21 de novembro de 2012

Renato Russo ou Ana Paula Valadão?


Renato Russo ou Ana Paula Valadão?

Música com palavrões e obscenidades ou música de adoração a Deus: o que um pastor deve escutar?

Julio Severo
Ele escuta e recomenda Renato Russo. Ele é pastor e defende seu gosto musical. Ele diz que ninguém tem o direito de criticá-lo por ouvir o cantor gay que morreu de AIDS e cantava palavrões e obscenidades. Em defesa de sua liberdade, ele bate o pé no chão e nos “religiosos fanáticos”: os que criticam sua liberdade de gostar das músicas obscenas do cantor gay.
E esse não parece ser um problema isolado. Uma amiga nossa, que é hoje missionária na África cuidando de crianças órfãs, estudou teologia numa universidade presbiteriana onde, segundo ela, os reverendos-professores atacavam o neopentecostalismo e ouviam músicas não muito diferentes dos palavrões cantados pelo gay aidético.
Eu mesmo já presenciei um teólogo calvinista que conseguia falar muito bem da Bíblia e, nos intervalos e a noite, colocar tranquilamente o fone de ouvido para escutar Iron Maiden. Precisei adverti-lo do perigo espiritual de se fazer isso.
Eu e minha esposa já precisamos pedir a um pastor — cuja filha adorava o maconheiro assumido Bob Marley — que parasse de ouvir música profana. Muitas vezes, ele nos dava carona, e deixava o ambiente do carro repleto de sons nada celestiais. Não queríamos tirar a liberdade dele, mas ao mesmo tempo não queríamos expor nem a nós nem aos nossos filhos pequenos à música profana e desagradável.
Afinal, o repertório musical evangélico ou gospel é enorme e rico. Como é que pastores têm tempo, disposição e coragem de dar o precioso santuário de seus ouvidos e mentes para lixo?

O Apóstolo Paulo e sua inspiração

O Apóstolo Paulo, que falava em línguas e tinha revelações, disse:
“Habite ricamente em vós a Palavra de Cristo; ensinai e aconselhai uns aos outros com toda a sabedoria, e cantai salmos, hinos e cânticos espirituais, louvando a Deus com gratidão no coração.” (Colossenses 3:16 KJA)
Você não precisa ser pastor para ter esse entendimento. Minha esposa, que desde berço era luterana, escutava Renato Russo e Iron Maiden na adolescência. Mas quando ela se converteu de verdade para Cristo, os cânticos de Ana Paula Valadão passaram a ser os louvores do seu coração. Ela sabe, por experiência pessoal, que religiosidade evangélica formal não é sinônimo de salvação.
Tenho certeza de que na época de Paulo havia música profana, mas o conselho claro dele é dedicar nosso coração, ouvidos e lábios não para o profano, mas para o espiritual. Essa é a razão simples por que Paulo era capaz de nos dar instruções tão edificantes. Com o coração, os ouvidos e os lábios cheios do louvor a Deus, ele estava bem preparado para receber e dar inspiração do Espírito Santo.
Com a inspiração certa e o coração em adoração, Paulo atacava o erro e promovia o certo.
Com a inspiração de músicas profanas, pastores hoje atacam o certo e promovem o erro, e ainda se julgam “apologetas”. Julgam-se “defensores do Evangelho”, quando na verdade são juízes da fé.
Essa descrição se aplica ao pastor que gosta das músicas de Renato Russo.
Ele não escuta nem recomenda Ana Paula Valadão, uma cantora evangélica famosa da Igreja Batista da Lagoinha.
Aliás, ele ataca Valadão.
Quando ele escuta Russo, ele vê a obra de Deus na música do aidético.
Quando ouve Valadão, ele vê heresia, modismo gospel, sandices e doidices. Enfim, ele vê o diabo.
Será que é eu que tenho problema? Quando ouço Valadão, vejo louvor a Deus. Meus filhos adoram as músicas dela. Veja um exemplo dela louvando a Deus: http://youtu.be/Cdoxj-_0E1U

As razões do pastor parecem simples e óbvias: Renato Russo não falava em línguas nem tinha revelações. Ana Paula Valadão tem esses “problemas” e “muito mais”.

Uma aliança contra o Espírito Santo

O pastor em questão, Renato Vargens, diz: “Fiz uma aliança com Deus: que Ele não me mande visões, sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer tanto para esta vida quanto para o que há de vir”.
Os homens podem determinar, por sua obstinação pessoal ou teológica, o que Deus pode ou não pode fazer, mas Deus tem compromisso de atender às obstinações humanas? Seu compromisso é com Sua Palavra.
Com sua aliança de rejeitar o que o Espírito Santo dá, Vargens diz que escuta Renato Russo, Tim Maia, Police, Dire Straits e muito mais.
Ele repetiu tal aliança duas vezes, uma delas se referindo a pastores pentecostais que acreditam em revelações, e outra com relação a Valadão. O que ela fez que deixou o autonomeado apologeta tão indignado?
Vargens ataca Valadão por ter dito que, num momento em que ela e sua família foram muito difamados, anjos lhes massagearam.

“Maria e o anjo”

Ora, posso imaginar a adolescente Maria, com seus 14 ou 16 anos, chegando até o pastor e dizendo: “Pastor, um anjo me visitou ontem a noite e me disse que vou ficar grávida pelo Espírito Santo”.
Se o pastor fosse Vargens, dá até para imaginar a resposta: “Minha filha, aqui na igreja tem o Dr. Cascudão, psiquiatra renomado. Ele é um ‘anjo’ em cuidados de casos como o seu. Vamos falar com ele?”
Ou então ele se comunicaria com os pais dela e, girando os dedos na própria cabeça, diria: “Lamento informar que a filha de vocês está com sérios distúrbios mentais. Ela provavelmente transou com o namorado, engravidou e agora tá dizendo que anjos lhe falaram que foi o Espírito Santo. Imagine acreditar que Deus envia anjos. Podemos crer nisso apenas como história dentro da Bíblia, mas nunca fora dela. História é história!”
Mas em resposta às revelações que Valadão teve, Vargens teve palavras mais duras: “A cada novo dia surgem novas heresias nos arraiais evangélicos… Que Cristianismo ensandecido é esse?”
Se Valadão tivesse dito que, como no caso da mãe de Sansão, um anjo apareceu e lhe revelou sobre o bebê que ela teria, Vargens gritaria: “Heresia! Insanidade! Loucura gospel!”?
Ah, é? Quer dizer então que todos os homens da Bíblia sofriam de heresia, insanidade e loucura gospel?
Como um juiz inglês, Vargens aponta seu dedo acusador de juiz da fé e condena os cristãos que vivem experiências do Espírito e santifica seus camaradas calvinistas apologetas esquerdistas, que, como ele, acreditam que profecias, revelações e outras obras do Espírito Santo cessaram com os primeiros apóstolos.
Há dois mil anos, o Espírito Santo tinha autorização de dar dons de profecia, línguas, visões e revelações. Mas segundo os preconceitos teológicos de Vargens, a autorização do Espírito Santo expirou depois disso. Por isso, ele ataca pentecostais e neopentecostais por não estarem, conforme sua crendice teológica, autorizados por Deus a ter os dons descritos em Marcos 16:16-18 e 1 Coríntios 12.
Mas ele mira suas armas nos alvos errados. Ele poderia denunciar a presença de Luiz Mott, o maior ativista gay do Brasil, palestrando no maior seminário luterano da América Latina, mas nunca o fez.
Em ambos os casos, a denúncia partiu do meu blog.

Renato Vargens: “Louvo a Deus pelo Genizah, Púlpito Cristão e Hermes Fernandes”

O mais ridículo de tudo é que Vargens recomenda toda uma linhagem de tabloides e criaturas esquerdistas em seu blog, conforme denunciei no artigo “Robinson Cavalcanti, o pecado veio cobrar a sua conta”, onde Vargens disse: “Louvo a Deus pelos defensores da fé… pelos blogs de apologética como o da Nani, Genizah, Púlpito Cristão, Márcio de Souza, Hermes Fernandes, e dezenas de outros mais que diariamente lutam contra os ensinamentos espúrios dos apóstolos modernos”.
Como é que ele consegue louvar como “defensor da fé” o Genizah, que tem explicitamente apoiado evangélicos marxistas?
Como é que ele consegue louvar como “defensor da fé” o Genizah, que tem publicamente se aliado a um dos maiores heréticos do Brasil?
De fato, não dá para louvar a Deus ouvindo Valadão e elogiando o Genizah. Mas com Renato Russo dá e sobra!
Como é que ele consegue louvar como “defensor da fé” o Púlpito Anti-Cristão, que tem publicado artigos marxistas?
De fato, não dá para louvar a Deus ouvindo Valadão e elogiando o Púlpito Anti-Cristão. Mas com Renato Russo dá e sobra!
De fato, não dá para louvar a Deus ouvindo Valadão e elogiando Hermes Fernandes. Mas com Renato Russo dá e sobra!

Louvando pelos mentirosos

Desses “apologetas” e “defensores da fé”, o mais íntimo de Vargens parece ser o Púlpito Anti-Cristão, cuja sede fica em Lima, no Peru, para onde Vargens viajou tempos atrás para rever o amigo.
O aliado íntimo de Vargens é um dos maiores tabloides apologéticos sensacionalistas do Brasil, mas, depois de ser denunciado por mim por ser esquerdista, desmentiu seu esquerdismo. Entretanto, depois confirmou, publicando outro artigo esquerdista, que acabou sendo denunciado pelo jornalista Edson Camargo. E mais recentemente, o Púlpito Anti-Cristão publicou outro artigo esquerdista, intitulado “Leonardo Boff para Crianças”. Faz toda uma defesa esquerdista sem aceitar o título de esquerdista. O único rótulo que aceita é o de “apologético”.
Em tempos passados, negar o que você é e faz seria enquadrado como mentira. Mas hoje parece se enquadrar num rótulo diferente: “defensor da fé”.
Como é que Vargens consegue louvar como “defensor da fé” um tabloide que rotineiramente publica artigos marxistas, mas desmente quando confrontado por uma genuína apologética?
De fato, não dá para louvar a Deus ouvindo Valadão e elogiando um tabloide que mente sobre sua própria natureza. Mas com Renato Russo dá e sobra!
Mentiras. Malandragens. Charlatanismo. Marxismo. Esquerdismo. Nada disso impede Vargens de recomendar e “louvar a Deus pelos defensores da fé… pelos blogs de apologética como o Genizah, Púlpito Cristão e Hermes Fernandes”.
É com essas alianças “apologéticas” que Vargens se sente a vontade para escutar os palavrões e obscenidades do seu xará gay. Mas escutar sobre revelações e profecias — isso sim é intolerável, em Ana Paula Valadão e outros. Se Valadão falasse palavrões e obscenidades e não tivesse experiências “pentecostais”, não haveria problemas.

Vargens não é o único a se basear nas fraquezas humanas de Lutero

A aliança antipentecostal de Vargens, segundo ele diz, é a mesma aliança que Martinho Lutero fez.
Esta não é a primeira vez que alguém usa e abusa de Lutero para falar bobagens.
Os nazistas pregavam ódio aos judeus e diziam que sua base era Lutero, que demonstrava em alguns de seus escritos hostilidade aos judeus.
Eu creio na supremacia da Palavra de Deus. Se Lutero manifestava, em alguns de seus escritos, ódio aos judeus, eu fico com a Palavra de Deus. Se Lutero fez uma aliança para não receber sonhos e visões, eu fico com a Palavra de Deus, que promete que nos últimos dias — os dias em que estamos — Deus visitaria a humanidade exatamente desta forma:
“Nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre todos os povos, os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os jovens terão visões, os velhos terão sonhos. Sobre os meus servos e as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e eles profetizarão”. (Atos 2:17-18 KJA)
Seja como for, Deus quebrou a aliança que Lutero aparentemente impôs a Ele de forma unilateral. O pastor reformado William Gurnall (1617–1679) conta sobre uma revelação ou visão que Lutero teve sobre o futuro da Alemanha. Em seu livro “The Christian in Complete Armour” (O Cristão na Armadura Completa), publicado pela editora reformada Banner of Truth Trust, Gurnall disse: “Foi um discurso heroico de Lutero, que previu uma nuvem negra do juízo de Deus sobrevindo à liderança da Alemanha, mas disse a alguns de seus amigos que ‘ele faria tudo o que pudesse para impedi-la de sobrevir em sua época’… ele disse: ‘Quando eu partir, que as próximas gerações deem atenção a esse assunto’”.
Lutero teve também outras experiências que se enquadram como visões.
Deus conhece o coração de cada um. Ele quebra a aliança que alguns fazem por ignorância pessoal ou religiosa, e deixa outros se endurecerem mais ainda.
Mas mesmo que Lutero não tivesse tido nenhuma visão, nenhuma experiência dele deveria estar acima da Palavra de Deus ou deveria ser usada para dirigir nossa interpretação da Palavra de Deus.
Tudo deve ser examinado e interpretado conforme a Palavra de Deus, não conforme a experiência de nulidade de dons carismáticos na vida de um teólogo frio e seco. Mas alguns pastores, em vez de realmente fazerem uma aliança com o Deus sobrenatural, fazem alianças com a ignorância humana de Lutero e outros teólogos de carne e osso, como se a palavra deles estivesse acima da Palavra de Deus. Tenho certeza de que Lutero se oporia a isso.
Não podemos usar o ódio aos judeus presente em alguns escritos de Lutero para justificar rejeição aos judeus ou como base para não defender o direito exclusivo dos judeus à Terra Prometida que Deus lhes deu em herança.

Jesus Cristo é ou não é o mesmo ontem e hoje?

Os calvinistas, como o próprio Renato Vargens, que acreditam que Deus deu dons espirituais (línguas, profecias, revelações, curas, etc.) somente aos 12 primeiros apóstolos não deveriam utilizar seus preconceitos teológicos e religiosos para atacar os que acreditam que:
“Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e eternamente!” (Hebreus 13:9 KJA)
“Em verdade, em verdade vos asseguro que aquele que crê em mim fará também as obras que Eu faço e outras maiores fará, pois eu vou para o meu Pai”. (João 14:12 KJA)
 “Aquele que crer e for batizado será salvo. Todavia, quem não crer será condenado! E estes sinais acompanharão aos que crerem: em meu Nome expulsarão demônios; em línguas novas falarão. Pegarão serpentes com as mãos; e, se algo mortífero beberem, de modo nenhum lhes fará mal, sobre os enfermos imporão as mãos e eles serão curados!” Jesus sobe à direita do Pai”. (Marcos 16: 16-18 KJA)
O xará gay de Vargens não acreditava nisso, e morreu de AIDS. Eu duvido que, crendo nessas passagens, Valadão merece ser alvo de críticas. Como é público, ela tem um carinho especial pelos homossexuais. Ela não ouve a música deles, mas eles ouvem a música dela, e se convertem.
Eu duvido que Renato Russo teria vontade de escutar Vargens e seus preconceitos teológicos, mas homossexuais estão escutando Valadão. E é muito importante que os pecadores escutem uma mensagem de esperança e salvação em Cristo.

