20 de maio de 2014

Lei da Palmada: votação na quarta-feira, 21 de maio de 2014


Lei da Palmada: votação na quarta-feira, 21 de maio de 2014

Mobilização urgente: Ligue agora mesmo, gratuitamente, para o telefone do Congresso: 0800-619619 para pedir a rejeição da Lei da Palmada

Julio Severo
O PL 7672/2010, projeto que confisca dos pais o direito de disciplinar os filhos, tem sido agendado várias vezes para votação, muitas vezes nos momentos em que o Congresso e o povo estão mais distraídos, mas a manobra é frustrada pelos esforços de uma minoria atenta da Frente Parlamentar Evangélica.
Aparentemente, está tudo transcorrendo tranquilamente para os interesses do governo do PT, pois na reunião deliberativa ordinária da Comissão de Constituição de Justiça, marcada para quarta-feira, dia 21 de maio de 2014, às 10 horas, está tudo programado para a aceitação da redação final da Lei da Palmada. Tudo finalizado já, independente da vontade da maioria da população.
O projeto, do Poder Executivo (MSC 409/2010), visa transformar legalmente castigos físicos aplicados pelos pais em “agressão” e “violência”. Antes, era apenas um projeto de lei na Câmara dos Deputados. A autoria era da militante abortista e homossexualista Maria do Rosário.
Ela defende que o governo tem o direito de estuprar psicologicamente as crianças por meio de doutrinações homossexuais nas escolas. Ela defende também leis de aborto, numa ética totalmente bizarra de uma militante socialista que defende a proibição da palmada sob a alegação de defender as crianças contra violência, mas no mesmo ardor defende a maior violência contra as crianças mais inocentes: o assassinato de bebês no útero materno.
Confesso que não entendo a esquizofrenia de Maria do Rosário. Talvez ela tenha criado a infame Lei da Palmada para levar os pais a pensar: “Se não tenho o direito de disciplinar fisicamente meus filhos dentro de minha própria casa, então prefiro nem ter filhos. Só me resta apoiar o aborto para o governo mais tarde não me surrar por eu der umas palmadas num menino birrento!”
Pelo fato de que Rosário se tornou ministra de governo, o projeto pessoal dela de castigar os pais do Brasil virou projeto do próprio governo do PT. A bandeira dela contra os pais virou bandeira do governo de Dilma Rousseff.
É uma bandeira que vai contra a vontade da vasta maioria do povo brasileiro.
Pesquisas de opinião pública apontam que mais de 80 por cento dos brasileiros rejeitam o projeto de Rosário.
E um relatório do Disque Câmara (0800 619619), de janeiro a junho de 2012, revela um resultado surpreendente: 94,6% dos brasileiros que telefonaram para a Câmara dos Deputados disseram que são contra a Lei da Palmada.
É, literalmente, Maria do Rosário contra o povo brasileiro. É a vontade de uma militante desenfreada e fora de si contra milhões de pais e mães do Brasil que poderão, da noite para o dia, ser transformados em criminosos por usarem a disciplina física na criação de seus filhos.
Xuxa, símbolo máximo da erotização infantil no Brasil
Rosário não está sozinha. Xuxa, o símbolo máximo da erotização infantil no Brasil, está com ela, numa campanha sem limites para tirar os limites necessários que as famílias decidem contra as birras e desobediências de seus filhos. Tempos atrás, Xuxa enviou uma carta a cada um dos deputados pedindo urgentemente a aprovação do projeto de Rosário.
As duas poderiam se unir numa campanha contra a violência pornográfica que a Globo e outras grandes redes de televisão impõem por meio das telas para milhões de crianças e adolescentes, ou poderiam se unir numa campanha contra a violência física que assassina crianças em gestação por meio do aborto, mas preferem deixar o real bem-estar das crianças de lado para atacar os pais e mães que se preocupam com seus filhos.
As duas querem impor sobre o Brasil suas bandeiras socialistas pessoais, que nada têm a ver com proteger as crianças da violência pornográfica da TV ou da violência do aborto.
As duas estão dispostas, com a ajuda do governo do PT, a usar qualquer artifício e manobra para avançar suas bandeiras contra o povo brasileiro.
A bancada evangélica está dividida na questão (por abrigar igualmente um grande número de parlamentares infectados com o vírus socialista), e até chegou, através de um de seus deputados, a louvar publicamente Rosário, conforme este link: http://bit.ly/Zi9SFQ
Apenas uma minoria da bancada evangélica está se opondo à truculência estatal de Rosário, inclusive o Senador Magno Malta, que declarou que “a Lei da Palmada é uma agressão à família.” Tal postura de uma minoria de parlamentares evangélicos opostos à tirania de Rosário está ajudando as famílias do Brasil, impedindo as votações da infame lei da militante socialista. Mas Rosário e Xuxa não vão desistir, até imporem, goela abaixo de suas vítimas, suas vontades pessoais contra milhões de famílias no Brasil.
Como nunca antes, você precisa agir. Você precisa mobilizar seus parentes, igrejas, líderes, pastores, padres, etc. Ligue 0800 619619 para a Câmara dos Deputados para dizer que você não concorda com a imposição desse projeto sobre as famílias do Brasil.
Sem mobilização, você será obrigado a viver, dentro de sua própria casa, conforme a suprema vontade socialista birrenta de Maria do Rosário e Xuxa.
Você estará proibido de seguir estas orientações bíblicas:
“Aquele que poupa sua vara [de disciplina] odeia seu filho, mas aquele que o ama o disciplina com diligência e o castiga desde cedo”. (Provérbios 13:24 Bíblia Ampliada)
“Os castigos curam a maldade da gente e melhoram o nosso caráter.” (Provérbios 20:30 NTLH)
“Não evite disciplinar a criança; se você bater nela e castigá-la com a vara [fina], ela não morrerá. Você a surrará com a vara e livrará a alma dela do Sheol (Hades, o lugar dos mortos)”. (Provérbios 23:13-14 Bíblia Ampliada)
“A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma vem a envergonhar a sua mãe”. (Provérbios 29:15 RA)
Para um estudo maior da Bíblia sobre o uso da vara da disciplina, clique aqui.
Se há alguém que merece prisão não são os pais e mães do Brasil, mas Rosário, que defende o aborto, e Xuxa, que, entre outras perversões, já fez propaganda explícita da pedofilia ao encenar sexo com um menino nas telas do cinema com o infame filme Amor Estranho Amor.

