18 de julho de 2013

O político evangélico ideal e Leonardo Boff


O político evangélico ideal e Leonardo Boff

Julio Severo
O político evangélico ideal, na visão dos socialistas, tem de se alinhar com a ideologia marxista. Esse político existe e posou, alegremente, ao lado de Leonardo Boff, a maior voz católica da marxista Teologia da Libertação.
Na foto, o importante pastor de São Paulo diz: “Encontro especial com um cara que me inspira há anos com o que escreve e prega… Um salve ao grande mestre Leonardo Boff.”
Carlos Bezerra com Leonardo Boff
Boff havia sido condenado várias vezes pelo falecido Papa João Paulo 2 por suas ideias marxistas radicais. Hoje, Boff está fora da Igreja Católica. Mas os que seguem ideias semelhantes, entre os evangélicos, continuam com seus cargos e, muitas vezes, adulados.
O Dep. Carlos Bezerra, que é pastor da Comunidade da Graça e líder do PSDB em São Paulo, apareceu em foto com Boff porque ambos têm uma bandeira que usa os pobres em benefício de sua ideologia.
Carlos Bezerra fazendo propaganda de Boff
De forma igual, Marina Silva, membro da Assembleia de Deus em Brasília, aparece neste vídeo (http://youtu.be/ZGvsIXajiVs) elogiando Boff e sua Teologia da Libertação. Os pobres, no caso dela também, são a desculpa para alianças com marxistas e com o marxismo.
O socialismo precisa de estratégias e enganação para ganhar o coração das pessoas. Daí, a bandeira de “ajudar os pobres.” Boff e outros jamais diriam para o público: estamos usando os pobres para enganar vocês.

O doce do supremo pedófilo

Da mesma forma, não se pode esperar, jamais, que Satanás chegue até às pessoas com sua forma horripilante dizendo: “Sou Satanás e vim para matar, roubar e destruir.” Para enganar, ele se disfarça até de anjo de bondade e inocência, como diz a Bíblia.
De forma semelhante, o pedófilo chega com seu doce atraente e delicioso até a inocente criança. O doce do socialismo é sua propaganda mentirosa de ajuda aos pobres. Os estupros chegam depois: aborto, homossexualismo, carga abusiva de impostos, etc.
É possível Satanás, o autor do socialismo e de todo disfarce de anjo inocente, enganar cristãos e fazer deles seus servidores? A Bíblia não deixa dúvida disso: “E isso não é de admirar, pois até Satanás pode se disfarçar e ficar parecendo um anjo de luz. Portanto, não é nada demais que os servidores dele se disfarcem, apresentando-se como pessoas que fazem o bem. Mas no fim eles receberão exatamente o que as suas ações merecem.” (2 Coríntios 11:14-15 BLH)

Da Lixeira, sempre sai lixo

Contudo, nem sempre a malignidade vem disfarçada de bondade angélica. A primeira fonte evangélica (http://bit.ly/190V0zG) a chamar Carlos Bezerra de “político ideal” foi o Genizah, conhecido também como Lixeira Gossip.
Lixeira porque esse é exatamente o significado de Genizah. Gossip, palavra inglesa que significa “fofoca,” porque o tabloide sensacionalista mete a língua em todos os evangélicos que não são socialistas ou calvinistas.
Nesse trabalho sujo, de língua literalmente suja (http://bit.ly/XREUUr), a Lixeira ataca os opositores públicos do PLC 122 (os quais são na maioria neopentecostais) e ainda se disfarça (http://bit.ly/15Q9Shz) de “pastor reformado conservador” para atacar Julio Severo e ganhar o apoio de calvinistas conservadores nesse trabalho sujo.

Por que muitos calvinistas apoiam o lixo?

