14 de setembro de 2012

Luiz Mott e ativistas gays farão manifestação de nudismo contra Silas Malafaia


Luiz Mott e ativistas gays farão manifestação de nudismo contra Silas Malafaia

Militantes homossexuais prometem tirar a roupa e mostrar o traseiro para impedir título de cidadão baiano dado ao Pr. Silas Malafaia

Julio Severo
Luiz Mott e outros ativistas gays estão descontentes com a decisão da Câmara Municipal de Vereadores de Salvador de dar ao Pr. Silas Malafaia o título de cidadão de Salvador.
Mott, que é o fundador do Grupo Gay da Bahia (GGB), questionou: “Se a Câmara Municipal de Salvador não suspender o absurdo título de Cidadão Soteropolitano a Silas Malafaia, o maior homofóbico do Brasil atual, que não fez nada para Salvador para merecer qualquer honraria, dezenas de gays, lésbicas, travestis e simpatizantes pretendem ficar nus na Câmara para impedir e chamar a atenção do mundo deste absurdo discriminatório”.
A manifestação de nudismo homossexual está prevista para o próximo dia 27 de setembro, quando será entregue ao pastor assembleiano, que deverá estar presente, o título de cidadão de Salvador.
Resta saber se Luiz Mott vai levar na manifestação sua estátua de bebê pelado do sexo masculino, que apareceu pela primeira vez num vídeo onde Mott apresenta o Museu Erótico, que foi sua grande contribuição para a cidade de Salvador. O vídeo está aqui: http://youtu.be/ex2EQxaOsQs

No vídeo, Mott aparece falando o tempo inteiro de sexo e alisando a estátua do menino pelado. Anos atrás, declarações dele em apoio à pedofilia foram publicadas. É só conferir, por exemplo, o artigo “Luiz Mott: Pedofilia já!
Em contraste, Silas Malafaia nunca desonrou a cidade de Salvador inaugurando um infame museu erótico alisando a estátua de um menino. Ele também nunca fez declarações em apoio à pedofilia. Pelo contrário, ele tem defendido a vida e a família, o que é motivo de honra, não só em Salvador, mas em todas as cidades do Brasil.
Quando Mott aparecer com sua estátua de menino no festival de nudismo gay contra Malafaia, os honrados cidadãos de Salvador deveriam pedir que as autoridades apliquem a lei contra esse homem que tem desonrado sua cidade e as famílias do Brasil.
Com informações do site homossexual MixBrasil.
Vídeo educacional contra a pedofilia homossexual: http://youtu.be/CwOW76c0Dsg

17 comentários :

Jorge Henrique disse...

Luix Mott, isso é que não merece o título de "professor"! De onde é que um "professor universitário" vai andar fazendo uma imundície dessas!

Anônimo disse...

Quem é afinal o intolerante, heim!!!

Vomitam pelos 4 cantos se dizendo vítimas da intolerância religiosa, mas estão mostrando a quê vieram:
Os movimentos gayZISTAS sãos tão intolerantes quanto os nazistas e comunistas. É isso que eles sempre quiseram: Oprimir e perseguir os cristãos e quem quer se oponham às suas bestiais pretensões.

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

De acordo com o pensamento politicamente correto do governo (e dos homossexuais), ser homofóbico é:

– ser contra o homossexualismo;

– obedecer somente à Palavra de Deus;

– não aceitar a agenda gay (nem a doutrinação gay para as nossas crianças);

– ser contra o casamento gay;

– ser contra o kit gay nas escolas;

– dizer que o homossexualismo é pecado.

Se ser homofóbico significa ser tudo isto, então eu posso dizer com todas as letras (e com muito orgulho): eu sou homofóbico (com "H" maiúsculo).

