6 de outubro de 2012

Programa Amor & Sexo traz polêmico pastor presbiteriano para opinar sobre homossexualismo


Programa Amor & Sexo traz polêmico pastor presbiteriano para opinar sobre homossexualismo

Líderes de outras três religiões também mostraram suas opiniões a respeito do homossexualismo

Julio Severo
Durante o programa Amor & Sexo da última quinta-feira (4 de outubro) quatro líderes representantes de religiões diferentes participaram dos quadros onde um artista decidiria algumas atitudes que teria se fosse homossexual enquanto os religiosos teriam a oportunidade de dar nota e falar sobre como enxergam cada um desses fatos.
Alexandre Borges no Amor e Sexo
No segundo quadro do programa da TV Globo, o ator Alexandre Borges interpretou papel de um homossexual que, junto com seu parceiro, adotou um menino. O script da Globo colocou o personagem na posição, diante do público, de responder ao menino adotado se a relação homossexual era aprovada por Deus. O personagem gay, interpretado por Alexandre, explicou para o menino que “dois homens estavam desempenhando o papel de pai e mãe que essa era a realidade dele, independente de religião”.
Nesse ponto, ficou claro que a meta do programa era mostrar que, independente das religiões e do tipo de relação sexual dos adotantes, o importante era transmitir que duplas gays adotam com amor.
A resposta dos religiosos presentes incluiu comentário do pai-de-santo Ivanir dos Santos, que aprovou a resposta que o personagem gay deu para o menino. A aprovação de Santos não foi anormal, considerando que as religiões afro-brasileiras e seus guias espirituais aceitam muito bem as práticas homossexuais.
O padre Juarez de Castro também aprovou, explicando sua visão: “O último código canônico diz que a maior lei será sempre o amor”. A aprovação do padre é de espantar, considerando as posturas públicas claras do Vaticano contra o homossexualismo e adoção de crianças por duplas gays.
A resposta do Rev. Marcos Amaral, de acordo com a Globo, foi igualmente de espantar. Ele deu nota máxima às palavras do personagem gay para o menino, e disse: “Apesar dos nossos dogmas, a igreja não pode se fechar. Uma coisa é a nossa visão confessional e outra coisa é a nossa visão existencial. Não podemos demonizar pessoas”.
Esta não é a primeira vez que o Rev. Marcos, da IPB de Jacarepaguá, se envolve em polêmica. Conforme denúncias que o Blog Julio Severo vem fazendo desde 2008, o pastor presbiteriano tem se aliado ao pai-de-santo Ivanir dos Santos em iniciativas governamentais de combate à intolerância religiosa. Embora o título das iniciativas seja genérico, como se aplicando a todas as religiões, o alvo verdadeiro é proteger e promover as religiões afro-brasileiras e suas práticas em todos os cantos da sociedade.
Amaral, que hoje é um queridinho da Globo e outras mídias de destaque, mais uma vez mostrou publicamente que está à altura de uma babilônica união religiosa ao fazer a mesma coisa que seu colega pai-de-santo fez: dar nota máxima ao quadro de um menino vivendo numa atmosfera de abuso psicológico e até físico de uma dupla gay.
Leitura recomendada:

20 comentários :

Abraão disse...

Rapaz! Será que ninguém repara em como esse programa é comprado?

A globo não dá ponto sem nó, leva um padre anti-cristo (2 vezes) e um pastor anti-cristo, para falarem exatamente o que a globo quer, ou seja, promover o homossexualismo entre aqueles que tem a mente fraca e se identificam como cristãos.

Anônimo disse...

como podemos ver em genesis, a Terra foi julgada porque a sociedade em que Noé vivia estava completamente corrompida e cheia de violencia. HÁ LIMITE para a paciencia de Deus para com os erros que as pessoas cometem, limites estes que sao gerais, globais, e tambem pessoais, individuais.

O julgamento de Deus virá sobre a Terra. Mas ainda há esperança; Deus é um Deus misericordioso, e permite que nos arrependamos de nossos pecados... até o dia em que Ele fechar a porta da Arca.. aí ja era

Saulo

Anônimo disse...