A tendenciosidade socialista da Lixeira Gossip é patente. Até mesmo colunistas desse tabloide reconhecem isso. Marcelo Lemos, que é pastor calvinista, confessou sobre o tabloide onde ele é colunista: “É um blog que faz apologia contra o neopentecostalismo, mas que tem feito muita defesa do esquerdismo.”
Isto é, até mesmo líderes calvinistas não esquerdistas sabem o que fazem quando recomendam a Lixeira Gossip. Mas eles precisam da visibilidade que, ainda que por intenções ocultas, a Lixeira lhes dá.
Parece que a extrema tolerância ao esquerdismo da Lixeira, entre presbiterianos e outros calvinistas, se deve ao fato de que o alvo de ataque do tabloide sensacionalista tem consenso entre calvinistas liberais e calvinistas não liberais: os neopentecostais.
Tanto calvinistas esquerdistas quando calvinistas que não se julgam esquerdistas veem no neopentecostalismo uma heresia mortal muito pior do que o marxismo. Portanto, na luta contra o neopentecostalismo, vale tudo, até entrar na imunda lata da Lixeira Gossip, ainda que tapando o nariz.
Não se deve estranhar, pois, quando a Lixeira Gossip e seus aliados (http://bit.ly/13HCRDM) chamam Ana Paula Valadão e outros neopentecostais de heréticos, loucos, apóstatas e outros adjetivos “apologéticos,” sob os aplausos estrondosos de calvinistas mal-informados, mas elogiam marxistas descarados, sob o silêncio desses mesmos calvinistas. E como iriam eles reclamar? Como aperitivo, para lhes adocicar a boca e o ego, a Lixeira Gossip sempre faz questão de publicar textos de Augustus Nicodemus e outros teólogos calvinistas, que nunca reclamaram da visibilidade que a Lixeira lhes dá.
Nicodemus e a Lixeira podem, como calvinistas, ter suas discordâncias doutrinárias específicas, mas num ponto os dois estão em plena concordância: o neopentecostalismo é heresia. Na visão deles, os milhões de membros das igrejas neopentecostais estão condenados ao inferno, a não ser que se arrependam e se tornem correndo membros de igrejas calvinistas.

“Ecumenismo” sob o imundo sangue de Karl Marx

Possivelmente, Carlos Bezerra não é calvinista. Mas não tem problema: sob Karl Marx, ele, Genizah e sua turma são todos irmãos. O sangue vermelho do socialismo “lava” todas as diferenças entre calvinistas e não calvinistas. Aliás, até os neopentecostais serão aceitos com seus dons espirituais e tudo o mais que alguns calvinistas consideram heresia quando reconhecerem Marx como senhor e salvador.
Enquanto calvinistas mal-informados se aliam à Lixeira Gossip e outros perturbados para difamar como “heréticos” Ana Paula Valadão e outros neopentecostais por acreditarem que Deus concede hoje profecia e outros dons espirituais, os verdadeiros heréticos posam com Leornado Boff, considerado herético pela Igreja Católica, e ainda posam de “apologetas” e “defensores” da fé.

Recado para os colunistas e apoiadores da Lixeira Gossip

O Senhor Jesus tem um importante recado para o Rev. Marcelo Lemos, o Pr. Ciro Zibordi (http://bit.ly/13QXS2W) e outros que acham que podem tranquilamente manter comunhão com os apóstatas:
“Já vos adverti por carta que não vos associásseis a nada que fosse imoral. Dizendo isso, não me refiro às pessoas imorais deste mundo, nem aos avarentos, ou aos ladrões, ou ainda, aos idólatras. Se assim fosse, seria necessário que saísseis do mundo. Entretanto, agora vos escrevo para que não vos associeis com qualquer pessoa que, afirmando-se irmão, for imoral ou ganancioso, idólatra ou caluniador, embriagado ou estelionatário. Com pessoas assim não deveis sequer sentar-se para uma refeição. Pois, como haveria eu de julgar os que estão fora da igreja? Todavia, não deveis vós julgar os que são de dentro? Contudo, Deus julgará os que são de fora. Expulsai, portanto, do vosso meio esse que vive na prática da indecência.” (1 Coríntios 5:9-13 KJA)
Crerei numa obra genuína do Espírito Santo entre os calvinistas quando eles conseguirem expulsar do meio deles a Lixeira Gossip e outros indecentes amantes de Karl Marx e seus filhotes, inclusive Boff.

