27 de julho de 2014

“O Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes”, lamenta terrorista


“O Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes”, lamenta terrorista

Guerra em Israel provoca debate de judeus e cristãos sobre intervenção divina

Jarbas Aragão
Circula nas redes sociais uma imagem do jornal Jewish Telegraph com uma entrevista surpreendente. A manchete diz “O Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes em pleno ar”.
Entre as centenas de compartilhamentos, muitos comentários mostram que existe ceticismo, afirmando que se trata de uma montagem e que o jornal sequer existe.
O Gospel Prime investigou e apresenta a tradução dessa matéria do jornal Jewish Telegraph, que embora de pequena circulação, existe sim. Trata-se de um periódico judeu produzido no Reino Unido. Alguns sites americanos e israelenses reproduziram a matéria, o que deu uma dimensão maior ao caso. A frase destacada na manchete teria vindo de um terrorista, mas ele não é identificado.
Veja abaixo a primeira parte da matéria.
“O Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes em pleno ar”.
Por Barbara Ordman (nascida em Manchester, mas que vive em Ma’ale Adumim, na Cisjordânia)
Em outubro de 1956, o primeiro-ministro David Ben Gurion foi entrevistado pela rede CBS. Ele declarou: “Em Israel, para ser realista, você precisa acreditar em milagres.” Mas o Talmud Yerushalmi diz que, de modo algum devemos depender de milagres. Ensina ainda que não devemos fugir de nossas responsabilidades e apenas esperar por intervenção milagrosa do Sobrenatural.
Um dos terroristas de Gaza foi questionado por que não conseguiam usar seus foguetes de forma mais eficaz. “Nós apontamos para os alvos, mas o Deus deles altera a trajetória de nossos foguetes em pleno ar”
Amém! E quando o nosso Deus não está ocupado fazendo isso, nos deu o poder de criarmos alta tecnologia, para que nossa avançada tecnologicamente criasse o sistema de defesa Domo de Ferro, que ajuda a proteger nosso povo e nossas cidades.”
A jornalista que escreveu o artigo passa a narrar como ela escapou de um ataque de foguetes vindos de Gaza num abrigo construído no subsolo da casa onde ela mora com a família.
Chama a atenção o fato de o site das forças armadas de Israel trazer a afirmação que os ataques por terra do Hamas estão sendo impedidos através de uma “sucessão de milagres” e que “graças aos céus” um grande atentado terrorista perto do Kibbutz Sufa não pode acontecer por causa da “graça dos céus”.
Em diversos sites evangélicos de língua inglesa está sendo divulgado um vídeo do pastor Larry Randolph, com uma profecia trazida por ele dia 13 de março, meses antes do início do conflito. O pastor conta que estava orando por Israel quando viu uma nuvem de poeira sobre a nação tomar a forma de um guerreiro que ele entendeu ser o rei Davi. E uma voz vinda dos céus dizia que estava pronta para lutar e a segurança de Israel não seria comprometida.

Fonte: GospelPrime
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:
Brasil está se preparando para romper relações com Israel?

10 comentários :

Anônimo disse...

Israel, a menina dos olho Deus,o Senhor dos Exercitos

Thiago disse...

Oi Júlio e demais cristãos,

- Gostaria de perguntar, a algum pastor ou padre:

1º. O quê Israel representa para as Igreja Cristãs?

2º. Gosto muito das Igrejas Neopentecostais,mas já estou cansado da teologia da prosperidade, o quê posso fazer?

Se alguém puder responder ficaria grato.

A Paz do Senhor Jesus.

Nilson Frederico disse...

Já leu o livro DEIXADOS PARA TRÁS?
No primeiro capítulo, salvo engano, diz algo sobre isso.

Thiago disse...

Nilton,

Você está se referindo em sua resposta a:

À reportagem?

A minha primeira pergunta referente a Israel? (algumas igrejas como a Católica afirmam que a igreja substituiu Israel, e outros, como os evangélicos, afirmam que não, que Deus ainda tem um plano pra Israel no fim dos tempos)

Ou a segunda referente a teologia da prosperidade?

De qualquer forma, comecei a ler o livro "Deixados Para Trás"... é um livro sobre o arrebatamento pré-tribulacional, não é?

Nilson Frederico disse...

