18 de outubro de 2013

Morre guerreiro pró-família Miguel Martini


Morre guerreiro pró-família Miguel Martini

Julio Severo
Faleceu na noite de quarta-feira, 16 de outubro, em Belo Horizonte, o ex-deputado federal Miguel Martini.
Martini, de 58 anos, tinha leucemia e estava internado há um mês no Hospital Luxemburgo, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. O corpo do ex-deputado foi enterrado na tarde desta quinta-feira, 17.
Miguel Martini
Ele havia sido deputado estadual em Minas Gerais por três legislaturas (1995/1999 – PSDB; 1999/2003 – PSN; 2003/2007 – PSB). Seu último cargo eletivo foi de deputado federal, pelo PHS, na legislatura 2007-2011. 
Martini se destacou na defesa da vida, na luta contra o aborto, contra o PLC 122 e presidiu a comissão especial que analisou o projeto da Ficha Limpa (que virou a Lei Complementar 135/10).
Quando em 2008 o governo Lula criou uma lei para que as operações de mudança de sexo fossem pagas pelos trabalhadores que pagam impostos, Martini barrou a lei. Ele disse: “Ora, se o SUS não tem condições de atender as mulheres durante o pré-natal, se não tem condições de fazer cirurgias, se não tem condições de atender pacientes oncológicos, como poderá fazer cirurgia para mudança de sexo, em detrimento daqueles que não têm condições de viver nem de sobreviver?!
Em 2008 também, o deputado Martini apresentou um requerimento oficial pedindo explicações do Ministro da Saúde depois de denúncias de que a campanha de vacinação contra a rubéola estava contaminada por agentes esterilizantes. As denúncias vieram primeiramente do artigo no meu blog intitulado “O que está por trás da campanha ‘Brasil Livre da Rubéola’?” e depois foram reproduzidas por agências internacionais.
Miguel Martini presidia a Associação dos Amigos do Hospital Mário Penna. O ex-deputado era natural de Colatina (ES), formou-se em história, cursou engenharia civil e se formou na carreira militar como controlador de tráfego aéreo internacional.
Martini teve uma vida religiosa muito intensa e chegou a coordenar a Renovação Carismática Católica em Minas Gerais durante cinco anos e o Programa de Evangelização 2000 em Minas Gerais. Ele fundou a Comunidade Cristã Cresap, em Belo Horizonte e foi apresentador de TV e autor de livros.
Com informações do Portal Fé em Jesus.
Leitura recomendada:

6 comentários :

Anônimo disse...

Vai deixar saudades.

Graça e paz Julio. Parabéns pelo seu excelente trabalho.

Sabe Júlio,

O que me intriga na política é que algumas pessoas se tornam verdadeiros camaleões em época de eleições. Exemplo é que aqui no Rio de Janeiro, o Politiqueiro pastor Malafaia, que tanto faz críticas a política do PT - esse mesmo cidadão - fez aliança recente com Lindbergh, com direito a usar o púlpito com pretensa "oração" pelas autoridades, mas na verdade uma forma velada de demonstrar apoio político e conquistar o apoio do seu "rebanho" à pré-candidatura do senador ao governo do estado do Rio de Janeiro.

Lamentável, a forma camaleônica e interesseira com que esse dito "pastor" travestido de ovelha se embrenha na política de acordo com seus interesses politiqueiros em 1ºlugar. Malafaia joga o jogo político, e quem dá mais vantagens a ele, leva.

Seu interesse em prosperar (diga-se: obter concessão pública nos meios de comunicação de rádio e televisão através de alianças políticas estratégicas)é tão gritante, que ele se vende facilmente e leva o seu "gado" após ele. Muitos porém não enxergam nada demais nas atitudes de Malafaia, pois o idolatram cegamente, num verdadeiro culto a personalidade, onde o "ungido" Malafaia não pode ser sequer censurado, pois afinal no "ungido" não se toca.

A igreja evangélica (tb sou evangélico) tanto criticou os católicos dizendo que eles adoram imagens de pessoas mortas, mas cometeu um erro não menos pior, o de idolatrar pessoas vivas em sua própria comunidade.

Que Deus tenha misericórdia de nós.

Irmão Marcos.

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Irmão Marcos,

Eu assino embaixo de tudo que você colocou no seu comentário. E diante do que você disse sobre o pastor Silas Malafaia, só dá pra chegar a uma única conclusão: quase todos os líderes evangélicos, de um modo geral, são oportunistas. Eles agem como verdadeiros macacos: andam pulando de galho em galho, e só ficam onde forem beneficiados de alguma forma. Em outras palavras: são verdadeiros mercenários (só fazem algo por interesse).

Lembro que Silas Malafaia disse, uma vez, que vota em pessoas (e não em partidos). Quem me garante que a pessoa pertencente a um determinado partido vai pensar (ou agir) diferente do que esse mesmo partido estabelece em suas diretrizes, estatutos ou resoluções? Só aí já vemos a primeira incoerência.

Silas Malafaia pode até ser um excelente defensor dos valores da família; mas, politicamente falando, só age por conveniência, ou melhor, só apóia quem lhe favorece de algum modo. O que podemos esperar de bom de quem age assim (somente visando os seus próprios interesses, ou os interesses de certos grupos)? E onde fica o compromisso com a obediência à Palavra de Deus (e com o Reino de Deus) ao final das contas?

