4 de dezembro de 2013

Igreja Batista da Lagoinha “cheirando” a Teologia da Missão Integral?


Igreja Batista da Lagoinha “cheirando” a Teologia da Missão Integral?

Julio Severo
Um tabloide protestante esquerdista do Brasil quase “desmaiou” de alegria ao ver a Igreja Batista da Lagoinha “cheirando” a Teologia da Missão Integral — que é a versão protestante da marxista Teologia da Libertação. O que está acontecendo é que entre os dias 5 e 8 de dezembro, a famosa igreja de Ana Paula Valadão estará, para espanto nacional e regozijo de toda a esquerda apologética cessacionista, realizando seu Congresso de Missão Integral.
Quando o Pr. Lucinho Barreto, que tem um ministério voltado aos jovens na Igreja Batista da Lagoinha, “cheirou a Bíblia” meses atrás, houve um “escândalo” nacional, com muitos chamando-o de “herético” e dizendo que ele estava “envergonhando” o Evangelho. Pelo menos para mim, deu para entender que o pastor não estava com a intenção nem de profanar a Bíblia nem de defender o uso de drogas, mas estava apenas usando a simulação com a Bíblia para dar aos jovens a mensagem de que a Bíblia deve ser sempre consumida. Se o uso desse tipo de simulação é correto ou não, deixo para a imaginação do leitor.
Pr. Lucinho cheirando a Biblia
Quando Ariovaldo Ramos e seus colegas da Teologia da Missão Integral defenderam as drogas (não a mera simulação) em junho de 2013, houve algumas queixas aqui e ali, mas nada de escândalo nacional. A reação à simulação do Pr. Lucinho foi muito mais pesada do que a reação à defesa do uso de drogas feita por Ari — como é chamado Ariovaldo Ramos.
A ala da Missão Integral e simpatizantes não poupou críticas ao Pr. Lucinho. Renato Vargens, um pastor viciado em localizar e fabricar apostasias em pentecostais e neopentecostais, disse que a simulação do pastor da Lagoinha foi uma “vergonha” para o Evangelho. Sobre Ari e sua defesa das drogas? Vargens ficou de bico fechado.
Sendo reformado (ou calvinista), é difícil Vargens criticar Ari, que tem excelente entrada nos meios calvinistas. Ari transita muito bem em Niterói, reduto calvinista que é sede do ministério de Vargens. Ari também transita sem problemas em importantes igrejas presbiterianas e até na mais importante instituição presbiteriana do Brasil: a Universidade Mackenzie.
Se não houvesse em Vargens e outros calvinistas incoerências, eles poderiam denunciar: “Heréticos e heresias no Mackenzie! Ariovaldo Ramos, defensor da descriminalização das drogas, pregou no Mackenzie! Ariovaldo Ramos, promotor da herética Teologia da Missão Integral, é bem recebido em nosso reduto de Niterói. Isso é uma vergonha!”
No entanto, não há críticas a Ari ou à sua Teologia da Missão Integral no blog do pastor calvinista de Niterói. Não há nada ali também criticando o apoio de Ari à descriminalização das drogas.
A ala da Missão Integral e simpatizantes não faz autocrítica. Mas gosta de criticar abundantemente como “heresia” qualquer atitude ou palavra de um pentecostal ou neopentecostal que não se encaixe nos padrões calvinistas. O passatempo predileto dos promotores da Teologia da Missão Integral é caçar “hereges” — pentecostais e neopentecostais. Afinal, como já notou o próprio PT, mesmo com todos os seus defeitos, pentecostais e neopentecostais são o último impedimento para a total implantação do socialismo no Brasil. Para entender essa realidade, baixe gratuitamente meu livro: http://bit.ly/11zFSqq
De forma contrária, a Teologia da Missão Integral é uma grande ferramenta facilitadora da implantação do socialismo no Brasil.
Logo depois de defender as drogas, Ari ainda é recebido tranquilamente na Igreja Presbiteriana de Fortaleza e é muito bem-vindo no Mackenzie para o maior evento esquerdista de jovens do Brasil, sem nenhuma crítica dos habituais reverendos antineopentecostais.
E se o Pr. Lucinho, que não defende o uso de drogas, abraçar a Teologia da Missão Integral? Haverá os mesmos privilégios e isenções? Ele estará também livre para defender o uso explícito de drogas, não sua simulação, sem ser linchado pela esquerda apologética? Vargens e outros calvinistas antineopentecostais vão parar de dizer que ele está “envergonhando” o Evangelho?
E se a Igreja Batista da Lagoinha realizar um evento em defesa da Teologia da Missão Integral? Vargens e outros calvinistas antineopentecostais vão parar de denunciar “heresias” e “insanidades” nessa igreja batista que não abraça o cessacionismo, mas abraça o Espírito Santo e seus dons? Eles vão parar de atormentar Ana Paula Valadão com acusações descabidas de “insanidade” e “heresias”? Eles vão cessar seu bullying teológico cessacionista?
De fato, a Igreja Batista da Lagoinha estará, entre os dias 5 e 8 de dezembro, realizando seu Congresso de Missão Integral. Um dos palestrantes é justamente o Pr. Lucinho, que foi quase linchado pela ala da Missão Integral e simpatizantes.
O dono do tabloide sensacionalista Genizah, uma das grandes referências calvinistas de defesa da ala da Missão Integral e simpatizantes, quase desmaiou de incredulidade quando viu o termo “Congresso de Missão Integral” no site da Igreja da Lagoinha. Pela primeira vez em sua curta história, o tabloide, que é apropriadamente chamado de Lixeira Gossip, não chamou a Lagoinha de “herética.”
A ala da Missão Integral e simpatizantes está de boca aberta com a “mudança” da Igreja da Lagoinha! Se a mudança se confirmar, Renato Vargens, Genizah & Cia estarão de prontidão para se tornarem escudeiros de Ana Paula Valadão.
Contudo, e se o Congresso de Missão Integral, que terá a presença do Pr. Lucinho, for apenas uma “simulação,” tipo o que o Pr. Lucinho fez ao “cheirar a Bíblia”?
É possível, pois esse congresso não tem como preletor Ariovaldo Ramos e nenhum outro grande nome da Teologia da Missão Integral.
Por outro lado, a Igreja da Lagoinha já recebeu, em sua programação televisiva, Ed René Kiviz, uma das colunas da Teologia da Missão Integral. Aliás, no maior evento recente dessa teologia no Brasil, a Conferência Missão na Íntegra, Kivitz foi um dos principais preletores, juntamente com Ariovaldo Ramos e Ricardo Bitun, professor da Universidade Mackenzie. Kivitz foi também um dos principais preletores em outro recente evento esquerdista no Mackenzie.
Marina Silva, por seu histórico e trajetória socialista, também fez preleção na Conferência Missão na Íntegra.
Valnice Milhomens e Ana Paula Valadão com retrato de Marina, conforme divulgado no Twitter da cantora
Será que o Pr. Lucinho, Ana Paula Valadão e outros líderes da Lagoinha ficaram tão cansados da implacável perseguição do Genizah, Vargens e outros calvinistas pró-Teologia da Missão Integral que decidiram que “se você não consegue vencer seus inimigos, junte-se a eles”?
Eu gostaria de dizer ao público que o Congresso de Missão Integral na Igreja da Lagoinha é mera simulação. Mas considerando que Kivitz já esteve na Lagoinha e que Marina tem sido considerada pelos Valadões como uma candidata evangélica para a presidência do Brasil, compreendo perfeitamente a razão por que o dono do Genizah está desmaiando de incredulidade e felicidade. A maior esperança para os apologetas da Teologia da Missão Integral é a conversão de pentecostais e neopentecostais em esquerdistas.
Se essa esperança se confirmar, outros tabloides calvinistas esquerdistas cessacionistas precisarão de ajuda para serem despertados de seu desmaio de incredulidade e alegria.
O que virá depois? Vargens pregando em culto na Lagoinha? Ariovaldo Ramos dando palestra no próximo Congresso de Missão Integral ali? Danilo Fernandes, o dono do Genizah, ensinando “apologética” na escola dominical da Lagoinha?
Ana Paula Valadão
“Cheirar” a Teologia da Missão Integral pode ser uma boa simulação e estratégia.
Mas “dar a outra face” para a ala da Missão Integral e simpatizantes a fim de ver os apologetas calvinistas cessacionistas esquerdistas desmaiando de alegria pode ser um tiro pela culatra.
Dar a outra face não significa abraçar a ideologia do inimigo. Se assim fosse, ao darem a face para Fidel Castro, haveria obrigação de abraçar seu comunismo?
Ao darem a outra face para Luiz Mott e outros supremacistas gays, os cristãos deveriam abraçar sua agressiva ideologia homossexual, inclusive defesa da pedofilia?
Dar a outra face é mostrar humildade para que o inimigo do Evangelho seja alcançado e transformado, mediante a Cruz, em amigo de Deus.
Dar a outra face e abraçar a ideologia do inimigo é se tornar amigo do mundo. Deus diz sobre essa mudança:
“Adúlteros! Ou não estais cientes de que a amizade com o mundo é inimizade contra Deus? Ora, quem quer ser amigo do mundo torna-se inimigo de Deus.” (Tiago 4:4 KJA)
Se a Igreja Batista da Lagoinha não parar de “namorar” Marina, Kivitz e outros promotores da Teologia da Missão Integral, vai ser muito difícil acreditar que sua “cheiração” dessa teologia é mera simulação.
Leitura recomendada:

