15 de maio de 2014

CDHM quer investigar igrejas que se opuseram ao socialismo durante o governo militar


CDHM quer investigar igrejas que se opuseram ao socialismo durante o governo militar

Caça às bruxas conta com o aval de deputados da bancada evangélica

Julio Severo
Em sua última sessão, a Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara Federal aprovou o requerimento 72/2014, de autoria da esquerdista Luiza Erundina, que pretende realizar uma audiência pública para “debater a atuação das igrejas durante a ditadura militar”.
Luiza Erundina: caça aos cristãos conservadores
O requerimento de Erundina — que em 1990, quando prefeita, inaugurou em São Paulo o Parque Municipal Luís Carlos Prestes, em homenagem ao guerrilheiro comunista — encontrou apoio entusiasmado do supremacista gay Jean Wyllis e dos petistas que retomaram controle da CDHM.
É claro que o grupelho esquerdista que se reinstalou na Comissão de Direitos Humanos não quer realmente falar das vítimas da guerrilha de um sistema que é campeão internacional de torturas e assassinatos. O que se pretende é usar a audiência para dar início a uma caça às bruxas contra católicos e evangélicos que se opuseram a esse sistema.
“Durante a ditadura civil-militar de 1964, alguns religiosos protegeram ou intercederam em favor de fiéis que estavam engajados na resistência ao regime. No entanto, sabe-se também de relatos sobre a atuação de outros tantos clérigos ou leigos que colaboraram com a ditadura ao denunciarem sigilosamente a atuação política de membros das igrejas.“
Fica explícito, pois, o objetivo verdadeiro da iniciativa de Erundina, que tem como herói o guerrilheiro comunista Prestes. A CDHM quer reabrir feridas, reavivar conflitos no meio católico e protestante, produzindo um novo e perigoso clima de hostilidade entre cristãos a fim de minar e sabotar qualquer onda conservadora cristã nas eleições presidenciais deste ano.
Houve arbitrariedades naquele tempo, mas não contra os guerrilheiros comunistas. Os militares reprimiam com violência uma esquerda fortemente armada e violenta que praticava atentados terroristas que resultaram no assassinato de inúmeros cidadãos brasileiros. Aliás, embora pouco se fale disso, os esquerdistas também praticavam torturas e assassinatos entre si!
Entretanto, Erundina não quer saber das vítimas dos terroristas de esquerda. Ela e seus colegas querem trazer ao seu pequeno tribunal de inquisição apenas os cristãos opostos ao socialismo. E não aceita o contraditório, impedindo o deputado Jair Bolsonaro de falar pelo outro lado na CDHM.

Reino contra reino

A esquerda quer dividir os cristãos, reabrindo dolorosas feridas do passado, para que possa se fortalecer no Congresso e avançar com sua agenda antifamília neste ano eleitoral. Querem, como sempre, posar de vítimas merecedoras do título de heróis e merecedoras de implantar toda e qualquer iniquidade em nome da “igualdade” e “direitos humanos.” Os cristãos representam hoje a única oposição civil às forças políticas que buscam a degradação da família pretendida pelas esquerdas.  
Não é por acaso que os revanchistas da CDHM querem empreender uma inquisição ideológica contra os católicos e evangélicos conservadores, introduzindo a divisão e o ressentimento. 
É uma estratégia das trevas: “Todo reino dividido contra si mesmo será arruinado, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não resistirá.” (Mateus 12:25 KJA)
A esquerda sempre quer dividir, jogando negros contra brancos, pobres contra ricos, gays contra héteros e agora cristãos contra cristãos.  É o modus operandis dela. Mas o que dizer dos cristãos que lá estão e cederam ao lobby de meia dúzia de demagogos e impostores?

