14 de janeiro de 2014

A Igreja Evangélica do Brasil precisa de Caio Fábio? Segundo ele, Augustus Nicodemus diz que sim


A Igreja Evangélica do Brasil precisa de Caio Fábio? Segundo ele, Augustus Nicodemus diz que sim

É possível um reavivamento sem as manifestações sobrenaturais do Espírito Santo? Maior teólogo cessacionista do Brasil acha que sim

Julio Severo
De acordo com as palavras de Caio Fábio, o Rev. Augustus Nicodemus lhe declarou: “Reverendo, sua contribuição é importante para nós ainda. Precisamos de você.”

Caio Fábio
Em novo vídeo (http://youtu.be/_8RIfHJP8PM), Caio mostra mais uma vez que em matéria de arrogância teológica, ele não perde para nenhum dos grandes teólogos do Brasil. Ele se queixa de que não tem tempo para blogueiros que o criticam. Mesmo assim, gasta 16 minutos para explicar isso. Para não cansar o leitor, editamos o longo tempo que ele passou zombando dos blogueiros e mantivemos apenas as falas dele sobre Nicodemus, teologia e Leonardo Boff.

Caio Fábio, outrora o maior líder da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB), se gabou de ter lido e conhecido inúmeros teólogos internacionais, especialmente calvinistas. O que isso trouxe para ele? Muita fama. Mas nem isso impediu que ele caísse de seu trono de glória. Para entender um pouco quem é Caio Fábio, confira: http://bit.ly/1aTuB6Y
Augustus Nicodemus recebendo prêmio da ANAJURE
Nicodemus, provavelmente o maior líder atual da IPB, pode igualmente se gabar de ter lido e conhecido os mesmos inúmeros teólogos, alguns dos quais foram colocados, por influência dele, nos cabides da ANAJURE. Por sua vez, a ANAJURE retribuiu lhe presenteando, em dezembro de 2013, com sua “placa de Honra ao Mérito por seu trabalho na igreja cristã brasileira.” Ajudar a igreja cristã brasileira — encher os cabides da ANAJURE de teólogos visando posteriormente torná-la uma espécie de mini-Vaticano protestante falando com autoridade para a Igreja Brasileira.

Marco Feliciano sob ataque dos adeptos do liberalismo teológico

Uma amostra foi o episódio de Marco Feliciano. Quando toda a esquerda do Brasil, inclusive a esquerda evangélica capitaneada por Ariovaldo Ramos e pelo ativista gayzista evangélico André Sidnei Musskopf, queria o pastor assembleiano fora da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, o papel da ANAJURE foi estranho, insensível e autoritário.
Marco Feliciano
Feliciano chegou a pedir socorro à entidade evangélica supostamente fundada para defender as liberdades civis fundamentais, principalmente dos cristãos. Mas a nota pública da ANAJURE, assinada por seu presidente, Uziel Santana, não teve nenhuma defesa tal das liberdades civis fundamentais de Feliciano. Pelo contrário, a nota acusou o pastor da Assembleia de Deus de “fomentar e participar de uma tresloucada ‘guerra santa’ por estar agindo com intolerância para com os intolerantes”.
A nota também questionou as motivações pessoais do pastor pentecostal, dizendo: “Tudo isso porque os projetos pessoais estão acima dos valores da Verdade do Evangelho de Cristo.”
Eu mesmo tenho divergências com Feliciano. Mas quando ele estava sob ataque intenso das esquerdas, não era hora de se juntar às esquerdas. As divergências podem ser resolvidas em outro momento. Aquele era momento de apoiá-lo, não de se unir aos linchadores anticristãos e revolucionários.
Se Caio Fábio não tivesse caído da graça na Igreja Evangélica Brasileira e estivesse na ANAJURE, ele poderia lhes dar maiores cabides com maiores teólogos. E, como sempre, ele se alinharia com a esquerda evangélica e secular, inclusive no episódio de Feliciano. A prova é que no vídeo em que ele mostra desamor para com os cabides teológicos, amplamente conhecidos por ele, ele mostra especial carinho por Leonardo Boff, considerado, juntamente com Frei Betto, o maior teólogo católico da Teologia da Libertação.
Ajudando assim a ANAJURE, Caio garantiria também sua condecoração.
O fato é que quem ocupa cargo de destaque na ANAJURE é Augustus Nicodemus. O que ele tem feito para receber sua plaquinha?