Julgando e condenando

Mas o que importa, para Vargens, é cumprir seu papel de “juiz da fé” de Valadão e outros que não fizeram uma aliança de rejeitar dons espirituais. Nessa aliança teológica unilateral, quer Deus goste ou não, ele vai rejeitar os dons e condenar os que os têm.
Com sua experiência passada como colunista no tabloide sensacionalista Genizah e ligação atual com o tabloide Púlpito Anti-Cristão, que se considera igualmente calvinista, Vargens continuará, como juiz da fé, julgando e condenando pentecostais e neopentecostais.
Recentemente, o Púlpito Anti-Cristão se queixou de que a esquerda evangélica está fragmentada, pois já não bate tanto nas igrejas neopentecostais como fazia antes. Será que está faltando mais criaturas como Vargens ou até mesmo Caio Fábio, cujos vídeos “apologéticos” antineopentecostais são amplamente divulgados por Vargens e Púlpito Anti-Cristão? Será que está faltando criaturas que se inspirem nas músicas de Renato Russo?
Os críticos têm toda a liberdade de criticar minha crítica ao Renato Vargens e ao seu gosto pelas músicas de seu xará gay e sua antipatia por Ana Paula Valadão.
Ele tem toda a liberdade de bater o pé no chão e nos “religiosos fanáticos” que não aceitam a atitude dele.
Por minha vez, com a mesma liberdade, eu baterei nos “religiosos fanáticos” da esquerda apologética.
Minha pergunta é: que tipo de inspiração “apologética” sai de um pastor que está com a cabeça cheia da música obscena de Renato Russo?
Se Lutero realmente fez uma aliança unilateral com Deus de não ter dons sobrenaturais, foi por ignorância e fica claro que Deus não tem obrigação de seguir a ignorância de ninguém.

Um Evangelho só de palavras?

Se os apóstolos de Jesus tivessem tal ignorância, o Evangelho deles seria só de palavras. Não haveria curas, nem expulsões de demônios, nem direções sobrenaturais de Deus. Nem filosofia haveria, pois os 12 apóstolos não eram estudados, e Paulo havia deixado claro que havia jogado no lixo seu conhecimento filosófico. Haveria só palavras.
O apóstolo Paulo afirma que não havia tal aliança em sua vida. Ele disse:
“Minha mensagem e minha proclamação não se formaram de palavras persuasivas de conhecimento, mas constituíram-se em DEMONSTRAÇÃO DO PODER DO ESPÍRITO”. (1 Coríntios 2:4 KJA)
O mesmo Deus que quebrou a aliança unilateral de Lutero também, quebrando as formalidades religiosas, visitou no século XIX o pastor luterano Johann Christoph Blumhardt, cujo ministério envolvia expulsão de demônios e curas — curas tão abundantes, no nome de Jesus Cristo, que médicos da região haviam contratado assassinos para matá-lo.
As grandes curas estavam trazendo prejuízo aos médicos, que estavam se sentindo incomodados com a ação do Espírito Santo.
Hoje, vê-se esse mesmo incomodo nos juízes da fé.

“Aos barrigudos”

Em vez de fazerem ridículas e antibíblicas alianças unilaterais com Deus, eles deveriam fazer o que diz o Salmo 101:3:
“Não colocarei diante dos meus olhos nada que seja pernicioso. Detesto a conduta dos infiéis; tais atitudes jamais me conquistarão!” (KJA)
Isso inclui, evidentemente, não colocar música perniciosa diante dos ouvidos. Ou dá para chamar do que uma música com palavrões e obscenidades cantadas por um gay imoral?
Ana Paula Valadão não costuma criticar ninguém. O máximo que poderiam chamar de crítica foi seu recente conselho de que pastores barrigudos — não sejam maliciosos: ela não citou o nome do Vargens e Caio Fábio! — deveriam dedicar jejuns a Deus.
A esse conselho importante, que todos deveriam acolher, eu acrescentaria: os “pastores barrigudos” — sim, estou me referindo aos dois pançudos que são astros nos tabloides calvinistas da esquerda apologética — deveriam fazer jejum de Renato Russo, Iron Maiden, Bob Marley e outras inspirações que engordam a alma de sujeira e malícia.
Tal jejum os livraria de falar muitas, muitas besteiras, difamações e calúnias no nome do Evangelho.
Leitura recomendada:

O herético neo-panteísta e seus fãs apologéticos

80 comentários:

Trindade disse...

Olá Júlio;
Eu nunca tive dificuldades para crer nos dons espirituais, para mim foi uma coisa natural mesmo, mas quando li este versículo: “E ESTES SINAIS SEGUIRÃO AOS QUE CREREM: EM MEU NOME ESPULSARÃO OS DEMÔNIOS; FALARÃO NOVAS L[INGUAS; Marcos 16:17”, eu passei a avisar a qualquer irmão que confessava conhecer Jesus Cristo a buscar o dom de línguas e fazer parte de uma congregação que assim crescem, pois ficava mais fácil evangelizar, e eu desafiava as pessoas incrédulas dizendo: Você sabe onde tem pessoas que seguem Jesus Cristo? Você sabia que Jesus deixou uma pista para você achar seus discípulos hoje em dia? Muitos incrédulos creram e crerão ao ouvir línguas estranhas produzidas pelo Espirito Santo, pois não é a mensagem, mas o sinal de que quem fala em línguas estranhas ao glorificar a Deus é discípulo de Jesus Cristo, pois esse é um sinal que pode ser visto e ouvido em todo o culto, porque não é todo culto que tem doente ou endemoninhado, mas em todo culto a língua estranha pode e deve ser falada, e outra prova é que é o dom mais fácil de se obter, pois em toda congregação pentecostal, por menor que seja você ouve alguém falar em línguas estranhas.
Mas com relação ao citado Pastor e os “cristãos progressistas” eles estão precisando é de uma intercessão poderosa de irmãos e irmãs cheios do Espirito Santo para que eles acordem do sono e da frieza espiritual na qual vivem para Jesus os esclarecer.

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Como alguém que se diz cristão (como esse tal de Renato Vargens) "pediu" para não ter revelações, visões e dons sobrenaturais?

Um verdadeiro profeta de Deus jamais rejeitaria a atuação do Espírito Santo. Este mesmo espírito tem todo poder para atuar como quiser na vida do cristão (desde que o cristão dê espaço). O apóstolo Paulo explica isso de forma mais detalhada:

"Porém, nós não recebemos o espírito do mundo, mas sim o Espírito que vem de Deus, para que pudéssemos conhecer aquilo que nos é dado gratuitamente por Deus; as quais também falamos, não com palavras da sabedoria humana, mas com as que são ensinadas pelo Espírito Santo, comparando as coisas espirituais com as espirituais" (1 Coríntios 2:12–13)

"Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas o Deus que opera em tudo e em todos é o mesmo. Porém, a manifestação do Espírito é concedida a cada um para aquilo que for útil. Pois a um é dada, pelo Espírito, a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; e a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; a outro, pelo mesmo Espírito, o dom da cura; e a outro, a operação de maravilhas; e a outro, a profecia; e a outro, o dom de distinguir os espíritos; e a outro, a diversidade de línguas; e a outro, a interpretação de línguas. Porém o mesmo e único Espírito faz todas estas coisas, dividindo particularmente a cada um como quer" (1 Coríntios 12:4–11)

Quem tem comunhão com o Espírito Santo crê em todas as visões, dons e revelações dadas por Deus. Infelizmente, é esta mesma comunhão que está faltando em muitas igrejas atuais! Em virtude disso, muitas pessoas se deixam enganar por falsas revelações e por heresias (e também por falsos profetas).

Foi justamente para alertar contra esses e outros enganos que o apóstolo João advertiu:

"Amados, não acrediteis em todo espírito; mas antes provai se tais espíritos são de Deus, porque muitos falsos profetas têm surgido em todo o mundo" (1 João 4:1)

Não é exatamente isto o que está acontecendo nos dias de hoje?

Se alguém quiser se manifestar, esteja à vontade.

MARIA disse...

Os Valadão são uma bênção e são um testemunho de quão grande pode ser a obra de Deus em um ministério, em uma familia, em uma igreja! Olho para o que Deus tem feito através deles e louvo a Deus. A influência deles é mais que positiva, seu testemunho é poderoso. Eles são uma benção para a nação! Louvo a Deus por eles! Louvo a Deus por você também , Júlio, pelo seu discernimento e coragem de defender a fé e a obra do senhor. Deus os abençoe!

MARIA disse...

Há uma música de Renato Russo cuja letra diz: "... nosso suor sagrado é bem mais belo que esse sangue amargo..." numa clara atitude anti-cristã e satânica. Será que com isso que o "pastor" Vargens também se identifica!?

Anônimo disse...

Karine:
Julio, respeitosamente, vou expor aqui minha opinião. Reforço: minha opinião. Você está certo qdo diz que não devemos poluir nossas mentes com essas canções mundanas... Eu mesma, gosto de ouvir Zé Ramalho, Dire Straits, Fagner, e alguns outros. Recentemente, eu estava passando o dia inteiro no trabalho ouvindo esse pessoal. Mas no final do dia, eu me sentia tão "culpada", tão vazia, achando que tinha perdido muito tempo ouvindo o que não edifica. Bem, estou me esforçando, e evitando ouvir essas musicas. Fiz uma seleção de louvores antigos, que são os que mais gosto, e tenho me deleitado nessas canções. Mas a minha relidade é que também não sou muito fã dos Valadão. Aliás, esses grupos novos que só fazem músicas dizendo que o celeiro vai encher, que vai tomar o que o inimigo roubou, que vai sentar no colo de Jesus, que repetem o refrão 300x pra dar o tempo todo da música realmente não me inspiram. Mas é o que eu disse, é minha opinião. Essas mulheres Valadão, coitadas, só fazem muito é miar e gemer rsrss (desculpem). Eu acho que não é só porque a musica fala em Deus, em benção e em Jesus, que é uma música inspirada. Tem muita aberração mesmo nessa Lagoinha, a mulher se arrasta no chão, dá piripaque, imita bicho, sei lá, isso pra mim é intragável. Sou pentecostal, mas esses retetés não me convencem. Que Deus me perdoe, se estiver pecando, mas é justamente pelo pouco do caráter de Deus que conheço, que acho que essas invencionices são humanas. Esses louvores de hoje, quase não tem nada da Palavra, diferente de um Grupo logos e um Sergio Lopes da vida, que praticamente pegam os capitulos e versiculos da Bíblia e poem melodias. Bem, é só minha opinião... Paz a todos!

MARIA disse...

Karine,
O ministério dos Valadão não se resume às canções, que são muitíssimo abençoadas. Mas, eles tem um trabalho evangelístico de peso que tem abençoado demais o Brasil. Eles tem alcançado muitos jovens. O ministério é profícuo e tem muito estudo da Palavra. Repito: eles são uma benção e são muito usados por Deus.

Ricardo (ex–roqueiro) disse...

Antes de me converter a Jesus (congrego atualmente na Igreja do Evangelho Quadrangular), eu já fui baixista de uma banda de rock.

Naquela época, eu curtia todo tipo de banda. Aqui do Brasil, as minhas preferidas eram: Paralamas do Sucesso, Barão Vermelho, Camisa de Vênus, Legião Urbana (da qual Renato Russo era o líder), Blitz, Capital Inicial, RPM, Engenheiros do Hawaii, Plebe Rude, Ultraje a Rigor, Nenhum de Nós, Uns e Outros, Ira e Titãs.

Do exterior, as minhas bandas preferidas eram as de heavy metal: AC/DC, Antrax, Iron Maiden, Metallica, Motorhead, Kiss, Led Zeppelin, Helloween, Judas Priest, Motley Crue, Twisted Sister, Viper, Venom (entre outras). Enfim, eu vivia rock 24 horas por dia.

Um dia, ao ver, por um mero acaso, a tradução de um dos rocks do Venom, fiquei chocado com o conteúdo. Para que ninguém daqui não tenha nenhuma dúvida disso, vejam o que alguns trechos da letra de "Possessed" ("Possuído") diz:

I am possessed by all that is evil
(eu sou possuído por tudo que é mal)
The death of your God I demand!
(a morte do seu Deus eu exijo!)
I spit at the virgin you worship
(eu cuspo na virgem que você adora)
And I sit at left of lord Satan
(e eu sento à esquerda do senhor Satanás)

Satan is my master incarnate
(Satanás é meu mestre encarnado)
Praised is my unholy host
(louvado seja meu profano anfitrião)

Ou seja, eu fazia, através do rock, uma adoração ao diabo sem saber (até porque eu não entendia nada de inglês)! Quando eu descobri a verdade, eu abandonei o rock em definitivo! E me entreguei de corpo e alma a Jesus! Já tenho mais de 15 anos de convertido.

Hoje, eu uso a música para louvar a Jesus (toco violão na igreja). E uma das minhas preferidas é o Hino 186 da Harpa Cristã. Eis o que diz este mesmo hino (certamente todos daqui devem conhecer):

1. Pela fé que uma vez me foi dada,
Pra seguir o Cordeiro de Deus,
Pela graça de Deus enviada,
Andarei, com valor, para os Céus.

CORO: Quero andar de valor em valor
E seguir a Jesus, meu Senhor;
Até que um dia receba no Céu
A coroa que me dará Deus.

2. De Deus, quero vestir a armadura,
Pra lutar com coragem e valor.
Pois aqui a peleja é dura,
Contra as hostes do vil tentador.

3. Em Jesus eu farei mil proezas
No combate da fé e do amor;
Nele tenho vigor e destreza,
Pra lutar e pra ser vencedor!

4. Eu direi, ao findar esta liça:
Combati o combate de amor;
E coroa terei de justiça
Que no céu me dará o Senhor.

Para que todos vejam como o rock e o satanismo estão interligados, leiam estes artigos:

http://www.espada.eti.br/rock1.asp

http://www.espada.eti.br/raizrock.asp

Que esta mensagem sirva de alerta para os que estão iludidos com o rock!

Andre Nova Iguacu/RJ disse...

