3 de junho de 2013

Marcha das Vadias: Formigas de asas, mulheres sem chão


Marcha das Vadias: Formigas de asas, mulheres sem chão

José Maria e Silva
No sábado, 25 de maio, várias cidades brasileiras, como São Paulo, Belo Horizonte e Recife, foram palco da Marcha das Vadias. No mesmo final de semana, outras marchas foram realizadas em Florianó­polis, Fortaleza, São Luís e Aracaju.

Modismo nasceu no Canadá

A Marcha das Vadias nasceu em Toronto, a maior cidade do Canadá, com 2,5 milhões de habitantes. Em 24 de janeiro de 2011, o policial Michael Sanguinetti foi à Osgoode Hall Law School, uma das mais antigas Faculdades de Direito do Canadá, proferir uma palestra sobre segurança pessoal para os estudantes. Apenas dez alunos se interessaram pelo evento, o que deve ter estimulado o policial a falar sobre o tema com mais informalidade. Num dado momento da preleção, referindo-se aos crimes sexuais em Toronto, que apresentavam um número elevado (para os padrões do Canadá), Sanguinetti disse que iria falar sem rodeios e alertou: “Eu não deveria falar sobre isso, mas tenho dito que as mulheres devem evitar se vestir como vadias para não serem vítimas”.
A declaração foi sendo repassada de boca em boca e gerou indignação na universidade. Além de ser enquadrado num programa de capacitação, o policial enviou uma mensagem de correio eletrônico para a universidade, na primeira quinzena de fevereiro, desculpando-se pelo que havia dito. “Fiz um comentário impensado, que não reflete o compromisso do Serviço de Polícia de Toronto com as vítimas de agressões sexuais”, escreveu. O policial disse, ainda, que os crimes violentos, como assaltos sexuais, podem ter um efeito traumatizante sobre as suas vítimas e, diante disso, reiterou que seu comentário fora prejudicial. “Estou envergonhado pelo comentário que fiz e que não deve ser repetido. Peço desculpas por quaisquer maus sentimentos que meu comentário possa ter despertado”, concluiu.
Mas seu pedido de desculpas foi em vão. Valendo-se das redes sociais, especialmente do Facebook, um grupo de estudantes da universidade resolveu protestar contra a declaração do policial, criando uma marcha de protesto intitulada “Slut Walk”, em inglês, ou Marcha das Vadias (ou “putas”, “cadelas”), em português. A marcha canadense arregimentou cerca de 3 mil pessoas e, já nas semanas seguintes, ultrapassou as fronteiras do riquíssimo país norte-americano e se espalhou por várias cidades dos Estados Unidos. Em seguida, o modismo canadense chegou à Argentina, Austrália, Holanda, Nova Zelândia, Suécia e Reino Unido, além do Brasil. Hoje, também é realizada na França, na Alemanha e em vários outros países, sempre com o mesmo objetivo — desafiar o senso comum por meio da adoção subversiva do termo “vadias” pelas próprias mulheres.

Sem ética e sem razão

Diz um antigo provérbio popular, aplicado às mulheres pelos machistas, que “formiga, quando quer se perder, cria asas”. Outro provérbio, de origem bíblica, diz que “é pelos frutos que se conhece a árvore”. Combinando esses dois provérbios, pode-se ter um diagnóstico preciso da Marcha das Vadias, cujos frutos palpáveis são as palavras de ordem de suas militantes nas ruas durante as passeatas. E elas falam por si.
O cartaz mais recorrente nas Marchas das Vadias é o que associa a “santa” com a “puta”. Mas essa associação não obedece a uma lógica. Ela varia conforme a militante. Umas dizem: “Nem santa, nem puta, sou livre”. Outras gritam: “Sou santa, sou puta, sou livre”. Uma flagrante contradição, sem dúvida. Também é comum o cartaz que propõe um enunciado e três opções de resposta: “Um homem sem camisa: 1) está com calor; 2) vai jogar bola; 3) quer ser estuprado, claro”. Para as militantes, a resposta correta, que aparece marcada no cartaz, é a terceira, supostamente ironizando os ma­chistas que alegam que uma mu­lher sem roupa está se oferecendo aos homens. Ora, homem não tem seios e o equivalente masculino de uma mulher sem sutiã seria um homem de cuecas, o que é inadmissível em locais públicos.