Bezerra precisa de disciplina

Sendo calvinista ou não, Carlos Bezerra também merece ser excluído por tal heresia, que o deixa sempre pronto a apoiar quem Jesus não apoia e condenar iniciativas pró-família. Recentemente, ele condenou (http://bit.ly/12xPJQi) a Marcha pela Família de Silas Malafaia em Brasília.
A Marcha pela Família denunciou publicamente o aborto, o “casamento” gay, o PLC 122 e outras iniquidades. Se Malafaia e outros neopentecostais não denunciarem o que precisa ser denunciado, quem o fará? A Lixeira Gossip? Leornado Boff? Carlos Bezerra?
O Rev. Alberto Thieme, que é pastor presbiteriano e testemunhou pessoalmente (http://bit.ly/13QWbSY) o horror do socialismo, está chocado com a conduta ideológica de Bezerra. Chocado porque ele conhece Bezerra e sua família há décadas e confessa, tristemente, que tal conduta não reflete o Cristianismo. Reflete apenas a ideologia marxista.
É hora da denominação de Bezerra se pronunciar e mostrar que o “político ideal” dos socialistas precisa do remédio prescrito em 1 Coríntios 5:9-13.
Para ajudar a Igreja Brasileira a reconhecer os males do marxismo em seu meio, disponibilizo gratuitamente meu livro “Teologia da Libertação X Teologia da Prosperidade,” neste link: http://bit.ly/11zFSqq
Leitura recomendada:

19 comentários :

Bdois disse...

Julio,
É correto afirma que evangélicos marxistas e esquerdistas são pessoas com "duplipensamento" descrito por George Orwell, ou seja, acreditam em duas verdades contraditórias? Alguém aqui saberia dizer se existe algum termo científico ou estudo sobre esse comportamento nos dias atuais?

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Júlio,

Não sei se vocês (você e os demais leitores e comentaristas deste blog) vão concordar comigo, mas eu vejo assim: o político evangélico perfeito, na concepção do "politicamente correto" do nosso governo e dos homossexuais, é aquele que tem (exteriormente) o rótulo de cristão, mas aceita o esquerdismo e suas variações.

Não sei se seria exagero da minha parte, mas eu diria que boa parte da nossa atual bancada evangélica também se enquadra na "politica cristã perfeita". Explicando: não estou dizendo que alguns dos políticos dessa mesma bancada são a favor do esquerdismo, mas só o fato de terem ajudado a eleger este governo esquerdista já faz com que se tornem iguais aos "políticos cristãos perfeitos" de quem o governo tem o apoio. Em outras palavras: são cúmplices (ainda que indiretamente).

Magno Malta e Marcos Feliciano são bons exemplos disso. Apesar de serem contra a agenda homossexual, ambos ajudaram a eleger este governo (Magno Malta ajudou a eleger Lula e Dilma, e Marcos Feliciano colaborou para a campanha de Dilma). Como alguém pode ser contra o mal, e, ao mesmo tempo, ajudar a colocar o mesmo mal no poder?

Talvez ambos nunca leram o que disse o apóstolo Paulo:

"Porque se torno a edificar aquilo que destruí, constituo a mim mesmo transgressor" (Gálatas 2:18)

Traduzindo este texto para a linguagem atual, seria mais ou menos assim: se eu (político evangélico) torno a colocar no poder um governo demoníaco (o qual eu tenho obrigação de combater), eu estou agindo contra os princípios cristãos que eu defendo.

Será que muitos dos políticos da bancada evangélica, alguma vez, já pararam para pensar nisso antes de colocar um governo esquerdista no poder (tanto do PT como de outros partidos com a mesma agenda política)?

ELISEU disse...