Caça às bruxas

O mais intrigante é que o requerimento foi aprovado em sessão na qual participavam deputados evangélicos que, supostamente, foram eleitos para falar em nome da população evangélica e alertar sobre toda manobra orquestrada contra as igrejas. Em vez de alertarem seus eleitores evangélicos, ficaram quietinhos. Em vez de avisarem, deram as mãos.
O caso de perseguição ao Dep. Marco Feliciano, por ele ser evangélico, deveria ter sido suficiente para mostrar para esses membros da bancada evangélica que as intenções da esquerda para com os seguidores e promotores de Cristo sempre envolvem perseguição.
Mas não. Eles se omitiram vergonhosamente. Antes de serem eleitos, eles haviam prometido ao seus eleitores cristãos que fariam a diferença no Congresso Nacional, mas agora se calam e até são coniventes quando a esquerda, na presença deles, orquestra um ataque explícito aos cristãos. O mínimo que eles poderiam fazer é lembrar esta admoestação dos lábios do Senhor Jesus: “Conheço as tuas obras, sei que não és frio nem quente. Antes fosses frio ou quente! E, por este motivo, porque és morto, não és frio nem quente, estou a ponto de vomitar-te da minha boca.” (Apocalipse 3:15-16 KJA)
É difícil saber se a deputada Antônia Lúcia, que está na CDHM, se encaixa nessa descrição de mornidão? Ela, que faz parte da Frente Parlamentar Evangélica, não se manifestou sobre o requerimento, nem contra e nem a favor. Infelizmente, a deputada evangélica parece ser contundente apenas quando se trata de defender a Telexfree e outras empresas de pirâmide financeira, que faz com que cristãos invistam seu dinheiro para nunca mais o verem.
Outro que também está engajado na legalização da Telexfree e outras empresas de pirâmide financeira no Brasil é o Dep. Roberto de Lucena. Resta saber o que o Reino de Deus ganha com isso: Empresários que ganham e sustentam parlamentares.
Pior do que a omissão, porém, é a participação ativa no engodo montado pelo grupelho esquerdista para atacar os cristãos conservadores na CDHM. Já conhecido por suas vacilações, confusões e decisões equivocadas, Lucena deu todo apoio à iniciativa de Erundina.
Atitude muito estranha dele. Quando o PT se reapossou da CDHM em março deste ano com tudo para avançar a agenda gayzista, Lucena, que é pastor da Igreja O Brasil para Cristo, disse: “Na verdade, durante todo o ano passado tivemos momentos muito difíceis, tensos, que queremos deixar para trás.”
Se o negócio é deixar para trás o testemunho de ousadia e coragem de Marco Feliciano, que quando estava na presidência da CDHM, e mesmo antes, assumia publicamente suas posturas contra o aborto e a ditadura da agenda gay, Lucena diz “amém.” Mas se o negócio é cavoucar o mau testemunho de pastores protestantes esquerdistas que foram infiéis ao Evangelho de Jesus Cristo, mas foram fiéis ao evangelho de Karl Marx, Lucena demonstra atitude oposta: Nada de deixar para trás. Cavoucar até o fim! Defender e canonizar os pastores canalhas do evangelho marxista.
Ao invés de denunciar a fraude grosseira orquestrada contra os cristãos por um grupelho esquerdista interessado em revanche contra pastores conservadores na época do governo militar, Lucena foi além do seu característico oportunismo e, sem medir o estrago, sugeriu que fossem ouvidos líderes evangélicos! Quem ele recomenda para dar testemunho contra os pastores conservadores e a favor dos pastores comunistas? Caio Fábio? Alexandre Brasil? Ariovaldo Ramos, que apoiava o ditador comunista Hugo Chavez e assinou manifesto contra Marco Feliciano?

Roberto de Lucena quer Igreja O Brasil para Cristo na defesa de protestantes comunistas do passado?

Lucena pediu a inclusão do nome dos filhos de Manoel de Mello, fundador da Igreja O Brasil Para Cristo (OBPC), para serem ouvidos na audiência. O fundador da OBPC foi preso várias vezes durante o governo militar e tinha, pioneiramente como pentecostal brasileiro, se unido ao Conselho Mundial de Igrejas (CMI), um ninho de apóstatas e comunistas de grandes igrejas protestantes históricas. Um pentecostal entre eles era uma raridade.
Pode ser que, como muitos pentecostais até hoje, Manoel estava no CMI sem entender nada. Pelo menos seus programas de rádio de grande audiência nunca deram nenhum apoio ao comunismo. Pelo contrário, em 12 de outubro de 1982 ele chegou a lotar com milhares de evangélicos o Estádio do Pacaembu em São Paulo não só para ouvirem a Palavra de Deus, mas também para darem apoio político a Adhemar de Barros, candidato dos militares ao governo de São Paulo.
O portal da Convenção da Igreja o Brasil para Cristo de São Paulo tem a biografia dele, mas nada menciona de sua ligação com o infame CMI, que sempre abrigou, majoritariamente, não igrejas pentecostais, mas igrejas anglicanas, luteranas, metodistas, reformadas e presbiterianas. Ter o nome de uma igreja no rol do CMI é uma honra para as esquerdas, mas uma vergonha para o Evangelho. Será por isso que a Igreja O Brasil para Cristo não atrele hoje o nome de seu fundador ao infame organismo internacional ecumênico promotor da Teologia da Libertação?
Possivelmente, as prisões que Manoel de Mello sofreu foram por causa de suas ligações com o CMI, entidade alinhada com os interesses da União Soviética. Afinal, subversão comunista e CMI andavam de mãos dadas. Dom Evaristo Arns, que foi instrumental na fundação do PT, foi igualmente instrumental na ajuda ao CMI e aos pastores comunistas do Brasil.
Será que os filhos de Manoel de Mello permitirão que o legado do fundador da OBPC seja reduzido a um artifício na voz da esquerdista Luiza Erundina, a fã de Luiz Carlos Prestes, contribuindo para a canonização de pastores esquerdistas e suas canalhices e para a promoção de uma dolorosa e desnecessária divisão no meio protestante?
Ou será que Lucena pretende, com o testemunho dos filhos de Mello, revelar um passado esquerdista de sua denominação que o público desconhece?
Será que a população evangélica, responsável pela eleição de cada membro da Frente Parlamentar Evangélica, permitirá que os deputados eleitos por eles avancem as tramas de Erundina contra as igrejas que, por serem fiéis ao Evangelho de Jesus Cristo, se opuseram ao evangelho assassino de Karl Marx durante o governo militar?
Até quando os eleitores evangélicos suportarão as “fraquezas” esquerdistas da bancada evangélica?
Um reino dividido não resistirá. “Dividir para conquistar” sempre foi um dos lemas da esquerda. Destruição da família e perseguição aos cristãos sempre foram um dos resultados.
Leitura recomendada:

18 comentários :

Anônimo disse...

