28 de novembro de 2013

Alerta: PLC 122 pode ser votado na próxima semana


Alerta: PLC 122 pode ser votado na próxima semana

Julio Severo
O relator do projeto que define como crime e estabelece punições para a discriminação ou preconceito por causa de “orientação sexual” e “identidade de gênero,” senador Paulo Paim (PT-RS), disse hoje (28 de novembro de 2013) que o PLC 122/2006 pode ser votada na próxima reunião da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH).
“Pode ser votado na semana que vem. Não há motivo algum para que não seja votado na semana que vem,” declarou ele.
O senador foi informado de que ativistas e grupos homossexuais entregaram uma carta ao Senado em que protestam contra mais um adiamento na votação do PLC 122, a qual estava marcada para a semana passada. Na carta, eles pediram energicamente a aprovação do projeto.
O projeto, já aprovado na Câmara dos Deputados, e que aguarda aprovação no Senado desde 2006, muda a lei que define os crimes resultantes de preconceito (Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989) e o Código Penal. De acordo com o PLC 122, um cidadão brasileiro poderá ser punido com até cinco anos de prisão por preconceito de gênero ou de orientação sexual.
Há ainda penas para quem impedir ou restringir a manifestação de “afetividade” de qualquer pessoa em local público ou privado aberto ao público, “resguardado o respeito devido aos espaços religiosos”.
Qualquer que seja o entendimento que os cristãos tenham sobre o novo PLC 122 “protegendo” os espaços religiosos, é a interpretação do autor que vale. O site homossexual A Capa, com exclusividade, mostrou como o senador petista interpreta essa “proteção.” Segundo A Capa, Paim disse:
“Dentro dos cultos religiosos, temos que respeitar a livre opinião que tem cada um. Por exemplo, você não pode condenar alguém por, num templo religioso, ter dito que o casamento só deve ser entre homem e mulher. É uma opinião que tem que ser respeitada.”
É uma mudança não muito diferente da mudança proposta por Marta Suplicy dois anos atrás, conforme registrado neste vídeo: http://youtu.be/jIOOE0n2V5g
De acordo com Paim e Suplicy, os cristãos terão liberdade de opinar contra o homossexualismo e até de defender o casamento entre homem e mulher — mas só poderão dizer isso DENTRO das igrejas.
Enquanto os militantes gays terão liberdade de dizer e fazer o que quiserem em todo e qualquer lugar FORA das igrejas, os cristãos estarão totalmente impedidos FORA das igrejas e, se quiserem se expressar, deverão ir a um templo religioso para desabafar o que pensam.
A defesa do casamento entre homem e mulher será varrida dos lugares públicos, sendo confinada aos espaços estritamente religiosos.
Os templos religiosos, de acordo com Paim e Suplicy, funcionarão como guetos da liberdade de expressão dos cristãos. Fora dos guetos, o silêncio será obrigatório para os cristãos que são contra as práticas homossexuais e a favor do casamento conforme Deus criou. Fora dos guetos, só cristãos esquerdistas pró-sodomia é que terão liberdade de falar o que quiserem.
Ao site A Capa, Paim acabou mostrando que o PLC 122 continua um projeto de ditadura gay.
Manifeste o seu protesto contra o PLC 122 ligando para o Senado Federal, neste número gratuito:
0800 61 22 11
Para ter todos os e-mails e telefones dos senadores, clique aqui.
Com informação da Agência Senado.
Leitura recomendada:

6 comentários :

Everaldo disse...

Enquanto estamos brincando de ser cristãos, o diabo, os demônios e seus escravos não dormem! Eles não estão brincando! Eles estão nos atacando diariamente sem a mínima piedade!

Muitos poderiam argumentar: "O mal vai se propagar porque é o cumprimento das profecias bíblicas! Não podemos impedir que isso aconteça!" Sim, é verdade que as profecias da Palavra de Deus têm que se cumprir. O próprio Deus disse que Ele não é homem para mentir (Números 23:19).

Só que tem um detalhe que muitos fingem não perceber (ou não entender): porque o mal vai se propagar, eu devo ficar de braços cruzados e não reagir, ou seja, me omitir no combate ao pecado? De forma nenhuma! Eu tenho que resistir ao mal e continuar a combater o pecado (ainda que isso me custe a prisão ou a morte)! Só devo parar quando eu não puder resistir mais! Enquanto eu puder fazer a minha parte, eu farei. Só quando se esgotarem todos os meus recursos, aí sim, só neste caso é que eu tenho que orar a Deus pedindo que Ele entre com providências!

