15 de maio de 2013

A ditadura do “casamento” gay chegou ao Brasil


A ditadura do “casamento” gay chegou ao Brasil

Julio Severo
Flávio Sincero trabalha num cartório. Ele sempre se empenhou pela honestidade, dentro e fora do trabalho. Se o supermercado lhe dava troco a mais, ele não pensava duas vezes: devolvia o dinheiro que não lhe pertencia.
Sua integridade passará por uma prova de fogo.
No cartório, chegam dois homens, o sr. Estrebaldo Oportunista e o sr. Anúbio Vigarista, que sem demora dizem: “Queremos nos casar!”
“Para quando, senhores?” pergunta Flávio.
Ao receber a resposta, o homem do cartório indaga: “E qual é o nome de suas esposas?”
“Você está olhando para ela,” diz Anúbio, apontando para o barbudo Estrebaldo. “Queremos nos casar aqui.”
Flávio sua frio. Quando criança, ele escutava sua professora de escola dominical ensinar sobre a coragem de Daniel, que não se prostrava diante das leis erradas do rei babilônico Nabucodonosor. Mas ele nunca imaginou que tais provações pudessem também ocorrer nos dias de hoje.
Ele leu nesta semana reportagens de vários jornais dizendo que, sob iniciativa do ministro Joaquim Barbosa, todos os cartórios do Brasil serão obrigados a “casar” homossexuais.
Antes, ele ouvia de jornalistas que o movimento homossexual não queria impor nada sobre ninguém.
Agora, Flávio se sente traído por Joaquim Barbosa e pelos meios de comunicação.
Flávio se casou no ano passado e tem uma filhinha de poucos meses. Se ele não fizer o que Joaquim manda, o que será do seu emprego? Como ele conseguirá sustentar sua família?
E agora, o que fazer diante de Estrebaldo e Anúbio?
“Não posso casá-los…” diz ele.
“Como assim?” diz Estrebaldo.
“Casamento é apenas entre homem e mulher. Não existe casamento entre dois homens. Isso é artificial. Não é natural,” tenta argumentar Flávio.
“Seus pensamentos não interessam. A lei agora diz que você deve nos casar. Por isso, não há o que discutir aqui. Apenas faça o que a lei manda você fazer,” Anúbio afirma.
“Sou seguidor de Jesus Cristo. Tenho compromisso com a Lei maior, que é a favor da família. Só poderei casar vocês quando cada um de vocês trouxer uma mulher para ser esposa…” responde Flávio, sabendo, tristemente, qual será a próxima reação.
“Neste caso, seu cristão de meia tigela, vou imediatamente à polícia abrir um boletim de ocorrência contra você e seu preconceito e ódio contra nosso direito de casamento! Você não pode impor seus valores sobre nós!” grita Anúbio.
Anúbio e Estrebaldo estão certos. Os cristãos não podiam “impor” seus valores na Alemanha nazista e na União Soviética, que impunham seus valores anticristãos sobre todos, inclusive sobre os cristãos.
Novamente, os cristãos se deparam com uma ditadura que quer forçá-los a violar sua consciência.
Outros já trilharam esse caminho, inclusive Daniel na Babilônia.
Quem diria que um dia — mais precisamente, em nossos dias — teríamos a oportunidade de colocar em prática o testemunho de Daniel em nossas vidas e empregos?
Leitura recomendada:

26 comentários :

Anônimo disse...

http://ohomossexualismo.blogspot.com.br/2013/05/o-verdadeiro-proposito-do-movimento.html

bruno henrique de abreu disse...

E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições. 2 Tm 3.12

Isso sempre foi verdade e pelo visto ficará cada vez mais severa essa realidade aqui no Brasil (e no mundo)

Eliel disse...

Enquanto estamos dormindo, o diabo e seus escravos estão muito bem acordados (e estão atacando impiedosamente a tudo e a todos)! Até quando seremos omissos diante do pecado? Até quando ficaremos indiferentes assistindo ao domínio do mal?

Muitos que se dizem cristãos estão sendo omissos no combate ao pecado! No dia do juízo, esta mesma omissão vai ser seriamente cobrada! É como Jesus diz:

"Por que vós Me chamais de Senhor, e não fazei o que Eu vos mando? (Lucas 6:46)"

"E aquele a quem muito foi dado, muito mais lhe será exigido" (Lucas 12:48)

Muito está sendo dado aos cristãos (no caso, a obrigação de combater o pecado). Só que agora muito mais vai ser exigido (o cumprimento desta mesma obrigação). Logo, os responsáveis pelo destino moral e espiritual de uma nação fatalmente irão prestar contas da sua negligência na obediência à Palavra de Deus! Mas quantos estão cientes disso?

