16 de novembro de 2012

Brasil vai sediar maior evento pró-Palestina do mundo


Brasil vai sediar maior evento pró-Palestina do mundo

Julio Severo
O Fórum Social Mundial Palestina Livre acontece em Porto Alegre, Brasil, de 28 de novembro a 1 de dezembro de 2012, à luz das tempestuosas mudanças que se tornaram conhecidas como “Primavera Árabe”, em que governos muçulmanos foram substituídos por governos islâmicos radicais, com horrendas consequências para os cristãos.
Os organizadores do imenso fórum pró-Palestina agradeceram ao governo brasileiro por acolherem o evento, e eles o veem como “um marco crucial e extraordinário no processo de amplificação do apoio” à luta palestina pelo exercício do que eles consideram como um “direito inalienável” dos palestinos: “um Estado independente com Jerusalém como sua capital”.

Apoio de cristãos e judeus esquerdistas

O FSM Palestina Livre se gaba de que seu evento tem o apoio oficial de “proeminentes figuras teológicas e do Conselho Mundial de Igrejas”.
Leonardo Boff, o mais proeminente defensor da teologia da libertação no Brasil, manifestou apoio ao FSM Palestina Livre afirmando: “É nosso dever estar do lado dos palestinos”.
Nancy Cardoso, pastora metodista do CEBI (Centro Ecumênico da Bíblia), do Rio Grande do Sul, disse: “Nós vemos o FSM Palestina Livre como um espaço fundamental para dar voz aos nossos irmãos e irmãs palestinos”.
Autoridades religiosas esquerdistas de Israel e outros países confirmaram sua presença, inclusive o professor de teologia Marc Ellis, judeu americano que é escritor e ativista da teologia da libertação.
Delegações de 36 países dos cinco continentes já se inscreveram para o Fórum Social Mundial Palestina Livre, tornando este evento o maior encontro de solidariedade à causa palestina. As delegações dos seguintes países já confirmaram a sua presença: África do Sul, Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, Escócia, Espanha, Estados Unidos, Filipinas, França, Gana, Guiné, Índia, Inglaterra, Irã, Israel, Itália, Japão, Jordânia, Líbano, Noruega, Palestina, Paquistão, Paraguai, República Democrática do Congo, Senegal, Suazilândia, Togo, Tunísia, Uruguai e Venezuela.

Palestrantes radicais

Entre os palestrantes estão:
Ronnie Kasrils (nascido em 15 de novembro de 1938) é um político sul-africano. Ele foi membro do Congresso Nacional Africano (CNA) bem como membro do Comitê Central do Partido Comunista Sul-Africano. É um dos oradores mais eloquentes contra Israel e a favor de um Estado palestino.
Angela Yvonne Davis (nascida em 26 de janeiro de 1944) é uma afro-americana e proeminente líder do Partido Comunista dos EUA. Ela era diretora do departamento de Estudos Feministas da Universidade da Califórnia, em Santa Cruz. A especialidade dela é o feminismo, estudos afro-americanos e marxismo. O fato de ela ser membro do Partido Comunista levou Ronald Reagan a requisitar em 1969 que ela fosse proibida de ensinar em qualquer universidade no Estado da Califórnia. Ela era uma das suspeitas no sequestro e assassinato do Juiz Harold Haley em 1970. Ele é autora de nove livros, e tem dado aulas nos Estados Unidos, na Europa, na África, na Ásia, na Austrália e na América do Sul.

