20 de julho de 2014

Silas Malafaia acusa PT de usar a Receita Federal para persegui-lo


Silas Malafaia acusa PT de usar a Receita Federal para persegui-lo

Ele fez alertas sobre a tentativa frustrada do governo de tentar desmoralizá-lo usando a Receita Federal

Leiliane Roberta Lopes
Comentário de Julio Severo: A denúncia do Pr. Silas Malafaia é grave: a piranha do imposto de renda está sendo usada para investigá-lo e atrapalhar sua vida e ministério. Chamo de piranha porque essa criatura peçonhenta rouba do brasileiro muito mais do que o próprio Tiradentes aceitaria. Na sua época, Tiradentes se rebelou contra uma carga governamental de 20 por cento de impostos — chamado o “quinto.” Hoje, são dois “quintos” do inferno — 40 por cento. O que o PT está fazendo com Malafaia não é exclusividade da esquerda do Brasil. Há nos EUA denúncias se arrastando há anos do governo de Obama, conforme reportagem da revista Veja, semelhantemente “investigando” e atrapalhando a vida de organizações pró-vida. É evidente então que a esquerda usa a máquina governamental, e seu colossal acesso a dados particulares, para intimidar conservadores. No meu caso, desde que expus as ligações e declarações públicas de Ariovaldo Ramos em prol do marxismo, tenho sofrido ameaças covardes, especialmente de calvinistas esquerdistas, dizendo que têm todos os meus dados e da minha família e que, se eu não parar de denunciar o marxismo de Ariovaldo, vão distribuir pela internet informações privilegiadas, inclusive números de documentos e passaportes, colocando diretamente em risco a mim e minha família. Um dos intimidadores calvinistas é filho de um general. Quando o Rev. Alberto Thieme, um adorável pastor presbiteriana conservador já idoso, contatou o filho do general para que cessasse seu comportamento baixo, a resposta a ele foi semelhante: “já temos todos os seus dados.” Como é fácil obter dados pessoais e documentais quando você é evangélico esquerdista e amigo do PT! Não por acaso, uma das muitas pontes entre esses intimidadores e a máquina do governo do PT é um teólogo presbiteriano — um promotor da Teologia da Missão Integral — que trabalha para Gilberto Carvalho, o homem forte (outros diriam “mafioso”) do PT. Para entender o poder de ameaça deles, leia o texto do subtítulo “Como se tornar alvo do Estado esquerdista e seus adeptos cristãos” do seguinte artigo: A sombra “evangélica” da sombra “católica” na Presidência da República: Alexandre Brasil e Gilberto Carvalho
Então, Malafaia está sob ameaça do PT, e eu, que sou muito menor que ele, estou sob ameaça dos principais parceiros evangélicos do PT: a ala da Teologia da Missão Integral.
Agora, a reportagem do GospelPrime sobre a perseguição que Malafaia está sofrendo da máquina do PT. Tomara que com isso ele tenha aprendido a lição por ter dado um apoio estúpido e nojento ao PT anos atrás:
O pastor Silas Malafaia fez uma denúncia contra o governo do PT em seu programa “Vitória em Cristo” deste sábado (19). Com o objetivo de mostrar que está sendo vítima de perseguição política e religiosa, o pastor presidente da Associação Vitória em Cristo (AVEC) e da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) mostrou documentos de processos movidos para investigar essas instituições.
Segundo Malafaia depois da manifestação pacífica que ele liderou em Brasília em junho do ano passado, a Receita Federal passou a mandar intimações solicitando centenas de documentos para investigar tanto a AVEC como a ADVEC.

