6 de janeiro de 2013

Começa julgamento inédito de pastor acusado de “crimes contra a humanidade”


Começa julgamento inédito de pastor acusado de “crimes contra a humanidade”

Líder evangélico é vítima de grande orquestração esquerdista para fazê-lo exemplo aos pastores que ensinarem que homossexualismo é pecado

Julio Severo
Na manhã de segunda-feira, 7 de janeiro de 2013, começa num tribunal federal nos EUA o julgamento mais escandaloso da história dos EUA.
O julgamento é inédito porque nunca antes um cristão foi julgado, com base na lei de crimes contra a humanidade, exclusivamente por pregar que na Bíblia Deus condena o comportamento homossexual.
O perigo do julgamento é que se o pastor for condenado, nenhum cristão que expressar uma opinião contrária aos atos homossexuais estará a salvo de represálias legais injustas.
Rev. Scott Lively
O Rev. Scott Lively, que está pedindo orações para a comunidade cristã internacional, será julgado a partir de um grande processo legal internacional que alega que ele cometeu “Crime contra a Humanidade”, ao falar contra a homossexualidade em Uganda. Os acusadores dizem que o discurso dele em Uganda é prova suficiente para uma ação conforme o direito internacional. Os acusadores são a organização homossexualista Minorias Sexuais de Uganda (MSU), e o escritório de advocacia que apresentou a ação judicial, o Centro de Direitos Constitucionais, uma organização marxista financiada por George Soros.
O Rev. Lively nunca defendeu violência contra os homossexuais. Mesmo assim, a ação legal faz parecer que a pregação dele contra a homossexualidade em Uganda tem sido a única causa de perseguição aos homossexuais nesse país. De acordo com Lively, “O centro da atenção da prova da MSU de que homossexuais têm sido perseguidos em Uganda é o assassinato de seu líder, David Kato, em 2011. A queixa judicial omite descaradamente o fato (muito bem conhecido para MSU) de que Kato foi morto por um prostituto gay a quem Kato tinha tirado da cadeia, pagando-lhe a fiança, a fim de morar com ele e ser seu amante. Esse homem confessou esmagar a cabeça de Kato com um martelo depois que Kato não lhe pagou conforme havia prometido. O criminoso foi levado a juízo pelo crime”.
Ativistas gays vivem vidas perigosas com seus amantes e prostitutos, e deveriam os pastores cristãos levar a culpa pelas escolhas imorais deles?
Suponho que se Lively fosse um líder muçulmano visitando Uganda e pregasse morte a todos os homossexuais, ele seria deixado em paz pelos grupos homossexualistas, pelas organizações financiadas por George Soros e até pelas leis antipreconceito dos EUA.
A ação judicial contra o Rev. Scott Lively é um precedente muito perigoso para todos os cristãos que estão lutando contra a agenda gay. Uma orquestração poderosa de indivíduos e grupos homossexualistas e socialistas está usando um grupo gay de Uganda para que Lively seja levado a juízo como “Criminoso contra a Humanidade”! Essa orquestração só foi possível porque os EUA aprovaram em 2009 uma lei anti-“homofobia.
Se o julgamento contra o Rev. Scott tiver um resultado negativo no tribunal federal, nenhum cristão pró-família no Ocidente ficará seguro.
Você não estará seguro. Eu não estarei seguro.
No meu caso, tive de sair do meu país, o Brasil, a fim de escapar de pressões, perseguições e ações legais do MPF incitado pela ABGLT, a maior organização homossexual no Brasil que, com a assistência da secretária de Estado dos EUA Hillary Clinton, recebeu oficial credenciamento no sistema da ONU em 2009.
Minha saída do Brasil, com minha esposa grávida e crianças pequenas, deveria ser suficiente para fazer com que a ABGLT me esquecesse, mas esse não é o caso. Mensagens interceptadas da ABGLT mostram que ela instruiu grupos gays do Brasil a descobrir minha localização.
Por causa da enorme e poderosa influência do governo americano pró-sodomia, os grupos gays estão com uma “estação de caça” aos cristãos pró-família. Aliás, o governo dos EUA junto com a ONU estão financiando a maior campanha de imposição homossexual do mundo, conforme documenta este vídeo: http://youtu.be/HbjAFUGQ3Xg