28 comentários :

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Júlio,

Ultimamente, a igreja evangélica vem enfrentando escândalos, casos de pastores corruptos (e muitas outras coisas erradas), além das teologias corrompidas (Libertação, Prosperidade, e Missão Integral), e os evangelhos falsificados. Enfim, a igreja evangélica do Brasil está passando por uma crise generalizada.

Não sei se o meu ponto de vista vai estar 100% certo, mas eu creio que o maior desafio autal para a nossa igreja evangélica é a volta à sã doutrina. É preciso retornar aos tempos do evangelho primitivo. Enfim, é preciso preservar a pureza dos ensinamentos cristãos para enfrentarmos as adversidades deste mundo de pecado.

Infelizmente, muitos que se intitulam pastores estão preocupados somente com o próprio status pessoal ao invés de se responsabilizarem pelas almas que estão sob seus cuidados. Em outras palavras: está faltando um compromisso sério com a obediência total e irrestrita à Palavra de Deus.

Torno a repetir o que eu já postei em vários comentários aqui: quando Jesus voltar, a Sua igreja terá que se apresentar a Ele com as vestes limpas (isto é, sem a mancha do pecado). É como disse o apóstolo Paulo:

"Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela Palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível" (Efésios 5:26–27)

Eu pergunto: o que nós, cristãos, temos realmente feito para preservar a pureza das igrejas (para que elas estejam sendo guiadas somente pelo autêntico evangelho)? Ou melhor, de que forma temos agido contra as heresias que têm contaminado a igreja?