Ser cristão de boca ou enquanto não há nenhuma dificuldade a ser enfrentada (ou nenhum desafio a ser encarado) é muito fácil. Mas o difícil é ser cristão ao ser posto à prova! Em outras palavras: difícil é ser cristão ao estar sob uma séria ameaça de morte, na hora da provação (ou da perseguição), ou ao estar passando por alguma necessidade!

Até quando seremos omissos diante do pecado? Até quando ficaremos indiferentes assistindo ao domínio do mal sem reagir? Muitos que se dizem cristãos estão sendo omissos no combate ao pecado! No dia da prestação de contas a Deus, esta mesma omissão vai ser seriamente cobrada! É como Jesus diz na Sua Palavra:

"Por que vós Me chamais de Senhor, e não fazeis o que Eu vos digo? (Lucas 6:46)"

"E aquele a quem muito foi dado, muito mais lhe será exigido" (Lucas 12:48)

Muito está sendo dado aos cristãos (no caso, a obrigação de combater o pecado). Só que muito mais vai ser exigido (o cumprimento desta mesma obrigação). Logo, os que têm a obrigação de combater o pecado irão prestar contas da sua negligência na obediência à Palavra de Deus!

Quem vê o pecado e fica omisso ou indiferente (isto é, não diz nem faz nada contra o pecado) é tão ou mais culpado quanto o próprio pecador. É como diz a Bíblia:

"Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado" (Tiago 4:17)

Em outras palavras: aquele que sabe que deve combater com firmeza o pecado e não age de forma decidida (e não diz nem faz nada contra o pecado, com medo de ser perseguido, preso, morto, ou de perder seus privilégios) é cúmplice do pecado (e é culpado diante de Deus)!

E tem mais um detalhe: O JULGAMENTO DE DEUS VAI COMEÇAR DENTRO DA IGREJA. OS QUE SE DIZEM CRISTÃOS (E QUE TÊM A OBRIGAÇÃO DE COMBATER O PECADO) SERÃO OS PRIMEIROS A PRESTAR CONTAS! A respeito disso, a Bíblia diz com todas as letras:

"Pois já é tempo de se começar o julgamento pela casa de Deus; e se começa primeiro por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus? E se somente o justo se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?" (1 Pedro 4:17–18).

Já passou da hora de sermos cristãos só de boca! Temos que partir para a ação! Temos que reagir contra as investidas do diabo contra a família, contra os bons princípios e contra tudo o que for contra a Palavra de Deus! Não podemos mais ficar de braços cruzados vendo o mal se alastrar em nosso meio sem fazer nada!

Finalizo minha mensagem com um versículo para a reflexão de todos:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Erisvaldo disse...

É chato sempre ficar batendo na mesma tecla. Mas se isso não feito, o povo não se conscientiza! Se não for pelo amor, vai ter que ser pela dor!

Eu não gostaria de dizer exatamente o que eu penso em relação ao assunto deste artigo, mas, em virtude das circunstâncias (e considerando os acontecimentos atuais), eu não posso fugir ao que a minha consciência me manda dizer.

Diz um ditado popular que o brasileiro só fecha a porta da casa depois que o ladrão já entrou e roubou tudo!

Eu diria isso de uma forma bem mais direta: MUITOS QUE SE DIZEM CRISTÃOS ESTÃO APÁTICOS, INERTES OU INDIFERENTES, APENAS ESPERANDO A APROVAÇÃO DO PLC 122 (OU DE QUALQUER OUTRA LEI A FAVOR DOS HOMOSSEXUAIS) PARA FINALMENTE RESOLVEREM AGIR!

O que eu tenho a dizer a todos daqui (em forma de desabafo e revolta) é precisamente o seguinte (prestem bastante atenção):

– ENQUANTO FICARMOS DE BRAÇOS CRUZADOS, OS HOMOSSEXUAIS (E SEUS COMPARSAS) CONTINUARÃO A NOS BOMBARDEAR (E A NOS ATACAR) SEM A MÍNIMA PIEDADE OU COMPAIXÃO!