Que coisa triste.
Tais sacerdotes deviam ser expulsos de suas religiões, por deturpar a palavra de Deus.

De onde será que vem esse financiamento para promover a imoralidade.
Somente com a compra de órgão de mídia de massa é que os cristãos poderão salvar a humanidade.

Anônimo disse...

Sacerdotes que se prezam, sequer cogitariam em aceitar um convite desses e ainda mais da besta rede Globo. Fico com a tradição da igreja. Fico com Cristo.

Anônimo disse...

Irmão Júlio, lamentável a postura desse "pastor". Pastores que se pastoreiam a si próprios, mas que, na verdade, são lobos em pele de ovelha, infelizmente parecem ser a regra hoje.

Aproveitando a deixa, quero dizer da minha decepção ao ler um artigo postado no site Portas Abertas, de autoria de um cidadão chamado Marcelo Peixoto, onde o estilo do seu artigo, pelo menos na primeira parte que foi publicada hoje, é na linha do politicamente correto. O segundo parágrafo do texto é de espantar, pela deformação da verdade dos fatos, e peço permissão para reproduzi-lo aqui:

"O que é necessário para uma sociedade mais justa e igualitária? Do que é que um país precisa para acabar com a corrupção e o alto índice de desemprego? Quem pode mover uma nação em torno de um mesmo ideal revolucionário e de um objetivo específico? Como acontece uma revolução? Talvez as respostas mais óbvias sejam: uma melhor distribuição de renda, um sistema de leis mais rígido, uma moeda forte e um amplo mercado de trabalho com mão de obra especializada e capacitada. E, por fim, um exército revolucionário bem armado, que tome o poder (golpe de estado) e implemente mudanças significativas. Essas respostas são boas e, até certo ponto, verdadeiras, mas devem ser o resultado das mudanças sociais – e não a causa."

Onde já se viu que um exército revolucionário que dá um golpe de estado é algo bom e verdadeiro? Onde já se viu que, para existirem mudanças significativas, haja necessidade de revoluções com exércitos bem armados?
E as revoluções, começando da Francesa, passando pela Russa, Chinesa e tantas outras, que mataram milhões de irmãos nossos cristãos?

Aí se pode ver até que ponto chegou a lavagem cerebral dos cristãos pela linguagem marxista: Um site de uma instituição séria, como é a Portas Abertas, que apóia os cristãos perseguidos, publicando um texto que exalta, de modo subliminar (já que o autor não menciona diretamente o marxismo), uma ideologia assassina responsável por dezenas de milhões de mortes, e por, ainda hoje, perseguir milhões de cristãos, é realmente um mau sinal. Um sinal de que muitos cristãos hoje em dia estão sendo apanhados, de modo sutil, nas teias da ideologia marxista, passando a pensar em termos revolucionários. E, pior, achando, com isso, que estão servindo a Deus da melhor maneira possível.

Se você Júlio, puder publicar um texto sobre isso, a verdade dos fatos agradece.

Fique na paz.

Luiz Oliveira

O link para o texto é http://www.portasabertas.org.br/noticias/2012/10/1843078/#comment1843761

Anônimo disse...