Antes mesmo de encerrar a primeira investigação outras duas se iniciaram solicitando os mesmos documentos com o intuito de encontrar algo que pudesse desabonar a administração do pastor Silas Malafaia que está à frente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo desde 2010, depois que o seu sogro, o pastor José Santos, faleceu.
A denúncia do pastor é que o atual governo do Brasil está usando um órgão importante como a Receita Federal e a Polícia Federal para benefício próprio. Malafaia lembrou que no ano passado o vice-diretor de fiscalização da Receita Federal pediu demissão por não concordar com esta interferência do Estado no órgão público.
“Essas duas instituições, elas não podem estar a reboque de governo nenhum. Elas são importantíssimas para o Estado Democrático de Direito”, afirmou o pastor que não estava reclamando do processo que foi aberto, mas sim sobre os motivos que os levaram a isso.
“Querem me investigar, me investiguem”, disse ele deixando claro que não tem medo de mostrar a igreja e nem a instituição que preside.
“Vou dar uma sugestão ao governo do PT: Por que não manda investigar o filho do Lula que era um pobre rapaz quando o pai dele passou a ser presidente e hoje é um milionário”, disse.
Disse também que o governo age com cinismo e mais: “Povo brasileiro, esses caras querem transformar isso aqui em uma Venezuela e uma Cuba”.
Fonte: GospelPrime
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:

24 comentários :

Thiago disse...

Irmãos Cristãos,

Eu sei que nem todos simpatizam com os pentecostais e neopentecostais... muito menos com os televangelistas. Eu, pessoalmente sou neopentecostal IMPD... não faço questão de aprovação, e respeito outas denominações e ramos do cristianismo. Mas digo aos que não gostam desses pregadores: Reflitam 10 vezes antes de se voltarem contra eles... quantos setores da sociedade civil estão de pé diante da dominação petista? Não se esqueçam que esse partido conseguiu "calar a boca" do homem mais querido dessa nação, chamado SILVIO SANTOS... Não se lembram do caso da Rachel Sherazade? Os católicos conservadores estão "amordaçados" na mão da CNBB... Tenho visto muitos conservadores DETONANDO esses pregadores... depois não venham reclamar se esse partido e seu esquerdismo venha a SUFOCAR ainda mais os setores conservadores da sociedade brasileira.

Uma das coisas que a esquerda mais gosta de provocar é a divisão... conservadores versus conservadores... dividir pra conquistar... se temos um inimigo em comum pra quê nos atacarmos... isso sem falar que nessas igrejas (com hierarquia corrompida ou não) - existem muitos cristãos sinceros, que constantemente tem sua fé abalada por ataques de outros cristãos conservadores... agora, vai ver se existe algum comunista contra aborto ou casamento gay ou o bolivarianismo ou feminismo? Vai ver se eles divergem tanto assim entre si... QUE NADA! ELES SÓ DIVERGEM EM RELAÇÃO A INTENSIDADE/VELOCIDADE DA REVOLUÇÃO/MUDANÇA DESEJADA!

A Paz do Senhor Jesus.

Sugestão de Louvor
Eyshila e Marquinhos Gomes - Confiança
https://www.youtube.com/watch?v=1HI-P98Db3o

Thiago disse...

Correção...

Irmãos Cristãos,

Eu sei que nem todos simpatizam com os pentecostais e neopentecostais... muito menos com os televangelistas. Eu, pessoalmente sou neopentecostal IMPD... não faço questão de aprovação, e respeito outras denominações e ramos do cristianismo. Mas digo aos que não gostam desses pregadores: Reflitam 10 vezes antes de se voltarem contra eles... quantos setores da sociedade civil estão de pé diante da dominação petista? Não se esqueçam que esse partido conseguiu "calar a boca" do homem mais querido dessa nação, chamado SILVIO SANTOS... Não se lembram do caso da Rachel Sherazade? Os católicos conservadores estão "amordaçados" na mão da CNBB... Tenho visto muitos conservadores DETONANDO esses pregadores... depois não venham reclamar se esse partido e seu esquerdismo venha a SUFOCAR ainda mais os setores conservadores da sociedade brasileira.

Uma das coisas que a esquerda mais gosta de provocar é a divisão... conservadores versus conservadores... dividir pra conquistar... se temos um inimigo em comum pra quê nos atacarmos... isso sem falar que nessas igrejas (com hierarquia corrompida ou não) - existem muitos cristãos sinceros, que constantemente tem sua fé abalada por ataques de outros cristãos conservadores... agora, vai ver se existe algum comunista contra aborto ou casamento gay ou o bolivarianismo ou feminismo? Vai ver se eles divergem tanto assim entre si... QUE NADA! ELES SÓ DIVERGEM EM RELAÇÃO A INTENSIDADE/VELOCIDADE DA REVOLUÇÃO/MUDANÇA DESEJADA!