Os EUA e a ONU pró-sodomia têm transformado o Ocidente num lugar traiçoeiro, onde os cristãos pró-família têm de viver sob opressivas e enganosas leis antipreconceito. E o Brasil e outras nações latino-americanas estão imitando bovinamente essas leis.
“Crime contra a Humanidade” é uma ameaça legal muito grave. Se tal acusação ridícula e sem fundamento pode ser feita contra Lively como um cristão pró-família americano, o que acontecerá com os cristãos pró-família brasileiros?
A Bíblia será um livro de crimes contra a humanidade?
Os que acreditam e pregam a mensagem da Bíblia serão considerados criminosos de alta periculosidade?
Leitura recomendada:

17 comentários :

ebraelshaddai disse...

Compartilhado em todas as minhas redes! Realmente, os cristãos estão adormecidos, totalmente...falta-lhes o fogo do Espírito Santo!

Roguemos ao Pai para que envie-nos força, que nos faça passar por esse cálice de forma digna, mas não passiva!

Júlio, temos que formar grandes vanguardas cristãs (católicas e protestantes) para espalhar nossos ideais pró-família na mídia de forma viral e competitiva.

Sei lá, que sabe portais com centenas ou milhares de blogueiros com todas as suas redes de contatos conectadas em nuvem...

Precisamos avançar nas mídias!

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

De acordo com o pensamento politicamente correto do governo (e dos homossexuais), ser homofóbico é:

– obedecer somente à Palavra de Deus (e dizer que o homossexualismo é pecado);

– não aceitar a doutrinação gay para as nossas crianças (e nem o kit gay nas escolas);

– ser contra o casamento gay (e ser contra as paradas gays);

– ser contra o homossexualismo (e ser contra toda e qualquer lei a favor dos homossexuais).

Se ser homofóbico significa ser tudo isto, então eu posso dizer com todas as letras (e com muito orgulho): eu sou homofóbico (com "H" maiúsculo).

Podem fazer qualquer lei ímpia que obrigue a todos (até mesmo com ameaças de morte) a aceitarem o homossexualismo, mas, ainda assim, eu JAMAIS IREI ME CURVAR AOS DESEJOS DO DIABO E DOS HOMOSSEXUAIS. Nunca vou deixar de dizer que o homossexualismo é pecado (não estou nem aí para o que os homossexuais vão pensar de mim). Faço como disse o apóstolo Pedro:

"Importa antes obedecer a Deus do que aos homens" (Atos 5:29)

A lei de Deus é soberana, eterna e imutável (nunca poderá ser mudada por nada, e nem por ninguém). Para Deus, pecado (seja qual for, inclusive o homossexualismo) é pecado sempre (e ponto final). A lei de Deus nunca irá se sujeitar (ou "se adaptar") aos tempos modernos ou ao "politicamente correto" do governo, dos homossexuais, dos abortistas, dos falsos profetas, dos pastores progressistas, dos esquerdistas, comunistas, marxistas, socialistas, e dos falsos evangelhos. A lei de Deus não foi feita para agradar aos homens (e nunca irá se sujeitar a homem nenhum). A respeito da lei de Deus, Jesus foi taxativo:

"Não penseis que vim revogar a lei ou os profetas; não vim para revogar, mas para cumprir. Pois em verdade Eu vos digo que, até que passem os Céus e a Terra, nenhum i ou til jamais passará da lei, sem que tudo se cumpra" (Mateus 5:17–18)

De uma coisa eu tenho plena e absoluta certeza: Jesus voltará um dia para julgar a todos (inclusive os homossexuais e seus cúmplices). O próprio Jesus garantiu:

"Não seles as palavras da profecia deste livro, pois o tempo está próximo. Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, que se suje ainda mais; e quem for justo, procure se manter justo; e quem é santo, continue a se santificar. Eis que Eu venho sem demora, e tenho Comigo o Meu galardão, para dar a cada um segundo a sua obra. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro. Bem–aventurados aqueles que lavam as suas vestes no sangue do Cordeiro, para que possam ter direito à árvore da vida e para que entrem na cidade pelas portas. Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os idólatras, os homicidas, os que se prostituem, e todo aquele que ama e pratica a mentira. Eu, Jesus, enviei o Meu anjo para vos testificar estas coisas nas igrejas; Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã" (Apocalipse 22:10–16)

Já preguei o evangelho para muitos homossexuais. Mas, como quase sempre acontece na maioria das vezes, eles não me deram ouvidos. Muitos me xingaram de fundamentalista, homofóbico, preconceituoso (e de outros nomes feios que eu nem vou publicar aqui, por uma questão de educação), enfim, me insultaram de tudo quanto é jeito.