Envie seu protesto ao Congresso Nacional

O projeto de criminalização dos pais que disciplinam os filhos está programado para ser votado na quarta-feira, 21 de maio, na Comissão de Constituição e Justiça.
Por isso, faça pressão sobre os deputados.
Todo cidadão pode protestar contra essa investida do totalitarismo estatal telefonando gratuitamente para o Disque Câmara (0800-619619) e dizendo: “Quero enviar uma mensagem a todos os membros da CCJ”.
Interrogado sobre o conteúdo da mensagem, pode-se dizer: “Solicito a Vossa Excelência que respeite o sagrado direito de os pais disciplinarem seus filhos, votando contra o PL 7672/2010”.
Além de gratuito, o Disque Câmara é mais eficiente que as mensagens enviadas por correio eletrônico. Rapidamente se percebe a repercussão da manifestação popular.
Sejamos rápidos. O projeto está para ser votado.
Telefone ou escreva agora mesmo ao deputado federal do seu estado. Consulte este link para ter o email e telefone dos membros da Comissão de Constituição e Justiça: http://www2.camara.gov.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/ccjc/membros
Telefone imediatamente para a Frente Parlamentar Evangélica: (61) 3216-6769
Faça contato com todos os membros da Comissão de Constituição e Justiça que quer aprovar o projeto do governo clicando aqui.
Leitura recomendada:
Artigos sobre Xuxa:
Artigos sobre Maria do Rosário:

4 comentários :

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Quem são elas (Xuxa e Maria do Rosário) para falar de moral? Que exemplo elas são para as nossas crianças? Quem elas pensam que são para dizer como nossos filhos e netos devem ser educados?

Maria do Rosário é uma defensora do aborto, do homossexualismo, e de outras imoralidades (não duvido que ela também seja a favor da legalização da pedofilia). E eu já ouvi dizer que ela também é uma perseguidora dos cristãos. Sem contar que ela é contra a redução da maioridade penal (para ela, criminoso menor de 18 anos não pode ser punido). Foi por isso que o deputado Jair Bolsonaro a chamou de vagabunda (como mostra este vídeo aqui):

http://www.youtube.com/watch?v=2Sc6_kRsIkU

Xuxa é outra que não tem moral nenhuma para falar de moral. Ela disse, numa entrevista que deu ao "Fantástico", que foi vítima de abuso sexual na infância. E o que ela fez com o menino de 12 anos no filme "Amor, estranho amor" não foi abuso sexual?

Se Xuxa, nessa mesma entrevista, disse ser tão corajosa, por que ela não teve coragem o suficiente para revelar em público o seu passado sujo (sem esconder nada)?

Sinceramente, eu não acredito em uma única palavra dita por ela. Para fazer sucesso e ter riqueza, ela se prestou a fazer tudo que foi coisa (certa e errada). Até já ouvi dizer (não sei se é verdade) que ela chegou a fazer um pacto com o diabo para ser o que é hoje.

Xuxa nunca foi referência como pessoa, e nem tampouco exemplo de bom comportamento a ser seguido. Graça a Deus (e a mim), meus filhos e netos nunca assistiram (e jamais assistirão) ao programa da Xuxa. Aliás, eu já "aposentei" a televisão da minha casa há muito tempo, pois não desejo que minha família seja contaminada pelo lixo satânico da Globo. Faço como disse o salmista:

"Não porei coisa má perante os meus olhos" (Salmo 101:3)

E mais: dizer que Xuxa e a Globo são contra a pedofilia (ou contra qualquer outra imoralidade) é o mesmo que acreditar que o diabo se converteu a Jesus.

