20 de março de 2014

Teologia da Missão Integral e Renato Vargens


Teologia da Missão Integral e Renato Vargens

Comentário de Julio Severo: Desde o lançamento um ano atrás do meu e-book contra a Teologia da Missão Integral (TMI), essa teologia vem sendo sistematicamente denunciada por escritores, sites e blogs. A pressão contra a TMI tem sido tão grande que até líderes calvinistas que sempre andaram muito bem na companhia dos promotores da TMI estão agora denunciando essa teologia. O exemplo mais recente é o Pr. Renato Vargens, que já foi citado no meu blog por recomendar “apóstolos” e sites da TMI, mas que agora, de forma inédita, sai ao ataque direto da TMI.
Renato Vargens
Vargens disse: “Ultimamente tenho sido inquirido por alguns sobre o que penso a respeito da Teologia da Missão Integral, até porque, um número grande de evangélicos influenciados por esse não tão novo conceito não falam de outra coisa em suas igrejas.”
Essa cobrança que ele e muitos outros pastores calvinistas estão recebendo sobre essa teologia é fruto dos esforços de muitos que ultimamente estão combatendo a TMI, inclusive a Rádio Vox, o Mídia Sem Máscara, Edson Camargo, Rev. Alberto Thieme, Dr. Fábio Blanco e muitos outros. Quanto ao “número grande de evangélicos influenciados” pela TMI, Niterói, a cidade de Vargens que é um centro de calvinismo, é prova do domínio da TMI no meio calvinista.
Espero que o ataque dele a TMI não seja apenas uma atitude sob pressão, ou fogo de palha, pois a TMI se tornou a maior praga da Igreja Evangélica do Brasil, conforme apontei no meu artigo “A maior ameaça à Igreja Evangélica do Brasil.”
Apenas uma correção no texto de Vargens. Ele disse: “Penso que parte dos defensores da TMI adaptaram os ideais de Lausanne a uma Teologia latino Americana de cunho esquerdista e marxista.” Não, não foi isso o que aconteceu. Segundo o Dr. C. Peter Wagner, que esteve presente no primeiro Congresso de Lausanne em 1974 e escreveu a introdução do meu livro, teólogos protestantes tradicionais da América Latina foram a Lausanne com suas contaminações marxistas e conseguiram influenciar o documento final. Por isso, todo “apóstolo” da TMI cita Lausanne com alegria.
Seja como for, é bem-vinda a denúncia do Pr. Renato Vargens contra TMI. Esperemos que a escolha de suas companhias espelhe essa nova mudança.
A denúncia de Vargens foi feita no Púlpito Cristão, blog que já foi flagrado exibindo postura contra o neopentecostalismo e a favor do esquerdismo. Já tive embates com aliados do Púlpito Cristão, inclusive com Johnny Torralbo Bernardo, que tem histórico de ligação com o Partido Comunista do Brasil. Johnny, que se considera apologeta e tem artigos no Púlpito Cristão, me atacou recentemente e, ao mesmo tempo, defendeu a legalização da maconha. O exemplo dele é prova dos estragos da TMI nos meios protestantes tradicionais do Brasil.
Esperemos que Vargens e Púlpito Cristão tenham realmente mudado e que a mudança não seja da boca para fora, por pressão ou apenas fogo de palha. Se não for de fato isso, veremos ambos atacando a TMI da mesma forma que sempre atacaram Silas Malafaia e o neopentecostalismo: de forma sistemática, implacável e contínua.

