25 de janeiro de 2013

Liberdade para alertar sobre sodomia apenas nos cultos?


Liberdade para alertar sobre sodomia apenas nos cultos?

Julio Severo
Os conservadores no Congresso Nacional, de acordo com o site homossexual A Capa, estão adotando mais uma ação para proteger a liberdade religiosa dentro dos templos. Um projeto de lei tramita na Câmera dos Deputados com o objetivo de garantir que os cultos religiosos sejam espaços protegidos para dizer textos bíblicos que o movimento gay considera “ofensivos”.
O projeto, que é de autoria do Deputado Professor Victório Galli (PMDB-MT), tem o objetivo de garantir para padres e pastores liberdade para pregar sobre a homossexualidade conforme a Bíblia e a tradição cristã.

Galli, que entrou como suplente do deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT), acredita que o projeto protegerá as igrejas e suas doutrinas de serem patrulhadas pelo Estado.
O site A Capa disse sobre o projeto: “O projeto chega para fazer frente ao PLC 122, que visa criminalizar a homofobia e inclui na sua proposta vetar os discursos homofóbicos de algumas igrejas, que incitam o ódio contra os homossexuais”.
A iniciativa de Galli não é a primeira a tentar proteger os espaços internos dos templos do monitoramento estatal.
Marta Suplicy já reconhecia publicamente que o PLC 122 condena à prisão toda pessoa que diga, mesmo dentro das igrejas, qualquer coisa contra o homossexualismo. Por isso, para tentar agradar aos cristãos, ela havia criado uma isenção, conforme ela disse neste vídeo: http://youtu.be/jIOOE0n2V5g

A proposta dela daria isenção de prisão, multas e outras penalidades para pessoas que se limitassem aos cultos dentro dos templos para alertar sobre os perigos do homossexualismo.
Antes dessa generosa concessão, as velhas palavras do PT e Fátima Cleide garantiam ao povo brasileiro que o PLC 122 jamais traria nenhuma perseguição aos cristãos. Era tudo mentira. As palavras de Suplicy prometendo isenção dentro das igrejas mostraram claramente que o PLC 122 impõe a ditadura estatal pró-homossexualismo fora e dentro das igrejas.
Contudo, se o projeto de Victório Galli ganhar, o que ganharemos? O direito de alertar sobre o homossexualismo somente dentro dos guetos religiosos?
A Constituição, que garante liberdade de expressão, não protegerá quem expressar opiniões cristãs fora das igrejas?
A Constituição só protegerá homossexuais e suas expressões de devassidão em público? Só eles terão liberdade de fazerem o que querem nos espaços públicos, inclusive escolas, doutrinando crianças nas suas depravações?
Se aceitarmos viver nossa liberdade de expressão somente dentro das igrejas, sem dar testemunho público do que Deus revela na Bíblia, sentiremos mais segurança contra os supremacistas gays e a truculência dos agentes do Estado que estão com eles?
Ousamos achar que eles não nos incomodarão em nossos guetos religiosos? Por quanto tempo?
Os cristãos dos primeiros séculos pagavam com a vida o testemunho público sobre as verdades de Deus.
Hoje, tudo o que o Estado exige, por enquanto, é o martírio moral e até prisão.
Que o exemplo, pago com sangue, dos primeiros cristãos nos incentive a dar testemunho público, custe o que custar.
Leitura recomendada:

14 comentários :

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Só mesmo quem for muito ingênuo é que vai que vai acreditar que esse projeto de lei não vai ser nocivo aos cristãos e à sociedade como um todo! Em outras palavras: só mesmo quem não tem uma visão espiritual apurada é que acredita que o diabo virou cristão!

Toda e qualquer lei a favor dos homossexuais deve ser firmemente rejeitada (ainda que seja aparentemente "inocente" ou "inofensiva"). Assim como Jesus nunca teve nenhuma amizade com o diabo (e também nunca negociou nada com o diabo), um verdadeiro cristão não pode (e nem deve) fazer concessões (nem negociações de qualquer espécie) com os ímpios (que são os políticos pró–homossexualismo).

