10 de junho de 2013

O PLC 122 não representa, nem de longe, perigo?


O PLC 122 não representa, nem de longe, perigo?

Dono de Lixeira garante que projeto gayzista é estrume inofensivo

Julio Severo
De acordo com a Lixeira, o PLC 122 não oferece os perigos denunciados por alguns líderes evangélicos, inclusive Silas Malafaia, a quem a Lixeira chama de “servo de Belzebu.” Como está comprovado, boca limpa nunca foi o forte do dono da Lixeira.
Tenho discordâncias com Malafaia, especialmente com relação a oportunismos em época de eleição. Mas independente disso, ele tem feito um trabalho excelente na luta contra a agenda abortista e gayzista.
Danilo Fernandes, dono da Lixeira: o “PLL 122” não é ameaça
Não uso a palavra “Lixeira” fora de seu significado real, pois Genizah, um dos maiores tabloides sensacionalistas do Brasil, significa exatamente “lixeira.” Adivinhe então o que pode sair da lixeira?
Opinando neste domingo (9 de junho) sobre o PLC 122, Danilo Fernandes, o dono da Lixeira, afirmou que a ignorância “de alguns políticos evangélicos interessados no uso deste projeto para fins eleitoreiros e um ou outro comentário de um blogueiro sofrendo de esquizofrenia paranoide se transforma em pânico levando milhares de ovelhas idiotizadas à beira de um ataque de nervos.”
Ele aproveitou também para despejar um pouco do conteúdo da Lixeira no que ele estranhamente chama de “PLL 122,” dizendo: “Sim. O PLL 122 é um saco de estrume legislativo. Contudo, os riscos deste projeto nem de longe envolvem os sofismas de certos líderes que querem atribuir ao mesmo o risco real de cercear a nossa liberdade religiosa.”
Diretamente da boca da Lixeira...
A mensagem que ficou clara do dono da Lixeira é: O PLC 122 é um estrume inofensivo e você deve simplesmente cruzar os braços. Se você descruzar, você é um “político interesseiro,” um “blogueiro esquizofrênico ou paranoico,” ou até mesmo um “servo de Belzebu”!
Da esquerda evangélica, você não pode esperar nada de melhor. Da Lixeira, muito menos. A esquerda é incapaz de ver ameaças, mesmo quando os sinais são tão óbvios quanto um elefante na sala-de-estar.
Conforme aponta Joseph Keysor em seu livro “Hitler, the Holocaust, and the Bible: A Scriptural Analysis of Anti-Semitism, National Socialism, and the Churches in Nazi Germany” (Hitler, o Holocausto e a Bíblia: Uma Análise Bíblica do Antissemitismo, Nacional Socialismo e as Igrejas na Alemanha Nazista, página 170), a reação dos cristãos na Alemanha nazista diante das ameaças de Hitler era o silêncio:
“A grande maioria dos cristãos não apresentava a verdade ao ponto de contradizer as mentiras reinantes. Eles ficavam em silêncio ou se expressavam em abstrações teológicas que tinham pouco ou nada a ver com os assuntos urgentes da época.”
A vasta maioria deles, que eram católicos e protestantes da Reforma, estava com o sistema da sociedade, que era nazista. A minoria, representada muito bem pelo Rev. Dietrich Bonhoeffer, era vista como fanática pela maioria. Bonhoeffer, um pastor luterano que hoje é considerado um herói, fazia parte de um movimento secreto que queria matar Hitler.
A maioria não via ameaças. Bonhoeffer estava enlouquecendo?
Imagino que se houvesse um líder cristão hoje disposto a fazer o que Bonhoeffer queria, a Lixeira teria de procurar um adjetivo pior do que “servo de Belzebu.”
O fato é que devido às lixeiras pastorais da época, os perigos do nazismo não eram levados tão a sério quando deveriam. Do púlpito só saia lixo. E por lixo quero dizer uma pregação que se expressa em abstrações teológicas e filosóficas quando deveria confrontar diretamente os males que os cidadãos estão enfrentando no seu dia a dia.
Os pastores na Alemanha nazista falavam uma mensagem gramatical e teologicamente perfeita, mas sem nenhuma relação direta com o que suas congregações estavam vivendo e sofrendo.
O caso da Lixeira, obviamente, é muito pior, pois não há as costumeiras abstrações dos doutores em teologia temerosos de confrontar o mal de forme objetiva. A Lixeira confronta de acordo com seu próprio conteúdo. Quando se refere ao tal “PLL 122,” diz claramente que é um estrume inofensivo. Quando se refere ao Malafaia ou a mim, não tem a hombridade de criticar as ideias sem xingar as pessoas.
Do alto de sua Lixeira, o dono do Genizah diz “PLL 122,” tropeçando repetidamente na língua portuguesa, e ainda acusando pessoas como eu de ignorantes e de não terem lido. Verdade: não li o tal “PLL 122.” Provavelmente, nem o Malafaia, nem você. Tudo o que pudemos ler foi o PLC 122. Onde está o PLL 122 de Danilo?
Eu poderia recomendar a Danilo a volta à escola. Mas do jeito que anda a educação do Brasil, ele certamente voltará mais burro e mais esquerdista do que já é.
Entretanto, não é só nas palavras que o dono da Lixeira tropeça. Sua ética também cambaleia mais do que bêbado voltando para casa na escuridão tarde da noite.
Anos atrás, um site chamado Observador Cristão começou a veicular difamações contra mim, que estou na linha de frente contra o PLC 122. Eram difamações sem pé nem cabeça. Mas, aparentemente, não era o esquerdista Genizah que estava fazendo isso.
Na época, a mensagem que aparecia era que o dono do Observador Cristão era um pastor reformado conservador. Essa etiqueta foi o suficiente para que outros reformados engolissem a isca com o anzol e a vara inteira, retransmitindo as difamações.
Foi então que recebi comunicado de uma das bases internacionais da JOCUM. O técnico em informática me alertou: O Observador Cristão pertence a Danilo Fernandes, ou, mais precisamente como constava na documentação da época: José Danilo Silvestre Fernandes Filho.
Ele me atacava disfarçado de “pastor reformado conservador.” Ele fazia gossip (palavra inglesa que significa fofoca) através de seu avatar “Observador Cristão.”
Pura vigarice. Pura falta de integridade e honestidade cristã.
Dá para se estranhar o título de Lixeira Gossip para o Genizah?
Se Danilo quer combater os cristãos que alertam contra o PLC 122, faça-o usando ética cristã e, acima de tudo, buscando a Deus para falar somente o que Deus quer que ele fale.
Mas talvez eu esteja enganado. Talvez a birra, a malandragem, as vigarices, as maldades e as difamações de Danilo contra nós não tenham nada a ver com o PLC 122. Talvez tenham a ver somente com o tal estranho “PLL 122.”
Se esse for de fato o caso, alguém por favor informe ao dono da Lixeira Gossip que nem eu nem Malafaia temos algo a ver com esse “PLL 122.”
Do contrário, ele e seus incontáveis avatares continuarão despejando lixo em todos os que denunciam os perigos reais do PLC 122.
Leitura recomendada:
Sobre Danilo Fernandes e Genizah:
Sobre o PLC 122:

22 comentários :

Anônimo disse...

"Eu poderia recomendar a Danilo a volta à escola. Mas do jeito que anda a educação do Brasil, ele certamente voltará mais burro e mais esquerdista do que já é."

2.

Irmão Julio, esperar o que de um camarada que persegue sem dó e sem misericórdia os nossos irmãos pentecostais como faz a Lixeira do Danilo ?

O Danilo e outros comunistas , disfarçados de cristãos evangelhos, estão sendo a cada dia desmascarados á sociedade civil e a Igreja do Nosso Senhor Jesus Cristo e para a Gloria de Deus Pai.

Pastor Caleb.

ÉLQUISSON disse...

Júlio,

Desculpe se eu usar um tom carregado para me expressar, mas eu diria que só mesmo quem for cego ou idiota é que vai acreditar que o PLC 122 é "inofensivo".

E quando eu vi o tal Danilo "Esquerdista" Fernandes querendo "embelezar" o PLC 122, eu nem me espantei. Dele (e de outros iguais a ele) se pode esperar tudo que é sujeira. Aliás, não custa nada de mais lembrar que foi esse mesmo sujeito (que eu vou chamar de boca suja) que publicou um conteúdo recheado de termos pornográficos contra a sua pessoa.

Independente do que alguém pense, eu tenho uma certeza: o PLC 122 é uma verdadeira ameaça aos cristãos, e tem que ser veementemente combatido! Essa lei do inferno é um atentado à moral e aos bons costumes! Temos que nos empenhar com todas as nossas forças para barrar a aprovação dessa lei ímpia!

Cristãos de todo o Brasil (e de todas as denominações), está na hora de sermos unidos contra mais esse plano diabólico! É hora de agirmos imediatamente! Não podemos ficar de braços cruzados vendo nossos inimigos prosperarem!

Júlio, pode contar comigo nessa luta desde já. No que depender de mim e dos irmãos da igreja onde eu congrego, vocês (você e os demais cristãos) têm todo o nosso apoio!

Vamos todos dizer a uma só voz:

– NÃO AO PLC 122!
– SIM AO SENHOR JESUS E À SUA PALAVRA!

Erisvaldo disse...

Eu não gostaria de dizer exatamente o que eu penso em relação ao assunto deste artigo, mas, em virtude das circunstâncias (e considerando os acontecimentos atuais), eu não posso fugir ao que a minha consciência me manda dizer.

Diz um ditado popular que o brasileiro só fecha a porta da casa depois que o ladrão já entrou e roubou tudo!

Eu diria isso de uma forma bem mais direta: MUITOS QUE SE DIZEM CRISTÃOS ESTÃO APÁTICOS, INERTES OU INDIFERENTES, APENAS ESPERANDO A APROVAÇÃO DO PLC 122 (OU DE QUALQUER OUTRA LEI A FAVOR DOS HOMOSSEXUAIS) PARA FINALMENTE RESOLVEREM AGIR!

O que eu tenho a dizer a todos daqui (em forma de desabafo e revolta) é precisamente o seguinte (prestem bastante atenção):

– ENQUANTO FICARMOS DE BRAÇOS CRUZADOS, OS HOMOSSEXUAIS (E SEUS COMPARSAS) CONTINUARÃO A NOS BOMBARDEAR (E A NOS ATACAR) SEM A MÍNIMA PIEDADE OU COMPAIXÃO!