Quem vê o pecado e fica omisso ou indiferente (isto é, não diz nem faz nada contra o pecado) é tão ou mais culpado quanto o próprio pecador. É como diz a Bíblia:

"Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado" (Tiago 4:17)

Em outras palavras: aquele que sabe que deve combater com firmeza o pecado e não age de forma decidida (e não diz nem faz nada contra o pecado, com medo de ser perseguido, preso, morto, ou de perder seus privilégios) é cúmplice do pecado (e é culpado diante de Deus)!

E tem mais um detalhe: O JULGAMENTO DE DEUS VAI COMEÇAR DENTRO DA IGREJA: OS QUE SE DIZEM CRISTÃOS (E QUE TÊM A OBRIGAÇÃO DE COMBATER O PECADO) SERÃO OS PRIMEIROS A PRESTAR CONTAS! A respeito disso, a Bíblia diz com todas as letras:

"Pois já é tempo de se começar o julgamento pela casa de Deus; e se começa primeiro por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus? E se somente o justo se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?" (1 Pedro 4:17–18).

Já passou da hora de sermos cristãos só de boca! Temos que partir para a ação! Temos que reagir contra as investidas do diabo contra a família, contra os bons princípios e contra tudo o que for contra a Palavra de Deus! Não podemos ficar de braços cruzados vendo o mal se alastrar em nosso meio!

Finalizo minha mensagem com um versículo para a reflexão de todos:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Anônimo disse...

A espada da ditadura gay já está presente e pronta para atacar a todos que se impõem as suas malignidades.

Chegou a hora da peneira, para saber quem negará ou seguira a Cristo.

"mas aquele que perseverar até ao fim será salvo." - Jesus Cristo.

Pastor Caleb.

Kassio Cavalcante disse...

"Antes, era proibido ser gay...
Hoje, os gays tem direitos e são aplaudidos...
Jesus, Volta logo antes que ser gay seja obrigatório!!!"

O título do texto diz bem, "ditadura gay"
isso expressa exatamente o que o nosso país está se tornando,
quando eu era pequeno essa prática era
errada, cada dia que se passa isso vem se tornando mais normal no nosso meio.
a mídia quer nos fazer engolir goela abaixo esse comportamento imundo e nojento.
querem nos levar a pensar da forma que eles pensam sem poder se contrapor, sem ter opinião e ainda apoiar.
é incrível como toda a mídia parece falar uma mesma língua,
parece que todos apoiam e acham bonito dois homens ou mulheres se agarrando.
isso ´´e pra mim uma forma clara de como o diabo tem rebaixado o homem que foi feito imagem e semelhança de Deus.
dessa forma o inimigo humilha o homem e é como se fosse um tapa na cara de Deus dizendo :
- está vendo Deus? você falhou!
O homem que você criou está caído e agora faz tudo o que eu quero.
Nada de dominar a terra, nada de crescer e formar família. eu venci.


kassio Cavalcante
www.kassiocavalcante.blogspot.com

Marco Teles disse...

Será que essa decisão é lei? Pelo que eu saiba lei só pode ser feita por parlamentares. Essa não seria apenas uma ordem, e somente, ordem? Será que o povo brasileiro e nós, cristãos, devemos nos curvar a ordens inapelaveis de poderes inquestionáveis?

Se não existe lei, portanto, o direito se faz apenas com uma ordem? Se não se obedece uma ordem gera-se pretensão a direitos? Seria essa ordem algo semelhante aos passos da subversão esquerdista? Não é um dos níveis de subversão jogar uns contra os outros, especialmente criando oprimidos? Não seria uma forma objetiva e artificial de criar oprimidos uma ordem que pode ser desobedecida, pois não é lei? Será que somos agora, ao contrário do que diz a Constituição, ser obrigados por força de ordens e não de leis? Será esse o tipo de heroísmo que desejamos para o Brasil? Pior: qual será a próxima ordem?

É Julio, já não sei mais nada, "ou não"...

Trindade disse...