Podem fazer qualquer lei ímpia que obrigue a todos (até mesmo com ameaças de morte) a aceitarem o homossexualismo, mas, ainda assim, eu JAMAIS IREI ME CURVAR AOS DESEJOS DO DIABO E DOS HOMOSSEXUAIS. Eu, como cristão, sempre prego (e sempre continuarei a pregar) contra o pecado. Nunca vou deixar de dizer que o homossexualismo é pecado (não estou nem aí para o que os homossexuais vão pensar de mim). Eles podem me prender, me perseguir, e fazer o que quiserem (eu não me importo). Mas eu tenho meus princípios morais e cristãos com os quais eu fui criado, e desses mesmos princípios eu NUNCA vou abrir mão. Adoto comigo o mesmo lema dos antigos mártires da fé cristã: "Antes morrer do que pecar". Faço como disse o apóstolo Pedro:

"Importa antes obedecer a Deus do que aos homens" (Atos 5:29)

A lei de Deus é soberana, eterna e imutável. Para Deus, pecado (seja qual for, inclusive o homossexualismo) é pecado sempre (e ponto final). A lei de Deus nunca irá se sujeitar (ou "se adaptar") aos tempos modernos ou ao "politicamente correto" do governo, dos homossexuais, dos abortistas, dos falsos profetas, e dos falsos evangelhos. A lei de Deus não foi feita para agradar aos homens (e nunca irá se sujeitar a homem nenhum). A respeito da lei de Deus, Jesus foi taxativo:

"Não penseis que vim revogar a lei ou os profetas; não vim para revogar, mas para cumprir. Pois em verdade Eu vos digo que, até que passem os Céus e a Terra, nenhum i ou til jamais passará da lei, sem que tudo se cumpra" (Mateus 5:17–18)

De uma coisa eu tenho plena e absoluta certeza: Jesus voltará um dia para julgar a todos (inclusive os homossexuais e seus cúmplices). O próprio Jesus garantiu:

"Não seles as palavras da profecia deste livro, pois o tempo está próximo. Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, que se suje ainda mais; e quem for justo, procure se manter justo; e quem é santo, continue a se santificar. Eis que Eu venho sem demora, e tenho Comigo o Meu galardão, para dar a cada um segundo a sua obra. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro. Bem–aventurados aqueles que lavam as suas vestes no sangue do Cordeiro, para que possam ter direito à árvore da vida e entrem na cidade pelas portas. Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os idólatras, os homicidas, os que se prostituem, e todo aquele que ama e pratica a mentira. Eu, Jesus, enviei o Meu anjo para vos testificar estas coisas nas igrejas; Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã" (Apocalipse 22:10–16)

Já preguei o evangelho para muitos homossexuais. Mas, como quase sempre acontece na maioria das vezes, eles não me deram ouvidos. Muitos me xingaram de fundamentalista, de homofóbico (e de outros nomes feios que eu nem vou publicar aqui, por uma questão de educação), enfim, me insultaram de tudo quanto é jeito.

Só sei de uma coisa: eu já fiz a minha parte (que é pregar contra o pecado). Estou com a minha consciência tranquila (até porque eu já cumpri o meu dever de cristão). Se, mesmo assim, esses homossexuais não quiserem se converter, é problema única e exclusivamente deles. No dia do juízo final, será cada um por si diante de Deus na hora de prestar contas. É como alertou o apóstolo Paulo:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Se os homossexuais e seus cúmplices quiserem ver para crer, depois não vai ter desculpa de falta de aviso!

Jabesmar disse...

Fala sério Mott!! Nos poupe da terrível visão de te ver pelado. Tenha piedade, pois tu já tá meio passadinho, meu velho. A lei da gravidade não vai te poupar. Vou logo avisando: Vai ficar r i d í c u l o !!!

Mãe de um filho de 5 anos disse...

Luiz Mott seu imundo. Tenho nojo de vc. Esse porco é um pedófilo escancarado, pq não o colocam na cadeia?

Anônimo disse...

Fiqueiindignado sim por esses dias !

Indignado com o que fizeram com minha mãe, que só por olhar um gay na rua foi xingada e desacatada !
Ela não falou nada, apenas olhou a figura esquálida e oprimida e por causa dessa "audácia" teve que ser humilhada na rua, sem poder falar nada... porque tá dum jeito que eles podem tudo, podem te humilhar, te xingar, desrespeitar... mas nós temos que ficar calados ainda...

Maranata, Senhor !

Anônimo disse...

