13 de março de 2013

Parceria nada celestial: Aliança Evangélica decide apoiar governo Dilma Rousseff


Parceria nada celestial: Aliança Evangélica decide apoiar governo Dilma Rousseff

Gilberto Carvalho e Ariovaldo Ramos firmam parceria entre governo e evangélicos

Julio Severo
O ministro da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, participou de importante reunião promovida pela Aliança Evangélica (AE) em 28 de fevereiro na Igreja Presbiteriana de Brasília, DF. Recebido por cerca de 70 líderes evangélicos, Carvalho ouviu de Ariovaldo Ramos, representante da AE, o compromisso de apoio. “Vamos apoiar as ações do Governo que favorecem o pequeno, o pobre… Queremos ser um instrumento de parceria”, disse Ariovaldo, que também declarou que irá fazer “cobranças” quando o governo se desviar do direcionamento socialista em suas políticas.
Gilberto Carvalho na reunião da Aliança Evangélica
Ah, “ajudar” o pobre! É exatamente isso o que o socialismo faz: se torna o deus dos pobres, comprando a eles e seu voto mediante uma variedade de bolsas-esmolas que são verdadeiras armadilhas para a alma.
Gilberto Carvalho agradeceu as palavras de Ariovaldo e confirmou o desejo do governo de caminhar em diálogo e parceria com a AE. “Ai das igrejas que perdem o caráter de profecia. Ai do governo que se fecha”, afirmou ele, em palavras que em muito recordaram Robinson Cavalcanti, que igualmente atrelava o caráter profético das igrejas ao ativismo socialista.

Encontro de “irmãos”

Carvalho, que também foi seminarista católico, confessou sentir-se dividido naquele momento: se falava como representante do governo ou como um irmão e companheiro da caminhada. “Agradeço do fundo do coração o convite. Somos companheiros de caminhada. Ouvir vocês foi um bálsamo, um oásis no deserto”.
Essa identificação de “irmãos” não é de forma alguma surpresa. Carvalho tem um histórico de engajamento nas comunidades eclesiais de base da Igreja Católica. Essas comunidades eram vespeiros da marxista Teologia da Libertação.
Gilberto Carvalho com Ariovaldo Ramos na reunião da Aliança Evangélica
Por sua vez, Ariovaldo Ramos é louvado pelos evangélicos progressistas como um dos principais “profetas” da Teologia da Missão Integral — que, segundo o próprio Ariovaldo, é a versão protestante da Teologia da Libertação. Ariovaldo se identifica como cristão reformado, de linha calvinista.

“O problema são os neopentecostais”

Contudo, algo mais os une. No evento na Igreja Presbiteriana de Brasília, Ariovaldo mais uma vez se queixou das igrejas neopentecostais, especialmente seus televangelistas — queixa amplamente compartilhada por toda a esquerda evangélica, desde Caio Fábio até o assassinado bispo marxista Robinson Cavalcanti.
Essa queixa também encontra eco nos resmungos políticos de Gilberto Carvalho. No ano passado, ele disse que o PT precisava fazer uma disputa ideológica com os televangelistas neopentecostais, que estão minando as campanhas do PT de doutrinação pró-aborto e pró-homossexualismo da população.
O PT quer, na visão de Carvalho, tirar da influência neopentecostal suas vastas multidões que têm sido ensinadas a rejeitar a agenda abortista e homossexualista do governo.