– ENQUANTO ALGUNS QUE SE DIZEM CRISTÃOS CONTINUAREM SENDO OMISSOS, COVARDES, FROUXOS, OU INDIFERENTES EM RELAÇÃO À SUJEIRA DESTE GOVERNO PRÓ–ABORTO, PRÓ–HOMOSSEXUALISMO, ANTI–FAMÍLIA E ANTI–CRISTÃO, OS HOMOSSEXUAIS NÃO VÃO DESCANSAR ATÉ QUE O SEU OBJETIVO SEJA ATINGIDO (A APROVAÇÃO DO PLC 122 OU DE QUALQUER OUTRA LEI A FAVOR DELES)!

– ENQUANTO O POVO EM GERAL (E TAMBÉM OS EVANGÉLICOS) CONTINUAREM VOTANDO EM POLÍTICOS DE PARTIDOS ESQUERDISTAS, COMUNISTAS, MARXISTAS E SOCIALISTAS (OU ENQUANTO O POVO AINDA CONTINUAR VENDENDO O VOTO EM TROCA DO BOLSA–FAMÍLIA OU DE QUALQUER ASSISTENCIALISMO ELEITOREIRO BARATO), NUNCA TIRAREMOS OS CORRUPTOS DO PODER!

– ENQUANTO OS SERVOS DE DEUS NÃO SAÍREM DA SUA INÉRCIA E NÃO PROTESTAREM (E NEM TOMAREM UMA ATITUDE FIRME E FORTE CONTRA O PECADO), OS HOMOSSEXUAIS VÃO CONTINUAR NA SUA BANDALHEIRA ATÉ O DIA EM QUE NÃO PODERÃO MAIS SER CENSURADOS POR NINGUÉM!

– ENQUANTO JESUS NÃO VOLTAR, A LUTA ENTRE O BEM E O MAL NUNCA VAI TER FIM!

DIZ UM DITADO POPULAR: "QUEM CALA, CONSENTE". EU NÃO QUERO SER VISTO COMO MAIS UM CÚMPLICE DESTE GOVERNO PODRE, CORRUPTO, SATÂNICO E IMORAL!

SE FOR PRECISO, EU MESMO IREI INVADIR SOZINHO O CONGRESSO NACIONAL PARA IMPEDIR A APROVAÇÃO DE QUALQUER LEI QUE SEJA A FAVOR DOS HOMOSSEXUAIS (NEM QUE EU SEJA PRESO OU MORTO)!

SE EU TIVER QUE SER PRESO POR AMOR À VERDADE DA PALAVRA DE DEUS, EU VOU PARA A CADEIA SEM NENHUM MEDO (PORQUE EU CONFIO NO DEUS EM QUEM EU CREIO)!

SE EU TIVER QUE MORRER POR LUTAR CONTRA O PECADO, EU MORRO COM A CERTEZA DO DEVER CUMPRIDO (E SEI PARA ONDE EU IREI APÓS A MORTE)!

A MELHOR DEFESA É O ATAQUE! TEMOS QUE DAR UM BASTA NESSA IMORALIDADE E EM OUTRAS QUE QUEREM NOS IMPOR!

CRISTÃOS DE TODO O BRASIL (E DE TODAS AS DENOMINAÇÕES), ESTÁ NA HORA DE SERMOS UNIDOS PARA ORARMOS E AGIRMOS CONTRA TODA E QUALQUER LEI QUE SEJA A FAVOR DOS HOMOSSEXUAIS!

A HORA DE AGIR É AGORA! OU ADOTAMOS UMA POSTURA SÉRIA E FIRME NA DEFESA DA FAMÍLIA, DA MORAL, DOS BONS PRINCÍPIOS E DA OBEDIÊNCIA À PALAVRA DE DEUS, OU MAIS TARDE PAGAREMOS MUITO CARO PELA NOSSA PRÓPRIA OMISSÃO! DEPOIS, NINGUÉM VAI PODER DIZER QUE HOUVE FALTA DE AVISO!

QUE ESTAS PALAVRAS SIRVAM DE ALERTA PARA MUITOS QUE SE DIZEM CRISTÃOS (E QUE AINDA CONTINUAM ACOMODADOS)!

"PARA QUE O MAL VENÇA, BASTA QUE OS HOMENS DE BEM NÃO FAÇAM NADA"

Anônimo disse...

