27 de novembro de 2012

Astro de “Two and a Half Men” chama seu seriado de sujo e pede que público pare de assistir


Astro de “Two and a Half Men” chama seu seriado de sujo e pede que público pare de assistir

O ator Angus T. Jones, astro da desbocada série cômica de TV “Two and a Half Men”, pediu aos espectadores que mudem de canal. Ele disse que suas recentes convicções religiosas são incompatíveis com o papel que ele interpreta na série, como um adolescente desencanado. Jones, de 19 anos, interpreta há nove anos o jovem Jake Harper, filho do personagem Alan (Jon Cryer).
 Angus T. Jones
E um vídeo gravado para a Igreja Cristã Precursora, da Califórnia e divulgado pelo YouTube, Jones pede aos fãs que parem de assistir ao programa e de “encher a cabeça de vocês com sujeira”.
“Se você assiste a ‘Two and a Half Men’, por favor pare”, diz Jones no vídeo. “Estou em ‘Two and a Half Men' e não quero estar nele. Se estou fazendo algum mal, não quero estar aqui. Não quero contribuir com o plano do inimigo. Não se pode ser uma verdadeira pessoa temente a Deus e estar num programa de televisão como aquele.”
“Não estou bem com o que estou aprendendo, com o que a Bíblia diz e com o que está naquele programa de TV”, acrescentou.
A rede CBS e a produtora Warner Bros Television não quiseram comentar as declarações, que podem criar um novo problema para a popular série. Em 2011, o programa precisou passar por uma reformulação devido à demissão do protagonista beberrão e prostituto Charlie Sheen, substituído por Ashton Kutcher.
Fonte: Yahoo
Divulgação: www.juliosevero.com
Artigos sobre atores:
Ator pornô gay mata e canibaliza amante

12 comentários :

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Se esse ator (que se diz cristão) sabe que o meio artístico é corrompido, por que, ainda assim, ele continua a fazer parte desse mesmo meio?

Quem é cristão não pode estar no meio de ímpios. Todo verdadeiro cristão tem a obrigação de ter uma uma vida pura, santificada, separada das corrupções do mundo. É como diz a Palavra de Deus:

"Aquele que não renuncia a tudo que tem não pode ser Meu discípulo" (Lucas 14:33)

"Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, todo aquele que se faz amigo do mundo se constitui inimigo de Deus" (Tiago 4:4)

"Não ameis o mundo, e nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Pois tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, assim também como a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre" (1 João 2:15–17)

Espero que um dia esse ator seja um profeta a serviço do Reino de Deus.

Anônimo disse...

Garoto corajoso.

Esther Kochav disse...

Eu tinha acabado de ler esta mesma notícia e pensei que o irmão poderia postá-la. Se desse para postar o vídeo, ficaria legal. Acho que logo sai o vídeo legendado.

Esse seriado é sujeira mesmo, apela sempre para o que é errado (como os outros também fazem).

Achei em outros sites, mais coisas sobre o que o Angus disse:

"Se eu não estou fazendo o trabalho de Jesus, Deus pode me levar agora, já posso morrer. Não quero contribuir para o plano dos inimigos. Eu até poderia pensar, 'posso ser um cristão e trabalhar na série', mas, não. Não posso. Você não pode ser um bom cristão estando em um programa de televisão como esses. Eu sei que não posso"

"As pessoas me veem e dizem, 'uau, você é o Jake!'. Mas o Jake não significa nada. Por favor, se você vê Two and a Half Men, pare com isso. Estou dentro da série e não quero estar. Por favor, pare de encher sua cabeça com essa bobagem. Dizem que é entretenimento, mas faça uma pesquisa por você mesmo sobre os efeitos da televisão em seu cérebro e você conseguirá formar uma opinião sobre a TV. E as notícias não serão nada boas."

Eu concordo com o presbítero Valdomiro.
O Angus deve sair desse programa. E imediatamente!

miriandeus disse...

Que belo exemplo desse ator: ele tem em si o verdadeiro sentimento cristão - o sentimento de amor por Deus. Espero que ele se mantenha firme nessa convicção em cristo. Que Deus o abençoes na prática da Palavra (Bíblia).

Anônimo disse...

"Se esse ator (que se diz cristão) sabe que o meio artístico é corrompido, por que, ainda assim, ele continua a fazer parte desse mesmo meio?"

Será porque ele é Adventista do Sétimo Dia?, e também por causa da grana?

André

Anônimo disse...

Boa noite!
Minha sincera opinião parece que esse jovem ator Angus T. Jones caiu em si e viu aonde ele se enroscou em aceitar participar dessa série apelativa.
O problema dele como cristão foi ter ele aceitado estar nessa produção porque todo ator/atriz ele lê antes de fazer o teste a proposta a "história" o roteiro(script) quando ele vai tentar pegar um papel na tv, cinema, teatro devia ter recusado entrar nessa produção.

Uma coisa que eu percebo tem um certo até pré-conceito no meio cristão a pessoa não pode ser cristão e exerce a sua arte ser artista é profissão sim.
Quem disse que você escolhe ser artista? ator/atriz/cantor/cantora/escritor/escritora?
É VOCAÇÃO/DOM como qualquer outra profissão como professor, médico, enfermeiro, jornalista, militar etc... que está nessas profissões não por não ter escolhido elas mais as mesmas que escolhe o indivíduo.

Vejo que há no meio artístico graças a Deus tem cristãos "verdadeiros" no meio das artes no brasil e no mundo além de exercer a sua profissão e oportunidade você fazer a diferença e levando Deus para os artistas incrédulos eles merecem ouvir e vê exemplos do meio deles que vale a pena ser de Cristo e aceitá-lo como Senhor e Salvador de suas vidas e serem salvos.

