17 de março de 2013

Pr. Silas Malafaia, Marcos Feliciano e a Comissão de Direitos Humanos


Pr. Silas Malafaia, Marcos Feliciano e a Comissão de Direitos Humanos

Pastor Silas abre o jogo contra o PT e os ativistas gay

João Cruzué
Pastor Silas Malafaia abre o jogo do PT. Segundo ele, o partido inventou uma cortina de fumaça para desorientar a grande mídia. Enquanto o Pastor Marcos Feliciano está sendo boi de piranha no cenário político nacional, dois deputados do PT — condenados no processo do Mensalão — foram nomeados para a principal Comissão da Câmara Federal (CCJ) Comissão de Constituição e Justiça. Assista ao vídeo: http://youtu.be/T3r0473S6cg

É sempre assim, desde Fernando Collor de Melo. Nada melhor para desviar a opinião pública de uma armação do que um bode expiatório. Ninguém no meio evangélico morre de amores pelo deputado Feliciano, mas que ele está sendo boi de piranha, está! Esta função, durante muito tempo, foi do Bispo Macedo.
E o Pastor disse mais: os ativistas gay estão com medo de perder as tetas do dinheiro público onde mamam há muito tempo. E este medo aumenta porque o deputado do PSC pode achar na CDU coisas que a opinião pública não sabe. Enquanto isto, os outros líderes de nossas Igrejas, inclusive a Católica, estão de bico calado. Agora não é tempo de ficar calado, quem tiver alguma coisa para falar, que fale.
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:

11 comentários :

José Edesio disse...

Este é o meu conselho ao Pastor Feliciano e ao PSC. http://agrandepescaria.blogspot.com.br/2013/03/um-conselho-ao-psc-e-ao-deputado-marco.html

Fabiano disse...

Tchê. Assim como 2+2 são 4, está estampado na face dessa gente o desvio de foco.
Caso eu ganhace algum bolsa, ou fosse blindado com proteção policial para devastar o campo alheio, estaria, de certo, cheio de manifestantes me defendendo com foice, enchada, foice e facão.
Falam tanto em "direitos humanos"... Quem são esses humanos? Aquele que, com sangue frio, te olha nos olhos e puxa o gatilho, ou aquele que, com a família, deita-se no chão e entrega seu patrimônio?

Trindade disse...

Olá Júlio;
O Pr. Silas Malafaia continua afirmando que “vota em pessoas”, mas diminuiu a ênfase nisso, e isso é bom porque o dia que ele afirmar que não vota mais no PT ou na esquerda ai começa de verdade a reviravolta, porque ainda ficou em dúvida, mas estou orando e acredito que Deus ira em breve mudar isso, pois chegou a hora de mudar, pois não é só os evangélicos que não aguentam mais os desmandos e ataques da esquerda contra tudo que é bom no Brasil e no mundo e eles fazem isso sendo uma minoria, mas acredito que uma hora dessas a maioria acorda, pois nos valores o povo brasileiro trabalhador é conservador, mas esta subjugado por uma minoria que se auto intitulou de progressista, mas que ainda defende invasão e destruição de propriedade privada, defendem as ditaduras, ou seja são progressistas se vivessem nos primórdios do século 19, pois à partir do século 20 eles agem e são retrógrados, mas o problema é que são influentes.
Com relação à CCJ eu gostaria de saber quem paga as passagens e estadia dos ativistas e baderneiros gays e da esquerda que sempre estão de plantão em Brasília? Qual a fonte de renda da liderança dos sindicalistas LGBTs? Pois são sempre os mesmos que ficam a semana toda em Brasília e as vezes eu penso esse pessoal não trabalha?
São várias perguntas sem respostas, mas temos que orar pelo Pr Silas e tenho certeza que o PT esta armando alguma para ele, mas ao povo de Deus cabe orar e quando for, ou se for o caso apoia-lo, pois gostem do estilo dele ou não, ele tem sido a única voz contra esses ataques que sido desferidos contra os valores judaico/cristão.

Bruno Willian disse...

É muito sério isso, é lamentável parte da Igreja Evangélica cair nas redes do mal. Também concordo com Silas que muitos padres tenham receio de desmacarar o governo. Sou católico e concordo com o Silas, Feliciano é um bode expiatório. Cometeu erros de racismo, mas está dizendo alguma verdade. Não deixemos nos levar para o abismo. A rampa está cada vez mais ingreme.

Nil disse...


Foi muito bom o Pastor Silas Malafaia se referir ao presidente do Irão, Ahmadinejad. Hoje vi diversos vídeos que relembram a época que Ahmadinejad esteve visitando o Brasil.
E é espantoso os fatos que acontecerão naquela visita.

Veja este vídeo :https://www.youtube.com/watch?v=3qDZF0XVF4A

Nele a repôrter da Globo diz que o presidente do Irã se referindo a Lula, o chama de """MEU BOM AMIGO""" Da boca do próprio Ahmadineijad saiu essas palavras.

