12 de outubro de 2013

Rand Paul alerta: há uma guerra contra o Cristianismo


Rand Paul alerta: há uma guerra contra o Cristianismo

Obama “evita falar sobre quem está cometendo as matanças”

Garth Kant
WASHINGTON, EUA — “Você não ouvirá muito sobre isso no noticiário da noite,” alertou o senador Rand Paul, R-Ky., “mas há uma guerra mundial contra o Cristianismo.”
Senador Rand Paul
O senador escolheu frisar o perigo do islamismo radical em seu discurso diante da Cúpula dos Eleitores de Valores na sexta-feira de manhã.
Paul explicou que a guerra contra o Cristianismo não está sendo colocada nas manchetes porque esse tipo de guerra não é conveniente para a elite dos meios de comunicação.
“O presidente tenta evitar falar sobre quem está atacando e matando cristãos. Os meios de comunicação descrevem as matanças como ‘sectaristas.’”
Mas a verdade, disse o senador, é que os fanáticos do islamismo estão travando uma guerra contra os cristãos.”
O senador disse que os assassinos são uma minoria de muçulmanos, mas, “infelizmente, o número dessa minoria está nas dezenas de milhões.”
Paul disse que o islamismo radical só acabará quando o próprio islamismo se policiar, e, “Só então o conhecimento e iluminação começarão a brilhar e crescer e a violência, a violência religiosa, recuará.”
O senador citou uma lista de atrocidades no mundo inteiro cometidas por islamistas radicais, inclusive na Síria, onde “os rebeldes islâmicos têm filmado degolações de seus cativos.”
“Eles têm filmado gente deles mesmos comendo o coração de seus inimigos. Dois bispos cristãos foram raptados, e um padre foi morto recentemente. Esses rebeldes são aliados dos rebeldes islâmicos que o presidente Obama está agora armando.
“Estamos agora armando rebeldes islâmicos que são aliados da al-Qaida que atacou os EUA em 11 de setembro de 2001. Faz algum sentido isso?”
Com a voz aumentando numa progressão de indignação, Paul fez um argumento incisivo, declarando: “O dinheiro dos americanos que pagam impostos jamais deveria ser gasto para sustentar uma guerra contra o Cristianismo.”
“Mas é exatamente isso que está acontecendo no mundo inteiro neste momento. Como cristãos, deveríamos assumir uma posição e lutar quando o governo usa nosso dinheiro de impostos para financiar perseguições aos cristãos.”
Paul deixou claro que ele estava falando de uma guerra real contra o Cristianismo, mas não uma convencional.
“Não vejo a possibilidade de como 50 a cem milhões de militantes islâmicos radicais sejam derrotados, mas eles têm de ser contidos, e temos de nos defender. Não se engane: precisamos fazer tudo o que pudermos para nos defender.”
Ele disse que os cristãos precisam ativamente se preparar para a guerra, mas buscar a paz.
E ele invocou o conselho do presidente Ronald Reagan, recomendando paz por meio da força.
“No meio tempo, aja. Ore por uma solução. Faça seus políticos prestarem contas se não assumirem uma postura forte para proteger a vida e fazer frente à guerra contra o Cristianismo,” concluiu Paul.
Traduzido por Julio Severo do artigo do WND: Rand Paul warns of war on Christianity
Leitura recomendada:

13 comentários :

Janilson Carvalho disse...

Júlio, o que ta acontecendo com as lideranças cristãs do EUA? porque não acordam? Porque os cristãos dos Estados Unidos não dão pressão no presidente para tomar medidas contra os radicais islâmicos?

Anônimo disse...

Por mais que se diga, procurando desqualificar a opiniao quando se levanta o tema, dizendo "teoria da conspiracao", o fato eh que, ja era antiga no tempo de Jesus a existencia de um grupo, que o proprio Senhor qualificou de "sinagoga de satanas". Sim, existe algo pavoroso que se constitui numa forca que estah a cada dia, mais proximo do "climax" que eh o surgimento do "homem do pecado". Esse obama eh apenas um peao num jogo satanico. Qdo qualquer povo, principalmente o que em alguma epoca teve algum temor ao Senhor, se perverte, o enfraquecimento leva ao aumento da acao de satanas e seus anjos caidos, os quais utilizam pessoas que se colocam aa disposicao deles para a "missao" do inimigo: matar roubar e destruir. Nada melhor para cumprir o destino do que o esquerdismo/socialismo/comunismo/marxismo.