Mudez diante do histórico de Carvalho envolvendo assassinatos

Carvalho, atuante homem forte no governo de Lula e Dilma Rousseff, foi o principal articulador do PT nos eventos posteriores ao assassinato de Celso Daniel, o prefeito petista de Santo André que “sabia demais”. Várias pessoas que foram testemunhas do assassinato foram depois também assassinadas. O caso envolvia grandalhões.
Carvalho era braço-direito do prefeito e, conforme denunciaram os irmãos do prefeito assassinado que hoje encontram-se exilados em outro país por ameaças de morte, o PT tinha um grande esquema de corrupção em Santo André, onde enormes somas de dinheiro eram levadas à cúpula do PT — no caso, para José Dirceu.
Com a força sinistra de Carvalho, o caso foi abafado, com todos os seus escândalos e sangue derramado. Está fácil para o PT agir como se dominasse tudo. Afinal, como declarou o colunista Reinaldo Azevedo: “Os petistas, embora não o digam em público, consideram que a oposição está liquidada”.

Televangelistas: única oposição que sobrou contra a agenda socialista de aborto e sodomia

De fato, o PT não tem oposição política ou midiática secular nenhuma. O PSDB, que é pintado como “oposição”, nada mais faz do que imitar o PT, como comprova a insana lei anti-“homofobia” do Estado de São Paulo, a qual saiu diretamente das entranhas do PSDB.
Na eleição de 2010, o Brasil inteiro viu como o PT estremeceu quando as denúncias de sites e blogs evangélicos contra o aborto e o homossexualismo colocaram em risco a eleição de Dilma Rousseff, que precisou mentir para ganhar o público evangélico. O PT continua com medo dos evangélicos.
De modo geral, a mídia evangélica se abstém de tocar em assuntos que incomodam o governo, como aborto e homossexualismo. Às vezes, quando falam, acabam recuando, como aconteceu com a Universidade Presbiteriana Mackenzie, que tinha um manifesto contra o PLC 122, mas prontamente o retirou quando os ativistas gays ameaçaram.
Entretanto, na televisão, a voz mais forte e vigorosa contra a agenda gay tem sido a de Silas Malafaia, seguida de algumas outras poucas vozes de líderes neopentecostais.
Essas vozes poderiam ser mais fortes, mas foram cooptadas pelo PT mediante o trabalho satânico de evangélicos petistas. No início da década de 1990, a revista Ultimato, de linha calvinista esquerdista, se revoltava contra a oposição neopentecostal feroz ao PT. Paul Freston, que era membro de carteirinha do PT e articulista da Ultimato, se queixava de que as igrejas neopentecostais usavam suas redes de televisão para mostrar oposição sólida ao PT, e questionava como levá-las aos currais petistas.
Graças à lábia macia de Caio Fábio, que era então colunista da revista Ultimato e o maior pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil, essas igrejas acabaram se unindo a muitas igrejas históricas no apoio ao PT, embora muitas delas ainda usem, ainda que timidamente, seus canais de televisão para condenar a legalização do aborto e da sodomia.

Denúncias “proféticas” contra Marcos Feliciano, mas não contra Carvalho e o PT

Para Gilberto Carvalho, o apoio dos neopentecostais é inconfiável. Um dos exemplos é Marcos Feliciano, que em 2010 militava pela eleição de Dilma Rousseff. Mas ele nunca deixou de expressar publicamente sua oposição ao aborto e ao homossexualismo, gerando incomodo e mal-estar no PT.
Em contraste, evangélicos progressistas como Ariovaldo Ramos e seus colegas da Aliança Evangélica preferem fazer outros tipos de cobrança do governo: maiores intervenções estatais na economia pretensamente para ajudar os pobres, maior estatização da educação e saúde, etc. Enfim, a proposta deles, conscientemente ou não, coloca o governo como o Grande Deus Pai de todos, gerando plena satisfação no PT e outros partidos socialistas.
Embora a AE também tenha algumas declarações que parecem apontar para um posicionamento pró-vida e pró-família, essas não são suas preocupações principais. Além disso, a AE nunca mostrou nenhum sussurro “profético” contra os constantes esforços do governo de avançar a legalização do aborto e do homossexualismo.
Enquanto o governo socialista de Dilma Rousseff despeja propaganda atrás de propaganda a favor do aborto e do homossexualismo, tudo o que a AE faz é bocejar. Mas o que ficou muito mais vergonhoso é que vários líderes da AE, inclusive o próprio Ariovaldo Ramos, assinaram documento de repúdio à nomeação do Pr. Marcos Feliciano à presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados. Eles preferiram se unir ao fundamentalismo socialista do PT, que promove descaradamente a cultura da morte, nos ataques a Feliciano — que, mesmo tendo apoiado o PT no passado, não abre mão de denunciar profeticamente a agenda de aborto e homossexualismo do governo.
Esse tipo de denúncia profética, que é bíblica, a AE nunca fez, e diante dos chefões do PT, não a faz. Mas ataca furiosamente os que a fazem.