Respondendo ao irmão Júlio Severo, ao Bdois, e ao presbítero Valdomiro,

Se o diabo se mostrasse como ele realmente é, ninguém jamais iria querer aproximação com ele. Mas ele sempre se apresenta como anjo de luz, para enganar os que não estão firmes na Palavra de Deus. É como bem disse o apóstolo Paulo:

"E não vos admireis disto, já que o próprio Satanás insiste em se transformar em anjo de luz. Não é muito, portanto, que os seus ministros apareçam como ministros da justiça; e o fim deles será segundo as suas obras" (2 Coríntios 11:14–15)

Marxismo, esquerdismo, comunismo e socialismo (e outras variações) são invenções do diabo. E essas mesmas ideologias têm diversos objetivos em comum:

– Destruir a família;

– Eliminar todos os valores morais e os bons princípios;

– Legalizar o aborto;

– Destruir a fé cristã;

– Corromper (ou destruir) as igrejas;

– Promover (e legalizar) o homossexualismo;

– Aprovar a eutanásia;

– Usar a tirania (ou a ditadura) para permanecer no poder, sempre com o argumento mentiroso de ajudar os pobres e necessitados;

– Eliminar todos os opositores do socialismo;

– Impor a idéia de que todos devem ser submissos somente ao Estado (ou melhor, que o Estado deve substituir Deus em todas as áreas da vida humana).

Estas ideologias usam um jogo de palavras tão sutil (compaixão, ajuda aos necessitados, justiça social, e outros termos semelhantes) que conseguem enganar facilmente muitas pessoas (principalmente aquelas que não têm conscientização política)! Daí a razão de muitos partidos esquerdistas (PT, PC do B, PV, PSOL, e outros semelhantes) estarem no poder em quase toda eleição!

Se essas ideologias diabólicas (e também as teologias corrompidas como Missão Integral, Prosperidade e Libertação) contaminaram as nossas igrejas e nossos seminários (e também o nosso sistema educacional), foi devido à negligência dos servos de Deus (que se deixaram seduzir pelos enganos do diabo). Toda e qualquer filosofia, ideologia ou teologia tem que ser obrigatoriamente testada e aprovada pela Palavra de Deus (para saber se é verdadeira ou não). Foi como disse o apóstolo Paulo:

"Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade" (2 Coríntios 13:8)

Sinônimo desta recomendação do apóstolo Paulo é a advertência do apóstolo João:

"Amados, não acrediteis em todo espírito; mas antes provai se tais espíritos são de Deus, porque muitos falsos profetas têm surgido em todo o mundo" (1 João 4:1)

Eu prefiro ficar com a Palavra de Deus, porque somente ela tem todas as respostas que eu preciso! Não confio em nada que venha do homem. Novamente o apóstolo Paulo se manifesta:

"Seja Deus verdadeiro e todo homem mentiroso" (Romanos 3:4)

Será que eu estou certo neste meu ponto de vista? Gostaria de saber as opiniões de todos.

Anônimo disse...

Caro Julio,
SIM!
Todos eles são Satanás disfarçados.
Estou farta dessa gente,

No mais Cristãos, fiquem com Deus na Paz do Nosso Senhor Jesus!
Abraços,
Valéria

jadsoncarvalho.blogspot.com.br disse...

Irmão Julio Severo você é uma benção. DEus te concedeu uma habilidade muito grande na escrita, que o Senhor Jesus Jesus Cristo te abençoe a cada dia.

Anônimo disse...

Presbítero Valdomiro:
Antes da viciada eleição que levou ao poder central desta república bananeira chamada Brasil (a "dona estela de cinco pontas"), visitei um conhecido, o qual disse que iria votar nessa mulher para presidente do Brasil. Espantado, argumentei com ele que essas pessoas, esquerdistas, são sacerdotes da religião cujo guru é satanás - o esquerdismo/socialismo/comunismo/marxismo/satanismo -. Ele, sonsamente, disse que não tinha importância.
Saí da casa dele, perplexo, triste, desanimado. A pessoa em questão é pastor batista, com mais de trinta anos de ministério. Não tenho certeza, mas, chego a pensar que só pode ser possessão tal comportamento. Há algum tempo, numa reunião do ministério de "homens batistas" da igreja que frequentava, após minha orelha começar a queimar, em face da preleção que um irmão estava fazendo, lendo a revista desse ministério, fui verificar qual a fonte do articulista. Fiquei pasmo. Um dos meliantes que "inspirou" o autor era eric from (ateu e marxista), considerado "pensador"; outro, o leo bofe citado no artigo acima, o qual, de tão ordinário a turma dele, lá de Roma mandou que ele calasse a boca; outro, eduardo sakamoto, da mesma linha de sacerdotes da religião de satanás, embora, dublê de "evangélico'. A "fonte" era formada de mais dois indivíduos, os quais nem me lembro o nome. Ao argumentar com o pastor da igreja sobre quais pessoas estavam sendo usadas para me dar crescimento (sic) cristão (sic, sic, sic), o mesmo não gostou de que eu contestasse a augusta autoria do artigo.
Por último, prestem atenção: há mais um ovo da serpente sendo chocado, que é a candidatura da "evangélica" marina silva, a qual criou mais um partido esquerdista ("Rede Sustentabilidade"). Essa mulher, que está mais para adoradora de gaia, sendo que, para ela, para salvar uma borboleta não lhe provocará comichão se milhares de pessoas morrerem. Se ela chegar ao poder a economia brasileira irá para o brejo de vez, face a legislação que ela adotará, para agradar a turma que a banca: as casas reais européias, as quais adotaram o paganismo como referência espiritual.