Prezados Julio e leitores desse artigo, ao ler esse texto, nao me preocupei em me descobrir quem esta certo ou errado na questao em debate, li a modo de conhecer as opinioes daqueles que militam pelo Reino de Deus.
Mas confesso que uma outra questao quase nao percebida neste texto me fez pensar e aproveito para compartilhar(se e que sera permitido meu singelo comentario ser postado, pelo moderador desse blog) uma reflexao, a seguinte:
"Em seus passos o que faria Jesus!?". Como Jesus trataria as pessoas citadas neste texto!? Jesus trataria, chamaria o Renato Russo de "gay aidetico"!? Sera!? Sera que Jesus trataria, chamaria o Bob Marley de "maconheiro", publicamente, em uma rede social!? Se devemos amar ao nosso proximo como a nos mesmo, como Jesus ordenou, estamos realmente obedecendo isso, tratando as pessoas , com palavras pejorativas e preconceituosa, como essas usadas no texto do Julio, de "gay aidetico" e "maconheiro"!? Nao estou aqui defendendo as praticas pecaminosas do Renato Russo e nem do Bob Marley, pois apesar de ser um cristao, reconheco que sou tao pecador quanto eles, e dependo da superabundante graca de Deus para viver. Deus abomina o pecado, mas ama muito o pecador. Entao, se quem escreve neste b log ou em qualquer outro blog cristao, gospel ouevangelico, use a essencia do evangelho da graca de Deus e uma dose de bom senso, para emitir sua opiniao, tratando e respeitando as pessoas cmo Jesus Cristo faria se estivesse em nosso lugar. Nao temos, como cristaos, discriminar ou criticar as pessoas que estao longe da verdade do evangelho, mas temos a missao de ama-las incondicionalmente como Jesus ama, sejam elas, um homossexual portador do virus hiv ou um viciado em drogas. Fica aqui uma simples dica, no Amor e na graca de Deus!

Julio Severo disse...

André anônimo de Nova Iguaçu, você parece que rasgou todas as páginas da Bíblia onde o pecado é chamado pelo seu nome. E meu artigo lidou com dois MORTOS, um aidético e outro maconheiro. Mas você implica que devemos amar os MORTOS como a nós mesmos? Jesus ordenou isso?

Seu caso é pura e simplesmente de analfabetismo bíblico. Se você tivesse lido o artigo para aprender, talvez um pouco do seu analfabetismo tivesse sido curado.

Na Bíblia o homossexualismo é classificado como “abominação”, o que é muito pior do que a palavra “aidético”, que não é um palavrão. Agora, por causa do politicamente correto, até os cristãos terão de condenar o que Deus disse em Sua Palavra? Quando a AIDS começou a se alastrar pelo Brasil, a classe médica considerava seus portadores oficialmente como “aidéticos”. Daí, medicamente falando, o gay com AIDS era um aidético. Biblicamente falando, o cara que praticava abominações morreu, conforme Romanos 1, recebendo o castigo pelo seu pecado. E abominação ele defendia, ao cantar até “E eu gosto de meninos e meninas”. E se a palavra “aidético” trouxe à memória que essa doença tem ligação com homossexualismo, você não está errado de pensar assim. Um importante líder homossexual americano disse que a “AIDS é uma doença gay”. Veja: http://juliosevero.blogspot.com/2008/02/maior-organizao-gay-dos-eua-confessa.html

Ricardo disse...

As músicas desse Renato Russo são para adolescentes vivendo conflitos emocionais seríssimos. Esse deve ser o caso do tal Renato Vargens.

Pobre coitado!

Esther Kochav disse...

Júlio, ótimo artigo. Serve como uma lição para muitos e, espero que aprendam enquanto há tempo.

Só não concordei com a parte em que você diz que seus filhos adoram as músicas da Ana Paula Valadão.
Entendo que com esse termo, o correto seria: adoram COM as músicas da Ana Paula Valadão.

Anônimo disse...

Olha, quando ha as profecias nas sagradas Escrituras que nos finais dos tempos haveria o espirito de apostasia nunca pensei que chegasse a tanto.

Horror..horror...horror é o que esses "pastor" presbiteriano está fez e continua fazendo.

Mas esperar o que em irmão Julio, de uma Igreja ( presbiteriana ) que aceita maçons, lésbicas e gays para serem lideres e pastores em suas igrejas ?

A igreja presbiteriana dos Estados Unidos rachou literalmente em dois, pois muitos aderiram que lideres e pastores podem ser lésbicas e gays em suas igrejas.

Pastor Caleb.

Julio Severo disse...

Olá, irmã Esther! O “adorar” aí está de acordo com os dicionários, que aceitam o sentido de “gostar muito”. Daí, posso dizer: “Adoro suco de uva!” Mas se o sentido que eu quisesse transmitir era que meus filhos prestam adoração e culto às músicas de Ana Paula Valadão, aí sim seria pecado. Portanto, sendo apenas de “gostar muito”, não há problema nesse sentido, que não transgride a língua portuguesa nem os léxicos.

Trindade disse...

Olá Júlio;
Você respondeu ao André anônimo de Nova Iguaçu e eu concordo com sua resposta, no link abaixo tem uma reportagem de hoje com o seguinte título: Jovens homossexuais são maioria dos casos novos de Aids no Brasil, diz boletim do governo; Até eles estão abandonando o politicamente correto quando o assunto leva a morte.
Temos que parar de ficar com salamaleques e usar as palavras e seus derivados como esta no dicionario e na etmologia, exemplo: Portador de HIV = Aidético, usuario de maconha = maconheiro, trabalha no banco = bancário.
Leiam o link abaixo e vejam que o governo assume o aumento de infectados por HIV é composta de jovens homossexuais (pederasta)

Leia mais em:

http://noticias.bol.uol.com.br/ciencia/2012/11/20/jovens-homossexuais-sao-maioria-dos-casos-novos-de-aids-no-brasil-diz-boletim-do-governo.jhtm

Anônimo disse...

Olá, irmão Severo que "concidência" você fazer esse artigo sobre Renato Russo, Vargas, Valadão, fui dá uma pesquisada.
Saiu hoje uma reportagem hoje 21 novembro de 2012 na "Isto é gente" na internet essa semana se ele tivesse vivo iria completar 40 anos de idade reportagem completa em memória a ele com a sua mãe um resumo da vida dele e o único filho que ele deixou foi fruto de uma relação com uma fã e que logo depois de ter filho ela faleceu acidente de carro esse menino tem uma história bastante difícil quando pai morreu ele tinha 7 anos de idade foi e continua sendo criado pela avó paterna.
Herdeiro o Giuliano Manfried tem 23 anos de idade sua profissão: Produtor cultural de música em brasília ele polêmico igual o pai já deu declarou que já teve "relações" com homens e pra ele todo "mundo bissexual" mais hoje ele fala que hetero.
Só você pesquisar na internet suas entrevistas ele demonstra uma ansiedade, angústia, ele parece bastante confuso e compreensível irmão cuidado com os fãs do LH e o Renato Russo que ainda existe por aí bastante interessante o artigo seu como dizem por aí veio a calhar.


http://www.terra.com.br/istoegente/34/reportagens/rep_renato.htm


Ester!!!!!

Esther Kochav disse...

Irmão Julio, eu entendi o contexto que você usou.
Porém eu, não gosto e não concordo de usar esse termo dessa forma, mesmo que os dicionários atuais digam outra coisa. Foi isso que quis expor aqui, espero que não me entendam mal.
Repito, o artigo é ótimo.

Que Deus abençoe!

heronim@gmail.com disse...

Júlio, os dons praticados na atualidade são validados biblicamente?

Anônimo disse...

Julio

Concordo em grande parte. Mas gostaria de frisar que a atitude de Ana Paula Valadão de engatinhar pelo palco foi muito mal vista, inclusive por mim.

No NT os dons são aceitos, mas as falsas manifesteções espirituais são repreendidas. Concordo que numa igreja deve haver profecias, mas segunda a Biblia, tais profecias devem ser julgadas.

Penso que é grande motivo de escandalo o fato da maioria das igrejas pentecostais não permitirem que as profecias sejam julgadas. Falsas profecias e falsas manifestações causam confusão e até desvio.

heronim@gmail.com disse...

A Bíblia ordena que as profecias sejam julgadas, com penas severas, conforme:

Deuteronômio

13.1 Quando profeta ou sonhador se levantar no meio de ti e te anunciar um sinal ou prodígio,
13.2 e suceder o tal sinal ou prodígio de que te houver falado, e disser: Vamos após outros deuses, que não conheceste, e sirvamo-los,
13.3 não ouvirás as palavras desse profeta ou sonhador; porquanto o SENHOR, vosso Deus, vos prova, para saber se amais o SENHOR, vosso Deus, de todo o vosso coração e de toda a vossa alma.
13.4 Andareis após o SENHOR, vosso Deus, e a ele temereis; guardareis os seus mandamentos, ouvireis a sua voz, a ele servireis e a ele vos achegareis.
13.5 Esse profeta ou sonhador será morto, pois pregou rebeldia contra o SENHOR, vosso Deus, que vos tirou da terra do Egito e vos resgatou da casa da servidão, para vos apartar do caminho que vos ordenou o SENHOR, vosso Deus, para andardes nele. Assim, eliminarás o mal do meio de ti.

e

Deuteronômio
18.15 O SENHOR, teu Deus, te suscitará um profeta do meio de ti, de teus irmãos, semelhante a mim; a ele ouvirás,
18.16 segundo tudo o que pediste ao SENHOR, teu Deus, em Horebe, quando reunido o povo: Não ouvirei mais a voz do SENHOR, meu Deus, nem mais verei este grande fogo, para que não morra.
18.17 Então, o SENHOR me disse: Falaram bem aquilo que disseram.
18.18 Suscitar-lhes-ei um profeta do meio de seus irmãos, semelhante a ti, em cuja boca porei as minhas palavras, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar.
18.19 De todo aquele que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, disso lhe pedirei contas.
18.20 Porém o profeta que presumir de falar alguma palavra em meu nome, que eu lhe não mandei falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta será morto.

e também

Êxodo
20.7 Não tomarás o nome do SENHOR, teu Deus, em vão, porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.

Por fim

1 João

4.1 Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora.
4.2 Nisto reconheceis o Espírito de Deus: todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus;
4.3 e todo espírito que não confessa a Jesus não procede de Deus; pelo contrário, este é o espírito do anticristo, a respeito do qual tendes ouvido que vem e, presentemente, já está no mundo.
4.4 Filhinhos, vós sois de Deus e tendes vencido os falsos profetas, porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo.
4.5 Eles procedem do mundo; por essa razão, falam da parte do mundo, e o mundo os ouve.
4.6 Nós somos de Deus; aquele que conhece a Deus nos ouve; aquele que não é da parte de Deus não nos ouve. Nisto reconhecemos o espírito da verdade e o espírito do erro.

Portanto, todo o que diz revelação e não se realiza ou contraria a Bíblia ou não tem base Bíblica, deve ser disciplinado, todo aquele que promete cura, e esta não se realiza, deve ser disciplinado, todo aquele que prega contrariando as escrituras, deve ser disciplinado.

Será que os dons da atualidade tem fundamento Bíblico?

Julio Severo disse...

Heronim, sabendo que você é um calvinista que REJEITA todos os dons sobrenaturais para hoje, fica difícil entrar num debate, pois sua posição já é clara. Se eu lhe perguntar se as pessoas hoje que falam em línguas, expulsam demônios, têm sonhos e visões SÃO DE DEUS OU DO DIABO, provavelmente você vai responder pelo padrão dos calvinistas cessacionistas: são do diabo.

Para ajudá-lo, recomendo um livro do Rev. Wayne Grudem, O Dom de Profecia, que havia sido publicado pela Editora Vida. Grudem é calvinista, mas tem experiências carismáticas. Ele era amigo de John Wimber e, antes que você se levante para atirar pedras, ele já esteve na Universidade Mackenzie, um dos maiores redutores de cessacionistas do Brasil. Ali, como você bem sabe, todos creem exatamente como você. Os reverendo-professores acreditam que quem fala em línguas, expulsa demônios, tem sonhos e visões É DO DIABO.

Mesmo assim, Deus leva homens como Grudem para entrar nesse reduto tão fechado ao Espírito Santo.

Portanto, leia o livro de Grudem. É um livro grosso, detalhado e explicativo. Do contrário, você vai querer usar esse espaço para debates teológicos.

E por que debater se já sei sua posição e você sabe a minha?

heronim@gmail.com disse...

Julio,

Citei textos bíblicos, vc sugeriu que eu lesse um certo livro, pergunto, acaso estes textos citados não estão na Bíblia? Ou foram usados fora de seu contexto? A interpretação está errada? Creio que não faça sentido contestar textos Bíblicos com livros não Bíblicos, isto não faz sentido.

Creio no poder sobrenatural de Deus, oro pelos enfermos, visito hospitais, mas não posso usar o nome do Deus Todo Poderoso sem autorização, sem recair em grave condenação, tal como citado pela Bíblia.

Será que os dons sobrenaturais que vc citou estão debaixo do crivo Bíblico?

Julio Severo disse...

Heronim, os dons que citei são estes:

“Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão.” (Marcos 16:16-18 ACF)

“Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes. Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados. Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo. Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil. Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas.” (1 Coríntios 12:1-10 ACF)

Por que você acha que dons que já estão descritos na Bíblia e são vivenciados por cristãos hoje são uma contradição? Por que você acha que viver a realidade da Bíblia não tem o crivo da Bíblia?

Viver à base de crendice teológica é mais importante do que viver à base do que a Bíblia ensina claramente?

A Bíblia diz que quem crer terá uma vida de testemunho de sinais e maravilhas. Isso é natural para Deus. Mas não é natural para as crendices teológicas. Viver dessas crendices é viver a experiência humana que relega a Deus um lugar de mero personagem histórico.

Na Bíblia, é simples. Creu verdadeiramente em Deus? Sinais seguirão.

Dom Rafael disse...

Irmão Júlio-san, discordo de você am algumas partes.
Sobre este sujeito aí, eu nem preciso falar mais nada: você já disse tudo (renato vargens e companhia). E sobre estes filhos de calvino, também. No facebook eu tinha um contato que, se dizendo cristão, ouvia BLACK METAL, IRON MAIDEN,, xingava e fazia brincadeiras e piadas imorais. Por tempo eu tentei chamar a atenção dele e tal, e corrigí-lo mas, como ele é um "eleito", ele não quis nem saber. Depois o exluí, visto que ele não tá nem aí: Deus o julgará.
Cara, eu era do mundão também e ouvia metal do mundo: eu não consigo entender como alguém que se diz cristão consegue ouvir 666 (iron maiden) e black metal cara! eu não consegui mais: parei; me causava vazio, mal-estar.
No que eu discordo é:
Bem, Ana Paula Valadão não é um exemplo de cristã, basta ver as suas "revelações" e num show em que ela ficou engantinhando (bizarro). Não creio ser isso de Deus (no Novo Testamento não há nada que justifique isso).
Quanto a questão do anjo, não tenho exatidão do que ela falou, mas duvido muito um anjo nos "massagear" ou "nos confortar", sendo que (pelo menos o nos confortar) hoje que faz isso é o Espírito Santo.
Quanto a ouvir músicas do mundo (se é isso que você falou, irmão-san), discordo de você: a depender da música, acredito sim ser nada de mais ouvir. Já outras não vejo um cristão (cristão mesmo) ouvindo. Depende do conteúdo dela. Se for assim, não deveríamos nem ver filme ou fazer qualquer outra coisa, pois essas coisas são do mundo mesmo.
E esse pessoal de calvino são, pelo o que eu vejo, um monte de incrédulos, crentes mornos, rancorosos, que podem até estar blasfemando contra o Espírito Santo, assim como os fariseus fizeram. São como os Saduceus, creem em algumas coisas da bíblia, e outras não. Coitados!
Shalom

Julio Severo disse...