– ENQUANTO ALGUNS QUE SE DIZEM CRISTÃOS CONTINUAREM SENDO OMISSOS, COVARDES, FROUXOS, OU INDIFERENTES EM RELAÇÃO À SUJEIRA DESTE GOVERNO PRÓ–ABORTO, PRÓ–HOMOSSEXUALISMO, ANTI–FAMÍLIA E ANTI–CRISTÃO, OS HOMOSSEXUAIS NÃO VÃO DESCANSAR ATÉ QUE O SEU OBJETIVO SEJA ATINGIDO (A APROVAÇÃO DO PLC 122 OU DE QUALQUER OUTRA LEI A FAVOR DELES)!

– ENQUANTO O POVO EM GERAL (E TAMBÉM OS EVANGÉLICOS) CONTINUAREM VOTANDO EM POLÍTICOS DE PARTIDOS ESQUERDISTAS, COMUNISTAS, MARXISTAS E SOCIALISTAS (OU ENQUANTO O POVO AINDA CONTINUAR VENDENDO O VOTO EM TROCA DO BOLSA–FAMÍLIA OU DE QUALQUER ASSISTENCIALISMO ELEITOREIRO BARATO), NUNCA TIRAREMOS OS CORRUPTOS DO PODER!

– ENQUANTO OS SERVOS DE DEUS NÃO SAÍREM DA SUA INÉRCIA E NÃO PROTESTAREM (E NEM TOMAREM UMA ATITUDE FIRME E FORTE CONTRA O PECADO), OS HOMOSSEXUAIS VÃO CONTINUAR NA SUA BANDALHEIRA ATÉ O DIA EM QUE NÃO PODERÃO MAIS SER CENSURADOS POR NINGUÉM!

– ENQUANTO JESUS NÃO VOLTAR, A LUTA ENTRE O BEM E O MAL NUNCA VAI TER FIM!

DIZ UM DITADO POPULAR: "QUEM CALA, CONSENTE". EU NÃO QUERO SER VISTO COMO MAIS UM CÚMPLICE DESTE GOVERNO PODRE, CORRUPTO, SATÂNICO E IMORAL!

SE FOR PRECISO, EU MESMO IREI INVADIR SOZINHO O CONGRESSO NACIONAL PARA IMPEDIR A APROVAÇÃO DE QUALQUER LEI QUE SEJA A FAVOR DOS HOMOSSEXUAIS (NEM QUE EU SEJA PRESO OU MORTO)!

SE EU TIVER QUE SER PRESO POR AMOR À VERDADE DA PALAVRA DE DEUS, EU VOU PARA A CADEIA SEM NENHUM MEDO (PORQUE EU CONFIO NO DEUS EM QUEM EU CREIO)!

SE EU TIVER QUE MORRER POR LUTAR CONTRA O PECADO, EU MORRO COM A CERTEZA DO DEVER CUMPRIDO (E SEI PARA ONDE EU IREI APÓS A MORTE)!

A MELHOR DEFESA É O ATAQUE! TEMOS QUE DAR UM BASTA NESSA IMORALIDADE E EM OUTRAS QUE QUEREM NOS IMPOR!

CRISTÃOS DE TODO O BRASIL (E DE TODAS AS DENOMINAÇÕES), ESTÁ NA HORA DE SERMOS UNIDOS PARA ORARMOS E AGIRMOS CONTRA TODA E QUALQUER LEI QUE SEJA A FAVOR DOS HOMOSSEXUAIS!

A HORA DE AGIR É AGORA! OU ADOTAMOS UMA POSTURA SÉRIA E FIRME NA DEFESA DA FAMÍLIA, DA MORAL, DOS BONS PRINCÍPIOS E DA OBEDIÊNCIA À PALAVRA DE DEUS, OU MAIS TARDE PAGAREMOS MUITO CARO PELA NOSSA PRÓPRIA OMISSÃO! DEPOIS, NINGUÉM VAI PODER DIZER QUE HOUVE FALTA DE AVISO!

QUE ESTAS PALAVRAS SIRVAM DE ALERTA PARA MUITOS QUE SE DIZEM CRISTÃOS (E QUE AINDA CONTINUAM ACOMODADOS)!

"PARA QUE O MAL VENÇA, BASTA QUE OS HOMENS DE BEM NÃO FAÇAM NADA"

Anônimo disse...

