12 de maio de 2014

Papa pede que ONU faça redistribuição de renda


Papa pede que ONU faça redistribuição de renda

Julio Severo
As manchetes internacionais da semana passada destacaram que o papa falou sobre redistribuição de renda para a ONU e para os governos mundiais, e a aprovação foi total. A ONU então o convidou para falar em sua sede.
A redistribuição de renda é um dos carros-chefes do socialismo. Dê espaço para isso, e os governos sob essa ideologia saberão o que fazer: forçarão a participação de todos em seus esquemas.
Em contraste, Deus não força ninguém a redistribuir renda, porém orienta os indivíduos a praticarem a caridade voluntária. Mas com a redistribuição de renda morrem a caridade e o amor, e o que fica é a sanha de governos que cobram impostos cada vez elevados com a desculpa de “ajudar os pobres.”
O que o papa pretende com um discurso socialista que agrada aos socialistas? Pergunte a Leonardo Boff, o maior teólogo católico brasileiro da Teologia da Libertação, que elogia frequentemente o Papa Francisco, até mesmo chamando-o de “revolucionário.” Ele também disse: “Este Papa é a expressão latino-americana do cristianismo. Então, a importância dele não é só religiosa, é fundamentalmente política.”
Mas não é só a esquerda católica que adora o atual papa. A esquerda evangélica já está quase para abraçá-lo. Em artigo intitulado “Tamos Quase Juntos” elogiando o papa, um dos maiores tabloides sensacionalistas de linha calvinista esquerdista disse: “O papa Francisco é promessa de dias melhores.” (Por favor, não venham me dizer que esse tabloide não tem ligação calvinista, pois evidências não faltam.)
Na sua reportagem sobre o papa e sua fala sobre redistribuição de renda, o jornal DailyMail disse:
“O Papa Francisco disse ao líder da ONU que a ONU deve fazer mais para ajudar os pobres e redistribuir renda.”
“O Papa Francisco tem sistematicamente usado suas reuniões com líderes mundiais, inclusive o com o presidente americano Barack Obama, para defender a causa dos mais pobres do mundo.”
Ele bem que poderia aproveitar essas reuniões para pedir que Obama pare de impor a agenda de homossexualismo e aborto nos países mais pobres!
Trinta anos atrás, o Papa João Paulo 2 se uniu ao presidente americano Ronald Reagan, um evangélico conservador, no combate ao comunismo.
Hoje, o Papa Francisco basicamente se une, sob os aplausos de Boff e da esquerda calvinista, ao presidente americano Barack Obama, um evangélico esquerdista, na luta pela redistribuição de renda.
O artigo a seguir é do WND:

Papa pede “redistribuição de renda legítima”

Exorta ONU a reduzir a “exclusão econômica” fomentada pelo capitalismo
CIDADE DO VATICANO (AP) — O Papa Francisco exortou os governos na sexta-feira a redistribuir riquezas para os pobres num novo espírito de generosidade para ajudar a reduzir a “economia de exclusão” que domina hoje.
Francisco fez o apelo durante um discurso ao secretário-geral da ONU Ban Ki-moon e aos líderes de grandes agências da ONU que se reuniram em Roma nesta semana.
O primeiro papa da América Latina tem frequentemente atacado as injustiças do capitalismo e o sistema econômico global que exclui grande parte da humanidade, embora seus predecessores tenham expressado preocupações semelhantes.
Leitura recomendada:

8 comentários :

Strider disse...

Júlio, obrigado por nos manter informado quanto as movimentações políticas dentro das igrejas. É de fundamental importãncia que todos tomem conhecimento do que nossos líderes andam fazendo.

Há cerca de três dias vi, para desgosto meu, que a comemoração de 36 anos do presbitério de minha igreja terá como pregador um pastor luterano, que é candidato a deputado estadual pelo PSOL e que citava alegremente pessoas como Leonardo Boff e Marilena Chauí, nas aulas que ministrava na Mackenzie.

Temos que ficar de olhos muito abertos, pois fomos "envidados como ovelhas em meio aos lobos"...

Que Deus te abençoe! A paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!

Líbero Aspero disse...

Esse papa ta com jeito de anticristo.

Guga disse...

O Vaticano nada tem a ver com o Cristianismo. Nada!

Anônimo disse...