Olá Júlio;
Ao ler essa reportagem eu fiquei a pensar, pois na posse do ministro Joaquim Barbosa com presidente do STF, estava presente uma senhora de cor negra, de semblante sereno (bonita mesmo) que o tempo todo ocupou um lugar de honra na primeira fila dos convidados e depois recebeu um caloroso abraço do ilustre filho e ao sair do recinto uma repórter lhe perguntou: O que a senhora fez para educar essa criança que é seu filho e hoje ocupa um cargo tão importante no pais? A resposta da senhora foi simples e curta: “Orei muito por ele”; Depois a notícia que correu o Brasil dava conta que a mãe do presidente do STF o criou sob oração, pois ela participou e participa há 45 anos como membra ativa do Círculo de Oração da Assembleia de Deus.
Diante disso fica um dilema, onde ocorreu o erro, pois a Bíblia é clara e afirma em Provérbio 22v6: “Educa (ensina) a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele”; Por outro lado esse ministro comprovadamente sabia a decisão que estava tomando, tinha plena consciência que estava desafiando o Todo Poderoso, por outro lado a coisa fica feia para aqueles líderes evangélicos que em 2002 assinou a tal carta isentando o Lula das qualidades demoníacas dele e automaticamente induziu os cristãos a votar nele, portanto meus amados algum juízo virá sobre o Brasil, pois nada ai foi construído SÓ COM O APOIO DO REINO DE SATANÁS, teve participação decisiva de homens e lideres que servem a Deus, portanto eu não creio que Deus poderá ajudar esses líderes hoje sem que eles reconheçam o pecado praticado ao fazer aliança com Acabe e a Jezabel que o sucedeu e peçam perdão aos cristãos brasileiros pelo erro a que os induziram a praticar.
Essa é a hora de orarmos para que aqueles líderes se arrependam e venha de público se manifestar, pois a coisa só poderá ser resolvida diante de Deus se assim procedermos, pois são coincidências demais, pois vejamos: Os líderes cristãos brasileiros se aliaram com um homem que afrontou Deus a vida toda, esse homem nomeou vários ministros ao STF, mas exatamente um ministro, pelo que consta o único que conhece a Palavra de Deus e foi criado sob oração, e é exatamente esse ministro é que decide desafiar ao Deus Todo Poderoso; É no mínimo intrigante.

Guilherme Ferreira disse...

Vocês souberam que o Grupo Gay da Bahia (aquele do Luiz Mott) está promovendo uma avacalhação geral e pública contra o pastor Marco Feliciano?

Abaixo:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=649464408403803&set=a.274159095934338.89426.266313423385572

http://www.doistercos.com.br/protesto-contra-feliciano-e-tema-de-exposicao-do-grupo-gay-da-bahia/


Ps: Marco Feliciano deveria fazer que nem o Zagallo e o Zico quando o Romário colocou aquela charge avacalhando com eles: processaram o engraçadinho por dano moral.

Julio Severo disse...

Sim, Guilherme. Eu já havia publicado um artigo sobre isto. Basta clicar no link abaixo:

Grupo Gay da Bahia lança caricaturas contra Marco Feliciano

Anônimo disse...

Julio, mais um comentário meu.
Queria pedir para que você escrevesse sobre o satanismo.
Tempinho atrás eu assisti aquele filme antigo O BEBE DE ROSEMARY.
Fiquei impressionada com o estória.
Descobri que o fundador da igreja satânica dos EUA participou do filme ativamente. Eu havia me perguntado se este filme é uma critica ou uma apologia. Apologia.
POr que eu estou falando disso?
As pessoas dizem que são cristãs mas vivem no satanismo. Não praticam o cristianismo.
Fama, dinheiro, sexo, poder, mentira, corrupção: tudo isso faz parte do mundo do diabo, e não de Jesus. Quando eu parei para pensar no assunto, revisei imediatamente minhas atitudes para seguir no caminho de Deus, e não do demônio.
Mas muita gente não sabe disso.
Essa conversa de casamento gay que está tomando o Ocidente tomou dimensões alarmantes. Aqui no BR, está o maior surto de dengue sabia?
Muita gente doente e morrendo e a mídia não divulga. Só divulgam essa agenda sexual deles. A gente fica sabendo porque vê o que acontece ao redor, o que as pessoas comentam. Esse maldito governo de esquerda está afundando de vez o pais e as pessoas que vivem aqui.
Acredito que as pessoas precisam entender que elas estão do lado mal, talvez assim voltem a praticar os ensinamentos de Jesus.
Como somos cristãos e devemos ser tolerantes, os caras estão dançando em cima da gente, humilhando e ridicularizando.
Só Deus para nos ajudar.
Felicidades.
M.Sim.

Eliel disse...

Respondendo ao Trindade,

Amigo Trindade,

Espero estar errado, mas eu digo uma coisa: se o ministro Joaquim Barbosa decidiu realmente fazer isso (desafiar a Deus), ele tem que estar pronto para assumir as conseqüências! Nunca houve ninguém que desafiasse a Deus e saísse vitorioso!

Aproveito para relembrar alguns casos de pessoas que quiseram desafiar a Deus e se deram muito mal (ou ate já morreram):

Titanic – Quando o Titanic foi construído, disseram que era o maior navio de passageiros da época. No dia de sua primeira viagem, uma repórter fez a seguinte pergunta para o construtor: "O que o senhor gostaria de dizer para a imprensa sobre a segurança de seu navio?" O homem, com um tom irônico, respondeu: "Minha filha, Deus jamais afundaria o meu navio!". Em 1912, o Titanic naufragou matando quase todos os seus tripulantes. Esse desastre foi a maior tragédia jamais ocorrida com um navio de passageiros até então.

