24 de novembro de 2013

Cessacionismo é rebelião contra Deus


Cessacionismo é rebelião contra Deus

“Não extingais o Espírito. Não trateis as profecias com desdém. Examinai tudo. Retende o bem.” (1 Tessalonicenses 5:19-21)

Rev. Vincent Cheung
Nota de Julio Severo: Há um problema sério na Igreja Brasileira. A maioria das igrejas brasileiras aceita os dons sobrenaturais do Espírito Santo. E uma minoria absoluta os rejeita. Dessa minoria vem grande parte da chamada blogosfera protestante apologética, calvinistas geralmente esquerdistas que atacam pentecostais e neopentecostais vendo heresia em tudo e em todos. A motivação dessa minoria radical e birrenta é muitas vezes o cessacionismo — a falsa doutrina que ensina que os dons sobrenaturais do Espírito Santo cessaram dois mil anos atrás. Esses apologetas cessacionistas, autodenominados “caçadores de heresias,” são incapazes de parar de promover o esquerdismo, muito menos denunciar sua infiltração na capa de “Teologia da Missão Integral.” Contudo, miram constantemente pessoas e ministérios que ensinam e têm dons sobrenaturais, porém sempre atacando pelas laterais, sem revelar sua pérfida motivação oculta: o cessacionismo. O artigo de hoje é do Rev. Vincent Cheung, teólogo calvinista contrário ao cessacionismo. Qual é minha intenção ao divulgar tal artigo? Mostrar claramente que o cessacionismo não é consenso entre os calvinistas. Portanto, toda vez que aparecer um blog “apologético” autodenominado calvinista defendendo o esquerdismo e atacando pessoas e ministérios que creem nos dons sobrenaturais do Espírito Santo, questione suas motivações e mostre que o cessacionismo é uma falsa doutrina que não tem aceitação moral e teológica nem mesmo entre calvinistas. Leia agora o artigo do Rev. Cheung:
Cessacionismo é rebelião
Os versículos de 19 a 22 tratam da orientação do apóstolo sobre as profecias. Paulo escreve: “Não trate as profecias com desdém,” mas orienta os cristãos a “examinar tudo.”
O cessacionismo é a doutrina falsa que ensina que as manifestações dos dons miraculosos, conforme estão enumerados em 1 Coríntios 12, cessaram desde os dias dos apóstolos e a finalização da Bíblia. Embora não exista nenhuma evidência bíblica para essa posição, um dos motivos principais para essa invenção é “proteger” a suficiência das Escrituras e a finalização (término) das Escrituras. Contudo, já foi demonstrado que a continuação das manifestações miraculosas de fato não contradiz essas duas doutrinas nem as coloca em risco. Portanto, o cessacionismo é antibíblico e desnecessário.
Mais do que isso: o cessacionismo é também maligno e perigoso, pois se o cessacionismo é falso, então os que defendem essa doutrina estão pregando rebelião contra o Senhor.
A Bíblia ordena aos cristãos: “Siga o caminho do amor e deseje intensamente os dons espirituais, principalmente o dom de profecia” (1 Coríntios 14:1). Se o cessacionismo é correto, mas não sabemos, então podemos ainda tranquilamente obedecer a essa instrução, embora não receberemos o que desejamos. Isto é, se a profecia cessou, mas pensamos que ela continua, então eu posso ainda desejar o dom de profecia de acordo com esse mandamento, mas não receberei o dom de profecia. Nenhum mal é feito.