Uma pequena nota sobre a Teologia da Missão Integral

Renato Vargens
Ultimamente tenho sido inquirido por alguns sobre o que penso a respeito da Teologia da Missão Integral, até porque, um número grande de evangélicos influenciados por esse não tão novo conceito não falam de outra coisa em suas igrejas.
Vale a pena ressaltar que o interessante é que muitos desses "integralistas", desconhecem os bases doutrinárias da TMI, bem como Lausanne 74. Na verdade, penso que parte dos defensores da TMI adaptaram os ideais de Lausanne a uma Teologia latino Americana de cunho esquerdista e marxista.
Isto posto, segue abaixo uma rápida nota sobre a Missão Integral.
O grande problema de alguns que defendem a TMI é que o fazem numa perspectiva reducionista e marxista. Para os defensores deste tipo de teologia o evangelho não passa de uma luta social onde o que importa é implementação de uma ideologia política. Lamentavelmente para estes o evangelho se reduz a intervenções sociais excluindo do foco da missão a pregação da única mensagem capaz de salvar o pecador, isto é, Cristo Crucificado. Ora, a igreja foi chamada para que prioritariamente pregue o evangelho e isso é ponto pacífico. Agora, é claro que a Igreja também pode e deve assistir os que sofrem as agruras de um mundo caído, contudo, não esqueçamos JAMAIS, que nossa missão é a glória de Deus e a salvação do pecador.
Para terminar tomo emprestado as palavras do Pastor Leonardo Gonçalves, missionário no Peru e editor do Púlpito Cristão:
"Alguns dos promotores da Missão Integral no Brasil parecem se inspirar mais no marxismo do que na Bíblia. Ora, confundir comunidade cristã com uma ideologia que foi responsável por milhões de mortes no mundo, incluindo muitos cristãos, é uma boçalidade. O discurso da Missão Integral tem servido de plataforma política para ideias esquerdistas, e sua super-ênfase no social tem levado alguns a pregar um conceito que beira a salvação pelas obras, algo abominável do ponto de vista bíblico."
Como bem disse o meu amigo Franklin Ferreira, nunca vi um hospital criado ou mantido por adeptos da Missão Integral.
Isto posto, termino dizendo: Quer auxiliar o pobre?  O faça. Quer alimentar os famintos? Aleluia! Quer socorrer os miseráveis? Bendito seja o Senhor! Agora, não esqueça que TUDO isso sem Cristo e sem a mensagem que confronta o pecador inviabiliza a pregação. Ressalto também que a rica tradição da igreja , com hospitais, escolas, universidades, organizações humanitárias nos ensina que não existe necessidade de divorciar a pregação do evangelho com o socorro ao necessitado, todavia não podemos e nem temos autoridade da parte de Deus para fazermos da Igreja uma ONG.
Lembre-se: Fomos chamados para pregar prioritariamente salvação do homem da condenação eterna.
É o que penso, é o que digo.
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:

15 comentários :

Anônimo disse...

Legal você ter postado sobre isso, tinha lido no blog do Renato e até pensei em falar para você.

Dias atrás estava assistindo o "Encontro para a Consciência Cristã", e o Renato Vargens lia uma espécie de declaração,assinada pelos preletores.
Lembro-me mais ou menos que nela, eles se declaravam contra o "misticismo" nas igrejas e também contra a "desigualdade social".

Sei que há cessacionistas ali, e imagino que a ideia de alguns deles de "misticismo" pode incluir os dons do Espírito atualmente. Mas nem todos os preletores ali o são, então "misticismo" nesse caso já fica com dois sentidos.
E esse negócio de "desigualdade social" me soou estranho também, pois sei da bagagem esquerdista por detrás dessa frase. E ao meu ver nem tem base bíblica.
E pelo que sei nem todos ali são esquerdistas... Que coisa estranha, ficou ambíguo para mim.

Trindade disse...

Parabéns pela suas denúncias, não só contra a TMI, mas contra a ação do marxismo/socialismo no meio cristão, pois eu sempre acreditei que esse teu alerta iria acordar os NASCIDOS DE NOVO e converter muitos enganadores que estão infiltrados no meio evangélico para difundir o marxismo.
Pois a ideia da TMI é exatamente essa que o Renato Vargens citou, ou seja, ela quer transformar a Igreja de Jesus Cristo em uma Ong socialista caridosa e nada mais, pois eles citam um amor que nada tem a ver com o amor de 1ª Coríntios 13 v 3, pois para eles as obras de que fala o evangelho é tudo, quando na verdade o evangelho é o amor de Deus revelado ao pecador e uma vez que o pecador entende esse amor, passa a fazer sim o bem a todos, mas nunca por outro motivo que não seja acrescentar mais almas remidas ao Reino de Deus.
Júlio Severo, Parabéns de novo e que Deus continue te mantendo nesse Ministério profético e verdadeiramente Apologético da verdadeira doutrina cristã.