O apóstolo Paulo já havia prudentemente alertado sobre os perigos que a igreja iria enfrentar nestes últimos tempos:

"Pois eu bem sei que, após a minha partida, surgirão no meio de vós lobos vorazes, os quais não pouparão ao rebanho; E que entre vós mesmos aparecerão homens que falarão coisas perversas, para atraírem os discípulos após si" (Atos 20:29–30)

"Mas tenho receio de que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de algum modo corrompidos os vossos costumes, e se apartem da simplicidade que há em Cristo" (2 Coríntios 11:3)

"Cuidado para que ninguém vos faça presa sua, através de filosofias e vãs sutilezas de acordo com a tradição dos homens e conforme os preceitos do mundo, e não segundo Cristo" (Colossenses 2:8)

"Mas o Espírito expressamente adverte que em tempos posteriores muitos apostatarão da fé, e darão ouvidos aos espíritos enganadores e às doutrinas de demônios" (1 Timóteo 4:1)

Eu pergunto: não é exatamente isto o que está acontecendo com a igreja evangélica no Brasil de modo geral?

Deixo esta pergunta no ar para alguém daqui responder na primeira oportunidade.

Anônimo disse...

Não julgueis... Pelos frutos os conhecereis... Maldito o homem que confia no homem...
Fragmentos de versículos. São conflitantes estes trechos vindo do Autor delas? Claro que não.
Vira e mexe um ou mais escândalo vem abalar a santa paz da província evangélica.
O Presbítero Valdomiro comentou acima: "Ultimamente, a igreja evangélica vem enfrentando escândalos, casos de pastores corruptos (e muitas outras coisas erradas), além das teologias corrompidas (Libertação, Prosperidade, e Missão Integral), e os evangelhos falsificados. Enfim, a igreja evangélica do Brasil está passando por uma crise generalizada.". Um abismo puxa outro, arescento.
Hj, uma enxurrada de "artistas" gospel tem estado "na crista da onda" promovendo "shows", gravando cds, liderando "banda". Noutros tempos pareceria linguagem esotérica para o meio cristão. E, longe vai o tempo em que servos do Senhor, desejando apenas honrar a Deus, se punham a pedir inspiração ao Espírito Santo para compor obras que exaltasse, apenas, o nome do Senhor, não a si mesmo. Infelizmente, no afã de fazer sucesso, pessoas desse meio assinam contratos, provavelmente sem ler nas entrelinhas (deixo margem a duvida aqui), e, ao fim e ao cabo, quem é exaltado?
Num cd da star Ana Paula, o "Tu reinas", a principio, sendo destinado ao publico cristão, não se deixa a mínima brecha para duvidar que quem reina é o Senhor Jesus. Certo? Tomara. Deem uma olhada no lay out da capa desse cd "Tu reinas". Destaque para a "Coroa de Salomão", personagem bíblico, de triste memória para o Altíssimo, pois, mergulhou no mundo ocultista, sendo que em 1Reis, vers. 11, o Senhor cobra-lhe severamente a rebeldia. E, o mesmo personagem se tornou um dos gurus da maçonaria por isso, por ser "construtor". Continuando, na capa ha uma profusão de símbolos muito queridos pelas sociedades secretas, que são as pirâmides e "olho de horus". Afinal, com tal homenagem ao ocultismo, quem é o que reina em tal obra?
Segue o link no youtube em que aparece a maldição: http://www.youtube.com/watch?v=vJg3H1LUvx8 (DEUS DO RECOMEÇO - canção inédita do novo CD TU REINAS - )

Antonio.

Anônimo disse...

Julio posso acreditar que essa seja mais uma estratégia do Pr. Lucinho?Pois Missão Integral pode ter outra conotação, nos dois sentidos. 1: tipo a social como atividades com o objetivo de transmitir diversas informações sobre missões, bem como despertar os jovens a se engajarem em obras missionárias e atendimentos da igreja na área jurídica e saúde, diversas brincadeiras voltadas para as criança com cidadania, amor e orientações contra as drogas, entre outras ações, como está no site.2-Realmente você estar certo ai meu caro é o "começo da picada mesmo"!

Paulo César Cândido

ELISEU disse...

Respondendo ao Antônio e ao Paulo César Cândido,

Eu começo este meu comentário fazendo 7 perguntas muito simples, mas também muito diretas (escolhi este número, porque é o número da perfeição de Deus):

1 – Qual a verdadeira igreja de Jesus: é a que exige santificação dos seus membros, que obedece somente à Palavra de Deus, que combate com firmeza o pecado, que não tolera as coisas mundanas dentro dela, e que não compactua com heresias, nem falsos profetas (e nem outras teologias e outros evangelhos)? Ou é a que aceita todo tipo de gente, que adota o "politicamente correto" (mas biblicamente imoral) para agradar aos homens e ao mundo, que tolera os "modernismos" (leia-se sujeira) do mundo, e que deturpa a Palavra de Deus para a conveniência de alguns?

2 – Qual a verdadeira igreja de Jesus: é a que zela pela obediência total e irrestrita à Palavra de Deus, que mostra o homem como alguém perdido que precisa urgentemente de um Salvador? Ou é a que prega um evangelho mais "humanista", onde o homem convive naturalmente com o pecado (e não sente nenhuma necessidade de arrependimento)?

3 – Qual a verdadeira igreja de Jesus: é a vê o mundo em oposição a Deus? Ou é a que se alia ao mundo (e à sua sujeira) e fica contra Deus?

4 – Qual a verdadeira igreja de Jesus: é a que está disposta a ser perseguida (ou sofrer) por amor a Jesus e à verdade da Sua Palavra (João 15:10)? Ou é a que faz a "política da boa vizinhança" para agradar a tudo e a todos (inclusive o diabo e seus escravos)?