Acho, Dom Rafael, que temos todas as respostas na Bíblia, que diz:

“E falem dois ou três profetas, e os outros julguem.” (1 Coríntios 14:29 ACF)

Essa passagem se refere a profetas dentro da igreja. É o apóstolo Paulo dando as orientações de como agir.

A Bíblia nos dá liberdade de ter profetas nas igrejas, e dá igualmente a liberdade de a liderança avaliar e examinar se o que os profetas disseram está realmente alinhado com a Bíblia. Devemos examinar tudo e ficar com o certo. É o que está na Bíblia. A Bíblia JAMAIS diz para jogarmos fora os profetas e profecias. Só em casos extremos deveríamos ter atitudes extremas.

Sobre um episódio específico de Ana Paula Valadão, nada disso invalida a vida cristã dela. A Bíblia não diz que as declarações dos profetas devem ser examinadas pelo líder e, ao menor equívoco, o profeta desse ser jogado na fogueira. Isso poderia ser o caso se Valadão tivesse dito que recebeu uma orientação divina de que todos devem ter sexo uns com os outros. Isso é obviamente demoníaco, e o líder trataria isso como caso para libertação. Mas de forma alguma é o caso de Valadão.

Só porque um homem ou mulher hoje é usado por Deus não significa que eles acertarão sempre 100 por cento. Nem eu sou perfeito assim!

Mas pelo critério de Vargens, é fácil resolver os excessos. Basta eliminar todos os dons.

Seguindo esse raciocío, temos de proibir a Bíblia, pois as grandes heresias da modernidade (mormonismo, testemunhas-de-jeová, islamismo, espiritismo europeu e americano) fazem farto uso da Bíblia. Então, proibindo a Bíblia resolvemos o problema inteiro, não?

Os cessacionistas não concordariam com isso, mas concordariam com a proibição de dons e, se fossem em número grande, pediriam inquisições e fogueiras santas para os que não são cessacionistas.

Recordo de um pastor americano, já falecido, que declarou que ele e o pai dele pregavam em praças públicas no Texas e orando pelos enfermos. Pastores calvinistas da localidade conseguiam incitar as multidões para surrá-los e jogá-los para fora da cidade aos pontapés.

Por isso, digo. Se eles fossem a maioria esmagadora, eles imporiam suas convicções aos pontapés.

Julio Severo disse...

Você pode olhar também, Dom Rafael, que a história de pentecostais em lugares de maioria calvinista é uma história de maus-tratos contra os pentecostais.

Mas o contrário não ocorre. No Brasil, onde há uma inegável e esmagadora maioria pentecostal e neopentecostal, não há maus-tratos contra calvinistas. Não dá para achar casos assim.

Mesmo assim, indivíduos como Vargens & Cia passam dia e noite combatendo os pentecostais exclusivemente porque a motivação deles é cessacionista. São inquisidores. Só não usam guilhotinas porque, obviamente, não são maioria. Se fossem, as fogueiras santas estariam de volta.

Que ele saiba ser educado e entender que a maioria pentecostal e neopentecostal do Brasil não está lhe devolvendo seus frequentes desfavores.

Se ele quer se apologeta, faça como Josh McDowell, que está ajudando a igreja de Cristo: http://juliosevero.blogspot.com/2012/11/pornografia-e-uma-das-maiores-ameacas.html

Ou então que denuncie o estado deplorável das igrejas calvinistas dos EUA e Europa, onde já estão ordenando pastores gays, apoiando o aborto e boicotes contra Israel.

Se não tiver vontade de fazer nenhuma dessas coisas importantes, ele deveria simplesmente fechar o bico.

Trindade disse...

Olá Julio;
Júlio sua posição é a correta, mas discutir com eles fica difícil, porque é o Espirito Santo que os chamou ao primeiro amor, mas alguns deles abandonaram o Espirito Santo após a conversão e tomaram duas decisões, sendo que na primeira passaram de servos para juízes dos que dão liberdade ao Espirito Santo e a segunda decisão, deram a liberdade devida ao Espirito Santo à ideologia esquerdista; E o resultado disso é o que nós vemos, passaram a atrapalhar a expansão da obra de Deus com doutrinas de homens materialistas, com profundo conhecimento secular, mas sem a unção do Espirito Santo.
Aconselho ao Heronin e a outros que abraçaram essa doutrina de homens, mas que ainda se preocupa com suas almas e o destino dela na eternidade que tire um dia para Deus e nesse dia escolhido se retire de toda a rotina do cotidiano e peça esclarecimento sobre o assunto, seja sincero e peça em oração e súplicas a Deus, pergunte a Ele se existe ou não os dons espirituais hoje em dia; Quem honestamente assim proceder eu tenho certeza que Deus respondera e a Bíblia garante será com fogo e poder.
Para mim o que vale é:
O QUAL NOS FEZ TAMBÉM CAPAZES DE SER MINISTROS DE UM NOVO TESTAMENTO, NÃO DA LETRA, MAS DO ESPIRITO, PORQUE A LETRA MATA E O ESPIRITO VIVIFICA. 2 Corintios 3 v 6

heronim@gmail.com disse...

Parece ser difícil debater com base na Bíblia, é mais fácil rotular, julgar e condenar, já que a Bíblia não da fundamento ao que vocês dizem. É falso o julgamento que julga o próximo sem conhecer.

Curioso que o Júlio diz que os reformados são violentos, os mesmo reformados que tiveram suas vidas ceifadas durante e depois da reforma. Os mesmos que sofreram perseguições no Brasil para a implantação do evangelho de Cristo, da graça. Os mesmos que sofreram e ainda sofrem com Igrejas sendo divididas por questões pentecostais. Os mesmos reformados que hoje, mesmo muitas vezes sem a mesma reciprocidade, recebem membros de Igrejas Pentecostais, já que reconhecem o batismo pentecostal genuíno, até porque reconhecemos que somos irmãos em Cristo mesmo discordando de muitas doutrinas.

Seria muito bom debater doutrinas, debater a Palavra de Deus com respeito, mesmo divergindo, isto traria mutua edificação.


Julio Severo disse...

Concordo, Heronim. É difícil debater, pois coloco a Bíblia de forma bem clara, e você traz interpretações baseadas em crendices. Eu detesto crendices!

Você fala sobre as perseguições que os reformados sofreram. Não diga isso para mim. Diga para os reformados da Europa e EUA que estão apoiando o aborto, ordenando pastores gays e fazendo boicotes contra Israel. E não venha me dizer que isso é exceção. A maior denominação presbiteriana dos EUA está exatamente nessa situação.

Quem está destruindo a Igreja Presbiteriana dos EUA e da Europa não é o pentecostalismo nem o neopentecostalismo. É o esquerdismo. É o mesmo esquerdismo que está muito bem aninhado e infiltrado nas igrejas presbiterianas do Brasil.

Eu gosto do testemunho dos reformados. Eles eram conservadores. Mas para os calvinistas de hoje, esse testemunho não vale nada.

Você vê hoje calvinistas progressistas por toda parte. A blogosfera “apologética” está empesteada de calvinistas esquerdistas.

Como é que você quer debater comigo quando há tantos problemas para resolver em seu meio?

Se você se levantar para lutar contra o esquerdismo que está muito bem estabelecido entre calvinistas, você terá meu apoio. Mas se como eles você quiser focar nos pentecostais e neopentecostais (que bem ou mal são hoje a única resistência que restou ao esquerdismo), não conte comigo, pois estou na ativa.

Eu não precisaria denunciar o esquerdismo dos “apologetas” calvinistas se você, o Mackenzie e outros estivessem fazendo a sua parte.

Quer debater? Vá ao Mackenzie e cobre deles a presença de esquerdistas ali. Cobre deles porque eles se preocupam tanto com pentecostais e neopentecostais quando o esquerdismo está tão forte ali.

Vá aos blogueiros calvinistas e cobre deles a aliança ou mesmo a paixão deles ao esquerdismo. Cobre deles porque eles se preocupam tanto com pentecostais e neopentecostais quando o esquerdismo está tão forte ali.

Esther Kochav disse...

Irmão Julio, acho muito bom esses esclarecimentos e respostas que você tem feito.

P.S. Mudando um pouco de assunto... Eu gostei da atitude de um outro cantor chamado Lucas Brandt, que diz ter abandonado o ato de comercializar o louvor a Deus. Você, irmão Júlio, até já citou o nome dele no blog e postou vídeo com música dele. (Aliás, eu não sei porque o site dele está fora do ar, mas se procurar no Google tem outro site que disponibiliza suas músicas)

heronim@gmail.com disse...

"Concordo, Heronim. É difícil debater, pois coloco a Bíblia de forma bem clara.."

Aponte uma "crendice", vamos debater minhas "crendices", apontei para interpretação da Bíblia, vc não respondeu a um texto sequer, de minha parte, eu respondi ao seu.

Nos EUA e Europa não é exceção, a maioria caiu mesmo no liberalismo, mas se vc pesquisar a história do presbiterianismo americano, verá que existem denominações presbiterianas que são fieis a Bíblia, já estas que vc aponta, como a PCUSA, estão desviadas da verdade, tanto que a IPB não mantém relações com elas.

Desculpe discordar, não é os esquerdismo, mas o liberalismo cristão, é o conceito que a Bíblia não é a Palavra de Deus, apenas contém a Palavra de Deus e o homem podem dizer o que é ou não Palavra de Deus. Daí a ordenação de mulheres, apoio ao aborto, ordenação de homossexuais e o ecumenismo com a ICAR, quando não mais longe.

Infelizmente vc tem o hábito de colocar todos no mesmo nível, existem reformados e reformados no mundo, mesmo na Igreja Presbiteriana da Escócia, que está extremamente liberal, há um movimento de resistência, estes preferem ficar na Igreja caída e tentar reformar aquela grande Igreja histórica, que no decorrer dos anos tem sofrido com o liberalismo.

Não são calvinistas, eles gostam muitas vezes apenas da doutrina da predestinação, que nem era o ponto forte de Calvino, mas gostam porque dá uma falsa segurança de salvação, a maioria destes odeiam os puritanos, pelas mesmas razões.

E quem disse a vc que não tenho lutado, muito embora em minha região não exista liberalismo, pelo menos não de forma aberta. Mas no mundo virtual já debati muito com estas pessoas.


Quem disse a vc que apenas os pentecostais lutam? Sua visão está muito restrita, e certamente não sabe o que de fato ocorre nas Igrejas históricas. Como disse no passado a vc, muito antes de vc nascer os reformados lutaram contra o liberalismo, creio que vc deveria estudar a história da IPB. Veja que a tal "comissão da verdade" cedo ou tarde vai atacar as Igrejas Reformadas históricas.

Mais uma vez vc parece desconhecer o que ocorre na IPB, as várias tentativas de restaurar a comunhão com a PCUSA que vem sendo sistematicamente rejeitadas, as decisões em prol da Bíblia, a rejeição da ordenação feminina pela convicção que a Bíblia é a Palavra de Deus.

Leia os documentos oficiais da IPB, veja as decisões que tem sido tomadas, vc está enganado. Mas é justo que nossas denominações defendam doutrinas reformadas, ou será que apenas os pentecostais podem defender suas doutrinas?

Não tenho relação com eles, tenho com vc, não sou seu amigo no Facebook gratuitamente, leio o que vc escreve, compartilho e peço que leiam, mas, quando alguém que considero pisa na bola, generalizando todas as denominações reformadas, como se fosse o resultado de um problema doutrinário, me sinto do dever de mostrar que há algo de errado.

Nem todos os reformados são liberais, a doutrina reformada não é favorável nem ao esquerdismo nem ao liberalismo, pelo contrário. Muito antes das Igrejas pentecostais existissem os reformados lutavam contra o liberalismo, e, especialmente enquanto as Igrejas reformadas lutavam contra o liberais, e sofreram com isto, as Igrejas pentecostais em nada ou quase nada se importaram ou sofreram com o liberalismo.

Uma sugestão, se algum blog fala algo de errado, refute aquele blog, não generalize, não cometa o erro que muitos comentem com os pentecostais.

Julio Severo disse...

Heronim, como eu lhe disse, se você e outros estivessem lutando essas batalhas, eu cuidaria de outros assuntos. José Dirceu e Gilberto Carvalho, duas grandes colunas do PT, disseram no começo deste ano que o único impedimento que restou no Brasil para a total esquerdização da sociedade são os telepastores neopentecostais, por causa da oposição sólida deles ao aborto e ao homossexualismo.

E então você vê a blogosfera “apologética” inteira focando suas críticas e calúnicas nos pentecostais e neopentecostais. E essa blogosfera é majoritariamente calvinista, e esquerdista.

Heronim, não vejo NENHUM blog calvinista conservador denunciando os calvinistas progressistas. Qual é o calvinista conservador que denuncia o Genizah ou o Púlpito Anti-Cristão? Ou não há macho entre os conservadores calvinistas?

A única coisa que já vi esses pseudo-conservadores calvinistas fazerem é imitarem os calvinistas esquerdistas na crítica aos pentecostais e neopentecostais. Nisso, eles são irmãos gêmeos. Nisso, há perfeita comunhão entre eles. Quando é para atacar pentecostais e neopentecostais, calvinistas pseudo-conservadores e calvinistas progressistas se abraçam e se beijam.

Por isso, não diga que eu coloco tudo no mesmo saco, se é eles que estão se abraçando e se beijando. Ou então como explicar que os calvinistas que não gostam do rótulo de esquerdistas recomendam e apoiam esquerdistas? É só olhar o caso do Vargens. Ele diz que não é esquerdista. (O aliado dele, o Púlpito Anti-Cristão, que também é calvinista, sofre da mesma confusão mental.)

