5 de maio de 2013

Por trás de um grande apresentador de TV, um grande pedófilo


Por trás de um grande apresentador de TV, um grande pedófilo

Comentário de Julio Severo: Um grande apresentador da TV britânica de décadas atrás é exposto hoje por suas práticas de pedofilia em seu passado de glória no mundo do entretenimento. É o segundo grande escândalo de pedofilia generalizada envolvendo um grande apresentador da TV britânica. Quantas décadas terão de se passar para que escândalos semelhantes de apresentadores de hoje apareçam? Ou realmente achamos que essas estrelas da TV despejam suas sabedorias fecais pela boca porque têm um coração melhor do que suas palavras?
A matéria abaixo é da Folha de S. Paulo:

Apresentador da BBC admite ter abusado sexualmente de 14 meninas

BERNARDO MELLO FRANCO
DE LONDRES
O apresentador de TV britânico Stuart Hall, 83, admitiu ter abusado sexualmente de 13 meninas de 9 e 17 anos de idade, entre 1967 e 1985.
Apresentador Stuart Hall, da BBC, em fevereiro; ele admitiu nesta quinta ter abusado sexualmente de 14 meninas
A informação foi divulgada nesta quinta-feira (2), durante seu julgamento por acusações de pedofilia num tribunal de Preston, no norte da Inglaterra.
Hall vai permanecer em liberdade até a leitura da sentença, em 17 de junho. Ele deixou o tribunal sem falar. Seu advogado disse que ele pede perdão às vítimas.
Há dois meses, o apresentador se disse inocente e chamou as acusações eram "caluniosas, cruéis e espúrias". Ele também pôs em dúvida a demora para os casos virem à tona.
Hall é um dos rostos mais conhecidos da TV britânica. Atuou na BBC durante 53 anos em diferentes funções, como repórter, apresentador de programas de variedades e comentarista esportivo.
No fim de 2011, ele foi condecorado pela rainha Elizabeth 2ª com a Ordem do Império Britânico. Quando as acusações foram divulgadas, no fim do ano passado, a BBC o suspendeu de suas funções até que o caso fosse esclarecido.
CASO JAMES SAVILE
No ano passado, outro escândalo de pedofilia envolvendo o ex-apresentador da BBC James Savile (1926-2011) chocou o Reino Unido. Segundo a polícia londrina, ele teria sido responsável por 450 casos de abuso sexual de menores e adultos.
As acusações só vieram à tona depois de sua morte. A BBC foi acusada de encobrir o caso quando já tinha informações suficientes para divulgá-lo, e dois editores do programa "Newsnight" foram substituídos.
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:
Anthony Comstock: o primeiro ativista anti-pornografia da história moderna

Um comentário :

Anônimo disse...

É irmão pra você vê por isso não podemos sermos enganados por aparência de ninguém, posição social, socieconômico, fama etc.
Até que se prove ao contrário que a pessoa é do bem mesmo NÃO podemos confiar em ninguém essa grande realidade como sempre dizia minha mãe um ditado antigo de "olho no padre e outro na missa" ter confiança quem quiser que seja caráter e comportamento infelizmente tem muitos pedófilos por aí abusadores eles nunca aparentam o que é o que faz.

Ester