28 de maio de 2013

Por que o esquerdismo tem que destruir tudo o que toca?


Por que o esquerdismo tem que destruir tudo o que toca?

Exclusivo: Drew Zahn lamenta a perda de boas estórias para filme ruins

Drew Zahn
As mulheres têm tratamento desigual, então temos uma “revolução sexual”…
As pessoas das regiões pobres são desproporcionalmente pobres, então vamos garantir o assistencialismo…
Nem todas as religiões são bem-vindas nas nossas escolas, então vamos expulsar Deus delas de uma vez por todas…
Milhões de pessoas não têm acesso à saúde, então vamos criar uma rede de segurança governamental e decretar que todo mundo tenha seguro saúde…
E agora que executamos todas essas “reformas” esquerdistas…
… as mulheres não são mais honradas pelos homens, sua sexualidade caiu de sagrada a casual, e 50 milhões de seus filhos são mortos pelo aborto.
…gerações de crianças das regiões mais pobres crescem sem pais, e comunidades inteiras perderam a vontade de trabalhar para procurar assistência do governo.
…imoralidade desenfreada, crimes, drogas, gravidez na adolescência e estupidez geral dos adolescentes reinam em nossas escolas à medida que os padrões acadêmicos caem para os esgotos.
…cotações de seguro atingem níveis altíssimos, empresas estão soterradas com os custos de assistência médica, médicos estão deixando a profissão aos montes e os planos de saúde e empregadores estão demitindo, de maneira que milhões de pessoas que tinham bons planos de saúde em breve deverão depender de um plano inferior do governo. E ainda nem falei do racionamento e do “painel da morte”.
Nossa, como estão se saindo essas reformas para você?
Da mesma forma que as reformas esquerdistas quase sempre se saem. Elas lidam diretamente com o problema… e o tornam pior.
O mesmo acontece com Hollywood. Boas estórias, ideias fascinantes e atores talentosos são combinados em um projeto bem intencionado… para então uma tripla dose de esquerdismo transformar tudo em lixo.
Veja por exemplo a quase muito engraçada, quase cativante, quase boa estória que está arrebentando nas bilheterias deste fim de semana, chamada “Uma Ladra Sem Limites”.
A genial comediante e atriz indicada ao Oscar Melissa McCarthy estrela como uma falsária que vive uma vida de luxo na Flórida, até que uma de suas vítimas, o personagem interpretado por Jason Baterman, tenta trazê-la de volta a Denver para pagar pelos seus crimes.
Os desvarios naturalmente resultam em uma viagem em que tudo dá errado e inclui uma narrativa redentora sobre cuidado mútuo e aprender a fazer o que é certo.
Até aí, tudo bem.
Mas então começa a agenda esquerdista.
O filme começa avançando a narrativa esquerdista da luta de classes, em que os empresários bem sucedidos são idiotas gananciosos e sem coração que maltratam seus funcionários, principalmente os subgerentes de classe média (o filme ainda faz questão de mostrar duas vezes exatamente quanto o personagem de Baterman ganha e retratar como uma incrível quantia a oferta que ele recebe para ganhar US$250.000, número considerado por Obama como uma grande riqueza a ser sobretaxada).
Mas isso poderia ser uma questão menor, perdoável, por ser um bom pano de fundo para a comédia.
Mas então o filme decide nos dar uma longa cena de um extravagante e bizarro ménage à trois, seguido de uma odiosamente vigorosa cena de sexo casual; tudo pelas gargalhadas, é claro.
Não é maravilhoso esse novo mundo sexual e amoral?
Ah, e falando em moral...
O filme então dá um tapa na cara da audiência com uma cena em que o conceito de “valores tradicionais” é intencionalmente satirizado como racista, xenofóbico, homofóbico, digno da KKK. É aí que o filme vai longe demais.
Quando é uma boa ideia insultar e depreciar a audiência por defender “valores tradicionais”? Ah, sim, quando você é de esquerda.
O filme em si é ocasionalmente engraçado, se não um pouco perdido no seu propósito. McCarthy faz uma atuação fantástica. A moral da estória é até agradável e tocante.
As boas intenções estão lá.
Mas então a agenda esquerdista crava suas garras, e mais um filme engraçado, outro bom enredo, outra grande performance é destruída por um fenômeno tão comum em Hollywood: os efeitos nocivos da agenda esquerdista.

