5 de agosto de 2014

Apoio brasileiro ao terrorismo palestino: nem tudo é culpa do PT


Apoio brasileiro ao terrorismo palestino: nem tudo é culpa do PT

Julio Severo
O governo do PT foi errado em afrontar Israel? Totalmente. Mas sejamos justos: afrontas desse tipo não começaram com o PT. Em 1979, o presidente Ernesto Geisel, general e neto de pastor luterano, permitiu a instalação de um escritório da OLP (Organização para a Libertação da Palestina), em Brasília. Ao mesmo tempo, Geisel deu um direcionamento anti-Israel para os representantes do Brasil na ONU.
Pastor de Geisel: Rev. Mozart Noronha, da IECLB
Aceitar a instalação da OLP, uma organização terrorista islâmica palestina responsável por atentados terroristas contra Israel, tem a equivalência moral de aceitar um escritório nazista em Brasília. Com isso, o governo Geisel, representando infelizmente os brasileiros, estava dizendo para o mundo: “Concordamos com os que cometem atentados terroristas contra Israel.”
Sou totalmente contra o PT e todos os outros partidos socialistas, mas sejamos justos: a postura anti-Israel do Itamaraty não começou com o PT. Está apenas prosseguindo sua nojenta história desde os tempos de Geisel.
Sejamos mais justos ainda: a aceitação da OLP não começou com o governo brasileiro. O governo americano sob Jimmy Carter já estava namorando a OLP e seu Dick Vigarista terrorista, Yasser Arafat, no final da década de 1970.
A maior fraqueza do Brasil sempre foi ser um grande imitador das tendências esquerdistas dos EUA. Tanta coisa boa para se imitar dos EUA, especialmente dos conservadores, e o Brasil prefere copiar as podridões. Ontem, o governo Geisel imitando a aceitação americana da OLP. Hoje, o governo de Dilma Rousseff imitando a agenda gay americana.
Quando é que essa imitação vai parar?
Dá até para compreender Dilma, com seu passado terrorista comunista, afrontando Israel. Mas como explicar Geisel, neto de pastor luterano, sendo pioneiro na afronta do governo brasileiro a Israel? Como descendente de alemães, ele desconhecia o que o nazismo fez com os judeus? Ele desconhecia que palestinos islâmicos eram aliados dos nazistas durante a 2ª Guerra Mundial?
Por que então ele colocou o bom senso de lado para imitar o mau exemplo de Jimmy Carter? Por que ele permitiu a instalação de um escritório da organização terrorista islâmica assassina de judeus em solo brasileiro em 1979?
Sejamos realistas: assim como nem tudo do governo americano era bom, nem tudo do governo militar do Brasil era bom.
E nem tudo dos luteranos é bom exemplo. Só para constar, Geisel era da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), única denominação protestante brasileira onde a Teologia da Libertação e a Teologia da Missão Integral reinam juntas de forma suprema. A IECLB é a versão protestante da Igreja Católica da CNBB, considerada a mãe do PT.
O pastor pessoal de Geisel era o Rev. Mozart Noronha, que hoje está ligado ao PSOL, um dos partidos socialistas mais radicais do Brasil. O Rev. Mozart, que herdou sua paixão pelo socialismo de sua denominação, a IECLB, disse: “Fui Pastor do General Ernesto Geisel e de sua família. Visitei o General no hospital e oficiei o seu sepultamento.”
Não é, pois, tudo culpa do PT. É culpa também do governo militar de Geisel, que imitou o governo americano de Jimmy Carter. E pode ser culpa também da IECLB e a maldita influência de suas teologias esquerdistas anti-Israel.
Seja como for, é inegável que décadas antes do PT, o governo militar do Brasil já estava afrontando Israel.
O Brasil, sob o PT ou não, tem muito para se arrepender de seus pecados contra Israel.
Leitura recomendada:

24 comentários :

Henoc disse...

Nunca poderemos nos esquecer que os "Democratas" americanos, todos, são os comunistas do PT daqui, por sinal trapaceiros de todas as formas possíveis, hoje com o vermelho pró Islã Obama - mais um na tarefa de afundar os EUA - com ajuda de muitos milhões de traidores cristãos!

Osvaldo disse...