"se a camara municipal nao suspender o titulo..." é mt petulancia ne! Fala serio! Ta ai a prova de que esses militantes gays acham que mandam no Brasil! Temos qie mostrar p eles que quem manda eh a maioria CONSERVADORA de brasileiros, e nao de transviados, sem vergonhas

saulo

Wellington disse...

Quando os homossexuais e seus comparsas promovem a abominável, pecaminosa, nojenta, indecente e imoral "Parada Gay" em qualquer lugar do Brasil (seja em São Paulo ou em qualquer outra cidade), ou quando um pedófilo como Luiz Mott publica suas nojeiras na Internet, ninguém diz nem faz nada contra. Nessas horas, não aparece nenhuma autoridade com moral o suficiente para protestar ou impedir a divulgação dessas bandalheiras em público.

Mas quando um cristão (como o nosso amado irmão Júlio Severo) publica na Internet algum artigo contra o homossexualismo, ou quando uma igreja expõe qualquer mensagem ou texto bíblico em público contra o homossexualismo (como o caso do outdoor em Ribeirão Preto), os homossexuais imediatamente reagem: "Homofobia!" E a justiça (ou injustiça?), prontamente, entra em ação para punir, com o rigor da lei, todos os que forem "preconceituosos"!

Sinceramente, eu me decepcionei de vez com essa justiça do nosso país. Ao invés de defenderem a família, a moral e os bons princípios, as autoridades preferem atender aos ditames e aos caprichos do movimento homossexual. Mas há uma razão muito simples para isso: essas mesmas autoridades foram escolhidas por Lula e Dilma, isto é, prevalece o corporativismo (defesa dos interesses de quem os empregou).

Um dia, os homossexuais (como Jean Wyllys), os pedófilos (como Luiz Mott) e seus comparsas (como Marta Suplicy e outros políticos pró–homossexualismo) estarão diante de Jesus para serem julgados. O apóstolo Paulo disse:

"Pois todos aqueles que sob a lei (de Deus) pecaram, pela lei (de Deus) serão julgados" (Romanos 2:12, os parênteses são meus)

Da mesma forma que o presbítero Valdomiro, eu também já preguei o evangelho para muitos homossexuais. Mas eles não se importaram. Eu só sei que eu já fiz a minha parte. Se eles não quiserem se converter, é problema deles. No dia do juízo final, será cada um por si diante de Deus na hora de prestar contas. É como alertou o apóstolo Paulo:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Se os homossexuais e seus cúmplices quiserem pagar para ver, depois eles não vão poder dizer que não foram avisados!

Kiko disse...

Esses homossexuais são verdadeiros caras de pau! Acham que podem fazer o que quiserem, com quem quiserem e onde quiserem! É muita safadeza!

Usando as expressões do Silas Malafaia, seria a hora das autoridades do governo "entrarem de pau" e "baixarem o porrete" nesses homossexuais, para que eles aprendessem a respeitar certas pessoas (e certos locais).

Só quero ver se esses homossexuais se sentirão tão poderosos ou destemidos quando estiverem diante de Jesus!

Robério disse...

Vejamos o que a Palavra de Deus diz sobre o homossexualismo:

Romanos 1:24–32

24 Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;
25 Pois mudaram a verdade de Deus em mentira e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, o qual é bendito eternamente. Amém.
26 Pelo que Deus os entregou às suas paixões infames. Pois até as mulheres mudaram o seu uso natural, no contrário à natureza.
27 E, semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a punição que convém ao seu erro.
28 E como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convém;
29 Estando cheios de toda a iniqüidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;
30 Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes a pais e mães;
31 Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;
32 Os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.

A "tradução" que eu faço dos versículos do texto acima é esta (me corrijam se eu estiver errado):

24 – Deus, através dos Seus servos, chama os homossexuais ao arrependimento. Como eles não querem se arrepender, então Deus os deixa entregues à própria sorte;

25 – Deixaram de crer na Bíblia (mudando-a em mentira), e passaram a ouvir homens corruptos (outros homossexuais e demais escravos do diabo);

26 – As mulheres, ao invés de terem relações naturais com os homens, preferem se relacionar entre si;

27 – Idem para os homens (preferem se relacionar com outros homens ao invés das mulheres). Será que a AIDS não seria uma das conseqüências disso?

