1 de agosto de 2013

Luto no Brasil: Dilma sanciona lei de aborto


Luto no Brasil: Dilma sanciona lei de aborto

Julio Severo
A presidente Dilma Rousseff acabou de sancionar uma lei que protege vítimas de violência sexual. A lei foi aprovada sorrateiramente no Congresso Nacional recentemente. Não há problema em leis protegendo tais vítimas. Mas, de acordo com essa lei, qualquer mulher pode obter um aborto alegando violência, e não há nenhuma necessidade de evidência médica e legal.
Dilma Rousseff
O anúncio hoje (1 de agosto de 2013) da sanção presidencial foi feito pela ministra Eleonora Menicucci, que explicou que as mulheres brasileiras sofrem um estupro a cada 12 segundos e que a nova lei, PLC 03/2013, será uma solução para a difícil situação delas.
Mas a nova lei ajuda mais o aborto do que as vítimas de violência sexual.
Tanto Rousseff quanto Menicucci foram ativistas do aborto por vários anos. Ambas eram membros de um violento grupo revolucionário comunista nas décadas de 1960 e 1970. Ambas foram presas na mesma instituição militar por terrorismo.
Eleonora Menicucci
Após a liberação delas, eles começaram a fazer campanhas pelo aborto. Menicucci se gabou de que fez dois abortos, ainda que seja contra a lei no Brasil. Ela disse que foi treinada a realizar abortos na Colômbia em 1995.
A nova lei de aborto não solucionará a crise de estupros em massa no Brasil. A impunidade está desenfreada na sociedade brasileira. Os assassinos e os estupradores ficam impunes. Mas as pró-aborto Rousseff e Menicucci asseguraram que os bebês em gestação não ficarão impunes.
A nova lei tem um jeito amplo de definir “violência sexual.” De acordo com a Dra. Damares Alves, assessora pró-vida no Congresso Nacional, a lei diz que “violência sexual é qualquer relação sexual não consentida” em seu artigo 2. A Dra. Damares disse que se uma esposa for a um hospital e disser que engravidou do marido por sexo não consensual, ela está qualificada para a condição de vítima de violência sexual.
Em sua entrevista para Julio Severo, a Dra. Damares disse que hospitais particulares, católicos e protestantes estarão sob obrigação de se submeter à nova lei e oferecer abortos para mulheres que afirmarem terem engravidado, mediante sexo não consensual, de seus maridos, amantes, namorados, etc.
Antes de sua eleição para a presidência do Brasil em 2010, Dilma havia assinado um termo de compromisso com os líderes evangélicos de não aprovar leis de aborto. Ela não manteve sua palavra socialista.
Até a recente visita do papa e vários líderes evangélicos a Dilma não foi o suficiente para fazê-la mudar de ideia, ainda que eles nunca tivessem mencionado aborto e matança de crianças para ela.
A nova lei é um truque malicioso para abortistas, socialistas, feministas e mulheres sob o feitiço deles. É mais uma mentira para encobrir a violência generalizada no Brasil. Ao número enorme de assassinatos e estupros, o Brasil terá agora matanças de bebês.
O derramamento de sangue era uma marca importante no grupo revolucionário onde Rousseff e Menicucci eram membros. O derramamento de sangue é agora sua marca política.
Algumas pessoas dizem que os socialistas não comem crianças. Você realmente acredita que as leis malignas deles não fazem isso?
Leitura recomendada:

41 comentários :

Missionário Fábio Charles disse...

Faço das suas palavras o meu comentário:
A nova lei de aborto não solucionará a crise de estupros em massa no Brasil. A impunidade está desenfreada na sociedade brasileira. Os assassinos e os estupradores ficam impunes. Mas as pró-aborto Rousseff e Menicucci asseguraram que os bebês em gestação não ficarão impunes.

AONDE VAMOS PARAR COM TANTA LOUCURA E ATROCIDADES. O FIM VEM, JÁ ESTÁ ÀS PORTAS!!!

Eliel disse...

Não sei se o que eu vou dizer seria muito apropriado para o assunto deste artigo, mas vou dizer exatamente o que eu penso (e gostaria que todos daqui se manifestassem).

Ao invés de defenderem a vida, o governo de Dilma e seus comparsas terroristas simplesmente acabaram de oficializar a cultura da morte em nossa nação. Parece que, para este mesmo governo, foi banido o mandamento pró-vida da lei de Deus: "Não matarás" (Êxodo 20:13).

Não sei se seria exagero da minha parte, mas este governo do PT age igual ou pior que o pessoal da Al Qaeda!

Imagino o quanto Satanás e os demônios estão comemorando no inferno a cada idéia anti-vida e anti-cristã que é elaborada por este governo podre e corrompido! E imagino o quanto Jesus deve estar muito triste lá no Céu diante de tudo o que está acontecendo na nossa nação!

Diz um ditado popular que "quando o gato não está em casa, o rato cria asa". Enquanto os que se dizem servos de Deus (que é o caso de muitos dos políticos da bancada evangélica) estão dormindo, o diabo e os demônios estão muito bem acordados (e estão atacando impiedosamente a tudo e a todos)!

Parece que esses mesmos políticos estão esquecidos do que a Bíblia diz sobre isso:

"Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela" (Salmo 127:1)

"Sede sóbrios e vigiai; pois o diabo, vosso adversário, anda em derredor, rugindo como leão, buscando a quem possa devorar" (1 Pedro 5:8)

Não é exatamente esta é conscientização que falta para os que se dizem cristãos (principalmente os políticos da nossa bancada evangélica)?

Deixo esta pergunta no ar para alguém daqui responder na primeira oportunidade!

Ezequiel disse...

Isso é uma desgraça.......

ELISEU disse...

O comentário do Eliel foi perfeito. Realmente, estamos sendo governados por terroristas (que o diga o passado de Dilma e da ministra Eleonora "Pró–aborto" Menicucci).

E a comparação que o Eliel faz do PT com a Al Qaeda não é nenhum exagero. Talvez a única diferença entre ambos é que a Al Qaeda é um grupo terrorista que não tem (por enquanto) o poder político nas mãos, mas que, mesmo assim, ainda faz atentados terroristas em vários lugares do mundo (como foi o caso do 11 de setembro).

Já o PT é a versão brasileira da Al Qaeda (até porque tem poder para fazer tudo). Todas as políticas promovidas pelo PT são típicas de grupos terroristas (só essa postura pró–aborto já diz tudo).