Luta vã com a natureza

Aliás, ao contrário do que afirmam as “vadias”, a nudez masculina é até mais proibida pela difamada “sociedade patriarcal” do que a feminina. Além de exibirem fartamente seios e nádegas, as mulheres também são vistas com muita frequência em nu frontal. Já o nu frontal masculino, mesmo nesse cenário de devassidão, continua sendo rigorosamente proibido e as raras fotos de homens com genitais à mostra geralmente são feitas em grupos, com mulheres também nuas, o que dilui o impacto do membro masculino, por sinal, sempre adormecido nessas ocasiões. E por que o nu frontal do homem é proibido? Porque é agressivo, porque põe em risco a integridade física das mulheres, porque um homem nu, ao contrário do que diz o tolo cartaz da marcha, não quer ser estuprado: ele pode estuprar — coisa que as mulheres não podem.
Mas as feministas, que inspiram a Marcha das Vadias, teimam em negar um dado incontornável da natureza — homens e mulheres são fisicamente diferentes, e o homem, para o bem e para o mal, é mais forte. Prova disso é que outros cartazes recorrentes nas marchas ilustram essa igualdade fictícia entre machos e fêmeas. “Sou vadia, mas isso não te dá o direito de me estuprar” — estampa um cartaz. “Pelo direito de expressar minha sexualidade e minha sensualidade sem ser estuprada” — afirma o cartaz de uma mocinha com os seios totalmente nus. “Minha minissaia não é um convite, seu tarado” — reitera outra, com as pernas à mostra.

A utópica igualdade de gênero

Homens e mulheres só podem ser iguais no plano do espírito, da inteligência, da civilidade. Reduzidos ao mero corpo de cada um, o homem vira macho — como o cavalo e o galo — e a mulher vira fêmea — como a égua e a galinha. E basta ver o que os correspondentes do homem nesse reino animal fazem com suas respectivas fêmeas para se ter uma ideia do futuro que aguarda as mulheres num mundo sem os valores judaico-cristãos, com o qual sonham as feministas. Justamente por causa do arrefecimento desses valores — muito mais do que pela mera desigualdade social — é que os índices de violência dos centros urbanos em todo o mundo, especialmente no Brasil, estão atingindo níveis insuportáveis. Quando empunham seus cartazes contra a Igreja e a família tradicional, reclamando dos assassinatos e estupros de que são vítimas, as “vadias” se esquecem que os verdadeiros estupradores e assassinos não se comovem com palavras de ordem, mas têm seus instintos aguçados pela carne que elas expõem.
É fácil para uma jovem estudante universitária — protegida por familiares e amigos — expor os seios em praça pública, dizendo que adora gozar, mas que sua nudez ostensiva, como se fora um bem de uso público, não é um convite ao sexo. Essa atitude chega a ser ofensiva diante da jovem de periferia, que ao voltar tarde da noite do trabalho, esperando ônibus em pontos ermos e ruas escuras, não pode ostentar a mesma autonomia na cara do estuprador de carne e osso — e não simbólico — que atravessa seu caminho. De fato, o policial canadense estava errado: as autointituladas “vadias” não induzem, com sua atitude, o estupro de si mesmas, mas, sem dúvida, contribuem para transformar a mulher em objeto e, ao fazê-lo, reforçam nos machos brutais a convicção de que mulher é mesmo para ser usada. Mas eles não terão acesso às protegidas “vadias” das marchas — suas vítimas serão quase sempre as infelizes mulheres de periferia, que cruzam cotidianamente seu caminho.
A Marcha das Vadias finge dar asas à mulher, mas, na verdade, tira-lhes o próprio chão. 
Editado por Julio Severo: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:
Para informações detalhadas sobre o paganismo feminista dentro das igrejas evangélicas, adquiria o livro De Volta Ao Lar

9 comentários :

Roger disse...


SÃO AÇÕES DE ONGS INSTIGADORAS DE MOVIMENTOS ANTICRISTÃOS PARA RELATIVIZAR A SOCIEDADE!
Os podres poderes que financiam e instigam pretensos movimentos reivindicatórios seriam financiados por grandes fundações estrangeiras possuidoras de um extremado rancor ao cristianismo, destacando-se os grupos Fêmen , Marcha das Vadias e outros pró aborto, as conhecidas ONGs nesse intuito das marxistas lutas de classes.
A América Latina de predominância cristã é um entrave ao projeto de reengenharia social destes grupos sediados nos EUA e na Europa cujos objetivos são de dominar as mentes dos latinos com suas ideologias marxistas. Decorre disso que dinheiro das grandes corporações irriga como filantropia a agenda "politicamente correta" do progressismo ou comunismo sob forma de partidos políticos, como o PT, gerando: enfraquecimento da família, racialismo, legalização do aborto, eutanásia, sexismo, gayzismo etc., e esses mesmos interesses financiam e ordenam quem pode e o que pode ser livremente dito, sob pena de ser esmagado pela mídia e pela militância profissional, um bando de mercenárias, enquadrar os oponentes de seus ditames, embora queiram-se passar por democráticos e vinculados a um Estado laico, uma farsa muito bem montada, Estado ateu militante desejando passar por laico, e olhe que muitos acreditam nisso.
Liberdade o que anunciam? Tornam-se prisioneiras de outros poderes ainda piores!
Continuemos fiéis ao nosso chamado à razão da nossa fé cristã, pois é nossa presença que leva à vida, e não dos satano-comunistas cuja bandeira de 5 pontas é o pentagrama satânico, o vermelho representa o sangue dos adversários e o martelo e a foice a destruição e a morte.
E sabemos que os comunistas, assim como seus irmãos gêmeos os nazistas e fascistas são de origem satanista por se atentarem contra tudo que é Deus e sua doutrina e desejarem fazer apenas ao contrario, aliando-se a Satanás,
Quem o apoia e vota no PT, PC do B etc., passa a ser comparsa e compartilha do mesmo rancor e ódio a Deus!