Júlio,

Como testemunha viva de quem presenciou pessoalmente o governo militar, posso falar com conhecimento de causa: a chamada "linha dura" só funcionou efetivamente quando os militares resolveram agir com rigor ao combater os guerrilheiros esquerdistas. Enquanto mantiveram essa postura, conseguiram, de certa forma, inibir (ou reprimir) muitas das ações desses mesmos guerrilheiros. Até aí, os militares merecem nossos aplausos.

O problema foi que essa mesma "linha dura" foi muito condescendente com os esquerdistas "pacíficos" (os que não participavam das guerrilhas urbanas). Em outras palavras: o maior erro dos militares foi não combater o marxismo cultural com o mesmo rigor que teve contra os guerrilheiros esquerdistas. Foi como dar um sonífero para um leão: ao invés de matar de vez o leão, o leão ficou apenas adormecido temporariamente (para que, depois que passasse o efeito do sonífero, esse mesmo leão acordasse com força total para atacar). Eu diria que os militares subestimaram o poder do pessoal da esquerda (ou melhor, não cortaram o mal pela raiz).

Deveria ter sido usado o mesmo critério rigoroso com os guerrilheiros: não dar nenhum tipo de espaço, nem permitir propagação (ou divulgação) de nenhum tipo de idéia, ideologia, ou filosofia marxista–leninista–comunista–socialista, nem tampouco permitir publicação de livros ou quaisquer materiais pedagógicos impregnados com essas mesmas idéias, ideologias, e filosofias, não deixar esse pessoal ocupar nenhum cargo em nenhum nível (municipal, estadual, e federal), e nem em nenhum órgão da mídia (rádio, jornal, televisão, etc), e nem no nosso sistema educacional.

Essa mesma "linha dura" deveria continuar presente (ou melhor, deveria ter sido mantida até hoje). Com um governo fiscalizando rigorosamente todos os passos dos partidos de esquerda, a atuação deles certamente seria bem mais limitada (e bem mais controlada).

Em suma: teria que ser combatido o "esquerdismo ideológico" (ou seja, o marxismo cultural). Se a "linha dura" tivesse agido assim, com certeza a esquerda não teria tanto espaço como tem hoje. Infelizmente, os militares erraram feio nesse sentido (e hoje estamos sentindo na pele as conseqüências disso)!

Anônimo disse...

O ódio contra os judeus não respeita orientação política, religiosa ou sexual. Você pode ser de direita ou de esquerda, católico ou evangélico, hétero ou homossexual, e isso não será obstáculo para apoiar os palestinos. O que vale para quem odeia judeu é simplesmente odiar judeu e apoiar quem é contra o povo judeu.

Anônimo disse...

"Enganoso eh o coracao; mais do que todas as coisas, e perverso. Quem o conhecerah?" - Jr. 17:9.

Soh Deus tem a resposta do porque do ser humano odiar ao ser humano, ao inves de odiar a satanas.

Antonio.

Anônimo disse...

Sejamos mais justos ainda: a aceitação da OLP não começou com o governo brasileiro. O governo americano sob Jimmy Carter já estava namorando a OLP e seu Dick Vigarista terrorista, Yasser Arafat, no final da década de 1970.

2.

Marcelo disse...

Outro dia assisti o pronunciamento de uma discípula de Fidel, em pleno Congresso Nacional, atacando, calorosamente, o direito de defesa de Israel (https://www.youtube.com/watch?v=cTQkFf5_JjU.)

Fiquei um tanto quanto perplexo diante de tanta hipocrisia, pois fazemos parte de um país com o singelo índice de mais de 50 mil homicídios por ano, com perspectivas terríveis para os anos subsequentes.

Veio-me, na mente, uma questão: “como alguém, como essa senhora, que é paga para cuidar dos nossos problemas internos (que não são poucos), tem a capacidade de ocupar seu tempo para tratar de coisas que não nos dizem respeito, ainda mais se levarmos em conta que tal cidadã é discípula de um regime que matou mais de 10 milhões de pessoas pelo mundo, ao longo dos anos?”

Talvez seja essa a cara do partido do qual ela faz parte e das pessoas que ela representa, ou da ideologia que ela defende, pois a impressão que temos é que, tanto ela, como a maior parte das autoridades do Estado, e da mídia, faz questão de ignorar completamente os absurdos índices de violência do país, os quais superam, em muito, por exemplo, o próprio conflito com que essa discípula de Fidel está tão preocupada.

Imagino como esteja a casa e a família dessa pessoa, pois me parece que ela olha mais para fora do que para dentro da sua própria casa...