Podem criar a lei que for a favor do homossexualismo (PLC 122 ou qualquer outra), mas nós, cristãos, NUNCA NOS CURVAREMOS AO DESEJO DO DIABO E DOS HOMOSSEXUAIS! Preferimos a morte ao invés de blasfemar contra o nosso Deus! Adotamos conosco o mesmo lema dos antigos mártires da fé cristã: "Antes morrer do que pecar". Fazemos como disse o apóstolo Pedro:

"Importa antes obedecer a Deus do que aos homens" (Atos 5:29)

Que esta mensagem "desperte" muitos que se dizem cristãos (e que estão indiferentes em relação à imoralidade que já contaminou o mundo inteiro)!

"PARA QUE O MAL VENÇA, BASTA QUE OS HOMENS DE BEM NÃO FAÇAM NADA"

Anônimo disse...

Julio eu acho incrível muitos dos Teólogos ficarem omissos a todos esses casos; fico indignado! Pois vejo que muitos estão somente preocupados em suas situações financeiras e que se levantar algum protesto, poderia perder suas regalias. Até fiquei surpreso com a declaração pelo Pe. Paulo Ricardo contra toda agenda gaysista. Mostrou coragem e hombridade, sem se preocupar o que poderia acontecer com ele. Muitas vezes a algum Teólogo como o Padre acerta.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro Julio Severo,

É inadmissível a inoperância dos líderes quando se trata deste assunto. O medo, creia, já tomou parte dos que viem dos salários de sua teologia.

Os que vivem destes salários, certamente, calaram, por covardia, e seram colocados de lado.

A lei uma hora ou outra será aprovada. A luta neste momento é para praticarmos a fidelidade a Deus e estarmos preparado para o que virá.

Será um caos permitido por Deus para vergonha de muitos medrosos e covardes.

Muitos seram perseguidos e Deus mostrará o que significa de verdade ser Noiva de Cisto.

Enquanto constroem templos suntuosos, o coração se corrompe, pelas ofertas solicitadas a cada culto com total veemencia em propostas vergonhosas como se fossem sócios de Deus na distribuição das bençãos inigualáveis. Triste!

O Senhor seja contigo,

O menor.

Gilson disse...

Não sei se a minha opinião vai ser muito apropriada para o presente momento, mas, no caso dessa propagação do homossexualismo, um possível diagnóstico seria este:

– Algumas igrejas cristãs foram negligentes, pois passaram a tolerar a sujeira do mundo (ao invés de terem uma atitude decisiva contra o pecado);

– Faltou um combate mais efetivo ao ativismo gay, faltou um melhor empenho dos cristãos, faltou uma postura firme das igrejas em defesa das verdades eternas da Palavra de Deus;

– Relaxamos no combate ao pecado, aceitamos o relativismo moral, passamos a nos conformar com os valores corrompidos de um mundo contaminado pelo pecado, deixamos de preservar a santidade da vida cristã.

Não seria devido a estes motivos que o homossexualismo está dominando o Brasil (e também o mundo inteiro)?

Gostaria de ouvir as opiniões de todos a respeito disso.

Anônimo disse...

E claro o objetivo dos comunistas do PTralhas em implantar a agenda Gay na sociedade Brasileira. A Senadora da Republica, a Marta Suplicy luta com todas as suas forcas e conhecimento com o claro objetivo de fazer prevalecer em toda a sociedade civil essa abominacao, essa lei anti-crista, anti- familia, anti-moral, anti-democratica e que vai contra a liberdade a PL 122.

Percebe-se claramente que a cedula, os lideres, o comando do PTralhas em aprovar essa PL 122 em fazer passar tal lei chega a ser desesperador, eles mudam a lei de nome, mexem um pouco ali, mudam acola, mas como estao a servico da destruicao da familia e do cristianismo, eles nao medem esforcos para a aprovacao da da PL 122.

Eu nao sei, como ainda tem pessoas que se dizem Cristaos e apoiam abertamente a agenda comunista e o marxismo que sao a cedula master da agenda gay, que por conseguinte , sao a cedula master da agenda da liberacao geral e irrestrita do assassinato de bebes que e o aborto generalizado. ( Talvez o pessoal do site Genizah possa explicar essa deformacao espiritual ).

Nao se enganem ,o plano do PTrahas e implantar o comunismo no Brasil custe o que custar, o tempo que for necessario e o valor que for necessario. os comunistas estao usando a mesma estrategia que o Ocidente, mas especicadamente os Estados Unidos e sua inteligencia ( CIA ) fez com a Uniao Sovietica, que foi fragilizar economicamente a Uniao Sovietica para depois dominar e ver cair em ruinas o comunismo.