mareclo disse...

O homem revolvendo-se sobre as próprias fezes, como verdadeiras árvores da ciência do bem e do mal plantadas pelo diabo.

Nil disse...

Nesta matéria sobre a tal Marcha das Vadias não foi mostrado fotos,imagens de extrema nudez,imoralidade,falta de vergonha.
Nisto fez bem o autor da matéria se não tornaria difícil a apresentação desta matéria num site cristão.

Mas ! Os sites não-cristãos,seculares que até apoiam muito as "vadias" e sua marcha estão cheios de fotos e imagens de nudez,imoralidade,devassidão.

Mas ! Não ver tais imagens a menos que vá fazer um estudo ou debate sobre essa questão.

Sandra M disse...

Júlio, Júlio, Júlio...
(Um Afffssss daqueles, viu?...)

Mulheres são vítimas de violência desde que o mundo é mundo.

Este tema é por demais complexo, mesmo sendo tão simples.

O número de estupros aumentou no Brasil. Não hã punição adequada, nem a contento. Eu sou a favor de alguns métodos que nem vou citar - podem me acusar de incitar a violência, sabe?...

Os fatos: mulheres são vítimas de violência no Brasil. Na América do Sul, Central, do Norte. Na Europa.
Nestas regiões as roupas são as culpadas, servem como incentivo?

Mulheres também são estupradas em países islâ... Bom, naquelas bandas de lá, no oriente, naqueles paísa dus árabe, você sabe...
E nestes países as mulheres USAM BURCA, roupa que deixa apenas os olhos à mostra.

E então?
Pra mim, a coisa é mais que usos e costumes. É saber que para cada crime um castigo. Mas se há a possibilidade do crime sem o castigo como consequência, imagino que a estrada para praticar o crime se torna mais larga e muito mais gente queira passar por ela.

Obs.: Veja bem: estou opinando apenas no quesito "roupa".

Nil disse...

A Bíblia diz que satanás veio só para matar,roubar e destruir.

Logo entende-se que existe forte ligação entre o Diabo e o crime de estrupo. A questão do estrupo quase nunca é vista por uma visão espiritual.
Sabemos que forças espirituais malignas atuam fortemente na vida de um estrupador.

Agora ! Quando é que um homem abre uma brecha no seu coração e entra num processo que o torna num tarado sexual e depois num estrupador.

Logo ! Nenhumum homem começa seu caminho obscuro que vai fazer termina-lo sendo um estrupador lendo livros de poesia.
Vejam o exemplo :http://mundo-das-poesias.blogspot.com.br/2012/12/seu-olhar.html

O homem que lesse livros de poesia pelo contrário,a influência seria para torna-lo mais doce,amoroso,suave,carinhoso.

Agora se esse homem passar a ver mesmo é revistas pornôgraficas ? Veja o exemplo . ( Com custo achei essa parte que tem um conteúdo que não é muito pesado.´Para esse tipo de revista. Pois no geral o conteúdo é pesadíssimo)

https://www.facebook.com/revistavip
A influência com certeza é bem diferente de nosso livro de poesias românticas no individuo.

A nossa revista VIP mesmo nesta página do facebook já abre as portas para o Diabo atuar na vida do individuo.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10151644784567904&set=a.385771442903.165710.354956212903&type=1&theater Veja os comentários sobre a beldade exposta aqui não está pesado,mas noutras vezes as palavras eram só maliciosas.

O certo é que o Diabo nos nossos dias pode usar revistas,filmes,a pouca roupa das mulheres na rua,sem falar nos diabólicos filmes pornôs e erotícos. E muitas outras coisas.
Numa sociedade imoral e corrupta,que dá as costas para Deus . O diabo age para multiplicar o número de crimes,lógico entre eles o estrupo.

Agora ! Quando a reação super exagerada as palavras do policial Michael Sanguinetti. "“Eu não deveria falar sobre isso, mas tenho dito que as mulheres devem evitar se vestir como vadias para não serem vítimas”. Disse ele.