Antonio.

Willians disse...

O motivo das lideranças cristãs do EUA e também do mundo estarem dormindo, se deve ao fato de estarmos vivendo o tempo profético da igreja de Laodicéia, onde a grande característica dela é a mornidão. O tempo profético de Laodicéia é o último antes da volta de Cristo.

Sobre os EUA, eles há décadas são presididos por maçons/illuminatti, cujo grande objetivo é a instauração da nova ordem mundial.
E para os illuminattis, desde que os radicais islâmicos estejam favorecendo a formação do grande governo mundial, serão totalmente tolerados e até mesmo incentivados (vide o que o governo do Obama faz lá no Oriente Médio).

Jaques Douglas Bonamigo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
carloshenrique disse...

O Problema não é só com às Igrejas Norte AMericanas e suas lideranças que nada fazem, mas também no Brasil, muitos líderes Cristãos andam dormindo enquanto que está tudo caminhando para o abismo.
O problema é que também se vive numa época em que às mídias estão tomadas por pessoas que têm valores contrários ao Cristianismo, e que estão interessadas também em destruir os valores Cristãos do mundo Ocidental, para criar uma nova sociedade de acordo com os valores pervertidos dessa elite atual que está nos poderes das nações.

Boroc disse...

O Islã é uma arma nas mãos dos maçons satanistas mesmo, como disse aí o Wilians. Os valores e as doutrinas judaico/cristãs devem ser destruídas, e ninguém melhor para que isso se concretize do que o Islã nas mãos dos articuladores ocultistas.

Roger disse...

AJUNTARAM-SE OS ISLÃ E OS COMUNISTAS CONTRA O CRISTO!
O Islã tem seu desconto: são povos pagãos adorando um idem deus, de tradição de aversão a Ele desde seu criador Maomé; 2 doutrinas irreconciliáveis: Jesus Cristo e Baal.
JÁ EM NOSSO OCIDENTE...
O "MARXISMO CULTURAL" NA ATUALIDADE É PRATICADO EM ESCALA TOTAL!
É O "POLITICAMENTE CORRETO" INCENSADO!
Existe correlação entre o comunismo no Ap. 6,4 e Ez 21, 14-16 do cavalo vermelho.
Os comunistas e associados das ideologias anti Cristo infiltraram em todas as igrejas cristãs do mundo; quantas evangélicas disfarçam-se na atualidade como as progressistas, apenas fachada: lá dentro vigora o rubro da associação aos comunistas, como a IURD, base de apoio ao PT.
E a Igreja católica? Idem: a CNBB com seu silencio sobre o Brasil sob as patas dos comunistas nem um pio; quando emite alguma reação a eles é sob uma tão pífia notinha que sugere conivência; pelo menos as CEB, CIMI, CPT e CBPJ aprontam cada uma de aparente apoio aos revolucionários marxistas...
Há anos que os famosos cardeais suspeitos de serem da KGB D Hélder e D Arns e associados posteriores vêm subsidiando os comunistas no Brasil; foram peças vitais no seu crescimento e vigor atuais, particularmente de fundação e manutenção do PT; também, há muitas denuncias que desde a década de 30 Stálin infiltra o catolicismo sistematicamente - denuncias de ex agentes - Bella Dodd e Yuri Bezmenov.
Aliás, há pouco a Teologia da Libertação do esquerdista L Boff foi denunciada como obra-prima da KGB num site católico, "mídiasemmáscara".
Parece-me que se uniram os esquerdistas supostos católicos e evangélicos, ambos sintonizados e atuantes, cada qual em trincheiras diferentes, irmanados no mesmo ideal ideológico da Nova Era, contando sempre com os alienados comparsas eleitores - chamam-nos de idiotas-uteis - material imprescindível de se promoverem e, posteriormente terão a decepção, sem chance de arrependimento: verão a Cristo, a quem trairam nesse mundo, os neo Judas!

Pastor Raimundo (Igreja do Evangelho Quadrangular) disse...

