15 de setembro de 2012

Governo dos EUA envia embaixador gay para Líbia muçulmana e não sabe por que ele foi sodomizado e assassinado


Governo dos EUA envia embaixador gay para Líbia muçulmana e não sabe por que ele foi sodomizado e assassinado

Julio Severo
Os grandes meios de comunicação estão apontando o dedo para os potenciais culpados dos tumultos islâmicos antiamericanos na Líbia, os quais resultaram no assassinato de alguns americanos, inclusive do embaixador. O principal culpado é um filme anti-Maomé feito por um cristão copta na Califórnia, dizem.
É fácil culpar um copta. Milhares de cristãos coptas no Egito sofrerão muito mais do que já estão sofrendo desde que começou a Primavera da Al-Qaida, auxiliada pelas potências ocidentais. Esqueça que os tumultos assassinos começaram na data de 11 de setembro, aniversário do maior ataque terrorista islâmico aos EUA. E esqueça que a homossexualidade de Chris Stevens, o embaixador dos EUA na Líbia, não era segredo, para os EUA e para a Líbia. Um gay americano foi o primeiro a publicar esta notícia ontem, aqui.
O jovem Chris Stevens com seu amante homossexual
Contudo, todos estão em silêncio sobre esse segredo. É só mostrar ao mundo islâmico a “audácia” americana, como diriam os adeptos da Al-Qaida, de enviar homossexuais a suas terras sagradas e haverá mais tumultos violentos e assassinos.
Nessa altura, o governo e os meios de comunicação dos EUA têm uma grande oportunidade, aos olhos do mundo islâmico, de ensinar uma lição para a Líbia “homofóbica”.
Entretanto, as potências ocidentais estão bem cientes de que é suicídio diplomático e militar ensinar tal lição a essas nações “homofóbicas”.
É muito mais fácil culpar os cristãos e deixá-los sofrer as consequências de péssimas decisões diplomáticas e políticas. Por isso, o coro do governo de Obama e dos meios de comunicação diz: “Culpe o filme anti-Maomé!”
Quando um homossexual é assassinado por assassinos não cristãos e muitas vezes homossexuais num país ocidental, culpe os cristãos, principalmente os pastores. Mas quando um homossexual é assassinado por muçulmanos num país muçulmano, evite culpar os muçulmanos. Caso contrário, os muçulmanos farão o que os cristãos nunca fazem: tumultos assassinos.
Para acobertar a sodomização e assassinato de um embaixador gay dos EUA perpetrado por muçulmanos num país muçulmano, o filme anti-Maomé será a desculpa perfeita para desviar a atenção da péssima decisão do governo de Obama de insultar os muçulmanso lhes enviando um embaixador gay.
Chris Stevens sodomizado e morto na Líbia
E os cristãos coptas no Egito e os cristãos em outros países muçulamanos mais uma vez pagarão um elevado preço pelas estúpidas políticas externas dos EUA.

4 comentários :

lucas disse...

Isso só mostra uma coisa, desde o inicio a missão diplomática foi feita para fracassar... esse filme não passa de uma desculpa para jogar os cristãos e judeus contra os muçulmanos, iniciando assim, a Terceira Guerra Mundial para depois o Anticristo se manifestar...

Anônimo disse...

http://lumenrationis.blogspot.com.br/2012/07/se-o-isla-conquistar-italia-sera-por.html

Lebanese report: US Ambassador raped before murdered disse...

http://www.examiner.com/article/lebanese-report-us-ambassador-raped-before-murdered

Anônimo disse...

Você vê né que os "religiosos mulçumanos" a lei deles são radicais para com que tem uma vida homossexual lá é de fato A CONDENAÇÃO É MORTE PARA OS HOMOSSEXUAIS.
Diferentemente das atitudes de nós cristãos nós não queremos morte ou matar homossexuais tem nada haver com a nossa luta.
O que nós trazemos a eles a "VERDADE" da palavra de Deus que a prática HOMOSSEXUAL É PECADO ABOMINÁVEL AOS OLHOS DO DEUS VIVO ELE DEIXA ISSO CLARO NA SUA PALAVRA. É TODO CRISTÃO VERDADEIRO TEM QUE FALAR A VERDADE PARA QUALQUER SER HUMANO O QUE DEUS PENSA SOBRE QUALQUER PECADO E PECADO.
NÓS TRAZEMOS AOS PERDIDOS A CONSCIÊNCIA QUE A PESSOA DEVE LUTAR E LIBERTAR DO PECADO HOMOSSEXUAL OU QUALQUER OUTRO PECADO QUE DEUS FALA É PECADO PORQUE NOSSA PREOUCUPAÇÃO E COM A ALMA DESSA PESSOA SE ELA VIR A FALECER NO PECADO PARA CÉU ELA NÃO IRÁ E SIM PARA O INFERNO.
Por isso que há uma diferença enorme da luta dos verdadeiros cristãos para com os "religiosos mulçumanos" diante das pessoas que praticam o homossexualismo nossa luta está escrito na bílbia sagrada e juntamente com o NOME DO SENHOR JESUS CRISTO QUE O ÚNICO E SUFICIENTE SENHOR E SALVADOR DA HUMANIDADE:
"Nossa luta não é contra a carne e nem sangue e contra as potestidades e hostis espirituais da maldade" nossa guerra espiritual e não humana e nem carne(matar) nada disso.
Resumindo a nossa luta contra diabo e demônios que prende e engana escraviza essas almas nesse e qualquer outro pecado.

Ester!!!!!