Por outro lado, já que os cessacionistas ensinam que o dom de profecia cessou, então embora a Bíblia nos ensine a “desejar dons espirituais,” eles não desejarão dons espirituais, pois os dons espirituais não estão mais em operação, e quaisquer dons que as pessoas achem ter são necessariamente falsos. Isso também se aplica à profecia em particular. Portanto, embora Paulo ensine “Não trate as profecias com desdém,” os cessacionistas são obrigados a tratar todas as profecias com desdém, pelo fato de que eles acreditam que o dom de profecia cessou. Por isso, para eles todas as profecias de hoje são falsas. A postura deles sobre profecia é “rejeitar tudo” em vez de “examinar tudo.” Mas igualmente, se o cessacionismo é falso, então os cessacionistas estão pregando rebelião contra os mandamentos da Bíblia de desejar e examinar as manifestações espirituais.
Pelo fato de que os mandamentos “deseje dons espirituais,” “não trate as profecias com desdém” e “examine tudo” são revelados por uma autoridade divina e infalível, os cessacionistas são obrigados a apresentar um argumento infalível para tornar esses mandamentos inaplicáveis para os dias de hoje. Se não conseguirem apresentar tal argumento, mas ainda defenderem o cessacionismo em face desses mandamentos bíblicos explícitos, então não é óbvio que eles se condenaram diante de Deus, ainda que tenham certeza de que os dons cessaram? Nenhum cristão deveria aventurar-se a seguir os cessacionistas ou acreditar em suas doutrinas. Se alguém prega o cessacionismo, mas não consegue prová-lo — se ele não consegue apresentar um argumento infalível em defesa do cessacionismo (pelo fato de que o mandamento de desejar manifestações espirituais é claro e infalível), então isso significa que ele está conscientemente pregando rebelião contra alguns dos mandamentos diretos de Deus. Caramba então: ele não deveria ser removido da posição de pastor e outros cargos ministeriais? Ele não deveria ser até mesmo excomungado da igreja?
Considerando que os argumentos em defesa do cessacionismo são forçados e débeis, e pelo fato de que essa doutrina apresenta um perigo muito grande, é melhor crer na Bíblia conforme foi escrita, e obedecer a seus mandamentos conforme estão declarados — isto é, “deseje dons espirituais” e “examine tudo.” Essa posição é fiel às declarações diretas das Escrituras, mas requer resistência corajosa a argumentos falaciosos, bullying acadêmico e tradições eclesiásticas.
Inseparável dessa abordagem bíblica é a proteção contra fanáticos carismáticos e milagres falsos. A Bíblia nos instrui a “examinar tudo,” e já que a Bíblia é suficiente, pode expor milagres fraudulentos e profecias falsas. A resposta não é afirmar que os dons cessaram, mas seguir as instruções que a Bíblia já deu sobre esse assunto. Essa posição, que precisamos seguir o que a Bíblia diz, nos oferece a proteção perfeita ainda que o cessacionismo fosse correto. Se o dom de profecia cessou, então qualquer profecia hoje é falsa. Pelo fato de que a Bíblia é revelação suficiente, as informações na Bíblia nos deixarão em condições de “examinar tudo,” de modo que toda profecia alegada hoje ou será examinada e, descobrindo-se que é falsa, será condenada, ou se o conteúdo é tal que é inexaminável, será ignorada.
O cessacionismo nos ensina a abandonar alguns mandamentos divinos sem autorização de Deus, e assim prega rebelião, mas a posição de que temos de “desejar dons espirituais” e “examinar tudo” prega obediência ao Senhor, e é ao mesmo tempo capaz de se proteger contra todas as enganações. Não há nenhum perigo em desejar dons espirituais enquanto também examinamos tudo — se todas as manifestações são falsas, então as exporemos todas como falsas quando as examinarmos, e assim as consideraremos todas como falsas. Alguém que assim procede está a salvo de julgamento.
Traduzido por Julio Severo do artigo Cessationism and Rebellion, de Vincent Cheung.
Leitura recomendada:

25 comentários :

Lucia Alam disse...

Bem, eu era totalmente descrente!! Cria em Deus sim, mas somente como um ser distante que criou tudo. Mas era algo inatingível. Para resumir muito o que vivi, mesmo sendo uma psicóloga cética, que achava que tudo era obra exclusivamente de nossa mente, acabei aceitando fazer um tal de "Encontro de Casais com Cristo". Depois de "perder" 3 dias do meu tempo nesse encontro, no final de tudo, questionei em pensamento se Jesus de fato existia, pois não tinha tido encontro NENHUM!! Depois de perguntar pela terceira vez em pensamento se Jesus de fato existia, uma pessoa invisível, sim invisível, pois senti o deslocamento de ar, o vento e sussurro no meu ouvido direito. Senti a aproximação de uma cabeça por trás de mim e falou com uma voz audível de homem e disse: - Lucia, Eu existo. Nesse momento comecei a me tremer toda e a chorar compulsivamente, pois olhei de imediato para trás para saber quem fez aquilo!! Resumindo mais ainda, depois disso, comecei a desconfiar de tudo que acontecia nas igrejas, desse tal de cair no Espírito. Achava que tudo era invenção algo produzido pela emoção das pessoas. A segunda coisa que me aconteceu foi ir à frente para receber uma oração. Quando recebi a oração eu cai no chão sem controle nenhum, mas relutei racionalmente com aquilo!! Eu não desmaiei ou perdi meus sentidos, até porque eu queria entender tudo que acontecia de fato. Bem, eu não perdi meus sentidos, mas eu não conseguia em hipótese nenhuma me mexer ou me levantar. Eu sentia uma energia em "borbulhas", como se fosse uma eletricidade subindo e descendo pelo meu corpo!! Relutei, consciente, para me levantar. Me levantei com a ajuda do meu marido e fiquei totalmente adormecida e me sentindo toda "pinicando", como se estivesse com todo o meu corpo dormente!!. Depois disso, tive visões, coisa que eu tb desconfiava e achava que as pessoas inventavam que viam. Até que uma das visões mais fortes que tive foi na sala da minha casa. A casa estava um pouco escura, pois apesar do sol, a cortina estava fechada e com as luzes apagadas. Eu estava cantando louvores e dançando. Até que deitei no chão para descansar. Quando fiz isso, abri meus olhos e minha sala tinha simplesmente SUMIDO!!! Eu não vi os limites das paredes e só via tudo branco!! Não era uma luz, não era fumaça, não era nada, somente tudo branco!! Pisquei meus olhos várias vezes pq não acreditava que aquilo estava acontecendo!! Pisquei algumas vezes e vi o teto da minha sala afunilado como se estivesse uns 5 metros acima do normal. Depois pisquei outras vezes e a minha sala voltou ao normal. Tive outras experiências, mas a mais forte foi a que tive em 2008. Estava orando no meu quarto para receber o tal do "Batismo com o Espírito Santo", pois eu já tinha me convertido há 8 anos que eu queria saber se de fato esse batismo existia. Quando acabei de orar, minha boca começou a falar sozinha!! Sem eu ter controle de nada.. comecei a falar um língua estranha! Eu não tinha controle de NADA!! Não tinha sentido as sílabas que eu falava!! Minha consciência começou a pensar independente da minha boca e dizer que os vizinhos iriam pensar que eu estava "louca"!! Infelizmente eu estava sozinha e não tinha filmado nada. Eu queria mostrar para as pessoas aquilo!! Falando em línguas estranhas eu peguei o celular e liguei para o meu marido, que estava na rua com os meus dois filhos. Ele me ouviu falando. Depois de unas 15 minutos falando isso, eu comecei a dar unas risadas sem parar!! Eu não tinha controle do que estava acontecendo!! Eram risadas altas e eram intercaladas por esse idioma estranho!! Eu não conseguia parar de dar risadas... eu comecei a pensar como faria para aquilo tudo parar!! Depois o ritmo foi diminuindo e eu consegui parar da falar aquilo. Fiquei uns 25 minutos falando!! Bem, se eu tinha alguma dúvida de tudo que o Espírito Santo pode fazer nos dias de hoje, não tenho mais nenhuma.

Anônimo disse...