Teísmo aberto & “deísmo” cessacionista

Durante a condecoração, a ANAJURE o entrevistou:
ANAJURE: Como o senhor tem visto o avanço do teísmo aberto e do liberalismo nas igrejas evangélicas, não só em seus púlpitos, mas também em seus projetos sociais?
Nicodemus: O teísmo aberto já ficou marcado claramente em nosso país como uma heresia, tanto por líderes calvinistas como arminianos e pentecostais, pois afronta um ponto que é querido de todos eles, que é a onisciência de Deus. O liberalismo teológico não é Cristianismo, é uma outra religião. Eles apenas usam o nosso vocabulário e nosso Livro, mas o conteúdo é completamente outro. Apesar disto, continuam presentes e ativos no Brasil e influenciando os incautos e despreparados.
Alguns anos atrás, Nicodemus refutou uma doutrina herética chamada “teísmo aberto,” propagandeada principalmente por Ed René Kivitz. A questão é que essa doutrina desconhecida não tinha praticamente nenhuma aceitação em nenhuma igreja brasileira. Qual é a igreja pentecostal que aceitava isso? Recordemos: a Igreja Evangélica Brasileira é majoritariamente pentecostal. Além disso, Kivitz esteve recentemente, juntamente com Ariovaldo Ramos, como palestrante na Universidade Presbiteriana Mackenzie, onde Nicodemus ainda tem enorme influência. Mas Nicodemus não condenou a presença desses dois “apóstolos” da Teologia da Missão Integral. Aliás, Ariovaldo já tinha algumas atuações discretas dentro do Mackenzie, com seu colega de Teologia da Missão Integral Ricardo Bitun, enquanto Nicodemus ainda era chanceler. Se Nicodemus de fato tem intenção de combater o tal “liberalismo teológico” e ajudar a Igreja Brasileira, por que ele nunca tomou uma atitude concreta contra a Teologia da Missão Integral, considerada, conforme Ariovaldo, a versão protestante da marxista Teologia da Libertação?
Que combate é esse ao “liberalismo teológico” que não envolve lutar diretamente contra uma de suas maiores expressões, a Teologia da Missão Integral?
Um perigo muito maior do que o “teísmo aberto” é o que o Rev. Mark Driscoll, um pastor calvinista, chama de “deísmo” dos cessacionistas.
Embora o “deísmo” desses teólogos incrédulos seja rejeitado na vasta maioria das igrejas cristãs do Brasil, não se pode acusar que todos os reformados e calvinistas são cessacionistas. O teólogo calvinista Vincent Cheung ensina que o cessacionismo é uma doutrina falsa e que os teólogos cessacionistas são representações de Satanás.
John Piper, Paul Washer e Wayne Grudem são outros calvinistas que também rejeitam o cessacionismo e aceitam os dons sobrenaturais do Espírito Santo.
O Rev. Driscoll declarou que o cessacionismo é “deísmo” e mundanismo. Assista ao vídeo aqui: http://youtu.be/-bC_COacPn0
Esse tipo de “deísmo” é uma ameaça muito maior à Igreja Brasileira do que o tal teísmo aberto que afeta quase que exclusivamente a igreja de Kivitz. Mas quem o enfrentará? Quem ganhará da ANAJURE uma placa por defender a Igreja Brasileira, que é majoritariamente pentecostal, contra a heresia que nega que o Espírito Santo dá hoje dons sobrenaturais? Se esses dons de fato não existissem, conforme querem os cessacionistas, não existiria nenhuma igreja pentecostal hoje no mundo.
No seu verbete “Cessacionismo,” a Wikipédia cita vários teólogos presbiterianos e batistas calvinistas internacionais, e menciona apenas um brasileiro como o maior defensor dessa heresia: Augustus Nicodemus.

Reavivamento cessacionista: cheio de teologia e sem manifestações sobrenaturais do Espírito Santo

Evidentemente, a Wikipédia é inconfiável. Mas num de seus textos em inglês, Nicodemus vê somente uma esperança para a Igreja Brasileira: ser cheia da teologia calvinista. E ele fornece o exemplo, que ele considera louvável, de uma congregação da Assembleia de Deus que parou de falar em línguas e se tornou calvinista. Abandonar o pentecostalismo e abraçar o calvinismo cessacionista seria reavivamento? A análise do artigo inteiro dele está aqui: http://bit.ly/1eWe6LT
No vídeo de Caio Fábio, Nicodemus é citado como ansiando um reavivamento no Brasil. Um reavivamento com cessacionismo? Um reavivamento sem manifestações e dons sobrenaturais do Espírito Santo? Um reavivamento cheio de vazio do Espírito? Como Deus poderia atender às especificações teologicamente mimadas de um teólogo que quer reavivamento repleto de cessacionismo e um combate a um “liberalismo teológico” que não envolve nem combater o esquerdismo nem o cessacionismo entre presbiterianos? É um combate tão vago e matreiro que ninguém sabe o que é.
É vital o combate ao esquerdismo que está crescendo nas igrejas evangélicas, muitas vezes sob a capa de Teologia da Missão Integral. É igualmente vital o combate à heresia deísta e mundana do cessacionismo. Mas ambos os problemas são abrigados na Universidade Mackenzie, onde o ex-chanceler ainda tem influência. Basta conferir este link: http://bit.ly/17lyaDm

Guerra santa? Feliciano não pode responder aos ataques?