Neste vídeo ;https://www.youtube.com/watch?v=19kpjImQiXY

Neste vídeo veja como Lula trata com cerimônia e respeito.


Um leitor comenta e critica ,veja seu comentário. ; "exelentissimo sr ahmadinejad?so o lula mesmo pra tratar um ditador com tanta serimonia,ditador falando de ditador,nos estamos fudidos com politicos desse nivel,lula,o iraniano[ate o nome e ruim de escrever],fidel castro,hugo chaves,coreia do norte e etc.morte a todos eles.


Marco Sergipe disse...


Na segunda, dia 18, pela manhã, o presidente da Comissão de Direitos Humanos do Congresso, pastor Marco Feliciano estará reunido na cidade de São Paulo, em local secreto com líderes religiosos.
O principal líder envolvido na reunião é o pastor Ariovaldo Ramos, que durante o Governo Lula fez parte do Conselho de Segurança Alimentar, sendo um homem reconhecido pela sua capacidade de dialogar com diferentes grupos, é um defensor dos direitos humanos e da justiça, é presidente da ONG humanitária internacional Visão Mundial e na semana passada foi o principal nome a assinar um documento pedindo a desoneração de Marco Feliciano da presidência da Comissão de Direitos Humanos.
Ariovaldo Ramos é conhecido no meio evangélico por suas posições esquerdistas, que nem sempre são confortáveis aos outros pastores e membros das igrejas. Em 2004 causou polemica quando integrou uma comitiva que foi a Caracas entregar a Hugo Chavez um manifesto de apoio assinado por ele e outros 68 nomes, como Oscar Niemeyer, Aldo Lins, Fernando Morais e Celso Furtado.
Foi polemico quando defendeu o direito de uma adolescente grávida interromper a gravidez, resultado de estupro.
Qual o motivo de uma reunião tão inusitada entre esses dois pastores, ninguém sabe.
Pode ser que Marco Feliciano queira aprender a ser politicamente correto depois das dezenas de manifestações que aconteceram contra ele em diversas cidades do Brasil. Pode ser que o pastor Ariovaldo queira defender o irmão de fé.

Soldier disse...

Nesta breve reflexão, não quero ser prolixo, mas apenas fazer uma revisão de algumas questões fundamentais para melhor encadeamento de raciocínio.

Os pilares que sustentam uma nação são: A religião, a divisão de bens (economia) e relações de trabalho, o judiciário, o sistema educacional, a vida social, a administração pública e as forças de segurança (polícias e forças armadas).

Na formação das grandes sociedades humanas, o primeiro desses pilares na ordem da cronologia histórica, e na ordem de importância, é a religião. Nela se fundamentam os princípios gerais e as práticas de todas as demais organizações sociais.

As civilizações formaram-se em torno das religiões, e estas são o principal fator de definição de identidade cultural de uma sociedade. É sob as crenças religiosas de um povo que se constituem primitivamente os costumes, as noções de bem e mal e as leis.

As nações ocidentais, particularmente as das Américas, se organizaram e evoluíram sob influência dos valores cristãos. Ora, se o movimento revolucionário trabalha para desestruturar e subverter essas sociedades, o primeiro passo é atingi-las em sua raiz.

Com o advento da chamada ciência moderna, além da disseminação do ateísmo, a espiritualidade popular tornou-se gradativamente enfraquecida e surgiu a tendência de as pessoas tornarem-se apenas teístas, crendo em uma criação mas com uma vaga idéia do que seja o Criador.

Como é impossível eliminar por completo a crença na existência de Deus, o marxismo cultural segue então para seu próximo passo. Já que não se pode extirpar a religião, a solução é corrompê-la. E assim, começa a difusão de crenças de origem oriental, trazendo um misticismo esotérico que se mescla à concepção de cristianismo na mentalidade popular.

Fé passa a ser associada com "poder da mente" (com grande contribuição de sucessos do cinema como a saga Star Wars, uma das melhores armas já produzidas na guerra cultural gramsciana), induzindo à idéia de que o homem possui uma centelha de divindade em si mesmo, e que Deus está presente em todas as culturas, que todos os caminhos levam à Ele, etc.

Consequentemente, proliferam "teólogos" relativistas que não tardam a fundar organizações a que chamam igrejas. Essas novas "igrejas", desprovidas de zelo doutrinário, tornam-se ambiente propício para gananciosos profissionais do púlpito que, no afã de amealharem fortuna, lançam mão de todo e qualquer meio para atingir seus objetivos torpes.

Além de corromperem espiritualmente seus seguidores, tornam-se pretexto perfeito para o mundo desacreditar e ridicularizar a Igreja cristã de uma forma generalizada, afastando almas que de outra sorte poderiam ser atraídas para o caminho da salvação em Cristo.