"O mundo jaz no maligno". "O mundo vai de mal a pior". Sao assertivas biblicas.
"Chegamos ao governo, nao ao poder", disse um dileto filho de satanas ha algum tempo. mas, ateh onde chegaram jah estah dando pro gasto. Em qualquer epoca, em qualquer lugar, a Igreja sempre foi, eh e serah contra satanas. Agora nao confundam o joio com o trigo da melhor qualidade. Estah proximo o dia em que o Senhor vai ripar esses imundos do Universo.
Oremos.

Antonio

Eliel disse...

Júlio,

Esquerdista defendendo os interesses dos esquerdistas não é nenhuma novidade. Não difere em nada do corporativismo político (onde corrupto defende corrupto).

Entretanto, o que nos deixa indignados é vermos que muitos que se dizem cristãos estão ao lado dos esquerdistas. Com "cristãos" desse tipo em algumas igrejas (e dentro de parte da bancada evangélica do Congresso Nacional), quem precisa se preocupar com os ataques do diabo? Ou, como se diz no popular, com "amigos" desse tipo, quem precisa de inimigos?

Se Jesus aparecesse repentinamente em muitas dessas igrejas cujos líderes (ou dirigentes) dão apoio aos políticos ou partidos esquerdistas (ou são aliados deles), com certeza Ele expulsaria todos de lá. E certamente Ele diria as mesmas palavras que disse quando expulsou os vendilhões do tempo:

"Está escrito: A Minha casa será chamada casa de oração; mas vós a transformastes em um covil de ladrões" (Mateus 21:13)

Infelizmente, o esquerdismo contaminou as igrejas como um câncer (e corrompeu a pureza da verdadeira fé cristã). Pelo fato de muitas dessas igrejas não estarem mais sendo guiadas somente pelo autêntico, a maioria esta se deixando influenciar por qualquer doutrina (como o apóstolo Paulo nos adverte em Efésios 4:14).

A igreja do Senhor tem a obrigação moral de ser luz neste mundo de trevas. A respeito disso, o apóstolo Paulo afirmou com autoridade:

"Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela Palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível" (Efésios 5:26–27)

Diante disso, eu pergunto: o que nós, cristãos, temos realmente feito para preservar a pureza das igrejas (para que elas estejam sendo guiadas somente pelo autêntico evangelho), ou melhor, de que forma temos agido contra as alianças com ímpios, as heresias, as falsas teologias, os falsos evangelhos, e os falsos profetas (e outros erros que têm contaminado a pureza da igreja do Senhor)?

O apóstolo Paulo já havia prudentemente alertado sobre alguns dos perigos que iriam ameaçar a igreja do Senhor nestes últimos tempos:

"Pois eu bem sei que, após a minha partida, surgirão no meio de vós lobos vorazes, os quais não pouparão ao rebanho; E que entre vós mesmos aparecerão homens que falarão coisas perversas, para atraírem os discípulos após si" (Atos 20:29–30)

"Mas tenho receio de que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de algum modo corrompidos os vossos costumes, e se apartem da simplicidade que há em Cristo" (2 Coríntios 11:3)

"Cuidado para que ninguém vos faça presa sua, através de filosofias e vãs sutilezas de acordo com a tradição dos homens e conforme os preceitos do mundo, e não segundo Cristo" (Colossenses 2:8)

"Mas o Espírito expressamente adverte que em tempos posteriores muitos apostatarão da fé, e darão ouvidos aos espíritos enganadores e às doutrinas de demônios" (1 Timóteo 4:1)

Não é exatamente isto o que está acontecendo com muitas das igrejas do Brasil de modo geral?

Deixo esta pergunta no ar para alguém daqui responder na primeira oportunidade.

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Sei que eu vou ser criticado por alguns leitores e comentaristas, porque eu vou colocar aqui um comentário que eu já postei em artigos anteriores. Mas, considerando o momento político, social, e econômico do nosso país (e também o que acontece em todo o mundo), sou obrigado a repetir o mesmo comentário (até porque tem tudo a ver com o teor deste artigo).

Eu diria que houve uma falta de vigilância do povo em geral contra a infiltração e a proliferação de idéias esquerdistas, marxistas, comunistas e socialistas na nossa política e no nosso sistema educacional. E, infelizmente, essas mesmas idéias também contaminaram as nossas igrejas (por negligência dos servos de Deus).

Em virtude disso, o verdadeiro evangelho de Jesus vem sendo deturpado e distorcido por muitos pastores. Como prova disso, temos várias "teologias": Prosperidade, Missão Integral, Libertação (e outras semelhantes). Em outras palavras: são criados outros evangelhos (que são, na verdade, falsificações do verdadeiro evangelho de Jesus).