Thiago, é sobre a reportagem. Diz algo sobre a Russia atacar Israel e Deus proteger e derrubar toda frota aérea. Eu já li faz um tempo mas vou procurar de novo.
Gostaria também de uma resposta do Julio. Pode ser?

Julio Severo disse...

Nilson, há este artigo que diz que a Rússia não invadirá Israel: http://juliosevero.blogspot.com/2012/06/por-que-russia-nunca-invadira-israel.html

E há outro artigo que mostra como durante os séculos os maiores teólogos cristãos, inclusive Martinho Lutero, não criam que a Rússia era Magogue ou Gogue. Quem iniciou essa interpretação foi Scofield: http://juliosevero.blogspot.com/2013/04/entrada-do-inferno-descoberta-na.html

Thiago disse...

Oi Nilson e Júlio,

Obrigado por responderem.

Júlio, pq a Rússia apoia alguns países Islâmicos? Li os textos que vc mandou... realmente teólogos de peso preferem a Turquia como Magog... mas observado o contexto político atual tenho lá minhas dúvidas... mas o argumento que você apresentou é uma outra forma de interpretação dos textos proféticos.

Mudando de assunto, vocês viram essa reportagem... o ISIS explodiu o suposto túmulo de Jonas e de Daniel em Mosul, antiga Nínive. E o pior: os MONSTROS estão CRUCIFICANDO CRISTÃOS!!!

http://noticias.gospelprime.com.br/estado-islamico-explode-tumulos-biblicos/

E olha esse líder nojento do Irã de novo convocando a nação pro extermínio de Israel:

http://noticias.gospelprime.com.br/solucao-gaza-destruir-israel-ali-khamenei/

obs1: Júlio, porquê Moscou não rompe de uma vez com Teerã? Enquanto eles forem amigos de regimes como esse eu sempre vou desconfiar que ela é Magog. Apesar disso, aplaudo de pé o novo conservadorismo de Putin, pelo apoio a sofrida e castigada Igreja Ortodoxa (quantos milhões de cristãos foram massacrados pela URSS? 12 milhões?).

OBS2: Mesmo que as nações se reúnam no vale da decisão, o Senhor Jesus intervirá... Ele vai derrotar a todos, e Israel nunca mais será exterminado.

Sugestão de Louvor
Nelson Ned - O Espírito de Deus Está Aqui
https://www.youtube.com/watch?v=Bd_HyIgczj0

Julio Severo disse...

Chegará o tempo em que todas as nações atacarão Israel, inclusive Rússia, EUA e Brasil. Isso está na Bíblia. Quanto às interpretações, se Scofield está certo, será a Rússia para logo. Se Lutero e a maioria dos teólogos em dois mil anos de história cristã estão certos, será a Túrquia — cujo grande aliado são exatamente os EUA. A Túrquia é também a sede mundial da al-Qaida, organização terrorista muçulmana originalmente fundada pela CIA no Afeganistação para combater a Rússia. Três países no Oriente Médio querem hoje um califado islâmico. Dois deles (Túrquia e Arábia Saudita) têm o apoio direto dos EUA. Um deles, o Irã, tem o apoio da Rússia. Quanta bagunça…

Thiago disse...

Oi Júlio,

É verdade, concordo contigo... enquanto a Rússia é amiga de Teerã... os EUA e a UE através da OTAN, são amigos da Arábia Saudita e Turquia; também e deram armamento e caminhonetes pro ISIS, para que eles derrubassem o Bashar al-Assad.

Por isso eu te falei outro dia, mocinho nessa história só Jesus Cristo e os que realmente andam nos seus ensinamentos... como o AMOR AO PRÓXIMO.

Um abraço Júlio, que Deus continue o Abençoando.

obs: na minha muitíssima burrice e ignorância, interpreto como:
EUA: Besta da Terra
EU: Besta das Àguas
Rússia e aliados: Magog ou "os reis do oriente" - não tenho certeza.



Sugestão de louvor
Nelson Ned - Quando Eu Falo De Jesus
https://www.youtube.com/watch?v=n5zWG3AZ-4Y

Nilson Frederico disse...

Já vi um vídeo com um entrevistado do Sid Roth dizendo que o anti-Cristo virá da Turquia mas não disse porque. Preciso me aprofundar mais nisso.