Na entrevista da ANAJURE, a pergunta seguinte foi:
ANAJURE: O senhor acredita que em nossos dias existem líderes cristãos que incentivam um clima de guerra santa? 
Nicodemus: Infelizmente, sim. Podemos e devemos lutar pelas liberdades fundamentais, como liberdade de consciência, de fé e de expressão, mas sem ataques pessoais e sem menosprezar quem pensa diferente de nós, trazendo o debate para o fórum correto e da forma correta.
Considerando o que Uziel Santana, presidente da ANAJURE, já havia dito, acerca do episódio Marco Feliciano, sobre “fomentar e participar de uma tresloucada ‘guerra santa,’” a pergunta da ANAJURE a Nicodemus de novo mira Feliciano?
Quanto ao que Nicodemus afirmou “Podemos e devemos lutar pelas liberdades fundamentais, como liberdade de consciência, de fé e de expressão, mas sem ataques pessoais,” isso inclui a nota pública de Uziel, onde ele questiona as motivações pessoais do pastor pentecostal, dizendo: “Tudo isso porque os projetos pessoais estão acima dos valores da Verdade do Evangelho de Cristo”? Ou “ataques pessoais” significa Feliciano reagir aos ataques pessoais?
Em entrevista exclusiva ao Blog Julio Severo, o próprio Dep. Marco Feliciano explicou sua relação com a ANAJURE no auge dos ataques de toda a esquerda brasileira contra ele:
Julio Severo: Em seu desespero, você chegou a procurar ajuda da ANAJURE, uma associação evangélica criada recentemente para defender os direitos civis dos cristãos. Qual foi a resposta?
Marco Feliciano: Era desespero mesmo. Fazia quase 30 dias que eu estava sob fogo cruzado e até então pouquíssimos saíram ao meu socorro. Lembrei-me da ANAJURE. Lembrei-me também do pedido desesperado que esses nobres juristas “cristãos” fizeram à Frente Parlamentar Evangélica dizendo que a ANAJURE só seria reconhecida se houvesse a aprovação dos parlamentares. Afinal, era para isso que estavam criando essa entidade: para proteger os parlamentares evangélicos em suas lutas pela liberdade religiosa e pela família. Liguei para o então presidente* da ANAJURE que estava na França. Falei com ele mais de uma vez, e o que ele me disse era que estava do meu lado e que a ANAJURE iria me defender juridicamente. Papo furado! Balela! Dias depois uma nota destes santos juristas me espancou e me aconselhou a sair da CDHM porque eu não era uma pessoa qualificada. Após esse episódio, a ANAJURE perdeu alguns de seus membros fundadores mais importantes, inclusive nossa guerreira da fé em Brasília, Dra. Damares.
Julio Severo: Na época da grande perseguição contra você, o presidente da ANAJURE lançou um comunicado nacional alertando que sua presença na Comissão de Direitos Humanos iria “dividir, ainda mais, a própria igreja evangélica… Tudo isso porque os projetos pessoais estão acima dos valores da Verdade do Evangelho de Cristo”. Por que, em vez de ajudar você, o presidente da ANAJURE optou por tal comunicado público?
Marco Feliciano: Por ser covarde, porque não era conveniente aliar a imagem de sua instituição a um “cão leproso” como eu naquele momento. Eu era um vexame para eles. Pouquíssimos acreditavam que eu conseguiria aguentar a pressão. Ele apostou na minha saída, na minha queda. Mas o Senhor através da oração da igreja me sustentou.
Depois de tudo o que Feliciano passou com a ANAJURE, o que Nicodemus quer? Empoleirar os cabides da ANAJURE de teólogos para dar ao seu presidente autoridade e autoritarismo com o peso de reputações alheias?
E se Feliciano desse ao presidente da ANAJURE a resposta exata que recebeu dele em nota pública? “Tudo isso [os cabides] porque os projetos pessoais estão acima dos valores da Verdade do Evangelho de Cristo.”
Como Nicodemus e ANAJURE pretendem combater o “liberalismo teológico” se combatem quem está sendo atacado por todas as esquerdas do Brasil? Como eles pretendem combater o “liberalismo teológico” se combatem quem foi atacado por Ariovaldo Ramos e outros líderes evangélicos cheios de esquerdismo e liberalismo teológico? Para que serve sua lista de nomes de teólogos se na hora do combate optam pelo lado mais fácil — os linchadores anticristãos e revolucionários? Só faltou Nicodemus empoleirar nos cabides da ANAJURE John MacArthur, teólogo calvinista que no ano passado publicou um livro que afirma que o pentecostalismo inteiro é heresia. MacArthur é sensação máxima entre os calvinistas cessacionistas do Brasil.

Cessacionismo contra o Espírito Santo versus cessacionismo contra o esquerdismo

Em vez de ser famoso por seu cessacionismo contra os dons sobrenaturais do Espírito Santo, a necessidade vitalmente maior é que Nicodemus fosse famoso por um cessacionismo contra todo esquerdismo, mundanismo e “deísmo.”
O Brasil não precisa de um reavivamento sem as manifestações sobrenaturais do Espírito Santo.
A Igreja Brasileira não precisa de cessacionistas contra o Espírito Santo. Mas precisa urgentemente de cessacionistas contra o esquerdismo, contra a Teologia da Missão Integral, contra a Teologia da Libertação, etc.
E Nicodemus & Cia nem precisam fazer isso em toda a Igreja Brasileira. Basta que atuem no seu quintal presbiteriano. Ali, sim, o terreno está repleto de socialistas, maçons e liberais teológicos, produzindo material teológico que muitas vezes contamina o restante da Igreja Brasileira.
No vídeo de Caio Fábio, Nicodemus é citado como dizendo a ele: “Reverendo, sua contribuição é importante para nós ainda. Precisamos de você.”
Considerando que Caio mente descontroladamente, é possível que Nicodemus não tenha dito isso. Por outro lado, o teólogo presbiteriano até agora não o desmentiu. Nenhum contraponto foi dado à afirmação de Caio.
Mas é fato que alguns presbiterianos dizem que se Caio voltasse para sua esposa original, tudo estaria resolvido e ele seria uma bênção para a Igreja Brasileira. Portanto, se Caio não mentiu sobre a declaração de Nicodemus, a pergunta importante é: Em que sentido Caio é necessário para a Igreja? Já não foi suficiente todos os danos que ele causou tramando contra a Igreja e aproximando-a do esquerdismo? Não foi o próprio Caio que se gabou anos atrás, dizendo “Aproximei Lula dos evangélicos”?
Caio Fábio e Lula, antes do adultério
Os grandes teólogos do Brasil acham que antes de sua queda escandalosa de adultério, estava tudo bem com Caio. Não, não estava. Um dos grandes filhos espirituais de Caio é Ariovaldo Ramos, que está hoje com seu casamento destruído (essa informação foi dada ao público pelo próprio pai espiritual dele, Caio, anos atrás) e é o maior promotor da Teologia da Missão Integral. Ari, como é chamado por sua turma, não promove essa teologia ideológica por ingenuidade, sem saber o que está fazendo. Ele próprio já afirmou que a Teologia da Missão Integral é a versão protestante da Teologia da Libertação. E quem é que não sabe que a Teologia da Libertação é apenas plataforma do marxismo?
E no vídeo, Caio faz questão de dizer que tem carinho por Leonardo Boff. Esse carinho por esquerdistas e suas heresias não é novidade em sua vida.
Em sua biografia, ele conta que, muito antes de sua queda em adultério, ele já andava, nos bastidores, com os homens fortes do PT, inclusive José Dirceu e Lula. E Ariovaldo, que no ano passado fez uma parceria entre evangélicos e o governo do PT, é prova dos horrendos frutos esquerdistas de Caio na Igreja Brasileira.
Esses frutos incomodam Nicodemus? Sim, ele já criticou o esquerdismo, de forma geral, sem dar nome aos bois. Talvez por estarem quase todos eles circulando bem à vontade dentro do Mackenzie. Mas de que adianta atacar algumas vezes o esquerdismo e ter tolerado Ricardo Bitun, professor do Mackenzie e conhecido promotor da Teologia da Missão Integral?
Já vi também, uns dez anos atrás, Nicodemus andar muito bem, em congressos, com Caio Fábio, Ricardo Gondim e Robinson Cavalcanti — todos promotores da Teologia da Missão Integral. Se ele de fato acredita existir um “liberalismo teológico,” ficava convenientemente em silêncio diante dos figurões desse liberalismo.
Sobre Gondim, ele chegou a falar, mas somente quando o caso já estava em estágio terminal. Um líder cristão com discernimento espiritual aguçado é capaz de ver a gravidade da doença muito antes de chegar ao estágio terminal, podendo assim evitar muitos estragos desnecessários.
Quando não se reconhece o problema na fase inicial, as tragédias são inevitáveis. Gondim chegou a fazer muitos seguidores, contaminando multidões com a Teologia da Missão Integral.
Cavalcanti contaminou também outras multidões, e Caio Fábio os superou, mas ambos não chegaram a ser tratados como casos terminai pelo ex-chanceler do Mackenzie, o qual, se Caio não mentiu como de costume, deseja as “contribuições” de Caio para a Igreja Brasileira. O que Caio poderia fazer nesse ponto? Levar a Igreja ao estágio terminal do câncer esquerdista?
Se Caio mentiu, é hora do ex-chanceler combater o esquerdismo e o liberalismo teológico não de modo vago e hipotético, mas dar nome ao problema e a seus autores e cúmplices.
O estado caído de Caio hoje mostra que não adianta se cercar de figuras teológicas importantes. Mostra também que certo é o versículo que diz que o que o homem semear, isso ele colherá. Caio semeou esquerdismo na Igreja Brasileira, e caiu, apesar de andar com os mais famosos teólogos calvinistas do mundo.
Se as palavras de Caio sobre Nicodemus ansiando um reavivamento estiverem certas, o que o Brasil ganhará com um reavivamento cessacionista?
O que o Brasil ganhará com um reavivamento cheio de teologia, mas com o banimento das manifestações do Espírito Santo?
O que o Brasil ganhará tendo de volta Caio Fábio na Igreja Presbiteriana do Brasil?
Ganhará de volta seu antigo “papa” evangélico, para restaurar a glória da IPB e produzir milhares de outros Ariovaldos, conforme a imagem e semelhança de Boff? Se assim for, Nicodemus terá de se contentar com o segundo lugar. Quanto à pretensão de tornar a ANAJURE um mini-Vaticano, ou outra AEVB, tudo dependerá da vontade do “papa” evangélico logo que ele recuperar seu trono.
Quanto a mim, não estou ajudando a construir nenhum Vaticano protestante.
Desejo um reavivamento com manifestações sobrenaturais do Espírito Santo.
Combato o “liberalismo teológico” sem ser vago, mas dando o nome dos problemas e dos causadores dos problemas. Basta baixar meu livro gratuito aqui: http://bit.ly/11zFSqq
Combato também as heresias mundanas e deístas.
E sou um “cessacionista,” no melhor sentido da palavra. Não contra o Espírito Santo e seus dons. Trabalho incessantemente para que a Teologia da Libertação, a Teologia da Missão Integral e outras formas de esquerdismo nas igrejas sejam cessadas, aniquiladas e exterminadas.
Leitura recomendada:

29 comentários :

Leony disse...

Júlio, sem querer ser Advogado de ninguém, mas, vc confirmou esta informação com o Rev. Nicodemus que o Caio Fábio falou?

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

No mundo de hoje, só são consideradas "sábias" as pessoas que têm um diploma de universidade (ou que estudaram teologia). Algumas dessas pessoas têm a tendência natural de se sentirem "importantes" ou "inteligentes" em relação a quem não tem muito estudo.

O que está faltando ao ser humano é a humildade. O homem, mesmo o mais sábio do mundo, tem que ter coragem o suficiente para reconhecer que todo o seu conhecimento não é absolutamente nada diante de Deus. A respeito disso, um antigo filósofo disse com muita sabedoria: "Se me perguntassem qual o primeiro requisito essencial na vida do ser humano, eu prontamente responderia que a primeira (e a mais importante) de todas as coisas é a humildade. Sim, pois como poderia ser diferente a atitude da criatura em relação ao Criador, do ser finito perante o Infinito, do mortal diante do Eterno, do pecador frente a um Deus Santo?"

Foi por isso que o apóstolo Paulo disse:

"Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, e aniquilarei a inteligência dos inteligentes" (1 Coríntios 1:19)

"Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois como está escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia" (1 Coríntios 3:19)

O nosso Deus não age segundo os padrões do mundo. Ele têm Seus próprios critérios de escolha, os quais são totalmente diferentes em relação aos do mundo. Novamente o apóstolo Paulo se manifesta:

"Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes" (1 Coríntios 1:27)

Os próprios apóstolos de Jesus são um bom exemplo disso. Com exceção de Lucas (que era médico), os demais eram pessoa simples. Mateus era um cobrador de impostos. Pedro era pescador. Os demais eram pessoas humildes (talvez fossem simples camponeses). Mesmo assim, todos eles se tornaram sábios com o Senhor Jesus, que foi (e ainda é) o maior e melhor educador do ser humano. É como diz a Palavra de Deus:

"Então eles, ao verem a ousadia de Pedro e João, e sabendo que eram homens iletrados e sem cultura (ou seja, sem nunca terem estudado numa universidade e sem nunca terem estudado teologia), ficaram maravilhados; e reconheceram que eles estiveram com Jesus (Atos 4:13, o parêntese é meu)

Jesus confirma isso ao dizer:

"Graças Te dou, ó Pai, Senhor do Céu e da Terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos. Sim, ó Pai, porque assim Te aprouve" (Mateus 11:25–26)

A humildade é a primeira (e principal) característica de um verdadeiro cristão. É como bem disse o apóstolo Tiago:

"Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes" (Tiago 4:6)

E a Bíblia ainda diz:

"O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo a prudência" (Provérbios 9:10)

"Tenho mais entendimento do que todos os meus mestres, pois medito nos Teus testemunhos" (Salmo 119:99)

Tem até uma frase que resume isso: DEUS NÃO ESCOLHE OS CAPACITADOS, MAS ELE CAPACITA OS ESCOLHIDOS.