John Lennon – O líder dos Beatles, numa entrevista dada a uma revista americana em 1966 (época em que os Beatles estavam no auge do sucesso) disse sem a menor cerimônia: "O cristianismo vai encolher, vai acabar, e, conseqüentemente, vai desaparecer para sempre da face da Terra. Eu não vou discutir (e nem questionar) isso, pois eu tenho plena e absoluta certeza do que eu estou dizendo. Jesus foi realmente um cara legal, mas acho que os Seus ensinamentos não têm nada de interessante. Se alguém duvidar, seremos ainda mais populares do que o próprio Jesus". Em 1980, John Lennon foi assassinado por um de seus próprios fãs (o americano Mark Chapman);

Tancredo Neves – Na época da campanha presidencial, Tancredo disse que, se tivesse mais de 500 votos do PMDB (o seu partido da época), nem Deus o tiraria da presidência. Os votos ele conseguiu, mas nem chegou a assumir o cargo: morreu em 21 de abril de 1985 (antes de tomar posse);

Cazuza – Durante um show no Canecão (Rio de Janeiro), ele deu um trago em um cigarro de maconha, soltou a fumaça para cima, e disse de forma debochada: "Deus, essa é pra você!". Em 1990, Cazuza morreu de AIDS;

Ninguém jamais vai desafiar a Deus e ficar impune! Deus é sério! Ele não aceita ser desrespeitado! Foi por isso que o apóstolo Paulo advertiu:

"Não erreis: Deus não Se deixa escarnecer; porque tudo que o homem semear, isso ele também ceifará" (Gálatas 6:7)

Será que o ministro Joaquim Barbosa está ciente disso?

Herberti disse...

O elemento positivo desta situação é que revela a todos, e ao povo cristão em particular, a mentalidade do sr.Joaquim Barbosa, que vinha sendo incensado inclusive pelos cristãos como um espécie de guardião da moral, da ética e dos bons costumes. Bem, é mais uma miragem que se desmancha diante de nós. O fato puro e simples é que sobrou apenas para a igreja cristã (a bíblica e histórica, é claro!!!) manter e lutar pelos valores tradicionais de família e sociedade. Todas as outras influências são absolutamente iniquas.

ÉLQUISSON disse...

Respondendo ao Bruno Henrique de Abreu, ao Eliel, ao pastor Caleb, ao Kassio Cavalcante, ao Marcos Teles, ao Trindade e ao Herberti,

Ser cristão de boca ou enquanto não há nenhuma dificuldade a ser enfrentada (ou nenhum desafio e ser encarado) é muito fácil. Mas o difícil é ser cristão ao ser posto à prova!

Assim como o ouro precisa passar pelo fogo para remover as impurezas (e sair refinado), o cristão precisa passar pelo fogo da provação (e das tentações) para ser aprovado por Deus. É como bem disse o apóstolo Tiago:

Tiago 1:12–17

12 Bem–aventurado o varão que suporta a tentação; pois, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido para aqueles que O amam.
13 Ninguém, quando for tentado, diga: De Deus eu sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e Ele mesmo não tenta a ninguém.
14 Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.
15 Depois, a concupiscência, tendo concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, produz a morte.
16 Não erreis, meus amados irmãos.
17 Toda boa dádiva e todo dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança e nem sombra de variação.

Há pouco mais de 2 anos, o irmão Júlio Severo publicou aqui um artigo sobre uma escrivã cristã de Nova York que preferiu perder o emprego ao invés de ser favorável ao casamento gay. Eis aqui o link do artigo:

http://juliosevero.blogspot.com.br/2011/07/escriva-de-nova-iorque-se-demite-por.html

Eu também faria a mesma coisa: entre perder o meu emprego e pecar contra Deus, prefiro perder o meu emprego. Faço como diziam os antigos mártires da fé cristã: "Antes morrer do que pecar".

Aí alguém poderia me perguntar: "Como você vai sobreviver se não tiver um emprego?" Eu prontamente responderia: "Quem confia em Deus não fica desempregado muito tempo! Eu creio que Ele vai entrar com providências!". E eu ainda citaria as mesmas palavras do salmista:

"O Senhor é o meu pastor; nada me faltará" (Salmo 23:1)

Quem, nos dias de hoje, teria essa coragem?

Vânia Luz disse...

A atitude de Flavio Sincero deve ser a mesma dos verdadeiros seguidores de Jesus Cristo. Embora o relato acima seja uma ilustração, foi muito bem colocada, a colocação do Sincero, tem que ser real em nossas decisões.

As imposições e perseguições dos gays já estão começando a serem postas em pratica. Jornalistas e gayzistas quiseram enganar não sei a quem, quando mentiram que o objetivo do movimento gay não era impor suas praticas sobre risco de taxações e prisões. Está aí, cartórios de todo o Brasil estão sendo obrigados a casarem dois homens e duas mulheres... Cabe a cada um de nós dizer não, ao que vai de encontro a nossa moral e bom costume.

Netto disse...