Aviso de Conteúdo:

* “Uma Ladra sem Limites” contém mais de 120 obscenidades e profanações. Até o script foi arruinado pelo nosso novo mundo “libertado” da moralidade.
* O filme contém dezenas de referências sexuais e piadas explícitas, e uma cena estendida em que um casal faz sexo com muita gritaria e movimento (para o efeito cômico), mas tudo é visto do chão, de maneira que apenas os rostos e os pés para fora da cama podem ser vistos.
* O filme contém um número razoável de elementos de humor físico, com batidas de carro, socos, escorregões, quedas, etc. Há duas cenas alarmantes com uma batida de carro e um atropelamento. O desfecho é pouco realista nesses momentos.
* Com a exceção dos ataques aos “valores tradicionais”, o filme não possui referências religiosas ou ocultas relevantes.
Traduzido por Luis Gustavo Gentil do original do WND: WHY MUST LIBERALISM DESTROY EVERYTHING IT TOUCHES?
Leitura recomendada:

6 comentários :

Roger disse...

O COMUNISMO É ANTES DE MAIS NADA UMA SEITA SATÂNICA, CUJA BANDEIRA DE 5 PONTAS É O PENTAGRAMA SATÃNICO, O VERMELHO REPRESENTA O SANGUE DOS ADVERSARIOS E O MARTELO E FOICE A DESTRUIÇÃO E A MORTE!
Há uma ferrea luta entre as Trevas e a Luz, e o diabo é o destruidor de tudo que seja Deus, bem sabemos, sob os 10 princípios da esquerda:
Além do conhecido "DECÁLOGO DE LÊNIN" – os 10 mandamentos dos comunistas – outro intitulado “OS 10 PRINCIPIOS DAS ESQUERDAS” são diretrizes de ações e apoiam adoção de quaisquer elementos corruptos, inversões às leis naturais, à fé cristã e ao contrario, adesão total ao satanismo desde que atendam a causa.
São:
1 – Os esquerdistas não admitem a moral. Na verdade, aceitam uma tal moral sinônimo de oportunismo ao que for favorável a si e ao partido, como: “não roubar” vale somente para os outros; eles podem roubar à vontade para o partido e pra si e apadrinhados.
2 – Promovem o anti–convencional – tudo ao contrario – violentam os costumes e preferem a descontinuidade. Não gostam de seguir certas regras diferentes das que eles mesmos criam em suas deformadas mentes.
3 – Os esquerdistas derrubam tudo que seja pré–estabelecido. São, por natureza, contra todo e qualquer sistema padronizado que contém princípios já determinados, particularmente religiosos cristãos.
4 – Por terem uma mente volátil, os esquerdistas agem com imprudência e irresponsabilidade, não importando quais prejuízos venham a causar aos que estão sob seu comando; atiram para depois perguntar.
5 – Os esquerdistas desejam a uniformidade universal: todo mundo igual, exceto eles, quando estão no poder usufruindo dos privilégios vivendo na burguesia elitista e praticando o capitalismo e imperialismo opressor de Estado.
6 – Os esquerdistas não se impõem limites e acreditam que podem melhorar, aperfeiçoar e acabar com as imperfeições de tudo, inclusive do próprio ser humano. Consideram o ser humano tão domesticável como os animais.
7 – Os esquerdistas são contra a liberdade e a propriedade privada. Preferem a escravidão, embora a chamem, de maneira sutil tal farsa: "defesa dos pobres e oprimidos", igualdade, responsabilidade social, libertação de minorias, justiça social, senso de coletividade, etc;
8 – Os esquerdistas impõem coletivismo forçado. Tudo deve ser de todos, distribuindo como e a quem o quiser, mas tudo somente sob controle total do deus-Estado.
9 – Os esquerdistas desejam o poder desmedido e a liberação de todas as paixões humanas - marxismo clássico e marxismo cultural para alienarem e desagregarem as pessoas e mais facilmente as escravizarem.
10 – Os pensadores esquerdistas não querem estabilidade: pregam a revolução perpétua; a mente deles é como um caldeirão d'agua sempre em ebulição; são uns malucos espertos. Dizem promover a paz, mas são os maiores incentivadores de todas as guerras e lutas armadas, uma delas por causa de instigação de lutas de classes, lançando as pessoas e classes contra os outros para as desagregarem e facilitar a dominação e as fazer como em Cuba e Coreia do Norte: capachos do governo.
Acreditar nos comunistas ou no diabo será apenas questão de opção pessoal.

Anônimo disse...