Pelo jeito, essa dona não anda a pé nem mesmo pelas ruas de Brasília (possivelmente só de carro oficial), pois não é necessário ir muito longe para se constatar que a INDÚSTRIA DO CRIME tornou-se um ramo bilionário no Brasil e que as nossas ruas estão infestadas e dominadas pelo tráfico de drogas.

Por isso, eu entendo a revolta desse tipo de ideologia contra a moral judaico-cristã, uma vez que o Senhor Jesus foi o primeiro a condenar, com razão, aqueles que cuidam mais da vida alheia do que dos seus próprios problemas.

Sem querer, talvez essa senhora tenha tornado claro o ideal expansionista (e escravagista) da ideologia que ela defende, uma espécie de megalomania (uma das piores doenças dos últimos séculos), responsável pela morte de milhões de pessoas inocentes por todo o mundo.

Sugiro que a nação faça, enquanto ainda há tempo, um esforçosinho para pagar uma passagem, só de ida, para a Palestina, para esse tipo de pessoa (especialistas em guerrilha), pois suas ausências trazem maior benefício para o povo brasileiro do que suas nefastas presenças.

Quem sabe lá na Palestina essa senhora, e seus comparsas, consigam enganar mais pessoas do que eles acreditam que enganam aqui no Brasil...além do que, com armas na mão, como em 64, esse povo mostra quem realmente é: homicida de inocentes!!!

Thiago disse...

Irmão Júlio e demais Irmãos Conservadores,


Uma mentira repetida por várias vezes, em todos espaços do saber e da cultura ACABA SE TORNANDO "REALIDADE".

Percebam que nosso mundo acadêmico passa ANOS A FIO DOUTRINANDO GERAÇÃO APÓS GERAÇÃO, defendendo o O MARXISMO CULTURAL E POLÍTICO. TODOS AQUI DEVEM SABER QUE A USP (e 95% das universidades de PINDORAMA) É UM EXEMPLO CLÁSSICO DISSO.

Assim como o Islã doutrina os jovens desde cedo na sua doutrina radical, nossas instituições de ensino PREGAM DOUTRINAS POLÍTICO-FILOSÓFICO/RELIGIOSAS, NADA CIENTÍFICAS COMO SE FOSSEM VERDADES ABSOLUTAS, E DÃO A ENTENDER QUE NÃO HÁ CONTESTAÇÃO PARA AS MESMAS. Que raio de abordagem científica é essa onde não há contestação, onde não há um VERDADEIRO DEBATE HONESTO de idéias?

Julião, meu querido amigo, foi nesse ambiente que se formaram muitos dos assessores do General Ernesto Geisel e dos Sacerdotes dessa Igreja APÓSTATA. O que podermos esperar de uma pessoa CABEÇA OCA? E, sendo justo, nem foi por culpa direta dela, esse indivíduo só estava inserido em um contexto social maior.

Mas vamos "quebrar a cabeça":

É inteligente um governo como o Militar trair seus próprios interesses apoiando a OLP ou o Marxismo Cultural (Osvaldo, que comentário bonito, valeu!)? CLARO QUE NÃO! Se eles cometeram esse grave erro (não foi só no Brasil que isso ocorreu, como o Júlio afirma, mas também nos EUA) só podiam estar "enfeitiçados" pela cultura esquerdista. A mesma coisa vale para os Sacerdotes que traem AS SANTÍSSIMAS ESCRITURAS ao adotar a cartilha MARXISTA.

Galerinha, a guerra cultural, seja via universidades ou via Hollywood não é uma guerra HONESTA. Essa corja propaga suas INIQUIDADES através de sutilezas, de pequenas alterações de textos, perfil psicológico de personagens, de coerção coletiva, e o DIABO A QUATRO. (resumindo, eles utilizam suas obras para chamar o bem de mal, o as utilizam para afirmar que o quê é mal é bom). Só lembrando a citação Bíblica que, se eu não estou enganado foi o Presbítero Valdomiro ou o Irmão Eliel que outro dia nos lembou:

“Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo!
Ai dos que são sábios a seus próprios olhos, e prudentes diante de si mesmos!”

Isaías 5:20-21

Os conservadores zelam e valorizam a HONESTIDADE, A TRANSPARÊNCIA E SINCERIDADE; coisa muito démodé/careta para um comuno-progressita. Para os ESQUEDOPATAS os FINS JUSTIFICAM OS MEIOS. TUDO EM NOME DA REVOLUÇÃO DO SATANISTA CONFESSO CHAMADO KARL MARX (o marxismo não passa de uma doutrina gnóstica que nasceu nos círculos secretos da Maçonaria Francesa).