Então as insituições cristãs tornam-se progressivamente alvo de desmoralização sistemática e implacável através da mídia, o que se consolida na opinião pública.

Fora tudo isso, é um erro comum atribuir todas as ações subversivas e danosas à iniciativas humanas. Temos a falha de focarmos exclusivamente no contexto humano esquecendo que por trás de todos os acontecimentos há uma ação no mundo espiritual.

Muito antes do movimento revolucionário começar tomar forma como organização política, o diabo já trabalhava em suas oficinas, as mentes vazias ou orgulhosas.

O escândalo que vemos hoje na grande maioria das igrejas evangélicas tradicionais (presbiterianas, batistas, luteranas, etc.), que chegam às raias da grande apostasia, é consequencia de deturpações doutrinárias produzidas por Calvino, que apesar de ter feito algumas boas contribuições para a Obra de Deus, também abriu suas brechas para a influência de satanás.

Nada perturba mais os ditadores comunistas do que o crescimento da fé cristã fortalecida e bem fundamentada em princípos genuinamente bíblicos.

Soldier disse...

Reforço o comentário do Trindade. Malafaia é o típico eleitor brasileiro, que "vota em pessoas". Até uma criança é capaz de compreender que em política é impossivel que um indivíduo levado ao poder através de um partido, não represente os interesses e a ideologia do grupo a que pertence. O problema é que um homem na posição do Malafaia não pode igualar-se a um cidadão comum. Ele tem obrigação diante de Deus e da Igreja de dar esclarecimento sobre a questão política e as ameaças que nos rondam, de forma bem fundamentada, verdadeira e clara. Creio que o Pr. Silas não fala assim por ignorância. É bom que ele lembre que os covardes não herdarão o Reino dos Céus.

Claudio Vaz disse...


"Eu conheço muito bem o jogo".

Não senhor, Pastor Malafaia, o senhor não conhece o jogo.

Reconheço com alegria que o senhor tem evoluído. O senhor falou até em "...mundo ocidental". Isso é maravilhoso, é evidente que o senhor está estudando sobre o assunto. Faz muito bem. Torço que um dia o senhor diga que escolhe PESSOAS dentro de ALGUNS poucos PARTIDOS votáveis.

DICA****************************
O senhor é uma das figuras proeminentes do cristianismo brasileiro (conservadorismo), tem audiência.
Deveria citar/divulgar outras fontes de informação como Julio Severo e Olavo de Carvalho, fortalecendo nossa "rede" de informações dentro de nosso "público".
É uma ilusão achar que convencerá eleitores/militância esquerdistas. O nosso trabalho é convencer O NOSSO POVO, o nosso "público": cristãos, cristãos nominais e conservadores não cristãos que nos apoiam ou, pelo menos, não estão contra nós.
(##FAÇA## o jogo, não apenas o conheça.)
*******************************

Mas voltando ao 'jogo'.

O senhor descreve que o PT abriu mão de suas vagas na CDH para encobrir mais um de seus ardis.

Muito bem, e os outros partidos?

Por que os outros partidos, inclusive PSDB (sempre ele) TAMBÉM abriram mão de suas cadeiras?

O PSC ficou, salvo engano, com 80% das vagas, Pastor Malafaia. Não foi apenas o PT que foi na mesma direção. Tem coisa aí, é evidente que sim.

Vocês sabiam que a vaga de Jean Wyllys ocupava na CDH não a de direito do PSOL? (onde estão os jornalistas cristãos, Meu Deus do Céu?!!)

A vaga do PSOL ficou com o professor de história (professor de comunismo) deputado Chico Alencar.

A vaga que o nazygayzista Jean Wyllys ocupava na CDH era do, pasmem!... do DEM!!

Ambos do estado do Rio de Janeiro. Essa desgraça sai tudo deste estado decadente. Que vergonha. (mas me alegro que o maior estadista brasileiro nasceu no Rio de Janeiro: Dom Pedro II)

O mesmo DEM que não teve bolas de aço para defender o senador DEMÓSTENES TORRES! (seria o ÚNICO candidato votável em 2014)

Este é o ponto, senhores. Estamos a um ano das eleições e os crentes estão discutindo a presidência da CDH!

QUANDO DILMA REASSUMIR - ou antes disso - a CDH voltará para os comunistas pedófilos adoradores de ânus.

Não, senhor Malafaia, o senhor não conhece o jogo.

Paulo Carneiro disse...

Concordo com Trindade sobre em não votar em pessoas , também devemos não votar em partidos. Sobre os católicos "de bico calado" é a CNBB da Teologia da Libertação.

Anônimo disse...

Que Deus abençõe o pastor Silas Malafaia!

Que Deus abençõe Julio Severo!

Maldito PT, maldito PSOL, maldito movimento gay dos infernos!