Parece apenas mais um filme ou apenas mais um título, mas há uma verdade catastrófica por trás disto, sendo que no meu entender, este título passa uma mensagem negativa, subliminar e mostra a degradação da moral e a destruição dos bons princípios que deveriam nortear a sociedade americana e porque não dizer a mundial. Adalberto da Silva

Anônimo disse...

"Por que o esquerdismo tem que destruir tudo o que toca?"
O titulo constitui pergunta retórica. O Senhor, em algumas passagens de Sua Palavra, como esta, constante em Ecl. 10:2, diz: "O coração do sábio está à sua mão direita, mas o coração do tolo está à sua (mão) esquerda." - Eclesiastes, 10:2.
Ha tempos, procura-se associar o Senhor Jesus a questões ideológicas, e ideológicas que dizem respeito a satanás ("Jesus foi o maior comunista que já existiu" - Hugo Chaves).
Na Bíblia, sabemos, ha o seguinte versículo: "O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância." - João, 10:10.
- Roubar: o inimigo tem trabalhado incansavelmente para que a humanidade preste culto ao deus-Estado, roubando assim a gloria devida apenas a Deus);
- Matar: enquanto guru dos esquerdistas, matou cem milhões, de acordo com "O Livro Negro do Comunismo"; e,
- Destruir: está a destruir a sociedade criada nos moldes do Altíssimo, no mundo todo, com as imorais agendas vindas da central dele, a ONU;
Faz uso das aparências (elas enganam, diz o ditado): Uma das principais "qualidades do inimigo é a de ser imundo, inclusive, também, os que o seguem: "Mas, todos nós somos como o imundo..." - Isaias, 64:6. Para ter sucesso, age de acordo com a natureza dele, que é o uso sistemático do engano (o "social", por exemplo), mas, há muito tempo foi desmascarado: "E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras." - 2 Coríntios 11:14-15
E, faz uso de inúteis inocentes(?) uteis (a ele, satanás -, bem entendido). Ha algum tempo, o senador Marcelo (in)Crivel a, discursou no Senado, tecendo loas ao comunismo. Como é possível, se a pessoa realmente é cristã, com conhecimento bíblico (afinal, o rapaz se apresenta como bispo), apologizar sobre as "qualidades" do anjo caído?
Há um personagem da mitologia grega, o rei Midas, o qual, tudo em que tocava se transformava em ouro. O esquerdismo/socialismo/comunismo/marxismo/satanismo, é o "sadim" - Midas, ao contrario; tudo o que toca se transforma em lixo.

Antonio.

ÉLQUISSON disse...

Respondendo ao Roger, ao Adalberto da Silva e ao Antônio,

Amigos,

Se o diabo se mostrasse como ele realmente é, ninguém jamais iria querer aproximação com ele. Mas ele sempre se apresenta como anjo de luz, para enganar os que não estão firmes na Palavra de Deus. É como bem disse o apóstolo Paulo:

"E não vos admireis disto, já que o próprio Satanás insiste em se transformar em anjo de luz. Não é muito, portanto, que os seus ministros apareçam como ministros da justiça; e o fim deles será segundo as suas obras" (2 Coríntios 11:14–15)

Marxismo, esquerdismo, comunismo e socialismo (e outras variações) são invenções do diabo. E essas mesmas ideologias têm diversos objetivos em comum:

– Destruir a família;

– Eliminar todos os valores morais e os bons princípios;

– Legalizar o aborto;

– Destruir a fé cristã;

– Corromper (ou destruir) as igrejas;

– Promover o homossexualismo;

– Aprovar a eutanásia;

– Usar a tirania (ou a ditadura) para permanecer no poder, sempre com o argumento mentiroso de ajudar os pobres e necessitados;

– Eliminar todos os opositores do socialismo;

– Impor a idéia de que todos devem ser submissos somente ao Estado (ou melhor, que o Estado deve substituir Deus em todas as áreas da vida humana).

Estas ideologias usam um jogo de palavras tão sutil (compaixão, ajuda aos necessitados, justiça social, e outros termos semelhantes) que conseguem enganar facilmente muitas pessoas (principalmente aquelas que não têm conscientização política)! Daí a razão de muitos partidos esquerdistas (PT, PC do B, PV, PSOL e outros semelhantes) estarem no poder em quase toda eleição!