Respondendo ao Antônio e ao Willians,

Sabemos que não vai demorar muito para que o anticristo seja revelado ao mundo, já que isto está previsto na Palavra de Deus e, portanto, será inevitável. É como disse o abençoado apóstolo Paulo:

"Pois o ministério da injustiça já opera; há somente um que ainda resiste, até que do meio seja tirado; E então será revelado o iníquo, o qual o Senhor desfará com o sopro de Sua boca, e aniquilará com o resplendor de Sua vinda; A esse cuja vinda é conforme a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais e prodígios de mentira; E com todo engano da injustiça para aqueles que perecem, pois não receberam o amor da verdade para que se salvassem. E é por isso que Deus lhes mandará a operação do erro, para que acreditem na mentira; Para que sejam julgados todos aqueles que não creram na verdade, antes sentiram prazer na iniqüidade" (2 Tessalonicenses 2:7–12)

Como cristãos, nosso papel não é se render. Muito pelo contrário: temos que resistir e continuar a fazer a nossa parte (pregando contra todo e qualquer pecado), mesmo com a nossa própria vida em perigo. Temos que perseverar até o fim (e até que Jesus volte e salve a Sua igreja). Foi como Jesus disse:

"Bem–aventurados os que forem perseguidos por causa da justiça, porque é deles o Reino dos Céus; Bem–aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por Minha causa. Alegrai-vos e rejubilai, grande será o vosso galardão nos Céus; pois assim fizeram aos profetas que vieram antes de vós" (Mateus 5:10–12)

"Aquele que tiver perseverado até o fim é que será salvo" (Mateus 24:13)

"No mundo tereis aflições; mas tende bom ânimo, porque Eu venci o mundo" (João 16:33)

"Sê fiel até à morte e dar-te-ei a coroa da vida" (Apocalipse 2:10)

Portanto, ainda que saibamos que é inevitável que o mal se alastre em todo o mundo, nós, cristãos, temos que manter uma postura firme (e continuar obedecendo à Palavra de Deus). Temos que ser corajosos o suficiente para dizer não a este mundo corrompido pelo pecado. Ainda que tenhamos que morrer por amor a Jesus e à verdade da Sua Palavra, temos que deixar bem claro a tudo e a todos que pertencemos somente a Jesus (e que nada nem ninguém jamais vai nos separar Dele). Novamente o apóstolo Paulo se manifesta:

"Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, a angústia, a perseguição, a fome, a nudez, o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor a Ti, somos entregues à morte todos os dias; Fomos considerados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores por Aquele que nos amou" (Romanos 8:35–37)

Que estas palavras façam com que todos permaneçam fiéis ao Senhor Jesus (e à Sua Palavra) até à morte (ou até a volta Dele).

ÉLQUISSON disse...

Respondendo ao Janilson Carvalho, ao Antônio, ao Willians, ao Carlos Henrique, ao Boroc, e ao Roger,

Não sei se vocês vão concordar comigo, mas eu vou dizer exatamente o que eu penso (me corrijam se eu estiver errado).

Segundo o pessoal antigo conta, a nação americana nasceu e cresceu sob o temor e a obediência à Palavra de Deus. Enquanto se manteve assim, prosperou em todos os sentidos.

Só que, com o passar do tempo, o desenvolvimento material, científico e financeiro fez com que os Estados Unidos começasse, aos poucos, a negligenciar a obediência à Palavra de Deus. Sem contar que a influência da Maçonaria (e de outras filosofias erradas) também contribuiu muito para essa mesma negligência. E também houve um outro fator que agravou ainda mais esse processo: a retirada do ensino religioso das escolas americanas a partir dos anos 60 (coincidência ou não, foi na mesma década que teve o início do movimento feminista). Em suma: os Estados Unidos passou a não dar mais prioridade à obediência à Palavra de Deus!

E o que acontece? Muito simples: a partir do momento em que uma nação despreza a obediência à Palavra de Deus e passa a confiar somente em sua própria sabedoria, ela fica espiritualmente desprotegida e se torna uma presa fácil para os ataques do diabo e dos demônios (e também de todo tipo de pecado e vício). É como bem disse o profeta Jeremias:

"Maldito o homem que confia no homem, que faz da carne o seu braço, e que aparta o seu coração do Senhor" (Jeremias 17:5)

O que está acontecendo hoje nos Estados Unidos nada mais é do que a conseqüência do abandono total da verdadeira fé cristã. Em outras palavras: a nação americana agora está colhendo os frutos de pouco mais de 50 anos do seu desprezo à obediência à Palavra de Deus!

