9 de fevereiro de 2013

Ativista gay confessa que é culpado de abrir fogo contra organização cristã nos EUA


Ativista gay confessa que é culpado de abrir fogo contra organização cristã nos EUA

Amanda Gigliotti
Um homem de Virgínia declarou-se culpado em corte federal nesta quarta-feira, depois de ter tido a intenção de matar funcionários cristãos no prédio do Family Research Council (FRC), em Washington DC, no ano passado.
Ativista gay Floyd Lee Corkins
Floyd Lee Corkins pode pegar até 70 anos de prisão. O ativista gay, que era voluntário em um Centro da Comunidade LGBT de Washington DC, abriu fogo no prédio da organização familiar em agosto, planejando “matar o maior número possível e esfregar sanduíches Chick-fill-A em seus rostos depois de mortos”.
Antes de protagonizar o crime, ele teria dito que “eu não gosto de suas políticas públicas”.
O incidente ocorreu durante o período em que o presidente da rede de restaurantes Chick-fill-A, Dan Cathy, declarou seu apoio ao casamento tradicional.
As declarações intensificaram o assunto sobre a questão homossexual e provocou a ira de ativistas que defendem a causa LGBT no país. O lobby gay nos Estados Unidos classificou o FRC como um “grupo de ódio” devido à sua posição sobre o matrimônio e por ter defendido o presidente da Chick fill-A.
Grupos conservadores acusam a Southern Poverty Law Center (SPLC), uma organização não-governamental que defende os direitos civis, de ter alimentado o ataque de ódio de Corkins. A SPLC havia incluído a FRC na lista dos grupos de ódio, por sua forte oposição ao casamento gay.
Na quarta-feira, o acusado foi declarado culpado de transportar uma arma para fora do estado da Virgínia para Washington DC, o que lhe dá a pena de 10 anos. Além disso ele foi culpado de agressão com intenção de matar, enfrentando uma pena máxima de 30 anos, e ato de terrorismo com arma contra civis, acarretando em outra pena máxima de 30 anos. Ao todo Corkins pode pegar 70.
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:

3 comentários :

Anônimo disse...

Onde estão os esquerdistas e gayzistas, agora?!?!?! Escondem-se qual ratos!

http://icommercepage.blogspot.com.br/2013/02/eua-obrigam-ouvir-o-feto-antes-do-aborto.html

Magno disse...

Esse miserável deve apodrecer na cadeia!

ismael batista disse...

"Esse miseravel" carece da glória de Deus. Não sejamos como eles que respondem o mal com o mal, senão que diferença desse mundo existe em nós?