A resposta do Rev. Marcos Amaral, de acordo com a Globo, foi igualmente de espantar. Ele deu nota máxima às palavras do personagem gay para o menino, e disse: “Apesar dos nossos dogmas, a igreja não pode se fechar. Uma coisa é a nossa visão confessional e outra coisa é a nossa visão existencial. Não podemos demonizar pessoas”.
----------------------------------
Bom dia! irmão tá há diferença de um falso pastor versus o verdadeiro pastor de onde ele tirou essa mentalidade Ahhh "dogmas"?
A IGREJA DO SENHOR JESUS CRISTO NÃO FORMADO POR "DOGMAS E PRECEITOS" DE HOMENS A BASE DA VERDADEIRA PREGAÇÃO EVANGELHO DE CRISTO ESTÁ NA BÍBLIA SAGRADA NA PALAVRA DE DEUS QUE TÁ ESCRITO NELA A GENTE SEGUE SE É SIM, SIM É SE NÃO E NÃO SE DEUS VIVO FALA É PECADO E PECADO A ÚNICA COISA QUE DEUS QUER QUE O SER HUMANO OBEDEÇA INTEGRALMENTE 100% ELA FALA USAR A FÉ PRÁTICA, FÉ INTELIGENTE( fé "Racional" alinhada a gente usa nossa cabeça juntamente com que está escrito na palavra só há resultados bons).
Diferente dessa fé "emotiva"(usada com o coração e sentimento) que a maioria usa nas religiões desse mundo que incluem tbm as igrejas evangélicas(Porque essa fé de pouca duração isso que a emoção e imediatista produz resumidamente quase nada poucos resultados).
Sabe porque a gente deve usar a RAZÃO e não o CORAÇÃO(emoção).
"PORQUE NOSSO CORAÇÃO É ENGANOSO E CORRUPTO QUEM O CONHECERÁ? disse bem no livro de jeremias.
Já isso não acontece quando a gente usa a cabeça, raciocina,analisa, prudente e alinhado a palavra de Deus não tropeçará e não iremos errar e se enganar.
EXEMPLO: Usar o coração é errado a gente já viu e vê vários caso a pessoa por ex na vida sentimental: Quando ela ou ele escolhe a pessoa errada para casar e vê depois mais porque pessoa não analisa antes de casar porque ela tá sendo enganada pelo sentimento de "paixão" isso vem do coração e sabemos paixão(carne, atração, aparência, isso dura pouco para ser base de uma casamento).
A base do casamento deve ser por AMOR não por paixão não tem nada haver com o AMOR vamos analisar outros aspectos disso por exemplo: amizade, afinidades, mental, espiritual.
ANTES DE ACONTECER O CASAMENTO? A OUTRA PESSOA QUE VOCÊ NAMORA VC TEM QUE VÊ SE O SEU ESPÍRITO BATE COM ESPÍRITO DA OUTRA PESSOA.
"A ALMA E ESPÍRITO" DESSA PESSOA TEM QUE BATER COM A SUA SE NÃO FAZ O PAR E ENCAIXE TEM QUE ACONTECER ANTES DO CASAMENTO É POR ISSO QUE ÚLTIMO ESTÁGIO É "CORPO" QUE DEUS AUTORIZA O SEXO DEPOIS DO CASAMENTO DE UM HOMEM E MULHER DEIXAR CLARO AQUI SEMPRE TÁ EM GÊNESIS QUE ACONTECE A UNIÃO DE UMA SÓ CARNE PRIMEIRO UNIÃO DE DOIS ESPÍRITOS.
O SER HUMANO FORMADO: CORPO, ALMA, ESPÍRITO. MAIS PRA SER BASE NO CASAMENTO FELIZ COMEÇA A UNIÃO ALMA, ESPÍRITO COM A OUTRA PESSOA E NÃO SÓ CORPO(carne).
Por isso a gente vê as pessoas infelizes no casamento porque a união foi feita por um sentimento de paixão e uso só do corpo a união daquele casal foi a base disso. Por isso existe separações e divórcios é esse troca a troca de relacionamentos porque? A pessoa aí não encontrou a pessoa certa só que ela continua a fazer errado o que Deus não manda se unir primmeiro corpo antes de verificar o espírito e alma daquela pessoa tem que fluir bater contigo.
Porque casamento não é só se sexo tem que existir amizade, companherismo, lealdade, fidelidade etc...
Por isso que o diabo usa e abusa do SEXO da forma PERVERTIDA faz de tudo para as pessoas as solteiras e solteiros se unir só pelo corpo e não pela alma e espírito primeiro por isso que existe o tal fica com um é fica com outro que acontece a pessoa dá a sua vida sexual assim ela tá pervertendo a sua vida sentimental sendo só usada ou usado por alguém que não pagou o preço de um compromisso que é a aliança do casamento.
Ester cont....

Anônimo disse...

Quem se faz amigo do mundo torna-se inimigo de Deus; amar a Deus significa aborrecer o mundo com seu sistema pecaminoso, e paga-se um preço por tal atitude, a qual é: ódio, desprezo e perseguição das pessoas.

Anônimo disse...

