4 de maio de 2014

É sobrenatural: A influência e o domínio de Baal no mundo

3 comentários :

ELISEU disse...

Quem são os modernos adoradores de Baal? Não é muito difícil de responder: são os políticos do PT (e dos demais partidos esquerdistas), bem como todos aqueles que são cúmplices das políticas pró–aborto, pró–homossexualismo, anti–família, e anti–cristãs. São também os líderes religiosos de algumas igrejas ditas cristãs que fazem alianças com esses mesmos políticos em troca de algum tipo de apoio ou interesse pessoal.

Por que Baal (que, na verdade, é Satanás) está influenciando e dominando o mundo? Por uma razão muito simples: o mundo inteiro desprezou a obediência a Palavra de Deus. Quem despreza a obediência a Deus e à Sua Palavra está trocando Jesus por Satanás.

Mas os cristãos têm a obrigação moral de fazer a diferença neste mundo de trevas. Assim como Deus, em Sua Palavra, disse que reservou para Si 7.000 varões que não se curvaram diante de Baal (conforme o apóstolo Paulo diz em Romanos 11:4), nós também temos que fazer parte dos que não se curvam diante dos desmandos do governo corrupto do PT.

Por isso, não nos prostraremos diante do moderno altar de Baal (o altar vermelho do esquerdismo) quando ele quer alguns "cristãos" obedecendo às suas ideologias malignas, como também não faremos nenhuma aliança com alguns dos políticos evangélicos que estão a serviço deste mesmo altar.

Anônimo disse...

Eliseu, lembrou com acerto de seriissimas questoes que nos tem confrontado. Nada de aliancas com quem afronta a Deus.

Antonio.

Wellington disse...

Respondendo ao Antônio,

Antônio,

Você disse tudo: nada de alianças com quem afronta a Deus. É assim que todo verdadeiro cristão tem a obrigação moral de proceder.

O verdadeiro cristão tem uma só palavra, uma só escolha, segue somente uma única direção, e é firme em suas convicções. Em suma, o verdadeiro cristão obedece ao que Jesus diz:

"Seja, porém, a vossa palavra: Sim, sim; Não, não; porque o que passar disto é de procedência maligna" (Mateus 5:37)

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou amará a um e odiará o outro, ou há de se dedicar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamon" (Mateus 6:24)

"Quem não é por Mim, é contra Mim; e quem Comigo não ajunta, espalha" (Mateus 12:30)

A mesma coisa é dita pelo apóstolo Paulo:

"Não podeis beber do cálice do Senhor e do cálice dos demônios; não podeis participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios" (1 Coríntios 10:21)

"Não vos coloqueis num jugo desigual com os incrédulos. Pois, que sociedade a justiça tem com a injustiça? E que união pode haver da luz com as trevas? E que aliança há entre Cristo e o maligno? E que parte tem o fiel com o infiel? E que concordância existe do templo de Deus com os ídolos? Pois vós sois o templo do Deus vivente; como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e Eu serei o seu Deus, e eles serão o Meu povo. Pelo que saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis em nada imundo, e Eu vos receberei; E Eu serei para vós Pai, e vós sereis para Mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo–Poderoso" (2 Coríntios 6:14–18)

Com Deus, não tem meio–termo e nem coluna do meio: ou é sim, ou é não, ou você está a favor Dele, ou você é contra Ele!

Quantos, que se dizem cristãos, estão cientes disso?