Sinceramente, eu não vejo a hora de extirparmos de uma vez por todas este câncer maligno chamado PT do nosso governo. Aliás, a própria sigla (PT) já diz o que ele realmente é:

PT = Partido Terrorista

E digo mais: não basta tirar somente o PT do poder. Embora o PT seja o carro–chefe de toda essa sujeira, tem que tirar também o PSOL (do deputado homossexual Jean Wyllys), PV (do deputado pró–homossexualismo e pró–maconha Fernando Gabeira), PC do B, enfim, todos os demais partidos que possuem a mesma agenda do PT.

Da mesma forma que Jesus expulsou os vendilhões do templo (João 2:14–16), está na hora de expulsarmos esses terroristas do nosso governo!

NÃO VAMOS ENTREGAR O NOSSO PAÍS A SATANÁS E AOS DEMÔNIOS!

O BRASIL PERTENCE AO SENHOR JESUS CRISTO, REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES PARA TODO O SEMPRE!

P.S: Se alguém daqui quiser se manifestar, esteja à vontade

Trindade disse...

Olá Júlio;
Eu admiro a luta de quem ainda acredita na vitória, mas eu pessoalmente não acredito, pois eu creio que Deus fará o impossível para nós, mas o que nos é possível ele não fará; Diante disso eu pergunto: Os cristãos que votaram em candidatos do PT, PSDB, PCdoB, PSOL, PSTU, PCO, PDT, PSB queriam o que? Qual a surpresa?
Lembrem-se TODO políticos eleito foi eleito por votos, não tem nenhum candidato nomeado por um rei ou ditador.
Então só devemos acreditar que cristãos que elegeram o governo que temos também são cúmplices e prestaram um grande culto ao deus Moloque, que a essa hora já contabiliza o aumento de almas inocentes clamando por justiça pelo seu sangue inocente derramado.
Parabéns liderança cristã brasileira e os cristãos progressistas, vocês conseguiram, vocês estão de parabéns, não esqueçam em 2014 vocês tem que fechar o caixão com chave de ouro e sair apoiando mais uma eleição de um esquerdista, pois afinal já despontam possíveis candidatos como Lula, Aécio Neves, Marina Silva, Eduardo Campos e a própria Dilma, não por acaso o Bispo Rodovalho já fez um vídeo apoiando o PLC 234, afinal é bom ser “progressista” pois rende votos entre essa maioria de cristãos de fachada que ignoram a Palavra de Deus.

Enia disse...

Julio,

Você acha que a história de substituir o termo "profilaxia na gravidez" por "medicação com eficiência precoce para prevenir gravidez resultante de estupro" e "qualquer forma de atividade sexual não consentida" por "todas as formas de estupro, sem prejuízo de outras condutas previstas em legislação específica" vai amenizar o terror dessa lei? Ou é só uma jogada de Dilma para ludibriar a bancada religiosa? Gostaria muito de saber o que você pensa. Deus te abençoe

Ênia

Anônimo disse...

O interessante da notícia é que havia um "compromisso" assinado com os líderes evangélicos de não aprovar leis de aborto. E eles ainda acreditam em compromissos assinados com representantes do diabo aqui na Terra.

Dirceu disse...

Enia, acho que há má pegadinha no termo "sem prejuízo de outras condutas previstas em legislação específica". Não conheço a legislação especifica, mas o intuito do Governo é sempre obscuro...

Anônimo disse...

Com a sanção presidencial do PLC 03/2013 bastará apenas a DECLARAÇÃO de uma mulher de que sua gravidez resultou de uma relação "não consentida" para que o médico seja OBRIGADO a praticar o aborto.
Acabou a necessidade de Boletim de Ocorrência, exame de corpo de delito.

Uma mulher grávida brigou com o pai da criança e se arrependeu da gravidez? Ela terá toda uma avenida de facilidades para abortar.
Aborto foi legalizado no Brasil... e que Deus tenha piedade de nós.

Eduardo

Anônimo disse...

Os PeTralhas, comunsitas e ateus sao exatamente isso, foi pra isso que foram criados, estao cumprindo seu papel , e estao no lugar certo e com os seus propositos e objetivos sendo alcancados. Nao se engamen com isso

O Lastimavel e lamentavel irmao Julio, e que ainda ha pastores, lideres e cristaos que apoiam, votam e fazem alianca com esses ateus e comunsitas dos PeTralhas.

Pastor Caleb.

ÉLQUISSON disse...

Respondendo ao Trindade,

No episódio da tentação no deserto, o diabo, ousadamente, ofereceu todos os reinos do mundo (e suas riquezas) a Jesus, dizendo: "Tudo isto eu Te darei, se, prostrado, me adorares" (Mateus 4:9). Mas Jesus rebateu com firmeza a todas as investidas do diabo ao dizer: "Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e somente a Ele servirás" (Mateus 4:10)

O que esse relato bíblico tem a ver com o fato de muitos que se dizem cristãos estarem votando no PT (e também em outros partidos com a mesma agenda política)?

Tudo a ver!

Vejamos:

O Estado marxista–comunista–esquerdista–socialista (aqui representado pelo governo corrupto de Dilma) age exatamente igual ao diabo quando propõe ao povo: "Tudo isto (saúde, moradia, educação, empregos, segurança, e outros benefícios) eu te darei se você eleger os meus representantes (do PT e de outros partidos com a mesma agenda política), e deixar que, através deles, somente eu (e não Deus) atenda a todas as suas necessidades"

Considerando que o povo que não tem conscientização política vota mais com a barriga do que com a cabeça, a maioria não resiste a essa tentação (principalmente quando o Bolsa–Família ou outro assistencialismo eleitoreiro é oferecido)!

A mesma coisa acontece quando esse mesmo Estado diz aos políticos da bancada evangélica: "Tudo isto (cargos com altos salários, concessões de emissoras de rádio e canais de televisão, e mil e uma mordomias) eu te darei se você permitir que eu aprove as minhas políticas (a favor do aborto, do homossexualismo, da perseguição aos cristãos, da destruição das famílias, e de todos os bons princípios) e não faça (e nem diga) nada contra o meu governo"

Considerando que muitos desses mesmos políticos estão se vendendo (ou sendo facilmente influenciados) por qualquer coisa, a maioria aceita sem questionar (ainda mais quando vê muito dinheiro à sua frente)!

Infelizmente, esta é a verdade nua e crua que acontece nos bastidores (e que a mídia corrupta nunca mostra)!