AE: Nada de denunciar a obsessão estatal de aborto e sodomia

O próprio Ariovaldo, um dos chefões da AE, não cobrou de Carvalho a obsessão dele e do governo petista envolvendo o aborto e o homossexualismo. Aliás, Ariovaldo nem quis mencionar o sinistro papel do ministro antes, durante e depois dos assassinatos em Santo André. Pelo contrário, os dois se abraçaram como irmãos.
Entretanto, para Feliciano, nada de abraços. Só condenações. Muito diferente de Carvalho, Feliciano, por mais imperfeito que seja, não tem histórico de envolvimento com assassinatos, nem com aborto, nem com homossexualismo. Mas em vez de assinar um documento público contra Carvalho, Ariovaldo e seus capangas da AE assinaram um documento contra Feliciano.
Quer deixar o diabo, o inferno e o PT felizes? Chame um evangélico progressista para fazer as coisas. De acordo com o Dicionário Aurélio, “progressista” significa: “Diz-se de quem, não pertencendo a um partido socialista ou comunista, aceita e/ou apóia, no entanto, os princípios socialistas ou marxistas”.
Como todos os membros da AE, Feliciano também já cometeu o erro de apoiar o PT. Mas ele foi “infiel” ao não abrir mão de denunciar o aborto e o homossexualismo. Agora, ele está sofrendo as consequências: a ira do PT, do movimento gay, da esquerda secular e… da esquerda evangélica, muito bem representada pela AE.

“Denúncias” para ajudar o governo a manter os pobres brasileiros no curral socialista

Como fiel adepta da esquerda, a AE nunca incomodará Carvalho e o PT sobre assassinatos, aborto e homossexualismo. A única denúncia “profética” que poderia vir da AE contra o governo é se o governo se desviar de seu chamado socialista de Grande Deus Pai de todos.
Se o governo deixar de dar bolsas-esmolas, comprando assim o voto e alma dos pobres brasileiros, aí sim a voz da AE, através de Ariovaldo Ramos e outros representantes, falará com sua típica estridência “profética” inspirada em Karl Marx. Esse é o tipo de voz que Gilberto Carvalho e o PT adoram ouvir.