Olhemos para cima porque a nossa redenção esta próxima...

JOEL CARVALHO - DF disse...

O interessante é que fica claro mais uma vez que, o PT apenas se preocupa quando o STF tem disposição para criar dificuldades para os PeTralhas, como no caso da Ação Penal 470(MENSALÃO). Quando o STF em 2011 rasgou a Constituição a favor dos gays, foi aplaudido. Agora, com o CNJ, que sempre é presidido pelo Presidente do STF, legislando claramente a favor dos gays, ninguém do Congresso Nacional diz nada, nem mesmo os parlamentares evangélicos, pelo menos não vi ainda. Mas quando esses órgãos, que estão em claro ATIVISMO JUDICIAL apontam seus tendões para barrar aberrações do Parlamento, então logo surgem projetos para engessar o STF.

JOEL CARVALHO - DF disse...

Desculpem-me os divergentes, mas acredito que a dificuldade que aos poucos vai se concretizando contra o cristianismo no Brasil, é importante para que Deus realmente manifeste ao seu Reino quem são os verdadeiros cristãos. O Cristianismo no Brasil, em especial o segmento evangélico ao qual pertenço tornou-se uma avacalhação, principalmente na figura de boa parte dos líderes do segmento, que esqueceram da pregação do Evangelho e vivem em disputas por posições e poder, inclusive pecuniário.
A provação pela qual vamos passar é necessária para depuração dos cristãos.
Isso não quer dizer absolutamente que vamos abaixar a cabeça.

JOEL CARVALHO - DF disse...

JOAQUIM BARBOSA, prova mais uma vez a veracidade da Bíblia: "MALDITO O HOMEM QUE CONFIA NO HOMEM..."Jeremias 17.5a.
Nós cristãos, inclusive, o aclamamos recentemente como a esperança da redenção da Justiça no Brasil, mas esse último ato dele, prova que nossa esperança só pode ser depositada em Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador!

Lino disse...

Pessoal, o teor deste artigo do irmão Júlio Severo é muito sério! Enquanto estamos brincando de ser cristãos, o diabo e os demônios não estão brincando! Eles estão nos atacando diariamente sem a mínima piedade!

Muitos poderiam argumentar: "O mal vai se propagar porque é o cumprimento das profecias bíblicas! Não podemos impedir isso!" Sim, é verdade que as profecias da Palavra de Deus têm que se cumprir. O próprio Deus disse que Ele não é homem para mentir (Números 23:19).

Só que tem um detalhe que muitos fingem não perceber: porque o mal vai se propagar, eu devo ficar de braços cruzados e não reagir (ou seja, me omitir no combate ao pecado)? De forma nenhuma! Eu tenho que resistir ao mal e combater o pecado (ainda que isso me custe a prisão ou a morte)!

E como o Élquisson disse muito bem no comentário dele, ser cristão de boca ou enquanto não há nenhuma dificuldade a ser enfrentada (ou nenhum desafio a ser encarado) é muito fácil. Mas o difícil é ser cristão ao ser posto à prova!

Não só eu concordo com o que o Élquisson disse, como eu ainda acrescentaria o seguinte: difícil é ser cristão ao estar sob uma séria ameaça de morte, na hora da provação (ou da perseguição), ou ao estar passando por alguma necessidade!

O episódio relatado neste artigo, embora seja uma ilustração, nos dá uma idéia do que vai acontecer num futuro não muito distante: o mal vai predominar (e quem tentar resistir a ele será morto)! É como se o governo corrupto do PT (que é o agente do mal ao qual estamos submissos) dissesse a todos que se dizem cristãos: "Ou vocês obedecem às minhas leis (e negam a sua fé), ou vocês morrem! O que vocês escolhem?"

Considerando os acontecimentos atuais, alguém ainda tem mais alguma dúvida de que isso vai realmente acontecer?

Everaldo disse...

Amigo Joel Carvalho,

Eu assino embaixo de tudo o que você disse, principalmente quando você cita o texto de Jeremias 17:5 para se referir à atitude do ministro Joaquim Barbosa. Realmente, só em Jesus é que podemos confiar.

Não foi sem razão que o apóstolo Paulo, a respeito disso, afirmou sabiamente:

"Seja Deus verdadeiro e todo homem mentiroso" (Romanos 3:4)

Quanto ao que você disse sobre a necessidade da provação para a depuração dos cristãos, eu concordo em gênero, número e grau. Se Jesus passou por isso (durante a tentação no deserto), por que nós (cristãos) não podemos passar?

O pastor da igreja na qual eu congrego disse certa vez: "Se algum disser que é fácil ser cristão, esse alguém está mentindo!" Nada mais justo. Afinal, a vida de um verdadeiro cristão é uma luta incessante para se preservar a santidade de corpo e alma e se manter imune a este mundo corrompido pelo pecado!