Antonio

Soldier disse...

Meu querido irmão Júlio,

O artigo está quase irretocável, senão pelo detalhe de que os fariseus calvinistas atacam o pentecostalismo como um todo, não apenas os neopentecostais.

É importante frisar essa diferença. As igrejas neopentecostais são as que se constituíram desde a década de 60, através de líderes oriundos de igrejas pentecostais clássicas, como as Assembléias de Deus.

Algumas diferenças comportamentais e doutrinais marcam a distinção entre o movimento pentecostal clássico e o neopentecostal, sendo este último fortemente influenciado por ideologias de esquerda como o feminismo, como também uma grande ênfase na chamada teologia da prosperidade.

Muitos simbolismos com a utilização de objetos como recursos de auxílio espiritual, que na verdade servem como amuletos, são usados nas igrejas neopentecostais, tais como cruzes, pedaços de pano "bentos", etc.

A primeira denominação neopentecostal de expressão em número de membros a se formar foi a Igreja do Evangelho Quadrangular, fundada por uma mulher, a evangelista Aimee Semple McPherson, em Los Angeles no ano de 1922.

Posteriormente surgiram em vários países denominações neopentecostais, tendo como destaque no Brasil a Igreja Universal do Reino de Deus, do "bicho" Macedo, Igreja Mundial do Poder de Deus, de Valdemiro "ladrão" Santiago e a Igreja Internacional da Graça de Deus, do missionário R. R. Soares, este um homem moderado e respeitável.

Quero ressaltar aqui que o Pr. Silas Malafaia não é um neopentecostal, e sim um pentecostal clássico dos mais representativos da Assembléia de Deus.

Quanto ao Pr. Marco Feliciano, não obstante ele ser um assembleiano, algumas de suas convicções doutrinárias bíblicas o fazem ser mais próximo a um neopentecostal, embora a sua conduta moral nada tenha de semelhante com criaturas como Edir Macedo por exemplo.

Tony disse...

"Queridos filhos, muitas pessoas vão à igreja protestante pensando ser de Deus. Estão enganadas. As pessoas que fazem parte da mesma, tende certeza, caminham para perdição. Queridos filhos, a religião fundada por meu Filho, e que é de viva fé, é a Católica. As demais são do demônio. Ficai em paz."

29ª Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz. Em 09/04/1988.

APELOS URGENTES
Saiba mais em www.apelosurgentes.com.br

Anônimo disse...

Julio, percebeu essa aih de "Queridos filhos...". Parece-me que eh no Parana, que um demonio encarna num infeliz e o mesmo passa a deitar falacao mediunica, a qual comeca com essa frase. Cruzes.

Antonio

Anônimo disse...

Leiam esta carta que um médico escreveu para a presidente Dilma:

http://cafehistoria.ning.com/profiles/blogs/carta-presidente-dilma

Anônimo disse...

engraçado eles falam dsA DILMA E OS OUTROS POLICOS Serra GeraLDO Michel Temer e tantos saum de Deus?
da licença politicos tudo farinha do mesmo saco aki eh luGAR PRA FALAR DE BÍBLIA NAUM DE POLÍTICOS.POLITICO IDEAL NEM EVANGÉLICO POR QUE O MAGNO MALTRA PEGOU ATÉ A LAURIETE MANO JÚLIO ADMIRO MT SEU TRABALHO DEUS TE ABENÇOE

Anônimo disse...

