30 de julho de 2013

Papa faz imensa concessão à heresia gay


Papa faz imensa concessão à heresia gay

Dr. Scott Lively
Acabei de postar em meu site um artigo (em inglês) do Huffington sobre os comentários do Papa Francisco acerca da homossexualidade
Eu temia que algo assim fosse acontecer com o novo papa.
Papa Francisco 1
Papas anteriores mostraram misericórdia para homossexuais reconhecendo que a mera tentação ao pecado não é em si pecado, e defendiam pois tolerância para celibatários que lutam contra a atração de mesmo sexo. Mas Francisco parece ter cruzado uma fronteira teológica perigosa e ter reconhecido a homossexualidade como uma base legítima para definir a identidade das pessoas. Deus não quer que nos identifiquemos pelo nosso pecado, mas que “sejamos transformados pela renovação de nossas mentes.”
A teoria da orientação sexual é uma invenção do moderno movimento homossexual para avançar a crença falsa e antibíblica de que a homossexualidade é inata e imutável. Mas pior do que isso, essa teoria fornece a base conceitual essencial para a “Teologia Gay,” a heresia emergente de nossa época.
Embora os comentários do Papa Francisco possam parecer para alguns como coerentes com os comentários de seus antecessores imediatos, na medida em que reconhecem a teoria da orientação sexual, eles representam uma mudança sutil, mas significativa, para pior.
Aliás, interpreto esses comentários como a próxima etapa importante (depois da decisão de Alan Chambers de encerrar as atividades de Exodus Internacional e pedir desculpa por dizer que os homossexuais podem mudar) no colapso da resistência da igreja à “Teologia Gay” e o surgimento simultâneo da apostasia.
“Quando esses fatos começarem a surgir, exultai e levantai as vossas cabeças, pois está muito perto a vossa redenção!” (Lucas 21:28 KJA)
Olhe só para cima!
Dr. Scott Lively é autor do famoso livro “The Pink Swastika” (A Suástica Rosa), que desmascara a agenda gay.
Traduzido por Julio Severo de carta do Dr. LIvely para Julio Severo em 29 de julho de 2013.
Leitura recomendada:
Outros artigos do Dr. Scott Lively:

15 comentários :

Bruno Willian disse...

Esse título é muito malicioso. Parece estar na mesma linha da grande mídia.

Não falou nada de novo em matéria moral: "Se uma pessoa é gay e procura Deus e tem boa vontade, quem sou eu, por caridade, para julgá-lo? O Catecismo da Igreja Católica explica isso muito bem. Diz que eles não devem ser discriminados por causa disso, mas integrados na sociedade." Basta ler o parágrafo 2358 (CIC 2358).

A Igreja continua e sempre condenará o pecado, não o pecador.

Na mesma resposta, o papa fala do problema do lobby gay. Que é esse o problema.

Antonio disse...

sou católico e queria-lhe pedir um especial favor: que reze e mobilize outros a rezar, pelo papa Franscisco, porque ele tem falado e agido de forma estranha e temo que não esteja à altura do seu posto...
Que Deus o abençoe,

Antonio

Sandro disse...

Nao e' so' isso nao. O americano que escreveu este texto nao mencionou que o Papa ficou de boca fechada com respeito a legalizacao do aborto. Dilma esta para fazer isto, no entanto o Papa se eximiu de toda pressao, fala ou convencimento sobre ela. Havia antes nele aparentemente todo um discurso contra o aborto e quando ele teve a chance do seculo de se manifestar, deixou tudo escapar entre as maos. ELE NAO FALOU! isto vai ficar na historia.

Anônimo disse...

Uma BOA NOTÍCIA:Uááááu Exodus fecha as portas e pede DESCULPAS ao Movimento Gay que saudou o seus pedido:
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2013/06/grupo-dedicado-cura-gay-pede-desculpas-e-fecha-nos-eua.html
O papa vi ser o próximo. Ele já deu o primeiro passo. Agora é só esperar.

Jorge disse...

Esse cara é um herege e portanto não pode ser papa. Não passa de um anti-papa. Ele e seus predecessores pós-Vaticano II.

Antonio disse...

Sou leitor de Júlio Severo, respeito o trabalho sério em favor das famílias, contra o aborto, contra o casamento gay e acima de tudo a favor da Vida em plenitude. Sou católico, concordo com o que Bruno Willian escreveu acima e peço o a Julio Severo tomar cuidado redobrado neste tipo de matéria, pois é evidente (vide palavras de Genésio Boff) que a mídia -representando o interesse escuso de muitas pessoas- quer vestir o Papa Francisco de "progressista" . Espero que seja um equívoco.

Hugo Lino disse...

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=cCvOmOn9lwQ

Fabio Blanco disse...

Parabéns, Júlio. Estamos lidando com um assunto delicado e com palavras proferidas sutis. Algumas coisas que estão sendo ditas estão navegando muito próximo de uma concessão às ideologias mundanas, ainda que nenhuma dessas palavras tenha sido claramente nesse sentido. Observemos, portanto.

jacir disse...

