2 de maio de 2014

Copa do mundo: Traficantes oferecendo voo, hotel, copa e escravas sexuais por 12 mil dólares


Copa do mundo: Traficantes oferecendo voo, hotel, copa e escravas sexuais por 12 mil dólares

Heather Sells e Efrem Graham/CBN News               
Comentário de Julio Severo: A TV CBN, de Pat Robertson, estará transmitindo ao Brasil um alerta, em forma de um anúncio educativo, mostrando os perigos ocultos da Copa do Mundo, especialmente prostituição e abuso sexual de crianças. A Copa não será motivo de comemoração e festa para os cristãos. É tempo de orar e vigiar, na presença de Deus, não da tela de futebol, pois vidas inocentes estarão na mira da destruição. Pude colaborar um pouco com esse esforço da CBN, indicando pessoas para as entrevistas que serão mostradas nas próximas semanas, num alerta do lado sombrio e criminoso da Copa. Não olhe pois para o futebol. Olhe para as crianças ameaçadas.
O Brasil espera atrair mais de meio milhão de fãs para a Copa do Mundo neste ano e captar bilhões de dólares de turismo.
Os traficantes sexuais também estão planejando lucrar de um mercado já muito rentável ali e torná-lo ainda mais lucrativo neste ano. Seu modelo de negócio pervertido liga o futebol internacional à exploração sexual de crianças.
“Você pode ir online e ver 12 e 10 mil dólares para o voo, o hotel, o jogo — e a menina,” Diego Traverso, gerente de programas anti-tráfico na América Latina para a Operação Bênção, disse a CBN News.
Muitos acreditam que mostrar para turistas e brasileiros exatamente como o tráfico afeta crianças antes do início dos jogos é o melhor jeito de combatê-lo.
Essa é a ideia por trás de um documentário que a Operação Bênção da CBN lançará no próximo mês no Brasil.
“Estamos tentando levantar o estigma contra isso e educar o povo que está vindo para a Copa do Mundo que isso não é um serviço que você pode comprar sem consequências, que essa crianças estão presas num inferno,” David Darg, vice-presidente de Operações Internacionais da Operação Bênção, explicou.
“Vemos crianças brasileiras de 12 ou 11 anos falando que se você não perdeu sua virgindade aos 11 anos você tem um problema — que algo está errado com você,” continuou ele. “Vejo muitos, muitos casos de mães vendendo suas filhas para vizinhos, na rua, levando-as para a rua, ensinando-as o negócio, para sobreviver.”
Traverso disse que essa mentalidade torcida combinada com a pobreza criou a tormenta perfeita no Brasil, que agora leva uma reputação internacional de tráfico sexual de crianças.
A Operação Bênção espera transmitir seu documentário na televisão nacional brasileira, e também produzirá uma vídeo curto para as empresas aéreas que trarão os fãs da Copa do Mundo para os jogos.
A Operação Bênção também está trabalhando com outros ministérios para alcançar os fãs diretamente nos locais e falar abertamente contra a tragédia do tráfico.
Traduzido por Julio Severo do artigo da revista Charisma: Traffickers Offering Flight, Hotel, World Cup—and Sex Slave—for $12,000
Leitura recomendada:

4 comentários :

Anônimo disse...

Um abismo chama muitos outros, assim o diz a Biblia. Qdo a populacao brasileira adotou a rede podre de televisao como se fosse arauto divino, a assimilacao da imundicie apresentada ali foi num crescendo, anulando o discernimento. Assim, qdo satanas apresentou o filho dele para desgovernar o Brasil, um povo, ainda e, principalmente, "evangelico", foi, alegre e levianamente aas urnas malditas para "eskolhe-lo". Na inconsequente consequencia, dentre muitas maldicoes, levantou-se essa kopa dos imundos e, por ai se vai para o inferno, ou jah se foi? Penso que jah passamos do fim dos tempos. Oremos.

Antonio.

Edigar Caires Lima disse...