Afinidade e irmandade

Carvalho vê afinidade e esperança nesse tipo de evangélico. Os dois lados querem o governo como Grande Deus Pai de todos e os dois veem as igrejas neopentecostais com muita preocupação e obstáculo para suas ambições.
Nada mais justo do que os dois caminharem juntos como irmãos, ainda mais que as eleições presidenciais de 2014 estão chegando.
Por isso, não é de estranhar que os irmãos tenham celebrado uma parceria dentro de um templo da IPB em Brasília.
Nada mais justo Ariovaldo Ramos representar a Aliança Evangélica e Gilberto Carvalho representar o governo. Aliança perfeita! Parceria perfeita!
Contudo, será que todos os presbiterianos do Brasil concordam que um templo da IPB tenha sido usado para essa aliança nada celestial?
Um líder presbiteriano, que prefere não revelar seu nome, diz: “Como evangélico, acho lamentável uma parceria entre uma aliança que se diz evangélica e um governo totalmente esquerdista e abertamente anticristão. Como presbiteriano, sinto vergonha de tal evento ter sido realizado numa Igreja Presbiteriana. Tal parceria é um alerta para aqueles que depreciam o valor e a importância das doutrinas bíblicas, e a necessidade de estudarmos teologia bíblica de forma séria. Os cristãos de hoje precisam aprender de uma vez por todas que ideias têm consequências. Doutrinas ou ideias distorcidas sobre o que é a igreja, no que constitui a sua tarefa profética, qual é o papel e o limite do governo, só podem levar a atos lamentáveis como esse. Que Deus tenha misericórdia de nós!”
A reunião da AE com a presença do ministro Gilberto Carvalho na Igreja Presbiteriana de Brasília firmou os passos numa parceria estratégica que, de acordo com os idealizadores, vai até 2015.
A reunião foi feita no mesmo dia (28 de fevereiro) em que o supremacista gay Jean Wyllys foi ovacionado na Universidade Presbiteriana Mackenzie.
Eu poderia dar para a AE este versículo:
“Jamais vos coloqueis em jugo desigual com os descrentes. Pois o que há de comum entre a justiça e a injustiça? Ou que comunhão pode ter a luz com as trevas?” (2 Coríntios 6:14 KJA)
Mas como o calvinista Ariovaldo Ramos e o católico Gilberto Carvalho conhecem a Bíblia e, ainda assim, preferem caminhos socialistas, só posso perguntar: O que há de incomum entre um socialista calvinista e um socialista católico? Ou que desunião e descomunhão poderiam haver entre a Aliança Evangélica e o governo socialista de Dilma Rousseff?
Trevas combinam com as trevas. Evangélicos esquerdistas combinam com católicos esquerdistas. E evangélicos esquerdistas combinam com governo esquerdista.
Nada, pois, poderá atrapalhar a parceria deles — a não ser alguns neopentecostais!
Com informações da revista Ultimato e site da Aliança Evangélica.
Leitura recomendada:

19 comentários :

Roberto Domingos disse...

É uma vergonha, a CNBB que sempre se calou de forma vergonhosa mas que um dia terá de falar diante do Juíz e agora estes evangélicos se vendendo por trinta dinheiros, só nos resta os militares ou o Chapolim Colorado!

Guilherme Ferreira disse...

Vergonhoso!

“Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque,
QUE SOCIEDADE TEM A JUSTIÇA COM A INJUSTIÇA?
E QUE COMUNHÃO TEM A LUZ COM AS TREVAS?
E que concórdia há entre Cristo e Belial? OU QUE PARTE TEM O FIEL COM O INFIEL?”
(II Coríntios 6:14-15)

Fabiano disse...

Se, no lugar de Marco Feliciano, estivesse o cristofóbico Jean Wyllys ou o pedófilo Luiz Moth, haveria esta mesma manifestação dos pseudo-criatãos? Será que esses "evangélicos" de esquerda irão apoiar a pl-122, aonde a agenda gayzista tem por objetivo calar o cristianismo, incluindo eles?

Anônimo disse...

Deixa eu perguntar para vocês.

Os evangélicos são gado?

Têm obrigação de seguir esses acordos espúrios de seus líderes com partidos como o PT?

Se tiverem esse tipo de obrigação estará claro que os evangélicos estão preterindo o Evangelho por uma quadrilha condenada no STF.

Soldier disse...

Em meus comentários neste blog, várias vezes tenho batido numa tecla, e devo continuar batendo na medida que surgem evidências de que minha tese se baseia em fatos verdadeiros.

A mentalidade esquerdista é uma característica de quase todos os adeptos da doutrina calvinista, entre os quais são muito comuns aqueles que aderem à organizações totalmente contrárias à Palavra de Deus.

Um dos pontos que mais caracterizam o calvinismo é a sua aversão à doutrina pentecostal, que reconhece a atualidade dos dons do Espírito Santo ao mesmo tempo que contesta a presdestinação individual e arbitrária de pessoas, postura esta que desagrada a criaturas que julgam-se uma "elite" de pré-salvos.