Só sei de uma coisa: eu já fiz a minha parte (que é pregar contra o pecado). Estou com a minha consciência tranqüila (até porque eu já cumpri o meu dever de cristão). Se, mesmo assim, esses homossexuais não quiserem se converter, é problema única e exclusivamente deles. No dia do juízo final, será cada um por si diante de Deus na hora de prestar contas. É como alertou o apóstolo Paulo:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Se os homossexuais e seus cúmplices quiserem ver para crer, depois não vai ter desculpa de falta de aviso!

Everaldo disse...

Eu queria ver se esses homossexuais teriam toda essa coragem contra algum islâmico ou muçulmano!

Nos países islâmicos e muçulmanos, o homossexualismo é punido com a pena de morte. Lá a lei é bem clara: tolerância zero ao homossexualismo!

Será que os homossexuais teriam coragem de dizer que os islâmicos e muçulmanos são homofóbicos?

Duvido muito!

Vânia Luz disse...

Olá, se possível for, depois do julgamento do reverendo você faz o post para sabermos no que deu.
Compartilhei esse link na minha pagina no facebook e fui reprovada por ""um amigo"", que além de me exclui de seus contatos, ainda me bloqueou e certamente me denunciou. Acho que eles interpretam mau, quando você fala qual a lei dos muçulmanos para o homossexulismo, em um dos comentário acima também fala quanto a lei dos muçulmanos para tal.

Ésse ""amigo"" me disse: Cara, eu realmente agradeço por você ter postado isso. Eu não sabia de onde você era, nem como conhecia, e bem, com essa postagem pude saber um pouco do seu caráter. É excelente que as pessoas exprimam suas opiniões para que possamos conhecer um ao outro, não é mesmo? Como respeito a sua opinião e a do pastor, faço questão em dizer que você é uma pessoa tão fantástica que eu quero MUITA DISTÂNCIA de você. Quer um conselho? Sabe o que Jesus Cristo falou sobre o homossexualismo? ABSOLUTAMENTE NADA. Sabe o que qualquer um dos profetas disse para você fazer quando conhecer um homossexual? ABSOLUTAMENTE NADA. Procure livremente na Bíblia, já que você parece gostar bastante de ler "sem deturpações". Mas lhe adianto que não achará nada. Vejo que sua visão não está "deturpada" ela está CEGA. Espero honestamente que esse MONSTRO disfarçado de homem de Deus seja condenado e preso por todo o seu discurso homofóbico e que prega não só a violência mas a exclusão, o ódio e a intolerância. A "opinião" que vocês tanto querem expressar é só uma desculpa estapafúrdia para serem meros imbecis irracionais e violentos. Quer saber o que a mensagem de Deus "prega"? AMOR. AMOR a tudo e a todos. O perdão. A caridade. A falsa fé de vocês passa MUITO longe disso. Mas agradeço profundamente por você ter me mostrado toda a sua arrogância e senso de superioridade com relação as outras pessoas. Espero que você fique com Deus e descubra o que a Bíblia realmente quer dizer e qual era a mensagem de paz e amor, independente da crença, que deveria realmente importar. Atenciosamente, um desconhecido qualquer.
Por favor Julio, divulgue esse meu comentário. Se você quiser ver esse fato em minha pagina, estará publico, não tenho objetivo de auto divulgação minha, mesmo porque meus videos são privados e somente amigos podem vê-los, o endereço de minha página é: https://www.facebook.com/vania.luz1.1

Só lembro que para vocês terem acesso a minha pagina, e ver o link por mim postado, vocês terão que estarem logados(conectados a sua pagina no Facebook)

Um anjo de Deus disse...