Só que o apóstolo Paulo, a respeito disso (dos falsos evangelhos e das falsas teologias), disse em alto e bom som:

"Mas ainda que nós mesmos ou até um anjo do Céu vos apresente um outro evangelho diferente daquele que eu vos tenho pregado, seja anátema. Assim como já vos disse antes, agora novamente vos digo: se alguém vos anunciar um outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. Porque, procuro eu o favor dos homens ou o favor de Deus? Ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo" (Gálatas 1:8–10)

Há muitos anos atrás (mais precisamente na década de 70), quando eu ainda era um jovem recém–convertido (fui consagrado a obreiro alguns meses depois), eu lembro que, durante uma pregação na igreja onde eu congregava, o pastor disse (num tom profético): "Irmãos, vai chegar um tempo em que o evangelho do Senhor Jesus Cristo será desprezado. Muitos vão se deixar seduzir por idéias demoníacas, e vão inventar outras crenças e outros evangelhos (e também outras teologias totalmente fora da Palavra de Deus). E, infelizmente, muitos dos servos de Deus serão influenciados por essas mesmas idéias (que também vão contaminar a igreja do Senhor). Não deixemos que nada isso venha a nos afastar da pureza da Palavra de Deus, e não abandonemos a verdade".

Num primeiro momento, achei que o pastor estava sendo pessimista demais. Ao final do culto, eu perguntei a ele em particular: "Pastor, o senhor não está exagerando? Quem pode ir contra a verdade da Palavra de Deus?" E ele me respondeu: "Meu filho, a Palavra do Senhor tem que se cumprir. Vai acontecer muita coisa antes da volta de Jesus. E isso que eu falei é apenas uma de muitas delas. Tenha certeza disso, porque a Palavra do Senhor é verdadeira. Estive orando em casa e o próprio Senhor me revelou tudo isso".

Hoje, passados pouco mais de 40 anos após eu ter ouvido a pregação desse mesmo pastor (que hoje descansa no Senhor), vejo tudo se cumprindo: escolas, pessoas e igrejas corrompidas por filosofias marxistas, socialistas, comunistas, esquerdistas, e outras filosofias anti–cristãs (sem contar outras teologias e outros evangelhos). E a tendência é tudo piorar cada vez mais!

O que o pastor falou naquela época (e que está acontecendo hoje) só faz confirmar as palavras do apóstolo Paulo:

"Mas o Espírito expressamente adverte que em tempos posteriores muitos apostatarão da fé, e darão ouvidos aos espíritos enganadores e às doutrinas de demônios" (1 Timóteo 4:1)

Alguém ainda duvida da veracidade da Palavra de Deus?

Se alguém quiser se manifestar, esteja à vontade.

Duílio disse...

É muita ingenuidade alguém acreditar que o PT vai mudar a sua agenda política algum dia. Quem acredita nisso também acredita que o diabo, um dia, vai se converter a Jesus!

Se o PT, algum dia, falou o contrário, foi por puro oportunismo eleitoral (já que é exatamente assim que o PT e os demais partidos esquerdistas agem).

Um bom exemplo disso (desse mesmo oportunismo) foi a própria eleição de Dilma. Durante a campanha presidencial, ela corria forte risco de não ganhar por ter se declarado favorável ao aborto. Sabendo que a população brasileira e o segmento evangélico são radicalmente contra o aborto, ela se comprometeu (inclusive assinando um documento em público) em não legalizar o aborto. Todos acreditaram piamente nessa promessa mentirosa dela.

E o que aconteceu depois? Quando ela foi eleita, o aborto anencefálico foi legalizado (contando também com uma "mãozinha" do STF para isso)! Não é esta uma prova mais do que evidente de que Dilma mentiu somente com a intenção de ser eleita? Não só ela, mas também todo e qualquer político esquerdista faria a mesmíssima coisa nas campanhas eleitorais (disso eu tenho plena e absoluta certeza)!

Alguém ainda acredita que os políticos do PT (e dos demais partidos esquerdistas) vão falar a verdade algum dia? Só mesmo quem for muito burro!

ELISEU disse...

Não sei se eu vou estar 100% certo no meu ponto de vista, mas eu penso o seguinte: todos os eleitores (principalmente os cristãos) deveriam investigar a vida pregressa dos candidatos (seja de que partido eles forem), o que dizem os estatutos, diretrizes, ou resoluções dos partidos aos quais esses mesmos candidatos são filiados, como votam, como atuam no Congresso Nacional, quais ideais defendem, enfim, procurar se informar (e também esclarecer a todos), para que não haja ninguém sendo enganado pelos muitos lobos em pele de cordeiro que sempre aparecem em todas as eleições.

Lembro que tinha um vizinho meu que matava e morria pelo PT e pela esquerda. E era também um defensor ferrenho dos socialistas: Marx, Lênin, Stálin, Fidel Castro, Che Guevara (e outros). E não admitia que ninguém falasse mal deles!

Mas bastou eu mostrar alguns vídeos da TV Câmara e da TV Senado (e também algumas reportagens e alguns artigos) mostrando o que os esquerdistas realmente fazem às escondidas para que esse mesmo vizinho "acordasse". Quando ele finalmente viu a verdade sem nenhum disfarce, ele ficou tão horrorizado que me confessou: "Eu não sabia que esse pessoal agia assim nos bastidores".