E digo mais: essa mesma luta só terminará com a morte (ou com a volta de Jesus)! Só assim o cristão terá a convicção de que terminou a sua caminhada aqui na Terra com a certeza do dever cumprido. E quando estiver diante do Senhor, dirá as mesmas palavras do apóstolo Paulo:

"Combati o bom combate, encerrei a carreira, mantive a fé" (2 Timóteo 4:7)

Que esta mensagem sirva de ânimo para os que precisam de forças na luta contra o pecado. É como disse o Senhor Jesus:

"No mundo tereis aflições; mas tende bom ânimo, porque Eu venci o mundo" (João 16:33)

Anônimo disse...

O Kassio comentou que "...quando eu era pequeno essa prática era errada."
Perante Deus ela sempre foi e é, errada. Então, de onde veio a "autorização" para a mudança, a qual até o senhor Joaquim Barbosa, eminente jurisconsulto brasileiro, se rendeu aa "novidade" determinando que os cartórios ajuízem "casamento" de pervertidos? Vejam: K 162. Se Ele decretar lícito o que desde tempos imemoriais fora proibido (..) a ninguém é dado o direito de Lhe questionar a autoridade.(Kitáb-i-aqdas – Baha’u’llah).
Esse "ele" sabemos quem é. Qto aa obra Kitab-i-aqdas ela se constitui na Carta Magna da Nova Ordem Mundial. Essa obra é a principal literatura do bahaismo, o qual atua no Brasil ha mais de 90 anos. Qdo o ex-presidente lula recebeu a literatura deles e lhe foi explicado do que se tratava, admirado, disse: "Ah, mas isto é a mesma coisa que o comunismo". Observem que essa agenda não é exclusividade do partido político ora no governo. Essa agenda é mundial e, vem da ONU, a qual é um feudo dos bahais, pois foi com base nos escritos deles é que a ONU foi criada. Procurem se inteirar do que se trata. O site www.apocalipsetotal.wordpress.com tem mais de dezessete mil paginas, que abrangem fatos ligados, de uma forma ou de outra, aos escritos bahais.
Lembrem-se que é uma promessa do Altíssimo revelar tudo que está oculto. Somente o poder da Bíblia e do Senhor Jesus podem revelar totalmente o mistério da nova ordem mundial de Bahá’u’lláh, a referencia espiritual dos bahais: "Mas nada há encoberto que não haja de ser descoberto; nem oculto, que não haja de ser sabido." - Lucas 12 : 2.

Antonio.

Téo disse...

Respondendo ao Antônio,

Amigo Antônio,

Como diz a Bíblia, "não há nada oculto que não venha a ser revelado" (Lucas 12:2). A Palavra de Deus (toda ela) tem o poder de mostrar diante dos nossos olhos tudo o que nunca é mostrado pela mídia em geral.

Mas é o livro de Apocalipse quem se encarrega de cumprir melhor esse papel: o de revelar tudo que irá acontecer. Os versículos iniciais confirmam o seu verdadeiro propósito:

"Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus Lhe deu, para mostrar aos Seus servos as coisas que em breve irão acontecer; e pelo Seu seu anjo as enviou e as notificou a João, Seu servo, o qual testificou da Palavra de Deus, e do testemunho de Jesus Cristo, e de tudo o que tem visto. Bem–aventurado aquele que lê, e aqueles que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; pois o tempo está próximo" (Apocalipse 1:1–3)

Dentro do livro de Apocalipse, eu daria destaque ao capítulo 13. Este mesmo capítulo fala sobre a marca da besta, conforme diz o texto abaixo:

"E conseguiu fazer com que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, recebessem um sinal na mão direita, ou na testa, para que ninguém pudesse comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, o nome da besta, ou o número de seu nome" (Apocalipse 13:16–17)

Um bom exemplo disso (e que já acontecendo hoje) são os cartões de crédito (e os cartões de banco). Todos eles já possuem um chip. Segundo algumas empresas, os cartões antigos (sem chip) já não estão mais tendo validade e estão sendo substituídos pelos cartões novos (com chip). Somente estes últimos é que serão aceitos.

Para as pessoas, já existe algo semelhante: é o chamado "Projeto RIC". Para maiores detalhes sobre esse mesmo projeto, vejam estes vídeos aqui:

http://www.youtube.com/watch?v=PROI2PlF_uM&list=PLF9E1970BBB7DBE3A

http://www.youtube.com/watch?v=kIMU1B_yqN0

Vai chegar um tempo em que não será possível viver quem não tiver a marca da besta. E aí, quem estará pronto para enfrentar esses tempos críticos?

Tomara que Jesus volte o mais rápido possível para salvar o Seu povo antes disso!

JOEL CARVALHO - DF disse...