Amiga Vânia Luz,

Eu pude ver quem é o sujeito que falou essas besteiras todas. O nome dele é Bruno Costa. Aqui está o perfil dele:

http://www.blogger.com/profile/12708614129373850820

Eu tenho uma conta no Facebook, mas prefiro não dizer quem eu realmente sou. Estou usando este pseudônimo por uma questão de segurança (já fui ameaçado de morte por alguns homossexuais, e receio que o meu computador possa estar sendo rastreado).

Para esse tal de Bruno Costa (que se acha o máximo e faz questão de defender o homossexualismo), eu vou dizer aqui algumas verdades (espero que ele leia o que eu vou dizer):

Sr. Bruno,

Você pode espernear, protestar, xingar, denunciar os servos de Deus, mandar prender os cristãos, enfim, pode fazer o que quiser. Mas saiba de uma coisa: DEUS NUNCA VAI ACEITAR O HOMOSSEXUALISMO! PARA DEUS, HOMOSSEXUALISMO É PECADO (E PONTO FINAL)! SE VOCÊ NÃO ACEITA ISSO, RECLAME DIRETAMENTE COM DEUS!

Você, com certeza, é mais um dos muitos simpatizantes do homossexualismo. E você certamente deseja ter liberdade total para fazer (juntamente com os homossexuais) o que quiser contra os cristãos. Você certamente deseja mandar prender pais inocentes para a cadeia, por não concordarem com esta anormalidade sexual. Enfim, você quer viver totalmente à vontade (como em Sodoma e Gomorra).

Mas agora eu vou te dizer o que vai acontecer com você (num futuro não muito distante), caso você continue nesse seu estilo de vida:

Um dia, você estará diante do Senhor Jesus para ser julgado por Ele! E não pense que nada do que você está dizendo ou fazendo ficará esquecido! Não haverá nenhum pecado impune diante de Deus! Muito pelo contrário: tudo vai ser mostrado! A Bíblia diz claramente:

"Mas Eu vos digo que de toda palavra frívola que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo" (Mateus 12:36)

"Porque não há nada encoberto que não venha a ser descoberto; como também não há nada oculto, que não venha a ser revelado" (Lucas 12:2)

Quando lhe mostrarem tudo o que você fez de errado, você ouvirá o Senhor Jesus pronunciar a sentença de sua condenação eterna! E os cristãos de quem você zombou (como o irmão Júlio Severo e outros que são contra o homossexualismo) estarão na glória eterna do Céu, enquanto você passará toda a eternidade se lamentando e querendo misericórdia! Mas aí já será tarde demais, porque você perdeu todas as oportunidades que teve para se arrepender!

Se você conseguir se manter impune diante de Deus, eu deixo de ser cristão e volto para a sujeira do mundo!

E aí, você quer ver para crer se a justiça de Deus funciona ou não?

"Não erreis: Deus não Se deixa escarnecer; porque tudo que o homem semear, isso ele também ceifará" (Gálatas 6:7)

Anônimo disse...

Devemos estar preparados para esses dificeis e trabalhosos , principalmente agora que o inferno se levanta atraves da agenda e perseguicao dos gays sobre a Igreja de Jesus Cristo.

Mas a Historia nos relega que todos os imperios , governos , empresas, ideologias e homens foram destuidos e aniquilados ao perseguirem os Cristaos e a Igreja ao longo da historia.

Com essa potestate maligna que e a agenda gay nao sera diferente.

Ela caira e sera envergonhada deixando a sua marca na historia de quem comanda o Universo e o Senhor Jesus Cristo que tem toda a autoridade, poder, gloria e dominio sobre tudo e todos.

Oremos por essa bravo e valente pastor Americano que se levantou contra as forcas das trevas e que Deus o livre a ele e sua familia contra as garras de satanas.

Pastor Caleb.

ÉLQUISSON disse...