Alguém ainda tem alguma dúvida de que somente a Palavra de Deus é a verdadeira é única fonte de toda sabedoria?

Alexandre Gonçalves disse...

Mais uma bola fora do irmão Julio Severo. Eu já havia advertido a você irmão que você faz uma salada misturando calvinismo com esquerdismo e já te mostrei que uma coisa não tem nada a ver com a outra, ao contrário, o calvinismo sempre foi favorável ao capitalismo e às liberdades individuais, isso é histórico. E agora dizer que o Rev. Augustus Nicodemos, que tem uma mensagem que todos podem ver e ouvir, mensagem esta bastante ortodoxa e conservadora biblicamente, dizer que o mesmo apoia Caio Fábio é de uma invencionice pueril. Parece que te faltou assunto. Como se a vacinação para o HPV não fosse algo tão importante que o fizesse entrar nessa fofoca gospel. Lamentável...

Marilena disse...

Eita Calvinista histérico! Alexandre: o texto abre, em mais de uma oportunidade, a tese de que Caio pode ter mentido. Porém notei aí, antes de se descabelar da cabo a rabo, que há outros problemas no reverendo doutor prebistieriano, a quem vc atribui ser conservador e ortodoxo bíblico. Cessacionismo é conservadorismo e ortodoxia? Se o reverendo doutor não ensina isto, por que há tantas referências a tal heresia por parte dele? Permanecer em sileñcio equnato Kivitz e Ramos palestram no Mackenzie é ser conservador e ortodoxo bibicalmetne? Neste caso, até o diabo possui estes qualificativos.

Eliel disse...

Amiga Marilena,

Não só eu concordo com você, como eu ainda acrescentaria o seguinte: quandos muitos defendem o cessacionismo, dá a entender que Jesus não faz mais milagres (ou que o Espírito Santo não está mais presente no nosso meio).

Muitos que defendem os cessacionistas parecem estar esquecidos do que disse o apóstolo Paulo:

"Não extingais o Espírito" (1 Tessalonicenses 5:19)

Sinceramente, não sei qual é a Bíblia que os cessacionistas (e seus defensores) andam lendo. Folheando toda a Bíblia (de Gênesis a Apocalipse), nunca encontrei uma única referência dizendo que os dons espirituais cessaram. Pelo contrário, a Bíblia afirma com autoridade:

"Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje, e eternamente" (Hebreus 13:8)

O próprio Jesus confirmou isto ao dizer:

"Todo poder é dado a Mim no Céu e na Terra. Portanto, ide e fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que Eu vos tenho mandado; e eis que Eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém" (Mateus 28:18–20)

Eu perguntaria aos cessacionistas (e aos seus simpatizantes): já que eles acreditam piamente que não existem mais os dons e nem as manifestações espirituais, será que o diabo deixou de fazer suas maldades em todo o mundo?

Anônimo disse...

INFELIZMENTE parece que para muitos aqui a alternativa ao ''cessacionismo''seria o ''abusionismo'' praticado em muitas das igrejas pentecostais e neopentecostais. Nem um nem outro. Existem regras claras para o uso dos dons, que não se reduzem de maneira nenhuma no ''falar em línguas'' e ''milagres'' como se marketeia por aí. E a própria palavra declara que milagres e línguas podem não vir de Deus. Então, mais cuidado nessa dicotomia exagerada.
Antonio Donato

Julio Severo disse...

Exato, Donato! Não podemos ir ao extremo de proibir tudo ou usar tudo sem equilíbrio e normas bíblicas. Note que ao lidar com a Igreja de Corinto, que tinha abundancia de dons espirituais, Paulo não disse: “Excelente! Vocês estão cheios de dons!” Mas havia outros problemas. O que Paulo fez então foi dar instruções específicas para cada um desses problemas e ensinar como receber e usar os dons. Claro que um teólogo cessacionista de hoje acharia muito mais fácil suprimir tudo. O que precisamos é de líderes como Paulo, que ensinou a Igreja de Corinto a buscar os dons, especialmente o de profecia, com equilíbrio, sabendo discernir as profecias julgandas. Veja:

“Sigam o caminho do amor e busquem com dedicação os dons espirituais, principalmente o dom de profecia.” (1 Coríntios 14:1 NVI)

“Tratando-se de profetas, falem dois ou três, e os outros julguem cuidadosamente o que foi dito. Se vier uma revelação a alguém que está sentado, cale-se o primeiro. Pois vocês todos podem profetizar, cada um por sua vez, de forma que todos sejam instruídos e encorajados..” (1 Coríntios 14:29-31 NVI)

Anônimo disse...

Esse tal pastor por acaso seria dado ao vinho desmesurado? Parece-me alterado neste vídeo. A voz dele dá uma impressão pastosa e embolada. Suas inflexões são as mesmas de quem etá alterado pelo álcool.

HENRIQUE disse...

Antes de ser presbiteriano ele era hippie viciado em maconha. Depois de 'convertido' uma de suas amantes garante que ele nunca largou a droga. Por isso é tão comum ve-lo viajando quando prega em vídeo..... Pobre rev. Augustus, tendo de aguentar as viajadas do Caio. Duvido muito que rev. Augustus tenha conversado com Caio.

Marcos disse...

Caio Fábio perdeu todas as qualificações bíblicas para ser pastor ou professor na igreja.
Nunca se arrependeu, faz o que lhe vem à cabeça e ainda por cima é comunista.
Sua opinião e nada são a mesma coisa, ele merece o desprezo e o ostracismo dos irmãos.
1 Cor 5:9 nesse picareta.

Apologista disse...