Quando falo sobre Olavo de Carvalho e Julio Severo sou chamada de insana. Mas eu não desisto. Sim, O mal se veste de ouro para tentar seduzir as pessoas mas por dentro ele é podre e uma hora essa podridão aparece.
O Estado de SP, o portal Terra, L. Boff e a Globo tentam convencer os católicos que o Papa Francisco é adepto da Teologia da Libertação.
Usam da palavra de Jesus, distorcem, pregam o mal, mentem e querem impor uma mentira.
Fico indignada ao ver tanta bobagem e mentira ao mencionarem o Papa. Isso não é noticia, é militãncia.
O proprio nome ...T Libertação...
de que? Libertação de Deus, da verdade, do caminho. A TL não passa de mentira, da vontade do mal em roubar os fiéis de Jesus.
Reparem que ninguém ali prega o Jesus falou, deturpam suas palavras e chamam a isto de cristianismo.
Gostaria de estar perto do Papa, de protege-lo contra os maus, mas eu não posso. Pobre homem. Não sabe que está metendo a mão num ninho de cobras?
Julio, escrevi isso para você porque nessas horas penso que o importante é a crença em Deus e em Jesus. Sei que não é católico mas sei que segue o Senhor.

Leandro Matias Deon disse...

Ah... Júlio, como é que libera a postagem desse anônimo iletrado só porque ele te elogiou no fim?

Qualé!!!

Verdade seja dita (Deus é testemunha), esse site do Julio Severo sempre tratou com igual crítica tanto Dilma Rousseff quanto José Serra. Esse site se opõe às políticas pró-homossexualistas tanto do PT quanto do PSDB.

Aliás, põe no lixo esse anônimo. No lixo da história. Acabou essa conversinha fiada de "se atacou o PT então tá com Serra e é tucano".
Isso morreu. Critico o PT sem ser tucano, e critico o PSDB sem ser petista.

Se alguma coisa melhorou agora, é que deixamos de ficar debaixo desses lulistas arrogantes!

Leandro Matias Deon disse...

Soldier,
interessante essa modelação que busca uma definição conceitual para as diferenças entre pentecostalismo e neopentecostalismo.

É muito difícil fazer essa conceituação.
Desde já, aviso que não sigo essa diferenciação. Vejo o pentecostalismo como único, mas com diferenças bem mais complexas.
Nos Estados Unidos não existe esse termo "neopentecostalismo". Lá eles falam em 1a, 2a e 3a ondas pentecostais (sendo que essa última seria mais ou menos o correspondente ao que chamamos aqui de neopentecostalismo).

Só que aí é que começam as complexidades. A 1a, 2a. e 3a. ondas americanas não correspondem às 1a, 2a e 3a ondas no Brasil. Além disso, a IURD e suas derivadas (embora concorrentes entre si) compõem elas próprios um galho distinto dentro do pentecostalismo.

O que não podemos é conceituar didaticamente apenas a partir de aspectos negativos ou positivos (tudo que é bom, tradicional: pentecostalismo clássico. Tudo que é ruim: neopentecostalismo).
Se queremos um conceito válido, temos que buscá-lo em concepções religiosas que distinguem uma geração pentecostal da outra, não em aspectos secundários.

A 3a. onda pentecostal crê que os demônios também podem ter influência em lugares e objetos inanimados, não apenas em pessoas.
Ok. Isso é ponto de crença.
Se essa crença parte para a amuletos e comércio religioso é outra história.

O mesmo se pode dizer da teologia da cura e prosperidade.
Ela é de origem paralela ao pentecostalismo. Não veio dele e se penetrou mesmo em círculos não-pentecostais (os batistas, especialmente).
Na realidade, a TCP é muito menos influente no meio pentecostal do que se entende por aí.
O que existe é uma teologia triunfalista, que incorpora algumas noções da TCP e outras do pentecostalismo de 3a onda.