Existe algo chamado infiltração. O termo se refere a algo invasivo que, na maioria das vezes, é prejudicial. No caso desse "danado" (tomara que ele se converta, pois, se não, a identidade espiritual dele está definida), ao agir como advogado da serpente, apresentando esse PLC 122/200"6" (esse "seis' o identifica espiritualmente) como "inocente". Alias, tal "projeto" que veio das profundezas, veio a luz (ou, melhor, aas trevas), via OEA, a qual, se sobrepondo aa "soberania" brasileira", através do Partido do Terror, pegou um deputado pau mandado para o apresentar como dele. Leia um trecho abaixo, do artigo "A decadência moral e social se agrava" (Publicado em junho 9, 2013 por apocalipsetotal): http://apocalipsetotal.wordpress.com/2013/06/09/a-decadncia-moral-e-social-se-agrava/
"O fim de toda forma de preconceito.
Inspirados nos ensinamentos do cristo cósmico baha’u’llah sobre a “ Eliminação de todos os tipos de preconceitos”, a Organização dos Estados Americanos (links no final do post) lutam para legalizar as drogas e implantar a agenda gay. A OEA é uma organização internacional com sede em Washington e possui 35 nações do continente americano. O que eles estão fazendo por lá é criar uma legislação global para ser aprovada pelo executivo mundial (vulgo anticristo), caso a legislação local não consiga ser implantada.
Um exemplo disso é o PL122 da famosa ditadura gay que está barrado. Esse novo estatuto global já está pronto e será um instrumento de opressão na mão de uma minoria que exige privilégios para colocarem suas práticas libertinas e depravadas no país. Vamos analisar apenas um desses artigos dessa legislação sobre a unidade da diversidade:
“CAPÍTULO III – Deveres do Estado – Artigo 4 – Os Estados comprometem-se a prevenir, eliminar, proibir e punir, de acordo com suas normas constitucionais e com as disposições desta Convenção, todos os atos e manifestações de discriminação e intolerância, inclusive:apoio público ou privado a atividades discriminatórias ou que promovam a intolerância, incluindo seu financiamento…”
Como podemos observar trata-se de uma legislação internacional com sua própria constituição que sobrepõe a constituição local. Uma vez colocada em prática, essa lei vai reprimir manifestações contrárias. Alguns exemplos: Lutar contra a marcha da maconha, casamento gay, legalização da prostituição, distribuição de cartilhas imorais para crianças, pedofilia e tudo mais. Observe que a lei fala apenas em punir. Isso deixa um leque aberto inclusive para a degolação de cristãos no futuro."

Antonio.

Lino disse...

Respondendo ao pastor Caleb, ao Élquisson, ao Erisvaldo, e ao Antônio,

Pessoal, o alerta que o irmão Júlio Severo está nos dando neste artigo é muito sério! Enquanto estamos brincando de ser cristãos, o diabo, os demônios e seus escravos não estão brincando! Eles estão nos atacando diariamente sem a mínima piedade!

Muitos poderiam argumentar: "O mal vai se propagar porque é o cumprimento das profecias bíblicas! Não podemos impedir isso!" Sim, é verdade que as profecias da Palavra de Deus têm que se cumprir. O próprio Deus disse que Ele não é homem para mentir (Números 23:19).

Só que tem um detalhe que muitos fingem não perceber (ou não entender): porque o mal vai se propagar, eu devo ficar de braços cruzados e não reagir, ou seja, me omitir no combate ao pecado? De forma nenhuma! Eu tenho que resistir ao mal e continuar a combater o pecado (ainda que isso me custe a prisão ou a morte)! Só devo parar quando eu não puder resistir mais (ou até que Deus entre com providências)!

Ser cristão de boca ou enquanto não há nenhuma dificuldade a ser enfrentada (ou nenhum desafio a ser encarado) é muito fácil. Mas o difícil é ser cristão ao ser posto à prova! Em outras palavras: difícil é ser cristão ao estar sob uma séria ameaça de morte, na hora da provação (ou da perseguição), ou ao estar passando por alguma necessidade!

Quem, nos dias de hoje, é corajoso o suficiente para combater o pecado?

Eliel disse...

Até quando seremos omissos diante do pecado? Até quando ficaremos indiferentes assistindo ao domínio do mal?

Muitos que se dizem cristãos estão sendo omissos no combate ao pecado! No dia do juízo, esta mesma omissão vai ser seriamente cobrada! É como Jesus diz na Sua Palavra:

"Por que vós Me chamais de Senhor, e não fazeis o que Eu vos mando? (Lucas 6:46)"

"E aquele a quem muito foi dado, muito mais lhe será exigido" (Lucas 12:48)

Muito está sendo dado aos cristãos (no caso, a obrigação de combater o pecado). Só que muito mais vai ser exigido (o cumprimento desta mesma obrigação). Logo, os responsáveis pelo destino moral e espiritual de uma nação fatalmente irão prestar contas da sua negligência na obediência à Palavra de Deus!

Quem vê o pecado e fica omisso ou indiferente (isto é, não diz nem faz nada contra o pecado) é tão ou mais culpado quanto o próprio pecador. É como diz a Bíblia:

"Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado" (Tiago 4:17)

Em outras palavras: aquele que sabe que deve combater com firmeza o pecado e não age de forma decidida (e não diz nem faz nada contra o pecado, com medo de ser perseguido, preso, morto, ou de perder seus privilégios) é cúmplice do pecado (e é culpado diante de Deus)!

E tem mais um detalhe: O JULGAMENTO DE DEUS VAI COMEÇAR DENTRO DA IGREJA: OS QUE SE DIZEM CRISTÃOS (E QUE TÊM A OBRIGAÇÃO DE COMBATER O PECADO) SERÃO OS PRIMEIROS A PRESTAREM CONTAS! A respeito disso, a Bíblia diz com todas as letras:

"Pois já é tempo de se começar o julgamento pela casa de Deus; e se começa primeiro por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus? E se somente o justo se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?" (1 Pedro 4:17–18).

Já passou da hora de sermos cristãos só de boca! Temos que partir para a ação! Temos que reagir contra as investidas do diabo contra a família, contra os bons princípios e contra tudo o que for contra a Palavra de Deus! Não podemos ficar de braços cruzados vendo o mal se alastrar em nosso meio!