Eu diria mais: o que realmente está faltando no meio do povo evangélico (inclusive certos líderes, como Silas Malafaia) é um verdadeiro compromisso com obediência total e irrestrita à Palavra de Deus, e a mesma coragem de um Elias ou um João Batista para falar, em alto e bom som (e de forma bem direta), certas verdades que muitos estão precisando ouvir!

Se Silas Malafaia seguisse à risca o que ele mesmo diz (que vota em pessoas e não em partidos), ele teria que ter uma postura bem firme para dizer com todas as letras: "Não vou apoiar pessoas que defendem o aborto. Não vou fazer campanha para pessoas que agem contra a Palavra de Deus. Não vou votar em pessoas que são a favor do homossexualismo. Não vou ser cúmplice do pecado. Não me importo em perder o meu programa de televisão. É melhor eu ficar em paz com a minha consciência do que pecar contra Deus". Eu pergunto: quantos, que se dizem servos de Deus, teriam coragem para agir assim?

Se Elias e João Batista estivessem vivos, com certeza eles estariam muito decepcionados com a atuação dos servos de Deus nos dias de hoje! E eu não quero nem imaginar o que o apóstolo Paulo (e, principalmente, Jesus) estão sentindo diante disso tudo!

Muitos que se dizem cristãos (mas que estão sendo cúmplices do pecado, ao dar apoio a certos políticos corruptos) precisam se lembrar deste aviso:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Será que muitos que se dizem servos de Deus (como Silas Malafaia) ainda estão cientes disso?

Deixo esta pergunta no ar para alguém daqui responder na primeira oportunidade!

Everaldo disse...

O presbítero Valdomiro disse tudo. Realmente, é lamentável a postura de certos líderes evangélicos (como Silas Malafaia) em termos de convicção política. Com cristãos assim, quem precisa se preocupar com os ataques do diabo?

E o pior disso tudo é que nem mesmo os políticos da bancada evangélica não são dignos da nossa confiança (e, muito menos, merecedores do nosso voto). Ao invés de combater a sujeira deste governo corrupto de Dilma (e dos demais partidos com a mesma agenda do PT), os políticos dessa mesma bancada preferem "negociar" certas questões (ao invés de manter uma postura firme em defesa da família, dos bons princípios, e da obediência à Palavra de Deus).

Um bom exemplo disso é o senador Magno Malta. Ele se diz cristão, mas foi um dos que ajudou a eleger Lula (e também fez campanha para Dilma). Como pode alguém se dizer cristão e, ao mesmo tempo, apoiar ímpios a serviço do diabo?

Eu ainda perguntaria ao nobre senador: será que ele já viu, em alguma página da Bíblia, Jesus e Satanás sendo amigos (ou Jesus fazendo acordo com Satanás)?

A Palavra de Deus diz qual deve ser a postura de um verdadeiro cristão:

"Seja, porém, a vossa palavra: Sim, sim; não, não; porque o que passar disso é de procedência maligna" (Mateus 5:37)

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou amará a um e odiará o outro, ou há de se dedicar a um e desprezar o outro" (Mateus 6:24)

"Quem não é por Mim, é contra Mim; e quem Comigo não ajunta, espalha" (Mateus 12:30)

"Não podeis beber do cálice do Senhor e do cálice dos demônios; não podeis participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios" (1 Coríntios 10:21)

"Não vos coloqueis num jugo desigual com os incrédulos. Pois, que sociedade a justiça tem com a injustiça? E que união pode haver da luz com as trevas? E que aliança há entre Cristo e o maligno? E que parte tem o fiel com o infiel? E que concordância existe do templo de Deus com os ídolos?" (2 Coríntios 6:14–16)

Será que muitos que se dizem cristãos (como o senador Magno Malta) ainda estão lembrados disso?

Anônimo disse...



O blog ficaria mais interessante em termos de conteúdo se os artigos falassem coisas sobre o Brasil. Garanto que tem muito assunto nesse sentido. Mas quase 80 porcento das notícias são do exterior, não dá gosto ler.

Fica a sugestão.

Anônimo disse...

Conselho aos frequentadores por favor gente vamos comentar o que sai nas notícias NÃO vamos fugir deles OK!!!!!
Vamos enriquecer com nossos comentários:
honestos, sinceros, justos, vamos contribuir para blog do nosso irmão julio com tanto trabalho digno que ele faz para alertas famílias e sociedade geral.
-----------------------------------
Parabéns Severo mais uma vez só aumenta a minha admiração por ti sua atitude mostra todos os dias e vê que tú és justo irmão de anunciar aqui o falecimento de um pró vida ativo católico porque uma coisa podem ter certeza.

Eu os amo posso falar por mim a todos irmãos católicos até porque aí daquele que não ama o seu próximo é fingido e mentiroso não há verdade em sua vida.

Bonito uma singela homenagem em seu blog a memória do Sr.Miguel martini minhas sinceras condolências a sua família.

Ester!!!




Eliel disse...

Amada irmã Ester,

Da mesma forma que você, eu também dou as minhas sinceras condolências aos familiares do deputado Miguel Martini. Neste exato momento, eles precisam de toda oração (e de todo o melhor apoio) que pudermos dar.

Aproveito para deixar aqui alguns versículos para os familiares do deputado Miguel Martini:

"No mundo tereis aflições; mas tende bom ânimo, porque Eu venci o mundo" (João 16:33)

"Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em Mim, ainda que esteja morto, viverá; E todo aquele que vive, e crê em Mim, nunca morrerá" (João 11:25–26)

"Bem–aventurados os que choram, porque eles serão consolados" (Mateus 5:4)