Para tentarmos mudar este quadro, temos que saber usar a arma de que dispomos: o voto. Por que eu digo isso? Porque existem coisas que somos nós que resolvemos (não é Deus). No caso, trata-se de saber votar. Não podemos pedir a Deus para resolver um problema (como este do voto) que nós mesmos podemos resolver.

Por que a questão do voto não pode ser resolvida por Deus? Por uma razão muito simples: um anjo não possui título eleitoral. Um anjo não vai descer do Céu para escolher o nosso candidato. Somos nós mesmos que vamos fazer isso.

Uma coisa, porém, é certa (e inevitável): temos que assumir as conseqüências das escolhas que fizermos. Se votarmos errado, nós mesmos seremos culpados! Depois, ninguém venha querer fazer campanha de oração para que Deus tire do poder um político corrupto que nós mesmos elegemos!

Aproveito para dar mais algumas sugestões:

– O povo tem que ser suficientemente esclarecido através dos verdadeiros servos de Deus para não se deixar manipular por nenhum órgão informativo "oficial" (leia-se Rede Globo);

– Orar a Deus, pedindo discernimento na hora de votar (para não ser enganado pelos muitos lobos em pele de cordeiro que sempre aparecem em todas as campanhas eleitorais);

– Cobrar de quem for eleito que cumpra as promessas feitas durante a campanha;

– Mobilizar o povo para protestar todas as vezes que for necessário.

Não estou dizendo que isso vai acabar de uma vez com a sujeira da nossa política, mas já é o primeiro passo para uma conscientização política das igrejas (e também do povo em geral). Isso para que o governo saiba que nem todo mundo pode ser facilmente manipulado.

Espero que estas sugestões sejam analisadas e divulgadas a todos, para termos pessoas esclarecidas o suficiente em termos de conscientização política.

P.S: Se alguém daqui quiser se manifestar, esteja à vontade

Anônimo disse...

Haverá sangue inocente nas mãos do papa Francisco,no minimo ele foi omisso. Tenho certeza que uma postura firme dele mudaria esta historia.

Reginaldo

Anônimo disse...

Caro Julio,
Nossa levei um susto, achei que a Dilma tinha morrido!
Com certeza o Papa foi omisso e de certa forma essa omissão dele era o aval que precisavam para sancionar o infanticídio!
Essa Dilma devia ir descansar onde os vampiros gostam de dormir e lá permanecer para sempre!
E o clero também não fala nada, fingem que não é com eles?
Deplorável.
Abraço,
Valéria

Nil disse...

Trindade está super certo quando disse : "Os cristãos que votaram em candidatos do PT, PSDB, PCdoB, PSOL, PSTU, PCO, PDT, PSB queriam o que? Qual a surpresa?"

Agora não adianta malhar e por a culpa na bancada evangélica. Pois a bancada evangélica é uma minoria simples. Acho que menos de 10 por cento dos deputados. E não tem número suficiente para barrar nada no Congresso. Exceto se o a votação for decidida por uma muito pequena margem.
Mas ! Os deputados esquerdistas do PT, PSDB, PCdoB, PSOL, PSTU, PCO, PDT, PSB e outros partidos são muitíssimos superiores em número. Infelizmente como disse Trindade os cristãos progressitas engordarão com seus votos o número do outro lado.

Querer que a bancada evangélica vença a bancada esquerdista é como querer que um time de futebol da terceira divisão jogue e vença os melhores times do mundo;como Barcelona,Real Madrid,Milan.....
Inteiramente fora de cogitação,o "rolo compressor" esquerdistas pode passar por cima da bancada evangélica quantas vezes quiser.
Marco Feliciano indignado disse essas palavras: ""aqui um animal vale mais que um ser humano""
http://holofote.net/pastor-marco-feliciano-critica-a-presidente-dilma-por-sancionar-lei-que-pode-autorizar-o-aborto-aqui-um-animal-vale-mais-que-um-ser-humano/

Mas ! Ele também disse algo diferente muitíssimo certo: "Se eu pudesse convocar todos os q são contra o aborto a fazer uma manifestação pacifica, mas não tenho esse poder, afinal sou o Feliciano. – completou."

Está correto só que podemos fazer é encher as ruas com multidões protestando contra a aprovação do Aborto. Só isto pode fazer o Congresso e Dilma voltar atrás. Não tem outro caminho.
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
Parece que não é só no Brasil que o Congresso e presidente arrogantemente ignora o povo e faz as coisas de acordo com sua vontade e ideologia.

Veja o caso do Uruguai.
http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/uruguai-rompe-tabu-e-debate-legalizacao-da-maconha

Alejandro De Fez disse...

a nazi progre comunista ya la metió clavada al papon paco1... toudo se concreta FINAL.

jacir disse...

EU ESCREVI AQUI UMA VEZ E VOU REPETIR,É BIBLICO,ESTA ESCRITO;"QUE COMUNHÂO A DA LUZ COM AS TREVAS? DO CRENTE COM O INCREDULO?".QUEM SE DIZ CRISTÂO SEJA CATOLICO OU EVANGELICO E VOTA EM PARTIDOS COM IDEOLOGIA COMUNISTA É NO MINIMO INSENSATO.PARTIDOS DE ESQUERDA SEGUEM A CARTILHA DE MARX QUE NEGA VEEMENTEMENTE A EXISTENCIA DE DEUS. SOU AFAVOR DE UMA INTERVENÇÂO E CRIAÇÂO DE UMA JUNTA CIVIL -MILITAR(FORÇAS ARMADAS-MINISTERIO PUBLICO),ME DIGAM EM QUE ÉPOCA DO REGIME MILITAR SEUS DIREITOS FORAM CERCEADOS? DITADURA ESTAMOS VIVENCIANDO AGORA,O PT NÂO INVENTOU A CORRUPÇÂO,MAS TORNOU ELA UMA PRATICA AO INVÉS DE COMBATELA. QUEM VOTOU E VOTA EM COMUNISTA NÂO É VITIMA,É CUMPLICE! MILHARES DE CRIANÇAS SERÂO ASSASSINADAS,NÂO COM MEU VOTO.

Nielson disse...

Escrevo este texto com lágrimas nos olhos, porque infelizmente perdemos uma batalha. Não que tenhamos sido pegos de surpresa, pois quem tem um mínimo de conhecimento bíblico e político sabia que isto ia acontecer, acreditar que a guerrilheira Dilma iria cumprir uma promessa de campanha em desacordo com suas filosofias e com o plano do governo socialista mundial. Não podemos nos esquecer também que a dita cuja sancionou esta lei sem o menor temor, pois todos sabemos que ela não acredita em Deus. Cada vez mais temos que fazer como Josué nos ensinou no capítulo 24 versículo 15: "Vocês escolham hoje a quem servirão, eu e minha família serviremos ao Senhor." Porque se formos fazer o que as leis modernas nos permitem e até incentivam, estaremos ferindo profundamente o coração de Deus. Deus tenha misericórdia de nosso país.