O maior erro dos Estados Unidos foi exatamente este: trocar Jesus por Satanás! E o que é pior: foi um erro deliberado (ou seja, foi feito de forma consciente)! No dia do juízo final, este mesmo erro vai ser seriamente cobrado! É como Jesus diz na Sua Palavra:

"E aquele a quem muito foi dado, muito mais lhe será exigido" (Lucas 12:48)

Muito foi dado aos Estados Unidos (no caso, o conhecimento da Palavra de Deus). Só que agora muito mais vai ser exigido (a obediência à mesma Palavra). Logo, os responsáveis pelo destino moral e espiritual dos Estados Unidos fatalmente irão prestar contas da sua negligência na obediência à Palavra de Deus! O livro de Hebreus adverte sobre isso de forma muito séria:

"Pois se pecarmos voluntariamente, depois de já termos recebido o conhecimento da verdade, já não haverá mais sacrifício pelos pecados, Mas uma terrível expectativa de juízo, e ardor de fogo, que há de devorar os adversários. Quebrantando alguém a lei de Moisés, morre sem misericórdia, só pela palavra de duas ou três testemunhas. De quanto maior castigo cuidais vós será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de Deus, e tiver por profano o sangue da aliança com que foi santificado, e fizer agravo ao Espírito da graça? Porque bem conhecemos Aquele que disse: Minha é a vingança, Eu darei a recompensa, diz o Senhor. E outra vez: O Senhor julgará o Seu povo. Coisa horrível é cair nas mãos do Deus vivo" (Hebreus 10:26–31)

Tomara que os Estados Unidos "desperte" o mais rápido possível dessa sua indiferença moral antes que seja eternamente tarde demais!

P.S: Se algum de vocês (ou alguém daqui) quiser dizer alguma coisa (ou puder responder ao meu comentário), ficarei agradecido.

Janilson Carvalho disse...

Concordo com o que escrevestes, Élquisson.

Anônimo disse...

Leitor Janilson, os americanos estão sendo enganados. simples assim. da mesma forma que s liderança de hoje mentiu tempinho atrás dizendo que era contra o aborto para ganhar o poder. tudo mentira. mas a mentira não dura para sempre e a verdade surge, uma hora ou outra.
soma-se que a midia inteira estava apoiando o candidato farsante porque é anti-Deus! o esquerdismo segue o pai das mentiras e mente o tempo todo. Só Jesus prega a verdade.
fica de aviso para não acreditarem em PeVe....pois a candidata é igualmente mentirosa.

Anônimo disse...

Pastor Raimundo, esta é para voce...

O anti-Cristo vai ser revelado? Não concordo de jeito nenhum. O que pode ser mais anti-Cristo do o pr´prio satanás? Me diga??

A cultura moderna é toda baseada em principios satânicos e isso por si só é para ofender Deus. Voces estão esperando surgir um monstro que vai aparecer em praça pública e se auto denominar o anti-Cristo? Isso não vai acontecer. Porém, muitas pessoas que não acreditam em Deus...essas sim, propagam uma filosofia de vida que vai contra tudo o que Jesus nos ensinou. Isso deixaria Jesus muito triste: guerras, fome, perseguição, tirania, mentira, ganância, egoismo...tudo isso é anti-Cristo!
E a melhor forma de defendermos Jesus é pregar e FAZER o que Ele deixou como legado.

Jarbas disse...

Acho que o anônimo não entendeu nada do que o pastor Raimundo colocou no comentário dele.

Anônimo, leia novamente o texto do apóstolo Paulo que o pastor Raimundo citou. O anticristo não é Satanás: é alguém a serviço de Satanás.

Vai surgir um homem (um falso profeta de Satanás) que promoverá a paz mundial (este mesmo falso profeta é que é o anticristo).

Leia o livro de Daniel dos capítulos de 7 a 12, para entender melhor o que o apóstolo Paulo quis dizer sobre o homem do pecado. Leia também o livro de Apocalipse (do capítulo 13 em diante), que fala sobre a besta e o falso profeta (tem tudo a ver com o anticristo).