ÉLQUISSON disse...

Respondendo ao Leandro Matias Deon,

Amigo Leandro,

Por falta de opções boas em termos de voto, somos obrigados a escolher entre um mal maior e um mal menor. As últimas eleições presidenciais que tivemos são a prova evidente disso.

Só para relembrar:

2002 – Lula (PT) x Serra (PSDB)
2006 – Lula (PT) x Alckmin (PSDB)
2010 – Dilma (PT) x Serra (PSDB)

Na verdade, é a mesmíssima guerra diabólica de Satanás contra Belzebu (mudam somente os atores, mas o script é rigorosamente o mesmo)!

Em 2002, muitos que disseram não votar em Lula iriam apoiar Serra. Alegaram que Serra seria o "menos pior". Na época, muitos disseram que Serra seria contra o aborto. Mas só que muitos estão esquecidos de que foi o mesmo partido de Serra (PSDB) que aprovou uma lei (Lei 10.948, de 5 de novembro de 2001) que permite que travestis usem banheiros femininos. Esta mesma lei foi sancionada, na época, por Geraldo Alckmin (então governador de São Paulo em 2001), contando com o auxílio da fiel escudeira dos homossexuais: Marta Suplicy (que era prefeita de São Paulo em 2001). De que adianta ser supostamente contra o aborto, mas ser favorável ao homossexualismo?

São situações como esta que deixam os eleitores totalmente sem opção de escolha. Em outras palavras: é querer combater um mal maior com um mal menor.

E por que tudo isso acontece? Por uma razão muito simples: devido a tanta podridão e tanta sujeira na nossa política, infelizmente não há nenhum candidato que preste (não dá pra confiar em ninguém).

O pior disso tudo é que nem mesmo os políticos da bancada evangélica não são dignos da nossa confiança (e, muito menos, merecedores do nosso voto). E a pergunta crucial é: em quem votar?

O ideal seria que o povo orasse a Deus e pedisse discernimento na hora de escolher algum candidato, para não se decepcionar depois. Só que nem sempre o povo age assim.

Eu penso o seguinte: ainda que um mal menor se apresente de forma aparentemente inocente ou "inofensiva", não poderá jamais ser tolerado com a desculpa de se evitar um mal maior. Em outras palavras: mesmo que um mal menor seja, momentaneamente, a única opção válida (ou disponível) para se evitar um mal maior, ainda assim é um mal. Como se diz no popular, é como "trocar seis por meia dúzia" (não vai fazer nenhuma diferença ao final).

P.S: Se você ou alguém daqui quiser dizer alguma coisa, o espaço está aberto para todas as opiniões

Sandro Mendonça disse...

Olá, Julio... concordo com tudo que você... agora, se o socialismo é o satã, o capitalismo é (de) Deus? É mais uma pergunta retórica... abraço

Julio Severo disse...

Sandro, o capitalismo é só um sistema econômico. É como uma faca. O que você pode fazer com uma faca? Você pode cortar alimentos. Outros, usam-na para matar. Em contraste, o marxismo não se restringe ao sistema econômico. Atinge tudo, exigindo ocupar, na vida das pessoas e famílias, o próprio lugar de Deus. O capitalismo seria o oposto do marxismo se tivesse essa vasta abrangência, mas não tem. Dê o capitalismo ou uma faca para um bandido, e ele faz bandidagem. De o capitalismo ou uma faca para um homem bom, e ele fará coisas boas. Mas dê o marxismo, um sistema que exige o lugar de Deus, para qualquer pessoa, e o resultado será sempre desastre, como a história humana comprova fartamente. Recomendo clicar neste artigo:

Pai do capitalismo: Satanás ou Calvino?

Anônimo disse...

Irmão Julio, Deus continue abençoando seu ministério em esclarecer a sociedade civil e a Igreja quem são o lobos disfarçados de anjos em nosso meio.

Pastor Caleb.

Anônimo disse...

