3 de março de 2014

Foto sugestiva: Almoço no Mackenzie com um notório esquerdista


Foto sugestiva: Almoço no Mackenzie com um notório esquerdista

Julio Severo
No dia 20 de fevereiro, data marcada em que recebi ameaça de que se eu não parasse de denunciar o esquerdismo de Ariovaldo Ramos dados e endereços de minha família seriam difundidos pela internet, Danilo Fernandes, dono do Genizah, e o novo chanceler do Mackenzie, Rev. Davi Charles Gomes, apareceram juntos em foto amistosa e sugestiva.
A foto também traz Uziel Santana, presidente da ANAJURE.
Uziel Santana, Danilo Fernandes e Davi Charles Gomes
Para quem já sabe que o dono do tabloide sensacionalista é um promotor de Ariovaldo e sua teologia ideológica, não houve novidade. Para quem também sabe que Ariovaldo e sua teologia ideológica nunca tiveram portas fechadas no Mackenzie, nenhuma novidade. Aliás, o “principal evento de juventude cristã no Brasil,” realizado em novembro de 2013 no Mackenzie, trouxe a nata da liderança esquerdista evangélica brasileira. O principal preletor foi Ariovaldo. O patrocinador foi o Genizah.
E se, em vez de Danilo no meio sorrindo, a foto trouxesse Silas Malafaia? Veríamos o chanceler do Mackenzie e o diretor da ANAJURE consentindo em ficar do lado do pastor assembleiano?
O dono da Lixeira Gossip (também conhecido como Genizah), que considera Malafaia um “servo de Belzebu,” não sorriria. Falaria palavrões, como é de seu habito. Ele sempre atacou Malafaia por defender posturas cristãs sólidas diante do gayzismo, especialmente sua luta intensa contra o PLC 122.
Com Malafaia no Mackenzie, a Lixeira Gossip, que nunca viu o PLC 122 como ameaça, perderia o espaço nos almoços, fotos e parcerias, e a universidade presbiteriana, que outrora, ao ser ameaçada por um grupo de ativistas gays, removeu do seu site um manifesto anti-PLC 122, nunca mais retrocederia em posturas cristãs.
Com Malafaia como parceiro e conselheiro, o Mackenzie nunca mais jogaria a toalha diante do supremacismo gay e nenhum advogado da ANAJURE nunca mais seria vaiado no Mackenzie em debates com Jean Wyllys, que nunca mais poderia declarar que os “calvinistas são aliados do movimento homossexual.“
Claro que Malafaia não é perfeito, especialmente em suas escolhas políticas em época de eleição. Mas suas fortes posturas cristãs pró-vida e pró-família na guerra cultural são um excelente exemplo e modelo.
Contudo, entre os defeitos de Malafaia não está a defesa ideológica descarada da esquerda — prática comum na Lixeira Gossip, que já foi denunciada por seu esquerdismo nos seguintes artigos:
Em cada um desses artigos, muitos calvinistas se comunicaram comigo para comentar:
“Julio, o Genizah não tem nada de calvinista. Aliás, é uma vergonha que eles usem o título calvinista.”
“Julio, não associe o Genizah com os calvinistas.”
“Julio, você nunca verá nenhum grande líder calvinista ao lado do dono do Genizah.”
Dá para acrescentar: “Julio, você nunca verá uma foto deles juntos…”
A foto não é uma resposta para mim. É uma resposta para os leitores calvinistas do meu blog. Um foto tirada, com parceiros de Ariovaldo Ramos, no mesmo dia em que recebo uma ameaça para me silenciar quanto ao esquerdismo dele. A tentativa de censura e chantagem foi denunciada em artigo que saiu originalmente no GospelMais intitulado: “Sob ataque: Julio Severo fala de censura em entrevista especial.”
As ações de censura não foram somente contra meu blog. Em 28 de fevereiro, depois de publicar meu artigo “Ariovaldo Ramos na Igreja Batista da Lagoinha,” o proeminente site do Centro Apologético Cristão de Pesquisas (CACP) recebeu comunicado da assessoria jurídica de Ariovaldo para remover o artigo.
Com essa foto em mãos, os leitores calvinistas não mais precisarão me cobrar desnecessariamente: “Julio, por que você insinua que há ligação entre a Lixeira Gossip e os calvinistas?”
Eles irão até seus líderes e cobrarão: “Se não há ligação, por que a foto? Por que o almoço? Por que o grande evento esquerdista patrocinado pelo Genizah na Universidade Presbiteriana Mackenzie, que tem tido também portas abertas, em seus cursos de teologia, para Ariovaldo Ramos, Ricardo Bitun e outros evangélicos esquerdistas?”
O problema da infiltração esquerdista nos meios presbiterianos é antigo.
De acordo com um amigo presbiteriano, antes de 1964 a biblioteca do Seminário Presbiteriano do Norte, em Recife, se tornara praticamente um centro de documentação marxista. Quando veio a revolução anticomunista, um policial que era presbiteriano foi correndo ao seminário para avisá-los de que o exército estava a caminho. Houve então uma correria tremenda de alunos e professores jogando os livros marxistas no rio Capibaribe, que corre em frente ao seminário, e assim se safaram de alguma medida de repressão dos militares.
Meu amigo diz que em 1962 ele participou de um seminário de evangélico marxistas ocorrido no Colégio Presbiteriano Agnes Erskine em Recife. O seminário foi conduzido por comunistas (tanto presbiterianos quanto não evangélicos). O diretor do colégio, que foi o primeiro brasileiro a ocupar tal posição, fora professor do Colégio Presbiteriano Quinze de Novembro, cujo irmão era líder comunista.
Quando ocorreu a Revolução de 1964, uma filha desse professor se auto exilou em Genebra, a capital mundial do calvinismo, onde encontrou um ambiente claramente marxista entre os calvinistas suíços e todo um grupo de evangélicos marxistas vindos do Brasil e de outros países latino-americanos para se refugiarem. De acordo com meu amigo presbiteriano, durante o governo militar do Brasil Genebra tornara-se um grande centro de evangélicos marxistas.
A ameaça marxista continua presente, nos mesmos meios, embora mais sutil e cínica, conforme denunciei no meu artigo: “A maior ameaça à Igreja Evangélica do Brasil.”
Tomara que o Mackenzie seguisse direção diferente de seus irmãos de Genebra! Mas com espaço aberto para a Lixeira Gossip, que considera Malafaia um “servo de Belzebu,” é natural que Jean Wyllys chame os calvinistas de aliados do movimento gay.
Tomara que essa aliança seja quebrada!
Leitura recomendada:

14 comentários :

Anônimo disse...

Irmao Julio, esperar o que de uma igreja ( prebiteriana ) que nega o mover do Espirito Santo ? , esperar o que de uma Igreja que consagra gays e lesbicas para ministros do evangelho , como aconteceu recentemente na America ?, esperar o que irmao Julio, de uma Igreja ( prebiteriana ) que persegue, boicota e quer o fim do Estado de Israel ? , esperar o que irmao Julio de uma Igreja que tem varios de seus reverendos nos quadros da maconaria nacional e internacional ? , esperar o que irmao Julio de uma Igreja ( presbiteriana ) que apoia a agenda da maligna ditadura GAY ? , esperar o que de uma igreja que e claramente a favor do comunismo marxismo ? , esperar o que irmao Julio de uma Igreja que se associa a bruxaria, a feiticaria e a macumbaria, como e o caso do reverendo presbiteriano Amaral, do Estado do Rio de Janeiro ?

Pastor Caleb.

Flávio disse...

Tudo isso me faz querer distância total das igrejas tradicionais, e ainda tem pentecostais que ficam puxando o saco desses ateus\deistas que fingem ser cristãos.

Marcelo disse...

Na época em que eu fazia graduação na UFPB participei da ABU - Aliança Bíblica Universitária. E percebia a presença forte do marxismo. Entre as lideranças encontrava presbiterianos, bem como anglicanos e luteranos. A gente ficava fazendo estudos e tal... Nunca ganhamos uma alma. Havia outro grupo, o GPU - Grupo Pentecostal Universitário, com participação de membros da Assembleia de Deus. Ali, os irmãos não tinham vergonha de dizer "paz do Senhor" (proibido na ABU) e eles evangelizavam, de verdade, os universitários, estes "até o tutano" influenciados pelas ideias e ideais marxistas (leia-se: socialistas/comunistas/facistas).

Marcelo Henrique (twitter: tiocelo)
João Pessoa-PB

David F. Cesar. disse...