28 – Como não se importaram em conhecer e temer a Deus, então Deus os deixou livres para fazerem o que quiserem;

29 – Cheios de todo pecado, sem nenhum sentimento de culpa;

30 – Se pudessem, viveriam num mundo totalmente sem Deus para pecarem à vontade (como em Sodoma e Gomorra);

31 – Querem sempre pecar e fazer de tudo (e usando de todos os meios) para viver eternamente no pecado, não se importando com o sofrimento alheio. Será que a pedofilia não estaria embutida aqui?

32 – Sabem que estão errados, mas, mesmo assim, não sentem nenhuma culpa ou remorso. E ainda são contra os que censuram o pecado (chamando-os de "homofóbicos"). Sem contar os que dão apoio às suas práticas (que o digam o STF, STJ, OAB, Marta Suplicy, Jean Wyllys, Toni Reis, Luiz Mott, Fátima Cleide, Iara Bernardi, Globo, Record, SBT, Band, partidos esquerdistas, pastores corruptos, evangélicos socialistas, demais ativistas e políticos pró–homossexualismo, além dos políticos da bancada evangélica que nada dizem ou fazem contra esta imoralidade)!

Será que a minha "tradução" está certa? Se alguém quiser dizer alguma coisa, o espaço está aberto para todos se manifestarem.

Anônimo disse...

Malafaia está "cantando" e andando para a manifestação do sr. Mott que não outro argumento para contestar Malafaia.

Anônimo disse...

Como esses ativistas homossexuais eles não tem argumento que o viver deles certo, natural que não há "pecado" na prática homossexual começam a entrar no desespero é começam a "APELAR" aff.
Só peço que Deus ainda abra os olhos dos mesmos porque onde há vida a esperança de qualquer pessoa está na prática homossexual ou outro pecado é corre mais rápido possível para uma igreja de Cristo e procurarem a se LIBERTAR.
Porque o Deus vivo está ansioso para salvar as almas deles quer eles provem e conheçam a "VERDADE" de Deus e se liberte desse pecado ou qualquer outro em NOME DO SENHOR JESUS CRISTO O ÚNICO SENHOR, SALVADOR, LIBERTADOR.

Ester!!!!!

Ricardo disse...

Você pode ser evangélico, católico ou espírita, mas não seja otário.

O movimento gay não é tolerante coisa nenhuma. Nunca foi.

Com relação ao post do Jorge Henrique, eu digo o seguinte: o Brasil é o país que tem muitos "professores" universitários fazendo imundície.

Luiz mott, jean wyllys, marilena chauí, vladimir safatle, emir sader, gabriel chalita... todos esses se dizem "professores".

ÉLQUISSON disse...

Ricardo,

No mundo de hoje, só são considerados "sábios" os que estudaram numa universidade (ou, no caso dos pastores e dirigentes de igrejas, os que estudaram teologia). Eles pensam que são "importantes" ou "inteligentes" em relação a quem não tem muito estudo (ou pensam que só eles têm a verdade absoluta).

No meu caso, eu tenho somente o segundo grau (Ensino Médio) completo. Diante de muitos universitários (inclusive esses que você citou), eu seria considerado um ignorante. Mas desde que eu me converti, eu tenho aprendido, com a Palavra de Deus, muitas coisas que a escola tradicional nunca me ensinou (e certamente nenhuma universidade jamais iria ensinar).

E digo mais: NENHUMA ESCOLA OU UNIVERSIDADE, POR MELHOR QUE SEJA, NUNCA VAI SUBSTITUIR A PALAVRA DE DEUS COMO FONTE DE VERDADEIRO CONHECIMENTO.