Vamos por partes.
Qdo da eskolha desse sujeito para o papel de ""papa" = pai dos pais = "deus", alguem disse, euforikamente que o sujeito eh progressista. Essa alavra esconde uma filigrana da lingua de pau, que remete a 'sucialismo".
Outra, na Bibia estah dito que o falso profeta encaminharah para o kovil do anticristo a toda a boiada humana (a excessao estah sobre os que confessaram a Jesus como Salvador e se mantem no Caminho espiritual correto).
Na enciclica "a verdadeira karidade", na secao 67 estah dito que a humanidade precisa de um exekutivo mundial (na Biblia essa kriatura eh chamada de "o homem da perdicao"/"o homem do pekado"/"o anticristo".
Como se pode ver, a koisa estah saindo konforme satanas planejou. Oremos.

Antonio.

Pastor Raimundo (Igreja do Evangelho Quadrangular) disse...

Respondendo ao Strider, ao Líbero Aspero, e ao Antônio,

Sabemos que não vai demorar muito para que o anticristo seja revelado ao mundo, já que isto está previsto na Palavra de Deus e, portanto, será inevitável. É como disse o abençoado apóstolo Paulo:

"Pois o ministério da injustiça já opera; há somente um que ainda resiste, até que do meio seja tirado; E então será revelado o iníquo, o qual o Senhor desfará com o assopro de Sua boca, e aniquilará pelo resplendor de Sua vinda; A esse cuja vinda é conforme a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais e prodígios de mentira; E com todo engano da injustiça para aqueles que perecem, pois não receberam o amor da verdade para que se salvassem. E é por isso que Deus lhes mandará a operação do erro, para que acreditem na mentira; Para que sejam julgados todos aqueles que não creram na verdade, antes sentiram prazer na iniqüidade" (2 Tessalonicenses 2:7–12)

A tendência natural das coisas é que o mal reine de forma absoluta até a volta de Jesus, até porque, como a própria Bíblia diz, "o mundo jaz no maligno" (1 João 5:19). Logo, a nossa obrigação, como cristãos, é resistir ao pecado e continuar a pregar as verdades da Palavra de Deus enquanto ainda podemos (ou enquanto ainda dispomos de uma relativa liberdade para protestarmos contra as obras das trevas e suas leis). Porém, quando elas, através da NOM (Nova Ordem Mundial), assumirem o controle total do pouco que ainda resta, será suicídio tentar enfrentá-las de igual para igual. Em outras palavras: quando a NOM for imposta, aquele que tentar se manifestar contra ela será perseguido e morto!

E mais: dizer não ao governo mundial que será imposto num futuro não muito distante é assinar a própria sentença de morte. Sabemos que este mesmo governo perseguirá e matará todos os cristãos que encontrar pela frente. Por que isso? Porque a perseguição aos cristãos (e a conseqüente morte deles) já está prevista na Palavra de Deus, e, portanto, será inevitável. A Palavra de Deus tem que se cumprir. Deus não é homem para que minta, e nem tampouco filho do homem para que Se arrependa. O que Deus determinou na Sua Palavra nunca voltará atrás. O próprio Deus disse com todas as letras:

"Assim será a Minha palavra que sair da Minha boca: ela não voltará vazia para Mim; antes fará o que Me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei" (Isaías 55:11)

Nas épocas do Império Romano e da Inquisição, milhões de cristãos foram perseguidos e mortos de todas as formas possíveis. E hoje não é diferente: a perseguição aos cristãos ainda continua (e de forma até mais cruel). Para que maior prova disso do que a perseguição aos cristãos que se recusam a obedecer ao "politicamente correto" do governo e dos homossexuais? Isso sem contar as perseguições e mortes de muitos cristãos em países islâmicos e muçulmanos (e em outros onde a Bíblia é proibida)!

Diante disso, não haverá alternativa: ou assumimos de vez um compromisso sério com a obediência total e irrestrita à Palavra de Deus (mesmo colocando a nossa própria vida em risco), ou seremos obrigados a aceitar a submissão ao anticristo para sobreviver.

Portanto, ainda que tenhamos que morrer por amor a Jesus e à verdade da Sua Palavra, temos que deixar bem claro a tudo e a todos que pertencemos somente a Jesus (e que nada nem ninguém jamais vai nos separar Dele). Novamente o apóstolo Paulo se manifesta:

"Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, a angústia, a perseguição, a fome, a nudez, o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor a Ti, somos entregues à morte todos os dias; Fomos considerados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores por Aquele que nos amou" (Romanos 8:35–37)

Que estas palavras façam com que todos permaneçam fiéis ao Senhor Jesus (e à Sua Palavra) até a morte (ou até a volta Dele).

Roger disse...