OBS: aqui vai um recado para os cristãos comuno-progressistas, os tais moderninhos intelectualóides:

Ousam o que AS SANTÍSSIMAS ESCRITURAS NOS ENSINAM:

"Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens."

Mateus 5:13-14

Sugestão de Louvor
Renascer Praise 7 - Pacto de Amor
https://www.youtube.com/watch?v=uwLz4qTb_YY

Thiago disse...

Pessoal, só vou fazer mais uma observação:

Olha que textos maravilhosos aqui do Mídia Sem Máscara:

Do Olavo de Carvalho:
http://www.midiasemmascara.org/artigos/movimento-revolucionario/15371-o-ovo-e-o-pinto.html

do Fábio Blanco:
http://www.midiasemmascara.org/artigos/movimento-revolucionario/15372-2014-08-05-04-29-14.html

ÉLQUISSON disse...

Thiago,

Na minha época de estudante de faculdade (sou formado em Administração de Empresas), lembro que teve um semestre onde estudamos Sociologia. Eu simplesmente odiava esta matéria (estudava somente para ser aprovado), porque ela é toda recheada de conteúdo esquerdista. E a nossa professora, além de Marx, "endeusava" muitos marxistas–comunistas–socialistas–esquerdistas: Lênin, Stálin, Che Guevara, Fidel Castro (e outros). Para ela, "somente o socialismo é capaz de criar uma sociedade justa, sem oprimidos nem opressores" (este é o jargão preferido dos esquerdistas). Sem contar que a maior parte do pessoal do DA (Diretório Acadêmico) era tudo simpatizante da UJS (União da Juventude Socialista).

Eu, graças a Deus, nunca me deixei influenciar por nenhuma destas ideologias diabólicas (tive mais inimigos do que amigos por sempre estar combatendo os argumentos dos esquerdistas).

Infelizmente, a verdade é que toda a educação brasileira está totalmente contaminada pelo esquerdismo. Da escola primária à universidade, todos já saem educados com a mentalidade socialista de que é o governo que tem que atender às necessidades de todos (ou melhor, que o governo deve substituir Deus em todas as áreas da vida humana).

Se fosse possível reformular a educação no Brasil de modo geral (e também as grades curriculares de todos os níveis de ensino), o conhecimento da Palavra de Deus deveria ser incluído como matéria obrigatória. Deveria também recolocar o ensino de Educação Moral e Cívica, Etiqueta, Boas Maneiras, Civilidade, e Patriotismo. E só poderia ser professor quem fosse um verdadeiro cristão temente e obediente a Deus (e à Sua Palavra). E, principalmente, deveria ser definitivamente banido todo e qualquer conteúdo marxista–comunista–socialista–esquerdista.

Será que, algum dia, este sonho vai se tornar realidade?

Se você (ou alguém daqui) quiser se manifestar, esteja à vontade.

Wilton disse...

"... somente o socialismo é capaz de criar uma sociedade justa, sem oprimidos nem opressores..."

Élquisson, certamente essa sua professora de Sociologia (que, pelo visto, é uma esquerdista de carteirinha) nunca disse a verdade sobre o que realmente aconteceu com a população dos países governados por socialistas.

Caso ela não esteja lembrada, eis aqui alguns dos frutos produzidos pelo "maravilhoso" socialismo que ela faz tanta questão de defender:

– China (governada por Mao Tsé–Tung): 77 milhões de mortos;

– União Soviética (governada por Stálin): 43 milhões de mortos;

– Alemanha (governada por Hitler): 21 milhões de mortos;

– Camboja (governado por Pol Pot): 2 milhões de mortos;

– Cuba (governada por Fidel Castro): 100 mil mortos.

Isso é só o que se sabe oficialmente (fora outros casos que nunca foram divulgados)!

Eu pergunto: é assim que o socialismo (que já matou mais de 100 milhões de pessoas) quer criar uma sociedade justa?

Thiago disse...