Diácono Elias (Igreja Batista Nova Jerusalém) disse...

Respondendo ao Trindade, ao Élquisson, e ao Nil,

Não só eu assino embaixo de tudo o que vocês colocaram nos seus comentários, como eu ainda acrescentaria o seguinte: se todos os eleitores do Brasil (inclusive os cristãos) tivessem orado e pedido discernimento a Deus antes de votar, não teríamos no poder um governo pró–homossexualismo, pró–aborto, anti–família e anti–cristão. E nem elegeríamos uma bancada que se diz evangélica, mas que não tem tido nenhum compromisso verdadeiro com a obediência à Palavra de Deus (além de ser omissa no combate ao pecado e conivente com o mesmo governo)!

Creio que o problema está não somente em muitos dos políticos que se dizem cristãos (como os da bancada evangélica), mas também de alguns cristãos eleitores que os colocam lá. Alguns desses mesmos eleitores votam somente por votar, influenciados por alguém (tipo: "Vou votar no irmão da minha igreja, pois foi o pastor quem pediu"), ou sem saber quem realmente é o candidato, que ideais defende, quais compromissos tem, quais interesses visa, enfim, o que realmente fará ao ser eleito.

Daí, surgem certos "políticos cristãos" que estão mais preocupados em cuidar de seus negócios particulares (ou dos negócios de suas igrejas) do que em ter um compromisso sério com a obediência à Palavra de Deus e com questões que afetam a sociedade como um todo (especialmente a maioria cristã).

Portanto, é necessário que todos (não só o povo, mas também as igrejas) sejam politicamente conscientizados sobre a responsabilidade do voto. Se em toda eleição colocarmos ímpios no poder, estaremos dando carta branca para que o diabo e os demônios ataquem a tudo e a todos (além de promoverem a destruição dos valores morais, familiares, e dos princípios cristãos). Em suma: o que não podemos fazer é perpetuar este ciclo vicioso, ou melhor, não podemos continuar alimentando essa política imoral e anti–cristã que já tomou conta do Brasil. Aliás, não só o cenário político, mas, infelizmente, até algumas igrejas evangélicas estão infestadas de falsos cristãos gananciosos e vaidosos que só usam o nome de Deus para seus próprios interesses (ou para suas próprias conveniências).

Que este alerta seja amplamente divulgado a todos, para que todos saibam o quanto o voto é importante para decidir o futuro de um país.

Um grande abraço a todos,

Diácono Elias (Igreja Batista Nova Jerusalém)

ELISEU disse...

Pegando carona no que o diácono Elias disse sobre a responsabilidade do voto (e considerando os comentários do Trindade, do Élquisson, e do Nil), eu penso o seguinte: se quisermos realmente mudar o Brasil em 2014, a conscientização tem que começar a partir de agora! Não podemos mais fugir dessa obrigação que nós temos o dever de assumir!

Todos os eleitores (principalmente os cristãos) deveriam investigar a vida pregressa dos candidatos (seja de que partido eles forem), procurar saber o que dizem os estatutos dos partidos aos quais esses mesmos candidatos estão filiados, como eles votam, como atuam no Congresso Nacional, quais ideais defendem, enfim, procurar se informar (e também esclarecer a todos), para que ninguém se deixe enganar pelos muitos lobos em pele de cordeiro que sempre aparecem em todas as eleições.

Lembro que tinha um vizinho meu que matava e morria pelo PT e pela esquerda. E era também um defensor ferrenho dos socialistas: Marx, Lênin, Stálin, Fidel Castro, Che Guevara (e outros). E não admitia que ninguém falasse mal deles!

Mas bastou eu mostrar alguns vídeos da TV Câmara e da TV Senado (e também alguns artigos e algumas reportagens) mostrando o verdadeiro caráter dos esquerdistas para que esse mesmo vizinho "acordasse". Quando ele finalmente viu a verdade sem nenhum disfarce, ele ficou tão horrorizado que confessou: "Eu não sabia que esse pessoal esquerdista agia assim nos bastidores!".

Num primeiro momento, ele custou a acreditar no que estava vendo. Mas, como se diz popularmente, "contra fatos, não há argumentos". Ele, finalmente, teve que admitir que tinha sido enganado durante todo esse tempo. Aí eu aproveitei a deixa e disse a ele: "Jesus disse claramente que o diabo é o pai da mentira (João 8:44). Os esquerdistas agem da mesma forma (exatamente igual ao diabo): fazem mil e uma promessas mentirosas para se elegerem. É somente através da mentira que a esquerda consegue estar no poder (para depois mostrar a sua verdadeira face). Se não fosse pela mentira, os políticos do PT (e de outros partidos com a mesma agenda) jamais seriam eleitos".

Diz um ditado popular que "quem vê cara, não vê coração", não é verdade? Quantas promessas de muitos esquerdistas são feitas na nossa frente com um sorriso (mas com as intenções mais perversas escondidas por trás desse mesmo sorriso)?

Por isso é que o governo não tem nenhum interesse que o povo tenha conscientização política. É lógico: quanto mais ignorante for o povo, mais esse mesmo povo é facilmente manipulado (até porque a maioria vota mais com a barriga do que com a cabeça em toda eleição). Em outras palavras: o povo politicamente ignorante se torna uma massa de manobra facilmente manipulável nas mãos de quem está no poder. Em virtude disso, não é nenhuma surpresa estarmos sendo governado por uma cambada de corruptos.

Tendo um governo totalmente pró–homossexualismo, pró–aborto, anti–família e anti–cristão comandando os rumos do nosso país, que futuro teremos (ou melhor, qual será o futuro das próximas gerações)?

Deixo esta pergunta no ar para alguém daqui responder na primeira oportunidade!

Marcio GIL DE ALMEIDA disse...

Como poderia acreditar que ela não sancionaria? Ela sempre foi a favor do aborto. E muitos evangélico que votaram nela, inclusive lideranças evangélicas, se enganaram e engaram o povo evangélico.

Anônimo disse...

Só pra lembrar que esta lei foi aprovada por unanimidade pelo Congresso e pelo Senado..
Ou seja, todo mundo aprovou, inclusive os integrantes da bancada católica e a evangelica ...

guiomar disse...