É por isso que a Palavra de Deus nos ensina:

"O temor do Senhor é o princípio da sabedoria" (Provérbios 9:10)

"Tenho mais entendimento do que todos os meus mestres, pois medito nos Teus testemunhos" (Salmo 119:99)

E outra coisa: o nosso Deus não age conforme os padrões do mundo. Ele têm os Seus próprios critérios de escolha, os quais são totalmente diferentes em relação aos do mundo. É como bem disse o abençoado apóstolo Paulo:

"Mas Deus escolheu as coisas loucas deste deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes" (1 Coríntios 1:27)

Os próprios apóstolos de Jesus são um bom exemplo disso. Com exceção de Lucas (que era médico), os demais apóstolos eram pessoas simples: Mateus era um cobrador de impostos. Pedro era pescador. Os demais eram pessoas humildes (talvez fossem simples camponeses). Mesmo assim, todos eles se tornaram sábios com o Senhor Jesus, que foi (e ainda é) o maior e melhor educador do ser humano. Eis aqui um exemplo dado pela própria Palavra de Deus que confirma isso:

"Então eles, ao verem a ousadia de Pedro e João, e sabendo que eram homens iletrados e sem cultura (ou seja, sem nunca terem estudado numa universidade ou sem nunca terem estudado teologia), ficaram maravilhados; e reconheceram que eles estiveram com Jesus (Atos 4:13, o parêntese é meu)

Jesus confirma isso ao dizer:

"Graças Te dou, ó Pai, Senhor do Céu e da Terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos (os universitários e teólogos formados) e as revelaste aos pequeninos (os que nunca estudaram ou os que têm pouco estudo). Sim, ó Pai, porque assim Te aprouve" (Mateus 11:25–26, os parênteses são meus)

Tem até uma frase que resume isso: DEUS NÃO ESCOLHE OS CAPACITADOS, MAS ELE CAPACITA OS ESCOLHIDOS.

Precisa dizer mais alguma coisa depois disso?

Plínio disse...

Eu destaco aqui uma frase do Ricardo:

"...O movimento gay não é tolerante coisa nenhuma. Nunca foi..."

Ricardo, isso que você falou é a mais pura verdade. Os homossexuais não querem (e também não admitem) que ninguém diga ou faça alguma coisa contra eles. Para eles, nós (cristãos) somos obrigados a aceitar as nojeiras que eles dizem ou fazem em público (e temos que ficar de boca fechada para não sermos acusados de fundamentalistas, homofóbicos, intolerantes e preconceituosos).

O exemplo que o Wellington citou no comentário dele foi esclarecedor: quando os homossexuais promovem a "Parada Gay" em qualquer lugar do Brasil, ninguém diz nem faz nada contra. Nessas horas, não aparece nenhuma autoridade com moral o suficiente para protestar contra essa imoralidade.

Mas quando alguém fala qualquer coisa contra os homossexuais, aí eles se sentem incomodados. E querem usar a lei contra os cristãos e contra os que defendem a família, a moral e os bons princípios. Realmente, não há nenhuma tolerância deles com os cristãos.

Sei que o que eu vou dizer aqui pode parecer exagerado (ou talvez até seja ofensivo), mas eu já ouvi dizer que alguns homossexuais, se pudessem, matariam os cristãos. Eu mesmo já recebi, por telefone, várias ameaças de morte de alguns ativistas homossexuais.

Por que eu passei a ser ameaçado? Simplesmente porque eu disse, numa pregação na igreja onde eu congrego, que o homossexualismo é um pecado grave diante de Deus. Para que todos daqui tenham uma idéia da intolerância dos homossexuais, um dos que me ameaçou me disse com todas as letras: "Se você não calar a sua boca, quem vai lhe calar somos nós!"

Agora eu pergunto: quem está sendo intolerante?

Eurico disse...

Só mesmo rindo pra não chorar! É cada coisa que eu vejo! Luiz Mott e a bicharada ficando nus em público? Que horror!

Se fosse uma mulher bonita, ou uma atriz de cinema como a Angelina Jolie (ou a Kate Winslet, de "Titanic") que fosse ficar sem roupa em público, menos mal (até valeria a pena)! Eu mesmo faria questão de estar presente e ver!

Mas logo quem? Um velho, gordo, feio, acabado, já caindo aos pedaços, e, ainda por cima, homossexual?

ME POUPE!

Anônimo disse...

Foi muito engraçado esse comentário do Eurico... rsrsrsrsrs.

Entre ver uma mulher linda sem roupa e a bichona do Luiz Mott pelado em público junto com toda a bicharada, eu prefiro mil vezes ver uma mulher linda!

Pelo menos alguém tem que proporcionar um pouco de bom humor, não é verdade?