Não sei o que é pior: o argumento do Júlio Severo (falacioso, generalizador, sem fundamento e sem base bíblica) ou os do Cheung, que por sinal são muito fracos no que concerne à esta discussão (cessacionismo/continuísmo).

Todo cristão coerente saberá que a imensa maioria dos calvinistas no mundo inteiro são cessacionistas. Ou seja, para cada 1 "Vicent Cheung" existem 99 com argumentos teológicos muito mais convincentes a favor do cessacionismo, por exemplo: Lee Irons, O. Palmer Robertson, Michael Horton, John MacArthur, A. W. Pink, Jonathan Edwards, John Gill, Richard Gaffin, John Frame, Dave Breese, John W. Robbins, R.C. Sproul... Agostinho, Martinho Lutero, John Owen, Thomas Watson, Mattew Henry, etc... sem falar que o próprio João Calvino era cessacionista!

Agora pergunto: quem é Vicent Cheung?

Lamentável ler textos tão incoerentes assim.

Rev. Jorge Amorim de Souza

Aprendiz disse...

Interessante notar que o cessacionismo antigo é bastante diferente do atual. Os cessacionistas antigos criam em milagres, embora descressem da atualidade dos dons. Os atuais adotaram os argumentos deístas, se tornaram deístas. O erro se aprofundou imensamente.

Julio Cesar disse...

"Reverendo" Jorge Amorim de Souza,qual a falta de base Bíblica no texto do Julio Severo ou odo Vincent Cheung?
Sair acusando sem citar fontes e moleza,né amigo? Por que não citastes um só texto Bíblico na sua crítica para tentar refutar o texto?
Fala sério,amigo...

Anônimo disse...

Recentemente uma pessoa me pediu que eu passasse o testemunho de Corie Ten Boom, aquela cristã que foi presa em campo de concentração por ajudar os judeus.
O testemunho trata do momento em que ela encontra em uma igreja um dos soldados do campo de concentração. O soldado vai ate ela e diz que agora ele eh lavado no sangue de Cristo. Mas ela não conseguia nem levantar a mão para cumprimenta-lo. Então ela ora a Deus, pedindo que Jesus a ajude a perdoa-lo. Depois ela sente como que uma energia eletrica passando por seu braço. Ela conseguiu levantar a mão para cumprimenta-lo, conseguiu perdoa-lo e sentiu uma alegria muito grande. Da a entender que essa energia eletrica era o poder do perdão de Jesus que ela tinha pedido.
Enfim, a pessoa que me pediu o testemunho foi pregar em uma igreja cessacionista, mas fiquei sabendo que ela omitiu essa parte que fala da energia eletrica que ela sentiu. Incrivel... Nem uma coisa dessa pode falar mais. Eh como se eles não cressem mais em milagres.

Anônimo disse...

Para quem quiser saber mais da historia de Corie Ten Boom, procure pelo livro de nome "Refugio Secreto". Tambem tem o filme no youtube com esse mesmo nome

Jairo disse...

O dono deste Blog nada tem em discernimento espiritual. A heresia pentecostal é longinquamente mais nociva do que a esquerda, que nada mais é do que teoria política, tão nociva espiritualmente quanto a direita. Ninguém perde a salvação por ser esquerdista, porém heresia leva ao inferno. Simples raciocinar: pentecostalismo, não a esquerda, é heresia.

Anônimo disse...

Incrível esses sujeitos crerem que crer na bíblia é heresia, devo lembrar algo:


Sola Scriptura!

Anônimo disse...

O GRANDE INIMIGO NÃO É NEM ESQUERDA OU DIREITA. SEU NOME É: PENTECOSTALISMO. DEVEMOS TER MISERICÓRDIA DOS PENTECOSTAIS E AJUDÁ-LOS A SAIR DE SEUS LAMAÇAL HERÉTICO. AOS RECALCITRANTES HERÉTICOS, NEM PENA OU PIEDADE. AS HERESIAS, JUNTAMENTE COM SEUS LÍDERES CHEIOS DE PROFECIAS E OUTRAS BOBAGENS, DESTE MEIO DEVEM SER DENUNCIADAS HOJE E SEMPRE.
MURILO

Anônimo disse...