Presidente é bom que saiba que assinou um decreto dando todo apoio às mulheres a matar todas as crianças com ou sem estúpro não deveria ter feito isso, o que será das crianças agora? Se antes dessa lei elas já matavan e agora vão fazer muito mais. Deveria era proteger as mulheres e não dar uma carta de direito a matar suas crianças.

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Respondendo ao Márcio Gil de Almeida e à Guiomar,

A Palavra de Deus diz com todas as letras:

"Porventura, pode vir de uma mesma fonte água doce e salgada?" (Tiago 3:11)

Esse texto bíblico se encaixa perfeitamente com a imagem da nossa política. É impossível acreditar que possa surgir algo de bom em um meio tão podre e tão sujo (como o nosso governo).

Infelizmente, muitos políticos (inclusive os da bancada evangélica) fazem jogo duplo: criticam o governo, e, ao mesmo tempo, dão apoio ao mesmo governo.

Eu pergunto: como podem esses que se dizem cristãos apoiar corruptos a serviço do diabo? Será que algum deles já viu, em alguma página da Bíblia, Jesus e Satanás sendo amigos (ou Jesus fazendo acordo com Satanás)?

Talvez esses mesmos políticos estejam esquecidos de qual deve ser a postura de um verdadeiro cristão:

"Não vos coloqueis num jugo desigual com os incrédulos. Pois, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que união pode haver da luz com as trevas? E que aliança há entre Cristo e o maligno? E que parte tem o fiel com o infiel? E que concordância existe do templo de Deus com os ídolos?" (2 Coríntios 6:14–16)

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou amará a um e odiará o outro, ou há de se dedicar a um e desprezar o outro" (Mateus 6:24)

Não há o que discutir: ou você serve a Deus, ou você serve ao diabo (não existe meio–termo)!

E esses mesmos políticos precisam estar cientes de que o julgamento começará pelos que se dizem cristãos:

"Pois já é tempo de se começar o julgamento pela casa de Deus; e se começa primeiro por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus? E se somente o justo se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?" (1 Pedro 4:17–18)

Será que muitos que se dizem cristãos ainda estão lembrados disso?

Se Elias e João Batista estivessem vivos, com certeza eles estariam tristes e com muita vergonha da atuação dos servos de Deus nos dias de hoje! E eu não quero nem imaginar o que o apóstolo Paulo (e, principalmente, Jesus) estão sentindo diante disso tudo!

Quando Jesus voltar, a Sua igreja terá que se apresentar a Ele com as vestes limpas (isto é, sem a mancha do pecado). É como disse o apóstolo Paulo:

"Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela Palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível" (Efésios 5:26–27)

Para esses políticos que se dizem cristãos (mas que, às escondidas, dão apoio a ímpios a serviço do diabo), Jesus dá uma advertência muito direta e muito séria. Gostaria que todos prestassem bastante atenção a estas palavras de Jesus, as quais eu fiz questão de transcrever em caixa alta (para chamar a atenção de todos):

"NEM TODO AQUELE QUE DIZ: SENHOR! SENHOR! ENTRARÁ NO REINO DOS CÉUS, MAS SOMENTE AQUELE QUE FAZ A VONTADE DO MEU PAI QUE ESTÁ NOS CÉUS. MUITOS, NAQUELE DIA, HÃO DE ME DIZER: SENHOR, NÃO PROFETIZAMOS EM TEU NOME? E NÃO EXPULSAMOS DEMÔNIOS EM TEU NOME? E NÃO FIZEMOS OBRAS GRANDIOSAS EM TEU NOME? PORÉM, EU VOS CONFESSAREI: NUNCA VOS CONHECI. APARTAI-VOS DE MIM, VÓS QUE PRATICAIS A INIQÜIDADE" (MATEUS 7:21–23)

Só sei de uma coisa: quando Jesus voltar, toda essa sujeira vai ter fim! E muitos que se dizem cristãos (mas que fazem jogo duplo, querendo agradar a Deus e ao diabo) vão ter que prestar contas a Jesus! Eu não quero estar na pele deles neste mesmo dia!

Para finalizar minha mensagem, deixo este versículo para a reflexão de todos:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Lucio Garcez disse...

Sobre a aprovação do aborto neste dia trágico para o Brasil, recomendo a leitura de:

Mais um dia de luto na História do Brasil: 1º de agosto de 2013

http://blogdafamiliacatolica.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Se, pelo o que eu entendi, a lei determina que uma mulher pode fazer apenas uma declaração alegando que sua gravidez é fruto de um suposto estupro, e que o médico deverá ser obrigado a abortar, é o mais baixo o duro golpe que eu já vi em termos de legislação civil. Nenhum governo ou entidade regulamentadora deve se impor sobre julgo de consciência dos médicos. Esta lei, além de ser demagógica e imoral, também é totalitária e fascista.

Anônimo disse...

Pessoal, o meu comentário pode estar fora do assunto e ser polêmico. Nossos legisladores e juristas, ao invés de debater sobre legalização do aborto, por que não debatem sobre a liberação total da vasectomia e da laqueadura? Pelo que conheço, existe muita burocracia que dificulta a realização destes procedimentos. É muito melhor a pessoa fazer sua esterilização do que ter que exigir aborto no futuro. Se uma feminista maluca não quiser ter filhos é só fazer laqueadura e pronto, e deixa de encher o saco (desculpem-me a expressão).

Antonio Alfredo S de Macedo disse...

Reginaldo e Valeria, apesar de concordar em que o Papa deveria ter falado da Dilma sobre o aborto, acho que o sangue que corre das mãos não são a do Papa, mas dos Evangélicos e Católico, Ateus e Espíritas, como Eu e Vocês e muitos outros, ou ainda melhor de todos que votaram e apoiaram o PT desde 2002, em todas as esferas políticas.
Por a culpa em alguém que nem aqui vota ou faça parte deste estado. O vaticano não tem força sobre o estado Brasileiro, pois não tem nem como por sansões econômicos para por pressão sobre o nosso governo, ao contrario das duas maiores nações evangélicas como USA e Grã-Bretanha.

E mais bonito assumir que a culpa e nossa, que este sangue é que por a culpa nos outros.
Hoje mesmo aos pés de minha cama e na missa no domingo, rogarei a meu amado Deus Pai ao nosso senhor Jesus Cristo e a Virgem Maria, por perdão e misericórdia por mais este pecado.