Anônimo disse...

Gostei do sensatez do cristão em questão que postou o texto acima.

Agora, vocês, teólogos, fechados no mundinho de vocês, não entendem o desespero que muitos cristãos estão ao observar as posturas que o evangelho toma o Brasil e no Mundo. Vocês se justificam com pompa e linguajar rebuscado, que poucos ousam desafiar.
Mas aqui de fora, cristãos verdadeiros estão horrorizados com as notícias que chegam, principalmente no que tange a Igrejas Históricas Esquerdistas de Fora.
É igreja que aceita o casamento gay, que ordena pastores e bispos gays. É igreja que libera bebida, álcool para seus membros - e com o movimento mundial de legalização da maconha com certeza vai aparecer alguma liberando. É igreja com ideais comunistas / marxistas que praticamente não funcionam mais para pregar a palavra, mas sim para ser um ONG. Igrejas Históricas na Europa estão tão vazias, os prédios estão sendo vendidos para dar lugar a bares (do diabo), a estacionamentos e outros estabelecimentos. É igreja adaptando as Escrituras a todo tipo de ideologia Moderna, até ao Ateísmo, parece até que pregam outro deus. É igreja voltando para de baixo das asas da Grande Prostituta de Roma a qual o Senhor nos disse para sair dela e retribuir em dobro. É igreja se misturando no Conselho Mundial Da Igrejas e deixando de lado a Palavra e acatando o que a ONU estipula como correto. É igreja contaminada no movimento Ecumênico, que possui mais simpatia por religiões de feitiçaria do que pelos "domésticos da fé". É Igreja nos EUA, que desde os anos 60 apoia o ABORTO, um assassinato, e suponho que até as suas instituições, como hospitais, realizem tais procedimentos.
Eu sei que o meio ambiente que nós estamos está podre, mas temos que ser radicais e fundamentalistas. Seremos odiados, mas será por uma boa causa, será por amor a Palavra. E por amor a nós mesmos, pois nossa salvação dependerá disso no dia do julgamento.
Eu, particularmente, me apavoro só em ver como nós estamos trazendo o mundo para dentro da igreja.
Irmãos, em 2000 anos de cristianismo, nunca houve um mundo tão pecaminoso, imundo, podre, como o mundo é hoje. A igreja sempre atuou em obras sociais, muito antes do DIABÓLICO MARXISMO. (basta olhar para a Igreja Católica durante o primeiro Milênio através de seus Monastérios ou o trabalho social das Igrejas Protestantes ao longo dos últimos cinco séculos). Vocês não percebem o que DIABO, através de uma grande MENTIRA, roubou o discurso da igreja EM AJUDAR OS POBRES E NECESSITADOS e usou para os seus próprios fins? Só que o DIABO VEIO PARA ROUBAR, MATAR E DESTRUIR, e nós vemos esse resultado nos REGIMES COMUNISTAS que existiram e no estrago que o MARXISMO CULTURAL causou na nossa sociedade.
O MARXISMO é igual a uma carne poder, se alguém ingerir e sobrevier, as chances de sobrevivência serão mínimas e se sobreviver, as extremidades do corpo deverão ser amputadas.
Temos que combater tudo o que está aí FUNDAMENTADOS única e exclusivamente na PALAVRA DE DEUS. Vamos deixar certas interpretações da Palavra dentro as bibliotecas. Vamos se apegar ano NOVO TESTAMENTO, alí já está tudo "mastigadinho", de fácil compreensão. Nós, Cristãos, "ferimos de morte" o maior Império da História, o IMPÉRIO ROMANO. Não devemos ter MEDO de ir contra PSICÓLOGOS, BIÓLOGOS EVOLUCIONISTAS, SOCIÓLOGOS, ENGENHEIROS SOCIAIS, GOVERNOS E GOVERNANTES se o que defendemos é a PALAVRA DE DEUS.
Agradeço aos irmãos cristãos que, com muita paciência, leram esse meu desabafo. Que JESUS CRISTO os abençoem em tudo, e renove a vossa fé. Que o Santíssimo Espírito Santo de Deus nos proteja diante de tanto ATAQUE A NOSSA FÉ.