5 – Qual a verdadeira igreja de Jesus: é a que prefere ser reprovada pelos homens (mas aprovada por Deus)? Ou é a que agrada aos homens (e desagrada a Deus)?

6 – Qual a verdadeira igreja de Jesus: é a que fala as verdades dolorosas que muitos estão precisando ouvir (e adverte a todos sobre a justiça de Deus)? Ou é a que diz que Deus é somente amor (e só prega o que for agradável para quem estiver ouvindo)?

7 – Enfim, qual a verdadeira igreja de Jesus: é a que prega que Jesus é o Senhor de todas as pessoas e de todas as igrejas (e que todos, um dia, estarão diante Dele para serem julgados)? Ou é a que faz com que os pastores sejam idolatrados e passem a ser o centro das atenções (e negligenciam a mensagem de arrependimento e santificação para a salvação dos que congregam nela)?

Com base nesses questionamentos, o possível diagnóstico que se pode fazer é o seguinte:

– A igreja cristã, atualmente, parece estar impotente e anestesiada diante do domínio praticamente total e absoluto do pecado em todo o mundo. Mas o pior disso tudo é que, ao invés da igreja mudar o mundo, é o mundo quem está mudando a igreja. Em outras palavras: muitas igrejas (inclusive as que se dizem cristãs) estão tolerando a sujeira do mundo no seu interior (ao invés de permanecerem firmes no combate ao pecado).

– Está sendo muito difícil, ultimamente, achar, dentro de algumas igrejas, cristãos autênticos (que tenham compromisso somente com a obediência à Palavra de Deus). Os mártires da fé cristã não hesitaram quando foram obrigados a escolher entre o pecado e a morte. O lema deles era: "Antes morrer do que pecar". Eles permaneceram firmes nas suas convicções, e acreditavam que esta corajosa decisão que tomavam agora certamente será lembrada no tribunal divino. Este é o doloroso preço que o verdadeiro cristão tem que pagar pela sua luta contra o pecado.

Diante de tudo que foi dito aqui, eu pergunto a todos:

– Quem, nos dias de hoje, estaria disposto a ser uma voz profética firme e forte (como Elias ou João Batista) para denunciar e combater todo e qualquer pecado?

– E, principalmente, quantos hoje fariam como os fiéis da igreja de Esmirna (que, por amor a Jesus e à verdade da Sua Palavra, aceitaram a morte sem nenhum medo)?

Deixo estas perguntas no ar para alguém daqui responder na primeira oportunidade.

Apologista disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Ao Eliseu, suas perguntas são auto-respondidas.
Qto a uma pessoa se apresentar simulando "cheirar" a Bíblia, vejo como lamentável, rebaixar algo tão sublime, que é usar a Palavra, em um gesto dos mais obscenos a que o ser humano pode praticar, que é absorver as fezes de satanás pelo órgão destinado a ser canal para o fôlego da vida, que são as narinas.
PS.: Desculpem-me o lapso, pois no comentário anterior neste artigo eu me esqueci de informar o capitulo em que o Senhor repreende o futuro guru dos "construtores" da rebeldia final contra o Altíssimo: 1Reis, capitulo ONZE, versículo ONZE (na simbologia bíblica o numero ONZE significa REBELIAO CONTRA DEUS. Não é por acaso que o capitulo e o versículo citados tenham este numero).

Antonio.

Apologista disse...


Importante, nós reconhecer de que a teologia da libertação não surgiu na década de 60 e 70 do séc XX, ela tem origem na teologia liberal que iniciou no inicio do séc XVIII por Friedrich Schleiermacher, considerado o pai da teologia moderna, que rejeitou as doutrinas da queda e do pecado original, bem como do nascimento virginal, ressurreição, ascensão e segunda vinda de Cristo., no evangelho social do marxista iniciado no inicio do séc. XX pela teologia liberal, é importante, entender de que esta teologia foi desenvolvida por intelectuais bastante instruído na teologia como na filosofia de atua hegemonia esquerda. São intelectuais que vem repassando suas ideologias a 200 anos desde a revolução francesa onde os iluminatis começaram sua dominação pelo mundo. São intelectuais que vem repassando de geração em geração, junto com esquerda, são pessoas que conhecem bem a hegemonia mundial e trabalha para o ecumenismo religioso. O teologia da prosperidade é uma teologia frágil porque não tem base na hermenêutica bíblica e também esta fora dos contextos marxistas. Só que estamos com uma avanço cada vez mais forte esquerda no mundo e a teologia liberal como esta ao lado da esquerda também esta fortalecida, que tem a finalidade de trazer o ecumenismo religioso. A teologia da prosperidade esta fora dos principios da hegemonia esquerda, que cada vez mais terá menor espaço diante da sociedade socialista. O problema maior é que a teologia da prosperidade tomou forte aceitação em boa parte do movimento pentecostal e neo pentecostal, e que pela falta de instrução venha se render aos movimentos intelectuais do liberalismo teológico que seria um caos para ortodoxia da Palavra de Deus, mas acredito de que a igreja de Cristo tem um dono e este Dono esta vivo, que é o próprio Senhor Jesus, alguns podem até aderir apostasia, mas creio que tem um povo que não se dobrará a apostasia. 
Venho estudando a 20 anos teologia em conjunto com filosófia para entender o mundo em que vivemos e como se posicionar diante tanta apostasia. e vejo que o maior problema é a falta de conhecimento que faz com fortaleça a dominação do pecado As denominações pentecostais precisam se reunir e fazer um conselho assim como existe o CMI com objetivo ecumênico, e assim possa a ser instruida a como andar diante da apostasia do mundo moderno, para que congressos teológicos sejam realizado de forma rápida, para que o movimento do coração e de santidade não venha sofrer as consequências do pecado: A igreja e o sistema do mundo moderno. O que fazer: a natureza humana mudou ou continua a mesma carente da Graça Divina.
Abraços
http://apologistadapalavra.blogspot.com.br/

Everaldo disse...