CHEGAMOS A TAL PONTO DE RELATIVISMO ÉTICO-MORAL, NÃO MAIS NAS RUAS DISTINGUIRMOS PELAS VESTES, EM GERAL, AS MULHERES DITAS DE “FAMILIA” DAS PROSTITUTAS!
Enquanto a modéstia não for colocada em prática, o mundo vai continuar a degradar, pode ter certeza!
Dois expoentes maçons trocaram entre si correspondencias, Vindice e Nubius, altos membros da Sinagoga de Satanás, até os nomes são macabros, e debatiam as maneiras pelas quais acabariam com o cristianismo, sem violências, sem agressões externas, já que pela espada nada havia se conseguido até então; daí, esses maçons inventaram e sucessores aperfeiçoaram as modas, gradativamente mais sedutoras e ousadas; vêm-nas aplicando sempre mais eróticas, a conta-gotas, assim como incentivando tudo que desdignifique a mulher e a torne objeto-mulher – o homem seria a próxima vítima, automaticamente – parecendo que no presente, se não chegaram, estão próximos ao ápice.
As mulheres, moças, até mesmo muitas idosas já cooptadas por esse ardil hoje em dia andam muito mais desnudas quase todas pelas ruas, super decotadas, calças collants e a parte superior quase nada faltando retirar, além de NÃO mais as diferenciar das prostitutas nas portas de boites e moteis, inclusive idosas, as quais não há muito tempo, envergonhariam as cafetinas que dirigiam bordeis, sendo umas escandalosas e corruptoras da juventude, principalmente das filhas mais novas, pior ainda das netas e doutras crianças pelos péssimos exemplos de despudor.
Algumas, mais ainda, mesmo as velhas, ousam até ir à igreja, como tenho visto, de alcinhas e costas de fora; se tivessem ficado em casa, teria-lhes sido muito melhor que aprontar uma dessas.
Tudo isso e + o relativismo que se vê por aí são o aplainamento dos caminhos para o advento da Besta - faltaria pouco para se manifestar - a começar até dos eleitores que passaram a preferir votar nos materialistas, ateus e satanistas comunistas, como no PT, PC do B, PSOL, PSTU, PSB etc., os cavalos vermelhos de Ap 6,4, asseclas do anti Cristo!

Eliel disse...

Respondendo ao Strider,

Amigo Strider,

O salmista disse:

"Bem–aventurado é o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, e não se assenta na roda dos escarnecedores. Antes o seu prazer está na lei do Senhor; e nela medita dia e noite" (Salmo 1:1–2)

Vejamos como este texto retrata fielmente a postura de alguns que se dizem cristãos:

– Quem dá ouvidos às mentiras do PT (e de outros partidos esquerdistas) e a todos os que gostam de falar mal do irmão Júlio Severo (e de outros cristãos) está andando segundo o conselho dos ímpios;

– Quem se omite da sua obrigação de defender os cristãos de toda e qualquer afronta do diabo e de seus escravos está se detendo no caminho dos pecadores;

– Quem é cúmplice de inúmeros ataques aos cristãos (e quem dá apoio aos que promovem tais ataques) está se assentando na roda dos escarnecedores.

Será que esta minha análise está certa?

Usando um tom carregado, eu diria o seguinte: pior do que se aliar a um ímpio é estar ao lado daqueles que se dizem cristãos (mas que agem pior até do que os piores ímpios). Tanto que o apóstolo Paulo escreveu algo muito apropriado neste sentido:

"Já vos adverti por carta para que não vos associeis com aqueles que se prostituem; isso não dizer absolutamente com os devassos, nem com os avarentos, os roubadores, ou os idólatras; pois assim seria necessário para vós sair do mundo. Mas agora eu vos escrevo para que não vos associeis com aquele que, se dizendo irmão, for devasso, avarento, idólatra, maldizente, beberrão, ou roubador; com o tal, nem ainda comais. Pois que tenho eu em julgar aqueles que estão de fora? Não julgais vós quem é de dentro? Mas Deus julga os de fora. Tirai, portanto, do meio de vós esse iníquo" (1 Coríntios 5:9–13)

Outra advertência séria neste sentido é a do apóstolo João:

"Todo aquele que prevarica e não persevera na doutrina de Cristo não tem a Deus; quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto o Pai quanto o Filho. Se alguém vem ter convosco e não traz esta doutrina, não o recebais em casa e nem tampouco o saudeis. Porque aquele que o saúda tem parte nas suas obras más" (2 João 1:9–11)

Creio que estas recomendações são mais do que úteis para mantermos a igreja pura (sem a contaminação por parte dos falsos cristãos).

Será que eu estou certo? Se você quiser se manifestar, esteja à vontade.

helio bandeira disse...

O papa é amado e venerado pelos governantes do mundo. Apocalipse diz que a besta será amada e venerada pelos mesmos... será só uma coincidência??? Ou não???