Não é novidade calvinistas apoiarem movimentos revolucionários, como os anátemas luteranos que abraçaram o nazismo

Há uma relação direta entre as consequências espirituais do calvinismo e essa tendência perniciosa para a esquerda. A frieza espiritual das congregações históricas, ao se contrapor à manifestação do Espírito de Deus por meio de Seus dons, como o do discernimento, da palavra, de línguas, da revelação, da profecia e da cura, faz com que a igreja torne-se desprovida das armas indispensáveis para combater os ataques malignos.

E assim enfraquecidos, as setas malignas fazem com que a iniquidade prolifere facilmente nos corações e mentes dos crentes, dando lugar a vãs filosofias e mentiras, que os induz a se conformarem com condutas pecaminosas "adaptadas" à vida cristã. Assim, não tardam a associarem-se a organizações mundanas e diabólicas, que intentam contra tudo que se chama Deus.

No artigo recente publicado pelo Julio, "Líderes evangélicos, apoiados pela revista Ultimato, se unem ao PT no pedido de remoção de Marcos Feliciano", pode-se ver uma pequena amostra estatística:

Da lista de 196 canalhas falsos cristãos, 191 estão entre presbiterianos, batistas, luteranos, com apenas 5 apóstatas que se identificam como assembleianos.

Isso não isenta alguma congregações pentecostais de conivência vergonhosa com a esquerda.

Um exemplo recente foi a atitude escandalosa do Pr. Samuel Câmara, presidente da Assembléia de Deus em Belém-PA, ao por a cara na televisão pedindo votos para Edmilson Rodrigues, comunista fanático candidato pelo PSOL, partido de Jean Wyllys, ao cargo de prefeito de Belém. Isso mesmo depois do PSOL ter sido impedido pelo próprio TSE de veicular uma propaganda eleitoral com beijo gay explícito.

Seria motivo mais do que suficiente para ele ser destituído do cargo por uma assembléia geral extraordinária da Igreja.

vejam os vídeos:

O Pastor Samuel Câmara declara seu apoio a Edmilson Rodrigues
http://www.youtube.com/watch?v=A-q8qpa--O8

Horário Político 2010 - Beijo gay no horário politico/PSOL
http://www.youtube.com/watch?v=qkFkqrlfeA8

Anônimo disse...

Irmão Soldier...
Concordo em grande parte com seu comentário...porém, você esqueceu de citar os "papas" da Convenção de Madureira, que há tempos paga reverência ao PT de Dilma e Lula. Neste caso, é mais que convivência, é casamento mesmo...

Alan de Barros

Soldier disse...

É verdade irmão Alan,

Os patifes chefões da Madureira são tão mesquinhos e desprezíveis que nem me lembrava deles.

Espero que ele tenham tempo de cancelar a passagem deles nesse trenzinho a caminho do inferno.

Abraços e a Paz do Senhor.

Trindade disse...

Olá Júlio;
Esse grupo ai representa menos de 10% dos evangélicos, essa é a boa notícia.
Mas como é sabido, todo esquerdista é incoerente eles poderiam seriam diferentes, pois eles odeiam os dons do Espirito Santo, mas amam “palavra profética”, e eu como amo os dons do Espirito Santo e creio em palavra profética, vou deixar uma Palavra aqui: OS CRENTES DE IGREJAS ALIADAS DE ESQUERDISTAS SÃO JUNTO DELES AMALDIÇOADOS, POIS SUSTENTAM COM SEUS DÍZIMOS E OFERTAS ESSAS AÇÕES DE DESAFIO E AFRONTA AO DEUS ETERNO.

Neokoros disse...

"Gilberto Carvalho e Ariovaldo Ramos firmam parceria entre governo e evangélicos". ?!?