Arquivamento da PL 122 JA.

Preparando minha passagem para Brasilia. So sairei de la quando arquivarem de imediato esta lei nojenta. Nem que eu tenha que morrer por isto. Mas morrerei batendo. E forte. Nem que eu tenha que levar muitos comigo. E vamos bater na casa do Lula. Este e o inseto qie deve ser detetisado ja.

Plínio disse...

Pessoal, o alerta que o irmão Júlio Severo está dando aqui é muito sério! O diabo não brinca em serviço!

Não podemos ficar indiferentes aos ataques dos homossexuais e de seus comparsas! Não podemos (e nem devemos) nos descuidar! Temos que reagir de alguma forma!

Já estou indo para Brasília para fazer o meu protesto no Congresso Nacional juntamente com muitos dos meus irmãos em Cristo de várias denominações! Se eu não fizer a minha parte na luta contra o pecado, quem vai fazer por mim?

Está na hora de cada um, a partir de agora, cumprir com o seu dever de cristão de combater o pecado! Esta luta é de todos nós! Não podemos (e nem devemos) pedir que Deus faça algo que é obrigação nossa!

Portanto,

– Pela defesa das famílias;

– Pela obediência à Palavra de Deus;

– Pela preservação dos bons costumes;

– Pela esperança de um futuro melhor para as próximas gerações, e,

– Principalmente, pela possibilidade de uma reconstrução moral e espiritual da nossa nação,

Vamos todos dizer a uma só voz:

– SIM À PALAVRA DE DEUS!

– NÃO AO PL 122!

Edson disse...

Diz assim a Palavra de Deus:

Mateus 4:1–11

1 Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para que fosse tentado pelo diabo.
2 E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, sentiu fome;
3 E, aparecendo o tentador, disse-Lhe: Se Tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pão.
4 Disse-lhe Jesus: Está escrito: Não só de pão viverá o homem, mas também de toda palavra que vem da boca de Deus.
5 Então o diabo O transportou à Cidade Santa, e colocou-O sobre o pináculo do templo.
6 E disse-Lhe: Se Tu és o Filho de Deus, lança-Te daqui para baixo; porque está escrito: Aos Seus anjos dará ordens a Teu respeito; eles Te tomarão nas mãos, para que não tropeces com o Teu pé em nenhuma pedra.
7 Jesus, porém, respondeu dizendo: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus.
8 Novamente o diabo O levou a um monte muito alto; e mostrou-Lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles.
9 E disse-Lhe: Tudo isto eu Te darei se, prostrado, me adorares.
10 Então Jesus respondeu: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e somente a Ele servirás.
11 Então o diabo O deixou; e eis que chegaram os anjos, e O serviram.

Vamos agora "adaptar" esse texto bíblico para mostrar como um verdadeiro cristão deve agir (e reagir) diante de uma "proposta de negociações" vinda dos comparsas do diabo (e dos homossexuais):

1 E o cristão foi ao Congresso Nacional para enfrentar os políticos e ativistas homossexuais;
2 E viu que o PLC 122 (ou outra lei a favor dos homossexuais) iria ao plenário para votação;
3 E vindo um ativista homossexual, disse-lhe: Se você é realmente um cristão, manda que os cristãos não digam nem façam nada contra esta lei (o PLC 122 ou outra lei a favor do homossexualismo).
4 O cristão, porém, respondeu, disse: Está escrito: "Importa antes obedecer a Deus do que aos homens" (Atos 5:29).
5 Então o ativista homossexual levou o cristão para perto de um presídio de segurança máxima.
6 E disse: Se você é realmente um cristão, pare de se manifestar contra o homossexualismo para não ser preso (e nem morto), porque está escrito: "Não julgueis, para que não sejais julgados" (Mateus 7:1)
7 Mas o cristão respondeu dizendo: Também está escrito: "Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não faz, comete pecado" (Tiago 4:17)
8 Por fim, o ativista homossexual ofereceu ao cristão um cargo com um salário milionário, mil e uma mordomias, e incontáveis vantagens.
9 E disse: Tudo isto eu te darei se você ficar calado e deixar que nós (homossexuais e nossos simpatizantes) fiquemos à vontade para fazermos o que quisermos.
10 Então o cristão disse com firmeza: Vai-te, escravo do diabo, porque está escrito: "Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou amará a um e odiará o outro, ou há de se dedicar a um e desprezar o outro" (Mateus 6:24).
11 Então o ativista homossexual se retirou cheio de ódio do cristão; e eis que o cristão foi abençoado com as graças do Céu.