NÂO POSSO DEIXAR DE PARABENIZAR A "EMINENCIA FRANCISCO",ESTA CUMPRINDO MUITO BEM SEU PAPEL,SENDO JESUITA,ORDEM QUE FORÇOU A CONTRA REFORMA E TEM COMO OBJETIVO LEVAR TODOS OBEDIENCIA AO VATICANO ANTES COM PERSEGUIÇOES,AGORA ATRAVÈS DO ESGOTO CHAMADO ECUMENISMO,CUMPRE-SE AS PROFECIAS,A IGREJA VÊ,DISCERNE E SE PREPARA PARA SAIR. A "NOVA ORDEM MUNDIAL"APLAUDE,GRANDE COLABORADOR.NÂO ESTOU SURPPRESO!

Bdois disse...

É bom que fique claro aqui entre os cristãos: nos evangélicos achamos os católicos heréticos e da mesma forma os católicos acham os evangélicos heréticos. Entretanto, é muito importante que lutemos por nossos interesses em comum e que são muitos. E é esperado que pessoas de ambos os lados se sintam ofendidas em certos assuntos, mas não deveriam, pois na verdade é normal gerar certo desconforto.

Cristina disse...

Eu quero esclarecer só uma coisa: o Papa NÃO está fazendo propaganda nenhuma em favor do movimento homossexual! O que ele disse é que tem que aprender a separar o gay do lobby gay! Vocês viram a entrevista inteira ou viram apenas os trechos que o Jornal Nacional passou? Meu Deus, será que vocês não sabem que a mídia é tendenciosa e desonesta? O Papa só foi educado, nada mais, mas em nenhum momento ele defendeu o homossexualismo! A posição dele é a mesma da Igreja! Vocês sabem qual é a posição da Igreja com relação a esse assunto. O que o Papa disse é que não se deve discriminar injustamente um gay,mas não falou nada a favor do homossexualismo, meu Deus! Ele não falou nada diferente do que ensina o Catecismo da Igreja Católica, ele não falou nada diferente do que os outros papas que o antecederam disseram! Eu acho que vocês não viram a entrevista inteira, portanto caíram nas mentiras da mídia! Eu sugiro que vocês leiam a entrevista dele inteira antes de falarem qualquer coisa, por favor: http://fratresinunum.com/2013/07/29/o-preco-da-harmonia/#comments

Marco disse...

Eu vi comentários citando a igreja pós Concilio Vaticano II e a ordem jesuíta vindas do Jacir e do Jorge, mas uma coisa os protestantes em geral não sabem, é que a sua igreja não seria nada se não fosse pela maçonaria, vide o grande número de pastores, lideres e até fundadores de igrejas maçons, por isso o papa citou o lobby maçom também. Lutero ,Erasmo de Roterdã , Calvino e é claro Henrique VIII, todos foram patrocinados de forma direta ou indireta pelos templários ou através de irmandades iniciáticas com origem na ordem templaria como a Rosa Cruz e a própria Maçonaria (Lutero era rosa cruz). Não quero entrar nesse papo de conspirações e afins, mas quero deixar claro que no momento é difícil depositar alguma confiança em alguma igreja cristã sequer, talvez em alguma ordem franciscana mais isolada. Apesar de tudo eu ainda deposito alguma confiança nesse papa, e estarei vigiando o que se seguirá na Igreja nesses dia que virão.

Paulo Carneiro disse...

Não caiam na armadilha tendenciosa do jornalismo mundano.

O papa respondeu as perguntas sobre sua opinião frente a questões como o aborto ou o "casamento" gay, "A Igreja já se expressou perfeitamente sobre isso". O jornalista, insistente, queria saber a posição do Papa. Ele foi ainda mais enfático: "É a da Igreja, eu sou filho da Igreja".*

O conteúdo da resposta do Papa Fracisco que essa imprensa mundana não mostrou:

Que está na Bíblia, nas encíclicas, nas homílias papais e no Catecismo da Igreja Católica:

"(...) Apoiando-se na Sagrada Escritura, que os apresenta como depravações graves, a Tradição sempre declarou que 'os atos de homossexualidade são intrinsicamente desordenados'. São contrários à lei natural. Fecham o ato sexual ao dom da vida. Não procedem de uma complementaridade afetiva e sexual verdadeira. Em caso algum podem ser aprovados." Catecismo da Igreja Católica da terceira parte A VIDA EM CRISTO segunda secção OS DEZ MANDAMENTOS, artigo 6, O SEXTO MANDAMENTO parágrafo 2357.

http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p3s2cap2_2196-2557_po.html#ARTIGO_6_

* http://padrepauloricardo.org/blog/papa-francisco-eu-sou-filho-da-igreja

Paulo Carneiro disse...

Eu sabia que isso ia acontecer, só não esperava que fosse tão rápido. Mais cedo ou mais tarde a imprensa acabaria fazendo o que faz de melhor (ou de mais nojento): Distorcer as palavras do Santo Padre. O Pontífice tinha razão quando disse ainda na sua saída de Roma para o Brasil, que estar ao lado dos jornalistas era como estar cercado de “lobos ferozes”.

http://domvob.wordpress.com/2013/07/30/o-papa-nao-liberou-o-homossexualismo-isto-e-invencao-da-imprensa-entenda-o-porque/

Paulo Carneiro disse...

Valeu Gospel +, A Grande Pescaria e Marco Feliciano e julio Severo por publicar meus comentários: http://noticias.gospelmais.com.br/feliciano-concorda-papa-gays-midia-desonesta-58875.html

http://www.agrandepescaria.com.br/2013/07/feliciano-diz-que-concorda-com-o-papa.html#comment-form