Se essas ideologias diabólicas (e também as teologias corrompidas como Missão Integral, Prosperidade e Libertação) contaminaram o nosso sistema educacional (e também as nossas igrejas e nossos seminários), foi devido à negligência dos servos de Deus (que se deixaram seduzir pelos enganos do diabo). Toda e qualquer filosofia, ideologia ou teologia tem que ser obrigatoriamente testada e aprovada pela Palavra de Deus (para saber se é verdadeira ou não). Foi como disse o apóstolo Paulo:

"Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade" (2 Coríntios 13:8)

Sinônimo desta recomendação do apóstolo Paulo é a advertência do apóstolo João:

"Amados, não acrediteis em todo espírito; mas antes provai se tais espíritos são de Deus, porque muitos falsos profetas têm surgido em todo o mundo" (1 João 4:1)

Eu prefiro ficar com a Palavra de Deus, porque somente ela tem todas as respostas que eu preciso! Não confio em nada que venha do homem. Novamente o apóstolo Paulo se manifesta:

"Seja Deus verdadeiro e todo homem mentiroso" (Romanos 3:4)

Será que eu estou certo neste meu ponto de vista? Gostaria de saber as opiniões de todos.

Anônimo disse...

O Júlio Severo é um dos blogueiros cristãos mais confiáveis, o acompanho a anos. O mesmo tem trazido informações de grande valia, onde a fonte não precisamos questionar. Mais esse trabalho estar correndo risco, em virtude de alguns agitadores no meio cristão, quem tem com o único objetivo de obter ganhos políticos, inflacionando situações que poderiam serem contornados. Oremos para que trabalho como esse que acompanho a anos, não venha ser maculado por irresponsáveis que tem outras motivações diferente do Julio e outros blogueiros e líderes sérios que lutam de fato em prol da família.

ELISEU disse...

Respondendo ao Roger, ao Adalberto da Silva, ao Antônio e ao Élquisson,

Não sei se vocês irão concordar comigo, mas eu penso o seguinte: todos os eleitores (principalmente os cristãos) deveriam investigar a vida pregressa dos candidatos (sejam de que partido eles forem), o que dizem os estatutos dos partidos aos quais os candidatos são filiados, como esses mesmos candidatos votam, como atuam no Congresso Nacional, quais ideais defendem, enfim, procurar se informar (e também esclarecer a todos), para que ninguém se deixe enganar pelos muitos lobos em pele de cordeiro que sempre aparecem em todas as eleições.

Lembro que tinha um vizinho meu que matava e morria pelo PT e pela esquerda. E era também um defensor ferrenho dos socialistas: Marx, Lênin, Stálin, Fidel Castro, Che Guevara (e outros). E não admitia que ninguém falasse mal deles!

Mas bastou eu mostrar alguns vídeos da TV Câmara e da TV Senado (e também algumas reportagens) mostrando o que os esquerdistas realmente fazem às escondidas para que esse mesmo vizinho "acordasse". Quando ele finalmente viu a verdade sem nenhum disfarce, ele ficou tão horrorizado que me confessou: "Eu não sabia que esse pessoal agia assim nos bastidores".

Num primeiro momento, ele custou a acreditar no que estava vendo. Mas, como se diz popularmente, "contra fatos, não há argumentos". Ele, finalmente, teve que admitir que tinha sido enganado durante todo esse tempo. Aí eu aproveitei a deixa e disse a ele: "Jesus disse, com todas as letras, que o diabo é o pai da mentira (João 8:44). Os esquerdistas agem da mesma forma (exatamente igual ao diabo): fazem mil e uma promessas mentirosas para se elegerem. É somente através da mentira e da dissimulação que a esquerda consegue estar no poder (para depois mostrar a sua verdadeira face). Se não fosse pela mentira, os políticos do PT (e de outros partidos esquerdistas) jamais seriam eleitos".

Diz um ditado popular que "quem vê cara, não vê coração", não é verdade? Quantas promessas de muitos esquerdistas são feitas na nossa frente com um sorriso (mas com as intenções mais perversas por trás desse mesmo sorriso)?

Por isso é que o governo não tem nenhum interesse que o povo tenha conscientização política. É lógico: quanto mais ignorante for o povo, mais esse mesmo povo é fácil de ser enganado. Em outras palavras: o povo politicamente ignorante se torna uma massa de manobra facilmente manipulável nas mãos de quem está no poder. E considerando que este mesmo povo vota mais com a barriga do que com a cabeça, não é nenhuma surpresa termos um governo corrupto no poder.

Tendo um governo totalmente pró–homossexualismo, pró–aborto, anti–família e anti–cristão, que futuro o nosso país terá com um governo corrupto e demoníaco desses no poder?

Deixo esta pergunta no ar para alguém daqui responder na primeira oportunidade!