O socialismo marxista e de dominação illuminati, que começou na frança, com a destruição da monarquia e a igreja cristã, levantando a bandeira de que o a religião cristão não tinha mais autoridade sobre o estado, onde napoleão destruiu o cristianismo principalmente católico na frança confiscando as propriedades mostrando de que a religião cristã não detém mais verdade através da Palavra de Deus. Isto ocorreu no séc. XVIII, e Napoleão como um franco maçom parte para conquistar o mundo até ser derrotado pelos russos. Os iluminatis sempre foram capitalista e conquistou a dominação dos governos não o coração das pessoas embora venha trazendo toda liberdade para o pecado, para até que seja extinta dos corações da pessoas, mas nunca terá seu exito completo na dominação das pessoas, porque o cristianismo é uma religião do coração e todo ser humano tem um vazio que quem preenche é só Deus e não o pecado. O pecado pode trazer um prazer momentâneo mas não a felicidade que só quem traz é o Senhor Jesus Cristo através do Novo nascimento. Quem é nascido de novo novo não se embaraça com o pecado embora o pecado procure o embaraça-lo, porque ele sabe quem segue a cristo e que não segue. Porque a árvore se conhece pelos frutos. O calvinismo é uma aliado da ideologia esquerda de que é capitalista. As ideologias do maçom Karl Marx dominação illumininati já vem na na dominação a quase duzentos anos e só vemos na dominação do mundo e mundo continua sofrendo com a fome, pessoas morrendo nos hospitais sem saúde adequada. Muitos líderes cristãos das igrejas cristão são maçom principalmente no protestantismo histórico que vem ganhando espaço nas pentecostais. Tenho visto vário vídeos de Caio Fábio para entender que teologia ele segue. E pelo que assisti ele não se defini como teólogo, sua forma debater a Palavra de Deus é mais empírica, que procura defender objetivos a liberdade de forma iluminista e marxista, mesmo que ele não conheça esta ideologia iluminista e marxista ele já esta mergulhado nela pela próprio calvinismo e outras que faz parte da teologia da libertação.
O Teólogo calvinista Augustus Nicodemus pelo que tenho lido tem combatido tanto a maçonaria na igreja como a teologia da libertação, sempre na sua posição fundamentalista, espero que ele continue firme no bom combate da fé em Cristo Jesus e não de forma humanista.

ELISEU disse...

Respondendo ao Marcos,

Amigo Marcos,

Devido ao fato de muitas das atuais igrejas estarem infestadas de falsos cristãos e falsos profetas, temos que ter o discernimento espiritual. Em outras palavras: o que é preciso saber é se muitos que se dizem cristãos são cristãos autênticos, ou se são falsos cristãos.

Foi justamente para alertar contra os falsos cristãos (e os falsos profetas) que o apóstolo Paulo advertiu:

"E não vos admireis disto, já que o próprio Satanás insiste em se transformar em anjo de luz. Não é muito, portanto, que os seus ministros apareçam como ministros da justiça; e o fim deles será segundo as suas obras" (2 Coríntios 11:14–15)

E o apóstolo Paulo ainda alerta sobre os falsos cristãos que estão se infiltrando dentro das igrejas:

"Já vos adverti por carta para que não vos associeis com aqueles que se prostituem; isso não dizer absolutamente com os devassos, nem com os avarentos, os roubadores, ou os idólatras; pois assim seria necessário para vós sair do mundo. Mas agora eu vos escrevo para que não vos associeis com aquele que, se dizendo irmão, for devasso, avarento, idólatra, maldizente, beberrão, ou roubador; com o tal, nem comais. Pois que tenho eu em julgar aqueles que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? Mas Deus julga os de fora. Tirai, portanto, de dentro de vós esse iníquo" (1 Coríntios 5:9–13)

Outra advertência séria neste sentido é a do apóstolo João:

"Todo aquele que prevarica e não persevera na doutrina de Cristo não tem a Deus; quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto o Pai quanto o Filho. Se alguém vem ter convosco e não traz esta doutrina, não o recebais em casa e nem tampouco o saudeis. Porque aquele que o saúda tem parte nas suas obras más" (2 João 1:9–11)

Creio que estas recomendações são mais do que úteis para mantermos a igreja pura (sem a contaminação por parte dos falsos cristãos e falsos profetas).

Será que eu estou certo?

Apologista disse...

Pelos vídeos que assisti de Caio Fabio ele procura sempre agir de forma terapêutica, mas o método vem da teologia da libertação de Leonardo Boff, Rubens Alves e outros mais teólogos da libertação que não acreditam mais nem céu nem inferno, nem em pecado, que todos somos filhos de Deus, que é o pluralismo religioso. Estamos vivendo dias em esta dominação vigente no mundo, que já se misturou de forma tão grande, como o Senhor Jesus disse sobre o joio e trigo, que de forma cultural, de forma empírica vem utilizando o cristianismo contra o cristianismo. De que só a vinda do Senhor Jesus pode livrar esta geração de tamanha apostasia e descrença vem sendo gerada. Por isso Oremos anelemos pela vinda do Senhor Jesus

Paulo S. Frias disse...

Não vou ler todos os comentários, mas na boa... quem disse que Augustus é Cessacionista? Gente abram os olhos, eu assisto inúmeros videos de Nicodemus, e em nenhum ele fala que é adepto do Cessacionismo e muito menos que apoia Caio Fabio.. Essa Matéria esta cheia de pensamentos misturados, e falta de argumentos... Lamentável.

Anônimo disse...

Tenho minhas duvidas se o Dr. Augustus Nicodemus é fã do ex-Rev. Caio Fábio. Com respeito aos outros pontos do Dr. Augustus, verifiquei os links e - daí se ele é cessacionista? Ele esta muitos anos em seminiários do mundo inteiro. Ele é doutor em teologia; eu não; duvido que Júlio Severo seja. Daí: ele sabe o que diz. Para compreender o conhecimento elevado da teologia, temos que estudá-lo. Parabéns ao Dr. Augustus por ser o maior teólogo do Brasil. Júlio, seja humilde e reconheça que você não tem isto. Teologia lhe faz falta.

Mariano.

Noel Gomes disse...

Uma outra pergunta a ser feita, será que a igreja brasileira precisa de Júlio Severo ????
Se esse for o nome real desse cidadão.