Olha ! Mesmo sem querer o policial ou dar-se conta. O policial estava exortanto as mulheres a vestirem-se de acordo com que prega a Bíblia. De maneira modesta e pura.

Lógico ! Se a Bíblia diz que as mulheres devem se vestir de forma modesta,pura,santa.

O diabo quer as coisas justamente o contrário disto,o diabo vendo ameaçado perder um meio do qual usa para atrair homens estrupadores a atacarem suas vitimas.

Não dormiu no ponto ! Tratou de soltar os cachorros para cima do pobre policial e ainda arrumou um barulho enorme para que as coisas continuasse de acordo com que ele quer.

Exagero ! Minhas palavras! Nas passeatas das Vadias, ela exibem uma nudez tão vulgar e ridícula. Que fica difícil entender como podem ser tão baixas.

Outras mulheres já se revoltarão com essa baixaria das vadias.
Com certeza há uma atuação diabólica na Marcha das Vadias.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXxX

Finalizando ! A beldade exposta na Revista VIP é uma atriz global e chama-se Débora Nascimento .

È um mistério como essas revistas conseguem achar tantas mulheres lindas e perfeitas para suas páginas !!!!!! ????????????????

Por que nunca acontece o fato de não haver beldades dispostas a sairem nas suas páginas.

Por causa do dinheiro ! Resposta simplista.

Anônimo disse...

Depois dessa desvalorização e degradação da mulher , ainda tem gente que acha que o diabo não existe.

Pastor Caleb.

Anônimo disse...

Julio, sei está vivendo na Europa, por isso gostaria de lhe enviar algumas palavras, em particular comentar sobre a suecia, talvez você possa comentar o que escrevi.

Li alguma coisa no MIDIA SEM MASCARA mencionando que seria o pais mais anticristão do mundo, não sei se é verdade. Estive em Estocolmo e claro, visitei uma igreja católica porque sou católica e porque gosto de igrejas. Estava rezando e pude ouvir pelo menos 4 pessoas lá dentro rindo de mim. Por que? por que eu estava rezando? não entendi. e o que estavam fazendo lá? não estavam rezando e sim tomando café, mas dentro da igreja?

Por que estou falando da suecia?
Lá os homens não tem voz. Crianças, mulheres e imigrantes falam, os homens abaixam a cabeça. Lá o feminismo prosperou e acabou com os homens - sou uma mulher antes de qualquer coisa. Lá o aborto é defendido abertamente. Lá não se pode tocar o hino nacional para não ofender o imigrante. Lá a criança pode crescer como um pequeno tirando sem qualquer tipo de repressão. E os homens? Trabalham e pagam a conta. O numero de homens com bebês é impressionante. Mulheres não querem cuidar da própria cria, então por que têm filho? Os impostos são altissimos e servem principalmente para sustentar aqueles espertos que não querem trabalhar - o mesmo que acontece aqui. Os homens aprenderam que não podem dizer o que pensam para não ofender quem é diferente...como eu já citei: perderam a voz.

Na suecia não existe lugar para Deus, já que lá se concentra o maior numero de ateus do mundo, e isso em nada melhora a vida deles, vide as taxas de suicidio deste pais. Praticam o sexo livre e não querem saber de familia. Dizem que a educação lá primorosa mas o que vi foi gente que é boa com numeros e que nada sabe sobre historia, politica ou filosofia. A idéia que tenho é que foram educados para seguir na vida operária, mas sem poder sair disso.

E tudo começou com o feminismo na decada de 60 e virou tudo isso que mencionei.

Anônimo disse...

A verdade dos fatos diz por si o que esse movimento nocivo chamado FEMINISMO que está aliançado com movimento gay, favor de aborto, legalização da maconha, legalização da prostituição RESUMINDO TUDO QUE NÃO PRESTA.
DIGA NÃO AO MOVIMENTO FEMINISTA!!!!!!
MULHERES BRASILEIRAS INTELIGENTES DEUS NOS CHAMOU PARA SER "FEMININAS" E NÃO FEMINISTAS(ESTAR EM REBELIÃO COM OS PRINCÍPIOS E VALORES DE DEUS PARA NÓS MULHERES).

Ester!!!!!!

Anônimo disse...

Júlio, não sei já ouviu esta sugestão antes, mas você não acha que além do seu blog, seria interessante fazer como o professor Olavo de Carvalho, ou seja, gravar alguns vídeos e postá-los no Youtube? Principalmente levando-se em conta que até onde eu sei não existe nenhum protestante ou evangélico conservador que faça isso!
Acompanho sempre os seus artigos e procuro no meu meio semear a boa palavra, mas o alcance do Youtube aumenta a cada dia!
Deus ilumine cada vez mais sua vida abençoando e protegendo você e seu família!