Quanto à Globo, nem precisa dizer muita coisa. Todos nós sabemos que é uma emissora de televisão totalmente a serviço do diabo, dos seus escravos, e deste governo corrupto do PT (e também de outros partidos esquerdistas). A programação dela (vinda diretamente do inferno) só tem destruído os lares de quem assiste à podridão que ela transmite.

Parabéns ao nosso amado irmão Júlio Severo por mostrar ao público certas verdades que a mídia corrupta pró–aborto, pró–homossexualismo, anti–família, e anti–cristã nunca mostra.

George disse...

Maria do Rosário e Xuxa, na verdade, estão tentando calar a boca de todo mundo com seu o poder (e contando também com a ajuda da Globo). E nem poderia ser diferente: afinal, como disse muito bem o presbítero Valdomiro, a Globo é uma emissora de televisão totalmente a serviço do diabo, dos seus escravos, e deste governo corrupto do PT (e também de outros partidos esquerdistas). O que podemos esperar de bom vindo da Globo? Absolutamente nada!

Em relação à Maria do Rosário, já sabemos de cor e salteado o que (e quem) ela defende: toda a podridão do governo do PT (e de outros partidos esquerdistas). Como boa esquerdista que é, por que ela ficaria contra seus "cumpanhêrus"? Esquerdista defendendo governo esquerdista não é nenhuma novidade. Não difere nada do corporativismo político (onde corrupto defende corrupto).

Quanto à Xuxa, ela está querendo passar a versão dos fatos que interessam somente a ela (isso ficou evidente na entrevista que ela deu ao "Fantástico"). O mais engraçado foi ela dizer, na mesma entrevista, que foi abusada na infância. Mas, mesmo assim, ela não pede perdão em público por ter abusado de um menino de 12 anos. Dá para confiar numa pessoa assim?

Em outras palavras: Xuxa não conta toda a sua verdadeira história. Isso lembra o que o Rubens Ricúpero (ministro da época do governo de Fernando Henrique Cardoso) disse certa vez: "O que é bom, a gente mostra; o que é ruim, a gente esconde". Por que Xuxa agiria diferente?

Aproveito para perguntar a todos daqui:

Que diferença existe entre este depoimento da Xuxa (dado na entrevista ao "Fantástico"), e a tal "Comissão da verdade" da presidente Dilma?

Resposta: NENHUMA!

O que existe, na verdade, é uma grande coincidência: ambas com um passado podre (e hoje posando de vítimas)!

ÉLQUISSON disse...

A pergunta do presbítero Valdomiro foi bem direta: por que Xuxa não teve coragem o suficiente para revelar em público o seu passado sujo (sem esconder nada)?

Se Xuxa fosse realmente tão corajosa (como ela quis aparentar na entrevista dada ao "Fantástico"), ela teria que dizer (em alto e bom som) em rede nacional:

– "Posei nua para a revista 'Playboy'";

– "Fiz um filme de sexo explícito com um menino de 12 anos";

– "Fiz com que as meninas, através das minhas paquitas, fossem vistas como objetos sexuais pelos homens";

– "Fiz com que as crianças fossem precocemente erotizadas através do meu programa";

– "Eu só queria saber de ter grande audiência para o meu programa (e muito dinheiro na minha conta), não me importava como (se de maneira certa ou errada)";

Isso é só o que a gente sabe (fora outras coisas que ninguém sabe)...

Dizem que "quem não deve, não teme", não é verdade? Se Xuxa, aparentemente, não deve nada a ninguém (o que eu, particularmente, não acredito), por que ela não admite tudo isto abertamente em público? De quê (ou de quem) ela teria medo se confessasse todo o seu verdadeiro passado (sem esconder nada)?

"O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas aquele que as confessa e as deixa alcançará a misericórdia" (Provérbios 28:13)

Infelizmente, tem muita gente que ainda confunde reputação com caráter. Reputação é o que as pessoas pensam a nosso respeito. Caráter é o valor que os Céus nos atribuem. No caso, Xuxa prefere salvar a sua reputação em público querendo posar de boa moça (como se isso apagasse o passado sujo dela). Mas, interiormente, ela continua a ser a mesma pessoa: é uma mulher que não está nem aí para os males que o programa dela vem causando às nossas crianças (e, pelo jeito, não se arrepende do seu passado imoral). Que caráter ela tem? Nenhum!

E mais: da boca pra fora, é muito fácil para Xuxa dizer que se arrependeu (até mesmo o pecador mais pervertido faz isso). Eu quero ver é ela se arrepender de verdade: se humilhando de joelhos diante de Jesus, e confessando abertamente em público todo o passado podre que teve (sem esconder nada)!

"Em verdade Eu vos digo que haverá maior júbilo no Céu por um único pecador que se arrepende, do que por noventa e nove justos que não sentem necessidade de arrependimento" (Lucas 15:7)

"Assim é que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas antigas já passaram; eis que tudo se fez novo" (2 Coríntios 5:17)

Será que Xuxa teria essa coragem?

DUVIDO MUITO!

Roberto disse...

Olá Julio e leitores.
Isso tudo merece uma mobilização muito maior da população. Infelizmente parece que poucos estão entendendo realmente o que esse projeto é e estão se manifestando.
Abraços.