Respondendo ao Apologista,

Amado irmão,

Eu creio que a verdadeira e única teologia que deve ser seguida por toda e qualquer igreja verdadeiramente cristã é somente a Palavra de Deus. Somente ela tem todas as respostas que nós precisamos para orientar as nossas vidas.

Assim como todo e qualquer aparelho sempre vem acompanhado de um manual de instruções (para ensinar a todos como o mesmo aparelho deve ser usado de forma correta), a Bíblia é o manual da vida humana, ou melhor, ela ensina ao homem como proceder corretamente para ser salvo. Está escrito:

"Toda a Escritura é inspirada por Deus, e é proveitosa para ensinar, repreender, corrigir as coisas, disciplinar na justiça, a fim de que o homem de Deus seja plenamente preparado para toda boa obra" (2 Timóteo 3:16–17)

"Bem–aventurado é o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, e não se assenta na roda dos escarnecedores. Antes o seu prazer está na lei do Senhor; e nela medita dia e noite" (Salmo 1:1–2)

"Pelos Teus mandamentos alcancei entendimento; pelo que aborreço todo falso caminho. Lâmpada para os meus pés é a Tua Palavra, e luz para o meu caminho" (Salmo 119:104–105)

"Bem–aventurado aquele que teme ao Senhor, e anda nos Seus caminhos" (Salmo 128:1)

"O evangelho de Cristo, é, portanto, o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê" (Romanos 1:16)

cristao peregrino disse...

Ta tudo vendido, tudo dominado.

Olha os palestrantes:
Edmeia Willians, amiga do ARI,
Antônio Costa, rio de paz...
Guilherme de Carvalho, esse rapaz tem umas boas ideias, uma cosmovisão boa, mas se rende a missão integral, não consegue juntar as pecas finas do quebra cabeças e fica num mosaico disforme... ele deveria voltar a ler Francis Schaeffer...
A missão integral hoje e lida, como tudo o mais, pela ótica marxista e se misturou tanto com a teologia da libertação que não ha como separar mais.
E agora, para meu estranhamento e ao mesmo tempo regozijo, li na ultimato esse texto do próprio Guilherme:
"Assim como o liberalismo teológico antigo, setores da neo-ortodoxia e teologias hermenêuticas contemporâneas como a de Paul Tillich, agora os próprios líderes evangélicos praticam abertamente o “misticismo semântico”, empregando os termos teológicos clássicos mas atribuindo significados corrompidos pelo humanismo secular ou completamente novos. Isso acontece claramente com muitos teólogos evangélicos que se formaram em ciências da religião nos últimos anos (sem preconceitos, já que essa é a minha formação também). E mesmo onde se alega a adesão ao cristianismo histórico, a teologia cristã é reduzida e vinculada tão somente a um conjunto minúsculo de significados, associado a experiências emocionais na adoração gospel, ou à responsabilidade social da igreja no âmbito de uma interpretação esquerdista da missão integral. Para muitos olhares atentos já temos sinais suficientes de que o movimento evangélico perdeu a única coisa que daria sentido e razão de ser a si mesmo: o próprio evangelho. O movimento vem sendo “esticado” entre o pluralismo teológico, a teologia da prosperidade, o êxodo dos sem-igreja (segundo o IBGE) e, agora, o crescente interesse por um retorno ao catolicismo romano.
Uma das maiores necessidades da igreja evangélica hoje é a sua própria reevangelização, mas para isso o próprio cristianismo precisa ser redescoberto em seu caráter de “verdade total”. É preciso não apenas recuperar a riqueza de significado da teologia protestante no contexto da piedade evangélica, mas também estabelecer uma clara conexão entre essa verdade e a realidade das coisas, desvelando seu sentido prático e existencial. Para tanto precisamos duvidar, tanto da crendice à direita (na “cultura Gospel” brasileira) como do cinismo à esquerda (do pensamento evangélico semi-liberal). Os líderes cristãos que desistem de ser evangélicos desistindo da “verdade doutrinária” e rindo da “ortodoxia” não são soluções, mas partes do problema."
ref: http://ultimato.com.br/sites/guilhermedecarvalho/2012/02/08/francis-schaeffer-para-o-seculo-21/

Agora, não me espanta a lagoinha ir nessa direção, não me espanta em nada... La temos a babel teológica.

Cristao Peregrino, um protestante inconformado.

Julio Severo disse...


Oi, Cristão Peregrino. Gostei de vários pontos de sua análise. Mas note que só chegamos a essa situação porque desde a década de 1950, as igrejas históricas, especialmente a Igreja Presbiteriana, já estavam absorvendo e promovendo o Evangelho Social, importado dos EUA. Esse Evangelho Social americano, predominante há mais de 100 anos nas igrejas históricas dos EUA (especialmente a presbiteriana), deu origem à Teologia da Libertação, que acabou se transformando, em sua versão estritamente evangélica, em “Teologia da Missão Integral.” Para mais informações, basta baixar meu livro gratuito: CLIQUE AQUI!

Você disse: “Agora, não me espanta a lagoinha ir nessa direção, não me espanta em nada...” Quem é que não vai nessa direção, considerando as fortes tendências esquerdistas dos formadores da opinião evangélica? A maior e mais antiga revista esquerdista evangélica é a ULTIMATO que você citou no link. É de origem presbiteriana. Mas nunca foi rejeitadas pelas igrejas presbiterianas do Brasil porque consegue vender um marxismo muito bem embrulhado num lindo pacote de presente evangélico, sem ferir as doutrinas essenciais dos calvinistas.