Amado irmão pastor Caleb,

Sabemos que não vai demorar muito para que o Anticristo seja revelado ao mundo, já que isto está previsto na Palavra de Deus e, portanto, será inevitável. É como disse o apóstolo Paulo:

"Pois o ministério da injustiça já opera; há somente um que agora resiste, até que do meio seja tirado; E então será revelado o iníquo, o qual o Senhor desfará com o sopro de Sua boca, e aniquilará com o resplendor de Sua vinda; A esse cuja vinda é conforme a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais e prodígios de mentira; E com todo engano da injustiça para aqueles que perecem, pois não receberam o amor da verdade para que se salvassem. E é por isso que Deus lhes mandará a operação do erro, para que acreditem na mentira; Para que sejam julgados todos aqueles que não creram na verdade, antes sentiram prazer na iniqüidade" (2 Tessalonicenses 2:7–12)

Como cristãos, nosso papel não é se render. Muito pelo contrário: temos que resistir e continuar a fazer a nossa parte, mesmo com a nossa própria vida em perigo. Temos que perseverar até o fim (e até que Jesus volte e salve a Sua igreja). Foi como Jesus disse:

"Bem–aventurados os que forem perseguidos por causa da justiça, porque é deles o Reino dos Céus; Bem–aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por Minha causa. Alegrai-vos e rejubilai, grande será o vosso galardão nos Céus; pois assim fizeram aos profetas que vieram antes de vós" (Mateus 5:10–12)

"Aquele que tiver perseverado até o fim é que será salvo" (Mateus 24:13)

"No mundo tereis aflições; mas tende bom ânimo, porque Eu venci o mundo" (João 16:33)

"Sê fiel até à morte e dar-te-ei a coroa da vida" (Apocalipse 2:10)

Portanto, ainda que saibamos que é inevitável que o mal se alastre em todo o mundo, nós, cristãos, temos que manter uma postura firme (e continuar fazendo a vontade de Deus). Temos que ser corajosos o suficiente para dizer não a este mundo corrompido pelo pecado. Ainda que tenhamos que morrer por amor a Jesus e à Sua Palavra, temos que deixar bem claro a tudo e a todos que pertencemos somente a Jesus (e que nada nem ninguém jamais vai nos separar Dele). É como disse o abençoado apóstolo Paulo:

"Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, a angústia, a perseguição, a fome, a nudez, o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor a Ti, somos entregues à morte todos os dias; Somos separados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores por Aquele que nos amou" (Romanos 8:35–37)

Que estas palavras façam com que todos permaneçam fiéis ao Senhor Jesus (e à Sua Palavra) até a volta Dele.

Caminhos da História disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lino disse...

Se ser contra o homossexualismo é considerado um crime contra a humanidade, então eu faço questão de dizer que sou um criminoso.

Sou criminoso, porque:

– Jamais admitirei que o homossexualismo é algo normal;

– Não vou aceitar, sob nenhuma hipótese, a doutrinação gay para as nossas crianças nas escolas;

– Nunca fui, não sou, e nunca serei favorável ao casamento de homossexuais;

– Obedeço somente à Palavra de Deus;

– Digo sempre que o homossexualismo é pecado.

Os homossexuais podem mandar me prender (e até me matar). Mas o MEU COMPROMISSO É COM DEUS (E NÃO COM HOMENS). Não abro mão dos meus princípios por nada neste mundo (nem mesmo sob qualquer tipo de ameaça).

Estou pronto para dar a minha vida por amor ao Senhor Jesus (e à Sua Palavra). Não importa o que venha a acontecer comigo, eu confio no Deus em quem eu creio.

Quanto a esses homossexuais que não querem se arrepender enquanto ainda há tempo, quero ver qual será a reação deles quando Jesus lhes disser:

"Apartai-vos de Mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos" (Mateus 25:41)

Será que esses homossexuais serão corajosos o suficiente para estar diante de Jesus no dia do juízo final?

George disse...

Da mesma forma que o Lino, eu também sou um criminoso (já que sou contra o homossexualismo).

Os homossexuais acham que estão certos, e que nós (cristãos) estamos errados. Mas, dia sim, dia não, haverá o dia fatal da prestação de contas para quem quiser continuar no pecado. É como diz o livro de Apocalipse:

"Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, que se suje ainda mais; e quem for justo, procure se manter justo; e quem é santo, continue a se santificar" (Apocalipse 22:11)

Quando o Senhor Jesus voltar, aí sim, vamos ver quem está certo e quem está errado!

Caminhos da História disse...