Mas ele assim como muitos pastores e padres fieis a Deus, estão fazendo mais diferença no combate a este e outros pecados mais que as bancadas Evangélicas que é a maioria e Católica que mesmo pequena tem sua responsabilidade.
Como exemplo do que faz o irmão Julio, o Papa Francisco e outros que amam a Deus, Eu me empenharei a levar ao jovens a consciência de que estes pecados são mortais a alma deles.
Acredito que este será o nosso papel daqui por diante, para combater o pecado, mas não ateremos êxito se ficarmos, nesta picuinha, alias que é próprio de quem só diz que ama a Deus e aos mandamentos do senhor Jesus Cristo.

Tentar jogar a culpa no Papa Francisco e uma forma de tirar o corpo fora da responsabilidade, todos que agem da forma, fala muito e agem pouco. Quem faz isso esta a um passa para questionar a Deus também e cometer outro pecado mortal que é a heresia.

Conheça a militância do papa desde que era bispo em Roma sobre o Casamento Gay, Aborto, Divorcio e outro assuntos, antes de falar e julga-las. Comece por este link ok.
http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2013/03/13/novo-papa-sofreu-duras-criticas-de-cristina-kirchner-apos-campanha-contra-casamento-gay.htm

Mas pode esperar que em 2014 e tenho certeza que a maioria dos evangélicos, espíritas e ateus, assim como muitos católicos que vivem no pecado, irá apoiar o PT assim como foi no passado, Mas digo com certeza que o Papa Francisco nem quando na Argentina votou nos Kirchner que são farinha do mesmo saco que o PT e se fosse brasileiro tenho certeza que não votaria e nem apoiaria estes filhos de satanás.

De minha parte eu pagarei a multa e ficarei em casa com minha esposa, em uma bela refeição assim como fiz para prefeito, já que não havia candidato com Deus no coração.
Minhas filhas anularam, pois tem que votar por imposição da lei, se quiser ter um cargo publico.

E me empenharei a levar ao jovens a consciência de que estes pecados são mortais a alma deles e acredito firmemente que este e a nossa missão daqui para frente.
Podem fazer o que quiser, eles vão continuar a criar o reino de satã.
O livre arbítrio nos foi dado, mas só podemos fazer uma escolha saiba se dermos as pessoas o conhecimento da existência de Deus e de Cristo com alternativa de vida.

guiomar disse...

umfelismente já foi feito o que eu mais temia, Ela acabou de dar a todas as adolescentes todo o direito de matar crianças indefesas e não podemos fazer nada, mais mesmo assim eu n~çao vou parar de escrever sobre o aborto esse crime que a Presidente colocou nas mãos das mulheres e dos abortistas.

Ex-católico disse...

Antonio, entendo sua preocupaçao. Claro que todos os católicos e evangélicos que votaram na Dilma Rousseff têm culpa igual. Mas tentar isentar o papa não faz sentido. Mesmo quando não havia nenhuma ameaça iminente de aprovação do aborto, os papas anteriores visitavam o Brasil e deixavam claro o ensino da Igreja com relação ao aborto e outras questões da vida. Se uma lei de aborto estivesse para ser aprovada no Brasil, é certo que eles falariam. Inútil é produzir uma encíclica intitulada Evangelho da Vida se não há disposição de colocá-la em prática no momento mais necessário. A mensagem da vida deve ser proclamada em todos os momentos, quanto mais no momento da crise. Não é certo, evidentemente, jogar toda a culpa no papa. Mas ele tem uma imensa assessoria quando visita uma país, exatamente para lhe dar condições de falar algo sobre a necessidade daquele momento. Houve falha na assessoria dele, que por coincidência era a esquerdista CNBB? A entrevista dele no avião, que Júlio postou antes no blog dele, indica que ele já sabia, mas respondeu que o ensino da igreja proclamado anteriormente era suficiente. SE é para agir assim, seria melhor ressuscitar o Papa João Paulo II para fazer a obra que o atual não consegue fazer.

Tobias disse...

Respondendo ao Ex–católico,

Amado irmão (se você me permite chamá-lo assim), eu diria o seguinte: se o Papa alegou que somente o ensinamento da igreja é o suficiente, ele, de certa forma, se omitiu da responsabilidade de defender com firmeza este mesmo ensinamento diante de Dilma.

De que adianta alguém apenas conhecer (ou ter) uma determinada convicção (ou um ponto de vista já definido sobre um determinado princípio) e não se manifestar a seu favor?

Pecar por omissão, quando se deveria protestar, transforma homens e mulheres de bem em covardes. O Papa perdeu uma oportunidade de ouro para dizer com todas as letras: "Presidente Dilma, eu, na qualidade de líder máximo da Igreja Católica, sou contra o aborto!"

Infelizmente, não foi só o Papa que não disse uma palavra. As cantoras gospel também se mantiveram caladas diante de Dilma. Por qual motivo?

Sinceramente, se um líder de uma igreja que se diz cristão é frouxo na hora de dizer certas verdades, é melhor voltar para o mundo.

Roger disse...

QUANTAS HIPOCRISIAS E TRAMAS POR DETRÁS DA SUPOSTA "PROFILAXIA DA GRAVIDEZ"!
E deu até para arriscar um verso:
Tendo como excelente,
o dono do tridente
apareceu sorridente,
e sua agente
toda contente
sentindo-se eficiente,
pro eleitor do PT, deprimente.
Os ineficientes foram os que elegeram o diabo, puseram nele sua confiança e aguardavam as boas obras provindas de sua "bondade"; eis aí os frutos dessa "fé", sendo o mais recente - virão mais dessa decorrência - a porta do aborto já entreaberta; mais um empurrãozinho e todas as desejosas do assassinar mais um poderão fazê-lo sem restrições quaisquer, com ajuda do erário público.
E de v que votou no PT terá suas digitais impressas em cada um dos assassinatos!
Obrigado, em especial à ala vermelha da CNBB/TL/CMI=NWO!

Welber disse...

Tudo isto que está acontecendo no nosso país é o resultado da escolha do nosso próprio povo.

Tem um dito popular que diz que "quem pariu Mateus, que balance". Eu diria melhor: "Quem votou no PT e nos demais partidos esquerdistas que não reclame pelo que está passando agora!"

Você, eleitor, votou errado? Agora agüente as conseqüências!

Morgany Leite disse...