Os calvinistas só uivam e brigam quando uma revista fere suas doutrinas calvinistas. Se nada é ferido doutrinariamente, pode-se promover tudo, até o marxismo, como a ULTIMATO tem feito muito bem durante décadas DENTRO dos presbitérios e milhares de igrejas presbiterianas.

Se até os reverendos, com grande e profunda formação teológica, caem há décadas no conto do vigário marxista da ULTIMATO, o que dizer de pastores neopentecostais, como os da Lagoinha, que não têm essa formação?

Veja outra coisa: o mesmo tabloide esquerdista Genizah (de origem calvinista) que está se regozijando com o Congresso de Missão Integral da Lagoinha é um grande promotor da revista ULTIMATO. Coincidência?

Anônimo disse...

ultimato eh lobo feroz vestido de ovelhinha. Fazer o queh, neh? O ser humano em geral e o brasileiro em particular A D O R A M ser enganados.

Antonio.

Jadenilson disse...

Muito antes da existência do site Geniza, a revista o ultimato já atacava os neo-pentecas. Se de fato eles abraçarem o evangelho da missão integral, daqui a pouco teremos um colunista neo-penteca na ultimato. Enfim, todos estes ataques vindo de presbiterianos parece visar a conversão de neo-pentecas em esquerdopatas.

Apologista disse...

A teologia da Missão Integral, não absorve a teologia da prosperidade e sim a teologia da libertação e como já disse a teologia da libertação é comunista é o oposto da teologia da prosperidade. Para mim mostra que é o fim da teologia da prosperidade.
O pentecostalismo de uma forma geral se não estudar as teologias dominantes do mundo moderno. Serão facilmente engolidas pela apostasia dominante.
Todas igrejas históricas fazem parte do ecumenismo da CMI, como também do evangelho social marxista. Agora dentro das igrejas históricas houve uma divisão em que umas não aderiram o movimento marxista e se tornaram os fundamentalista em oposição aos liberais. O qual também é formado por intelectuais. Isto vem desde o séc XIX

Anderson Jr. disse...

Putz, santa ignorancia! Missão integral nada tem haver com comunismo. É apenas ajudar os pobres, doentes e necessitados. Sou membro de uma igreja Presbiteriana que ensinacorretamente Missão Integral e nenhum de nós endossa a Coreia do Norte ou Cuba. Porém, somos a favor dos pobres e de kges ajudar. Se elegemos um candidato como Dilma não é por ser ela de linha levemente socialista, mas porque ela ajuda os pobres. Missão integral é sempre ajudar os pobres, votando em candidatos seja de direita ou esquerda. O importante é TOTAL COMPROMISSO com os fracos e necessitados. Não é este o espirito do Evangelho?

Anônimo disse...

DOSE isso qe vc tá fazendo irmão... AMO Ana Paulo Valadão! AMO suas músicas! Agora que Deus está acalmando as águas dos críticos dela, vc se levanta no lugar deles? QUem é vc? Dono da igreja? Se a igreja de Ana está pecando, só Deus pode corrigi-los. Vc e ninguém mais pode apontar o dedo para julgar. Seja humilde, irmão. O Juuiz está às portas. Ass, ADRIANA.

Claudio Vaz disse...


Anderson Jr,

A Dilma, uma terrorista e assassina, não ajuda os pobres.

Caso você esteja se referindo aos programas "sociais" eles são pagos com o dinheiro do contribuinte. Não com o dinheiro da Dilma ou dinheiro do PT mas, sim, com DINHEIRO PÚBLICO. Então, amigo, a Dilma, não ajuda ninguém.

Outra.
O interesse real desses programas "sociais" não é transformar a vida "dos pobres".
E, sim, formar uma massa de votos inclusive para ser utilizada em futuros e sequenciados plebiscitos, aprovando, inclusive - não duvide - O ABORTO.

E aí?
Para "ajudar" os pobres, aprova-se até o aborto?
O "casamento" de duplas gays?
A liberação do uso de drogas?
A proibição da autodefesa do cidadão honesto (desarmamento)?

Anônimo disse...

Claudio Vaz, os fins justificam os meios? Curuiz, segundo esse Anderson aih justificam. Penso que ele foi capturado por sofismas. Vale se juntar com satanas na tentativa de derrotar satanas? Samba do crioulo doidao, doidao.

Antonio.

Ana Maria disse...

Afff, tem gente que acha que Deus é de Direita ou de Esquerda. Quanta bobagem! Sou reformada e concordo com Anderson. E digo mais: de que adianta salvar os bebês do aborto se depois os entregamos a um governo de Direita que os mata de fome? Muitos aqui ignoram a preciosidade da missão integral, que salva vidas. Recomendo que vocês assistam sem preconceitos e ódios os vídeos do Rev. Ariovaldo Ramos.

Nil disse...

Caro ! Anderson Jr. Você disse : """Putz, santa ignorância! Missão integral nada tem haver com comunismo. É apenas ajudar os pobres, doentes e necessitados. Porém, somos a favor dos pobres e de kges ajudar. Se elegemos um candidato como Dilma não é por ser ela de linha levemente socialista, mas porque ela ajuda os pobres. """

Muito bonitas as suas palavras,os ideais são lindos. Claudio Vaz não falou tão bonito,mas,falou uma grande verdade. Disse ele: """Caso você esteja se referindo aos programas "sociais" eles são pagos com o dinheiro do contribuinte. Não com o dinheiro da Dilma ou dinheiro do PT mas, sim, com DINHEIRO PÚBLICO. Então, amigo, a Dilma, não ajuda ninguém."""
Vou falar de uma coisa somente, de DINHEIRO PUBLICO. Como todos sabem o Governo não gera o DINHEIRO que gasta. Só pode consegui-lo através de impostos. (DINHEIRO retirado dos cidadãos).
AÌ ! È QUE MORA O PERIGO !!!!