A Paz do Senhor Jesus.

Sugestão de Louvor
Eyshila e Marquinhos Gomes - Confiança
https://www.youtube.com/watch?v=1HI-P98Db3o

Maurício disse...

Malafaia é um idiota. Ele apanha, apanha, apanha do PT, mas vez por outra sai com uma conversa fiada no programa dele defendendo essa bandidagem. Palhaço!

Guto disse...

Não quero ser grosseiro no que eu vou dizer aqui (talvez o Júlio nem publique). Mas, sinceramente, eu não sinto a mínima compaixão pelo pastor Silas Malafaia. Quem mandou ele apoiar Lula e Dilma (e outros políticos esquerdistas)? Tem mais é que se ferrar mesmo (pra deixar de ser burro)! Quem fica alisando uma cobra, um dia vai ser mordido por ela!

Para que ninguém daqui não tenha nenhuma dúvida do que ele próprio disse textualmente sobre isso (o apoio aos políticos do PT e de outros partidos de esquerda) , aqui estão as provas:

http://juliosevero.blogspot.com.br/2012/02/silas-malafaia-e-seu-apoio-fhc-lula-e.html


http://www.verdadegospel.com/pt-estuda-confronto-com-os-evangelicos-pr-silas-comenta/

E agora, será que ele vai ter a cara–de–pau de negar tudo isso?

Thiago disse...

Irmão Guto,

Vamos analisar...

concordo contigo que o Silas Malafaia tomou decisões erradas ao apoiar o PT em episódios anteriores...

Mas veja só o contexto social atual...

Cristãos Conservadores - quem apóia?
Televangelistas, o núcleo familiar das famílias conservadoras, as igrejas conservadoras, setores da igreja católica tradicionalistas, a fé na Bíblia, hinos... quem mais? se você puder me indicar me diga...

versus

"O Povo do Mundo"/os valores da PÓS-MODERNIDADE - quem apóia?
As escolas (MEC) e universidades (coerção ateísta e marxista), os formadores de opinião (Jornais, revistas,TV-Globo-, cinema-Hollywood-, internet -perversões, questionamentos, escárnio...-, músicas - rock satânico , funk pornográfico-, etc...), pressão da ideologia dominante nos mais diversos níveis sociais (os amiguinhos da escola, colegas de trabalho, etc..), igrejas liberais, o setor da teologia da libertação na ICAR - CNBB, religiões paganistas e a ideologia da Nova Era, darwinismo, marxismo, Nietzsche... se você puder me indicar mais me diga...

E aí? Tá fácil para os conservadores meu irmão?

É justo detonar ainda mais os pilares que sustentam os conservadores na atualidade?

Sugestão de Louvor
vou repetir essa:
Diana Ross - Amazing Grace
https://www.youtube.com/watch?v=0JnpBu8CDos

Fidélis disse...

Teve uma vez que o próprio Silas Malafaia disse, no seu programa, que não se deve apoiar nenhum candidato que promova (ou defenda) aborto, casamento gay, e outras coisas contra a Palavra de Deus.

Discurso bonitinho na teoria, não é isso mesmo?

Vejamos este mesmo discurso na prática: em 2005, ele deu apoio à candidatura do então senador Sérgio Cabral para o governo do Rio de Janeiro. Para quem não se lembra, Sérgio Cabral foi o autor de uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) sobre casamento gay!

E agora?

Quer dizer, então, que o discurso muda conforme a época?

Bem disse o profeta Jeremias:

"Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" (Jeremias 17:9)

A mesma coisa é dita pelo apóstolo Paulo:

"Seja Deus verdadeiro e todo homem mentiroso" (Romanos 3:4)

Alguém ainda se arrisca a por a mão no fogo pelo pastor Silas Malafaia? Eu é que não ponho!

Flávio disse...

Malafaia é um pregador do evangelho sem dúvidas. Mas como Deus disse, tudo que o homem planta ele colhe (Galátas 6:7) e Malafaia sabe disso muito bem pois vive dizendo isso quando pede oferta! Ele apoiou esquerdistas, agora esta ceifando o que semeou.

marcelo disse...