Num primeiro momento, ele custou a acreditar no que estava vendo. Mas, como se diz popularmente, "contra fatos, não há argumentos". Ele, finalmente, teve que admitir que tinha sido enganado durante todo esse tempo. Aí eu aproveitei a deixa e disse a ele: "Jesus disse, com todas as letras, que o diabo é o pai da mentira (João 8:44). Os esquerdistas agem da mesma forma (exatamente igual ao diabo): fazem mil e uma promessas mentirosas para se elegerem. É somente através da mentira e da dissimulação que a esquerda consegue estar no poder (para depois mostrar a sua verdadeira face). Se não fosse pela mentira, os políticos do PT (e de outros partidos esquerdistas) jamais seriam eleitos".

Diz um ditado popular que "quem vê cara, não vê coração", não é verdade? Quantas promessas de muitos esquerdistas são feitas na nossa frente com um sorriso (mas com as intenções mais perversas por trás desse mesmo sorriso)?

Por isso é que o governo não tem nenhum interesse que o povo tenha conscientização política. É lógico: quanto mais ignorante for o povo, mais esse mesmo povo é fácil de ser enganado. Em outras palavras: o povo politicamente ignorante se torna uma massa de manobra facilmente manipulável nas mãos de quem está no poder. E considerando que este mesmo povo vota mais com a barriga do que com a cabeça, não é nenhuma surpresa termos um governo corrupto no poder.

Tendo um governo totalmente pró–homossexualismo, pró–aborto, anti–família e anti–cristão, qual será o futuro do nosso país para as próximas gerações?

Fiszpan Porcel disse...

Se eu fosse o Pastor desses canalhas, eu mesmo excluiria todos eles e as famílias deles também. Temos que cortar na carne, extirpar esse câncer! Doa a quem doer! Custe o que custar!

Anônimo disse...

O brasileiro eh tao alienado que nao percebe as matilhas soltas nos apriscos espalhados pelo Brasil e, alegremente respaldam a "lideranca" delas, indicando-as para "representantes". O autor tcheko Franz Kafka escrevia sobre o absurdo da realidade. Coitado, nao conheceu o personagem verde e amarelo Makunayma, aquele heroi sem nenhum carater. Entao, como incorporamos no dna as "qualidades" do heroi, vamos reclamar do queh, caramba???!!!

Antonio.

Anônimo disse...

Meu ponto de vista pode contrariar muitos, mas agora coloquei em minha cabeça - que apesar de nunca votar nessa organização criminosa chamada PT - que não é PT o culpado de nada! O povo brasileiro gosta e merece um governo PT. O povo brasileiro gosto de sofrer, para poder ter motivo para se queixar, de se fazer de vítima. O brasileiro é comodista - para não dizer burro! Como alguém que se diz de Deus, pode votar numa organização satânica como o PT, como muitos fazem? Me refiro aos evangélicos. Eu acho irmão Júlio seu trabalho muito bonito, acho que você faz o papel do beija-flor num incêndio, leio todos os dias seu blog e que Deus te proteja, mas não tenho nenhuma espereça de dias melhores com este governo PT. E não duvido que o PT vai permanecer no poder por muito tempo, porque é isso que o povo brasileiro merece mesmo. Pena que alguém que não merecem sofre, sofre também.

Do amigo baiano,
Lúcio

Anônimo disse...

Hunm... pode ser que a acao fascista anunciada acima seja uma ameaca de retaliacao em funcao disto:

http://gospelrevista.blogspot.com.br/2014/05/forca-crista-quer-reagir-agora-e.html
(Força cristã quer reagir agora e derrubar partido ditatorial.)

Antonio

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Amigo Lúcio,

Talvez este comentário que eu vou postar aqui (embora seja repetido) explique melhor por que o povo (inclusive o povo evangélico) quase sempre coloca esquerdistas no poder em toda eleição (me corrija se eu estiver errado):

Diz um ditado popular que "o povo tem o governo que merece". Nunca, aqui no Brasil, isso ficou tão evidente, ou melhor, nunca esse mesmo ditado se confirmou de maneira tão clara como nestes últimos anos.

Basta fazermos uma análise dos governos de Lula (anterior) e de Dilma (atual). Mudam somente os "atores" (no caso, os presidentes), mas o "script" (isto é, o programa de governo) é rigorosamente o mesmo. Para que não haja mais nenhuma dúvida quanto a isso (principalmente para aqueles que não acreditam que isso seja verdade), vejamos alguns dos pontos que ambos os governos têm em comum:

– Promoção de políticas de apoio aos "direitos humanos" (leia-se privilégio para os homossexuais e para os menores criminosos, e a perseguição aos cristãos);

– Discriminalização do aborto, já que o aborto é somente um "caso de saúde pública" (ou seja, o aborto, para o governo, não é um crime contra uma vida inocente e indefesa);

– Censura à liberdade de expressão (e ainda dizem, com a maior cara–de–pau, que vivemos num país democrático!);

– Tolerância às religiões afro–descendentes, sob o argumento de que elas fazem parte da nossa cultura, e, como tal, não podem ser discriminadas (como o diabo dessas mesmas religiões se disfarça em anjo de luz, só falta dizer que todas elas são de Deus);

– Distribuição de "kits educativos" nas escolas, com a alegação de combater a homofobia (uma forma disfarçada de fazer com que as nossas crianças sejam sutilmente induzidas ao homossexualismo, promovido pelo ex–ministro Fernando Haddad e por toda a corja do governo e dos homossexuais);

– Homenagem às "vítimas" do regime militar (ninguém jamais procurou saber o verdadeiro passado de Dilma, Lula, e de outros esquerdistas).