Ora, que palhaçada é esta? Onde estão os calvinistas verdadeiros para confrontar esses mentirosos?
Como eu lhe disse, se você cobrar quem precisa ser cobrado, você terá meu apoio, e admiração. Você está perdendo tempo tentando debater comigo. Vá debater com Vargens ou com o pessoal do Mackenzie. Explique a eles que o mesmo esquerdismo que destruiu as grandes igrejas presbiterianas dos EUA e Europa está vivo e bem debaixo do nariz e colarinho clerical deles.

Onde estão os calvinistas verdadeiros para denunciar a blogosfera apologética composta majoritariamente de calvinistas esquerdistas?

Aponte-me apenas UM calvinista que faz as denúncias que faço contra o Genizah, Renato Vargens, Púlpito Anti-Cristão e outros calvinistas. Aponte, porque toda vez que procuro UM só artigo calvinista para refutar os calvinistas progressistas, não encontro nenhum. Talvez você esteja certo de que todos estão no mesmo saco.

Trindade disse...

Olá Júlio;
É Júlio vejo o quanto esse tal de Heronim está infestado do esquerdismo dos calvinistas atuais, parece que nada adianta para ele, o rapaz esta convencido que Deus vai manter a promessa mesmo que a liderança recusou tal promessa, esta claro que a igreja presbiteriana americana ao apostatar ungindo gays e lésbica ao ministério, apoiando a prática do aborto deu com isso declaração cabal de que não estão mais nos planos de Deus, diante disso a igreja presbiteriana brasileira deveria se posicionar contrario a tais práticas e cortar relações, só aceitando reatar quando tais práticas fossem renegadas, mas não, fazem um silencio sepulcral e seus blogs assumem postura idêntica aos presbiterianos heréticos americanos; Quando o Heronim diz querer respostas bíblicas ele esta querendo só confundir, pois uma pergunta clara ele não quer responder, pois se quisesse já teria explicado porque os reformados tem por inimigo o pentecostalismo e o neopentecostalismo, e por amigo os abortistas e gayzista da esquerda? Se ele responder isso já encerraria o caso, mas não, ele fala fábulas e crendices, mas a resposta não vem,
Vou reforçar a pergunta, porque os reformados tem por inimigo o pentecostalismo e o neopentecostalismo, e por amigo os abortistas e gayzista da esquerda? Simples assim responda meu caro Heronim.

Danilo Fernandes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
heronim@gmail.com disse...

Júlio,

Efésios

6.12 porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.

Talvez seja esta verdadeira motivação para um blog, lutar contra erros, não pessoas. Não estou contra vc, estou apontando alguns pontos que vc deveria refletir. Esquerdismo não é o problema, nunca foi. Não foi o esquerdismo que condenou Caim, foi adorar a Deus de uma forma que não agradou a Deus. este é o princípio do liberalismo, tal como apontado em Romanos 1, onde Deus condena os idolatras ao homossexualismo. Hoje todas as Igrejas tem um tanto de liberalismo, algumas chegaram a descartar a Trindade, adorando a um deus panteísta, já outros descartam ensinamentos bíblicos em função da cultura, de tradições ou de relevações. O liberalismo entra na Igreja através de diversas formas, mas é ele que destrói a Igreja. Por isto Deus se agrada de uma Igreja pura, santa e sem mácula, as armas que o apóstolo Paulo cita são espirituais, pois nossa luta é espiritual.

Não acho que perdi meu tempo com vc, aprendi que algumas coisas ditas somente são digeridas com o tempo.

Um abraço,

Heronim

heronim@gmail.com disse...

Trindade,

Não sou esquerdista, muito pelo contrario, sou abertamente de direita. Quanto a IPB, minha denominação, ela não mantém comunhão com a PCUSA desde que as discussões sobre ordenação homossexual foi iniciada naquela denominação. A IPB não tem como inimigos quaisquer denominações, mas estamos no direito de defender nossas doutrinas, ainda que elas sejam contrárias as de vcs, pentecostais. A IPB recebe membros e convida para ceia do Senhor os membros das Igrejas pentecostais. A IPB não apoia agenda homossexual, muito menos o aborto, como pode ser visto nas declarações oficiais da denominação. Por isto tenho dito ao Júlio para direcionar os posts, já que nem de longe denominações todas as denominações reformadas, como a IPB, PCA e muitas outras podem ser incluídas no liberalismo. Quanto a crendices, favor aponta-las, não vejo crendices nos meus posts.

Mateus disse...

Heronim,

Se o diabo se mostrasse como ele realmente é, ninguém jamais iria querer aproximação com ele. Mas ele sempre se apresenta como anjo de luz, para enganar os que não estão firmes na Palavra de Deus. É como bem disse o apóstolo Paulo:

"E não vos admireis disto, já que o próprio Satanás insiste em se transformar em anjo de luz. Não é muito, portanto, que os seus ministros apareçam como ministros da justiça; e o fim deles será segundo as suas obras" (2 Coríntios 11:14–15)

Marxismo, esquerdismo, comunismo e socialismo (e outras variações) são invenções do diabo. E essas mesmas ideologias têm diversos objetivos em comum:

– Destruir a família;

– Eliminar todos os valores morais e os bons princípios;

– Legalizar o aborto;

– Destruir a fé cristã;

– Destruir (ou corromper) as igrejas cristãs;

– Promover o homossexualismo;

– Aprovar a eutanásia;

– Usar a tirania (ou a ditadura) para permanecer no poder, sempre com o argumento mentiroso de ajudar os pobres e necessitados;

– Eliminar todos os possíveis opositores do regime esquerdista (e suas variações);

– Impor a idéia de que todos devem ser submissos somente ao Estado (ou melhor, que o Estado deve substituir Deus em todas as áreas da vida humana).

Estas ideologias usam um jogo de palavras tão sutil (compaixão, ajuda aos necessitados, e outros termos semelhantes) que conseguem enganar facilmente muitas pessoas! Daí a razão de muitos partidos esquerdistas (PT, PC do B, PV, PSOL e outros semelhantes) sempre estarem no poder em quase toda eleição!

Se essas ideologias diabólicas (e também as teologias corrompidas, como Missão Integral, Prosperidade e Libertação) penetraram as nossas igrejas e os nossos seminários (e também corromperam muitas pessoas), foi devido à negligência dos servos de Deus (que se deixaram seduzir pelos enganos do diabo). Toda e qualquer filosofia, ideologia ou teologia tem que ser obrigatoriamente testada e aprovada pela Palavra de Deus (para saber se é verdadeira ou não). Foi como disse o apóstolo Paulo:

"Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade" (2 Coríntios 13:8)

Eu prefiro ficar com a Palavra de Deus, porque somente ela tem todas as respostas que eu preciso! Não confio em nada que venha do homem. Novamente o apóstolo Paulo se manifesta:

"Seja Deus verdadeiro e todo homem mentiroso" (Romanos 3:4)

Será que eu estou certo neste meu ponto de vista?

P.S: Se o irmão Júlio Severo quiser se manifestar, eu agradeço

Julio Severo disse...

Primeiramente, peço desculpas aos leitores por publicar um comentário obsceno. Mas tenho de fazer isso para que você, leitor, veja um dos tais blogs calvinistas “apologéticos” oficialmente recomendados e louvados por Vargens aparecendo por aqui e expressando exatamente o que está no coração dele.

É o Danilo Fernandes, o dono do tabloide sensacionalista Genizah.

Eu não gosto de palavrões nem de boca suja. Por isso, não vou devolver ao Danilo as palavras imundas.
Que ele dê graças a Deus por eu não escutar Renato Russo e outros, enchendo o coração de lixo e depois vomitando tudo em cima dos outros.

Mas também que ele se olhe no espelho da Palavra de Deus, e veja exatamente o que Jesus disse:

“O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca.” (Lucas 6:45 ACF)

Danilo, você precisa parar de seguir Caio Fábio. Esse seu deboche sobre seminário veio diretamente de seu mestre CF, a quem já denunciei aqui, não com difamações nem palavrões, mas com as próprias palavras dele no Congresso Nacional: http://juliosevero.blogspot.com/2012/11/o-heretico-neo-panteista-e-seus-fas.html

Se você não parar de seguir esse homem e de ouvir Renato Russo, você nunca vai conseguir limpar o seu coração e a sua boca.

O Olavo de Carvalho fala palavrões, mas ele não é evangélico. O dia em que ele realmente aceitar Jesus, tudo mudará, inclusive a boca dele.

Mas qual é a sua desculpa para um coração e boca tão sujos? Você já é evangélico, orgulhando-se de ser calvinista.

Se eu fosse calvinista, eu teria VERGONHA de suas atitudes e palavras.

Se eu fosse um líder calvinista, você não escaparia de reprimendas públicas, e não pense que o silêncio de líderes calvinistas diante de sua boca suja ou os elogios do Vargens a você podem livrar você de um acerto com Deus.

heronim@gmail.com disse...

Mateus,

Acho que perdi alguma coisa, em lugar algum eu defendi o esquerdismo, o que eu disse e repito que a raiz do mal não é o esquerdismo, que é consequência, o raiz do mal é o liberalismo teológico, ainda que o esquerdismo seja uma obra satânica, mas uma Igreja fundada na verdade, na Bíblia, não será alcançada pelo esquerdismo. Mas uma Igreja liberal adorará rapidamente o esquerdismo.

Repito mais uma vez, sou de direita.

não gosto de vigaristas disse...

Júlio, a boca do Danilo fala do que está cheio o coração do Caio Fábio......

heronim@gmail.com disse...

É vergonhoso a alguém que se chama cristão usar este tipo de palavras, Danilo, se Cristo já condena alguém que chama um irmão de tolo, quanto mais alguém que usa este tipo de palavras. Vc envergonha não apenas a sua denominação, mas acima de tudo, o nome de Jesus.

não gosto de vigaristas disse...

Ops, errei!! O certo é dizer que a boca do Danilo fala do que está cheio o intestino grosso de Caio Fábio.....

Anônimo disse...

Danilo disse :

"Julio Severo,

Voce precisa parar de enfiar este cabo de vassoura no cú! Assume esta sua gayzisse latente, larga este broxa do Olavo de Carvalho e volta para aquele seu amor do seminário que comia o seu cú gostoso! Quem sabe voce acaba com esta fixacao com os gays. Vá evangeliza-los e não espezinha-los!"

Meu Deus do céu, se essa mensagem for messsmo do Danilo, do Genizah, isso precisa parar no Conselho de pastores, na liderança da igreja ao qual ele pertence, enfim...a todos para que todos saibam onde estão se metendo quando vai ao site do Genizah.

Horror, falta de temor, falta total de educação, e claro a falta total do Espirito Santo na vida do Danilo. Lastimável a que ponto chegamos.

Pastor Caleb.

Esther Kochav disse...

Efésios 4:29-31
“Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.
E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.
Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós,
Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.”


Que situação triste essa do Danilo Fernandes!
Realmente me entristece ver algo desse tipo saindo de um homem que se diz cristão, não só pelos palavrões mas também pelo ódio que tem mostrado de modo explícito.
Acaso, dizer que Renato Russo era gay e aidético é uma mentira?
Nós sabemos que se este homem não se arrependeu e não se converteu à Cristo, ele já está condenado ao lago de fogo. Só resta-lhe o Juízo. Como admirar esse tipo de pessoa, de tal modo?
Eu acredito que o Julio Severo prefere que o gay se arrependa e prefere que ele não seja condenado ao lago de fogo.
Devemos continuar pregando o Evangelho! O arrependimento dos pecados e salvação por meio de Cristo!
Arrependimento e não amaciamento de egos!

Marcos 1:15
E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho.

Lucas 5: 31-32
E Jesus, respondendo, disse-lhes: Não necessitam de médico os que estão sãos, mas, sim, os que estão enfermos;
Eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores, ao arrependimento.

Lucas 24: 46-47
“E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressuscitasse dentre os mortos,
E em seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém.”


Sabemos que isso sim é o amor! Não é ódio, como muitos dizem, induzidos por satanás.

João 3:16
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

1 Coríntios 6:10
Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.

Apocalípse 21:8
Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos que se prostituem, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.

George disse...

Amada irmã Esther Kochav,

Para o Danilo Fernandes (e para outros que agem igual a ele), Jesus dá uma advertência muito séria:

"Nem todo aquele que diz: Senhor! Senhor! entrará no Reino dos Céus, mas somente aquele que faz a vontade de Meu Pai que está nos Céus. Muitos, naquele dia, hão de Me dizer: Senhor, não profetizamos em Teu nome? E não expulsamos demônios em Teu nome? E não fizemos obras grandiosas em Teu nome? Porém, Eu vos confessarei: Nunca vos conheci. Apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniqüidade" (Mateus 7:21–23)

O que Danilo Fernandes dirá quando estiver diante de Jesus?

Paulo Teixeira disse...

JÁ POSTEI ESTE MESMO COMENTÁRIO EM OUTRO ARTIGO AQUI MESMO NO BLOG JULIO SEVERO SOBRE DANILO FERNANDES DO GENIZAH, MAS É SEMPRE BOM RECORDAR E NÃO DEIXAR CAIR NO ESQUECIMENTO.

Está em 5 partes (a leitura completa é importante. Máscaras tem que cair).

(PARTE 1)

O "respeitado" blog Genizah - do "apologeta" Danilo Fernandes (quem mais uma vez deixa sua máscara cair), ataca ou faz chacotas justamente com denominações pentecostais e neopentecostais, deixando PROPOSITADAMENTE de lado aberrações difundidas por grupos progressistas-liberais e "esquerdistas evangélicos".

O dono do blog é um empresário que converteu-se, há não muitos anos, e supostamente motivado por uma defesa do evangelho, ataca tudo e todos, mas procura de maneira bem sutil, deixar sua nociva mensagem.

Tempos atrás o Genizah publicou uma matéria repudiando a atitude de uma igreja pentecostal, pois esta tinha deixado distribuir aos irmãos uma revista, onde constava que Jônatas era AMANTE de Davi. Um desavisado qualquer que lesse o artigo, de primeira iria imaginar que o blog sensacionalista realmente propõe-se a defender um evangelho puro e genuíno, todavia, já conhecendo a figura e a filosofia danosa do NOCIVO BLOG, entrei lá e deixei um comentário repudiando a abordagem, não por corroborar com o erro cometido pela denominação, mas mostrando ao Danilo (dono do Genizah) que ele só estava publicando aquela matéria, pois era para 'esculachar' uma denominação pentecostal, tendo em vista que se fosse uma denominação da vertente progressista-liberal, certamente teria passado ao largo. No final do comentário identifiquei-me, com meu nome e endereço do blog, como sempre faço.

Continua na Parte 2

Paulo Teixeira disse...

(PARTE 3) Sobre Danilo Fernandes ...