Eu sou completamente a favor do comunismo, desde que ele comece pelas vidas e riquezas dos guerrilheiros que estão no poder e de suas famílias ascendentes e descendestes, além dos laranjas (que eles largamente utilizam para camuflar os impérios do mal e da mentira que eles já se estabeleceram nesta nação) e dos megaempresários (que os sustentam no poder em troca de vantagens nas licitações públicas).
Ou seja, possivelmente todos os cidadãos desejariam ser comunistas se os políticos guerrilheiros tomassem, cada qual, as seguintes providencias:
1 – Entregar gentilmente, aos cofres públicos, tudo aquilo que eles e seus familiares vêm acumulando ao longo desses anos (de muita corrupção noticiada pela imprensa), tudo para o bem comum e para promover justiça social, iniciando por eles próprios, pois o exemplo deve vir de cima;
2 - Deixar os imóveis luxuosos que moram para residir nas péssimas casas populares que eles se orgulham de entregar aos seus eleitores, dizendo que estão promovendo justiça social;
3 - Deixar de frequentar hospitais luxuosos e passar a adotar o SUS como seus planos particulares de saúde, enfrentando, como todos, as filas e a extrema carência de mais essa falácia;
4 - Deixar de matricular seus filhos, sobrinhos e netos em escolas riquíssimas, transferindo-os para as escolas do governo, que eles tanto se orgulham de empurrar goela abaixo dos pobres e miseráveis;
5 - Passar a utilizar a segurança pública, comum a todos os cidadãos, para se defenderem dos criminosos que eles tanto lutam para soltar dos presídios, ou para satisfazer seus prazeres carnais e sexuais, expondo os cidadãos de bem a um perigo terrível, justamente aqueles que pagam dignamente os impostos para manter essa corja no poder;
6 – Deixar de massacrar as Polícias Militares e as Forças Armadas, as quais são responsáveis por nos defender do tráfico internacional de drogas (que tomou conta das ruas das nossas cidades), além de outras ameaças contra nossa soberania, como, por exemplo, a demarcação de terras indígenas;
7 – Parar de atacar a moral judaico-cristã, com uma clara perspectiva futura de perseguição aberta às diversas denominações cristãs, até com fechamento de igrejas que não coadunem com suas teorias diabólicas (como o hedonismo) ;
8 – Atrelar os salários do funcionalismo público ao salário mínimo, para que cada qual não legisle em causa própria;
9 – Reduzir a maioridade penal, adotando o sistema penal da maioria dos Estados Norte-americanos e da China, com pena de morte para crimes hediondos, tráfico de drogas e, principalmente, para corrupção governamental, mesmo as praticadas por aqueles que já foram condenados anteriormente (como criminosos como Dirceu, Genoíno, etc).

Élder disse...

Marcelo,

Suas sugestões são excelentes. Se tudo isto que você propôs fosse seguido à risca, com certeza o país estaria numa situação bem melhor do que hoje.

Eu faria uma “adaptação” dessas suas sugestões para algumas igrejas (e também para alguns líderes evangélicos):

1 – Todos os pastores e líderes de igrejas deverão ser, obrigatoriamente, cristãos com a vida santificada e consagrada no altar de Deus, sem nenhuma aproximação, vínculo, ou amizade com político (principalmente com políticos de partidos esquerdistas);

2 – Ter, obrigatoriamente, uma profissão com carteira assinada (isto é, não fazer da igreja um trampolim para ambições pessoais e/ou financeiras). Se tiver que ser pastor ou líder de igreja, que seja por vocação (e não para viver disso como profissão);

3 – Pregar o evangelho de forma bem simples, sem desejar ter um canal (ou programa) de televisão (para fazer disso uma ostentação);

4 – Adotar a mesma simplicidade (e a mesma humildade) de vida que Jesus teve durante a Sua primeira vinda à Terra. Não digo que o pastor ou líder de uma igreja deve viver como um pobre miserável, mas também não pode ser rico, esnobe, e orgulhoso (como alguns são).