Finalizo minha mensagem com um versículo para a reflexão de todos:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Anônimo disse...

Nao devemos lutar contra a carne e o sangue. O que devemos fazer, e creio, alguns que postam aqui estao fazendo, eh conscientizar quantas pessoas puderem, a toda a hora, em todo lugar, incusive e, principalmente, nas igrejas. Conheco "pastores" que mandam votar no Partido do Terror como algo sublime, sagrado, como se fosse dever de cristao. A esses, soh suplicas a Deus para que faca o milagre que deva ser feito, para que instrua aos membros das igrejas que os coloque para fora ou, para que eles se convertam ao verdadeiro Deus, abandonando o bezerro de ouro (ou, os "Bezerras").

Antonio

Diácono Elias (Igreja Batista Nova Jerusalém) disse...

Amigo Antônio,

Para abençoar as suas sábias palavras (e assinar embaixo de tudo o que você disse), eu torno a repetir, mais uma vez, o que eu já postei num comentário feito num artigo semelhante a este: se todos os eleitores do Brasil (inclusive os cristãos) tivessem orado e pedido discernimento a Deus antes de votar, não teríamos no poder um governo pró–homossexualismo, pró–aborto, anti–família e anti–cristão. E nem elegeríamos uma bancada que se diz evangélica, mas que não tem tido nenhum compromisso com a obediência à Palavra de Deus (além de ser omissa no combate ao pecado e conivente com o mesmo governo)!

Creio que o problema está não somente em muitos dos políticos que se dizem cristãos (como os da bancada evangélica), mas também de alguns cristãos eleitores que os colocam lá. Alguns desses mesmos eleitores votam somente por votar, influenciados por alguém (tipo: "Vou votar no irmão da minha igreja, pois foi o pastor quem pediu"), ou sem saber quem realmente é o candidato, que ideais defende, quais compromissos tem, quais interesses visa, enfim, o que realmente fará ao ser eleito.

Daí, surgem certos "políticos cristãos" que estão mais preocupados em cuidar de seus negócios particulares (ou dos negócios de suas igrejas) ao invés de terem um compromisso sério com a obediência à Palavra de Deus e com questões que afetam a sociedade como um todo (especialmente a maioria cristã).

Portanto, é necessário que todo o povo (e também as igrejas) sejam politicamente conscientizadas sobre a responsabilidade do voto. Se em toda eleição colocarmos ímpios no poder, estaremos dando carta branca para que o diabo e os demônios ataquem a tudo e a todos (além de promoverem a destruição dos valores morais, familiares, e dos princípios cristãos). Em suma: o que não podemos fazer é perpetuar este ciclo vicioso, ou melhor, não podemos continuar alimentando essa política imoral e anti–cristã que já tomou conta do Brasil. Aliás, não só o cenário político, mas, infelizmente, até algumas igrejas evangélicas estão infestadas de falsos cristãos gananciosos e vaidosos que só usam o nome de Deus para seus próprios interesses (ou para suas próprias conveniências).

Que este alerta seja amplamente divulgado a todos, para que todos saibam o quanto o voto é importante para decidir o futuro de um país.

Um grande abraço,

Diácono Elias (Igreja Batista Nova Jerusalém)

P.S: Se alguém daqui quiser se manifestar, esteja à vontade

Roger disse...

TAÍ MAIS UM ARDIL PROPORCIONADO POR ELGEREM O DIABO PARA NOS GOVERNAR!
EVANGÉLICOS ESQUERDISTAS, TL/PT, MARXIMO = IDEM
O PLC 122/06 que foi com ardis hoje, contém modificações com o Senado Marcelo Crivella, pois em sua forma anterior o projeto estava enfrentando mais dificuldades para avançar e na negociação com Crivella adicionou idosos, deficientes e até evangélicos, que mesmo assim continua com sua carga explosiva de favorecimento ao homossexualismo e ameaça de perseguição ao direito de livre expressão contra a conduta homossexual.
Se o PLC 122/06 for totalmente aprovado no Congresso, pregações contra o homossexualismo cairão na categoria de "incitação à homofobia", e pastores e padres já estão sendo ameaçados no Brasil.
Com a ajuda dela, os ativistas homossexuais estão dispostos a usar qualquer manobra para aprovar o PLC 122/06, inclusive adicionando idosos, deficientes e evangélicos e inclusive colocando-o para votação sem pauta e sem a participação democrática de parlamentares que poderiam votar contrariamente aos interesses dos que têm um único objetivo: impor goela abaixo da população a ideologia homossexual contra a vontade de 99% (NOVENTA E NOVE) dos brasileiros.
Os CRISTÃOS eleitores e apoiadores do PT se preparem para do lado de lá ao devido acerto de contas como COMPARSAS!

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

De uma coisa eu tenho plena e absoluta certeza: o PT, os demais partidos esquerdistas e os homossexuais não vão sossegar enquanto o PLC 122 não for aprovado. E não seria nada de mais se eles recebessem uma "mãozinha" do STF nesse sentido!

Se o STF aprovou o casamento homossexual (e o aborto anencefálico), o que custaria para o mesmo STF aprovar o PLC 122? Desse governo podre, corrupto, satânico e imoral, podemos esperar tudo (menos qualquer coisa que preste)!

Está na hora de todo o povo se mobilizar para impedir a aprovação desta aberração, que é um verdadeiro atentado contra a família e contra a moral (e todos os bons costumes)!