Enfim, estas são apenas algumas das muitas semelhanças entre os governos de Lula e o de Dilma (na verdade, o governo de Dilma nada mais é do que a continuação do governo de Lula).

E por que o povo, mesmo sabendo disso tudo, ainda assim vota neles? Por uma razão muito simples: recebendo a "ajuda" (Bolsa–Família) do governo, quem é que não quer ser sempre beneficiado pelo mesmo governo de alguma forma? Tem até gente que ainda tem a ousadia de dizer: "Se o governo é bom (já que ajuda o povo com o Bolsa–Família e outros benefícios), por que votar contra o mesmo governo?" Isso lembra aquela máxima do antigo Império Romano: "Dai pão e circo ao povo, que o Império sobrevive".

Não tenho nenhum medo de dizer: a nossa política está tão podre e tão corrompida, que nem mesmo alguns dos políticos da bancada evangélica não são dignos da nossa confiança (e, muito menos, merecedores do nosso voto). Em suma: não dá pra confiar em nenhum político (seja de que partido for).

Se o povo tivesse vergonha na cara (e, principalmente, se este mesmo povo fosse politicamente conscientizado), não colocaria corruptos no poder em troca do Bolsa–Família (ou em troca de qualquer outro tipo de ajuda ou assistencialismo). Só que o povo, durante as eleições, vota mais com a emoção do que com a razão (ou melhor, mais com a barriga do que com a cabeça). E isso, infelizmente, já criou um ciclo vicioso muito difícil de ser quebrado.

Portanto, diante de tudo que foi dito aqui, só dá pra chegar a uma única conclusão: enquanto prevalecer este quadro, ou melhor, enquanto o povo, em toda eleição, ainda continuar adotando esta mentalidade clientelista (isto é, de só votar em troca de algum tipo de ajuda ou assistencialismo), o nosso país vai estar sempre sendo governado por corruptos.

Que estas palavras sirvam de alerta para que todos, a partir de agora, sejam mais cuidadosos na hora de votar (e não se deixem enganar pelas promessas mentirosas dos muitos lobos em pele de cordeiro que sempre aparecem em todas as eleições)!

Augusto Paiva disse...

caminho: a esquerda. Cristão ''Portanto, não te desviarás, nem para a direita nem para a esquerda, de qualquer dos mandamentos que hoje te ordeno, a fim de seguires outros deuses e prestar-lhes culto.'' (Deuteronômio 28:14).

Infelizmente os homens deixaram a sã doutrina, abandonaram a senda do Senhor e desviaram para o pior caminho: a esquerda. Cristão esquerdista (lê-se melhor, socialista) é pior que ateísta militante, porque os ateístas militantes mostram a que vem, os ditos cristãos são lobos em pele de cordeiro.

Os socialistas foram os que mais mataram cristãos, de todas as denominações. São os que mais escarnecem a fé e o próprio Deus. Só que, depois de renegarem o nosso Senhor Jesus Cristo, quando diziam (e ainda dizem) que ele sequer existira - vejam o ódio -, agora pintam-No como sendo um revolucionário para cooPTar os cristãos. Como um pastor pode venerar Fidel ou Che, que escreveu isso no seu caderninho de notas: ''“Na verdade, se o próprio Cristo estivesse no meu caminho eu, como Nietzsche, não hesitaria em esmagá-lo como um verme.” E há cretinos que o comparam ao Santo Cristo.

Em vista dessas investigações da CDHM, lembro-me sobre o que disse Yuri Alexandrovich sobre os idiotas úteis: http://www.youtube.com/watch?v=95H1wqh96Ts. O Brasil já descamba para o comunismo. Temos que reagir.

Anônimo disse...

corruPTos.

Diácono Elias (Igreja Batista Nova Jerusalém) disse...

Respondendo ao Lúcio e ao Augusto Paiva,

Não sei se vocês vão concordar comigo, mas eu diria o seguinte (me corrijam se eu estiver errado): se todos os eleitores do Brasil (inclusive os cristãos) tivessem orado e pedido discernimento a Deus antes de votar, não teríamos no poder um governo pró–homossexualismo, pró–aborto, anti–família e anti–cristão. E nem elegeríamos uma bancada que se diz evangélica, mas que não tem tido nenhum compromisso verdadeiro com a obediência à Palavra de Deus (além de ser omissa no combate ao pecado e conivente com o mesmo governo)!

Creio que o problema está não somente em muitos dos políticos que se dizem cristãos (como os da bancada evangélica), mas também de alguns cristãos eleitores que os colocam lá. Alguns desses mesmos eleitores votam somente por votar, influenciados por alguém (tipo: "Vou votar no irmão da minha igreja, pois foi o pastor quem pediu"), ou sem saber quem realmente é o candidato, quais ideais defende, quais compromissos tem, quais interesses visa, enfim, o que realmente fará ao ser eleito.

Daí, surgem certos "políticos cristãos" que estão mais preocupados em cuidar de seus negócios particulares (ou dos negócios de suas igrejas) do que em ter um compromisso sério com a obediência à Palavra de Deus e com questões que afetam a sociedade como um todo (especialmente a maioria cristã).