E se os cidadãos não forem capazes de arcar com o DINHEIRO que Governo necessita para cobrir seus gastos ? Deu no THE ECONOMIST A economia brasileira está em crise e o principal fator desta crise é _______ Os elevadíssimos gastos do Governo. Que não tem mais dinheiro para cobrir a Gastança. http://veja.abril.com.br/noticia/economia/the-economist-destaca-fraqueza-da-economia-brasileira

Conheço um projeto social da igreja presbiteriana aqui na cidade de Piumhi, MG. (por sinal bem grande) que é bancado por verbas publicas. Anderson JR. Caro amigo e irmão. Ao inves desta euforia dos presbiterianos por estar ajudando os pobres. Eles deveriam é começar é esquentar a cabeça com o que fariam para manter os seus projetos sociais quando o DINHEIRO das generosas verbas publicas começar a minguar.

Apologista disse...

Assista o vídeo e veja a origem do comunismo marxista por Richard Shaull http://vimeo.com/31400575
assista também a ideologia da libertação que não acredita nem céu nem inferno http://www.youtube.com/watch?v=njJW1xAMW3Y
http://youtu.be/njJW1xAMW3Y
Lia também sobre a Conferência do Nordeste neste link onde as igreja ligados movimentos comunista marxista http://www.ultimato.com.br/revista/artigos/310/a-conferencia-do-nordeste-e-o- movimento-igreja-e-sociedade

Anônimo disse...

"De que adianta salvar os bebês do aborto se depois os entregarmos a um governo de Direita que os mata de fome?" Vixi, estou vendo que esta aí ficou bastante contaminada pela revolução gramsciniana.
Em primeiro lugar: a Direita normalmente apoia o liberalismo econômico (capitalismo), e este sistema econômico foi o que mais tirou as pessoas da miséria e da fome. A Direita e seus princípios não mata ninguém de fome. Foi justamente em países socialistas que aconteceram as maiores crises de fome da história. A senhora já ouviu falar em Pol pot? Já ouviu falar em Holodomor? Já ouviu falar nos desastres do "grande salto para frente" de Mao Tse-Tung? Aliás, em países capitalistas, o principal problema com a alimentação é a obesidade, ou seja, o oposto da fome.
Em segundo lugar: os partidos que mais pregam a legalização do aborto são os partidos de esquerda, os mesmos que se auto declaram os "defensores dos pobres e da 'justiça social'". É só a senhora pegar a cartilha do PT, PCdoB, PSOL, etc. e verá que o aborto está em pauta. Aliás, o socialismo é tão ruim que os esquerdistas sabem que este tipo de sistema gera racionamento, e para o socialismo funcionar é preciso "adequar o número de pessoas" (diga-se de passagem, o uso do aborto, da eutanásia, e do extermínio em massa) para o consumo ser compatível com sua escassa produção.
Concluindo, o livre mercado (ou o temido capitalismo) faz mais caridade do que estes supostos "defensores dos pobres". E estes "defensores" não passam de massa de manobra para favorecer oportunistas tiranos.

joselito bortolotto disse...

As pessoas as vezes querem fazer coisas para serem "diferentes" ...

Julio Severo disse...

Nesse caso, Joselito, a Lagoinha não está fazendo isso para ser diferente, mas para ser IGUAL às igrejas históricas, como a presbiteriana e metodista, que adotam a Telogia da Missão Integral. É o desejo de ser igual. Eles não querem ser diferentes.

Claudio Vaz disse...


Caro amigo Anderson Jr,

Veja (e reflita) como essa gente "de linha levemente socialista" age no governo.

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-livro-bomba-tuma-jr-revela-os-detalhes-do-estado-policial-petista-partido-usa-o-governo-para-divulgar-dossies-apocrifos-e-perseguir-adversarios-caso-dos-trenes-em-sp-estava-na-lista-el/

ÉLQUISSON disse...

Respondendo ao Apologista e ao Cláudio Vaz,

Não sei se vocês vão concordar comigo, mas eu penso o seguinte: considerando o teor deste artigo e os comentários que vocês colocaram aqui (e também as atitudes de muitos dirigentes de igrejas, bem como de muitos que se dizem cristãos), está sendo muito difícil encontrar uma igreja 100% santa nos dias de hoje (eu diria que isso é uma verdadeira "Missão Impossível").

Ao lermos o livro de Apocalipse, vemos que Jesus, nos capítulos 2 e 3, manda o apóstolo João escrever 7 cartas para 7 igrejas diferentes (Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia, e Laodicéia). Ao serem avaliadas por Jesus, elas podem ser classificadas da seguinte forma:

– 1 igreja quase perfeita (muitos elogios e somente 1 única crítica): Éfeso;

– 2 igrejas 100% perfeitas (somente elogios e nenhuma crítica): Esmirna e Filadélfia;

– 3 igrejas imperfeitas (50% de elogios e 50% de críticas): Pérgamo, Tiatira e Sardes;

– 1 igreja totalmente imperfeita (somente críticas e nenhum elogio): Laodicéia.