Tacila disse...

Severo é contra socialismo; Caio é a favor. Severo é contra cessacionismo; Augustus é a favor. Sabe de uma coisa? Cada um com suas diferenças e em seu próprio canto.

Flávio disse...

Eu acho que Julio Severo faz um bom trabalho lutando contra cessacionistas,gayzistas e outras aberrações.

Élder disse...

Respondendo ao Noel Gomes,

Noel,

Você entraria em qualquer igreja que se denomina cristã? Qualquer igreja pode dizer que é cristã. Mas será que esta mesma igreja obedece somente à Palavra de Deus (ao invés de pregar outras ideologias e outros ensinamentos fora da Palavra de Deus)?

Só porque uma determinada igreja se diz cristã, nem sempre significa que ela obedece 100% à Palavra de Deus. Como diz o ditado popular, "nem tudo que reluz é ouro".

Já imaginou você entrar numa igreja que diz cristã, e o pastor dela for a favor do aborto? Aborto, pelo que eu sei, é um crime contra a lei de Deus. O próprio Deus disse:

"Não matarás" (Êxodo 20:13)

E aí, você agora vai dizer que uma igreja que se diz cristã (mas que prega a favor do aborto) pode ser considerada uma verdadeira igreja de Deus?

Você acha que não deve haver ninguém alertando sobre os erros da igreja?

O que o irmão Júlio Severo faz é algo que muitos que se dizem cristãos (e que se deixam enganar facilmente pelas aparências) precisam perceber dentro das igrejas. Será que você sabe se o pastor da igreja que você congrega está guiando as ovelhas ao caminho da verdade?

O apóstolo Paulo disse que o diabo insiste em se transformar em anjo de luz (2 Coríntios 11:14). Você acredita piamente que a igreja estará imune aos ataques do diabo se for comandada por pastores de conduta duvidosa?

Reflita neste versículo do apóstolo Paulo:

"Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade" (2 Coríntios 13:8)

Anônimo disse...

Ao ver como este blog persegue nossos pastores reformados e a doutrina cessacionista (que é legado de Calvino), não terei dó se os grupos homossexuais descobrirem o paradeiro d seu dono.

Anônimo disse...

Fui cessacionista (e presbiteriano) durante muitos anos, até que, mesmo sem crer nem desejar receber, fui surpreendido pelo Poder do Espírito numa reunião de Oração na qual fui chamado pelo nome pela profeta que dirigia a reunião que foi taxativa: Irmão, não duvide, receba! A partir daquele momento comecei a falar em línguas e, anos depois, recebi o dom de profecia.
Quanto à IPB, apesar de admitir eventual manifestação até mesmo de línguas estranhas nos dias de hoje (como ensina na pastoral distribuída às igrejas locais), na prática, sufoca tais manifestações, expulsa membros que testemunham haver passado por este tipo de experiências, sob a alegação de que todo presbiteriano subscreve a CFW e a mesma é EXPLICITAMENTE CESSACIONISTA: Cessaram as antigas formas de Deus falar ao seu povo (e enganosamente justificam com Hb 1.1 que diz que, nos últimos dias, Deus nos fala PELO FILHO. E o que o Filho ensinou?
"... E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome .. falarão novas línguas ... (Mc 16.15, excertos, ARC)
A Conclusão é que a IPB jamais valorizou experiências com o Espírito Santo, o que inevitavelmente levou esta igreja a ser infestada por maçons e a apostatar da fé ao proibir o falar em línguas na contramão da escritura! Preferi ficar com o ensinamento do Filho ao ensino espúrio da CFW (que ensina outras bobagens em alguns de seus artigos) e é IDOLATRADA no seio presbiteriano, como a tradição o é no seio católico romano. Verdadeiros Traidores do Sola Scriptura!

Elóy disse...

Eu fico com pena de muita gente ingênua que acha que o diabo vai falar a verdade algum dia. Tem gente que crê que o diabo vai aparecer em público e dizer: "Eu sou o diabo, e esta é a minha verdadeira face!"

Tem gente que está tão cega pelos enganos do diabo que não quer ouvir a verdade (por mais que a gente alerte)! Parece que muitos, pelo jeito, só vão descobrir que foram enganados no dia do juízo final! Mas aí já será tarde demais!

Parece que muitos se esqueceram do que disse o apóstolo Paulo:

"Seja Deus verdadeiro e todo homem mentiroso" (Romanos 3:4)

Não menos importante foi o que disse Jesus:

"Vós tendes por vosso pai o diabo, e quereis satisfazer os seus desejos. Ele foi um homicida desde o princípio e não permaneceu na verdade, porque nele não existe verdade. Quando ele mente, fala só do que lhe é próprio; pois é um mentiroso e o pai da mentira" (João 8:44)

Como tem gente ingênua neste mundo!

Anônimo disse...

Caio Fabio e M***A pra mim tem o mesmo valor, os dois FEDEM e são PODRES, não sou cistã, mas pelos videos q vi este cara, é melhor não ser NADA a ser como ele.

Duílio disse...

Título de teologia não dá sabedoria a ninguém. Faculdade não torna ninguém melhor do que os outros. Todo o conhecimento do mundo não é absolutamente nada diante de Deus.

O homem verdadeiramente sábio é aquele que obedece somente às verdades da Palavra de Deus, e não se deixa influenciar por quaisquer doutrinas, filosofias, ou ideologias mundanas (as quais, na sua maioria, não têm fundamento bíblico). Foi como disse o salmista:

"O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo a prudência" (Provérbios 9:10)

O apóstolo Paulo também se manifesta nesse sentido:

"Mas o que para mim era ganho, considerei como perda por Cristo. E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo" (Filipenses 3:7–8)

Eu digo por mim: sou formado em Administração de Empresas. Pelo critério puramente humano (ou terreno), eu teria condições, pelos meus estudos, de assumir um cargo importante em qualquer lugar. No caso de uma igreja, eu estaria mais "qualificado" para ser um pastor.