Prezado irmão Julio Severo, a denominação que frequento está cultivando o fermento de Satanás que é a socialista Missão Integral. A igreja em questão é a Comunidade da Graça deste deputado citado, que é filho do presidente da igreja.
Até há alguns anos, a igreja tinha vida espiritual e era uma igreja abençoada.
No entanto, paulatinamente a denominação (embora não mencione expressamente a TMI, nem nunca tenha levado Ariovaldo Ramos ao púlpito ainda) tem esvaziado a espiritualidade e adotado uma perspectiva humanista, se afastado dos milagres, dos dons do Espírito, da fé mesma - a única que promove real transformação de vida. Embora a igreja não pregue cessacionismo, tem deixado o Espírito Santo "engavetado", é como se Ele não existisse ali.
Nas pregações há uma ênfase exagerada no "social". Não disfarçam mais o marxismo, só não o declaram abertamente. Nas pregações, sobram críticas para "individualismo", "patriarcalismo", "machismo", fala-se em "revolução", "alienação" e coisas assim: linguajar marxista do brabo. Ah, e o combate às igrejas pentecostais e neopentecostais é frequente - é "moralismo", "legalismo", "farisaísmo" etc. Além disso, há forte vínculo com ícones da socialista Missão Integral no Brasil: além do Bezerra Jr., há ligações profundas com Antonio Carlos Costa do Rio de Paz, Ed René Kivitz, a turma do Ultimato, Leonardo Sakamoto (que é ateu, abortista, anti-família, etc etc etc!!!) e até com a Marina Silva que é mais marxista do que Lênin. É assustador.
Os pastores mais espirituais ou tradicionais, tem sido "bypassados", evitados, e não se dá espaço para eles nos púlpitos.
No entanto, vira-e-mexe há convite a onguistas nacionais e internacionais ditos cristãos de quem a gente nunca ouviu falar trazidos pelo Bezerra Jr. Este aliás, saiu do armário ideológico. Esquerdizou-se de vez, parece estar tomando aulas com Frei Betto ou Leonardo Boff, é impressionante a linguagem dupla, os jargões, as palavras-chave socialistas, e as inversões bíblicas p/ caber na ideologia, etc. O cara distorce a Bíblia na cara de pau e ninguém faz nada.
O povo da igreja, posso te afirmar, tem fome e sede de Deus, da comunhão, do Espírito e da fé, mas nem sabe o que está acontecendo. A vida com Deus tem sido substituída apenas por uma "vibe" positiva oca, um clima de amizade, de boas sensações, mas que de espiritual nada tem. Tornou-se uma igreja cheia de gente, vazia da presença de Deus.
Só há zelo ali quando se trata de "liderança", só se fala nisso, "liderança", "mentoreamento", "célula" pra lá, "líder" pra cá, "líderança" acolá... e as pessoas sedentas, sedentas de Deus.
E é difícil alertar: eles lhe taxarão de maldizente ou algo assim, pois, como os modos são todos de abordagem positiva, linguagem polida, exaltação à própria reputação, meios-sorrisos, desculpas cínicas ou silêncio total mesmo, toda crítica soa como maldade, rebeldia. Eles dizem que é "quem é de Deus não critica" e ponto.
De minha parte, tenho orado e buscado ao Senhor a este respeito, para que nos poupe ali ou mostre um lugar ainda puro para frequentar. Tenho procurado guardar o que tenho para ninguém tome a minha coroa. Mas tem sido difícil estes dias. Parece que os profetas de Baal da TMI estão por toda parte, realmente parece um vírus essa coisa e ninguém se dá conta. Que o Senhor repreenda esta estratégia do inferno, em nome de Jesus.
Bem, tudo isto meu irmão é só um breve relato para que você continue sua árdua luta, que acompanho no seu blog.
Obrigado pelo seu trabalho.
Oro ao Senhor para que lhe dê forças. Que o Senhor Jesus te abençoe ricamente, o livre e o proteja a ti e a tua família, considero você um profeta de Deus.
Permaneçamos todos firme na fé, na esperança e no amor, em nome de Jesus.
Que o Senhor dê a vitória para aqueles cujo coração é totalmente Dele, e derrote Satanás com o sopro de Sua boca. Amém.