Irmãos em Cristo Elquisson e Wilton,

Eu já tive minha fase de esquerdismo, e posso afirmar que foi o próprio Senhor Jesus que arrancou esse véu das minhas vistas. No meu tempo de ESQUEDOPATA, adorava a sociologia, minha matéria preferida... hoje é fácil usar todo esse conhecimento me ajuda para desmontar o esquerdismo. Posso dizer pra vocês que o tempo que eu passei na universidade eu li de tudo que é autor de esquerda, mas nunca ninguém colocou como bibliografia obrigatória um livro como "O Livro Negro do Comunismo"

http://sumateologica.files.wordpress.com/2009/09/o-livro-negro-do-comunismo-crimes-terror-e-repressao.pdf

Irmão Elquissón, você escreve muito bem, não é como o jumento (eu) relaxado aqui, que odeia revisar textos. Desde já dou um GLÓRIA A DEUS por você não ter se desviado dos caminhos do Senhor durante seus anos de universidade. Concordo 1000% com tudo que você escreveu.

Irmão Wilton, se eu conhecesse alguém com sua sabedoria, teria "caído do cavalo" durante os meus tempos de estudo. Depois que eu me converti... comecei a notar a grande contradição que há entre as bandeiras do esquerdismo e as ordenanças do evangelho (na verdade, Deus começou a Agir)... pesquisando, acabei lendo Júlio Severo e prof. Olavo de Carvalho... descobri esses números que vc apresenta no comentário... fiquei chocado... principalmente por não ter sido alertado por nenhum professor universitário sobre esses fatos. RESUMINDO, OS ESQUERDOPATAS APONTAM O DEFEITO DOS OUTROS E SENTAM EM CIMA DO PRÓPRIO "derrière" ...kkk...

Que Deus, através de pessoas de boa vontade, continue abrindo os olhos da cristandade.

A Paz do Senhor Jesus.

Sugestão de Louvor
Renascer Praise 16 - Andando Sobre as Águas
https://www.youtube.com/watch?v=XWKJDu51dWw

Marcelo disse...

Os líderes políticos-religiosos, vez por outra, fazem coisas desse gênero, como fez o General Geisel. Há líderes religiosos, por exemplo, que, baseando-se nas próprias Escrituras Sagradas, apoiam o ABORTO e possuem seguidores (pode?).

Todavia, nem sempre os líderes políticos necessariamente acreditam naquilo que fazem ou deixam de fazer, ainda mais quando o regime pelo qual governam não é o totalitarismo (a exemplo de Stalin, Hitler, Mussolini, Mao, Fidel, etc).

Muitas vezes, um governante é pressionado por uma força maior, de sorte que, no caso em pauta, quem me garante que os próprios EUA não determinaram tal medida?

Até porque, segundo consta, foram os próprios EUA que determinaram, carinhosamente (como lhes é peculiar), que os militares assumissem o poder naquela ocasião.

Ainda que o governo militar tenha índices de prosperidade econômica imbatíveis, não ponho minha mão no fogo por absolutamente ninguém, nem mesmo pelo Gen Geisel, pois ele é um homem, sujeito às paixões...

Todavia, somente pelo fato do governo militar nos ter livrado do comunismo, já é motivo suficiente para darmos muitas graças a DEUS, pois é historicamente notório que os comunistas alimentam esses conflitos regionais e se aproveitam deles, não dando a mínima para a vida dos inocentes que lá vivem.

Eu louvo a Deus por ter nos livrado do totalitarismo comunista e por ter trabalhado no coração dos Generais para que eles próprios não transformassem este país numa URSS, até porque os militares, com muito equilíbrio, se revezaram no poder, fugindo, portanto, com muita propriedade, do espírito do totalitarismo.

Duílio disse...

Socialismo é sinônimo de satanismo, que, por sua vez, é sinônimo de morte. Afinal, qual é mesmo a especialidade do diabo? Deixemos que o Senhor Jesus, em Sua Palavra, dê a resposta para esta pergunta:

"O ladrão (que é o diabo) não vem senão somente para roubar, matar, e destruir. Eu (Jesus) vim para que todos tenham vida, e a tenham em abundância" (João 10:10, os parênteses são meus)

Considerando os números que o Wilton apresentou no comentário dele, alguém daqui ainda tem mais alguma dúvida quanto a isso?

Thiago disse...

Irmão Marcelo,

As igrejas não existem isoladas da sociedade. Elas e suas hierarquias eclesiásticas são de "carne e osso" e estão mergulhadas nesse caldeirão cultural pós-moderno. Por isso tantas opiniões contraditórias, como o apoio ao aborto ou ao esquerdismo, declarado por algumas igrejas. Pode ter certeza que muitos cristãos, zelosos conservadores estão dentro desses ministérios e estão lá não por causa da liderança, mas sim porque aquela igreja ainda prega o SAGRADO EVANGELHO. Mas existe um porém, uma igreja é diferente de um partido político. É natural a crítica política a partidos políticos e seus posicionamentos, aliás, essa é a base do sistema democrático.