Quais evangélicos? Quem é este fulano, conhecido como Ariovaldo?
Gilberto Carvalho eu lembro quem é (caso Daniel, Mensalão, etc). Mas o "Ari Não Sei das Quantas" desconheço.

Aliança entre evangèlicos vírgula.
Professo fé cristã e corro do PT (só olho pra trás pra jogar pedra)...

Uma coisa que me irrita é um palhaço qualquer -travestido de pastor ou equivalente- se dizer líder de evangélicos e querer falar por todos. Isto não existe.

"Ari Não Sei das Quantas" falando por mim para Gilberto Carvalho?...

Menos, Júlio, menos...


Aff!!!...




Anônimo disse...

A turma do Ari pode muuuito bem ajudar os pobres deste pais sem se envolver com ideologia marxista e comunista do PT, isso é possível, não precisa se porcalhar na lama da iniquidade e do pecado com a desculpa de ajuda aos pobres ( como SE de fato e de verdade os PTralhas tem uma agenda politica de ajuda aos necessitados , pois na verdade, o objetivo do PT e implantar o comunismo vermelho no Brasil a qualquer custa ).

O que falta no Ai e sua turma e abrir seus olhos espirituais para ver o tremendo risco em ajuntar suas forças com os malignos comunistas e ateus do governo do PT.

Pastor Caleb.

Leonardo disse...

Citando e respondendo a Soldier:

"A mentalidade esquerdista é uma característica de quase todos os adeptos da doutrina calvinista,..."

Marxismo e calvinismo são absolutamente INCONPATÍVEIS!

Voce fala sem conhecimento de causa. porque alguns desses sao da igreja presbiteriana voce rotula de calvinistas, muitos na igreja presbiteriana nem sabem quem foi Calvino, alias, ja leu alguma vez algum trecho das Institutas? Arminio recomendava a leitura das Institutas.

Marxismo e cristianismo sao INCOMPATIVEIS.


"Um dos pontos que mais caracterizam o calvinismo é a sua aversão à doutrina pentecostal, que reconhece a atualidade dos dons do Espírito Santo ao mesmo tempo que contesta a presdestinação individual e arbitrária de pessoas, postura esta que desagrada a criaturas que julgam-se uma "elite" de pré-salvos."

Se tivesse lido Calvino, ou outro defensor das doutrinas da graça que são absolutamente bíblicas (Spurgeon, Edwards, até mesmo Wesley) veria que nenhum deles se considera elite de nada. O mesmo se aplica à ação do Espirito Santo, se diferem em graus mas não negam que o Espírito aja. Pelo contrario, outros cristãos (assembleia, neopentecostais, ate mesmo entre batistas, presbiterianos) acham que controlam o Espirito com suas orações mantra, cultos de poder...

O problema é o rótulo que alguns gostam, se esquecem de que o que deveria ser a marca de um cristão é o amor, e se apegam a questões menores e esquecem das doutrinas distintivas que nos identificam como cristãos, ficam preocupados se o batismo é assim ou assado, se é pos ou pre...

Nao entendeream nada do evangelho legitimo. Isso nao é exclusividade de denominação nenhuma.


"Não é novidade calvinistas apoiarem movimentos revolucionários, como os anátemas luteranos que abraçaram o nazismo"

Catolicos abraçaram o nazismo, batistas... e ai?

"Há uma relação direta entre as consequências espirituais do calvinismo e essa tendência perniciosa para a esquerda."

Já leu que os jovens estao na america e africa com nova sede espiritual e estao descobrindo as doutrinas da graça?

A Proxima Cristindade - a Chegada do Cristianismo Global de Philip Jenkins.

A ortodoxia esta crescendo nos paises do sul global, com principios eticos fortemente pautados no que voces chamam de calvinismo.

ROTULO novamente.


"E assim enfraquecidos, as setas malignas fazem com que a iniquidade prolifere facilmente nos corações e mentes dos crentes,..."

a iniquidade prolifera por causa do PECADO.

