30 de abril de 2014

Banda gospel Jars of Clay promove apoio ao “casamento” gay


Banda gospel Jars of Clay promove apoio ao “casamento” gay

Tony Perkins
A banda gospel Jars of Clay (cuja tradução é Vasos de Barro) deveria estar empreendendo uma turnê de aniversário de 20 anos — mas se a mais recente controvérsia indica algo, muitos fãs não estarão celebrando.
O vocalista principal Dan Haseltine certificou-se disso na semana passada ao cantar em tom diferente sobre “casamento” homossexual. Essa controvérsia é apenas a mais recente prova de que Haseltine vem aos poucos se desviando da ortodoxia cristã que havia tornado sua banda famosa.
Dois anos atrás, Haseltine, que é co-fundador da Jars of Clay, escreveu numa postagem de blog que ele estava cansado de “carregar nos ombros expectativas evangélicas.”
“Em determinado momento,” ele disse, “eu tinha certeza de quem era Deus e como ele trabalhava. Mas agora não tenho essa certeza.”
Isso realmente se cumpriu na semana passada quando Haseltine postou uma série de tuites indicando que não existe um único argumento — bíblico ou outro — que consiga persuadi-lo de que é errado redefinir o casamento.
“Não quero inflamar as coisas, MAS… existe alguma razão não-especulativa e não-lúgubre por que os homossexuais não devem se casar? Não vejo nenhuma,” ele tuitou. “Estou tentando entender os argumentos conservadores, mas esses argumentos não se sustentam diante de um exame básico. A sensação é a mesma da época em que se lutou para as mulheres terem o direito de votar. O fato é que não vejo efeito negativo em se permitir o casamento gay.”
Dan Haseltine
A opinião chocante do vocalista no Twitter surpreendeu — e então irou — os fãs da banda, muitos dos quais haviam seguido a ascensão monumental da banda ao estrelato (inclusive três Grammys) desde a década de 1990. “Quer saber uma boa razão para se opor ao ‘casamento’ gay?” as pessoas responderam: Que tal “Deus diz”?
Vários fãs dispararam referências do Novo e Antigo Testamento repetindo a opinião de Deus acerca da sexualidade. Haseltine deu de ombros, explicando: “Não me importo com a postura da Bíblia sobre o que é ‘errado.’ Importo-me mais sobre como a Bíblia diz que devemos tratar as pessoas… Tuitar versículos da Bíblia para resolver meus questionamentos sobre casamento gay não é útil. Respostas simples para questões complexas. Isso cansa.”
Isso só piorou as coisas.
Finalmente, depois de um dilúvio de tuites — quase todos negativos — Haseltine parou totalmente a conversa. Ele pediu desculpa por sua “escolha equivocada de palavras,” mas não por sua posição. Infelizmente para Jars of Clay, Haseltine conseguiu terminar o diálogo, mas não a repercussão negativa. Várias emissoras rádios cristãs estão removendo a banda de suas listas musicais, e outros estão deletando as músicas de suas coleções.
“Fiquei sabendo que algumas emissoras de rádio estão removendo minhas músicas,” o cantor disse no Twitter. “Por que?”
Paulo deixa bem claro o motivo em 1 Coríntios 5. Como é que as igrejas evangélicas esperam influenciar a cultura da sociedade quando os evangélicos estão deliberadamente colocando em risco a verdade de Deus?
Tony Perkins é presidente do Conselho de Pesquisa da Família.
Traduzido por Julio Severo do artigo da revista Charisma: Christian Band Drums Up Support for Gay Marriage
Leitura recomendada:
Sobre cantores gospel
Postar um comentário