PORÉM DEVEMOS TER MUITO CUIDADO AO CRITICAR UMA IGREJA CRISTÃ.

A Igreja é algo infinitamente superior, espiritual. Procuro não atacar igrejas, só as posições erradas (fora da Palavra) de suas lideranças, pois o Senhor Jesus Cristo morreu sofrendo numa cruz por cada alma sentada no banco, resgatada do mundo através aquele ministério. Se a liderança errar, terá de prestar contas a Deus. E os Cristãos nesses ministérios também tem a Bíblia, cabe a eles obedecer A BÍBLIA, quando sua liderança se posicionar de forma contrária ao Evangelho.
(eu não quero ser responsável pelo desvio ou enfraquecimento espiritual de um irmão em Cristo... quem gosta disso é o Satã e seus demônios). Então, por amor aos nossos irmãos em Cristo, penso que temos que “exortar” com muito cuidado, com muito “carinho”, cada alma, cada pessoa é preciosíssima para o Senhor Jesus Cristo.

eu achei interessante esse texto, sobre o pós-modernismo, nosso "saber contemporâneo":
http://omarxismocultural.blogspot.com.br/2014/01/desconstrucionismo-o-culto-de-hermes.html

Um abraço e a Paz do Senhor

Sugestão de Louvor
The Clark Sisters - You Brought The Sunshine
https://www.youtube.com/watch?v=kNC1qP4D8JA

marcelo disse...

Benjamim Franklin disse: "Onde mora a liberdade, lá é a minha pátria". E Albert Einstein acrescentou: "A vida é muito perigosa. Não pelas pessoas que fazem o mal, mas por aquelas que ficam sentadas vendo isso acontecer".

O governo militar no Brasil, mesmo com todos os erros que possivelmente tenha cometido, ainda assim, graças a Deus, tomou uma atitude, frente à tirania e à insanidade que representa a ideologia, fracassada, do comunismo.

Já os comandantes militares de hoje dobraram os joelhos e se calaram diante dessa aberração que vivemos (criminosos tomando conta do governo), apesar de algumas ações sistemáticas que, claramente, afetam a própria soberania nacional, tal como a demarcação das terras indígenas.

Quais desses comandantes militares são os piores para o povo brasileiro, os de ontem, que, mal ou bem, sob pressão ou não, fizeram alguma coisa para nos defender desse mal, ou os de hoje, que parecem viver fora desta realidade cruel que se instalou nesta nação?

Marcelo disse...

Caro Tiago,

Agradeço imensamente seus conselhos, porém, usando do que ainda nos resta de liberdade de expressão, gostaria de dizer-lhe que, salvo erro, na minha fala não me referi a esta ou àquela IGREJA CRISTÃ.

Minhas críticas se limitaram a determinados LÍDERES RELIGIOSOS que se dizem cristãos e apoiam, por exemplo, o aborto, obtendo, nisso, seguidores.

Se você está enquadrado nessa relação de líderes que assim o fazem (ou seja defendem o aborto), sinto muito, mas minha crítica atingiu-lhe em cheio, pois uma atitude satânica como essa nada tem a ver com o cristianismo.

Outrossim, se uma instituição religiosa qualquer assumir publicamente que essa é a sua postura oficial, ou a sua doutrina ministerial, então, meu caro, essa igreja, de uma forma geral, enquadrar-se-á na minha pessoal qualificação.

Por essas e por outras, é que eu procuro sempre seguir as Palavras do único pastor, Jesus Cristo, e não basear minha fé em NINGUÉM.

O que passar das Escrituras (seja moderno ou pós-moderno), meu caro, tem procedência maligna, inclusive a minha própria fala, se eu disser algo que contrarie a Palavra de Deus.

Thiago disse...

eu sei Marcelo... só usei como gancho pra expor esse meu pensamento.

É que no meio conservador há muito sectarismo e acredito às vezes isso só prejudica.

Eu apoiar o aborto? Jamais! CLARO QUE NÃO. ...kkk... eu defendi as ovelhinhas que estão nesses ministérios APÓSTATAS... só isso.


Thiago disse...