Escrevi ao Danilo a mensagem abaixo, após sua grosseria a mim:

"Camarada, tenho minha profissão. Meu BLOGUINHO é por hobby. É desejo de informar, algo que sempre tive vontade. Não dependo disso para sobreviver, graças a Deus. Aliás, não dependo de outras coisas. Você porventura já procurou SEU nome completo na internet, no Google (Jose Danilo Silvestre Fernandes Filho)? Pois é, o que tens a dizer (acréscimo para o leitor do Julio entender). Todavia, meu nome sempre foi ligado às coisas de Deus. A coisas santas.

Nem precisava publicar seus comentários direcionados a mim, podia ter mandado um e-mail. Não precisa citar nem meu nome. Isto pouco importa a mim.

Quanto a tal suposta inveja que disse que tenho, parece realmente uma piada. Acho que você se olha no espelho e enxerga nos outros a sua deficiência. Acho também que sua ânsia em atacar o Malafaia, os Valadão, Macedo e Cia Ltda, é mais motivada por inveja, por querer o espaço deles, do que a tão propalada 'defesa do evangelho'.

Lembra que tempos atrás você postou no seu twitter que estaria na Globo falando sobre a funesta pesquisa 'O Sexo e o Crente'? Pois é, não só não se concretizou, como os seus desafetos Malafaia e Ana Valadão por lá chegaram primeiro. Tudo indica que essa sua inveja besta é travestida de 'apologética'.

CONTINUA NA (PARTE 4)

Paulo Teixeira disse...

(PARTE 3) Sobre Danilo Fernandes ...

Escrevi ao Danilo a mensagem abaixo, após sua grosseria a mim:

"Camarada, tenho minha profissão. Meu BLOGUINHO é por hobby. É desejo de informar, algo que sempre tive vontade. Não dependo disso para sobreviver, graças a Deus. Aliás, não dependo de outras coisas. Você porventura já procurou SEU nome completo na internet, no Google (Jose Danilo Silvestre Fernandes Filho)? Pois é, o que tens a dizer (acréscimo para o leitor do Julio entender). Todavia, meu nome sempre foi ligado às coisas de Deus. A coisas santas.

Nem precisava publicar seus comentários direcionados a mim, podia ter mandado um e-mail. Não precisa citar nem meu nome. Isto pouco importa a mim.

Quanto a tal suposta inveja que disse que tenho, parece realmente uma piada. Acho que você se olha no espelho e enxerga nos outros a sua deficiência. Acho também que sua ânsia em atacar o Malafaia, os Valadão, Macedo e Cia Ltda, é mais motivada por inveja, por querer o espaço deles, do que a tão propalada 'defesa do evangelho'.

Lembra que tempos atrás você postou no seu twitter que estaria na Globo falando sobre a funesta pesquisa 'O Sexo e o Crente'? Pois é, não só não se concretizou, como os seus desafetos Malafaia e Ana Valadão por lá chegaram primeiro. Tudo indica que essa sua inveja besta é travestida de 'apologética'.

CONTINUA NA (PARTE 4)

Paulo Teixeira disse...

(PARTE 4) Ao Danilo Fernandes

Essa turma preferida por ti, como os Hernandes, Macedo, Valdomiro, Malafaia, Valadão e outros mais estão todos na mídia e tem acesso às massas, e certamente isto deve te deixar muuuuuuito chateado. Deve até perder o sono ou quem sabe beber um "veuve clicquot milesimè", de U$ 400 (algo bem "nobre" para um defensor do evangelho puro e genuíno). (Se procurar no Google por "veuve clicquot milesimè Genizah", algo poderá ser encontrado).

Tem um desses pregadores neopentecostais que você não ataca nem faz chacota, por questão pessoal sua, devido o tal líder ter sido amigo ou até ter sido consagrado ao ministério pelo pai de um de seus colaboradores. Ou seja, pacto de amigos (Referi-me a neopentecostal RR Soares. Este foi consagrado ao ministério pelo pai de um dos colaboradores do blog Genizah).

Sou eu porventura um pastor presbiteriano fundamentalista? (fiz alusão ao um blog 'fake', onde o autor se passa por 'pastor presbiteriano fundamentalista', mas que através de pesquisa nos registros de domínio descobriu-se que o 'fake' na verdade estava registrado em nome de Danilo Fernandes). Lembra?

Cara, eu não preciso dessas sujeiras. Não vivo em torno dessas palhaçadas.

CONTINUA NA (PARTE 5)

Paulo Teixeira disse...

(PARTE 5) Ao Danilo Fernandes


Não preciso ter ao meu lado gente que se diz apologeta, mas só escreve aquilo que lhe interessa (referi-me aos apologetas relativos, aos parciais, aos politicamente corretos, que são colaboradores deles e que conseguem enganar muita gente que não tem discernimento espiritual).

Por que você ou seus colaboradores não escrevem, por exemplo, em defesa do evangelho e até estimulem um debate público sobre "MAÇONARIA VERSUS EVANGÉLICOS" ou mesmo sobre "PASTORES ADÚLTEROS" (aqueles que trocam de esposa, vão para a secretária, depois abandonam-na e partem para outra e por aí vai ...). Porventura há rabo preso em relação aos temas? Tem coragem?

E mais, seja competente. Não discuta comigo, como orientou o filósofo francês. Não responda a essa mensagem, apenas leia.

Envio-lhe uma mensagem bumerangue: "Mire no Alvo mais alto. Oro por tua alma, para que encontres motivação de crescer somente Naquele que é o Justo".

Ressalto: não responda a essa mensagem, apenas leia. (até coloquei como anônimo)".

Paulo (www.holofote.net). """

Após isto o cara 'apologeta' se calou.

Fato é que quando percebem que verdades virão à tona, alguns preferem recuar.


Muita gente precisa saber realmente qual é a fisolofia do blog Genizah.

Danilo "bateu" na Assembleia de Deus que erroneamente deixou distribuir uma revista de palavras cruzadas onde diz que Jônatas era AMANTE de Davi, mas NUNCA, NUNCA, NUNCA mostrou as ligações de líderes 'protestantes' progressistas-liberais que defendem o "casamento gay", a exemplo do reverendo de São Paulo, da Igreja Anglicana, que está esperando a aprovação da lei do 'casamento gay' para fazê-lo em sua denominação.

Nunca o Danilo publicou sobre o Arcebispo Anglicano de Ribeiro Preto (SP) que disse que Davi era gay.

E o outro Anglicano brasileiro que disse que a orientação sexual de alguém não interfere em sua salvação, hein! Por que o "apologeta" omite-se. Fica pianinho.

Paulo Teixeira disse...

PARTE 6 ...

Já andei fazendo umas pesquisas pela internet com o nome: "José DANILO Silvestre Fernandes Filho" e achei umas coisas estranhas.

Mais uma vez o 'apologeta' está sendo desmascarado. Ele e sua turma.

Nada fica escondido aos olhos de Deus.

Anônimo disse...

Abaixo a lista de pastores e Blogs que são aliados ao Blog GENIZAH do 'apologeta' e BOCA SUJA DANILO FERNANDES.

Danilo Fernandes diz que os abaixo são seus cúmplices:

>>> Pavablog
>>> Não Morda a Maçã
>>> POINT RHEMA
>>> O contorno da sombra
>>> Bem-Dito!
>>> Rubinho Pirola
>>> Hermes C. Fernandes
>>> Cristão Confuso
>>> Fala Sério Varão
>>> [Blog do Ciro] ®

Alguns dos citados acima dizem ser APOLOGETAS.

Paulo Teixeira disse...

Esse é o pastor Renato Vargens que 'adora' músicas de Renato Russo e depois vai dar estudos bíblicos nos eventos da VINACC, em Campina Grande.

Virou uma esculhambação ?

Era uma vez uma VINACC?

Começou bem, mas tende a seguir os mesmos caminhos errôneos que outros que vieram antes preferiram?

Confesso que sempre fui admirador da VINNAC, mas de tempos para cá, coloquei uma "pulga atrás da orelha".

Não vai surpreender-me se amanhã esse tal de Danilo estiver também palestrando na VINACC.

Paulo Teixeira (www.holofote.Net)

Beto disse...

Que vergonha de tipos como esse Danilo Fernandes. A boca fala do que o coração está cheio.
Apóio todo seu posicionamento Júlio. O esquerdismo se infiltra entre os evangélicos e católicos. Entre os pentecostais e neopentecostais e as igrejas históricas esquerdizadas, fico com os primeiros. E tenho grande admiração pelo Pastor Silas Malafaia, apesar de saber que ele tem seus defeitos, mas não está contaminado por essa esquerdização evangélica.

Anônimo disse...

Danilo Fernandes disse...sexta-feira, 23 novembro, 2012
-------------------------------------
Estou abismada não estou acreditando que lê essas "baixarias" dirigidas a você irmão desse Senhor chamado Danilo.
Ele dono daquele blog debochado, pesado, depreciativo que persegue os segmentos cristãos mais em destaque hoje por exemplo os Neopentencostais e pentencostais to chocada é asqueroso ler essa mensagem ele te mandou mais por outro lado foi bom mesmo você desmascará-lo ele diz que é de Deus mesmo?
Eu sei qual é o "deus" dele esse aqui começa com DO diabo o próprio eu acho que até o chifrudo tá impressionado com seu palavriado tão baixo dos baixos vou te dizer ele tá superando os incrédulos que natural para eles usar a boca pra falar palavrãoes até porque conprenssível eles não conhecem a Deus VIVO é esse aí?
Tá perdido precisa de libertar urgentemente negócio pro lado dele tá sério mesmo Senhor Jesus Cristo muda esse homem acordar e o transforme precisa já de mudar.
Quem é de DEUS mesmo não usa palavra torpe, baixos isso linguajar dos demônios aviso aqui quem não sabe vou adverte vocês sabiam nas reuniões na minha igreja quando pessoas passam mal na ora da oração forte estão sim endemoniados(as) e manifestam com demônios e encostos vocês sabiam que eles falam um monte de palavrões isso é sério não estou brincando eles chegam cheio de marra no corpo da pessoa fala palavras baixo calão.

Minha mãe é ex umbandista colocou roupa a única coisa ela não fez foi "cabeça" e graças a Deus a muitos anos atrás ela conheceu o Deus vivo se libertou e hoje do Senhor Jesus Cristo ela já me contou que isso comum acontecer nas sessões dos terreiros os demônios que se dizem de "luz" lá manifestam nos seus adeptos que dizem incorporam as "entidades" chegam falando um monte de PALAVRÕES.

Por isso por favor verdadeiros cristãos que falam palavrões parem já de deixarem de ser usados pelo demônio para soltar palavrão isso linguajar do "bicho" quem conheceu e se libertou de fato ao Deus vivo nunca mais soltará da sua boca um palavrão se quer isso vocabulário de satanás e seus anjos decaídos os demônios.

Ester!!!!!!

Julio Severo disse...

Pessoal, o Danilo Fernandes removeu o infame comentário dele de ontem. Vamos ter esperança. Talvez ele tenha se convertido entre ontem e hoje. Na pior das hipóteses, ele pode ter visto que ninguém o apoiou. Não vou reproduzir aqui o comentário dele, cuja cópia agora consta em meus arquivos. Além disso, mais acima, o Pr. Calebe reproduziu o comentário do Danilo.

Anônimo disse...

Irmão Julio Severo, parabéns pelo seu site e por sua posição cristã.

Se vc permitir gostaria de deixar aqui um breve comentário sobre o LIBERALISMO TEOLÓGICO que assolou e assola as igrejas Cristas evangélicas, principalmente as tradicionais e históricas, Igrejas essas que foram fortemente influenciadas pelo cientificismo (Atitude filosófica apregoadora de que a Ciência teria poderes de desvendar o mistério de todas as coisas e solucionar os reais problemas do ser humano ), de Nicolau Copérnico ( 1473-1543 )e Galileu Galilei ( 1546-1642), e pela filosofia de René Descartes ( 1596 - 1650) e Emmanuel Kant (1720 - 1804 ), o protestantismo acabou por desviar-se de suas origens ortodoxa e aproximar-se perigosamente de um liberalismo cientificista e racionalista. Para tanto, a fé reformada sofreu outras influencias, especialmente na Alta Critica da Bíblia, que remota ao medico francês Jean Astruc ( 1684 - 1766). continua....

Anônimo disse...

Em sua essência, esse movimento teológico liberal procurou ( e ainda procura ) libertar as consciências cristãs que chama de amarras escolásticas ( doutrina teologia- filosófica dominante na idade média, nos seculos 9 ao 17, caracterizada, sobretudo, pelo problema da relação entre fé e a razão, o qual se resolve pela sujeição do pensamento filosófico ( representado pela filosofia grego-romana ) à teologia cristã. Desenvolveram-se na escolástica inúmeros sistemas que se definem, do ponto de vista estritamente filosofico, pela posição adotada quanto ao problema dos universais, dos quais se destacam os sistemas de Santo Anselmo, São Tomas e de Guilherme de Occam ) , apontando, para isso, as exigências da razão. Mas movimento, alem de reivindicar amplas liberdades para o exercício da razão, pregou a necessidade da tolerância entre as denominações protestantes, minimizando as suas diferenças doutrinarias, A partir de então, pregou também a tolerância entre o próprio protestantismo e outras religiões, como, por exemplo, a igreja Romana, o judaísmo, etc...

Continua

Anônimo disse...

Embora os teólogos liberais realcem a pessoa de Deus, como a fonte de toda a verdade, e enfatizem uma certeza sincera na busca da verdade, eles afirmam a impossibilidade de que o ser humano alcance um conhecimento pleno da verdade absoluta.Em sua grande maioria, os teólogos liberais ensinam que o protestantismo precisa incorporar `a sua teologia os valores básicos, as aspirações e as atitudes características da cultura moderna, salientando, dentre outros, o imperativo ético do Evangelho. Como conseguencia natural desses ensinos, surgiram diferentes correntes teológicas e organizações religiosas, dentre elas:

01- O evangelho social, no qual a mensagem do Evangelho deixa de ser o Podre de Deus para a salvação de todo aquele que crê ( Romanos 1.16 ), para tornar-se formula social, impotente. Do evangelho social resultou a teologia da libertação na America Latina e a teologia negra da Africa, os quais admitem conceitos marxistas e ate mesmo o uso da violência armada para mudar as condições sociais. Continua...

Anônimo disse...

2- A nova ortodoxia, liberada por Karl Barth ( 1886-1968 ), que, embora faça uma tentativa de retorno as Escrituras, acaba postulando que a Bíblia não é a Palavra de Deus; apenas a contem.A nova ortodoxia, também conhecia como no liberalismo e teologia transcendental, afirmam que o Deus do Antigo Testamento foi somente um deus tribal; que o texto bíblico é apenas a forma em que certos homens exprimam suas experiências; que Cristo morreu a morte de um martur, e não uma morte substitutiva, dentre outras declarações.