Vamos todos dizer juntos (em alto e bom som):

– NÃO AO PLC 122!
– SIM À OBEDIÊNCIA À PALAVRA DE DEUS!

O BRASIL É DO SENHOR JESUS!

Wellington disse...

PESSOAL, O ALERTA QUE O PRESBÍTERO VALDOMIRO ESTÁ DANDO AQUI É MUITO SÉRIO (PRESTEM BASTANTE ATENÇÃO): SE O STF APROVOU O CASAMENTO HOMOSSEXUAL (E TAMBÉM O ABORTO ANENCEFÁLICO), NÃO CUSTARIA NADA DE MAIS PARA O MESMO STF APROVAR O PLC 122!

SE O PLC 122 NÃO FOR APROVADO PELO SENADO, NÃO SERÁ NENHUMA SURPRESA SE OS HOMOSSEXUAIS RECORREREM AO STF VISANDO ESSA APROVAÇÃO!

Desse pessoal, só se pode esperar tudo que não presta! Temos que ficar atentos ao que eles estão tramando nos bastidores!

Os homossexuais não estão brincando! Enquanto estamos sendo frouxos, eles estão nos atacando impiedosamente! É hora de reagirmos diante de tudo isso!

Vamos nos mobilizar para que esta pouca vergonha não seja aprovada! A hora da união é agora (antes que seja tarde demais)!

Anônimo disse...

Uma das poucas vezes em que votei em candidato a cargo político - sendo a ultima vez desde então - foi em 2002, para aquele traquina, "o garotinho". Não é que, qdo o moco foi desclassificado no primeiro turno, na semana seguinte o "servo de Deus" havia subido no palanque do mais satânico, vagabundo, imundo, safado, etc., etc., etc., sujeito que este Brasil conheceu: o "lula" (sic). Outro enganador é esse inCRIVELlA Marcelo, que faz parte do sistema de satanás, ora no “Sinistério” da Pesca, a ver se pesca mais alguns imbecis “eleitários” para continuar a eleger os inimigos de Deus e da humanidade. Não é que esse moço fez um emocionado discurso no Senado, ha algum tempo, tecendo elogios aa existência do (acreditem se quiserem) C O M U N I S M O.
Há algum tempo, estava numa igreja nos EUA, sendo época de eleição para presidente daquele pais, fiquei admirado do pastor se dirigir aos presentes, da seguinte forma: “Irmãos, prestem atenção: nesta eleição, aquele candidato que estiver claramente contra Deus, deixem-no de lado”.

Antonio.

ELISEU disse...

Respondendo ao diácono Elias, ao Roger, ao presbítero Valdomiro, ao Wellington, e ao Antônio,

Não sei se vocês irão concordar comigo, mas eu penso o seguinte: todos os eleitores (principalmente os cristãos) deveriam investigar a vida pregressa dos candidatos (qualquer que seja o partido), o que dizem os estatutos dos partidos aos quais eles são filiados, como votam, como atuam no Congresso Nacional, quais ideais defendem, enfim, procurar se informar (e também esclarecer a todos), para que ninguém se deixe enganar pelos muitos lobos em pele de cordeiro que sempre aparecem em todas as eleições.

Lembro que tinha um vizinho meu que matava e morria pelo PT e pela esquerda. E era também um defensor ferrenho dos socialistas: Marx, Lênin, Stálin, Fidel Castro, Che Guevara (e outros). E não admitia que ninguém falasse mal deles!

Mas bastou eu mostrar alguns vídeos da TV Câmara e da TV Senado (e também algumas reportagens) mostrando o que os esquerdistas realmente fazem às escondidas para que esse mesmo vizinho "acordasse". Quando ele finalmente viu a verdade sem nenhum disfarce, ele ficou tão horrorizado que me confessou: "Eu não sabia que esse pessoal agia assim nos bastidores".

Num primeiro momento, ele custou a acreditar no que estava vendo. Mas, como se diz popularmente, "contra fatos, não há argumentos". Ele, finalmente, teve que admitir que tinha sido enganado durante todo esse tempo. Aí eu aproveitei a deixa e disse a ele: "Jesus disse, com todas as letras, que o diabo é o pai da mentira (João 8:44). Os esquerdistas agem da mesma forma (exatamente igual ao diabo): fazem mil e uma promessas mentirosas para se elegerem. É somente através da mentira e da dissimulação que a esquerda consegue estar no poder (para depois mostrar a sua verdadeira face). Se não fosse pela mentira, os políticos do PT (e de outros partidos esquerdistas) jamais seriam eleitos".

Diz um ditado popular que "quem vê cara, não vê coração", não é verdade? Quantas promessas de muitos esquerdistas são feitas na nossa frente com um sorriso (mas com as intenções mais perversas por trás desse mesmo sorriso)?

Por isso é que o governo não tem nenhum interesse que o povo tenha conscientização política. É lógico: quanto mais ignorante for o povo, mais esse mesmo povo é fácil de ser enganado. Em outras palavras: o povo politicamente ignorante se torna uma massa de manobra facilmente manipulável nas mãos de quem está no poder. E considerando que este mesmo povo vota mais com a barriga do que com a cabeça, não é nenhuma surpresa estarmos sendo governados por um bando de corruptos.