Irmão Everaldo,

Hoje em dia virou moda ser evangélico no Brasil. Ser evangélico é ser "in", pois os pregadores das facilidades deixaram de ensinar a verdade do evangelho para arrebanharem o maior número de adeptos e não de discípulos! Por isso mesmo não são mais tantos os pregadores do evangelho, pois se tornaram em pregadores de facilidades!

Jesus Cristo disse que: "...estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem."Mateus 7:14
Por essa razão também, somos alvos atuais de ódio, pois ao contrário do que disse o Padre Vieira em seu Sermão da Sexagésima, "nossos" pregadores apenas falam e protestam, mas poucos vivem o que pregam. Por isso suas pregações não têm mais poder, o poder de Deus, que transforma o perdido pecador em nova criatura.
Em outras épocas já fomos alvos, mas tínhamos o CAPITAL MORAL, além do CAPITAL ESPIRITUAL para barrar a avalanche satânica. Infelizmente hoje, às vezes até nos sentimos constrangidos, quando estamos anonimamente em algum lugar e ouvimos ímpios comentando sobre escândalos produzidos por irmãos evangélicos. E aqui, me desculpem os católicos, mas estes nunca foram vistos como motivo de escândalo em qualquer postura, pois a maioria esmagadora sempre se portou como qualquer pessoa incrédula. A bem da verdade, no segmento católico, sempre se cobrou cristianismo apenas de padres e afins. Já os evangélicos(pastores e ovelhas) sempre foram vistos como cristãos de quem se espera uma postura cristã ilibada, e por isso os desvios de conduta são ampliados na mídia, e boca a boca na sociedade.
Portanto, guardadas as motivações satânicas já determinadas pelos mandatários do poder, o fim do tabu dos protestantes como exemplos de conduta ilibada é outro fator que encoraja pessoas como JOAQUIM BARBOSA, cuja mãe é evangélica da Assembleia de Deus, a tomar atitudes como essa. Como disse, é só mais um motivo, pois a autoridade moral para repudiar isso está se perdendo nos que se chamam pelo nome do Senhor!

QUE DEUS NOS AJUDE A REENCONTRARMOS A PORTA ESTREITA!

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Amigo Joel Carvalho,

Você foi perfeito no seu comentário. Realmente, virou moda ser evangélico.

E como bem disse o Everaldo no comentário dele (e com o qual eu concordo plenamente), quem disser que ser cristão é fácil está mentindo. A prova de fogo da vida de um verdadeiro cristão é preservar a santidade num mundo corrompido pelo pecado.

Usando um tom carregado para me expressar, eu diria o seguinte: do jeito que o pecado já dominou o mundo, as pessoas procuram uma religião que satisfaça somente as suas próprias conveniências pessoais (ou que não diga nada contra o pecado). Em outras palavras: as pessoas só querem acreditar no que elas desejam (e não no que elas realmente precisam). Não é de se espantar que, em virtude disso, há uma total inversão de valores: o errado é certo, o certo é errado, o mal virou bem, o bem virou mal, enfim, os preceitos morais da nossa sociedade estão completamente ao contrário. É como bem disse o profeta Isaías:

"Ai daqueles que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem da luz trevas, e das trevas luz; que fazem do amargo doce, e do doce amargo" (Isaías 5:20)

Não será surpresa se, qualquer hora dessas, criarem uma lei nos impedindo de crer em Deus. Aliás, do jeito que existe tanta podridão e tanta imoralidade na nossa política, eu nem me espantaria se uma lei dessas fosse aprovada. Não é sem razão que a Bíblia diz, com muita precisão, que "o mundo jaz no maligno" (1 João 5:19)

Eu diria mais: está sendo muito difícil, ultimamente, achar cristãos autênticos (que tenham compromisso somente com a obediência à Palavra de Deus). Quem quiser ser um verdadeiro cristão tem que estar pronto para ser odiado pelos homens. Mas quantos, hoje, teriam essa mesma disposição?

Jesus, na Sua primeira vinda à Terra, não veio para agradar aos homens. E por agir assim, Ele foi odiado por muitos (principalmente pelos poderosos da época). Por que Jesus foi odiado? Porque Ele sempre falava a verdade. Ele desmascarava os hipócritas (e Ele também revelava os pecados ocultos de muitos). Quem fala a verdade sempre é odiado. Se com Jesus foi assim, quanto mais com os Seus servos!

O nosso amado irmão Júlio Severo é um bom exemplo isso. Por ter falado a verdade sobre o movimento homossexual, ele passou a ser odiado (e também perseguido) pelos homossexuais e pelo governo (já quiseram até saber o endereço dele, se é que já não o ameaçaram de morte). Por causa disso, ele teve que ir, com a família, para um exílio forçado no exterior.

Este é o doloroso preço que o verdadeiro cristão tem que pagar pela sua fidelidade a Jesus (e pela sua luta contra o pecado). Quantos, hoje, fariam como os fiéis da igreja de Esmirna (que, por amor a Jesus e à verdade da Sua Palavra, aceitaram a morte sem nenhum medo)? Quem, nos dias de hoje, teria a mesma postura firme de um Elias ou de um João Batista para combater o pecado (e também para falar as verdades que muitos estão precisando ouvir)?