Objetivos

Em seu evento no Brasil, o Fórum Social Mundial Palestina Livre tem como alvo:
1) Defender o direito do povo palestino lutar contra Israel.
2) Fortalecimento e expansão da participação na campanha global, liderada pelos palestinos, de boicote, desinvestimento e sanções (BDS) contra Israel. Essa campanha BDS, que abrange boicotes a Israel e empresas internacionais, já foi adotada por grandes denominações protestantes americanas, inclusive presbiteriana, luterana e anglicana.
3) Fazer do Fórum Social Mundial Palestina Livre uma plataforma para a construção de estratégias BDS contra Israel, objetivando, primordialmente, o boicote aos acordos de livre comércio entre Israel e outros países, ou grupo de países, como União Europeia e Mercosul.
4) Reconhecimento e apoio à luta dos judeus progressistas em toda parte, em especial aqueles que apoiam a criação de um Estado palestino.
5) Apoio à resistência palestina contra Israel.
6) Lançamento de campanhas eficazes de informação pública para incentivar os meios de comunicação a desmascarar e condenar Israel.

Localização estratégica

O Fórum Social Mundial Palestina Livre escolheu o Brasil para seu megaevento por causa de sua importância politicamente estratégica. Dois anos atrás, o ex-presidente Luiz Inácio “Lula” da Silva reconheceu oficialmente a Palestina como um Estado nacional. Sua sucessora, Dilma Rousseff, tem prosseguido a defesa da causa palestina iniciada por ele.
O fórum acontecerá em Porto Alegre, no Estado do Rio Grande do Sul, onde o Partido dos Trabalhadores tem uma presença forte. A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, com seus 700.000 membros, tem também uma presença forte nesse estado.
Essa denominação luterana tem tido um papel crucial na defesa da teologia da libertação e um ex-presidente, que é um proeminente líder no Conselho Mundial de Igrejas, esteve implicado em esquemas soviéticos décadas atrás, de acordo com uma denúncia na mídia dos EUA.
Entretanto, mais estratégica é a região. Porto Alegre fica perto da Tríplice Fronteira (Brasil, Argentina e Paraguai), em que grupos terroristas como al-Gama'a al-Islamiyya, Jihad Islâmica, Hezbolá e al-Qaeda extraem parte de seu financiamento.
Leitura recomendada:
Sobre o perigo das igrejas protestantes progressistas:
Sobre Israel:
Sobre a Palestina:

15 comentários:

Anônimo disse...

Está claro que esses movimentos criminosos não querem a paz com Israel (a única democracia da região). É importante frisar, que os países árabes bem como movimentos esbirros do esquerdismo e do islamismo como esse, estão em franca e declarada guerra contra o Estado Judeu. Agora mesmo, uma chuva de mísseis lançados por terroristas palestinos, atingem Israel, ao todo são por volta de 1000 mísseis anuais. No entanto, a imprensa oficial do esquerdismo sempre tem seu dedo em riste apontado para Israel. Se pretendem fazer boicote econômico contra Israel, é bom que se preparem para voltar aos tempos do arado, pois de alimentos até notebooks que eles consomem, vem de Israel, não só dos campos e das fábricas como também através das fronteiras.

ISRAEL, A MENINA DOS OLHOS DE DEUS!

Silvio disse...

É um contra-senso se dizer cristão e de esquerda. A esquerda é atéia e anti-cristã.

REI... disse...

All in Israel...

Julio Severo disse...

Gente, lutar contra Israel é coisa séria, e o Brasil está fazendo isso ao permitir que ocorra em Porto Alegre o maior evento pró-Palestina e contra Israel no mundo. Por favor, divulguem este artigo e, se você tem amigos influentes, é hora de pressionarmos para que este evento, patrocinado e apoiado por evangélicos e católicos progressistas, seja cancelado. Os radicais do mundo inteiro, que querem estar neste evento, precisam levar um belo chute no traseiro e voltar para as tocas de onde vieram. Precisamos nos mobilizar, pois toda nação que se coloca contra Israel escolhe seu próprio fracasso e queda. Se você ama o Brasil e não quer vê-lo destruído, por favor aja! Peço a mobilização de todos!

Anônimo disse...

“Nós vemos o FSM Palestina Livre como um espaço fundamental para dar voz aos nossos irmãos e irmãs palestinos”.

