9 de janeiro de 2013

Famosa catedral de Washington celebrará “casamentos” gays


Famosa catedral de Washington celebrará “casamentos” gays

A Catedral Nacional de Washington logo começará a realizar “casamentos” homossexuais.

A catedral, que tem 106 anos, tem servido como centro espiritual para a capital dos EUA, realizando os funerais dos presidentes Ronald Reagan e Geral Ford e, no ano passado, de Charles Colson, fundador da Fraternidade Carcerária, e do astronauta Neil Armstrong.
Catedral Nacional de Washington
Agora, a igreja estará entre as primeiras congregações episcopais a implementar um novo ritual de casamento para membros gays, lésbicos, bissexuais e transgêneros.
O reverendíssimo Gary Hall, deão da catedral, disse que a realização de “casamentos” homossexuais é uma oportunidade de derrubar barreiras e construir uma comunidade mais inclusiva que “reflete a diversidade do mundo de Deus”.
Ele disse que adotar o “casamento” gay é “ser fiel ao tipo de comunidade que Deus quer que sejamos”.
Traduzido por Julio Severo do artigo da CBNNews: National Cathedral to Officiate Gay Weddings
Leitura recomendada:

11 comentários :

Foco Cristão disse...

Como ele sabe que Deus quer?

È cada uma...

Fabiano disse...

É uma catedral católica? Se sim, o que Roma vai fazer sobre isto?
Hoje estava assistindo um reportagem da Band, com o Boris Cassoi, anunciando uma mesquita muçulmana para gays. Na realidade, é um francês que está desafiando o islamismo. Quero ver no que isto vai dar....: http://www.band.uol.com.br/jornaldaband/conteudo.asp?ID=100000566312

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

O Senhor Jesus, na Sua Palavra, disse com todas as letras:

"É impossível o escândalo não vir ao homem, mas ai do homem por quem o escândalo vem" (Lucas 17:1)

Escândalo. Não existe palavra melhor do que esta para definir, de forma precisa, o que está acontecendo em algumas igrejas evangélicas do Brasil e do mundo. É graças a isso que muitas delas ficam sem ter qualquer tipo de moral para pregar contra o pecado. Não sei se seria exagero da minha parte, mas eu diria que encontrar uma igreja 100% santa está sendo uma verdadeira raridade nos dias de hoje.

Diante de tal quadro, uma pergunta inevitável se faz necessária: qual a verdadeira igreja de Jesus? É aquela que exige santificação dos seus membros, que obedece somente à Palavra de Deus, que combate com firmeza o pecado, que não tolera as coisas mundanas dentro dela, e que não compactua com heresias e nem falsos profetas? Ou é aquela que aceita todo tipo de gente, que adota o "politicamente correto" (mas biblicamente imoral) para agradar aos homens e ao mundo, que tolera os "modernismos" do mundo, e que deturpa a Palavra de Deus para a conveniência de alguns?

Aliás, existem alguns "ingredientes" (escândalo dentro das igrejas, apostasia de alguns líderes e de alguns cristãos, e outras coisas erradas) que fazem parte do "pacote" pré–retorno de Jesus. A própria Bíblia confirma isso:

"Mas o Espírito expressamente adverte que em tempos posteriores muitos apostatarão da fé, e darão ouvidos aos espíritos enganadores e às doutrinas de demônios" (1 Timóteo 4:1)

Eu pergunto:

– Não é exatamente isto o que está acontecendo nestes últimos tempos em muitas igrejas?

– Por que muitos líderes e pregadores (como Gary Hall), que deveriam dar o bom exemplo, são os que mais se envolvem em escândalos (fazendo com que a igreja do Senhor fique com a imagem denegrida perante a opinião pública)?