Os mártires da fé cristã não hesitaram quando foram obrigados a escolher entre o pecado e a morte. O lema deles era: "Antes morrer do que pecar". Eles permaneceram firmes nas suas convicções, e acreditavam que esta corajosa decisão que tomavam agora certamente será lembrada no tribunal divino.

Se estivermos realmente decididos a ser verdadeiros cristãos (ainda que tenhamos que ser odiados pelo mundo), temos que obedecer ao que Jesus diz em Sua Palavra:

"Se alguém quiser vir após Mim, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e Me siga. Pois quem desejar salvar sua vida vai perdê-la, mas aquele que perder a sua vida por amor a Mim vai achá-la. Porque de que adiantará ao homem conquistar o mundo inteiro e perder a sua alma? Que dará o homem em troca de sua alma?" (Mateus 16:24–26).

"Entrai pela porta estreita; porque grande é a entrada e largo e espaçoso é o atalho que leva à perdição, e muitos são os que vão por ele; ao passo que estreita é a porta e apertado é o caminho que conduz à vida, e poucos são os que encontram" (Mateus 7:13–14)

Quem teria coragem para agir assim nos dias de hoje?

Diácono Elias (Igreja Batista Nova Jerusalém) disse...

O presbítero Valdomiro disse uma coisa que me chamou a atenção (e que eu faço questão de destacar):

" ... as pessoas procuram uma religião que satisfaça somente as suas próprias conveniências pessoais (ou que não diga nada contra o pecado). Em outras palavras: as pessoas só querem acreditar no que elas desejam (e não no que elas realmente precisam)..."

Realmente, Valdomiro, isso é verdade (você disse tudo). Hoje, infelizmente, a maioria dos que se dizem cristãos são cristãos só de boca (mas não vivem como verdadeiros cristãos).

Alguém dizer que é cristão da boca pra fora é muito fácil (qualquer um pode dizer isso, independente de estar obedecendo ou não à Palavra de Deus). Dizer que crê em Deus qualquer um diz (até mesmo o diabo). É como bem disse o apóstolo Tiago:

"Tu crês que só existe um Único Deus? Fazes bem; porque até os demônios também crêem e tremem" (Tiago 2:19)

Adianta alguém dizer que crê em Deus, mas não obedece à Sua Palavra? Adianta alguém se dizer cristão, mas não ter uma vida santificada? Obediência à Palavra de Deus e vida santificada exigem uma postura firme contra o pecado: tem que denunciar o que estiver errado, não tolerar nada fora da Palavra de Deus, não ser condescendente com o erro (seja de quem for), resistir às tentações, enfim, é servir integralmente a Deus (mesmo com todas as adversidades). Novamente o apóstolo Tiago se manifesta:

"E sede cumpridores da Palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos" (Tiago 1:22)

O que está realmente faltando para muitas pessoas que se dizem cristãs é um compromisso sério e irrestrito com a obediência total à Palavra de Deus. Falando num tom bem direto: o verdadeiro cristão tem que fazer a diferença onde estiver. É como diz o apóstolo Paulo:

"Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas; Para que sejais sinceros e irrepreensíveis, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo" (Filipenses 2:14–15)

Devido ao pecado que já contaminou todo o mundo, quem, nos dias de hoje, consegue viver como um verdadeiro cristão?

Deixo esta pergunta para alguém responder na primeira oportunidade.

Sérgio Melo disse...

Por que Jesus não falou a respeito desse tema enquanto esteve na terra? Porque naquela época o que estava em vigor era a Torah (lei) de Moisés, conforme descrito Levítico 18:22-30

Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;

Nem te deitarás com um animal, para te contaminares com ele; nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele; confusão é.

Com nenhuma destas coisas vos contamineis; porque com todas estas coisas se contaminaram as nações que eu expulso de diante de vós.

Por isso a terra está contaminada; e eu visito a sua iniqüidade, e a terra vomita os seus moradores.

Porém vós guardareis os meus estatutos e os meus juízos, e nenhuma destas abominações fareis, nem o natural, nem o estrangeiro que peregrina entre vós;

Porque todas estas abominações fizeram os homens desta terra, que nela estavam antes de vós; e a terra foi contaminada.

Para que a terra não vos vomite, havendo-a contaminado, como vomitou a nação que nela estava antes de vós.

Porém, qualquer que fizer alguma destas abominações, sim, aqueles que as fizerem serão extirpados do seu povo.

Portanto guardareis o meu mandamento, não fazendo nenhuma das práticas abomináveis que se fizeram antes de vós, e não vos contamineis com elas. Eu sou o SENHOR vosso Deus.

Sérgio Melo