Desde quando não-cristão viraram irmãos? quanta coisa obscura vemos nas igrejas hoje!

Anônimo disse...

Muitas nações atacarão Israel na grande tribulação, e serão destruidas por Cristo, e quem garante que o Brasil não será uma delas? ADALBERTO PIMENTEL

Anônimo disse...

Muitas nações atacarão Israel na grande tribulação, e serão destruidas por Cristo, e quem garante que o Brasil não será uma delas? ADALBERTO PIMENTEL

Anônimo disse...

Israel, eterna e indivisível.

Pastor Caleb Lakstigal

marcelo disse...

Tantos falam tantas coisas e não sabem nem onde estão se metendo, como que querendo ajudar ao Senhor Deus a cumprir os Seus planos (ou até impedi-los, como se isso fosse possível).

Eu me refiro a todos (a mim também), incluindo os governantes brasileiros que parecem ignorar a PALESTINA BRASILEIRA que se transformou a cidade de SP. Isso funciona mais ou menos como aquele que gosta de dar lição de vida e falar da vida alheia, esquecendo-se dos seus próprios problemas e ignorando que é um miserável e desqualificado.

Está na cara que se trata de uma ação propagandística de alguém que quer se projetar na mídia internacional, como fez desastrosamente o cidadão (criminoso) Lula...todavia nem ele e nem ela sabem onde estão pondo as suas patas, até porque demonstram não conhecer e nem se interessar pela história de Israel.

Se fosse o cidadão (criminoso) Lula que estivesse empreendendo essa sandice, eu até sugeriria uma explicação: movido pelo sentimento que tomou o seu coração de trazer o povo nordestino todo para SP, acabando com a infraestrutura da cidade (pois cidade nenhuma suportaria o que foi feito, ainda mais em se tratando de um país de terceiro mundo com o Brasil), esse nobre filho de Lampeão, num ímpeto de amor ao próximo (que ele não tem), estaria demonstrando o seu lado humano e se compadecendo dos pobres árabes desterrados (os palestinos), os quais são rejeitados pela imensidão de irmãos de sangue que vivem aos seus redores (os quais não os querem receber nas suas pátrias, mostrando o quanto amam seus semelhantes - os palestinos).

Mas, mesmo que isso fosse verdade, pelas atitudes desse criminoso, que para mim não passa de um analfabeto cultural e moral, eu jamais acreditaria nisso, pois ele provou que é um MENTIROSO e que não está nem aí com os sentimentos alheios.

Ao invés de investir nas suas terras de origem, dando dignidade aos brasileiros do Nordeste, ele os trouxe de lá para cá, para mergulhá-los no caos das drogas, da prostituição, da sodomia e de tudo que não presta, em troca de VOTOS.

Não satisfeitos com o crime que estão cometendo com a nossa pobre nação, entregando-a nas mãos dos narcotraficantes e da elite transnacional, agora eles querem resolver os problemas dos outros, como se os nossos já não fossem suficientes para nos causar tanta revolta...isso não passa de soberba e grandeza da parte de pessoas que historicamente ROUBARAM e MATARAM seus semelhantes em nome do deus deles: Mamom.

Nunca foram HUMANOS, na essência da expressão, e nunca serão, pois para ser um HUMANO tem que, primeiro, reconhecer a existência de Deus (que nos criou macho e fêmea), mas eles, ao contrário, se acham deuses ao ponto de, em nome da "humanidade" que lhes é peculiar, criarem uma nova raça, meio-homem e meio-mulher, São cegos desumanos guiando outros cegos desumanos para o ABISMO.

Deixem o Senhor trabalhar e cumprir aquilo que estabeleceu pelo Seu próprio poder, afinal o Abismo cabe milhões de bestas quadradas como esses humanoides brasileiros metidos a heróis globalitários.