Na visão dessas pessoas heresia é algo terrível, ser genocida não. Nem precisamos levar em conta que o que eles chama heresia não é, coloquemos a visão deles com hereges de fato: Com poder total eles exterminariam os mórmons, mas manteriam o ditador da Coréia do Norte vivendo feliz com seus escravos morrendo de fome. É Julio, com esses que acham que a cultura da inveja que tira dos pobres para alimentar ditadores não é pecado não vale a pena discutir.

Lucia Alam disse...

A única coisa que tenho a falar é que tudo que vivi e vivo não foi e não é obra da minha mente. Tudo aconteceu de fato e foram esses acontecimentos que me fizeram crer na Bíblia. Eu nunca tinha lido a bíblia antes das experiências relatadas, para alguém dizer que eu estava influenciada por ela e que minhas experiências ocorreram pela ação das minhas emoções. Eu tive experiências reais com o Espírito Santo. O que eu acho mais incrível nisso tudo são as pessoas acreditarem muito mais na ação do diabo, como sendo o responsável pelas experiências sobrenaturais nas igrejas, do que a ação do Espírito Santo. Do que adianta saber a bíblia de trás pra frente, recitá-la por inteiro e ser uma letra morta, sem a ação e o mover do Espírito de Deus na vida de quem sabe? Deus não quer somente professores e nem recitadores de SUAS palavras, mas deseja imensamente, pessoas tocadas e movidas pelo Espírito Santo. Os fariseus conheciam das Leis e nem por isso eram aprovados por Cristo. Do quê adianta ao homem conhecer a verdade mas não vivê-la? Deus foi tão misericordioso comigo que se mostrou de forma física para mim!! Ele sabia que sem isso eu NUNCA iria crer nEle!! Eu era uma "Tomé" dessa vida humana!! Fico triste quando vejo pessoas que literalmente "MATAM" o Espírito de Deus!! Ele vive e está mais vivo do que eu ou qualquer pessoa nesse mundo!! Os homens agora se acham tão "poderosos e conhecedores da verdade de Deus" que já querem MANDAR na ação do Espírito Santo!! Heresia é a arrogância do homem em achar que conhece mais o sobrenatural de Deus do que o próprio Deus!! Como o homem vai crer no mundo espiritual se ele mesmo está "matando" o agir do Espírito Santo?!! É algo INADMISSÍVEL!! Fico triste quando vejo um "conhecedor" da palavra de Deus achar que o Espírito Santo não atua mais!! Por acaso o céu está em recesso?! Pobres mortais, que se deixam dominar pela carne!! Com certeza o Espírito de Deus fica muito triste com essa situação!!

casa disse...

Lucia Alan, que o Deus todo poderoso continue lhe proporcionando momentos tremendos com o Espirito Santo, esses ditos eruditos bíblicos, são conformados com uma vida, vazia e distante da manifestação do nosso Deus REAL,procuram palavras rebuscadas e teólogos históricos para defenderem a frustração de uma vida sem a orientação do nosso paracleto amado, o Espírito Santo. Em ALGUNS momentos a experiencia sobrepõe o conhecimento.

Anônimo disse...

Interessante como aparecem pessoas para defender o cessacionismo, e ainda citar como base o nome de homens, ao invés de ficar apenas com o que o Evangelho afirma claramente!

Dá para acreditar em pessoas tão cegas pelo pecado que chegam a atacar o pentecostalismo, incapazes de reconhecer a mão de Deus em congregações pentecostais? parecem os ateístas que blasfemam e propagam ceticismo quanto ao agir do Senhor nas igrejas! são esses mesmos que atacam pentecostais e neopentecostais sempre que podem, seguindo seus líderes, ao ponto de fazerem chacota, apelidando-os de "pentecas", em um comportamento vil digno do genizah!