Ok, serei estuprada e me obrigam a parir uma criança que foi semente de um abuso. Queria que todos vicês fossem estuprados e obrigados a ter a criança. : ) E quando o espermatoziide fecunada um ovulo, ele eh soh um amontoado de celulas, nao sente, nao pensa, nao eh um ser vivo, eh apenas uma parte do corpo da mulher e com essa parte ela decide o que fazer, vejam bem, estou falando de um feto e não um bebê. Outra coisa, pq vocês pastores, critãos e afins, não se mobilizam contra os maus tratos a mulher, não se mobilizam a favor do resgate de animais de rua, da valorização do amor ao próximo e afins? O copo eh da mulher, então eh a mulher que decide sobre a lei. Vocês homens e principalmente religiosos não deveriam sequer opinar sobre o assunto. A religião de voces jah perdeu o crédito e o respeito da população em meio a escandalos.

Julio Severo disse...

Morgany, sem querer querendo, com seu feminismo, você aprovou o aborto para todas as crianças. Se tudo o que você disse sobre o bebê fruto do estupro fosse verdadeiro (amontoado de células, isso, aquilo, etc.), então o bebê que não é fruto do estupro é a mesma coisa: não tem valor — para indivíduos como você. Se o alvo é atacar o estupro, a solução perfeita não é matar a criança, mas aplicar a pena de morte no estuprador. Além disso, como outra medida para lidar com o estupro, o Estado deve parar de desarmar as mulheres, deixando-as desprotegidas diante de estupradores e assassinos. Todo cidadão inocente, inclusive as mulheres, precisamo do direito de defesa pessoal que o porte de arma garante, e o Estado não deve impedir isso, pois ao fazê-lo, o Estado contribui enormemente para a violência contra a mulher. Portanto, o aborto em caso de estupro não revolve o problema da mulher. Mas aplicar a pena de morte nos estupradores e garantir o porte de arma para as mulheres seria um grande avanço na proteção dos direitos humanos da mulher. Qual é o criminoso que vai querer estuprar uma mulher sabendo que ela está armada e que pode pegar cadeira elétrica? Agora diga-nos enquanto tudo isso não acontece de que lado o governo está: da mulher ou do criminoso estuprador?

guiomar disse...

Meu amigo Julio Severo unfelismente nós mulheres para essas tais de autoridades nunca teremos valor a não ser como essa Presidente fez, e justamente por estar desprotegidas. Enquanto a pena de morte amigo aqui neste pais nunca vai ter porque a lei é deles, só que matar uma criança a cada minuto para eles e as mulheres vai ser muito bom. Eu sinseramente achava que pelo menos as igrejas iriam se manifestrar, porque ela decidiu isso não foi na hora em que foi assinada já estava na mente dela, eu tentei alertar as pessoas mas dizem que é uma autoridade que quando manda matrar as crianças tem mais é que matar porque essa é a lei dela e as outras leis são dos bandidos, pedófilo, maníaco e ladroes que são os lá de dentro do Planalto e essa é uma lei muito forte e poderosa.

guiomar disse...

minha querida o problema da questão é a criança, se a cada minuto uma mulher for estruprada e ela fizer um aborto nunca mais vai ter ninguém na terra, não vaqi ter ser humano mais, vê se vocês entende de uma vez por toda estão querendo acabar com a humanidade da terra, vê se entende o que está acontecendo e o que vai acontecer depois do que aquela mulher fez, e o problema é que se as mulheres já vem abortando sem essa desculpá imagina agora com essa liberdade toda que ela deu para vocês. Eu não estou nada boa com ela e muito mais com as igrejas o papa nunguém teve a coragem para enfrentá-la, nem mesmo o papa que dizem que é a autoreidade maior teve a petulança de enfrentá-la dizendo que não estava certo o que estava fazendo.

Anônimo disse...

É óbvio que o governo deveria incentivar a vasectomia e a laqueadura para os indivíduos que decididamente não desejam ter filhos, mas infelizmente isto não é nem cogitado, pois o PT e demais partidos de orientação socialista se alimentam dessas lutas de classes como feminismo, gayzismo e abortismo para implementarem a sua agenda anti cristã. Através do engodo de uma pseudo-proteção que em nada protege as mulheres, eles promoverão a matança irrestrita de bebês. São verdadeiros carniceiros políticos. O prof. Olavo já explicou sobre isto em um artigo denominado 'profecias do diabo': http://www.midiasemmascara.org/artigos/cultura/14071-profecias-do-diabo.html explanando sobre as falsas bandeiras de esperança levantadas pelos comunistas que enganam à muitos, e que inexoravelmente conduzem a humanidade à toda sorte de tragédias e catástrofes.
Se fossem incentivados outros meios de prevenção como laqueadura, vasectomia, se a verdadeira proteção da mulher consistisse em leis mais rígidas para criminosos, prisão perpétua para estupradores e o fim do desarmamento civil que só protege bandidos (outra bandeira intocável do PT) certamente as mulheres poderiam se sentir mais protegidas de violência sexual, mas infelizmente desejar isto com o PT controlando praticamente os três poderes é como querer enxugar gelo ou dar a volta ao mundo a pé: simplesmente impossível.
É preciso o entendimento de que comunistas se alimentam de desgraças, quanto mais elas acontecem, mais eles são fortalecidos e culpam ainda mais a 'direita', os 'estados unidos', a igreja, o 'embargo americano à cuba' e seja lá mais o que for e através disso criam mais medidas para o aumento do controle estatal sobre o indivíduo.
O acontece no Brasil vem ocorrendo no resto do mundo, mas a passividade, a ignorância e o desprezo pelo conhecimento desse povo fomenta esse laboratório de atrocidades governamentais que aqui se instalou.

Anônimo disse...

Como se ja não bastasse constituir o aborto voluntário o pior de todos os crimes,onde a genitora tirar a vida do seu proprio filho, imputável,indefeso, inocente, conta agora com apoio legal da justiça brasileira! O direito mais sagrado do ser humano, previsto em (n) regulamentos, inclusive na Lei maior brasileira e na Constituição mundial dos direitos humanos; o direito à vida, legalmente violado em benefício de inconscientes, loucos, monstros, aproveitadores, irresponsáveis, onde o inocente pagará pelos pecadores. Só Deus!

Vânia Luz disse...

Olá, não se vocês já sabem, mas um deputado pediu revogação dessa lei macabra, segue o link melhor explicando:
http://blogdafamiliacatolica.blogspot.com.br/2013/08/deputado-confessa-que-ele-e-muitos-de.html

Lino disse...

Ao anônimo do dia 05,

Já que você falou dos comunistas, eu aproveito a oportunidade para transcrever aqui o "Decálogo". Trata-se de um documento escrito por Lênin (ditador socialista) em 1913, contendo 10 ações táticas para a tomada do poder (qualquer semelhança com o governo do PT e outros partidos esquerdistas nos dias de hoje não é mera coincidência! É pura realidade)!