3- A teologia do mito, de Rudolf Bulmann ( 1884- 1976 ), é uma interpretação mítica da Bíblia, segundo o qual os mitos que ele supõe encontrar no Livro Sagrado devem ser interpretados mediante uma hermenêutica particular. Em outras palavras, todos os milagres narrados nas Escrituras são mitos, inclusive a encarnação, a ressurreição e a futura segunda vinda de Cristo. Continua...

Anônimo disse...

4- A telologa da esperança, de Pennenberg e Molmman ( o primeiro nascido em 1928 e o segundo, 1926 ), ensina que a promessas já cumpridas na historia de Israel estão sujeitas as novas interpretações e novos cumprimentos, e o "futuro trará algo totalmente novo, mesmo para Deus.

5- O movimentO da morte de Deus, o qual teve suas raízes em Friedrich Nietzche( 1884 - 1900 ) , contou como seus principais defensores os teólogos contemporâneos Harvey Cox, Gabriel Vahanian, William Hamilton e Paul Van Buren, Esse movimento teológico do PROTESTANTISMO LIBERAL, floresceu no final dos anos de 1960 e pregou que " a igreja deve podar seus ritos e sua mensagem, os quais não podem ser aceitos pelo homem moderno" (cox);

Continua...

Anônimo disse...

" O protestantismo moderno exige a secularidade ( Vahanian ); " é impossível acreditar em uma fé cristã e em uma esperança cristã fundamentada em um Deus pessoal e transcendental ( Hamilton), e " todas as expressões que falam de Deus como um ser pessoal e transcendente precisam ser extirpadas por falta de significado para o homem moderno ( Van Buren).

Essas correntes teológicas- e diversas outras que deixamos de citar , TODAS ORIUNDAS DO LIBERALISMO TEOLÓGICO, exerceram forte, profunda e tremenda influencia negativa no seio das antigas e históricas denominações protestantes. Os amplos e suntuosos templos protestantes , hoje vazio,principalmente na Europa e na America no Norte dos Estados Unidos, atestam com fidelidade o enfraquecimento e a morte dessas Igrejas outrora cheia de Vida.

Pastor Caleb Lakstigal.

Julio Severo disse...

Estou recebendo mensagens de pessoas perguntando onde está o comentário do Danilo Fernandes. Ele apagou. Mas aqui vai de novo (só me perdoem por postar o que saiu da boca suja dele):

Comentário original de Danilo Fernandes:


Julio Severo,

Voce precisa parar de enfiar este cabo de vassoura no cú! Assume esta sua gayzisse latente, larga este broxa do Olavo de Carvalho e volta para aquele seu amor do seminário que comia o seu cú gostoso!Quem sabe voce acaba com esta fixacao com os gays. Vá evangeliza-los e não espezinha-los!

Emanuel C. disse...

Toda essa brabeza e língua de esgoto do Danilo, Júlio, por que você apenas mostrou as incoerencias do amigo dele, o Vargens? Ora, se o Danilo fosse cristão mesmo, iria refutar ponto-por-ponto tudo o uqe você disse e documentou. Mas quando se desconversa e xinga, é porque não há o que refutar. Parabéns Júlio pelo excelente trabalho de refutar, e você tem feito isso muito bem e de modo imparcial, pois seu alvo não tem sido apenas os excesos e erros de calvinistas barulhentos, mas tambem de pentecostas (Manuel FErreira, etc) e neo pentecostais (Edir Macedo, etc). A maioria dos que denunciam fazem isso sem ter o equilibrio e imparcialidade que vc demonstra. Parabéns!! Que outros sigam seu exemplo!

Anônimo disse...

Bando de implicantes que não teem o que fazer! Genizah e o querido Pastor Renato Vargens não são perfeitos. Nem Calvino era perfeito. Mas Calvino fez um excelente trabalho.
Não olhem para os defeitos humanos de Genizh e o pastor Renato. Ninguém é perceito! Ninguém! Eles são os modernos calvinos da Igreja Brasileira.
O neo-Pentecostalismo e suas heresias passarão, mas Calvino e seus ensino nunca passará. Viva a Reforma Protestante! Abaixo neo-Pentecostalismo! Abaixo também as heresias e difamações do Blogueiro que odeia todos os presbiterianos do Brasil e do mundo. Publique isso se tiver coragem, difamador!

Paulo Teixeira disse...

Júlio, o Danilo Fernandes, do Genizah, precisa converter-se verdadeiramente a Cristo.

Eu escrevi no blog dele ontem sobre isto.

Identifiquei-me e disse a ele que tem uma valiosa alma e que tem que zelar por ela, mas ele parece não ter dado importância.

Ele precisa cuidar da alma dele.

Danilo Fernandes, do Genizah, tem feito um nefasto serviço ao Evangelho de Cristo.

O Genizah, seu Blog, envergonha o Evangelho. E o pior é que ele posa de 'apologeta' e consegue enganar a muitos.

O que tem de gente esfriando na fé por conta do 'zelo' de Danilo Fernandes pelo "Evangelho Puro e Genuíno", não é brincadeira.

O Genizah mescla artigos cristãos com zombarias e ataques a lideranças, liturgias e igrejas evangélicas PENTECOSTAIS e NEOPENTECOSTAIS.

O empresário Danilo Fernandes se diz CALVINISTA e por esta razão ataca e dá espeço em seu Blog para que se ataque ferozmente os neo/pentecostais que em sua esmagadora maioria são arminianos.

Como que um sujeito que ainda é neófito na fé, avoca para si a responsabilidade de defender o Santo Evangelho de Cristo.

É DEPLORÁVEL ...

Parafraseando o que disse Jesus em
Mateus 24.28,

"pois onde estiver uma 'anomalia' neo/pentecostal, ali estará o Genizah para reverberar".

Quanto à 'coragem' de Renato Vargens em 'zelar' pelo Santo Evangelho, fica uma pergunta: por que seu zelo não expõe a MAÇONARIA, ponto a ponto ... (para quem entende, um pingo é letra).

Que Deus tenha misericórdia dessa gente.

Paulo Teixeira disse...

O "prezado anônimo" mandou Julio Severo publicar seu comentário, se tivesse coragem ....

O indivíduo é tão "corajoso" que até se esconde ...

Mostra a cara sujeito !!!!

Otávio disse...

Olá Julio!

Sempre acompanho o seu blog, lendo as publicações.
Semana passada, você publicou um artigo falando sobre fato de cristãos ouvirem Renato Russo e criticarem Ana Paula Valadão, especialmente pela enfase que Caio Fabio e outros dão à Renato Russo.
Uma vez eu ouvi de uma amiga "Renato Russo seria um bom Cristão"... minha resposta foi "quem sabe né? Mas não era! E se não conhecia à Cristo, tudo que ele (Renato Russo) diz sobre o amor é mentira, visto que apenas podemos conhecer ao verdadeiro amor através de Cristo."

Pois bem.

Desde então eu fiquei pensando sobre a questão musical e cultural.

Confesso que eu gosto de ouvir Rock´n´Roll, Blues, Jazz. Diversas bandas "terrenas" e que não louvam ao nosso Senhor.

Porém, há algum tempo, fiz uma breve pesquisa sobre Aleyster Crowley.
Na realidade, fui lendo sobre diversos temas, e fui parar nele.

De primeira impressão parece que isso é algo complicado, perigoso.
Mas acho que na realidade o Espirito Santo dirigiu as minhas pesquisas.

Explico.

Lendo sobre a vida dele (Aleister Crowley), eu fiquei bem assustado e, verdadeiramente, bem preocupado.
Vi que as diversas bandas eu que gostava muito de ouvir, como The Rolling Stones, Iron Maden, tinham confirmado que haviam recebido influencia dos escritos de Aleister Crowley.
Muito preocupante.

Comecei a reparar que desde as publicações e os "eitos" dele, o mundo mudou muito!

Veja a influencia musical que mudou toda uma geração:

The Rolling Stones, The Beatles, Iron Maden, Black Sabbah!

São bandas que possuem uma grande influencia na cultura !


Não só na musica, veja a importância que dão ao filme O Mágico de Oz, que é a homenagem ao demonio, como também na sexualidade, no qual ele iniciou, ou ao menos propagou de uma forma mais intensa sobre "O importante é ser feliz"; "O importante é sentir prazer".

Dessa forma, pensei no que Aleister Crowley disse, que ele prepararia o mundo para a vinda do anti-cristo.

Vejo que o plano dele está sendo cumprido da forma planejada.

Após a vinda dele, o mundo se distanciou de Deus.

E, todas essas coisas são instrumentos de Satanás para tirar o foco de Cristo!


Em todo esse meio, comecei a estudar o livro de Daniel.
Vejo que nós, Cristãos, estamos em situação similar!
Estamos num lugar que não pertencemos.
Vivendo com cultura de um povo que não agrada à Deus.

Pois bem.

Sem mais delongas, visto que vejo em você uma autoridade no assunto e que as pessoas que acompanham seu blog te respeitam,
eu peço, se possível, publicar um artigo sobre Aleister Crowley e a influência dele sobre a cultura atual? (entenda-se como cultura Musica, Filme, programas televisivos, sexualidade, etc...).


Agradeço desde já !

Esporte disse...

Julio, eu cansei de ler tantas acusacoes e ridicularizacoes neste blog Genizah ao povo de Deus tanto que exclui de minha conta de email. Mas olhando para mim, vejo que nao fui muito diferente disso, há 5 anos atras, pensava que era cristao, nascido numa familia crista ( o que foi maravilhoso para minha criacao) mas nao tinha relacionamento de intimidade com Jesus. Fazia as mesmas coisas que estes "teologos" fazem, ridicularizar aquilo que foge um pouco do "teologico deles". Eles precisam encontrar realmente a Jesus, entregar essa ferida a ele, e receber a cura nesta area, ORGULHO. Lembro de ridicularizar os irmaos neopentecostais e saber de cor qual versiculo usar, qual passagem usar. Tradicionalmente as igrejas historicas tem uma tendencia forte em catequizar as criancas e gerar pessoas que nao gostam de se relacionar com aquilo que foge do tradicional, comigo era assim. Mas essa prisao so pode ser deixada quando deixamos de lado o orgulho de sempre ter a razao. Defedem, como voce disse, Lutero, Calvino, e os colocam no mesmo patamar de Paulo e alguns até os adoram.Mas va discutir isso com estas pessoas. Sempre fico de olhos arregalados porque aqui no ambiente que vivo tbm é desse jeito, escutam musicas seculares normalmente, alguns ate frequentam boates, outros ingerem bebidas alcoolicas e tudo bem. Se voce fala algo, se voce argumenta algo, se voce exorta, nao aceitam e ate se valem de versiculos biblicos para os proteger. O mais triste,é que muitos sao lideres, muitos sao presbiteros, diaconos, estao dia a dia lidando com decisoes importantes na vida da igreja local. Sera que eles acham que Satanas nao tem tece estrategias bem planejadas para eles tbm? Sera que acham que tudo nao passa de um fanatismo religioso? Sera que acham que sao tao especiais a ponto de nao serem atacados pelo inimigo? Sera que Jesus lidava com este tipo de povo na epoca em que encarnou? Sera que muitos sermoes ja pronunciados nao foram feitos apos algumas horas de musica secular e quem sabe um birita? Vou te contar algo que aconteceu aqui: recentemente veio um grande lider aqui em uma igreja, e um cara bem gabaritado no que diz titulos. Livros escritos, professor e coordenador de curso de teologia em SP e tal e tal. Pois bem, nunca ouvi tanta besteira, tanta ridicularizacao, tanta ofensa ao irmao em Cristo que congrega numa igreja neopentecostal. Quase a totalidade da igreja se esbanjava em risadas e pouco se atentavam para o conteudo principal. Mas antes de pregar como se fosse um popstar foi lido todo o seu curriculo e como todos fazem ao pegar o microfone disse uma piadinha a respeito do extenso curriculo. Enquanto nao houver humilhacao, entrega, rendicao, nao havera mudanca nestas pessoas. Oro para que o querido irmao do Genizah tenha um encontro verdadeiro com o Rei dos Reis Jesus Cristo. Porque aonde o Espirito do Senhor está, ali há liberdade.

Julio Severo disse...


ATENÇÃO: Danilo Fernandes, dono do Genizah, o tabloide louvado por Renato Vargens, saiu enfim do armário, manifestando-se aos palavrões neste blog. Para conferir o que disse ele, clique em:

A boca suja do dono do Genizah (Parte 2)

KaHrius disse...

Caro irmão Julio. Obrigado por este artigo. Não posso dizer que concordo com tudo, embora isso não signifique que você esteja errado nos pontos que discordo. Talvez você, talvez eu, mas isto não invalida o grande bem que obtive da leitura deste texto.
Especialmente este debate, nos comentários, me enriqueceu muito. Desde 2005 acompanho o Olavo de Carvalho e através dele conheci você. E isso me afastou severamente de todo esquerdismo. Vejo os calvinistas como maiores opositores ao esquerdismo e vejo o contrário dos pentecostais, mas esse debate aqui e seus artigos recentes estão me ajudando a rever certas coisas. Obrigado por esta contribuição.

Milton Fernandes Albuquerque disse...

Olá irmãos(ã). Paz do Senhor ... eu sou crente em Cristo Jesus,eu passei quase 9 anos afastado da igreja e faz. pouco tempo que voltei a caminhar. mas no pouco conhecimento bíblico tenho não me impede de reparar estas questões. Eu era. fã de renato russo
Hoje só admiro alguns trabalhos dele mas não escuto mais.
quando o apóstolo Paulo disse que apresentar -se-mos a Deus com hinos e cânticos inspirados,não foi algo tão simples,aponto de qualquer pessoa ser inspirada pelo Santo Espírito... só porque essa é crente,muitos falsos mestres estão no nosso meio vestidos de ovelha para esconder os pêlos de lobo. não acusar nenhuma banda gospel,mas se todas essas bandas que estão na mídia fosse realmente estrumentos do que muitos tão chamando de avivamento sera que estavam acontecendo tantas coisas nas igrejas de hoje? Muitos jovens vão a igreja pra namorar vivem em prostituição dentro da igreja. muitos vivem o tal de modismo. realmente,quando tem um culto de louvor e adoração na igreja muitos arranjam desculpas,"vou pro colégio,não,eu tô cansado,vou sair cedo amanhã ..." Gente eu não tô criticando ninguém cada um faça o que bem entende mas quando alguém diz:-Rapaz é Andrea valadão que vai cantar, a igreja a rua enche nego falta aula falta ao trabalho deixa o que for para ir.
o problema não esta nas bandas,o problema esta nos crentes sem destinguir oque é de Deus ou não. exemplo: musica "porta aberta" Vicente celestino . cabe a cada um de nós destinguir qual é qual. inspiração não é apenas pegar a biblia e fazer uma letra e dizer que é inspirada porque muito estão. usando textos bíblicos para satisfações carnais,fazendo perecer muitos com o modismo,mundanismomundanismo e falsa adoração.