Que tal minhas sugestões?

Cicero disse...

Como disse Pedro Simon no programa roda viva: "as ideologias de esquerda e direita são a mesmíssima coisa"!

Não temos opção melhor do outro lado. O PSDB representa a oligarquia empresarial dos ricos e mega-grupos dominantes de vários segmentos e não os necessitados e pobres.

Lula é um alcoólatra e Aécio cheirador, Campos está de mãos dadas com Aécio, e qual outra opção?

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Thiago,

Uma certa vez, o pastor Silas Malafaia disse que vota em pessoas (e não em partidos). Quem me garante que a pessoa pertencente a um determinado partido vai pensar (ou agir) diferente do que esse mesmo partido estabelece em suas diretrizes, estatutos, ou resoluções? Só aí já vemos a primeira incoerência.

Silas Malafaia pode até ser um excelente defensor dos valores da família; mas, politicamente falando, só age por conveniência, ou melhor, só apóia quem lhe favorece de algum modo (ou quem dá alguma ajuda para o seu programa de televisão). O que podemos esperar de bom de quem age assim (somente visando os seus próprios interesses, ou os interesses de certos grupos)? E onde fica o compromisso com a obediência à Palavra de Deus (e com o Reino de Deus) ao final das contas?

Eu diria mais: o que realmente está faltando no meio do povo evangélico (inclusive certos líderes, como Silas Malafaia) é um verdadeiro compromisso com obediência total e irrestrita à Palavra de Deus, e a mesma coragem de um Elias, um Jeremias, ou um João Batista para falar, em alto e bom som (e de forma bem direta), certas verdades que muitos estão precisando ouvir!

Se Silas Malafaia seguisse à risca o que ele mesmo disse (que vota em pessoas e não em partidos), ele teria que ter uma postura bem firme para dizer com todas as letras: "Não vou apoiar pessoas que defendem o aborto. Não vou fazer campanha para pessoas que agem contra a Palavra de Deus. Não vou votar em pessoas que são a favor do homossexualismo. Não vou ser cúmplice do pecado. Não me importo em perder o meu programa de televisão. É melhor eu ficar em paz com a minha consciência do que pecar contra Deus". Eu pergunto: quantos, que se dizem servos de Deus, teriam coragem para agir assim?

Se Elias, Jeremias, e João Batista estivessem vivos, com certeza eles estariam muito decepcionados com a atuação dos servos de Deus nos dias de hoje! E eu não quero nem imaginar o que o apóstolo Paulo (e, principalmente, Jesus) estão sentindo diante disso tudo!

Muitos que se dizem cristãos (mas que estão sendo cúmplices do pecado, ao dar apoio a políticos corruptos) precisam se lembrar deste aviso:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Será que muitos que se dizem servos de Deus (como Silas Malafaia, e outros que pensam e agem igual) ainda estão cientes disso?

Deixo esta pergunta no ar para alguém daqui responder na primeira oportunidade!

Duílio disse...

Pode ser que muitos daqui não gostem do que eu vou dizer, mas eu vou dizer exatamente o que eu penso.

Se quisermos realmente mudar o Brasil, a conscientização tem que começar a partir de agora! Não podemos mais fugir dessa obrigação que nós temos o dever de assumir! Não podemos pedir a Deus que faça algo que é de nossa responsabilidade fazer!

Os cristãos que votaram em candidatos do PT, PSDB, PC do B, PSOL, PSTU, PV, PCO, PDT, PSB, e outros partidos de esquerda agora estão espantados com tanta coisa errada que está acontecendo no nosso país? Queriam o quê? Qual a surpresa? Escolheram representantes do mal, e agora querem que eles façam o bem?

Tudo isto que está acontecendo no nosso país nada mais é do que o resultado da escolha do nosso próprio povo. LEMBREM-SE: TODOS OS POLÍTICOS ELEITOS FORAM ELEITOS POR VOTOS DADOS PELO PRÓPRIO POVO, NÃO TEM NENHUM CANDIDATO QUE FOI INDICADO OU NOMEADO POR UM REI OU DITADOR!