Curioso notar um fato: Os que defendem o cessacionismo sempre atacam ferozmente os principais opositores da esquerda brasileira, ou seja, atacam pentecostais e neopentecostais! coincidência? duvido.

O bom de postar comentários aqui no Blog do Julio é que não há censura nem ataque dos progressistas, mas em sites ditos evangélicos estão cheios deles, a todo momento publicando artigos maliciosos contra quem está fazendo a diferença e propagando o Evangelho ao mundo, e quando alguem faz um comentário opondo-se, aparecem os soldados para ameaçarem. Devemos ter cuidado, pois o joio é MUITO parecido com o trigo.

Esther disse...

Irmão Julio, quero relatar minha experiência.

Quando eu tinha cerca de 4 anos de idade, minha mãe e eu viajamos para casa de minha avó e meu tio, para passar uns dias com eles.
Um certo dia, meu tio estava deitado na cama e passando mal. Ele me explicou que estava passando mal e pediu que eu orasse por ele. Então, ergui minhas mãos e comecei a orar ao Senhor Deus , e de repente comecei a falar em línguas estranhas.
Lembro-me que eu NÃO estava inventando aquelas línguas, e sentia uma autoridade muito grande. Pois é, naquele momento Deus me batizou no Espirito Santo.
Meu tio foi curado daquilo que estava sentindo!
Ele foi testemunha ocular do ocorrido. Minha mãe estava na sala, quase em frente ao quarto dele, e ela ouviu, também.
Não falei mais em línguas depois. Mas aprouve ao Espirito Santo de Deus me distribuir outros dons.

Aprendiz disse...

Abjeta a posição de alguns que defendem o cessacionismo aqui. E nazismo, leva para o inferno? É claro que sim! Leva para o inferno porque é uma doutrina de morte, uma doutrina genocida, que veio para matar, roubar e destruir, e portanto satânica. Mas se o comunismo matou (muito mais que o nazismo) roubou e destruiu, também é satânico, e leva ao inferno.

Veja como o cessacionismo cega os olhos espirituais, e conduz à morte. Os cessacionistas já estavam em erro. No século passado, alguns cessacionistas aprofundaram imensamente seu erro, e tornaram-se discípulos dos deístas. A que profundidades eles desceram...

Pba Danusa disse...

Não extingais o Espirito Santo de Deus.Não sei qual é a biblia que este povo anda lendo, porque não encontro nela nenhuma passagem que afirme que os dons cessaram, pelo contrario diz que Jesus é o mesmo ontem, hoje e o será para sempre.Quer dizer que o diabo não cessou sua ação maligna na terra e o E.S sim. Para Deus não existe tradicionais, pentecostais, neopentecostais ou seja lá o que o homem tenha inventado apenas para uns serem melhores do que os outros.Para Deus existe um povo; aqueles que creem e aqueles que não creem, aqueles que obedecem e aqueles que não obedecem, aqueles que serão arrebatados e os que não serão arrebatados (ate porque para subir tem que acreditar que coisas sobrenaturais assim acontecam), aqueles que vão ficar do lado direito de Jesus e os que vao ficar à esquerda dele, ovelhas e bodes, joio e trigo, crente e incredulo.Para Deus só existem essas divisoes simples assim porque ele é simples a gente é que complica tudo.Beijos Julio.

Rev. Márcio disse...

Martin Luther King era protestante esquerdista e foi o maior pastor do século passado. Alguém aí das bandas que odeiam a doutrina cessacionaista vai insinuar que ele foi para o Inferno? Nelson Mandela, outro protestante, vem de bases comunistas e como Martin é uma grande figura, inclusive no meio protestante. Alguém aí das bandas podres do pentecostalismo vai dizer que este também vai para o Inferno? Esquerdismo no Protestantismo não é heresia; é fortalecimento e glória. O que o pentecostalismo tem para mostrar? Zuarras de línguas? Falsas curas? Milagres fraudulentos? Barulhos incompreensíveis?