Portanto, é necessário que todos (não só o povo, mas também as igrejas) sejam politicamente conscientizados sobre a responsabilidade do voto. Se em toda eleição colocarmos ímpios no poder, estaremos dando carta branca para que o diabo e os demônios ataquem a tudo e a todos (além de promoverem a destruição dos valores morais, familiares, e dos princípios cristãos). Em suma: o que não podemos fazer é perpetuar este ciclo vicioso, ou melhor, não podemos continuar alimentando esta política imoral e anti–cristã que já tomou conta do Brasil. Aliás, não só o cenário político, mas, infelizmente, até algumas igrejas evangélicas estão infestadas de falsos cristãos gananciosos e vaidosos que só usam o nome de Deus para seus próprios interesses (ou para suas próprias conveniências pessoais).

Que este alerta seja amplamente divulgado a todos, para que todos saibam o quanto o voto é importante para decidir o futuro de um país.

Um grande abraço,

Diácono Elias (Igreja Batista Nova Jerusalém)

Tobias disse...

Amigo Augusto Paiva,

O salmista disse:

"Bem–aventurado é o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, e não se assenta na roda dos escarnecedores. Antes o seu prazer está na lei do Senhor; e nela medita dia e noite" (Salmo 1:1–2)

Vejamos como este texto retrata fielmente a postura de alguns que se dizem cristãos:

– Quem dá ouvidos às mentiras do PT (e de outros partidos esquerdistas) e a todos os que gostam de falar mal do irmão Júlio Severo (e de outros cristãos) está andando segundo o conselho dos ímpios;

– Quem se omite da sua obrigação de defender os cristãos de toda e qualquer afronta do diabo e de seus escravos está se detendo no caminho dos pecadores;

– Quem é cúmplice de inúmeros ataques aos cristãos (e quem dá apoio aos que promovem tais ataques) está se assentando na roda dos escarnecedores.

Será que esta minha análise está certa?

Usando um tom carregado, eu diria o seguinte: pior do que se aliar a um ímpio é agir como ímpio ou estar ao lado daqueles que se dizem cristãos (mas que agem pior até do que os piores ímpios). O apóstolo Paulo escreveu algo muito apropriado neste sentido:

"Já vos adverti por carta para que não vos associeis com aqueles que se prostituem; isso não dizer absolutamente com os devassos, nem com os avarentos, os roubadores, ou os idólatras; pois assim seria necessário para vós sair do mundo. Mas agora eu vos escrevo para que não vos associeis com aquele que, se dizendo irmão, for devasso, avarento, idólatra, maldizente, beberrão, ou roubador; com o tal, nem ainda comais. Pois que tenho eu em julgar aqueles que estão de fora? Não julgais vós quem é de dentro? Mas Deus julga os de fora. Tirai, portanto, do meio de vós esse iníquo" (1 Coríntios 5:9–13)

Outra advertência séria neste sentido é a do apóstolo João:

"Todo aquele que prevarica e não persevera na doutrina de Cristo não tem a Deus; quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto o Pai quanto o Filho. Se alguém vem ter convosco e não traz esta doutrina, não o recebais em casa e nem tampouco o saudeis. Porque aquele que o saúda tem parte nas suas obras más" (2 João 1:9–11)

Creio que estas recomendações são mais do que úteis para mantermos a igreja pura (sem a contaminação por parte dos falsos cristãos).

Será que eu estou certo? Se você quiser se manifestar, esteja à vontade.

ÉLQUISSON disse...

Respondendo ao Lúcio e ao Augusto Paiva,

No episódio da tentação no deserto, o diabo, ousadamente, ofereceu todos os reinos do mundo (e suas riquezas) a Jesus, dizendo: "Tudo isto eu Te darei, se, prostrado, me adorares" (Mateus 4:9). Mas Jesus rebateu com firmeza a todas as investidas do diabo ao dizer: "Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e somente a Ele servirás" (Mateus 4:10)

O que esse episódio bíblico tem a ver com o fato do povo comum (e também de muitos que se dizem cristãos) estarem votando em candidatos do PT (e também em candidatos de outros partidos com a mesma agenda política do PT)?

Tudo a ver!

Vejamos:

O Estado marxista–comunista–esquerdista–socialista (aqui representado pelo governo corrupto de Dilma) age igual ao diabo quando propõe ao povo: "Tudo isto (saúde, moradia, educação, empregos, segurança, e outros benefícios) eu te darei se você eleger os meus representantes (do PT e de outros partidos com a mesma agenda política) e deixar que, através deles, somente eu (e não Deus) satisfaça todas as suas necessidades"

Considerando que o povo que não tem conscientização política vota mais com a barriga do que com a cabeça, a maioria não resiste a essa tentação (principalmente quando o Bolsa–Família ou qualquer outro assistencialismo eleitoreiro é oferecido)!

A mesma coisa acontece quando o mesmo Estado diz aos políticos da bancada evangélica: "Tudo isto (cargos com altos salários, concessões de emissoras de rádio e canais de televisão, e outras mil e uma mordomias) eu te darei se você permitir que eu aprove as minhas políticas (a favor do aborto, do homossexualismo, da perseguição aos cristãos, da destruição das famílias e de todos os bons princípios) e não faça (e nem diga) nada contra o meu governo"

Considerando que muitos desses mesmos políticos estão se vendendo (ou sendo facilmente influenciados) por qualquer coisa, a maioria aceita sem questionar (ainda mais quando vê muito dinheiro à sua frente)!