Vou dá quatro exemplos: atriz bra Isabella Drumond é cristã está dando exemplo nesse meio além do talento, atitudes, comportamento, fé.

Ator Guilherme berengue bra é um cristão além de talentoso sempre demonstrou em suas atitudes, comportamento, fé.

Atriz dos EUA que se consagrou na série Cold Case ela protagonista da série Kathryn Morris, além de talentosa atriz e sempre demonstrou em suas atitudes e comportamento exemplar no meio dela hoolidiano.

Famoso dramaturgo e ator "Shakespeare", pra quem não sabe ele era cristão super bem casado e fiel pai de bastante filhos até o fim da vida dele tinha vida bem pacata numa casa simples e florida mais com muito amor um cara 100% família e fiel a Deus.
Considerado o pai das "artes cênicas" o mais famoso e mais retratado suas obras e peças de teatro ao redor do mundo.

Ester!!!!














Edmilson disse...

Amada irmã Ester,

Concordo com você em parte. Realmente, nós não escolhemos o queremos ser (ou que profissão iremos exercer). Nisso você tem toda razão.

Quanto ao que você disse sobre a pessoa não poder ser cristã e exercer a sua arte, eu faço algumas ressalvas. Se alguém se diz cristão, tem que utilizar o seu conhecimento (ou a sua profissão) a favor do Reino de Deus (e agir como um verdadeiro cristão).

Se eu fosse um ator, eu jamais aceitaria fazer papel de um ímpio. Já imaginou como seria incoerente um ator cristão representar um satanista, um homossexual, um pedófilo (ou qualquer coisa os princípios cristãos)?

Aí alguém poderia dizer: "Mas você é ator, você não é diretor. É o diretor quem escolhe o papel que você vai representar, não é você". Mas eu tenho livre arbítrio para aceitar ou não. E se eu tivesse que fazer um papel de um ímpio, eu prontamente recusaria (mesmo que isso custasse o meu emprego). Não abro mão dos meus princípios cristãos por nada neste mundo. É como bem disse o apóstolo Tiago:

"Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, todo aquele que se faz amigo do mundo se constitui inimigo de Deus" (Tiago 4:4)

Muita gente poderia rebater este meu argumento dizendo: "Mas a pessoa só está representando. Não tem nada a ver com a vida real". Quem me garante que não virão cobranças depois? A Bíblia diz que somos rodeados por uma nuvem de testemunhas (Hebreus 12:1). Ou será que Deus não está vendo como eu estou agindo?

O presbítero Valdomiro disse uma coisa muito certa no comentário dele: todo verdadeiro cristão tem a obrigação de ter uma uma vida pura, santificada, separada das corrupções do mundo. Como eu posso ser um verdadeiro cristão no meio de ímpios (ou representando um ímpio)?

O apóstolo Paulo disse que devemos examinar tudo e reter o que for bom (1 Tessalonicenses 5:21). Se eu sei que eu vou fazer algo que é contra os princípios cristãos, eu prontamente devo recusar (é assim que todo verdadeiro cristão deve agir). Novamente o apóstolo Paulo se manifesta:

"Porque, procuro eu o favor dos homens ou o favor de Deus? Ou procuro agradar a homens? Se ainda estivesse agradando aos homens, não seria servo de Cristo" (Gálatas 1:10)

"Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice do demônios; não podeis participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios" (1 Coríntios 10:21)

"Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não vou me deixar seduzir por nenhuma delas" (1 Coríntios 6:12)

A mesma coisa é dita por Jesus:

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou amará a um e odiará o outro, ou há de se dedicar a um e desprezar o outro" (Mateus 6:24)

Finalizo minha mensagem com um versículo para a reflexão de todos:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

P.S: Se alguém quiser se manifestar, esteja à vontade

Anônimo disse...

Isabelle Drumond, não é a atriz que disse que não teve nenhum problema fazer sua primeira cena nua?

André

Téo disse...

Eu assino embaixo de tudo o que o Edmilson falou. Um verdadeiro cristão não pode estar no meio de ímpios (nem tampouco agir como ímpio).

A vida do cristão é uma vida separada da sujeira do mundo. Quem é da luz não pode se misturar com as trevas. É como Jesus disse:

"Eu sou a luz do mundo. Quem Me segue não andará nas trevas, mas terá a luz da vida" (João 8:12)

A mesma coisa é dita pelo apóstolo Paulo:

"Não vos coloqueis num jugo desigual com os incrédulos. Pois, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que união pode haver da luz com as trevas? E que aliança há entre Cristo e o Maligno? E que parte tem o fiel com o infiel? E que concordância existe do templo de Deus com os ídolos?" (2 Coríntios 6:14–16)

Parabéns ao Edmilson pela opinião sábia sobre sobre a vida de um verdadeiro cristão.

Anônimo disse...

Eu gosto muito de comédias norte americanas e admito que até relevo algumas piadas sujas, mas não tenho paciência para Two and a Half Man... Essa série é uma imundice de revirar o estomago... E o problema não era o Charlie Sheen... Os outros personagens tão são asquerosos, principalmente a mãe dos irmãos Harper, que é a personagem mais repugnante que eu já vi em uma série...

Gomes disse...

Assisti a "meio" episódio dessa nojeira e fiquei triste por ver o quanto se debohca do Altíssimo.

LÍRIO DOS VALES! disse...

gente o rapaz se converteu a pouco tempo então vamos ter paciência até pq ele deve ter um monte de compromisso contrato assinado,as coisas não se resolvem assim.

então não vamos fazer pouco da conversão dele o rapaz está tendo muita coragem de mostrar que aceitou a Cristo coisa que muitos hoje tem vergonha de fazer.