Tem um dito popular que diz que "quem pariu Mateus, que balance". Eu diria melhor: "Quem votou no PT e nos demais partidos esquerdistas, que não não reclame pelo que está passando agora!"

Você, eleitor, votou errado? Agora agüente as conseqüências até o fim!

P.S: Desculpem o desabafo sincero (e dado num tom de revolta), mas não dá pra eu me expressar de outra forma diante do momento crítico que estamos vivendo!

Claudio Vaz disse...

Aquele cristão que nunca votou errado que seja o primeiro a atirar a pedra.

Thiago disse...

Irmão Valdomiro,

É verdade, o Silas fez politicagem quando apoiou esquerdistas.

Ou foi na ignorância ou "troca de favores"...

Mas temos tomar cuidado antes de atacar outros cristãos conservadores, pois em termos gerais, temos os mesmos interesses.

Desculpe a minha ignorância... mas no Brasil os partidos de direita como o PR ou o PSC se "prostituem" nos Estados, fazendo coligações espúrias com a esquerda.... Mas, se eu não me engano, o único partido de direita "puro sangue" que temos é o DEMOCRATAS, antigo PFL e Arena. Na minha ignorância acredito que se o PSDB vencer será "menos mal" do que o PT. Alguns dizem que é a mesma coisa... mas o PSDB não tem a rede de Sindicatos e a rede de ONG's que o PT possui... sendo muito mais difícil pra eles realizar mudanças profundas/estruturais/revolucionárias... eles são uma esquerda light, socialdemocrata... conprende muchacho?

PR GERALDO FILHO disse...

Se o Malafaia votou errado ou pediu voto pra candidato errado,isso foi em 2010,claro que plantou e esta colhendo o que plantou.O que me preocupa é que nós cristãos evangélicos e católicos precisamos estar alertas para o que nosso pais esta se tornando em termos de governo,muito sorrateiramente(?)A Dilma esta tornando nossa nação em uma nova Cuba,uma nova Venezuela,o pior é nós como igreja estamos vendo e nos calando,onde esta a vós profética da igreja? nossa liderança na verdade se vende ao governo,são como Judas que vendeu Jesus,Malafaia errou sim e feio,mas cabe a nós como servos do Senhor alertar as igrejas,e todos do pais para não dar a essa mulher mais quatro anos de poder,pois se isso acontecer nossa democracia tera chegado ao fim.

Claudio Vaz disse...

PR e PSC de direita?

DEM de direita "puro sangue"?

Mas se ele fosse assim tão puro sangue, tão único, não teria lançado candidato próprio à presidência? Enquanto o partido vazava na mídia a possibilidade de Ronaldo Caiado ser o candidato, o mesmo negociava dar apoio ao socialista Campos! É pra rir ou chorar?

Você está muito equivocado... muchacho.

Thiago disse...

Claudio Vaz,

Eu realmente já li muito a área política de jornais como Estadão e Folha... mas admito que nos últimos anos tenho ficado meio "por fora"...

Se o DEMOCRATAS está fazendo acordo com a esquerda... então esqueçam... a direita no Brasil é fajuta/prostituta, e deve ter acabado quando o PFL mudou o nome pra DEMOCRATAS... kkkkkk

Prometo que vou dar uma atualizada e conto pra vocês se eu ver alguma luz no fim do túnel... kkkkkk

Thiago disse...

Claudio,

Vê se você concorda comigo: Pelo que estive analisando, o partido mais a "direita" com condições de governabilidade é o PSDB (direta no sentido de: é que tem pra hoje, kkkk). Seria bom se as igrejas cristãs apoiassem em peso esse partido, indicassem candidatos para o Congresso e exigissem em troca a "suavização" das posturas progressistas deste partido em relação aos costumes, família, sociedade civil, igreja, etc. Se este partido tiver uma bancada forte no congresso, e se uma grande parte for da bancada evangélica, então teremos um bom FREIO pra conter o desvario bolivarianista do PT. Vão-se os anéis, ficam os dedos... É melhor do que mais PT... Dos males o menor...kkkk E depois, durante os próximos 4 anos... os conservadores devem fixar como objetivo fundar/refundar um partido como o PFL foi.