Infelizmente, esta é a verdade nua e crua que acontece (e que a mídia corrupta nunca mostra)!

Para tentarmos mudar este quadro, temos que saber usar a arma de que dispomos: o voto. Por que eu digo isso? Porque existem coisas que somos nós que resolvemos (não é Deus). No caso, trata-se de saber votar. Não podemos pedir a Deus para resolver um problema (como este do voto) que nós mesmos podemos resolver.

Por que a questão do voto não pode ser resolvida por Deus? Por uma razão muito simples: um anjo não possui título eleitoral. Um anjo não vai descer do Céu para escolher o nosso candidato. Somos nós mesmos que vamos fazer isso.

Uma coisa, porém, é certa (e inevitável): temos que assumir as conseqüências das escolhas que fizermos. Se votarmos errado, nós mesmos seremos culpados! Depois, ninguém venha chorar pedindo para fazer campanha de oração para que Deus tire do poder um político corrupto que nós mesmos elegemos!

Aproveito para dar mais algumas sugestões:

– O povo tem que ser suficientemente esclarecido através de pessoas politicamente conscientizadas, para não se deixar manipular por nenhum órgão informativo esquerdista "oficial" (leia-se Rede Globo);

– Orar a Deus, pedindo discernimento na hora de votar (para não ser enganado pelos muitos lobos em pele de cordeiro que sempre aparecem em todas as campanhas eleitorais);

– Cobrar de quem for eleito que cumpra as promessas feitas durante a campanha;

– Mobilizar o povo para protestar todas as vezes que for necessário.

Não estou dizendo que isso vai acabar de uma vez com a sujeira da nossa política, mas já é o primeiro passo para uma conscientização política do povo em geral. Isso para que o governo saiba que nem todo mundo pode ser facilmente manipulado.

Que estas sugestões sejam analisadas por pessoas de bom senso, para termos um povo esclarecido o suficiente em termos de conscientização política.

Leonardo Peregrino disse...

Eliseu, compartilhe os links dos videos que convenceram seu vizinho da farsa esquerdista, tem um bando de ditos "cristaos" que defendem Che, mas nao testemunham de Jesus.

Anônimo disse...

Luiza Erundina é só mais uma marionete a serviço do PT. É óbvio que ela nunca vai trair seus "cumpanhêrus".

Se fosse no tempo da Inquisição, ela seria queimada viva na fogueira!

ELISEU disse...

Respondendo ao Leonardo Peregrino,

Leonardo,

Atendendo ao seu pedido, veja estes vídeos do Youtube (assista a todos eles, um por um). São apenas 17 que eu selecionei de muitos que mostram o verdadeiro caráter dos esquerdistas:

http://www.youtube.com/watch?v=W1I3g94QCcY

http://www.youtube.com/watch?v=h3Okzjk6u2g

http://www.youtube.com/watch?v=gykqHXxoM6k

http://www.youtube.com/watch?v=kfHRSA7jm_4

http://www.youtube.com/watch?v=wbymyJBVtvU

http://www.youtube.com/watch?v=RMmD8A4NzqA

http://www.youtube.com/watch?v=n1tcohk5VuI

http://www.youtube.com/watch?v=_h7-LcKkmkM

http://www.youtube.com/watch?v=Bd6Rw0CI3F4

http://www.youtube.com/watch?v=VPAF5WIQ1GE

http://www.youtube.com/watch?v=pP_3hZwFiy4

http://www.youtube.com/watch?v=GYrLyHsS1rw

http://www.youtube.com/watch?v=DtfRC-kIDJc

http://www.youtube.com/watch?v=M9UNDcD5H3c

http://www.youtube.com/watch?v=Pl5Tx95XWaM

http://www.youtube.com/watch?v=CzyxR6HvWkg

http://www.youtube.com/watch?v=-ow8bwE3fhw

Veja também estes artigos. É óbvio que há mais outros artigos além dos que estão aqui (mas estes, a meu ver, são os mais importantes):

http://averdadequeamidianaomostra.blogspot.com.br/2010/09/ditadura-disfarcada-em-nosso-pais.html

http://averdadequeamidianaomostra.blogspot.com.br/2010/09/revelacao-do-plano-de-integracao.html

http://averdadequeamidianaomostra.blogspot.com.br/2010/09/o-foro-de-sao-paulo.html

http://averdadequeamidianaomostra.blogspot.com.br/2010/09/resposta-aos-esquerdistas-burros-e.html

http://averdadequeamidianaomostra.blogspot.com.br/2010/09/o-pt-e-o-psdb-trabalham-para-tornar-o.html

http://averdadequeamidianaomostra.blogspot.com.br/2014/05/o-pt-esta-fazendo-de-tudo-pra-nao.html

http://averdadequeamidianaomostra.blogspot.com.br/2010/09/grande-perigo-de-implantacao-de-uma.html

Após assistir aos vídeos e ler os artigos que eu te indiquei, tire suas conclusões (e, se puder, divulgue para o maior número possível de pessoas).