Muitos pastores e líderes de igrejas talvez estejam esquecidos de que o julgamento começará dentro da igreja:

"Pois já é tempo de se começar o julgamento pela casa de Deus; e se começa primeiro por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus? E se somente o justo se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?" (1 Pedro 4:17–18)

Quando Jesus voltar, a Sua igreja terá que se apresentar a Ele com as vestes limpas (isto é, sem a mancha do pecado). É como bem disse o apóstolo Paulo:

"Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela Palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível" (Efésios 5:26–27)

Para esses pastores e líderes (como Gary Hall) que estão sendo tolerantes com o pecado (e que estão deturpando a Palavra de Deus, e também permitindo a sujeira do mundo contaminar a igreja), Jesus dá uma advertência muito séria (gostaria que todos prestassem bastante atenção a estas palavras de Jesus):

"Nem todo aquele que diz: Senhor! Senhor! entrará no Reino dos Céus, mas somente aquele que faz a vontade do Meu Pai que está nos Céus. Muitos, naquele dia, hão de Me dizer: Senhor, não profetizamos em Teu nome? E não expulsamos demônios em Teu nome? E não fizemos obras grandiosas em Teu nome? Porém, Eu vos confessarei: Nunca vos conheci. Apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniqüidade" (Mateus 7:21–23)

Só sei de uma coisa: quando Jesus voltar, toda essa sujeira vai ter fim! E muitos pastores que estão sendo coniventes com o pecado (como Gary Hall) vão ter que prestar conta a Jesus! Eu não quero estar na pele deles neste mesmo dia!

Para finalizar minha mensagem, deixo este versículo para a reflexão de todos:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Anônimo disse...

Ao

Prebitero Valdomiro,

Sem duvida alguma estamos vivendo os ultimos dias antes do arrebatamento da Igreja de Jesus Cristo.

Pastor Caleb.

ÉLQUISSON disse...

Amado irmão pastor Caleb,

Você está certíssimo no seu comentário. Realmente, estamos vivendo os últimos dias antes do arrebatamento da igreja do Senhor Jesus.

Sabemos que não vai demorar muito para que o Anticristo seja revelado ao mundo, já que isto está previsto na Palavra de Deus e, portanto, será inevitável. É como disse o apóstolo Paulo:

"Pois o ministério da injustiça já opera; há somente um que agora resiste, até que do meio seja tirado; E então será revelado o iníquo, o qual o Senhor desfará com o sopro de Sua boca, e aniquilará com o resplendor de Sua vinda; A esse cuja vinda é conforme a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais e prodígios de mentira; E com todo engano da injustiça para aqueles que perecem, pois não receberam o amor da verdade para que se salvassem. E é por isso que Deus lhes mandará a operação do erro, para que acreditem na mentira; Para que sejam julgados todos aqueles que não creram na verdade, antes sentiram prazer na iniqüidade" (2 Tessalonicenses 2:7–12)

Como cristãos, nosso papel não é se render. Muito pelo contrário: temos que resistir e continuar a fazer a nossa parte, mesmo com a nossa própria vida em perigo. Temos que perseverar até o fim (e até que Jesus volte e salve a Sua igreja). Foi como Jesus disse:

"Bem–aventurados os que forem perseguidos por causa da justiça, porque é deles o Reino dos Céus; Bem–aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por Minha causa. Alegrai-vos e rejubilai, grande será o vosso galardão nos Céus; pois assim fizeram aos profetas que vieram antes de vós" (Mateus 5:10–12)

"Aquele que tiver perseverado até o fim é que será salvo" (Mateus 24:13)

"No mundo tereis aflições; mas tende bom ânimo, porque Eu venci o mundo" (João 16:33)

"Sê fiel até à morte e dar-te-ei a coroa da vida" (Apocalipse 2:10)

Portanto, ainda que saibamos que é inevitável que o mal se alastre em todo o mundo, nós, cristãos, temos que manter uma postura firme (e continuar fazendo a vontade de Deus). Temos que ser corajosos o suficiente para dizer não a este mundo corrompido pelo pecado. Ainda que tenhamos que morrer por amor a Jesus e à Sua Palavra, temos que deixar bem claro a tudo e a todos que pertencemos somente a Jesus (e que nada nem ninguém jamais vai nos separar Dele). É como disse o abençoado apóstolo Paulo:

"Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, a angústia, a perseguição, a fome, a nudez, o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor a Ti, somos entregues à morte todos os dias; Somos separados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores por Aquele que nos amou" (Romanos 8:35–37)

Que estas palavras façam com que todos permaneçam fiéis ao Senhor Jesus (e à Sua Palavra) até a volta Dele.

Everaldo disse...