Vou inventar aqui uma escala de esquerdismo, de zero a dez...

PSDB: 4 (Part. Democrata EUA/Obama)
PT: 8 (Venezuela/Chavez)
PV: 10 (Cuba)
PSOL: 20 (Coréia do Norte)

kkkkkkkkkkk

Claudio Vaz disse...


Thiago,

Definitivamente o PSDB não é de direita. Nem no sentido que você quis dar. Ele é socialista fabiano mesmo que muito de seus partidários e eleitores nunca tenham ouvido essa expressão.

A vitória do PSDB só é boa para retirar o PT da máquina estatal federal e ver jornalista chapa-branca vagabundo sem emprego (será?), sem propaganda de estatais em seus blogs (será?). A OAB e a UNE sem sua mesada (será?). Mas a agenda da ONU continuará com PT, PSDB ou qualquer outro. Qualquer outro.

Não sou pessimista, mas realista. Simples assim.

O país enlouqueceu e elegeu uma assassina terrorista e abortista. Acha que ficará impune em relação a isso? Acha que suas escolhas não terão conseqüências?

Os primeiros que devem amadurecer e mudar somos nós eleitores. Até quando vamos acreditar em Magno Maltas e Felicianos?

Thiago disse...

Oi Carlos, tudo bem? Obrigado por me responder, A Paz do Senhor Jesus.

Olha, o ideal seria um partido que fosse conservador em relação a costumes/religião e liberal em relação ao mercado. Livre Mercado e Conservadorismo Cristão. Não exite um partido assim no Brasil. Nem o Partido Republicano nos EUA está adotando mais essa postura (infelizmente). Nossa sociedade está intoxicado por autores esquerdistas... as pessoas passam 5 anos nas universidades bebendo desses autores e saem pra ocupar postos de comando na sociedade. Nem as próprias instituições cristãs estão conseguindo se "imunizar" dessa praga, haja vista o câncer da Teologia da Libertação e do evangelismo progressista (TMI é um exemplo). Concordo contigo que o PSDB não é de direita nem aqui nem na China... mas no espectro político atual é o que temos, ou seja, "menos à esquerda" do que outras opções, e com condições de governabilidade (um número razoável de representantes no Congresso, com algumas coligações com outros partidos).

No meu entendimento limitado, penso que o esquerdismo seja um câncer... uma "doença" que se instala no meio político... e com o tempo o Estado passa a ENGOLIR a sociedade. Engole igrejas, empresas (Estatismo, BNDS, Fundos de Pensão), Organizações Profissionais, a família (leis que limitam o poder de decisão desse núcleo), a Imprensa, o Pensamento (a liberdade de expressão que é um princípio absoluto, passa a ser relativizado - "é proibido pensar de tal jeito, de tal maneira") etc... Esse câncer pode ser benigno ou maligno, pode diminuir ou entrar em metástase... o que temos nas eleições hoje é: uma escolha sobre a velocidade do avanço dessa doença, sendo o PSDB=lento e o PT=rápido e outros como o PSOL's da vida: autos-sabotagem/suicídio da sociedade. Se os setores de direita/conservadores não se "conscientizarem" dos seus próprios interesses serão engolidos pelo PARTIDO/PRÍNCIPE Maquiavélico absoluto. Por isso o Cristianismo Bíblico é tão importante pra que uma democracia seja saudável, por gerar um contra ponto, por não permitir que uma ideologia domine e subjugue toda a sociedade, check and balances (não se refere só aos a necessidade de independência real entre os três poderes - Executivo/Legislativo /Judiciário - mas, pra que esse sistema permaneça saudável, é necessário que diversos grupos de interesses da sociedade, ao "guerrearem" entre si, preservem o sistema democrático).

...CONTINUA...

Thiago disse...

...CONTINUAÇÃO...

Me desculpe se sou meio confuso... pode ser que, o que estou falando não tenha nada a ver... é só mais uma visão sobre esse assunto... pelo que entendi lendo alguns autores conservadores... a liberdade não é algo que "cai na nossa cabeça", na verdade é um equilíbrio muito delicado entre as forças de grupos sociais que formam uma sociedade.