Diante desta "adaptação", eu pergunto: qual é político cristão do Congresso Nacional que, hoje, agiria assim (com firmeza) contra o homossexualismo?

Quem puder, responda de forma honesta a esta pergunta!

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Um certo pregador, uma vez, disse uma coisa muito certa:

"Ou a Bíblia me afasta do pecado, ou o pecado me afastará da Bíblia"

Em outras palavras: ou o pessoa se arrepende de seus pecados (e passa a obedecer à Palavra de Deus), ou essa mesma pessoa dará ouvidos ao diabo e viverá somente no pecado (desprezando a Palavra de Deus).

No caso, os homossexuais querem, a todo e qualquer custo, justificar um pecado condenado pela Bíblia. É querer "adaptar" a Palavra de Deus para as suas próprias conveniências, ou melhor, é querer transformar o errado em certo. É como bem disse o profeta Isaías:

"Ai daqueles que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem da luz trevas, e das trevas luz; que fazem do amargo doce, e do doce amargo" (Isaías 5:20)

Os homossexuais, para acharem uma justificativa para o seu comportamento, agem basicamente de 2 modos:

1 – Utilizam argumentos que favoreçam a interpretação bíblica de acordo com suas próprias conveniências. Eis aqui um argumento falacioso muito utilizado por eles:

"O protestantismo tem como um de seus princípios fundamentais a liberdade religiosa para interpretar a Bíblia. Lutero, que foi um dos grandes nomes da Reforma Protestante, disse, ao escrever ao Papa, que 'não se submeteria a nenhum homem para entender as verdades da Palavra de Deus'. Graças a essa liberdade, ficamos livres do jugo do catolicismo (o qual dizia que só o Papa tinha o poder de interpretar corretamente a Palavra de Deus). Isso fez com que a democracia criada pelo protestantismo permitisse a qualquer pessoa ter plena liberdade para interpretar as Sagradas Escrituras por si só (sem depender de ninguém)"

É justamente aqui o ponto chave deste argumento (e que os homossexuais querem que aceitemos): que cada interpretação é de um jeito. Só que liberdade de interpretação da Palavra de Deus não significa multiplicidade de significados, ou melhor, não quer dizer que todo e qualquer entendimento seja totalmente verdadeiro (ou aceitável). O verdadeiro e único entendimento da Palavra de Deus é dado somente pelo Espírito Santo. Tanto que Jesus disse:

"Mas o Consolador, o Espírito Santo, que é Aquele a quem o Pai enviará em Meu nome, Ele vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que Eu vos tenho dito (na Palavra de Deus)" (João 14:26, o parêntese é meu)

2 – Utilizam textos bíblicos isolados (ou tirados do verdadeiro contexto) para justificar o seu pecado. Um dos textos preferidos dos homossexuais é este:

"Angustiado estou por ti, meu irmão Jônatas; quão amabilíssimo me eras! Teu amor me era mais precioso do que o amor de todas as mulheres" (2 Samuel 1:26)

Nesse texto, eles insinuam que Davi e Jônatas tinham um caso homossexual! A mesma coisa é com outros textos (como Rute e Noemi, e o capítulo 4 de Eclesiastes). E chegam ao absurdo de dizer que Jesus e o apóstolo João tinham um caso entre si (só porque João se recostou no peito de Jesus)!

Os homossexuais enxergam perversão onde só existe amizade sincera. Confundem amizade com homossexualismo. Deturpam o verdadeiro significado de amor. Enxergam somente o erotismo em certos relacionamentos.

A verdade é que os homossexuais querem que a Palavra de Deus esteja de acordo com os seus pecados. Preferem interpretar a Palavra de Deus ao seu bel–prazer ao invés de se converterem. Só que isso, ao invés de livrá-los do castigo eterno, produz o efeito contrário: gera mais e mais culpa diante de Deus!

Uma coisa é certa: um dia, todos os homossexuais estarão diante de Jesus para serem julgados! Será que eles estarão prontos para este mesmo dia?

Encerro minha mensagem com um versículo para a reflexão de todos (inclusive os homossexuais):

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)