Anônimo disse...

Frequentei a ABU - Aliança Bíblica Universitária, no tempo da faculdade. Lá, vi que o órgão sofria grande influência presbiteriana e influência socialista. Ao contrário do que pensei, os presbiterianos não eram bíblicos, fundamentalistas, mas liberais e, por conseguinte, ligados a ideias socialistas.

A gente não podia fazer proselitismo, é como se tivéssemos vergonha de ser evangélicos. Em contrapartida, os católicos que se reuniam, eram fieis à sua doutrina e não escondiam suas origens, andavam com camisas com símbolos católicos, cruzes, etc.

Nós tínhamos que falar de coisas gerais, amor, amizade... a palavra "social" era bastante usada. Isto foi nos anos 1990 - 2000.

Marcelo Henrique
João Pessoa-PB

Anônimo disse...

Não sei qual o critério para ser cessacionalista, talvez o primário, afinal, nossa educação vai muito mal.
Há uma discursividade contraditória e imbecilizante dos ditos "reverendos" aqui presentes. Esses afirmam que os argumentos citados no artigo de Julio Severo são fracos. Porém não apresentam sequer um para refutar, apenas reduzem suas afirmações a citar que determinado teólogo ou pensador foi maior ou melhor, algo que parece, no mínimo, egocêntrico.
Outro fato que pude observar é a militância em prol do esquerdismo, não foi essa mesma ideologia que matou milhares de cristãos na China e matam na Coreia do Norte? Ou não fazem missões ou são totalmente ignorantes quanto às questões internacionais que envolvem o cristianismo. Talvez sejam as duas coisas.

Saudações,

Oliveira

Arturo disse...

Júlio, Júlio, vc é um desconhecedor das coisas! Não pense que o único erro do calvinismo é seu estritende e doentio cessacionismo. Outros protestantes históricos rejeitam muito mais pontos dos calvinistas. Aconselho você, que nada conhece de calvinismo, a conhecer esta vertente protestante que tem sequestrado a Reforma.

A VERDADE SOBRE O CALVINISMO, em duas partes:

Parte 1: http://www.youtube.com/watch?v=ZtDWAkmIQMs

Parte 2: http://www.youtube.com/watch?v=vUnT4s3WHHs

Ivan Regis disse...

Atos 2:38-39

E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo;
Porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe, e a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar.
--
O Espírito ainda vos chama!

Hélio Bandeira disse...

Julio boa tarde,(antes de tudo quero dizer que sou continuista) no seu texto surpreendido com a voz de DEUS eu disse: "cessacionistas são mornos com raras excessões..." mas eu quero me retratar: COM MUITAS EXCESSÕES. Eu gostaria muito que voce me explicasse o que é ser quente e avivado. Com relação à mais que infeliz presença Jean Wyllys no mackenzie voce disse: "se os lideres da universidade tivessem direção do Espirito não cometeriam tal erro..." aí eu faço uma pergunta: desde quando uma coisa tem a ver com a outra? Gl2.11-14. Desde quando mau caratismo tem a ver com ser pentecostal ou cessacionista? Hoje de manhã a radio de R.R.Soares dizia: " e Ele levou sobre si nossas enfermidades..." Is53.14. E conclamava aos cristãos que fossem a uma igreja da graça para serem curados. Quer dizer... se eu ficar doente não sou cristão ou minha fé é pouca ou doença não é coisa de cristão? Isto é ser direcionado pelo Espirito? Deturpar a palavra de DEUS é ser pentecostal? E como funcionaria a teologia da prosperidade no haití, bangladesh, nepal e rincões da africa subsaariana? Pobreza não é coisa de cristão? 2Cor.4.11-12. Ser pentecostal avivado e direcionado, é colocar no púlpito e fazer alianças com a família moon que são anticristo e satanistas confessos como o "grande pastor" Manoel Ferreira fez? É fazer um show gospel com toques de tambores que mais lembrava o candoblé e dizer: "estou sentindo uma santa loucura" como fez A.P.Valadão? É andar de 4 e chamar de "unção do leão" como fez a mesma? Ao defender a teologia da prosperidade voce disse: " é que eles dão enfase exagerada a os vérsículos". Então a teologia das testemunhas de JEOVÁ também está certa só que dá enfase exagerada em colossenses1.15? Ser direcionado avivado e pentecostal é vender CD pirata e ainda dizer que foi uma porta que DEUS abriu? É tirar a mensagem da cruz e colocar dinheiro? É ser fan da xuxa como Aline Barros? E nem quero falar do satânico Edir Macedo. Creio com toda convicção que maucaratismo, falta de vergonha na cara, falta de exemplo cristão, falta de temor a DEUS Mt7.21-23 não tem nada a ver com ser pentecostal ou cessacionista. Um abraço e que DEUS te ajude sempre.