No Brasil, a mesma estrategia esta sendo implantada pelo comunistas atraves do PTralhas, eles estao fragilizando a sociedade com a destruicao da familia ( agenda gay e liberacao generalizada do aborto ) , esse governo do PT esta deixando a violencia aumentar mes apos mes no Brasil ( haja visto o numero de mortos pela violenia nas grandes cidades, acabando com a educacao e com a saude,liberando de forma irrestrita a pornografia e os programas de TV com sua ideologia de imbecilizacao e manipulacao social, como BBB, carnaval, futebol e outras aberracoes da TV brasileira, com o claro proposito de dominacao posterior, mostrando a sociedade civil que a unica solucao para esses males e o comunismo e o extremo socialismo.

Alguns anos, tive uma longa e profunda conversa com o Secretario do partido comunista em Sao Paulo- capital, que me declarou que os comunistas nao tem a minima pressa para implantar o sonho Estalinista em terras tupiniquis, e pelo jeito estao conseguindo seu objetivo.

O Pior e que tem cristaos que cairam como pato na conversa comunista com atraves da teologia da libertacao, teologia social e outras mazelas.

Mas gracas a Deus que ha os guerreiros da luz e aqueles que pagam ate com a propria liberdade e com a vida para continuar denunciando o agira das trevas , que e o caso desse site, Que o Senhor Deus continue te usando irmao Julio na sua sabedoria e discernimento para continuar essa luta titancia, mas que somos mais que vencedores por Cristo Jesus Nosso Senhor e Salvador.

Pastor Caleb.

Wellington disse...

Respondendo ao Newton Carpinteiro,

A Palavra de Deus diz claramente:

"Porventura, pode vir de uma mesma fonte água doce e salgada?" (Tiago 3:11)

Este versículo se encaixa perfeitamente com a imagem da nossa política (e também de alguns líderes de igrejas). É impossível acreditar que possa surgir algo de bom em um meio tão podre e tão sujo (como o nosso Congresso Nacional).

Infelizmente, muitos líderes de congregações e muitos políticos (inclusive os da bancada evangélica) fazem jogo duplo: criticam o governo, e, ao mesmo tempo, dão apoio ao mesmo governo.

É justamente por isso que eu não confio em ninguém (nem mesmo nos da bancada evangélica). É como bem disse o apóstolo Paulo:

"Seja Deus verdadeiro e todo homem (principalmente político) mentiroso" (Romanos 3:4, o parêntese é meu)

O senador Magno Malta é um bom exemplo disso. Ele se diz cristão e defensor da família (e contra o aborto), mas foi um dos que fez campanha para Lula (e também ajudou a eleger Dilma). Como pode alguém que se diz cristão apoiar corruptos a serviço do diabo?

Eu ainda perguntaria: será que o senador Magno Malta já viu, em alguma página da Bíblia, Jesus e Satanás sendo amigos (ou Jesus fazendo acordo com Satanás)?

Talvez o nobre senador esteja esquecido do que a Bíblia ensina sobre a postura de um verdadeiro cristão:

"Não vos coloqueis num jugo desigual com os incrédulos. Pois, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que união pode haver da luz com as trevas? E que aliança há entre Cristo e o Maligno? E que parte tem o fiel com o infiel? E que concordância existe do templo de Deus com os ídolos?" (2 Coríntios 6:14–16)

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou amará a um e odiará o outro, ou há de se dedicar a um e desprezar o outro" (Mateus 6:24)

Não há o que discutir: ou você serve a Deus, ou você serve ao diabo (não existe meio–termo)!

Será que o senador Magno Malta ainda se lembra disso?

Gostaria que ele mesmo respondesse de forma sincera a esta pergunta na primeira oportunidade!

Diácono Elias (Igreja Batista Nova Jerusalém) disse...

Amado pastor Caleb,

Para abençoar as suas sábias palavras (e assinar embaixo de tudo o que você disse), eu torno a repetir, mais uma vez, o que eu já postei num comentário feito num artigo semelhante a este: se todos os eleitores do Brasil (inclusive os cristãos) tivessem orado e pedido discernimento a Deus antes de votar, não teríamos no poder um governo pró–homossexualismo, pró–aborto, anti–família e anti–cristão. E nem elegeríamos uma bancada que se diz evangélica, mas que não tem tido nenhum compromisso com a obediência à Palavra de Deus (além de ser omissa no combate ao pecado e conivente com o mesmo governo)!

