ídolos.

No caso do desgoverno brasileiro atual, devemos dar graças a Deus que os militares brasileiros, por incompetência ou não, não entregaram, aos corruptos que aí estão, um país com armas nucleares, pois, imaginem só se esse tipo de gente, com colocações tão absurdas e desumanas, tivessem, ao seu dispor, tal poderio?

Assim como o Hamas, pessoas como essas, que, direta ou indiretamente, apoiam e/ou defendem grupos guerrilheiros, emitindo opiniões absurdas e contraditórias (com aquilo que pregam), certamente não pensariam duas vezes para jogar uma bomba nuclear na cabeça daqueles que não concordam com suas políticas diabólicas...parecem anjos, mas não são. São todos eles filhos do diabo disfarçados.

Marcelo disse...

Olhem só a postura de um líder religioso, que se diz seguidor do Filho de Deus, postado na primeira matéria, do dia 01 de setembro, do site http://www.alertatotal.net/

Como alguém pode dizer que ama a Deus se as suas palavras e obras negam isso de forma tão clara?

Salvo erro, parece ficar claro que o verdadeiro deus desses líderes religiosos (e políticos) é MAMON e não o Deus de Israel...

Thiago disse...

Júlio,

Só gostaria de declarar que não gosto nem concordo algumas posições do Bispo Macedo, como apoiar o PT e o Aborto. Mas AMO A IGREJA UNIVERSAL, e meus irmãos em Cristo que eu tenho lá.

A Paz do Senhor Jesus.

Sugestão de Louvor
Mara Maravilha - Feliz Pra Valer
https://www.youtube.com/watch?v=hUfn6ZWwAJU

Ivan disse...

Não sei se o papa estudou o histórico de Mahmoud Abbas antes da viagem, só sei que reunindo-se com Mahmoud e Shimon mostrou ao mundo o que era preciso: que cristãos, judeus e islamitas podem e devem conviver em paz.

Thiago disse...

Marcelo,

eu entrei no site que você indicou:
http://www.alertatotal.net/

O site é muito bom... vou colocar na minha lista de sites de direita:

http://www.midiasemmascara.org/

http://adireitabrasileira.blogspot.com.br/

http://radiovox.org/

e agora o ALERTA TOTAL:
http://www.alertatotal.net/


Muito bom!!!

Marcelo disse...

Maldito o homem que confia no homem...salvo erro, o anticristo sairá exatamente de uma aliança político-religiosa.

Todo cuidado é pouco para não cair na cilada da "PAZ E SEGURANÇA" e dos sinais que o homem do pecado realizará à vista de todos, querendo parecer deus.

O cenário está sendo preparado para o surgimento daquele que trará a solução para todos os problemas da humanidade...um LOBO disfarçado de ovelha...CUIDADO!!!

Wilson Seberino disse...

Concordo total com o Du, que fez o primeiro comentário: Mário Bergoglio é extremamente politizado e sempre soube o que era o que e quem era quem no mundo político, econômico e social. O que ele faz ou deixa de fazer, faz ou deixa de fazer CONSCIENTEMENTE.

Anônimo disse...

"o Papa Francisco, mais uma vez, provou que não é politicamente infalível".

Apenas para título de esclarecimento, pois algumas pessoas parecem ter um entendimento errôneo, sobre o dogma da "infalibilidade papal".

Ela se aplica apenas a questões de fé e moral, aos dogmas e doutrinas da Igreja Católica. Não se pressupõe um Papa como alguém infalível, que não peca, não erra.

Apenas ao Cristo poderiam se dirigir tais qualidades.

Tanto os Papas erram em termo de política que há o caso famoso da postura da Igreja ante o nazismo e fascismo, durante a Segunda Grande Guerra, fato que foi motivo para um pedido formal de desculpas.

Luiz Andrade

Henoc disse...

Procurem no YOU TUBE: “Padre Rodrigo Maria detona o PT, a CNBB e os católicos que votam nos socialistas/comunistas”.
Trecho de um HANG OUT de 15 minutos do Padre Rodrigo Maria com a Denise Abreu que aconteceu dia 13/07/14 em que ele detona o PT.
Sem receios ou medo!
ATÉ QUE ENFIM UM apareceu mais um gato pingado católico dando voz a tantos evangélicos não "progressistas", para não os chamar de comunistas, como Malafaia, contra o PT!

Thiago disse...

Henoc,

Eu vi e parabenizo o Padre Rodrigo Maria. Esse realmente defende os princípios da ICAR.

Recomendo a todos que vejam as reflexões do Padre Rodrigo Maria:

https://www.youtube.com/watch?v=msowDNm7rfQ