24 de novembro de 2012

Paquistão anula processo contra jovem acusada de profanar Corão


Paquistão anula processo contra jovem acusada de profanar Corão

Rimsha, de 14 anos, queimou páginas de livro sagrado sem querer e foi presa

A justiça paquistanesa anulou as acusações contra Rimsha, uma jovem cristã acusada de ter profanado o Corão, um caso que provocou grande comoção no país e no exterior. O Tribunal de Islamabad declarou Rimsha inocente, segundo Akmal Bhatti, um dos advogados da jovem, libertada após o pagamento de fiança em setembro e colocada desde então em prisão domiciliar.
Rimsha
Rimsha, uma jovem analfabeta de 14 anos, foi acusada em agosto por vizinhos de ter queimado folhas nas quais estavam escritos versículos do Corão, crime que pode ser punido com a prisão perpétua no Paquistão, de acordo com a lei da blasfêmia. Segundo um relatório médico realizado por uma comissão oficial, ela tem idade mental de sete anos.
O caso teve uma virada espetacular quando a polícia acusou o imã de uma mesquita próxima da residência da jovem de ter introduzido pessoalmente páginas do Corão entre os papéis queimados, que haviam sido levados por um vizinho, com o objetivo de expulsar os cristãos de um bairro de Islamabad.
Legislação — A lei da blasfêmia foi estabelecida no período de dominação britânica para prevenir choques religiosos, mas nos anos 1980, com uma série de reformas feitas pelo ditador Zia-ul-Haq, começou a ser usado como forma de perseguição religiosa. Em 2011, foi assassinado o ministro cristão Shahbaz Bhatti, que havia se manifestado contra a lei de blasfêmia.
Fonte: Revista Veja
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:

4 comentários :

Fabiano disse...

Infelizmente, o cristão é desfavorecido na maioria dos países, incluindo o Brasil e os EUA, que eram para dar exemplo por serem locais predominantemente cristãos... Mas não, existe um "grupelho" com meia dúzia de depravados que queimam Bíblia e profanam santos religiosos, para depois ir fazer beicinho, sentado no colo do governo: "Uiii... os religiosos fanáticos nos perseguem".
Ensacar essa cambada toda e mandá-los pra lá, queimar o corão e blasfemar Maomé, aí sim eles poderão encher a boca gritanto que estão sendo perseguidos.

Anônimo disse...

Imagine se tivesse queimado esse livro dos infernos propositadamente?!
Ela seria queimada viva!
Quanta gente estúpida e tapada há no Ocidente, meus Deus!!! Os psicopatas muçulmanos por lá, queimam cristãos e os ocidentais ficam perplexos porque alguns gatos pingados queimam um livro ridículo chamado Corão.
É a excrescência elevada ao cubo.

Esther Kochav disse...

Glória a Deus!
O Senhor Deus fez a verdade vir à tona!

Salmos 113:1
LOUVAI ao Senhor. Louvai, servos do Senhor, louvai o nome do Senhor.

Anônimo disse...

Rimsha, de 14 anos, queimou páginas de livro sagrado sem querer e foi presa
-----------------------------------
Que Deus abençõe essa menina espero que muito breve ela se converta ao verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo e se libertar dessa religião tão radical, maléfica, opressora aos seus adepetos que esse islamismo.

Ester!!!!