E, OBRIGADO JESUS, POR SUSTENTAR A MINHA FÉ.

Nil disse...

Jean Wyllys (PSOL) propõe descriminalização do uso e produção da maconha

http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2014/03/19/jean-wyllys-psol-propoe-descriminalizacao-do-uso-e-producao-da-maconha.htm

Julio Severo disse...

Pois é, anônimo, muito bem lembrado ao dizer que Vargens e outros assinaram, no "Encontro para a Consciência Cristã," uma declaração contra o “misticismo” nas igrejas e também contra a “desigualdade social.”

Isso de fato é muita hipocrisia. Vários dos palestrantes da VINACC são teólogos calvinistas do Mackenzie. Eles são cessacionistas. Isto é, não acreditam que Deus dá hoje dons sobrenaturais do Espírito Santo. Assim, em vez da VINACC ter no seu documento uma declaração explícita contra a heresia cessacionista, a VINACC decide se prostrar diante de uma minoria herética.

Como o Brasil evangélico é majoritariamente pentecostal e neopentecostal, a forma deles irem “cutucando” quem tem dons é mostrar que eles são contra o “misticismo,” que inclui tudo o que mente boba deles imagina: dom de profecia, línguas, etc.

Veja minhas refutações à heresia cessacionista:

Surpreendido com a Voz de Deus: Julio Severo refuta teólogo da Universidade Mackenzie que nega que Deus concede hoje profecia e outros dons sobrenaturais

Julio Severo

Universidade Presbiteriana Mackenzie: esquerdismo e cessacionismo

Martinho Lutero e o cessacionismo

Carta de igreja protestante moderna ao Apóstolo Paulo

Cessacionismo é rebelião contra Deus

Uma Resposta Carismática à “Crise Crescente por Trás da História de Sucesso Evangélico do Brasil”

A Igreja Evangélica do Brasil precisa de Caio Fábio? Segundo ele, Augustus Nicodemus diz que sim

Quanto à declaração da VINACC ter condenado a “desigualdade social,” não fez mais do que qualquer marxista faria. Vários dos preletores da VINACC são promotores da TMI, inclusive Antonio Carlos Costa e Ricardo Bitun, professor de teologia do Mackenzie. Há MUITO esquerdismo, TMI e heresia cessacionista no Mackenzie. Com o Mackenzie agora substancialmente presente na VINACC, você vai ver ali um pouco de tudo isso.

Anônimo disse...

É irmãozinho Nil, era só o quê faltava!!! Esse deputado quer mesmo virar o mundo de cabeça para baixo.
Em um trecho da reportagem, se fala em gerar EMPREGO E RENDA COM A LIBERALIZAÇÃO DA MACONHA. Nossa, que legal, então vamos liberar a prostituição, para aumentar o EMPREGO E A RENDA, vamos liberar os ABORTOS para gerar EMPREGO E RENDA com os dejetos humanos sendo usados na indústria de cosmético. Vamos taxar as Igrejas Evangélicas, para gerar EMPREGO E RENDA.
Gente, se o Poder Legislativo existe, é para fazer valer a vontade da população. Quem é a favor de idéias como as de cima, arrume o seu deputadozinho para representá-lo. Agora, nós cristãos também temos que ir pra cima e eleger o máximo possível de representantes, não importa o partido, desde que não seja de ESQUERDA como o do deputadozinho.
OBS: mesmo assim não há garantias que nossos pontos de vista serão respeitados, pois o JUDICIÁRIO encontra-se "POLITIZADO" achando que tem poder de legislar, e vai saber o que anda na cabeça de juízes por aí afora? Sem falar no APARELHAMENTO IDEOLÓGICO promovido pelo PT durante os anos LULA/DILMA no SUPREMO.

Anônimo disse...

No video "Ed René Kivitz e Clemir Fernandes - Igreja: Ser e Pertencer..." (http://www.youtube.com/watch?v=VQ_pHCSqWnw), aos 5'36", o kivitz solta uma perola: a de que devemos ouvir o chefe da igreja romana (parece que estamos jah hah muito, ekumenikamente, domados por pessoas que agem como portavozes de todos os evangelicos).