Marcelo, eu sei que você não criticou nenhuma igreja específica.
E quando eu falei:

PORÉM DEVEMOS TER MUITO CUIDADO AO CRITICAR UMA IGREJA CRISTÃ.

Não foi no sentido do "politicamente correto"... foi em um sentido espiritual... entende? Pra não enfraquecer a fé dos irmãos?

Olha, eu sou conservador, ODEIO O ABORTO. ODEIO O LIBERALISMO TEOLÓGICO... mas essa PRAGA infelizmente está contaminando muitas Igrejas. E pra explicar esse fenômeno expus a questão do pós-modernismo... NÂO escrevi aquilo no sentido de justificação/ "passar a mão na cabeça" do erro... mas SIM no sentido de que é necessário conhecermos nosso INIMIGO PÓS-MODERNO-SATÂNICO...

Me desculpe se eu não deixei muito claro... e obrigado por me responder... um abraço,

A PAZ IRMÃO

Marcelo disse...

Amém!!!
Deus te abençoe, caro irmão Tiago.

ELISEU disse...

"... é necessário conhecermos nosso INIMIGO PÓS–MODERNO SATÂNICO... "

Thiago, você tocou num ponto crucial: conhecer o nosso inimigo. Se soubermos como ele nos ataca, é evidente que saberemos como nos defender.

No livro "A arte da guerra" (do general chinês Sun Tzu), podemos extrair algumas idéias valiosas para enfrentarmos os ataques do diabo e de seus escravos (inclusive os políticos esquerdistas). A primeira lição importante é esta aqui:

"Conheça o seu inimigo, mas também conheça a si mesmo; em 100 batalhas, você nunca correrá perigo. Se você apenas conhece o seu inimigo, mas não conhece a si mesmo, suas chances de vitória ou derrota são iguais. Se você não conhece o seu inimigo e nem conhece a si mesmo, correrá grandes perigos em cada batalha"

Adaptando esta lição para a vida prática, perguntaríamos: quem é meu inimigo? Será que eu o conheço bem? Quais os seus pontos fortes? Quais os seus pontos fracos? Será que eu me conheço? Estou preparado para enfrentar meu inimigo? Quais meus pontos fortes? Quais os meus pontos fracos?

É assim que todo verdadeiro cristão deveria, humildemente, se auto–avaliar antes de enfrentar o diabo e seus escravos! Quantos, nos dias de hoje, agem assim? Afinal, não foi sem razão que o apóstolo Paulo disse:

"Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para vos manterdes firmes contra as astutas ciladas do diabo; porque temos uma luta que não é contra a carne e o sangue, mas contra os principados, as potestades, os príncipes das trevas deste século, e as hostes espirituais da maldade nos lugares celestiais" (Efésios 6:11–12)

A segunda lição é esta aqui:

"A guerra é uma questão de vital importância: é o palco da vida ou da morte, a estrada para a sobrevivência ou para a ruína. É imperativo que seja estudada em detalhes"

Esta lição é praticamente uma repetição da anterior. Sabemos que a luta contra o pecado não é uma tarefa nada fácil (principalmente nos dias de hoje). Como bem diz o autor, "é imperativo que seja estudada em detalhes". Não se vai para uma guerra sem saber como proceder nas mais diversas situações. Sem um preparo adequado, a possibilidade de derrota é praticamente certa.

Adaptando esta lição para a vida prática, o que vemos é que o povo não está devidamente preparado (em termos de conscientização política) para derrotar os políticos corruptos (e muitos têm sido facilmente enganados pelas promessas mentirosas de muitos desses mesmos políticos).

Não é exatamente isto (este preparo) que está faltando para o povo hoje?

Thiago disse...

Irmão Eliseu,

A Paz do Senhor,

Que Deus continue te abençoando e dando entendimento sobre esses nossos dias tenebrosos (tem um livro antigo muito bom, chamado "Esse Mundo Tenebroso").

Irmão, a Guerra é Cultural. O Diabo quer "quebrar nossas pernas", implantar dúvida no nosso coração, nos colocar contra outros irmãos, e assim por diante.

Você pensa que o Diabo vai se voltar contra si mesmo? O "povo do mundo" vai criticar a si mesmo? JAMAIS! Só pra te dar um exemplo, o que tem de gente madura se dizendo à favor das drogas não está pra brincadeira. Agora; vivem caçando escândalos no evangelho, até nós mesmos... o que tem de site evangélico especializado em fofocas, meu amigo!

