9 de julho de 2013

Bancada evangélica impede votação da Lei da Palmada


Bancada evangélica impede votação da Lei da Palmada

Projeto quer castigar pais que aplicarem castigos físicos em crianças e adolescentes

Uma articulação da bancada evangélica na Câmara dos Deputados derrubou a articulação de Maria do Rosário e aliados do governo petista que queriam, nesta terça-feira, 9 de julho, aprovar a chamada Lei da Palmada na sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).
A Lei da Palmada, que torna pior o já nocivo Estatuto da Criança e Adolescente, amplia os castigos sobre os pais que aplicarem castigos físicos em crianças e adolescentes.
A estratégia de avanço de Rosário e aliados se deparou com a obstrução sistemática da bancada evangélica, e a sessão foi adiada. O presidente da CCJ, o deputado petista Décio Lima, indicou que não vai desistir, deixando claro que quer agora tentar votar a Lei da Palmada na quarta-feira, 10 de julho.
O deputado Marcos Rogério (PDT-RO), que esteve a frente da ação para obstruir a estratégia de Maria do Rosário, disse que o perigo da Lei da Palmada é que servirá como uma interferência do Estado dentro da educação dada pelas famílias.
Com informações do Estadão.
Leitura recomendada:

10 comentários :

Claudio Vaz disse...


Parabenizo o deputado Marcos Rogério (PDT-RO) pela ação de obstruir mais uma manobra da Sra. Mariassassina do Rosário.

Contudo, o deputado Marcos Rogério (PDT-RO) é incoerente. É inexplicável e incompreensível um deputado que é contra o aborto(http://depmarcosrogerio.com.br/observatorio_noticia/frente-parlamentar-organiza-manifesto-contra-legalizacao-do-aborto) ser membro de um partido que apoia o aborto(http://pdt.org.br/movimentos/mulher).

Sai daí, deputado Marcos Rogério (PDT-RO)!

Exíguo disse...

"Altera a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990, que dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente, para estabelecer o direito da criança e do adolescente de serem educados e cuidados sem o uso de castigos corporais ou de tratamento cruel ou degradante."

Na verdade basta vetar a parte do "de castigos corporais ou", daí a lei pode ser aprovada sem problema. Até porque a própria Constituição já proíbe tratamento cruel ou degradante.

Vale a pena se lembrar de telefonar (ou mandar e-mail) para agradecer os membros da CCJC que votarem contra o PL.

Anônimo disse...

Gloria a Deus por mais essa vitoria para a familia brasileira.

Pastor Caleb.

Roger disse...

OS EVANGÉLICOS DEVEM TER SEMPRE EM MENTE QUE O A LUTA CONTRA O DEMONIO É CONTINUA ATÉ O FIM DOS TEMPOS!
os marxistas não desistem nunca; vão martelando, martelando, forçando a diminuação da resistência com o tempo, insistem e marretam até conseguirem impor suas ideologias nos fracos, nos cristãos despreparados, são demoníacos.
Mais uma vez os evangélicos salvando a pátria, hem, todos nós devemos estar preparados para as próximas investidas: o diabo não desiste, mas nós não dormimos com os olhos dos outros, jamais!
Os parlamentares evangélicos, excetos os esquerdistas pró marxistas, têem dado um banho nos católicos, que nem suas bancadas oficiais possuem para defender-lhes os interesses no Senado e Câmara...
Reitero: os evangélicos de novo salvando a pátria!

Anônimo disse...

Estágio lamentável este que chegamos: o governo brinca com as leis e o povo tem que ficar vigiando dia após dia para não ser mais logrado do que já é. Triste.

Neokoros disse...

Menos mal... Num momento como este, no qual um plebiscito mascara um golpe, é uma preocupação a menos.

Não sabia que a "singela senhora" se chama Mariassassina do Rosário - Menino criativo, este Claudio Vaz...


Anônimo disse...

Essa é fácil: porque o pdt não é um partido nanico de fachada. Muitos estão dispersos em diversas legendas que possuem alguma influência.

Leonardo disse...

O PL esta na pauta de hoje novamente,
http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=483933
as 10 da manha...
as ligacoes pro 0800 surtiram efeito, vamos nos mobilizar novamente... URGENTE!!!!!

Everaldo disse...

Respondendo ao Roger,

Amigo Roger,

Temos que ser realistas: não podemos (e nem devemos) nos descuidar. Apesar dessa vitória parcial do povo de Deus, não podemos ingenuamente crer que o governo e os homossexuais vão engolir calados essa derrota momentânea que tiveram.

Ninguém se iluda pensando que o governo e os homossexuais vão deixar isso barato: com certeza eles estão desejosos por uma desforra (e vão tentar voltar com força máxima). Tenho plena e absoluta certeza de que o governo e os homossexuais estão tramando algo nos bastidores (é bom estarmos de olhos bem abertos)! Se mesmo antes disso já era preciso vigiar, agora é que a vigilância precisa ser redobrada!

Em suma: ganhamos somente uma batalha, mas ainda não ganhamos a guerra! Portanto, nada de oba–oba antes da hora! A nossa mobilização não pode (e nem deve) parar! Contra esse governo e os homossexuais a nossa vigilância tem que ser permanente (24 horas por dia)!

P.S: Se alguém daqui quiser se manifestar, esteja à vontade.

Marisa disse...

Bom dia, Júlio Severo:
Como eles nunca desistem, precisamos que vc faça um post a respeito. A Dilma vai sancionar essa lei, se não fizermos nada.
Abs,
Marisa
http://padrepauloricardo.org/blog/congresso-aprova-lei-que-na-pratica-legaliza-o-aborto-no-brasil