Tenho duas coisas a dizer, a primeira é que eu chamo este julgamento de NUREMBERG ÀS AVESSAS, em NUREMBERG foram julgadas pessoas que contribuíram para o assassinato de centenas de homossexuais, sem contar as experiências que os nazistas faziam com aqueles que tinham tal comportamento. Sabemos que muitos cristãos estavam lutando tanto nos exércitos dos aliados quantos em seus púlpitos, denunciando e combatendo o regime totalitário de hitler e mussolini (o H e o M minúsculos foram escritos propositalmente). Quantos judeus, homossexuais, negros, ateus foram beneficiados por muitos cristãos que deram suas vidas em favor da liberdade de pensamento e de expressão e de religião? Hoje são os cristãos que estão sendo acusados de crime contra a humanidade. Este tipo de inversão é compreensível, os seres humanos que estão desprovidos da Verdade do Evangelho em seus corações, que ainda não foram alcançados pelo poder de Deus, não sabem julgar e ao mesmo tempo estão cumprindo a ordem de seu mestre, que deseja profundamente a extinção da religião cristã. A segunda coisa que tenho a dizer é que o sangue dos cristãos é a semente do cristianismo. Deus tem a profunda habilidade de transformar os planos malignos dos homens em benefício da igreja. O Senhor julga retamente, Ele presidirá aquele tribunal. Que Deus nos abençoe.

Claudio Vaz disse...


Nesta orquestração esquerdista, o importante é SOMAR ódios e ressentimentos, dinamizando o objetivo final que é, como foi dito, utilizar o reverendo como exemplo para outros pregadores que ensinarem que o homossexualismo é errado.

Ora, com certeza, este não foi o primeiro ministro do evangelho que PREGOU A VERDADE sobre o homossexualismo em Uganda, país tradicionalmente cristão.

Mas o escolhido foi o Rev. Scott Lively, que é HOMEM, NORTE-AMERICANO e BRANCO CAUCASIANO.

Existe apelo melhor para um Ocidente feminista, anti-ocidental e obamista?

Anônimo disse...

Postando anônimo, sabe como é, em país de esquerdistas, homossexual homicida é rei. Digo isso porque pessoas conservadoras e cristãos são a todo instante ameaçados de morte, e até por "bispo" gay em discurso em prédio do Legislativo!!!

Esse julgamento é uma aberração, mas quem considera esse episódio assustador, é porque não observa esse tipo de política já instalada no Brasil. basta lembrar-se do caso do cartunista travestido que usou banheiro feminino quando uma garotinha estava nele, e após ser repreendido, processou o estabelecimento graças a uma lei anti-homofobia criada em São Paulo.

Esse tipo de coisa já existe e é pior no Brasil, na minha opinião.

Antonio disse...

Se existir algum senso de ridiculo nos jurados eles deverao dar o seguinte veredito aos promotores/acusadores: "ah, fala serio!!!".

Julio Severo disse...

Que bom, Leonardo, que você o conhece pessoalmente. Você precisa apontar a ele os problemas que o artigo aqui mostra. E, se ele quiser, estou disponível para ajudar. Mas não há dúvida de que o projeto, do jeito que está, não passa de educação estatal doméstica, o que no fim beneficia o Estado.

ELISEU disse...

Da mesma forma que o Lino e o George, eu também sou um criminoso (porque sou contra o homossexualismo).

Se ser contra o homossexualismo é ser criminoso, então será preciso construir milhões de presídios de segurança máxima para prender todos os cristãos do Brasil e do mundo!

Eu digo com todas as letras para quem quiser ouvir: SOU CONTRA O HOMOSSEXUALISMO! SE DEUS DISSE QUE O HOMOSSEXUALISMO É PECADO, É PECADO (E NÃO TEM CONVERSA). O QUE DEUS FALOU, ESTÁ FALADO (E NINGUÉM NUNCA VAI FAZER COM QUE DEUS MUDE OS SEUS PRINCÍPIOS)!

Será que Deus também vai ser enquadrado como criminoso (já que a Sua Palavra condena o homossexualismo)?

Anônimo disse...

O Eliseu fez uma pergunta bem interessante:

"...Será que Deus também vai ser enquadrado como criminoso (já que a Sua Palavra condena o homossexualismo)?"

Gostaria que algum homossexual respondesse de forma sincera a esta pergunta!