Mas o nosso Deus não vê como nós vemos. Como bem disse o presbítero Valdomiro no comentário dele, Deus tem Seus próprios critérios de escolha, os quais são totalmente diferentes em relação aos do mundo. O apóstolo Paulo foi bem claro nesse sentido:

"Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, e aniquilarei a inteligência dos inteligentes" (1 Coríntios 1:19)

"Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes" (1 Coríntios 1:27)

"Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois como está escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia" (1 Coríntios 3:19)

O pastor da igreja onde eu congrego só tem o ensino fundamental. Na visão do mundo, eu seria considerado mais inteligente do que ele. Pelo critério dos homens, eu deveria ser o pastor (e ele deveria estar no banco da igreja).

Mas Deus o preparou de tal forma, que até mesmo muitos que se dizem "cultos" ficaram admirados com tanta sabedoria (e também com muita firmeza) nas pregações dele. Quando perguntaram se ele é formado em alguma faculdade, ele respondeu de forma bem simples: "O único estudo que eu tenho é o da escola da vida, e o meu professor é o Senhor Jesus!"

Jesus confirma isso ao dizer:

"Graças Te dou, ó Pai, Senhor do Céu e da Terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos. Sim, ó Pai, porque assim Te aprouve" (Mateus 11:25–26)

A humildade é a primeira (e principal) característica de um verdadeiro cristão. É como bem disse o apóstolo Tiago:

"Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes" (Tiago 4:6)

E a Bíblia ainda diz:

"Tenho mais entendimento do que todos os meus mestres, pois medito nos Teus testemunhos" (Salmo 119:99)

Aproveito para citar novamente a mesma frase que o presbítero Valdomiro colocou no comentário dele: DEUS NÃO ESCOLHE OS CAPACITADOS, MAS ELE CAPACITA OS ESCOLHIDOS.

Precisa dizer mais alguma coisa?

Alexandre Gonçalves disse...

Devido ao grande numero de artigos do Julio Severo contra o reverendo Augustus Nicodemus, sou obrigado a reproduzir matéria que deixa claro a postura dele em relação ao homosexualismo, sendo defendido inclusive por Reinaldo Azevedo, colunista conservador da Veja.
http://www.jesussite.com.br/noticias_detalhe.asp?id_news=604

Julio Severo disse...

Alexandre, eu também postei este link do Reinaldo Azevedo, aqui: http://juliosevero.blogspot.com/2010/11/augustus-nicodemus-lopes-da.html

Mas Reinaldo não é tão conservador quanto você julga. Ele apoia o “casamento” gay e a adoção de crianças por duplas gays. Veja aqui: http://juliosevero.blogspot.com/2013/12/marco-feliciano-mais-perto-da.html

No caso específico do link que você mostra, Reinaldo defendeu Augustus quando ele estava sendo atacado por ativistas gays que estavam exigindo que ele removesse do Mackenzie um manifesto contra o PLC 122. Nesse ponto, fiel aos meus princípios, eu também defendi Augustus, antes de ele jogar a toalha. Veja aqui: http://juliosevero.blogspot.com/2010/11/palhacada-gay-contra-o-mackenzie.html

Nos outros pontos em que você o vê sendo contestado, ora, todos podem contestar. Por exemplo: Augustus atacou a Marcha para Jesus. No meu igual direito diplomático, eu denunciei uma marcha presbiteriana apoiada por ele. Veja aqui: http://juliosevero.blogspot.com/2013/06/o-feitico-do-sucesso-rev-marcos-amaral.html

Denunciei também que o Mackenzie, onde ele tem enorme influência, foi palco de um dos maiores eventos evangélicos esquerdistas do Brasil. Veja aqui: http://juliosevero.blogspot.com/2013/10/esquerdismo-no-mackenzie-do-jeito-que-o.html

Denunciei também que ele é um grande cessacionista e hostil às experiências do pentecostalismo. Veja aqui: http://juliosevero.blogspot.com/2013/10/uma-resposta-carismatica-crise.html

Fiz todas as denúncias sem atacar o caráter dele, mas apenas refutando ideias. Isso é democrático. Quando ele se sentir ofendido, vai poder igualmente usar o direito democrático dele para me contestar publicamente.

O que não podemos fazer é achar que teólogos são infalíveis, ou, como eu disse certa vez, não podemos tratar os teólogos cessacionistas como se fossem deuses. aqui: http://juliosevero.blogspot.com/2013/09/os-teologos-cessacionistas-nao-sao.html

Note que o teólogo calvinista Vincent Cheung afirmou que o cessacionismo é rebelião contra Deus: http://juliosevero.blogspot.com/2013/11/cessacionismo-e-rebeliao-contra-deus.html

Cessacionismo é a doutrina calvinista que diz que Deus não dá hoje dons sobrenaturais como profecias e línguas. Ao que parece, Deus precisa de uma autorização especial dos teólogos para fazer ou deixar de fazer algo. Incrível, não?

Nils disse...

ED RENE NÃO DEFENDE TEISMO ABERTO.
http://www.youtube.com/watch?v=yRT90FFZ9q0

Daí deduzo que as demais informações citadas sobre pessoas, devem TODAS ser checadas, e A PRIORI, creio que seja mt leviandade falar aleatoriamente.
ACHO FEIO ISSO.

Nils
www.nilsbergsten.com

Splanchnizomai abraçando o amanhã. disse...

Incrível caro Manso Júlio!!!!! Incrível!!!!!
Quanto ao Caio, só me lembro daquele texto ali no finalzinho de Jó 41... mais especificamente no 33 e 34...
É muito orgulho numa pessoinha só.
..Haja graça nesse caminho... Mas como Deus só dá graça aos humildes.... penso que esse caminho aí tá devendo...

Jesiel Gomes disse...

O altor deste artigo prova ser o tremendo iquinorante sobre cristianismo histórico. Já q os maiores pregadores da história erão cessacionistas. E não com menos consideração pelo espírito santo em função disso. Leião calvino, Owen, loyd-jones e outros. E pare de comentar o que não conhece Júlio severo