"dando lugar a vãs filosofias e mentiras, que os induz a se conformarem com condutas pecaminosas "adaptadas" à vida cristã. Assim, não tardam a associarem-se a organizações mundanas e diabólicas, que intentam contra tudo que se chama Deus.

Isso acontece por causa do pecado!!!


No artigo recente publicado pelo Julio, "Líderes evangélicos, apoiados pela revista Ultimato, se unem ao PT no pedido de remoção de Marcos Feliciano", pode-se ver uma pequena amostra estatística:

Da lista de 196 canalhas falsos cristãos, 191 estão entre presbiterianos, batistas, luteranos, com apenas 5 apóstatas que se identificam como assembleianos.

So porque o cara esta numa presbiteriana ele é calvinista?

Batistas em sua grande maioria nao sao calvinistas.


"Isso não isenta alguma congregações pentecostais de conivência vergonhosa com a esquerda."

Entao a vergonha nao esta so com calvinistas!

Defendo o evangelho legitimo, doa a quem doer.
Nao me apego a rotulos!

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Eu perguntaria logo de cara: aliança evangélica ou aliança do inferno?

Será que esses que se dizem servos de Deus (e que fazem parte desta mesma aliança) já viram, em alguma página da Bíblia, Jesus e Satanás sendo amigos (ou Jesus fazendo acordo com Satanás)?

Parece que muitos deles estão esquecidos do que a Bíblia ensina sobre a postura de um verdadeiro cristão (eis aqui alguns textos biblicos a respeito disso que eu fiz questão de transcrever em caixa alta):

"SEJA, PORÉM, A VOSSA PALAVRA: SIM, SIM; NÃO, NÃO; PORQUE O QUE PASSAR DISTO É DE PROCEDÊNCIA MALIGNA" (Mateus 5:37)

"NINGUÉM PODE SERVIR A DOIS SENHORES; PORQUE OU AMARÁ A UM E ODIARÁ O OUTRO, OU HÁ DE SE DEDICAR A UM E DESPREZAR O OUTRO" (Mateus 6:24)

"QUEM NÃO É POR MIM, É CONTRA MIM; E QUEM COMIGO NÃO AJUNTA, ESPALHA" (Mateus 12:30)

"NÃO PODEIS BEBER DO CÁLICE DO SENHOR E DO CÁLICE DOS DEMÔNIOS; NÃO PODEIS PARTICIPAR DA MESA DO SENHOR E DA MESA DOS DEMÔNIOS" (1 Coríntios 10:21)

"NÃO VOS COLOQUEIS NUM JUGO DESIGUAL COM OS INCRÉDULOS. POIS, QUE SOCIEDADE A JUSTIÇA TEM COM A INJUSTIÇA? E QUE UNIÃO PODE HAVER DA LUZ COM AS TREVAS? E QUE ALIANÇA HÁ ENTRE CRISTO E O MALIGNO? E QUE PARTE TEM O FIEL COM O INFIEL? E QUE CONCORDÂNCIA EXISTE DO TEMPLO DE DEUS COM OS ÍDOLOS?" (2 Coríntios 6:14–16)

Será que muitos que se dizem cristãos ainda estão lembrados disto?

Anônimo disse...

Essa cambada aí não são pastores maçons?

Luiz Alfredo disse...

O meu receio é que grande parte dos evangélicos atuam como cordeiros, não contestam as posições e endossam totalmente o agir desses pastores. A partir deste artigo, espero que raciocinem e tomem uma posição a favor do evangélio.

Wellington disse...

O presbítero Valdomiro fez uma pergunta bem direta: aliança evangélica ou aliança do inferno?