No dia em que os Cristãos começarem a boicotar a Globo, essa palhaçada acaba...

ÉLQUISSON disse...

Saulo,

Não só eu assino embaixo tudo o que você disse, como eu ainda acrescentaria o seguinte: do jeito que a imoralidade e o pecado já contaminaram o mundo inteiro (e do jeito que o homossexualismo está sendo escancaradamente divulgado), estamos inevitavelmente caminhando a passos largos para o mesmo destino final de Sodoma e Gomorra.

Pode ser que eu esteja enganado (me corrijam se eu estiver errado), mas, de acordo com as profecias da Palavra de Deus, o cálice da iniqüidade humana está ficando mais cheio a cada dia que passa. E vai chegar um momento em que esse mesmo cálice fatalmente vai transbordar. E quando isso acontecer, aí não vai ter mais jeito: a paciência de Deus vai chegar ao fim e Ele, inevitavelmente, vai entrar em ação para dar um basta na maldade humana!

Neste mesmo dia, Jesus voltará. E desta vez Ele virá não mais como o frágil Cordeiro a ser oferecido em sacrifício pelos nossos pecados, mas agora como o Soberano Juiz para julgar a tudo e a todos!

E uma coisa é certa: os homossexuais e os seus cúmplices que não se arrependerem agora de suas nojeiras vão conhecer (e também sentir) todo o rigor da lei de Deus contra o pecado quando estiverem diante de Jesus!

Será que esses homossexuais querem ver para crer? Ou eles estão duvidando da justiça de Deus?

Se, mesmo depois deste aviso, eles não quiserem se arrepender, então que eles mesmos encham o cálice da sua própria iniqüidade! Que bebam da ira do Senhor (e estejam prontos para sofrerem as conseqüências)!

"Não erreis: Deus não Se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso ele também ceifará" (Gálatas 6:7)

Alguém concorda comigo?

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Aproveito a presente oportunidade de que disponho para contestar o que disse o pastor Marcos Amaral:

"Apesar dos nossos dogmas, a igreja não pode se fechar. Uma coisa é a nossa visão confessional e outra coisa é a nossa visão existencial. Não podemos demonizar pessoas".

Só que esse mesmo pastor se esquece de um pequeno detalhe: o verdadeiro cristão jamais vai tolerar o pecado. A obrigação de todo e qualquer cristão é combater sempre o pecado (seja qual for).

Eu, como cristão, sempre prego (e sempre continuarei a pregar) contra o pecado. Nunca vou deixar de dizer que o homossexualismo é pecado (não estou nem aí para o que os homossexuais vão pensar de mim). Eles podem me prender, me perseguir, me xingar de homofóbico, fundamentalista, preconceituoso, e fazer o que quiserem (eu não me importo). Mas eu tenho meus princípios morais e cristãos com os quais eu fui criado, e desses mesmos princípios eu NUNCA vou abrir mão. Adoto comigo o mesmo lema dos antigos mártires da fé cristã: "Antes morrer do que pecar". Faço como disse o apóstolo Pedro:

"Importa antes obedecer a Deus do que aos homens" (Atos 5:29)

A lei de Deus é soberana, eterna e imutável (nunca poderá ser mudada por nada, e nem ninguém). Para Deus, pecado (seja qual for, inclusive o homossexualismo) é pecado sempre (e ponto final). A lei de Deus nunca irá se sujeitar (ou "se adaptar") aos tempos modernos ou ao "politicamente correto" do governo, dos homossexuais, dos abortistas, dos falsos profetas, e dos falsos evangelhos. A lei de Deus não foi feita para agradar aos homens (e nunca irá se sujeitar a homem nenhum). A respeito da lei de Deus, Jesus foi taxativo:

"Não penseis que vim revogar a lei ou os profetas; não vim para revogar, mas para cumprir. Pois em verdade Eu vos digo que, até que passem os Céus e a Terra, nenhum i ou til jamais passará da lei, sem que tudo se cumpra" (Mateus 5:17–18)

Será que o pastor Marcos Amaral ainda está lembrado disso?

Robério disse...