Outro site foi censurado? Seria bom que eles falassem sobre isso também, onde vão parar com isso? Seu artigo não ofendia a honra de ninguém, era apenas baseado nas declarações do próprio Ari.

Ivan disse...

Incrível como irmãos gostam de afirmar que a igreja presbiteriana nega o Espírito Santo. É uma acusação que precisa de provas. A palavra de Deus já não é suficiente. Só porque a igreja é tradicional atacam como se fosse uma seita. Isso é triste. Fico horrorizado.

Diogo disse...

Acredito que tenha sido por causa dessa infiltração comunista dentro da Igreja Presbiteriana do Brasil naquela época que tenha surgido, posteriormente, a Igreja Presbiteriana Unida.

Com o crescimento acentuado do marxismo dentro da IPB em meados do século passado e o desentendimento destes com os conservadores dessa mesma denominação, começou a haver brigas internas e diversas manobras eclesiásticas por parte dos conservadores contra os esquerdistas, como deslocar igrejas de presbitérios e assemelhados. O objetivo claro era afugentar os esquerdistas. E deu certo. Anos depois, surge a Igreja Presbiteriana Unida, composta basicamente por parte considerável dos marxistas que outrora eram membros da Igreja Presbiteriana do Brasil. Embora essas manobras perpetradas pelos conservadores possam ser criticáveis, elas fizeram a IPB sobreviver como uma Igreja com valores próximos dos valores mais conservadores (como a não ordenação de mulheres). Caso ela deseje assim continuar, seria bom rever as antigas manobras do passado e reavaliar se não seria bom refazê-las. Afinal de contas, no passado deu certo. Muitos marxistas se foram. E eis que eles estão aí de novo.

Aprendiz disse...

Parece que o novo chanceler do Mackenzie é totalmente de esquerda. A cúpula da IPB aparentemente ficou com medo do governo, e entregou tudo aos filhos de Lenin e Stalin...

Flávio Da Vitória disse...

Ivan

A presbiteriana faz a mesma coisa com as igrejas neopentecostais, dizem que são todas seitas, colocam todas no mesmo saco por causa de algumas semelhanças entre elas

Anônimo disse...

é óbvio que essa foto não diz nada. Centenas de pessoas pedem para fazer fotos com o chanceler em um evento sem ao menos conhecer a pessoa.
Mas o Mackenzie sim está apoiando o PT conforme o site oficial da Campanha Petista do governo de SP http://spressosp.com.br/2014/02/caravana-pt-sp-termina-primeira-fase-em-campinas/ Alexandre Padilla esteve em reunião no Mackenzie (conforme agenda as 17:00hs) com seus líderes evangélicos. Uma das fotos pode ser vista aqui http://www.flickr.com/photos/horizontepaulista/12519468735/in/set-72157640923573754

Anthony disse...

Julio, admiro seu trabalho. Faço Direito no Mackenzie e sinto nojo de tanto esquerdismo. Veja esta foto: https://imageshack.com/i/15t3d5j . Paz.

Douglas Carneiro disse...

Caro Júlio, você parece estar desinformado sobre 1964. O que houve foi um golpe promovido pelos militares. Sugiro que você estude um pouco a história do seu país para não cometer tais equívocos tão comuns de uma pessoa que desconhece a história de seu próprio país. Em Cristo Jesus. https://www.facebook.com/douglas.carneiro.18

Splanchnizomai abraçando o amanhã. disse...

Faço parte de uma Igreja Presbiteriana mas meu pastor é cheio de Jesus e nos leva a Jesus. Os irmãos são preciosos.

Agora, falando sobre Genizah... Ui!!!quê qué aquilo???? Nem precisa ter dom de profecia e discernimento para "SABERCLARAMENTE" que aquilo é algo tão distorcido que "iniquidade" é prato pequeno para definir o negócio.
Tem hora que penso que o "engano vem tão disfarçado de engano" para pensarmos que enganados não estamos sendo...Vejo assim o Genizah...

Splanchnizomai abraçando o amanhã. disse...

Para afastar cristãos pentecostais os não pentecostais são capazes de se afastarem dos cristãos.

Beatriz disse...

Uma perguntinha: Além ser especialista em fazer mexericos, Danilo sabe fazer algo mais? Existe algo que ele saiba fazer que se possa dizer que é útil?
Se houver, ele merece um Prêmio Nobel da Utilidade.