Vendo os que se dizem cristãos se misturando com os ímpios, a segunda resposta (aliança do inferno) é mais do que apropriada (não há nenhuma dúvida quanto a isso)

Só eu quero ver o que esses que se dizem cristãos (que se aliam a escravos do diabo) dirão quando estiverem diante do Soberano Juiz (o Senhor Jesus)!

Claudio Vaz disse...

Bom comentário, Luiz Alfredo.

Mas não endosso seu receio pois tenho certeza que continuarão EXATAMENTE como são.

E digo mais: 2014 Sr Feliciano apoiará o PT.

Uai, e onde estão os nossos presbiterianos que sempre defendem sua instituição? Sumiram?
"Ah mas não são todos"
Ora, nunca serão todos mas o estrago que os poucos fazem é que conta!

Quala igreja que nos EUA apoia o gayzismo?
Coincidência?

Atenção estado do Espírito Santo!
É mentira ou verdade que em 'retiros espirituais' de igrejas presbiterians existe até BAILE À FANTASIA?!!
"Ah qual é o problema?"
Qual é o problema?
O problema é este: "certamente NÃO morrereis" !!
Quem quiser entender que entenda.

Anônimo disse...

Graças a Deus que eu faço parte de uma igreja neopentecostal que os líderes desse movimento denominacional que tão perseguido até mesmo por ditos "irmaus" tradicionais, petencostais a liderança desse segmento cristão não se alia a partido político e não faz acordos e não participa dessas reuniões com aliados desse partido maligno chamado PT está fazendo a obra de Deus lutando ganhar vidas para o Senhor jesus Cristo e não saem de pregar a PALAVRA DE DEUS DA BÍBLIA SAGRADA.
Que Deus tenha misericórdia de nós e de toda lideranças cristãs aqui no Brasil independente do segmento cristão porque algo não podemos esquecer a IGREJA INDEPENDENTE DO SEGMENTO DENOMINACIONAL:TRADICIONAL, PENTENCONSTAL, NEOPETENCOSTAL A IGREJA NÃO É DA LIDERANÇA QUE DEUS LEVANTOU A IGREJA DO SENHOR JESUS CRISTO E CADA LÍDER DOS EGMENTO CRISTÃO NO DIA DO JUÍZO VAI PRESTAR CONTAS AOS DEUS VIVO O QUE FEZ COM ELA SE LIDEROU MESMO E SE FEZ DE FATO A OBRA DE DEUS SE PREGOU SÓ A PALAVRA DE DEUS SE CUROU, LIBERTOU, CUIDOU MESMO DAS OVELHAS SÃO AS ALMAS.
Só quero que Deus abra os olhos desses 180 líderes da do outro post contei um por um da lista dos aliados ao PT e aos ímpios( do movimento homossexual) que eles se arrependam urgentemente e se libertem da contaminação das ideologias malignas: socialismo, marxismo, comunismo e voltem a única fonte certa de um cristão beber é a PALAVRA DE DEUS lógico para bem espiritual das suas ovelhas que eles cuidam.

Ester!!!!!

Kaio Siqueira R. Bragança disse...

Julio Severo, como membro da Igreja Presbiteriana do Brasil, sinto vergonha do caminho que muitas igrejas presbiterianas tem escolhido. É notório, como o esquerdismo tem entrado a todo vapor nas igrejas presbiterianas brasileiras.
Que Deus tenha misericórdia de nós, e que possamos voltar a sãs escrituras.
Que possamos ser iguais aos presbiterianos da reforma, que se posicionavam contra as arbitrariedades do Estado.

Lino disse...

Quem foi que disse que essa tal de AE é a representação dos evangélicos nesse país? Muita presunção e acima de tudo mentira. A igreja evangélica nunca foi representada por simpatizantes marxistas e gayzistas. Ariovaldo e sua laia estã muito, muito equivocados mesmo. E a últimato? O que essa revista tem contribuido para o evangelho? Ariovaldo devia parar já com esses discurso de missões. Ele vai enganar outras pessoas menos os verdadeiros cristão.