Sugiro assistirem a opinião do filósofo Olavo de Carvalho: https://www.youtube.com/watch?v=n0cRLUhdfMY

Idevam disse...

Irmãos o Governo Brasileiro esta determinado a colocar o Brasil em linha direta do julgamento de Deus Israel esta neste ezato momento entrando em Guerra com a Faixa de Gaza ea noticia e que Jerusalem foi atingida por Miseis vindos do Egito realmente o Fim dos tempos esta sobre nos que Deus tenha misericordia de todos nos

Trindade disse...

Olá Júlio;
Aos comentaristas contumaz desse blog, se vocês já se esqueceram, eu não.
Esse governo é também um governo do Senador Magno Malta e os ditos deputados e senadores da bancada evangélica, portanto fica a pergunta e ai bancada evangélica? A nacão de Israel vai ser pisoteada aqui nas barbas dos senhores? Tarso Genro esse petista é tão amigos dos senhores que nadas podes fazer? É cristãos somos de Deus e conhecemos a Sua santa e gloriosa Palavra, mas o diabo esta vencendo em ações e atos. Basta ver isso, em terras do Brasil vai sair uma sentença contra o povo de Deus,
A Igreja de Cristo gaucha envergonhou a fé cristã, pois o governador de todods os gauchos é um amante de quem quer acabar com Israel.

Neokoros disse...

Um dia, sem querer, tropecei na área que foi cedida pra embaixada da palestina em Brasília - localização excelente. Parei por alguns instantes, pra admirar a placa. Naquele instante tive certeza de que a causa palestina era tão importante pro PT quanto eleger lula uma 3ª vez.
Vejo agora que tinha razão. Infelizmente. Affff!
(Neste caso, Mil affss!)

Júlio, em tempo: você disse que "...toda nação que se coloca contra Israel escolhe seu próprio fracasso e queda."
Concordo. Espero ardorosamente que todo partido também.

Marcio GIL DE ALMEIDA disse...

Se alguém jogasse uma granada em sua casa, o que você faria? Diria que o vizinho tem razão em detonar a sua casa? Se um país vizinho fizesse campanha pelo fim do Brasil e o atacasse com misseis, o nosso país teria o direito de se defender? Qualquer um com juízo na cabeça diria que "sim", o Brasil tem direito de se defender. Agora é incrível quando pessoas criticam Israel por se defender de grupos terroristas que jogam misseis nele e faz campanha com outros grupos e países islâmicos pelo fim deste. Israel é um pais democrático com liberdade religiosa. Israel é um país de ponta tecnológica, um grande centro cultural, histórico e religioso. Sua agricultura é admirável. Se eu e um grupo de brasileiros evangélicos e/ou católicos fossem em Israel, teríamos liberdade para adorar o nosso Senhor Jesus Cristo. Se os islâmicos, Hamas, dominarem o território, farão o que é de costumes em países que dominam: prende e matam cristãos. Só na década passada mataram em torno de 100 mil cristãos. Estar contra Israel é contra a lógica da sobrevivência e do amor próprio. É ir contra os princípios da Palavra de Deus, é lutar contra Deus

Karly disse...

Para começar, eles não CONVIDAM O POVO, eles, os Palestinos, CONVOCAM, isso soa como uma ordem, vejam no link de Inscrição, mas eu os CONVIDO para que não se inscrevam, Israel está rodeado de inimigos que querem exterminá los...aqui o link com a Ordem de ir...
http://wsfpalestine.net/pt-br/the-call

Anônimo disse...

E claro que tudo isso so vai resultar na ruina ainda maior dos palestinos - os brinquedinhos que os arabes usam para fustigar Israel. Pode ate parecer que estarao levando a melhor por um tempo, mas depois sabemos o que vai acontecer. Apoiar tal coisa nao e somente uma questao de ignorancia - E UMA TEMERIDADE!!! Conscientemente ou nao, estao apenas provocando uma catastrofe de proporcoes astronomicas.