Pastor Caleb,

Estamos realmente vivendo os últimos dias. Portanto, mais do nunca, temos que nos apegar com todas as nossas forças ao Senhor Jesus e à Sua Palavra.

E o alerta que Ele dá a respeito da Sua volta não pode ser ignorado. Ele próprio garantiu:

"Não seles as palavras da profecia deste livro, pois o tempo está próximo. Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, que se suje ainda mais; e quem for justo, procure se manter justo; e quem é santo, continue a se santificar. Eis que Eu venho sem demora, e tenho Comigo o Meu galardão, para dar a cada um segundo a sua obra. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro. Bem–aventurados aqueles que lavam as suas vestes no sangue do Cordeiro, para que possam ter direito à árvore da vida e para que entrem na cidade pelas portas. Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os idólatras, os homicidas, os que se prostituem, e todo aquele que ama e pratica a mentira. Eu, Jesus, enviei o Meu anjo para vos testificar estas coisas nas igrejas; Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã" (Apocalipse 22:10–16)

Será que alguém ainda tem mais alguma dúvida de que a Palavra de Deus é 100% verdadeira (e vai se cumprir até o fim)?

Anônimo disse...

R - ao Fabiano: A igreja é uma catedral protestante. O que os protestantes vão fazer quanto a isso?

http://pt.wikipedia.org/wiki/Catedral_Nacional_de_Washington

Rui

Alfredo S disse...

Fábio esta catedral que foi construída em 1907 e findada em 1990 e Anglicana.
Apesar de seu imponente tamanho e recente.
Outras particularidade confundem mesmo, muitos que não conhece e a semelhança com as Católicas Romanas em muitos pontos, exemplo.
Elas tem santos, padres, bispos, vestes e indumentarias iguais as católicas Romanas, isto se da porque esta igreja é uma dissidente da católica romana. Em 595dc um monge católico foi mandado para Inglaterra para converter os ingleses em católicos, mas 1534 o Rei Henrique VIII que era casado com Catariana de Aragão, se desentendeu com a igreja católica por não aceitar a separação dele para se casar com Ana Bolena, para ter um varão, Fundou a Igreja Anglicana e se nomeou papa dela. Assim tomou todos das as igrejas Católicas. Dai a semelhança das nova e antigas igrejas Anglicana.
Em 1534 esta igreja chegou a rasgar os escritos de Lutero e defender o catolicismo.
Lembrando de a Igreja Luterana inciou em 1517 pelo Ex monge Católico. Estas por suas vez também tem as mesma características da Anglicanas, na arquitetura, santos, vestes, cargos e indumentarias.
Ou seja e normal que se confunda as duas com a Católica Romana
Se quiser mais informações de uma pesquisadas na internet e nos livros, que achara muitas mais informações que alongaria muito o texto.

Espero ter esclarecido e se houver algum erro podem me corrigir.

Bom fim de semana a todos

Alfredo S disse...

Ateus, espiritas, Satanistas, Esotéricos e outros, são contra a Igreja católica Ap. Romana porque ela ainda e contra O Divorcio, Bigamia, atos Homossexuais, Camisinha, Aborto, Sexo antes do casamento, anti-concepcional, Casamentos Gay, Prostituição, Pedofilia, Pornografia e tantas outras mais...Porem para engrossar este coro até mesmo Católicos, Protestantes, Evangélicos e até Padecos, fazem criticas a esta oposições a muito anos, na desculpa que vivemos em tempos modernos.
Não sei por quanto tempo ela vai resistir, pois ate israel já aceitaram muitas destas heresias.
E por mais que pareça impossível a Rússia esta indo no caminho contrario.

Ana Maria Zaiden disse...

Não é uma Catedral Católica. É Anglicana. E o Papa está sim fazendo e agindo contra casamentos entre homossexuais, união estável entre homossexuais e adoção de crianças por casais homossexuais. A Igraja Católica nunca aprovou e nunca aprovará tal relação. Defesa é e sempre será pela FAMÍLIA tal qual a Família de Nazareth.

Ana Maria Zaiden disse...

A Igreja Católica resistirá. Ela já resiste sempre. Não será essa tentativa arbitrária de se constituir uma nova forma de família que abalará a Igreja, pois as portas do inferno não prevalecerão contra ela.