Considerando que quase todas as igrejas hoje estão mais cheias de erros do que de virtudes, vejamos o que Jesus mostra de errado em 5 das 7 igrejas de Apocalipse (e como estes mesmos erros estão em evidência nas igrejas de hoje):

– Éfeso: "Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor" (Apocalipse 2:4)

– Pérgamo: "Tenho algumas coisas contra ti: tens aí os que seguem a doutrina de Balaão, o qual ensinava Balaque a lançar tropeços diante dos filhos de Israel, para que comessem dos sacrifícios da idolatria e se prostituíssem. Assim, tens também aqueles que seguem a doutrina dos nicolaítas, o que Eu odeio" (Apocalipse 2:14–15)

– Tiatira: "Tenho contra ti que toleras que Jezabel, mulher que se diz profetisa, ensine e engane os Meus servos, para que se prostituam e comam dos sacrifícios da idolatria. E Eu dei a ela bastante tempo para que se arrependesse da sua prostituição; ela, porém, não se arrependeu" (Apocalipse 2:20–21)

– Sardes: "Tens nome de que vives e estás morto... não tenho achado as tuas obras perfeitas diante de Deus" (Apocalipse 3:1;2)

– Laodicéia: "Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, estou para te vomitar da Minha boca. Porque dizes: Sou rico e não tenho falta de nada; mas não sabes que és um desgraçado, miserável, pobre, cego, e nu" (Apocalipse 3:16–17)

Agora, façamos a comparação entre estas igrejas de Apocalipse e as igrejas de hoje:

– Éfeso (e hoje): Quantas igrejas hoje já não têm mais o primeiro amor (como nos tempos de novo convertido)?

– Pérgamo (e hoje): Quantas igrejas hoje estão permitindo a infiltração de heresias e ideologias diabólicas (e deturpando a Palavra de Deus)?

– Tiatira (e hoje): Quantas igrejas hoje dão ouvidos aos falsos profetas, às doutrinas de demônios, e toleram os "modernismos mundanos" no seu interior?

– Sardes (e hoje): Quantas igrejas novas surgem a cada dia em cada esquina, sem a unção do Espírito Santo (e com pastores sem uma vida consagrada no altar)?

– Laodicéia (e hoje): Quantas igrejas pregam as bênçãos material e financeira (e esquecem de anunciar que o Reino de Deus deve ser a prioridade das nossas vidas)?

A resposta comum para todas estas perguntas acima é uma só: quase todas as igrejas (inclusive muitas que se dizem cristãs)

Será que esta minha análise comparativa das igrejas está certa?

Se alguém daqui quiser se manifestar, esteja à vontade

Eliel disse...

Respondendo ao Apologista, ao Cristão Peregrino, e ao Cláudio Vaz,

Eu diria que, pelo fato de muitas das atuais igrejas não estarem seguindo somente os ensinamentos da Palavra de Deus, a maioria delas está se deixando influenciar por qualquer doutrina (como o apóstolo Paulo adverte em Efésios 4:14). Em outras palavras: está faltando um compromisso sério de muitas igrejas que se dizem cristãs com a obediência total e irrestrita à Palavra de Deus. Está havendo falta de firmeza no combate ao pecado (e também falta de vigilância contra as investidas do diabo e de seus escravos).

Quando Jesus voltar, a Sua igreja terá que se apresentar a Ele com as vestes limpas (isto é, sem a mancha do pecado). É como bem disse o apóstolo Paulo:

"Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela Palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível" (Efésios 5:26–27)

Da mesma forma que o presbítero Valdomiro perguntou, eu também pergunto: o que nós, cristãos, temos realmente feito para preservar a pureza das igrejas (para que elas estejam sendo guiadas somente pelo autêntico evangelho de Jesus)? Ou melhor, de que forma temos agido contra as heresias, os falsos evangelhos, as falsas teologias e os falsos profetas que têm contaminado as igrejas?

O apóstolo Paulo dá o diagnóstico preciso deste momento crítico das igrejas:

"Ninguém, de forma nenhuma, vos engane; pois não será assim sem antes vir a apostasia e sem que se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de modo que se assentará como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus" (2 Tessalonicenses 2:3–4)

"Mas o Espírito expressamente adverte que em tempos posteriores muitos apostatarão da fé, e darão ouvidos aos espíritos enganadores e às doutrinas de demônios" (1 Timóteo 4:1)

Não é exatamente isto o que está acontecendo com as igrejas evangélicas no Brasil de modo geral?

Deixo esta pergunta no ar para alguém daqui responder na primeira oportunidade.

Patrícia disse...

Adalberto.

Gostaria de resumir o meu pensamento em uma questão: ( Pergunta e resposta Bíblica )Qual a verdadeira religião? Resposta: Visitar aos órfãos e viúvas em suas necessidades e apartar-se da corrupção do mundo. As igrejas hoje, estão muito preocupadas em pregar o evangelho, para a salvação da alma, e após despedem os fiéis para as suas casas de pau-a-pique, onde se alimentam de pão e água e rotineiramente seus pastores despedem os fiéis após os cultos de domingo a noite desejando-lhes uma boa semana, sem saber se terão o que comer e o que vestir. Pergunto: Este é o evangelho, as boas novas, que Jesus Cristo ensinou. Em todos seus ensinamentos nos evangelhos Cristo se preocupou, primeiramente, com o bem estar físico das pessoas e depois da necessidade da alma. Precisamos entender que a novidade do evangelho esta no bem estar físico e espiritual do ser humano.

Julio Severo disse...

Sugiro, Patrícia, a leitura de três artigos:

Teocracia socialista: a tirania em nome da compaixão

A Grande Mentira: O Socialismo Começou na Bíblia

Jesus e os pobres: nenhuma semelhança com o socialismo