Vejamos o que a Palavra de Deus diz sobre o homossexualismo:

Romanos 1:24–32

24 Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;
25 Pois mudaram a verdade de Deus em mentira e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, o qual é bendito eternamente. Amém.
26 Pelo que Deus os entregou às suas paixões infames. Pois até as mulheres mudaram o seu uso natural, no contrário à natureza.
27 E, semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a punição que convém ao seu erro.
28 E como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convém;
29 Estando cheios de toda a iniqüidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;
30 Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes a pais e mães;
31 Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;
32 Os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.

A "tradução" que eu faço dos versículos do texto acima é esta (me corrijam se eu estiver errado):

24 – Deus, através dos Seus servos, chama os homossexuais ao arrependimento. Como eles não querem se arrepender, então Deus os deixa entregues à própria sorte;

25 – Deixaram de crer na Bíblia (mudando-a em mentira), e passaram a ouvir homens corruptos (outros homossexuais e demais escravos do diabo);

26 – As mulheres, ao invés de terem relações naturais com os homens, preferem se relacionar entre si;

27 – Idem para os homens (preferem se relacionar com outros homens ao invés das mulheres). Será que a AIDS não seria uma das conseqüências disso?

28 – Como não se importaram em conhecer e temer a Deus, então Deus os deixou livres para fazerem o que quiserem;

29 – Cheios de todo pecado, sem nenhum sentimento de culpa;

30 – Se pudessem, viveriam como ímpios num mundo totalmente sem Deus para pecarem à vontade (como em Sodoma e Gomorra);

31 – Querem sempre pecar e fazer de tudo (e usando de todos os meios) para viver eternamente no pecado, não se importando com o sofrimento alheio. Será que a pedofilia não estaria embutida aqui?

32 – Sabem que estão errados, mas, mesmo assim, não sentem nenhuma culpa ou remorso. E ainda são contra os que censuram o pecado (chamando-os de fundamentalistas, homofóbicos ou preconceituosos). Sem contar os que dão apoio às suas práticas (que o digam o STF, STJ, OAB, Marta Suplicy, Jean Wyllys, Toni Reis, Luiz Mott, Fátima Cleide, Iara Bernardi, Globo, Record, SBT, Band, partidos esquerdistas, pastores corruptos, evangélicos socialistas, demais ativistas e políticos pró–homossexualismo, além dos políticos da bancada evangélica que nada dizem ou fazem contra esta imoralidade)!

Será que a minha "tradução" está certa? Se alguém quiser dizer alguma coisa, o espaço está aberto para todos se manifestarem.

Sergio disse...

Apenas para esclarecimento e defesa da fé católica, que professo: Um Padre não fala em nome da Igreja Católica quando se pronuncia em qualquer assunto. Só quem pode falar em Nome da Igreja são os Bispos e o Papa.
Ou seja, a opinião do Padre é apenas uma opinião pessoal que infelizmente leva muita gente ao erro. Tomara que ele seja punido pelos superiores por sua conduta.

Eduardo Araújo disse...

Apoio a sugestão de um anônimo acima: boicotar essas porcarias e incentivar, ainda, o boicote aos produtos dos seus anunciantes.

É preciso, com urgência, acordar os cristãos "água com açúcar", de qualquer denominação, para reagir energicamente a essas investidas anticristãs.

Procuremos os padres e pastores de bem que possam fazer esse incentivo e divulgar a idéia em blogs, sites, missas, cultos, encontros etc.

Elias disse...

Eu nunca saberia que tal fato teria ocorrido se não tivesse lido aqui no blog do Julio Severo ou em algum site cristão ou conservador, pois eu jamais, em hipótese alguma, iria assistir a esse programa que deveria ter uma faixa etária para "maiores de de 350 anos".
Um programa desse tipo é pior do que um filme pornô, pois pior do que o pecado é falar sobre ele em altas vozes, regojizar-se com isso, elevá-lo à condição de algo desejável e louvável, sem sentir vergonha de expor isso em público.
Só o nome do programa já faria qualquer pessoa minimamente decente recusar-se a assistir tal lixo.