Creio que o problema está não somente em muitos dos políticos que se dizem cristãos (como os da bancada evangélica), mas também de alguns cristãos eleitores que os colocam lá. Alguns desses mesmos eleitores votam somente por votar, influenciados por alguém (tipo "vou votar no irmão da minha igreja, pois foi o pastor quem pediu"), ou sem saber quem realmente é o candidato, que ideais defende, quais compromissos tem, quais interesses visa, enfim, o que realmente fará ao ser eleito.

Daí, surgem certos "políticos cristãos" que estão mais preocupados em cuidar de seus negócios particulares (ou dos negócios de suas igrejas) do que em ter um compromisso sério com a obediência à Palavra de Deus e com questões que afetam a sociedade como um todo (especialmente a maioria cristã).

Portanto, é necessário que todo o povo e também as igrejas (a católica e a evangélica) sejam politicamente conscientizadas sobre a responsabilidade do voto. Se em toda eleição colocarmos ímpios no poder, estaremos dando carta branca para que o diabo e os demônios ataquem a tudo e a todos (além de promoverem a destruição dos valores morais, familiares, e dos princípios cristãos). Em suma: o que não podemos fazer é perpetuar este ciclo vicioso, ou melhor, não podemos continuar alimentando essa política imoral e anti–cristã que tomou conta do Brasil. Aliás, não só o cenário político, mas, infelizmente, até algumas igrejas evangélicas estão infestadas de falsos cristãos gananciosos e vaidosos que só usam o nome de Deus para seus próprios interesses (ou para suas próprias conveniências).

Que este alerta seja amplamente divulgado a todos, para que todos saibam o quanto o voto é importante para decidir o futuro de um país.

Um grande abraço,

Diácono Elias (Igreja Batista Nova Jerusalém)

Anônimo disse...

O irmao em Cristo e Diacono Elias disse:

Portanto, é necessário que todo o povo e também as igrejas (a católica e a evangélica) sejam politicamente conscientizadas sobre a responsabilidade do voto.


Com certeza, essa e a razao e o motivo dos cidadoes que sao a favor da familia, dos bons costumes, da moral , da etica, do bem , da ordem social, da luz, votarem em pessoas que abarcam e norteiam esses valores, pois ate mesmo os ateus ( e conheco alguns ) que sao completamente avessos a proposta de doutrina e de forma de governo dos PTralhas.

Na verdade, o Brasil tem uma maldicao o qual precisa ser quebrada com a pregacao do evangelho que transforma o homem em si e toda uma sociedade, por exemplo.

Os Estados Unidos foram descobertos para serem colonizados , ja o Brasil foi descoberto para ser explorado e ate hoje e assim. Por isso a total falta de patriotismo,de compromisso como nacao, solidariedade e compromisso social de seus cidadoes, ou seja, cada um pensando em si mesmo e o resto que se lasque. ( A famosa frase da lei do Gersom : Voce gosta de levar vantagem em tudo , cerrrto ? ) Isso e uma maldicao, egoismo, perversidade e iniquidade, por isso que quando os ditos cristaos evangelicos chegam em Brasilia esquecem seus compromissos e pensam somente em si e no seus familiares, fazendo da coisa Publica algo bem particular.

Somente a misericordia de Deus e a graca do poderoso Evangelho transformador e capaz de mudar isso. Nao e comunismo, nao e a filosofia, nao e a Ciencia e nem a sociologia. Somente o reino dos ceus e seu poderoso Evangelho na pessoa bendita do Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Disse Jesus : Quem cre em mim ainda que esteja MORTO vivera.

Pastor Caleb.

Marcos Teixeira disse...

Também achei estranho este Projeto. Pois estaríamos todos nos rendendo ao PLC 122 revisado. Os cristãos poderiam falar só dentro das suas igrejas, e nós que tratamos do assunto tão-somente pelo viés filosófico? Não poderíamos falar, já que não possuímos igrejas.

o observador disse...

Esse debate prolongado sobre esse maldito projeto de lei está servindo para amansar os ânimos e mostrar de forma enganosa para a sociedade que os cristãos é que são intolerantes, uma vez que não aceitam nenhuma negociação. Vai chegar uma hora em que isso virá como um rolo compressor e aí já não haverá mais o que fazer.