Julio Severo disse...

Um trabalho mais abrangente sobre o esquerdismo cristão ou leniência a ele se encontra no link abaixo. É só clicar:

Teologia da Libertação e neopentecostalismo: o grande desafio da igreja evangélica do Brasil

Evetati disse...

Deus seja louvado.... e que através deste artigo todos saibam discernir ou digerir tudo aquilo que os campos de vargens produz porque ate nos campos de vargens tem sim coisa boas, no entanto, tenho que dizer tem muitas coisas ruins...

claramusician.com disse...

Caro Julio,

Acompanho seu blog para tomar conhecimento dos movimentos políticos que assolam a nossa nação e o mundo, mas como musicista, e como serva de Deus, me senti realmente muito incomodada com o modo como você expressou a sua opinião. Primeiro, porque, pela minha pouca experiência como musicista, mas oriunda de um seminário batista que forma ministros de música e por anos a fio servindo no ministério de música, eu lamento dizer que não há muita diferença entre Ana Paula Valadão e Renato Russo. Vaidade. É o que reina no meio musical, tanto entre pessoas que deveriam ser e fazer diferença, quanto no meio secular. Eu tenho a sensação de que Deus este ano meio que me forçou a parar (literalmente em todos os sentidos) para observar tudo o que acontece como quem olha de fora, e o que eu vejo é terrível, tanto dentro quanto fora das igrejas.

Enquanto os crentes ficam condenando os artistas por suas músicas profanas, o que eu vejo são pessoas sendo transformadas em objetos, manipuladas como marionetes e levadas ao matadouro como gado e isto falo dos artistas, não de quem os ouve, porque para quem os ouve, ainda há a possibilidade de filtrar as informações, escolher como processá-las e interpretá-las, e conforme a conclusão de cada um, continuar ouvindo ou deixar de ouvir. Não é a igreja que salva. Não é doutrina disso, doutrina daquilo e doutrina daquilo outro q salva. É CRISTO. E se nossa vida não for o reflexo mais próximo de CRISTO, ai de nós!

Para quem quiser entender o que eu estou tentando dizer, pesquisem sobre o Monarch Programming. Depois, observem a maioria dos artistas que estão na mídia. O que vocês vão perceber é de arrepiar.

Walter H. C. Silva disse...

Acho alguns termos pejorativos e, mesmo direcionados a uma pessoa morta, não expressa amor, ainda que vc afirme de pés juntos que aidético não é palavrão. Não é, mas no contexto que disse, é como se estivesse dizendo "esse pecador do inferno" ou algo parecido com o que aquele Fariseu disse daquele Publicano, e no final quem foi justificado pra casa foi o publicano. Vc sabe onde está não é?!?!?

Talvez minha opinião esteja melhor expressada aqui: http://www.walterhcsilva.blogspot.com.br/2013/12/secular-mundano-ou-gospel-posso-ou-nao.html

Se quiser, dá uma olhada lá!!!

Cordialmente.

Julio Severo disse...

Walter, vc tinha que se preocupar com os vivos, não com os mortos. O que você quer? Desabafar aqui? Alguém me informou que você havia postado agora há pouco no seu Twitter link do meu artigo sobre a Igreja da Lagoinha, mas o Renato Vargens mandou você apagar, e você obedeceu. Vejamos agora o que o meu texto sobre a Lagoinha disse:

Quando o Pr. Lucinho Barreto, que tem um ministério voltado aos jovens na Igreja Batista da Lagoinha, “cheirou a Bíblia” meses atrás, houve um “escândalo” nacional, com muitos chamando-o de “herético” e dizendo que ele estava “envergonhando” o Evangelho. Pelo menos para mim, deu para entender que o pastor não estava com a intenção nem de profanar a Bíblia nem de defender o uso de drogas, mas estava apenas usando a simulação com a Bíblia para dar aos jovens a mensagem de que a Bíblia deve ser sempre consumida. Se o uso desse tipo de simulação é correto ou não, deixo para a imaginação do leitor.

Quando Ariovaldo Ramos e seus colegas da Teologia da Missão Integral defenderam as drogas (não a mera simulação) em junho de 2013, houve algumas queixas aqui e ali, mas nada de escândalo nacional. A reação à simulação do Pr. Lucinho foi muito mais pesada do que a reação à defesa do uso de drogas feita por Ari — como é chamado Ariovaldo Ramos.

A ala da Missão Integral e simpatizantes não poupou críticas ao Pr. Lucinho. Renato Vargens, um pastor viciado em localizar e fabricar apostasias em pentecostais e neopentecostais, disse que a simulação do pastor da Lagoinha foi uma “vergonha” para o Evangelho. Sobre Ari e sua defesa das drogas? Vargens ficou de bico fechado.

O artigo inteiro está aqui: CLIQUE AQUI

Preocupe-se então com os vivos, não com os mortos. Preocupe-se também com quem ataca um pastor da Lagoinha por simular uso de drogas, mas não ataca Ariovaldo Ramos por defender o uso real de drogas. Especialmente, evite obedecer a esse tipo de evangélico de teologia morta e incoerente.

Walter H. C. Silva disse...

(1) Sabe Júlio, vc é um cara muitíssimo bem informado, culto, e eu admiro algumas coisas que vc escreve. Mas o grande problema de seus comentários e posts é que vc GENERALIZA TUDO. Isso mesmo! Mas só você não acha isso! Falta equilíbrio de sua parte. Há dois extremos, tolerância e intolerante, e nenhum é certo.. Exemplo: Meu pai é policial, um bom policial. Mas eu conheço policiais que são um escândalo para a polícia. A classe policial não pode ser banalizada pelo mal procedimento de alguns.

Outro exemplo, O MEU MESMO. Sou um advogado cristão, professo minha fé e luto pelas causas dos injustiçados. Mas há uma classe de Advogados que faz de tudo pra ganhar dinheiro, e ganham. Advogados como eu nunca serão ricos, visto que não militamos na causa de quem merece ser punido. Mas quando você escreve sobre advogados, você se esquece que há bons profissionais que trabalham com dignidade, e não se prostram ao sistema. Quando leio seus posts sobre advogados generalizando tudo, então eu vejo que vc sempre está no extremo contrário. Falta equilíbrio em aceitar que advogados existem para a glória de Deus. Ou vc acha que essa é uma profissão diabólica? Creio que você pensa assim. Contudo, é o que parece quando generaliza tudo.

Nesse ponto, há pastores e pastores. Por exemplo, eu não curto e nem sei as músicas do DT, não gosto (gosto meu mesmo), como vc disse no seu artigo, há muita coisa boa nos "mundo gospel", eu achei, por isso não ouço Diante do Trono, Valadões, Lucinho, Ariovaldo, Rene Terra Nova ou Rene Kivitz, Gondim, Caio Fábio e essa galera ai... Sabe, vc tem que seguir o conselho de Paulo (o que como não despreze o que não come), eu não curto, não me julgue por isso, vc curte, beleza... (cont..)

Walter H. C. Silva disse...

(2) Sabe, nem todo Calvinista é esse monstro que você pinta. Eu por exemplo, Sou Calvinista, tenho minhas convicções sobre os dons espirituais, discordo com um monte de calvinista nesse ponto, mas tb não concordo com um monte de pentecostal nesse quesito. O Meu Deus não é o mesmo que o seu? Só porque eu sou calvinista no modo de entender a Salvação não posso ter comunhão com você? Meu irmão de sangue fala em linguas, eu não; minha tia "profetiza", eu não; tenho uma amiga pastora que diz ter visões, eu não tenho. Não posso me unir a essas pessoas nos pontos comuns? É isso que une. E daí que eu não falo em língua, vc acha que isso vai me tirar do céu? E daí que tem um monte de gente que não acredita na predestinação como eu acredito, será que eu devo achar que elas não vão para o céu por não crer na eleição? Esses não são ponto chaves, são acessórios. A chave é que Cristo veio ao mundo para salvar pecadores, dos quais nós somos os principais, e só por Ele chegamos a Deus, por graça imerecida e fé. Se a mensagem é diferente dessa então devemos nos separar pq estamos pregando um Deus diferente. Que importa línguas ou visões nesse caso? O importante é que pastores ensinem seus membros que só com santidade veremos a Deus.

Desse jeito amigo Júlio, curto seus posts, mas também curto algumas postagens do Renato Vargens. Já combati várias coisas das quais não concordo com a visão dele, entretanto, isso não me dá o direito de não respeitar voce ou ele.

Não to querendo desabafar não. Este é um blog, aberto para COMENTÁRIOS. não sei onde pareceu desabafo. Eu acabei de criar um blog, espero que ele tenha a dimensão do seu ou do Renato, que são bem conhecidos, e gostaria que pessoas comentassem tb. Por isso, acho que é agressivo de sua parte fazer tal pergunta irônica! eu só comentei. Alias, mais de 70 pessoas comentaram...

Sobre o link no Twiiter que eu retirei, foi por causa de uma coisa chamada RESPEITO a dignidade da pessoa humana. Eu afirmei "to vendo a guerra santa entre Renato e Julio", com tom de brincadeira. Ele respondeu q não está em guerra santa com ninguém, e que o meu posts estava com cara de tendencioso. Se a pessoa já disse que não, e ao final PEDIU "POR GENTILEZA" (depois de ter esclarecido minha brincadeira), para retirar, e eu entendi o pedido sincero, em respeito retirei, vc não retiraria? A menos que eu tivesse a intenção de provocar um maledicência ou fofoca eu manteria o twiitt, como não era o caso, eu retirei.

Portanto, qd vc diz publicamente "Ele mandou E VC OBEDECEU", só tiro duas conclusões possíveis: 1. te informaram pela metade o ocorrido, ou 2. vc realmente deseja ofender seus comentaristas qd não concordam com vc. EU SINCERAMENTE CREIO QUE VC FOI MAL INFORMADO SOBRE O QUE FALEI NO MEU TWIITER.

Assim, obrigado pelas orientações, entretanto, dispenso dar moral, já que não obedeço nenhum 'tipo de evangélico de teologia morta".

Em Cristo...
Se der pra me dar uma força, me ajude a divulgar meu novo e pequeno blog. A intenção não é apologetica e nem teológica propriamente dita, mas reflexões sobre algumas coisas...

Abraços...
http://www.walterhcsilva.blogspot.com.br/

Julio Severo disse...

Com gentileza ou não, Walter, o texto que você removeu a pedido do Vargens contém o questionamento fundamental: “Por que Vargens condenou como ‘heresia’ a simulação de uso de drogas do Pr. Lucinho, da Igreja da Lagonha? Por que Vargens não condenou a defesa que Ariovaldo Ramos fez do uso REAL de drogas?”

Uma pista, se é que você deseja aceitar como calvinista, é que Ariovaldo é calvinista. A outra é que o Pr. Lucinho é de uma igreja neopentecostal.

Vargens já foi pego recomendando Ariovaldo, conforme registrado por este blog. E não é necessário mencionar a habitual hostilidade dele contra neopentecostais. Aliás, uma das amigas dele o chama de “apologeta contra as heresias do neopentecostalismo.” Daí, como bom calvinista que é, quando um calvinista defende o uso REAL de drogas, Vargens nada vê e nada fala. Mas quando um neopentecostal não defende o uso real de drogas, porém apenas sua simulação, Vargens grita: “heresia!”

Nesse ponto, dá para pensar: qualquer um que faz esse tipo de juízo desigual é doente.

Independente se as partes são calvinistas ou neopentecostais, a marca do cristão deve ser a justiça, mas o que vimos aí foram dois pesos e duas medidas. Não havia nenhuma necessidade de você remover, a pedido do Vargens, o artigo que cobrava a injustiça dele. E havia e há muita necessidade de mais cobranças a ele.

Walter H. C. Silva disse...

Julio, agora eu tenho certeza que essa pessoa que disse pra vc que eu tirei um twitt meu (como vc afirmou) te informou errado mesmo. EU JÁ DISSE E TORNO A REPETIR: APENAS COMENTEI "GUERRA SANTA" EM TOM DE BRINCADEIRA. SE VC TIVESSE ME DITO Q TB NÃO ESTAVA EM GUERRA COM NINGUÉM E COM GENTILEZA TIVESSE ME PEDIDO PRA EXCLUIR, EU O FARIA EM RESPEITO A VC E A VERDADE. (Não estou falando da verdade do apoio e uso de drogas. Eu nem sei disso) - Agora, SE DEPOIS DESSA MINHA RESPOSTA (onde eu estou afirmando a verdade pra vc, e estou te dando a oportunidade de apreciar a verdade por minha boca, não pela boca de um terceiro que nem me conhece), VC CONTINUAR INSISTIDO EM SUAS AFIRMAÇÕES SOBRE MIM, MINHA CONCLUSÃO É QUE VC NÃO TÁ AFIM DA VERDADE, NÃO ABSOLUTAMENTE. ACHO QUE EU JÁ DEIXEI CLARO O QUE ACONTECEU.

Vc quer saber de uma coisa, vc afirmou e eu concordo que Calvinista ou Arminiano, ou Pentecostal ou tradicional, que importa? Mostre-me os frutos? Isso que importa.
Eu nunca vi uma pregação do Ariovaldo e tô pouco ligando se ele é calvinista ou não! Eu não apoio o uso de Drogas, isso é ridículo. Quem mais é Calvinista? Eu não ligo. Não aceito a teoria Calvinista por causa dos calvinistas. Eu simplesmente acho que é o modo mais sadio de entender a Salvação. Não devo ser julgado por isso.

Se Ariovaldo e VArgens são calvinistas, que parte eu tenho com eles? Eu Creio em um Cristo poderoso que atua através de seu Espírito. Se tem Calvinista morto espiritualmente, não me importo. Me importo mais com aqueles que estão de fatos mortos em seus pecados, os não crentes. Se tem algum cristão, calvinista ou não, que afirma que droga é sadia, que aborto é normal, que homossexualismo é comum, estes tais irão receber a devida recompensa por seus ensinamento. A condenação dos tais é merecida, como dia Paulo.

Então Julio, espero ter ficado claro que estou no meu direito de respeitar pessoas que eu acho que merecem respeito, e vc tb é uma delas, pois até o momento não o ofendi em nada.

E mais, não pense que todo Calvinista é um esquerdista filho do diabo. Eu nem me importo com o título, prefiro ser chamado de Cristão, somente isto. É isso que me identifica com o Cordeiro.

Fica na paz...