Eu fiquei impressionado, de cara, pelo fato de um padre e um pastor terem aceitado participar dessa imundícia.
Mas, o mais surpreendente, é que esses dois jumentos que fingem ser cristãos não só aceitaram participar alegremente como idiotas úteis nessa orgia linguística como, pior ainda, deram apoio à agenda gayzista satânica.
Os superiores desse falso pastor e desse falso padre deveriam expulsar esses dois canalhas a chutes e chicotadas da Igreja.
E isso precisa ser feito urgentemente, sob pena de a Igreja ficar desmoralizada ao se calar perante essa blasfêmia.

Esse pastor do Rio eu não conheço, mas esse padre fanfarrão é um sujeito dissimulado que ganha dinheiro e principalmente fama como cantor.
Ele sempre foi um pilantra dissimulado, que nunca se pronunciou para defender a Igreja e o Cristianismo, um verdadeiro omisso, um covardão que quer ficar de bem com o mundo esquerdista.
Mas, quando ele finalmente se pronuncia, é para dar apoio à agenda anti-cristã.
Sacana. Canalha. Cego guia de cegos.
Até quando a Igreja vai ser motivo de zombarias por parte dos próprios integrantes do clero, que agem impunemente?

Mateus disse...

Amado irmão Elias,

Não só eu assino embaixo tudo o que você disse, como eu ainda acrescentaria o seguinte: a igreja do Senhor tem que se manter pura neste mundo de pecado.

Foi justamente por isso que o Senhor Jesus, na Sua Palavra, disse com todas as letras:

"É impossível o escândalo não vir ao homem, mas ai do homem por quem o escândalo vem" (Lucas 17:1)

Escândalo. Não existe palavra melhor do esta para definir, de forma precisa, o que está acontecendo no meio do povo evangélico. É graças a esse tipo de coisa que as igrejas evangélicas ficam sem ter qualquer tipo de moral para pregar contra o pecado. Não sei se seria exagero da minha parte, mas eu diria que encontrar uma igreja 100% santa está sendo uma verdadeira raridade nos dias de hoje.

Diante de tal quadro, uma pergunta inevitável se faz necessária: qual a verdadeira igreja de Jesus? É aquela que exige santificação dos seus membros, que obedece somente à Palavra de Deus, que combate com firmeza o pecado, que não tolera as coisas mundanas dentro dela, e que não compactua com heresias e nem falsos profetas? Ou é aquela que aceita todo tipo de gente, que adota o "politicamente correto" (mas biblicamente imoral) para agradar aos homens e ao mundo, que tolera os "modernismos" do mundo, e que deturpa a Palavra de Deus para a conveniência de alguns?

Aliás, existem alguns "ingredientes" (escândalo dentro das igrejas, apostasia de alguns líderes e de alguns cristãos, e outras coisas erradas) que fazem parte do "pacote" pré–retorno de Jesus. A própria Bíblia confirma isso:

"E por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos se esfriará" (Mateus 24:12)

"Mas o Espírito expressamente adverte que em tempos posteriores muitos apostatarão da fé, e darão ouvidos aos espíritos enganadores e às doutrinas de demônios" (1 Timóteo 4:1)

Eu pergunto:

– Não é exatamente isto o que está acontecendo em algumas igrejas nestes últimos tempos?

– Por que muitos líderes e pregadores, que deveriam dar o bom exemplo, são os que mais se envolvem em escândalos (fazendo com que a igreja do Senhor fique com a imagem denegrida perante a opinião pública)?

Muitos pastores e líderes de igrejas talvez estejam esquecidos de que o julgamento de Deus começará dentro da igreja:

"Pois já é tempo de se começar o julgamento pela casa de Deus; e se começa primeiro por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus? E se somente o justo se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?" (1 Pedro 4:17–18)

Quando Jesus voltar, a Sua igreja terá que se apresentar a Ele com as vestes limpas (isto é, sem a mancha do pecado). É como disse o apóstolo Paulo:

"Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela Palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível" (Efésios 5:26–27)

Para esses pastores e líderes que estão sendo tolerantes com o pecado (e que estão permitindo a sujeira do mundo contaminar a igreja), Jesus dá uma advertência muito séria:

"Nem todo aquele que diz: Senhor! Senhor! entrará no Reino dos Céus, mas somente aquele que faz a vontade do Meu Pai que está nos Céus. Muitos, naquele dia, hão de Me dizer: Senhor, não profetizamos em Teu nome? E não expulsamos demônios em Teu nome? E não fizemos obras grandiosas em Teu nome? Porém, Eu vos confessarei: Nunca vos conheci. Apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniqüidade" (Mateus 7:21–23)

Só sei de uma coisa: quando Jesus voltar, toda essa sujeira vai ter fim! E muitos pastores e líderes de igrejas que estão agindo errado vão ter que prestar conta a Jesus! Eu não quero estar na pele deles neste mesmo dia!

Para finalizar minha mensagem, deixo este versículo para a reflexão de todos:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Gladstonier Serrano disse...

Eu como presbiteriano que sou me sinto muito envergonhado com essa atitude. Cabe ao supremo concílio excluir esse animal que quer manchar um bom testemunho que a IPB vem deixando desde sua fundação em 1859.. o cara quer manchar mais de 150 anos de exemplar conduta e apego às santas escrituras. As escrituras sagradas sempre foram e continuarão sendo a base da IPB. Só vale lembrar que a posição desse "senhor" não é a posição oficial da IPB. Lamentável, me sinto muito envergonhado e chateado com essa informação.

G disse...

http://reverendomarcosamaral.blogspot.com.br/ esse é o blog do rev Marcos. Já que seu interesse é pela defesa verdade e não é contra o pr. e nem contra a IPB estou deixando um meio para o irmão contactar o rev Marcos e conversar com o mesmo a respeito. Em Cristo, Gladstonier Serrano

Julio Severo disse...


Caro Gladstonier Serrano. Quando necessário, apenas exponho o que precisa ser denunciado. Veja, por exemplo, neste link, grandes líderes tradicionais, pentecostais e neopentecostais em escândalos:

Escândalos, tragédias e quedas entre evangélicos esquerdistas: coincidência ou castigo divino?

Sobre a IPB, não sei se você sabe, mas já ocorrem, em passado distante, grandes divisões na igreja por causa da maçonaria, que é considerada um tipo de bruxaria. Não me pergunte como uma denominação inteira consegue, durante MUITAS décadas, viver abraçada com a bruxaria.

tito disse...

Deixe para os gays o que é dos gays,e o que é de Deus ficamos com Deus.O próprio Deus em Romanos 1>26,27 diz que os entregou a sua própria sorte,isto quer dizer:Deus os abandonou e os entregou nas suas práticas,por que não fazemos o mesmo?Por que essa guerra que não leva nada e não faz diferença? Deus os entregou diz o texto sagrado,é bom conferir nas Escrituras.tito from brasília,salgado e apimentado.

Julio Severo disse...

Acho, Pr. Tito, que até décadas atrás, os homossexuais viviam entregues ao seu pecado e as igrejas não se intrometiam, se ocupando apenas para evangelizá-los. Mas hoje eles impor o pecado deles em todos nós. Eles querem “casamento”, como forma de serem reconhecidos socialmente e ganharem MUITA força para que entreguemos nossos filhos a eles. Note que o líder do movimento gay do Brasil, Luiz Mott, já disse que nós, famílias normais, existimos para criarmos filhos para os homossexuais. Esse líder é um conhecido defensor da pedofilia. E note que os ativistas gays EXIGEM que nossos filhos aprendam o homossexualismo nas escolas. Mas parece que sua interpretação da Bíblia é que já que Deus entregou os homossexuais ao seu pecado, nós temos a obrigação de entregar nossos filhos, sem luta e resistência, aos desejos deles. Sei que você tem um filho homossexual, que vive nas imoralidades homossexuais de San Francisco. Mas só porque você quer a salvação de seu filho, não significa que devamos entregar nossos filhos aos homossexuais. A esse preço, nem Jesus iria querer salvação para os homossexuais. Devemos querer a salvação deles, sem entregar-lhes nossos filhos. Espero que você entenda que Deus não é só AMOR, mas também JUSTIÇA e JUÍZO.