Hélio Bandeira disse...

CORREÇÃO: Eu disse: "cessacionistas são mornos com raras excessões." no seu texto Jean Wyllys no mackenzie. E não no surpreendido com a voz de DEUS. Obrigado!

marcelo victor disse...

O profeta Joel profetizou que o Espírito Santo seria derramado na terra, trazendo o dom da profecia, dos sonhos e das visões sobre os que cristãos.

Segundo Pedro, em At 2:16-20, tal profecia teve o início do seu cumprimento no dia de pentecostes (o marco inicial), e, segundo a teologia revelada ao apóstolo Paulo (1 Co 12:31), esses dons deveriam ser buscados pelos cristãos até a volta de Cristo (pois o apóstolo não delimita tempo).

O apóstolo João, por sua vez, disse que ``o testemunho de Jesus é o espírito de profecia´´, esclarecendo (ele próprio), em 1 Jo 5:10, que ``quem crê no Filho de Deus tem, em si mesmo, o testemunho´´.

Ou seja, aquele que creu, converteu-se dos seus maus caminhos e confessou a Cristo como seu Salvador, recebe o Espírito Santo, e, ao produzir os frutos do Espírito, testifica (profetiza através do testemunho) que Deus é verdadeiro.

Porém, Paulo parece nos esclarecer que, embora a pregação da Palavra de Deus não deixe de ser algo profético, a profecia bíblica não se resume a isso, pois é dito, em 1 Co 12:8-10, que o Espírito concede aos santos de Deus, entre outros dons (como o da cura, de falar línguas estranhas, da interpretação das línguas estranhas, do discernimento de espírito, da operação de maravilhas), os seguintes dons:
1 - A PALAVRA DE SABEDORIA;
2 - A PALAVRA DE CIENCIA; e, também,
3 - O dom da PROFECIA (de anunciar coisas futuras).

Outrossim, achar que esses dons se manifestam unicamente nos cultos, por certo é um exagero, pois pessoas são curadas em orações nos hospitais, nas casas e em diversos lugares, bem como não se fala língua estranha somente nos cultos.

Além disso, para ter um sonho espiritual a pessoa precisa dormir e fazer isso na igreja parece ser falta de respeito.

Por isso, entendo ser um despropósito afirmar que a manifestação do dom da profecia esteja restrita aos cultos, no local onde a igreja se reúne.

A meu ver, a única coisa que pode limitar, no tempo e espaço, a sua manifestação é a falta de consagração e de santidade do cristão. No mais, se a pessoa recebeu de Deus tal dom, creio não haver barreiras para sua manifestação.

Deus te abençoe!!!

marcelo victor disse...

Um bom debate sobre a falácia do cessacionismo:
https://www.youtube.com/watch?v=RuYPWoX4fKs