O ex-bbb está tentando “legalizar” a prostituição e as drogas, publiquei um artigo alertando o perigo deste projeto. Seque trechos:
“ O Brasil vai sediar dois grandes eventos esportivos que atraem milhões de turistas....... A descriminalização das casas de prostituição obriga a fiscalização...... A Comissão também recomenda a despenalização de atividades sexuais entre pessoas do mesmo gênero, trabalho sexual e consumo de drogas....
Proj. de lei Gabriele Leite, Jean Wyllys.
A copa do IN-mundo e a MERD-olimpíada foram usadas como pretextos para se descriminalizar a prática dos vários tipos de prostituição e a despenalização do consumo de drogas, fica claro que na mente do autor do projeto o esporte tem ligações diretas e se intercalam com a prostituição e as drogas, pois caso contrário o argumento dele seria insustentável. “descriminalizar” significa deixar de ser crime e “despenalizar” significa não ser passível de pena, qualquer prática que não seja crime ou não possa ser punida passa a ser legal, e deste ponto de vista podemos afirmar que se deseja “legalizar” a prática de diversos tipos de prostituição e consumo de drogas no Brasil.”
“ O Brasil é conhecido mundialmente pela corrupção politica e ostenta com orgulho o título de "país do futebol", mas se os anseios do ex-bbb forem realizados, os que desejarem poderá usar oficialmente também o Slogan: "Brasil, o país da prostituição e das drogas".
“ Prostituição: Pensado em si e seus representados, o autor do projeto pede a “descriminalização das casas de prostituição” juntamente com a “ despenalização de atividades sexuais entre pessoas do mesmo gênero”. Mas desde quando estas formas de prostituição são crimes.
Não se tem um único caso de pessoa que foi “agredida”, “presa” ou “penalizada” simplesmente por se prostituir praticando sexo de forma convencional ou bizarra, deve ficar claro que todos devem arcar com as consequências de suas práticas e os riscos de sua "profissão" e "vícios" não culpando a sociedade taxando-a de moralista e preconceituosa. E a verdade é que todo ambiente onde se prostitui e consome drogas se torna perigoso, aplica-se neste caso um dito popular: Quem mexe com fogo acaba se queimando.
Salvo os casos previstos em lei, cada um é dono do próprio corpo e pode alugar ou ter alugado qualquer "orifício" ou membro dele a quem estiver interessado e possa "pagar", não se tem um único caso que alguém mediante autorização e pagamento teve-lhe negado o direito de ser introduzido por algo, mesmo sendo no "orifício fecal". As únicas penas aplicáveis a qualquer aberração sexual praticada sendo ela hétero ou homo são as complicações diversas dela mesma.
“ Droga: Mas o pior desta aberração é a permissão “disfarçada” de traficar, pois traficantes travestidos de usuários é o que não irão faltar para cumprir o papel de "mini mulas do tráfico" que a partir de então estarão legalmente amparados por este vácuo criado propositalmente neste projeto. Não vi nada ali relativo a quantidades ou que condições estas drogas poderiam ser “portadas para o uso”, ou porque não dizer traficadas para venda. A depender da quantidade “legalmente” permitida, da distância a ser percorrida e da disposição da mula; uma tonelada por dia será café pequeno.
Nota-se claramente interesse financeiro por trás disto, pois com a legalização das drogas e da prostituição os “empresários” irão explorar oficialmente o que já faz na clandestinidade, ai os verdadeiros donos dos “puteiros” e das “bocas” irão dar as caras em público e não se surpreenda se algum político figurar encabeçando a lista de “empreendedores”, nem mesmo vão usar os “laranjas
Nestes trechos percebe-se a gravidade, se possível mantenha o link do artigo caso sua leitura seja interessante:
http://www.edigarcaires.com.br/politica_midia_futebol_prostituicao_e_entorpecentes.php
Parabéns Júlio pela sua luta.
Fiquem na paz

Gui disse...

Boa noite,

Abaixo alguns links com informações das consequências da legalização da prostituição:

http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-raz%C3%A3o-da-rede-globo-estar-divulgando-o-tr%C3%A1fico-de-mulheres-na-novela-salve-jorge?highlight=Prostitui%C3%A7%C3%A3o

http://omarxismocultural.blogspot.pt/2012/11/as-consequencias-desastrosas-do.html

khispano atlántico disse...

tudo esto de hoje, Sodoma e Gomorra eran jardim de crianças al lado.

DEUS OS CASTIGUE PRONTO.