Vejamos o que diz o tal "Decálogo":

1 – Corrompa a juventude e dê a ela total liberdade sexual;

2 – Procure se infiltrar nos meios de comunicação de massa, e depois controle todos eles;

3 – Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a promover discussões sobre assuntos sociais;

4 – Destrua a confiança do povo em seus líderes. Faça com que eles fiquem com a imagem denegrida perante a opinião pública;

5 – Fale sempre sobre democracia e em Estado de Direito; mas assim que puder (e tão logo haja a primeira oportunidade), assuma o poder sem nenhum escrúpulo;

6 – Colabore para o esbanjamento do dinheiro público; coloque em descrédito a imagem do País (principalmente no exterior), e provoque o pânico e o caos na população por meio da inflação;

7 – Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País;

8 – Provoque distúrbios sociais e contribua para que as autoridades constituídas não os proíbam;

9 – Contribua para a destruição dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes. Nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos devem acusar os não–comunistas, obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for de interesse da causa socialista;

10 – Procure catalogar todos aqueles que possuem armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando, deste modo, que seja impossível oferecer qualquer resistência à nossa causa.

Anexo ao mesmo "Decálogo", tem mais um outro documento intitulado "Os 10 princípios da esquerda". Vejamos quais são estes princípios:

1 – Os esquerdistas crêem que não existe moral. Na verdade, os esquerdistas crêem apenas na moral que for favorável a eles mesmos, isto é, "não roubar" vale somente para os outros (mas os esquerdistas podem roubar à vontade para si próprios, e também para aqueles que os ajudam);

2 – Os esquerdistas promovem o anti–convencional, violentam os costumes e preferem a descontinuidade. Não gostam de seguir regras diferentes das que eles mesmos criam;

3 – Os esquerdistas derrubam tudo que seja pré–estabelecido. São, por natureza, contra todo e qualquer sistema padronizado (que contém princípios já determinados há muito tempo);

4 – Os esquerdistas agem com imprudência e irresponsabilidade, não importando quais prejuízos venham a causar aos que estão sob seu comando;

5 – Os esquerdistas desejam a uniformidade universal: todo mundo igual (exceto eles, quando estão no poder usufruindo de tudo que é privilégio);

6 – Os esquerdistas não se impõem limites e acreditam que podem melhorar, aperfeiçoar e acabar com as imperfeições de tudo, inclusive do próprio ser humano. Para fazer uma omelete, é preciso quebrar os ovos (mas eles partem para quebrar todos os ovos, mesmo que não consigam fazer omelete alguma);

7 – Os esquerdistas são contra a liberdade e a propriedade privada. Preferem a escravidão, embora a chamem, de maneira sutil, por outros nomes: igualdade, responsabilidade social, justiça social, senso de coletividade, etc;

8 – Os esquerdistas impõem coletivismo forçado. Tudo deve ser de todos (mas desde que seja sob controle total do Estado);

9 – Os esquerdistas desejam o poder desmedido e a liberação de todas as paixões humanas (marxismo clássico e marxismo cultural);

10 – Os esquerdistas não querem estabilidade: pregam a revolução perpétua. Dizem promover a paz, mas são os maiores incentivadores de todas as arruaças, protestos, badernas, guerras, e lutas armadas.

Diante do que foi mostrado aqui, eu pergunto: alguém ainda tem mais alguma dúvida das reais intenções do governo do PT (e de outros partidos esquerdistas)?

Anthony disse...

Lino, PERFEITO! Tirou as palavras de minha boca.

Dileto Júlio Severo, amo seu blog e todas as informações que traz. Que, em nome de Jesus, muitos possam ter seus olhos abertos à Verdade por meio deste trabalho.

Contudo, como acadêmico de Direito, venho por meio desta salientar que, MESMO ANTES DA APROVAÇÃO DESTA LEI PELA PRESIDENTE, O ORDENAMENTO JURÍDICO BRASILEIRO JÁ COMPORTA (COMPORTAVA) O ABORTO, em três casos: anencefalia, estupro e risco à saúde/vida da mulher. Portanto, esta lei nada mais é que um avanço no que já estava previsto. Acho difícil que o Estatuto do Nascituro seja aprovado sem alterações, pois surgiriam antinomias (contradições dentro da própria legislação, que não deveriam subsistir, sendo esclarecidas à luz do disposto/princípios na Constituição Federal). Oro a Deus para que sejamos arrebatados antes que as coisas se tornem mais insuportáveis do que já estão. Fico estarrecido ao saber de tantas barbaridades levadas a cabo mundo afora e por não ter outra ferramenta que não oração, voto e protestos para auxiliar os que são perseguidos. Estes são tempos de Daniel na cova dos leões. Oportunidade de servir a Deus com tudo o que temos e somos. Não duvido de que estejamos caminhando a passos largos para a criminalização do Cristianismo e suas condutas legítimas, abrindo margem apenas ao marxismo espúrio travestido de 'Cristianismo', controlado pelo Estado (como a 'Igreja' de fachada que há na Coreia do Norte). Não me importa que sejamos mortos novamente, como os primeiros cristãos em Roma. Não me importa que tenhamos de ser levados aos 'Coliseus' modernos (i.a. Poder Judiciário e Tribunais a serviço da esquerda, defendendo 'direitos humanos', que em muitos casos são perseguição velada e direitos superiores aos dos que não concordam com o que se tenta estabelecer, Governos, mídia de massa e outras Instituições, formais ou sociais). Importa a mim que resistamos até o fim, pois o nosso galardão é celeste e ninguém poderá roubar. O Cristianismo historicamente SEMPRE CRESCEU MAIS em meio a períodos de perseguição que em calmarias. É hora de unirmo-nos em todo o mundo, pró-família e valores cristãos de toda a sorte, para reavivar a fé e permanecer de pé ante toda a espécie de incongruência. (Os EUA designaram um comissário ou coisa que o valha para perseguição religiosa no Sul da Ásia Central e Oriente Médio. Ainda que tudo esteja 'perdido', pois o mundo jaz no Maligno, a oração do justo pode muito em seus efeitos. Ele não nos dará maior jugo do que o que podemos suportar e trará o escape junto à tentação). Nessas horas, apenas os verdadeiros cristãos permanecem. E é a estes que o Mestre recompensará com a eternidade nas alturas dos céus. Maranata!