Tendo um governo totalmente pró–homossexualismo, pró–aborto, anti–família e anti–cristão, que futuro o nosso país terá com um governo podre e demoníaco desses no poder?

Deixo esta pergunta no ar para alguém daqui responder na primeira oportunidade.

Péricles disse...

O político evangélico perfeito, na concepção do "politicamente correto" do nosso governo e dos homossexuais, é aquele que tem (exteriormente) o rótulo de cristão, mas aceita a sujeira do governo (leia-se tolerância ao homossexualismo e a tudo que é pecado).

Não sei se seria exagero da minha parte, mas eu diria que boa parte da nossa atual bancada evangélica também se enquadra na "politica cristã perfeita". Explicando: não estou dizendo que alguns dos políticos dessa mesma bancada são a favor da agenda gay, mas só o fato de terem ajudado a eleger este governo pró–homossexualismo já faz com que se tornem iguais aos "políticos cristãos perfeitos" de quem o governo quer ter o apoio. Em outras palavras: são cúmplices (ainda que indiretamente).

Magno Malta e Marcos Feliciano são bons exemplos disso. Apesar de serem contra a agenda homossexual, ambos ajudaram a eleger este governo (Magno Malta ajudou a eleger Lula e Dilma, e Marcos Feliciano colaborou para a campanha de Dilma). Como alguém pode ser contra o mal, e, ao mesmo tempo, ajudar a colocar o mesmo mal no poder?

Talvez ambos nunca leram o que disse o apóstolo Paulo:

"Porque se torno a edificar aquilo que destruí, constituo a mim mesmo transgressor" (Gálatas 2:18)

Traduzindo este texto para a linguagem atual, seria mais ou menos assim: se eu (político evangélico) torno a colocar no poder um governo demoníaco (o qual eu tenho obrigação de combater), eu estou agindo contra os princípios cristãos que eu defendo (e enganando a mim mesmo).

Será que muitos dos políticos da bancada evangélica, alguma vez, já pararam para pensar nisso antes de colocar um governo esquerdista no poder (tanto do PT como de outros partidos com a mesma agenda)?

Franscô disse...

Muito depois dos evangélicos se manifestarem politicamente contra este governo de morte, finalmente os católicos estão reagindo.
Para os cristãos que ainda caem no jargão "não misturar política com religião" para afastar os cristãos da política, segue reação do Papa:
http://www.youtube.com/watch?v=T79MEtvlFxk

Anônimo disse...

Na eleição presidencial de 2002, após eu me enganar com o “evangélico” garotinho, e vê-lo no palanque do imundo messias de garanhuns, fui pesquisar no TSE sobre o DNA do partido a que ele era filiado. Sim, o tal PSB é partido comunista com sutileza semântica (“socialista”). Pois bem, pesquisando os demais bandos, no total, são 30, mais ou menos super organizados, 25 tem como mentor satanás: são esquerdistas/socialistas/comunistas/marxistas/satanistas. Dos cinco restantes, em que, pelo Estatuto deles, se dizem compromissados com a Direita (referência cristã, respeito à família, à liberdade de pensamento, ao direito à propriedade), quatro estão em abjeta simbiose com os primeiros, via coligações, restando apenas um que se mantém (um pouco) fiel à ideologia declarada. Sendo assim, é nos dada a opção (sic) de “escolher” (sic, sic, sic) “demoniokratikamente”. Só o Senhor Jesus para dar fim em todo esse lixo.

Antonio.

MARIA disse...

Esse Danilo Fernandes é Demônio puro!

Trindade disse...

Olá Júlio;
Esse fato não é novo, mas a "lixeira", muito bem definido por você graças a Deus influencia muito pouco, que na Sua infinita sabedoria começou atuar no meio evangélico pentecostal e fez esse movimento crescer; Os 70 mil cristãos em Brasília num dia de trabalho mostra que esse é o único movimento de verdadeira resistência aos desmandos do autoritarismo socialista que está em curso.
As esquerdas em geral “temem”, pois eles ao chegar ao poder perderam a manipulação das massas e os pentecostais mesmo sem saber assumiu esse vácuo, basta ver que eles não conseguem mais reunir mais do que 1.500 pessoas nos seu projetos e isso só mostra uma coisa, a maioria do povo brasileiro não os tolera mais, mas por outro lado esse povo não teve até agora outra opção, ou seja, votar em quem? Talvez em 2014 surja essa opção e ai veremos a verdadeira vontade do povo.

Karine Pereira disse...

Já disse Jesus, Quem não é por nós, é contra nós. Quem comigo não ajunta, espalha.

Quando Jesus voltar e colocar do seu lado direito só os "fundamentalistas caretas e ultrapassados" esses crentes moderninhos vão falar suas asneiras lá no inferno!

Everaldo disse...

Respondendo à Karine Pereira,

Amiga Karine,

Diante do seu comentário (com o qual eu concordo plenamente), eu diria que muitos que se dizem cristãos podem enganar qualquer pessoa, mas jamais enganarão a Deus (disso eu tenho plena e absoluta certeza).