Independente de um escândalo ser real ou não, você nunca percebeu o ódio, a ira, o rancor que sai da boca das pessoas críticas? Repara bem, nenhum tema causa mais ódio no "povo do mundo" do que falar em igrejas hoje em dia. Por que eles não se manifestam com o mesmo ódio em relação ao mensalão, ao tráfico de drogas, aos black blocs, a promiscuidade na tv, e tantos outros temas? RESPOSTA: HÁ ALGO DE ESPIRITUAL NO NEGÓCIO (!!!).

Irmão, porque você acha que eu sempre apresento um louvor ou uma lista de sites conservadores? Por que eu sempre digo nos meus comentário que devemos ORAR E LER A PALAVRA TODOS OS DIAS? Por que eu já disse aqui que nós não podemos nos afastar da Igreja, não podemos deixar de ir aos cultos e fazer de tudo pra tomar a SANTA CEIA (ou seja, estar em comunhão com Deus)? Por que a GUERRA É ESPIRITUAL E CULTURAL.

O Povo de Deus, quando senta na frente da tv, ou abre um jornal, ou vai ao cinema, ou vai a universidade está COMENDO UMA ALIMENTO PARA ALMA. Se esse alimento está estragado ou não, vai depender dos valores ali defendidos/divulgados. Pode até ser que aquilo nem seja alimento, mas sim o mais mortífero veneno pro espírito; quer um exemplo? Existe ou não um cultura jovem SATANISTA desde os anos 60/70?

Eu acho, por exemplo, os TELEVANGELISTAS um bastião cristão, e da moral conservadora, em meio ao mundanismo, pois estamos no século XXI, as pessoas passam a maior parte do tempo vendo tv ou na internet. Acho muito legal quando uma igreja divulga na tv o Evangelho. A "Nossa TV" do Missionário R.R.Soares é um exemplo de como podemos tirar o que não presta, e colocar só canais que tenham uma postura mais conservadora (bem que o Missionário poderia colocar os canais das outras igrejas, assim todos os conservadores poderiam migrar para a "Nossa TV").

Se os pastores e padres se conscientizarem disso, ensinarão suas ovelhas a não colocar coisa imunda diante dos olhos. Olha irmão, a nossa salvação e da nossa família é importante demais para que sejamos relaxados com isso.

Eu fico alegre em ofertar e dizimar. Eu amo fazer isso. Saber que a porta da igreja está aberta porque eu ajudei, que a tv está no ar porque eu ajudei. Um tijolinho não muda nada, mas, muitos tijolos formam uma muralha. E essa muralha tem de existir, pra nos defender de tudo que o mundo tem de ruim.

A minha parte eu faço, de resto, costumo dizer: DEIXA DEUS JULGAR.

OBS: resumindo: vamos tomar cuidado com o que vemos na tv, na internet, com o que lemos, com os lugares que freqüentamos, com o que ouvirmos, etc...

Sugestão de Louvor
Renascer Praise 6 - Promessa
https://www.youtube.com/watch?v=RAEzOQtaboc

Anônimo disse...

Eu assino embaixo de tudo o que o Thiago respondeu ao Eliseu! Comentário perfeito!

Marcelo disse...

Estamos nitidamente caminhando para o Governo Mundial.

Veja o que disse o Sr Jorge Serrão sobre algo atual, mas que parece demonstrar nossa cultura entreguista, pois, a começar pelas nossas autoridades, nunca passamos de papagaios e marionetes dos donos do mundo (um país que não tem personalidade e é extremamente corrupto em todas as áreas): "Prevendo o alto risco de pizza na CPMI da Petrobras no Congresso, investidores brasileiros e estrangeiros da petrolífera resolveram apelar a uma outra “CPI” – realmente independente para receber denúncias e julgar com isenção técnica uma longa lista de escândalos com repercussão transnacional. Cansados de prejuízos, os acionistas minoritários vão recorrer à Corte Internacional Penal (CPI) – também conhecida como Tribunal Penal Internacional (TPI) -, sediada em Haia, na Holanda, partindo de provas obtidas pela Operação Lava Jato: lavagem de dinheiro obtido com contratos ilícitos que geraram prejuízos à empresa e a seus acionistas. Ação semelhante pode ser demandada na Corte de Nova York. Tais ações apavoram a petralhada...".

Paulo Teixeira disse...

Julio, a paz.
Esse artigo me surpreendeu e me deixou boquiaberto.