Nós cristãos não podemos ser pessimistas, andamos por fé... sabemos que Deus intervem. É da natureza da nossa confissão de fé... Os cristãos derrubaram Impérios, sobreviveram a regimes despóticos... Nós cristãos não devemos temer... não negaremos nossa fé nem com a morte diante dos olhos... Seremos fiéis a Jesus até a morte, e depois dela nos encontraremos e estaremos com Ele.

OBS1: Sociedade Fabina é uma ramo da maçonaria, mãe do socialismo, é isso mesmo? Cruz Credo, Vixe Maria, Valei-me!!! kkk mas é o que tem pra hoje kkk.

OBS2: Igrejas, políticos evangélicos, e demais cristãos: nada de Maçonaria ao apoiar esses partidos! Não se misturem com ela, pois esse é um outro caminho pra corrupção espiritual...

Sugestão de Louvor
Yolanda Adams na TBN - Through The Storm
https://www.youtube.com/watch?v=yIInuY3NQHo

ÉLQUISSON disse...

Respondendo ao Cláudio Vaz e ao Thiago,

Não sei se vocês vão concordar comigo, mas eu vejo assim: nós (eu, vocês, e os demais eleitores conscientes) sabemos que a suposta "oposição" do PSDB contra o PT não passa de puro teatro para enganar os trouxas. Como se trata de 2 partidos esquerdistas, mudam somente as "embalagens" (as siglas partidárias), mas o "conteúdo" (o programa de governo) é rigorosamente o mesmo. Só não entende, não aceita, e não enxerga isso quem não quer!

É claro que iremos votar em qualquer candidato que não seja da esquerda (isto é, nem do PT e nem do PSDB). Ainda que os nossos candidatos não ganhem, pelo menos não iremos contribuir (com o nosso voto) para que outros corruptos esquerdistas sejam eleitos.

Eu só voto no Aécio Neves se (e somente se) houver um segundo turno entre ele e Dilma (como já se especula que haverá). Só neste caso (e se não houver mais nenhuma outra alternativa) é que eu voto no PSDB (é "menos ruim" do que o PT). E, mesmo assim, seria a contragosto, porque eu tenho nojo de partido (e candidato) esquerdista.

Infelizmente, por falta de boas opções de candidatos de direita, parece que vamos ver, mais uma vez, a repetição daquele mesmo velho e conhecido filme: PT contra PSDB. E aí ficamos novamente entre a cruz e a espada, ou seja, somos novamente obrigados a escolher entre um "mal maior" (PT) e um "mal menor" (PSDB).

Em último caso (e só se não houver nenhum jeito a dar), a única opção que resta é escolher o "mal menor" (PSDB), que, teoricamente, é mais "fácil" de ser combatido!

P.S: Se vocês quiserem se manifestar, estejam à vontade!

Thiago disse...

Irmão Élquison,

Temos o Democratas de direita

e o PSDB como socialdemocrata (uma esquerda que é "mais pro centro", mais "light", digamos assim...).

No meu limitado entendimento, vou procurar candidatos conservadores cristãos ligados Partido Democrata pro Congresso. E no segundo turno não vai ter jeito, assim como você falou, terei de votar no PSDB.

Claudio Vaz disse...


A Constituição Americana é reputada pelos próprios maçons como um de seus principais documentos históricos. Eles se ufanam disso. Todas as repúblicas sul-americanas foram inspiradas naquele documento.

Digam o que disserem o Brasil desenvolveu o seu próprio sistema e forma de governo: monarquia constitucional (parlamentarista) com poder moderador. E funcionava.

Um golpe militar (maçônico?) – sem apoio popular – que a esquerda esquece instituiu uma república ridícula, paródia da norte-americana. Assim deu início o que se vê até hoje: constante atrito entre os poderes executivo e legislativo.

O segundo turno foi criado justamente para se dê o voto “contra alguém”; preservando o primeiro turno para o voto da efetiva preferência do eleitor.

“Cada cidadão um voto”. Que cada um examine sua consciência e exerça seu direito ao voto que no nosso país infelizmente é uma obrigação imposta pelo Estado.