Para esses que se dizem cristãos (como Danilo Fernandes e outros iguais a ele), mas que estão fazendo jogo duplo (querendo agradar a Deus e ao diabo), Jesus dá uma advertência muito séria e muito direta. Gostaria que todos prestassem bastante atenção a estas palavras de Jesus, as quais eu faço questão de transcrever em caixa alta (para chamar a atenção de todos):

"NEM TODO AQUELE QUE DIZ: SENHOR! SENHOR! ENTRARÁ NO REINO DOS CÉUS, MAS SOMENTE AQUELE QUE FAZ A VONTADE DO MEU PAI QUE ESTÁ NOS CÉUS. MUITOS, NAQUELE DIA, HÃO DE ME DIZER: SENHOR, NÃO PROFETIZAMOS EM TEU NOME? E NÃO EXPULSAMOS DEMÔNIOS EM TEU NOME? E NÃO FIZEMOS OBRAS GRANDIOSAS EM TEU NOME? PORÉM, EU VOS CONFESSAREI: NUNCA VOS CONHECI. APARTAI-VOS DE MIM, VÓS QUE PRATICAIS A INIQÜIDADE" (MATEUS 7:21–23)

Finalizo minha mensagem com este alerta do apóstolo Paulo:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Anônimo disse...

Pessoal, eu sei que devemos tirar esta corja do poder. Mas a pergunta que não quer calar: em quem votar? O cenário político do Brasil está dominado pela esquerda desde o fim do Regime Militar. Nós somos obrigados a votar no "menos pior" ou no "menos esquerdista". Nossa única saída, pelo o que vejo, é o PSDB (que não é grande coisa, mas bem melhor do que PT). A única saída para nós é nos mobilizarmos politicamente, de criarmos o nosso Tea Party. As próprias igrejas (sejam elas evangélicas, católicas, ortodoxas, judaicas ou o que for) poderiam começar a formar intelectuais e financiar a formação de um partido conservador. Sei que isso parece uma ilusão minha, só sei que com os atuais partidos que existem no Brasil não dá mais pra confiar. Fica aqui a minha opinião.

Gilson disse...

O anônimo acima disse algo que me chamou a atenção (e que eu faço questão de destacar aqui):

"... Mas a pergunta que não quer calar: em quem votar? O cenário político do Brasil está dominado pela esquerda desde o fim do Regime Militar. Nós somos obrigados a votar no 'menos pior' ou no 'menos esquerdista'. Nossa única saída, pelo o que vejo, é o PSDB (que não é grande coisa, mas bem melhor do que PT)..."

Amado irmão (me permita eu chamá-lo assim), concordo com você. Temos que financiar a formação de um partido conservador.

Eu diria mais: nós, cristãos, temos que apoiar pessoas que estejam verdadeiramente comprometidas com a obediência total e irrestrita à Palavra de Deus (para tentar livrar o nosso país das trevas que nos cercam).

Mas a pergunta crucial é a seguinte: em quem votar? Quem seria o político (ou o partido) capaz de livrar (ou salvar) o Brasil do caminho do inferno que o PT colocou (juntamente com outros partidos que agem igual)? Infelizmente, não dá para achar, por enquanto, uma resposta 100% satisfatória para esta pergunta.

Não quero ser pessimista, mas, sinceramente, eu não vejo nenhuma opção confiável, ou melhor, não vejo ninguém com coragem o suficiente para derrubar essa ditadura socialista (ou terrorista?) que está sendo silenciosa e sorrateiramente imposta a tudo e a todos. Pode ser que eu esteja errado, mas, do jeito que as coisas vão, eu só espero o pior daqui pra frente.

Olhando o nosso Congresso Nacional, o que temos? Sujeira, corrupção, roubalheira, escândalos dos mais diversos tipos, enfim, uma podridão total. Para mim, não há nenhum político desse meio que seja digno da nossa confiança (e, muito menos, merecedor do nosso voto).

E o pior disso tudo é que nem mesmo a bancada evangélica não está imune a essa podridão da nossa política. Ao invés de combater a sujeira deste governo corrupto de Dilma (e dos demais partidos com a mesma agenda do PT), os políticos dessa mesma bancada preferem "negociar" certas questões (ao invés de manterem uma postura firme em defesa da família, dos bons princípios, e da obediência à Palavra de Deus).

O ideal seria que o povo, antes de votar, orasse a Deus e pedisse discernimento na hora de escolher algum candidato (para não se decepcionar depois). Só que nem sempre o povo age assim. E aí ficamos sempre entre a cruz e a espada, ou seja, ficamos sempre obrigados a escolher entre um mal maior e um mal menor.

Só que tem um detalhe crucial que muitos parecem não ver: o mal, independente de ser maior ou menor (ou de qualquer outra designação que inventem), é mal sempre (e precisa ser firmemente combatido). Quem tolera o mal tem parte com o diabo. E digo mais: um verdadeiro cristão JAMAIS vai apoiar qualquer tipo de mal (seja maior ou menor). O compromisso do cristão é única e exclusivamente com a obediência à Palavra de Deus, que combate o mal de todas as formas. Ainda que um mal menor se apresente de forma aparentemente inocente ou "inofensiva", não poderá jamais ser tolerado com a desculpa de se evitar um mal maior. Em outras palavras: mesmo que um mal menor seja, momentaneamente, a única opção válida (ou disponível) para se evitar um mal maior, ainda assim é um mal. Como se diz no popular, é como "trocar seis por meia dúzia" (não vai fazer nenhuma diferença ao final).

P.S: Se o irmão Júlio Severo ou alguém daqui quiser se manifestar, esteja à vontade.