Antonio.

Anônimo disse...

E o que achei mais estranho, foi que Joide Miranda, Paul Washer e outros também assinaram. Afinal, eles só assinaram para "não ficar chato" ou realmente concordam? Nos dois casos é ruim...

Anônimo disse...

irmão anonimo, vc citou casos em que líderes estão apoiando e ecumenismo. É O FIM DO MUNDO. A GRANDE PROSTITUTA DE ROMA, MATOU mais do que qualquer sistema de poder que já existiu. MATOU espiritualmente, e MATOU através de seu poder TEMPORAL (promovendo guerras e perseguições durante séculos contra protestantes e "heréticos"). ERA SÉ ELA TER SIDO HUMILDE E TER VOLTADO AS PRIMEIRAS OBRAS. Mas ela foi rebelde e caiu. O catolicismo romano dos primeiros 8 séculos era muito parecido com os evangélicos de hoje. As poucos interpretações DEMONÍACAS foram tomando forma. E há suspeitas que ela apoiou o REGINA NAZISTA, pois que mais persegui JUDEUS na história foi a mesma. Os mesmos irmãos que estão voltando para suas asas, são os mesmos que AMAM O MARXISMO, TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E TMI. DÁ ATÉ NOJO!!!!!!!!!!

Splanchnizomai abraçando o amanhã. disse...

Pensando cá com nossos botões, esse negócio de "esquerdismo" deveria ser bem analisado pelos filhos de Deus. Estar à esquerda não é estar num lugar lá muito confortável... DIREITA E DIREITO deveria ser sempre o lugar PREFERIDO dos filhos de Deus. Quase entrei nesta furada... amava PT porque achava que ele era justo. Já viu alguma esquerda justa? Basta ser relativista para nāo ser justa.
Aprendi muito aqui no seu blog. Tinha dia qye me contorcia de arrependimento quando via que minha mente era distorcida.
obrigada manoamigo.
zanza dEle.

EU QUERO JESUS E TUDO O QUE É DIREITO.

Splanchnizomai abraçando o amanhã. disse...

Não consigo compreender quando pastores, teólogos etc e tal amaciam o esquerdismo quase dando diploma e colocando tapete vermelho e ESCULHAMBAM os neopetencostais quase cuspindo marimbondo.
Sabemos que tem neopentecostais que abusam mesmo. Mas tem MUITOS que são sinceros e honestos sim.
Quantos aos esquerdistas, a maioria relativista e cheios de orgulho e se achando os salvadores da pátria. Negam tudo o que é do Espírito Santo querendo uma religião de " não transformação" mas de "tudo posso naquele que me fortalece". E força aqui tá ligada a foice e martelo....

É incrível ver supostos filhos de Deus debochando dos neopetencostais, seus irmãos, e afagando os, na verdade, anti-Jesus...

Splanchnizomai abraçando o amanhã. disse...

O irmão "apologeta" foi lá no meu blog e comentou o que parecia ter a ver com o que escrevi. Não sei se, sem ler, levou o comentário daqui para eu ver. Ou se ao ler minha postagem, achou que eu delirei.
Vá entender?

Que o negócio ficou meio esquisito, ficou.
E o pior: Só tem o comentário do apologeta.

Será que escrevi herezia, meu DEUS???

Se assim o fiz gostaria de saber em que frase, em que parágrafo....

Livra-me Deus de distorcer SUA PALAVRA. Livra-me DEUS!
Espero que ele explique. Não porquê eu precise mas para que outros compreendam.

Anônimo disse...

irmanzinha, "slan", eu fui no seu blog e não vi nada de mais. Deixa esses "APEIDOJETAS" prá lá. Coam uma mosca, mas engolem um camelo.

Splanchnizomai abraçando o amanhã. disse...

Obrigada anônimo...
menos mal....

Julio Severo disse...

Passado um bom tempo, eis que o senhor Renato Vargens não está criticando de forma sistemática a TMI. Minha explicação foi dada no mais recente artigo, que explica a forte infiltração da TMI nos meios presbiterianos e calvinistas. Meu artigo explicando a questão de Vargens está neste link:

Congresso Internacional da Teologia da Missão Integral e a IPB