Leiam o Plano de Seis Etapas para a Mudança do comportamento, procurem no Google, é isso o que está acontecendo com esse projeto de lei.

Janaina disse...

A Caravana Plínio Correa de Oliveira foi alvo, novamente, de nova agressão por parte do movimento homossexual, dessa vez na cidade de Curitiba.

Assistam o vídeo aqui:
http://www.gloria.tv/flash/player5.swf?video=389425&duration=1194

A TOLERÂNCIA PREGADA PELO MOVIMENTO HOMOSSEXUAL É UMA MENTIRA E UMA MÁSCARA PARA IMPOR SUA AGENDA.

Claudio Vaz disse...

Aos insatisfeitos com partidos, sugiro que verifiquem o Partido Federalista.

Não está registrado, pois não conseguiu as assinaturas necessárias para fazê-lo. Salvo engano, funciona como uma ONG.

federalista.org.br

Quem assinar o apoio ao registro não fica filiado automaticamente.

Não estou fazendo propaganda de partido, nem sou filiado a ele. Mas me chamou atenção que, em convenção recente, os membros decidiram classificar o partido como DE CENTRO-DIREITA.

É um avanço, tendo em vista a supremacia esquerdista em todos os tons de vermelho (e verde) na qual vivemos.

De qualquer forma, fica a dica.

Gutemberg disse...

Amigo Cláudio Vaz,

Se formos criar um partido político conservador (ou seja, um partido verdadeiramente cristão) para fazer uma oposição firme e forte aos desmandos deste governo corrupto de Dilma, eu até sugiro um nome: PVC (Partido da Verdade Cristã).

Este mesmo partido terá como diretrizes os seguintes pontos:

– Só poderão se tornar membros do partido os verdadeiros cristãos comprometidos com a obediência total e irrestrita à Palavra de Deus; não serão aceitos ímpios, ex–políticos do governo, e nem ex–integrantes de partidos esquerdistas, comunistas, marxistas e socialistas;

– A vida pregressa dos candidatos a membro do partido será rigorosamente investigada; não serão aceitos os que têm um passado sujo, ou que fazem jogo duplo (querendo agradar a Deus e ao diabo);

– Todas as decisões terão que ser tomadas sempre em comum acordo com o povo cristão (e sempre em obediência à Palavra de Deus); não serão permitidas as decisões sem consulta popular;

– A manutenção do partido será de responsabilidade somente de cristãos verdadeiramente comprometidos com a Palavra de Deus; não será aceita ajuda financeira vinda de nenhum outro partido político (principalmente de linha esquerdista, marxista, comunista e socialista), nem de nenhuma entidade governamental (seja qual for), nem de origem ilícita ou duvidosa;

– Toda e qualquer proposta que for contra a Palavra de Deus deve ser firmemente rejeitada;

– O membro do partido que for visto em associação com ímpios ou que aceitar qualquer proposta fora dos princípios cristãos (ou que votar contra estes mesmos princípios) será afastado; só será readmitido mediante genuíno arrependimento em público diante de Deus (e diante de todos os cristãos); em caso de reincidência no mesmo erro, será definitivamente excluído (sem possibilidade de readmissão);

– O membro do partido deverá sempre votar de acordo com a sua consciência (e sempre de acordo com a obediência à Palavra de Deus); o voto contra os princípios cristãos será considerado falta gravíssima, passível de punição (desde uma simples advertência até a exclusão definitiva);

– O membro do partido deverá permanecer sempre fiel à sua consciência (e à obediência à Palavra de Deus em toda e qualquer circunstância); não mudará de opinião, nem mesmo sob ameaça externa de qualquer natureza (vinda de quem for);

– Nenhum membro do partido jamais aceitará suborno, propina, chantagem, associação com ímpios, ajuda financeira de origem ilícita, negócios de caráter suspeito ou duvidoso, nem propostas de voto a favor de causas diabólicas (homossexualismo, aborto, eutanásia, legalização de drogas, feminismo, marxismo, comunismo, socialismo e outras coisas erradas);

– O partido terá como prioridade zelar sempre pela família, pela moral, pelos bons costumes, e pela obediência à Palavra de Deus.

Que tal termos um partido assim na nossa política? Gostaria de saber as opiniões de todos!

Anônimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=3E-cW4gefn4&feature=player_embedded